Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.954.122.187 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 356 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 36 ir para página                         

  1 / 356 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1154098
Autor: Tovani-Palone, Marcos Roberto; Shamsoddin, Erfan.
Título: Use of mouthwashes in the management of COVID-19 patients in intensive care units: recommendations and current evidence / Uso de colutórios no manejo de pacientes com COVID-19 em unidades de terapia intensiva: recomendações e evidências atuais
Fonte: Einstein (Säo Paulo);19:eCE6419, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Ventiladores Mecânicos/efeitos adversos
Pneumonia Associada a Assistência à Saúde/prevenção & controle
COVID-19/prevenção & controle
Anti-Infecciosos Locais/administração & dosagem
Antissépticos Bucais/administração & dosagem
-Povidona-Iodo/administração & dosagem
Cetilpiridínio/administração & dosagem
Cuidados Críticos
SARS-CoV-2
Peróxido de Hidrogênio/administração & dosagem
Unidades de Terapia Intensiva
Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
Antissépticos Bucais/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875420
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde.
Título: Terapia por pressão subatmosférica (VAC) em lesões traumáticas agudas extensas / Subatmospheric pressure therapy (VAC) in extensive acute traumatic lesions.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2014. fig, ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: Os princípios básicos do tratamento de feridas baseiam-se em limpeza, desbridamento, redução do odor, da dor e tratamento da infecção ou redução da colonização. Outro princípio importante da terapia tópica de feridas é a oclusão com as coberturas. Os produtos para tratamentos de feridas podem ser reunidos em dois grandes grupos: agentes tópicos e curativos. Os curativos úmidos são relatados como terapia tradicional ou convencional na literatura e os curativos interativos modernos são as espumas, alginatos de cálcio, hidrogéis, hidrocolóides e filmes. Agentes antibacterianos tópicos, antissépticos, antibióticos, novos curativos antimicrobianos e curativos por pressão negativa (vácuo)-também são usados para tratar a infecção, com vários questionamentos sobre a sua eficácia. TECNOLOGIA PROPOSTA: A Terapia por Pressão Negativa usa uma combinação de sucção a e protetores especiais para facilitar a drenagem e influenciar no crescimento de tecidos superficiais (figura 1). O líquido aspirado da ferida é coletado em um recipiente dentro da unidade de controle. Normalmente utiliza-se de 80 a 125 mmHg de pressão negativa, continuamente ou em ciclos. Essa terapia foi projetada com o objetivo de melhorar a cura, diminuindo a morbidade, o custo e a estadia prolongada dos pacientes com feridas crônicas e sem cura, sendo assim uma adjunção ao tratamento da ferida(5) Dentre as razões teóricas que justificam a melhora na cicatrização das feridas, estão: manutenção do ambiente úmido da ferida; aumento do fluxo sanguíneo local; remoção de exsudato da ferida; promoção da formação do tecido de granulação; redução da infecção; pressão mecânica no enxerto. Esta terapia pode ser usada como método primário no fechamento ou como um método de manutenção na ferida, como ponte até que a reconstrução cirúrgica seja possível. Pode ser utilizada no tratamento de feridas agudas como queimaduras, traumas e enxertos de pele, mas também é comumente usada para feridas crônicas ou complexas e sem cura, como por exemplo, as úlceras por pressão, destacando-se a pouca disponibilidade de evidências. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: Foi realizada uma busca nas bases de dados primárias Medline e Lilacs, que resultou em oito revisões sistemáticas, 14 ensaios clínicos e um estudo de caso-controle. Após análise, apenas dois estudos preencheram os critérios de inclusão. Um estudo demonstrou eficácia com redução do tempo de fechamento da lesão com o uso de dispositivo "caseiro". Não há evidencias de que o dispositivo comercial produza melhores resultados. RECOMENDAÇÃO DA CONITEC: A CONITEC, em sua 21ª reunião ordinária, no dia 4 de dezembro de 2013, recomendou a não incorporação no SUS da terapia por pressão subatmosférica (VAC) em lesões traumáticas agudas extensas. DELIBERAÇÃO FINAL: Na 25ª reunião da CONITEC, realizada no dia 08/05/2014, os membros do plenário deliberaram não recomendar a incorporação da terapia por pressão subatmosférica (VAC) em lesões traumáticas agudas extensas. DECISÃO: PORTARIA Nº 34, de 26 de setembro de 2014 - Torna pública a decisão de não incorporar a terapia por pressão subatmosférica (VAC) em lesões traumáticas agudas extensas no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
Descritores: Sucção/métodos
Bandagens
Vácuo
Ferimentos e Lesões/complicações
Ferimentos e Lesões/terapia
Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Análise Custo-Benefício
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Magalhäes, Cláudia Silami de
Texto completo
Id: lil-764536
Autor: Pretti, Henrique; Barbosa, Gabriella Lopes de Rezende; Lages, Elizabeth Maria Bastos; Gala-García, Alfonso; Magalhães, Claudia Silami de; Moreira, Allyson Nogueira.
Título: Effect of chlorhexidine varnish on gingival growth in orthodontic patients: a randomized prospective split-mouth study
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(5):66-71tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Fixed orthodontic appliances patients suffer limitations on the effective control of biofilm by mechanical methods, bringing the need of a coadjutant in the control of inflammation and oral health improvement.Objective: The aim of this prospective split-mouth blind study was to analyze the effect of a 40% chlorhexidine (CHX) varnish on gingival growth of patients with orthodontic fixed appliances. Methods: Healthy teenage patients with fixed orthodontic appliances and increased gingival volume were recruited (n = 30). Each individual was his own control, having in the maxilla one control side and one treatment side. An application of varnishes occurred on the vestibular area of the upper premolars and first molar crowns, on the control side (placebo varnish) and on the experimental side (EC40(r) Biodentic CHX varnish). The varnishes and sides were randomly chosen and its identification and group was kept by a third party observer and it was not revealed to the researchers and participants until the end of study. In order to establish a baseline registration, digital photographs were taken by a trained photographer before varnish application at baseline (T0), as well as 14 days (T14) and 56 days (T56) after the application. The gingival volume was calculated indirectly using the vestibular areas (mm2) of the upper second premolars' clinical crowns by RapidSketch(r) software, at all study times. The data were analyzed using ANOVA and the Turkey-Krammer test.Results:It was observed, in the final sample of 30 individuals, that at T0, the control and treatment groups were similar. At T14 and T56, a progressive reduction of the clinical crown area was seen in the control group, and an increase in the average area was detected in the experimental group (p < 0,05).Conclusions: The use of 40% CHX varnish decreases the gingival overgrowth in patients undergoing orthodontic treatment. Further studies are necessary to set the action time and frequency of application.

Introdução: pacientes com aparelhos ortodônticos fixos sofrem limitações no controle efetivo de biofilme por métodos mecânicos, trazendo a necessidade de um coadjuvante no controle na inflamação e melhora na saúde bucal.Objetivo:esse estudo cruzado prospectivo randomizado teve como objetivo analisar o efeito do verniz de clorexidina (CHX) a 40% no crescimento gengival de pacientes com aparelhos ortodônticos fixos.Métodos:indivíduos adolescentes com aparelhos ortodônticos fixos e aumento de volume gengival foram recrutados para a pesquisa (n = 30). Cada participante atuou como seu próprio controle, tendo, na maxila, um lado controle e um tratamento. No lado controle, aplicou-se verniz placebo e no lado experimental, o verniz EC40(r) Biodentic CHX, ambos na face vestibular das coroas dos pré-molares e primeiro molar superiores. Os vernizes e lados foram escolhidos de forma aleatória e a identificação deles e a que grupo pertenciam foi mantida por um terceiro observador, não sendo revelada aos pesquisadores nem aos participantes até o final do estudo. Fotografias digitais foram tiradas por um fotógrafo treinado, antes da aplicação do verniz no tempo inicial (T0), bem como 14 dias (T14) e 56 dias (T56) após a aplicação. O volume gengival foi calculado indiretamente, por meio das áreas vestibulares (mm2) das coroas dos segundos pré-molares superiores, com o softwareRapidSketch(r), em todos os tempos de estudo. Os dados foram analisados usando ANOVA e teste de Turkey-Krammer.Resultados:na amostra final de 30 indivíduos, observou-se que, em T0, os grupos controle e tratamento foram semelhantes. Já em T14 e T56, foi observada uma progressiva redução na área da coroa clínica no grupo controle, e um aumento na área média do grupo experimental (p< 0,05).Conclusão:o uso do verniz de CHX a 40% diminui o excessivo crescimento gengival em pacientes sob tratamento ortodôntico. Estudos futuros são necessários para se determinar o tempo de ação e a frequência de aplicação.
Descritores: Clorexidina/administração & dosagem
Clorexidina/uso terapêutico
Crescimento Excessivo da Gengiva/tratamento farmacológico
-Dente Pré-Molar/efeitos dos fármacos
Braquetes Ortodônticos/efeitos adversos
Gengivite/etiologia
Gengivite/tratamento farmacológico
Anti-Infecciosos Locais/administração & dosagem
Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
Dente Molar/efeitos dos fármacos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-844460
Autor: Diomedi, Alexis; Chacón, Eiiana; Delpiano, Luis; Hervé, Beatrice; Jemenao, M. Irene; Medel, Myriam; Quintanilla, Marcela; Riedel, Gisela; Tinoco, Javier; Cifuentes, Marcela.
Título: Antisépticos y desinfectantes: apuntando al uso racional. Recomendaciones del Comité Consultivo de Infecciones Asociadas a la Atención de Salud, Sociedad Chilena de Infectología / Antiseptics and disinfectants: aiming at rational use. Recommendations of the Advisory Committee on Healthcare Associated Infections. Sociedad Chilena de Infectología
Fonte: Rev. chil. infectol;34(2):156-174, abr. 2017. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Proper use of antiseptics and disinfectants, is an essential tool to prevent the spread of infectious agents and to control of healthcare-associated infections (HAI). Given the increasing importance of environmental aspects, as well as several advances and updates in the field of its proper use at local and intemational level, the SOCHINF HAI Advisory Committee considers that it is necessary to develop a guide for the rational use of antiseptics and disinfectants, which it will provide consistent scientific basis with that purpose.

El adecuado uso de antisépticos y desinfectantes, es una herramienta esencial para evitar la diseminación de agentes infecciosos y el control de infecciones asociadas a la atención de salud (IAAS). Dada la importancia creciente de aspectos ambientales, diversos avances y actualizaciones en el ámbito de su correcta utilización en el ámbito local e internacional, el Comité Consultivo de IAAS de Sociedad Chilena de Infectología considera necesario la estructuración de una guía de utilización racional de antisépticos y desinfectantes, que proporcione bases científicas coherentes con dicho propósito.
Descritores: Sociedades Médicas
Infecção Hospitalar/prevenção & controle
Comitês Consultivos
Desinfetantes/administração & dosagem
Anti-Infecciosos Locais/administração & dosagem
-Chile
Higiene das Mãos
Diretrizes para o Planejamento em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1249701
Autor: Moreira, Alana Dantas; Ferreira, Jamille Barros; Mattos, Claudia Trindade; Marquezan, Mariana; Araújo, Mônica Tirre de Souza; Santanna, Eduardo Franzotti.
Título: Chromatic analysis of orthodontic resin bonding agents exposed to different antiseptic mouthrinses
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);26(2):e211955, 2021. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To assess the color of different orthodontic resin bonding agents exposed to three antiseptic mouthrinses for a prolonged time interval (10-year aging simulation). Methods: 160 specimens were distributed into four groups, according to the orthodontic resin bond agent (Concise, Transbond XT, Transbond Plus Color Change, and Natural Ortho). Each group was exposed to different antiseptic mouthrinses: alcohol-based (Listerine®), alcohol-free (Oral-B®), chlorhexidine (Periogard®) and distilled water as the control. Specimens were submitted to two cycles of staining and artificial aging. Color was evaluated by means of a digital spectrophotometer at the beginning of the experiment and after every cycle. The system used to assess color changes was the CIE L*a*b*. Data was analyzed using the ANOVA and Tukey post-hoc test. Results: After simulation of 10 years of aging, Transbond XT and Natural Ortho composites presented no statistically significant differences in ∆E when exposed to different mouthrinses. The Concise composite specimens exposed to alcohol-free mouthrinse presented a significant difference when compared with specimens from the same group exposed to other antiseptic mouthrinses. Transbond Plus Color Change specimens exposed to chlorhexidine mouthrinse and to alcohol-containing mouthrinse presented a significant difference when compared with the specimens from the group exposed to water and alcohol-free antiseptic. Conclusion: All orthodontic resin bonding agents tested presented clinically perceptible color changes when exposed to at least one of the mouthrinses, except for the Natural Ortho composite. The Concise composite exposed to the alcohol-free solution was the resin that presented the highest color change values.

RESUMO Objetivo: Avaliar a cor de diferentes resinas ortodônticas expostas a três enxaguantes bucais, por um intervalo de tempo prolongado (simulação de 10 anos de envelhecimento). Métodos: 160 espécimes foram distribuídos em quatro grupos, de acordo com a resina de colagem ortodôntica (Concise, Transbond XT, Transbond Plus Color Change e Natural Ortho). Cada grupo foi exposto a diferentes tipos de enxaguantes bucais: à base de álcool (Listerine®), isento de álcool (Oral-B®), clorexidina (Periogard®) ou água destilada, como controle. Os espécimes foram submetidos a dois ciclos de manchamento e envelhecimento artificial. A cor foi avaliada por meio de um espectrofotômetro digital no início do experimento e após cada ciclo. O sistema utilizado para avaliar as alterações de cor foi o CIE L*a*b*. Os dados foram analisados utilizando-se o teste ANOVA e o teste post-hoc de Tukey. Resultados: Após a simulação de 10 anos de envelhecimento, as resinas Transbond XT e Natural Ortho não apresentaram diferenças estatisticamente significativas no ∆E, quando expostas a diferentes enxaguantes bucais. Os espécimes do grupo Concise expostos ao enxaguante bucal sem álcool apresentaram diferença significativa quando comparados aos espécimes do mesmo grupo expostos aos outros enxaguantes bucais. Os espécimes do grupo Transbond Plus Color Change expostos à clorexidina e ao enxaguante bucal à base de álcool apresentaram diferença significativa quando comparados aos espécimes dos grupos expostos à água e ao enxaguante bucal sem álcool. Conclusão: Todas as resinas ortodônticas avaliadas apresentaram alterações de cor clinicamente perceptíveis quando expostas a pelo menos um dos enxaguantes bucais, com exceção da resina ortodôntica Natural Ortho. A resina Concise exposta à solução isenta de álcool foi a que apresentou os maiores valores de alteração de cor.
Descritores: Clorexidina
Braquetes Ortodônticos
Resinas Compostas
Anti-Infecciosos Locais
-Teste de Materiais
Cimentos de Resina
Antissépticos Bucais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777184
Autor: ANDRADE, Ernesto; WEIDLICH, Patricia; ANGST, Patrícia Daniela Melchiors; GOMES, Sabrina Carvalho; OPPERMANN, Rui Vicente.
Título: Efficacy of a triclosan formula in controlling early subgingival biofilm formation: a randomized trial
Fonte: Braz. oral res. (Online);29(1):1-8, 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to determine the efficacy of rinses with slurries of a dentifrice containing triclosan (TCS), as compared with rinses with slurries from a control dentifrice, in controlling early subgingival biofilm formation. A double-blind, randomized and cross-over clinical trial was designed, and 26 dental students were included. In the first period, participants were randomized to rinse with a TCS slurry or a control slurry, in a 12 h interval, and to refrain from mechanical cleaning. A Plaque Free Zone Index was assessed at 24 h, 48 h, 72 h and 96 h. After a washout period of 10 days, the second experimental period was conducted, following the same protocol as the first period, except that the slurry groups were switched. Use of the TCS slurry resulted in a significantly higher percentage of plaque-free surfaces, both at 24 h and at 72 h (p < 0.01). In the of 48-72 h interval, the triclosan slurry showed a lower percentage of sites converted to a score of 2 (38.1% for the testversus 40% for the control product, p = 0.015). In conclusion, rinsing with slurries of dentifrice containing TCS retards the down growth of bacterial biofilms from the supra- to the subgingival environment.
Descritores: Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
Biofilmes/efeitos dos fármacos
Placa Dentária/prevenção & controle
Dentifrícios/uso terapêutico
Gengiva/microbiologia
Triclosan/uso terapêutico
-Biofilmes/crescimento & desenvolvimento
Índice de Placa Dentária
Método Duplo-Cego
Gengiva/efeitos dos fármacos
Doenças Periodontais/microbiologia
Doenças Periodontais/prevenção & controle
Reprodutibilidade dos Testes
Estatísticas não Paramétricas
Fatores de Tempo
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1126187
Autor: Tomarelli Rubio, Gianfranco; Donoso Fuentes, Alejandro.
Título: Una nota de alerta toxicológica en tiempos de pandemia / A note of toxicological alert in pandemic times
Fonte: Rev. chil. pediatr;91(3):467-468, jun. 2020.
Idioma: es.
Descritores: Etanol/envenenamento
COVID-19
Anti-Infecciosos Locais/envenenamento
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Carta
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ALVES, Sydney Hartz
Texto completo
Id: biblio-842827
Autor: Reginato, Cássia Franco; Bandeira, Laíssa Arévalo; Zanette, Régis Adriel; Santurio, Janio Morais; Alves, Sydney Hartz; Danesi, Cristiane Cademartori.
Título: Antifungal activity of synthetic antiseptics and natural compounds against Candida dubliniensis before and after in vitro fluconazole exposure
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;50(1):75-79, Jan.-Feb. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: This study evaluated the susceptibilities of oral candidiasis-derived Candida albicans, fluconazole-resistant (FR) Candida dubliniensis, and fluconazole-susceptible (FS) C. dubliniensis to synthetic antiseptics [chlorhexidine gluconate (CHX), cetylpyridinium chloride (CPC), and triclosan (TRC)] and natural compounds (carvacrol, eugenol and thymol). METHODS: Susceptibility tests were performed based on the M27-A3 reference method. The fluconazole-resistant C. dubliniensis strains were obtained after prolonged in vitro exposure to increasing fluconazole concentrations. The geometric mean values for minimum inhibitory concentrations and minimum fungicidal concentrations were compared among the groups. RESULTS: Fluconazole-susceptible C. dubliniensis was more sensitive to CPC and TRC than FR C. dubliniensis and C. albicans were. However, eugenol and thymol were more active against FR C. dubliniensis. The fungicidal activities of CHX and TRC were similar for the three groups, and FR C. dubliniensis and C. albicans had similar sensitivities to CPC. CONCLUSIONS: The resistance of C. dubliniensis to fluconazole affects its sensitivity the synthetic antiseptics and natural compounds that were tested.
Descritores: Candida/efeitos dos fármacos
Fluconazol/farmacologia
Anti-Infecciosos Locais/farmacologia
Antifúngicos/farmacologia
-Timol/farmacologia
Triclosan/farmacologia
Candida/isolamento & purificação
Candida/classificação
Candida albicans/efeitos dos fármacos
Eugenol/farmacologia
Testes de Sensibilidade Microbiana
Cetilpiridínio/farmacologia
Clorexidina/farmacologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042049
Autor: Santos Filho, Paulo Samuel; Santos, Marisa; Colafranceschi, Alexandre Siciliano; Pragana, Andrea Nunes de Souza; Correia, Marcelo Goulart; Simões, Heloisa Helena; Rocha, Fernando Alves; Soggia, Maria Eduarda de Vasconcelos; Santos, Ana Paula Malta Samuel; Coutinho, Annie de Azeredo; Figueira, Matheus Swarovsky; Tura, Bernardo Rangel.
Título: Effect of using triclosan-impregnated polyglactin suture to prevent infection of saphenectomy wounds in cabg: a prospective, double-blind, randomized clinical trial
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc = Braz. j. cardiovasc. surg. (impr.);34(5):588-595, Sept.-Oct. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ethicon Inc..
Resumo: Abstract Objective: To evaluate the efficacy of triclosan-coated suture for the reduction of infection in saphenectomy wounds of patients undergoing coronary artery bypass graft (CABG) surgery. Methods: A total of 508 patients who underwent saphenectomy in CABG surgery were included in a prospective, randomized, double-blind trial from February/2011 to June/2014. Patients were randomized into the triclosan-coated suture group (n= 251) and the conventional non-antibiotic suture group (n=257). Demographic (gender and age), clinical (body mass index, diabetes, and use of analgesics), and intraoperative (cardiopulmonary bypass and cross-clamp times) variables and those related to the saphenectomy wound (pain, dehiscence, erythema, infection, necrosis, and hyperthermia) were measured and analyzed. Results: Of the 508 patients who underwent saphenectomy, 69.9% were males and 40.2% were diabetic. Thirty-three (6.5%) patients presented infection: 13 (5.3%) with triclosan and 20 (7.9%) with conventional suture (P=0.281). Among diabetic patients (n=204), triclosan suture was used in 45.1% with four cases of infection; conventional suture was used in 54.9% of them, with 11 cases of infection. Most patients (94.3%) underwent on-pump CABG. Wound pain was observed in 9.9% of patients with triclosan-coated suture and in 17.9% with conventional suture (P=0.011). Wound hyperthermia was found in 1.6% of patients with triclosan-coated suture and in 5.4% of those with conventional suture (P=0.028). Conclusion: Triclosan-coated suture shows lower infection rate in saphenectomy of patients undergoing CABG, although the differences were not statistically significant. Pain and wound hyperthermia were less frequent in patients with triclosan-coated sutures compared with conventional sutures.
Descritores: Poliglactina 910/uso terapêutico
Veia Safena/cirurgia
Infecção da Ferida Cirúrgica/prevenção & controle
Triclosan/uso terapêutico
Ponte de Artéria Coronária/métodos
Técnicas de Sutura
Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
-Dor Pós-Operatória/prevenção & controle
Fatores de Tempo
Índice de Massa Corporal
Ponte de Artéria Coronária/efeitos adversos
Método Duplo-Cego
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Complicações do Diabetes
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 356 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1041586
Autor: Sepaskhah, Mozhdeh; Behdad, Kasra; Bagheri, Zahra.
Título: The topical treatment of old world cutaneous leishmaniasis with gentian violet along with cryotherapy: a pilot single-blind randomized controlled clinical trial
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;52:e20180278, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Shiraz University of Medical Sciences.
Resumo: Abstract INTRODUCTION: The promising non-clinical antileishmanial effects of gentian violet (GV) encouraged us to evaluate the additive effect of GV on cryotherapy. METHODS: For 8 weeks, 59/161 cutaneous leishmaniasis patients/lesions underwent cryotherapy alone (group 1) or cryotherapy accompanied by 1% GV application (group 2). The primary endpoint was clinical response. RESULTS: Ultimately, 54.7% and 45.3% of the significantly cured lesions belonged to groups 1 and 2, respectively, which was not statistically significant. The clinical response was significantly different between the two groups at the end of the fourth week. CONCLUSIONS: Although the clinical response of the two groups was significantly different at the end of the fourth week, application of GV did not increase the efficacy of cryotherapy.
Descritores: Leishmaniose Cutânea/tratamento farmacológico
Crioterapia/métodos
Violeta Genciana/administração & dosagem
Anti-Infecciosos Locais/administração & dosagem
-Método Simples-Cego
Projetos Piloto
Seguimentos
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 36 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde