Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.954.427.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 631 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 64 ir para página                         

  1 / 631 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-547322
Autor: Crippa, José Alexandre S; Zuardi, Antonio Waldo; Hallak, Jaime E C.
Título: Uso terapêutico dos canabinoides em psiquiatria: [revisão] / Therapeutical use of the cannabinoids in psychiatry: [review]
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;32(supl.1):556-566, maio 2010. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Revisar os principais avanços no potencial uso terapêutico de alguns compostos canabinoides em psiquiatria. MÉTODO: Foi realizada busca nos bancos de dado PubMed, SciELO e Lilacs e identificados estudos e revisões da literatura sobre o uso terapêutico dos canabinoides em psiquiatria, em particular canabidiol, rimonabanto, Δ9-tetraidrocanabinol e seus análogos. RESULTADOS: O canabidiol demonstrou apresentar potencial terapêutico como antipsicótico, ansiolítico, antidepressivo e em diversas outras condições. O Δ9-tetraidrocanabinol e seus análogos demonstraram efeitos ansiolíticos, na dependência de cannabis, bem como adjuvantes no tratamento de esquizofrenia, apesar de ainda carecerem de mais estudos. O rimonabanto demonstrou eficácia no tratamento de sintomas subjetivos e fisiológicos da intoxicação pela cannabis e como adjuvante no tratamento do tabagismo. Os potenciais efeitos colaterais, de induzir depressão e ansiedade limitaram o uso clínico deste antagonista CB1. CONCLUSÃO: Os canabinoides têm demonstrado que podem ter amplo interesse terapêutico em psiquiatria, porém mais estudos controlados são necessários para confirmar estes achados e determinar a segurança destes compostos.

OBJECTIVE: To review the main advances related to the potential therapeutic use of cannabinoid compounds in psychiatry. METHOD: A search was performed in the online databases PubMed, ScieELO, and Lilacs for studies and literature reviews concerning therapeutic applications of cannabinoids in psychiatry, especially cannabidiol, rimonabant, Δ9-tetrahydrocannabinol, and their analogues. RESULTS: Cannabidiol was found to have therapeutic potential with antipsychotic, anxiolytic, and antidepressant properties, in addition to being effective in other conditions. Δ9-tetrahydrocannabinol and its analogues were shown to have anxiolytic effects in the treatment of cannabis dependence and to function as an adjuvant in the treatment of schizophrenia, although additional studies are necessary to support this finding. Rimonabant was effective in the treatment of the subjective and physiological symptoms of cannabis intoxication and functioned as an adjuvant in the treatment of tobacco addiction. The potential to induce adverse reactions such as depression and anxiety restrained the clinical use of this CB1 antagonist. CONCLUSION: Cannabinoids may be of great therapeutic interest to psychiatry; however, further controlled trials are necessary to confirm the existing findings and to establish the safety of such compounds.
Descritores: Piperidinas/uso terapêutico
Psicotrópicos/uso terapêutico
Pirazóis/uso terapêutico
Dronabinol/uso terapêutico
Canabidiol/uso terapêutico
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
-Rimonabanto
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096184
Autor: Almeida, Graziela Maria Ferraz de; Lazarini, Carlos Alberto; Stefano, Isabel Cristina Aparecida; Muniz, Elaine Cristina Salzedas; Panes, Vanessa Cliveralo Bertassi; Marin, Maria José Sanches - Faculdade de Medicina de Marília - Curso de Enfermagem ­ São Paulo.
Título: Uso de psicofármacos entre idosos usuários do sistema único de saúde e do plano de saúde suplementar / Use of psychotropic drugs among older users of the unified health system and the supplementary health plan
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;24(2):111-128, set. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Comparar o uso de psicofármacos entre idosos que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS) e aqueles que utilizam o Plano de Saúde Suplementar (PSS). Método: Estudo quantitativo e retrospectivo realizado a partir de dois bancos de dados sendo: 239 idosos usuários do PSS e 114 usuários da Estratégia Saúde da Família (ESF). As análises estatísticas foram realizadas por meio do software Statistical Package for Social Sciences (SPSS) versão 17.0 para Windows. As análises inferenciais foram realizadas por meio do teste de qui-quadrado de Pearson e a extensão do teste exato de Fisher. Resultados: Entre os usuários do SUS, 53% têm de 60 a 69 anos e 13% mais de 80 anos; entre os usuários do PSS, 37% têm de 60 a 69 anos e 24% mais de 80 anos. Entre os usuários do SUS há maior prevalência de pele negra ou parda, baixa escolaridade e classe socioeconômica mais baixa. Encontrou-se que 68% dos usuários do SUS e 60% daqueles que utilizam o PSS não fazem uso de psicofármacos. Os psicofármacos mais prescritos são os antidepressivos. A amitriptilina, fluoxetina, diazepam, clonazepam e alprazolam, que são fármacos contidos em medicamentos de menor custo, porém, considerados potencialmente inapropriados para idosos, foram prescritos principalmente aos usuários do SUS. Conclusão: Os usuários do SUS e do PSS apresentam características sociodemográficas diferenciadas. Os usuários do SUS utilizam maior quantidade de medicamentos potencialmente inapropriados, enquanto aos usuários do plano de saúde são prescritos medicamentos tecnologicamente mais avançados e com menor possibilidade de desencadear efeitos indesejáveis. (AU)

Objective: To compare the usage of psychoactive drugs among older patients from both the Unified Health System (SUS) and from Supplementary Health Plans (PSS). Methods: A quantitative and retrospective study, making use of two distinct data bases, from which: 239 were older patients of PSSs and 114 were patients of the Family Health Strategy. Statistical analyzes were performed using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) software, version 17.0, for Windows. The inferential analyzes were performed using the Pearson's chi-square test and Fisher's exact test extension. Results: Among SUS users, 53% were between 60 and 69 years old, and 13% older than 80 years. Diversely, only 37% of PSS users were between 60 and 69 years old, 24% being older than 80 years. In terms of sociodemographic context, SUS users have higher prevalence of black or brown skin, low levels of schooling, and are also part of lower socioeconomic classes. It was found that 68% of SUS patients and 60% of PSS patients do not use psychoactive drugs. The most prescribed psychotropic drugs are antidepressants. Amitriptyline, fluoxetine, diazepam, clonazepam and alprazolam, which are lower- -cost drugs, but considered inappropriate for older patients, were mainly prescribed to SUS users. Conclusion: SUS and PSS users have different sociodemographic characteristics. SUS patients use larger amounts of potentially inappropriate drugs, while health plan (PSS) users are prescribed more technologically advanced medications with less possibility of undesirable effects. (AU)
Descritores: Psicotrópicos/uso terapêutico
Sistema Único de Saúde
Saúde Mental
Planos de Pré-Pagamento em Saúde
-Fatores Socioeconômicos
Uso de Medicamentos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  3 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-959208
Autor: Cantilino, Amaury; Lorenzo, Laura; Paula, Juliane dos A de; Einarson, Adrienne.
Título: Developmental risks associated with use of psychoactive drugs during pregnancy are largely unknown. Authors' reply
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;36(4):361-362, Oct-Dec/2014.
Idioma: en.
Descritores: Psicotrópicos/efeitos adversos
Especialização
Anormalidades Induzidas por Medicamentos/etiologia
Padrões de Prática Médica
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Teratogênese
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-792757
Autor: Ruas, Luiz Gustavo; Diniz, Breno S; Firmo, Josélia O; Peixoto, Sérgio V; Mambrini, Juliana V; Loyola-Filho, Antônio Ignácio de; Lima-Costa, Maria Fernanda; Castro-Costa, Érico.
Título: Components of the metabolic syndrome and depressive symptoms in community-dwelling older people: the Bambuí Cohort Aging Study
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;38(3):183-189, July-Sept. 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . FINEP.
Resumo: Objective: To investigate the moderating effect of an increasing number of clustered metabolic syndrome (MetS) components on the association between MetS and depressive symptoms in a population-based cohort of older adults in Brazil. Methods: This analysis used data from the Bambuí Cohort Aging Study. Participants in this cross-sectional study comprised 1,469 community-dwelling older people aged ≥ 60 years. Analyses were performed to assess both the association between depressive symptoms and each individual MetS component and the association between depressive symptoms and clustering of an increasing number of MetS components. Results: High triglyceride level was the individual component that showed the strongest association with depressive symptoms (odds ratio [OR]: 1.47; 95% confidence intervals [95%CI] 1.19-1.81; p < 0.0001). Only the presence of three MetS components was associated with depressive symptoms (OR = 1.53; 95%CI 1.05-2.23; p = 0.025). No graded association was detected between increasing number of clustered MetS components and depressive symptoms. Conclusions: Increasing the number of MetS components did not impact the association with depressive symptoms. The association between high triglyceride level and depressive symptoms highlights the relevance of lipid metabolism abnormalities for the emergence of depressive symptoms in older adults.
Descritores: Síndrome Metabólica/fisiopatologia
Depressão/fisiopatologia
-Escalas de Graduação Psiquiátrica
Psicotrópicos/uso terapêutico
Brasil
Análise por Conglomerados
Estudos Transversais
Estudos Prospectivos
Fatores de Risco
Análise de Variância
Transtornos Cognitivos/fisiopatologia
Síndrome Metabólica/complicações
Depressão/complicações
Circunferência da Cintura
Estilo de Vida
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089240
Autor: Dunlop, Boadie W.
Título: Beyond the bins: interpreting and discussing pharmacogenomic reports with psychiatric patients
Fonte: Braz. J. Psychiatry (São Paulo, 1999, Impr.);42(2):111-112, Mar.-Apr. 2020. tab.
Idioma: en.
Descritores: Testes Farmacogenômicos/normas
Transtornos Mentais/genética
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
-Psicotrópicos/farmacologia
Técnicas de Apoio para a Decisão
Resultado do Tratamento
Guias de Prática Clínica como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089237
Autor: Bousman, Chad A; Eyre, Harris A.
Título: "Black box" pharmacogenetic decision-support tools in psychiatry
Fonte: Braz. J. Psychiatry (São Paulo, 1999, Impr.);42(2):113-115, Mar.-Apr. 2020. graf.
Idioma: en.
Descritores: Farmacogenética/normas
Psiquiatria/normas
Técnicas de Apoio para a Decisão
Testes Farmacogenômicos/normas
-Psiquiatria/métodos
Psicotrópicos/farmacologia
Guias de Prática Clínica como Assunto
Testes Farmacogenômicos/métodos
Transtornos Mentais/genética
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-959250
Autor: de Matos, Mariana B; de Mola, Christian L; Trettim, Jéssica P; Jansen, Karen; da Silva, Ricardo A; Souza, Luciano D de Mattos; Ores, Liliane da Costa; Molina, Mariane L; Coelho, Fernanda T; Pinheiro, Ricardo T; Quevedo, Luciana de A.
Título: Psychoactive substance abuse and dependence and its association with anxiety disorders: a population-based study of young adults in Brazil
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;40(4):349-353, Oct.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To evaluate the association between abuse of and dependence on different psychoactive substances and the presence of anxiety disorders in a sample of young adults from a city in southern Brazil. Methods: Between 2007 and 2009, we carried out a cross-sectional, population-based study of individuals aged 18-24 years who lived in Pelotas, a city in southern Brazil. We evaluated anxiety disorders using the Mini International Neuropsychiatric Interview 5.0 (MINI), and use of psychoactive substances with the Alcohol, Smoking, and Substance Involvement Screening Test (ASSIST 2.0/0MS). We used Fisher's exact test for univariate analysis, and Poisson regression models with robust variance for multivariable analysis. Results: The sample consisted of 1,560 young adults. The overall prevalence of abuse/dependence was 26.9% for alcohol, 24.9% for tobacco, and 7.3% for illicit substances. Individuals with agoraphobia had a 32% higher prevalence of tobacco abuse/dependence (prevalence ratio [PR] = 1.32 [95%CI 1.01-1.74]). Individuals with posttraumatic stress disorder (PTSD) or generalized anxiety disorder (GAD) had a 2.41-fold (95%CI 1.22-4.77) and 1.76-fold (95%CI 1.00-3.11) higher prevalence of illicit substance abuse/dependence, respectively. Conclusion: In this population-based sample, we found associations between GAD, PTSD, and increased prevalence of illicit substance abuse/dependence. In addition, individuals with agoraphobia seem to have increased tobacco abuse/dependence.
Descritores: Transtornos de Ansiedade/epidemiologia
Psicotrópicos/efeitos adversos
Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos/epidemiologia
Tabagismo/epidemiologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/epidemiologia
-Transtornos de Ansiedade/complicações
Transtornos de Ansiedade/etiologia
Brasil/epidemiologia
Análise por Conglomerados
Estudos Transversais
Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/complicações
Agorafobia/complicações
Agorafobia/etiologia
Agorafobia/epidemiologia
Entrevista Psicológica
Transtorno Obsessivo-Compulsivo/complicações
Transtorno Obsessivo-Compulsivo/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989518
Autor: Nascimento, Diego Zapelini do; Marques, Gabriela Moreno.
Título: Challenges to promote the rational use of psychotropic drugs / Desafios para promover o uso racional de drogas psicotrópicas / Desafíos para promover el uso racional de drogas psicotrópicas
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);35(3):e00242518, 2019.
Idioma: en.
Descritores: Classificação Internacional de Doenças
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
-Psicotrópicos
Brasil
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1048907
Autor: Moraes Filho, Iel Marciano de; Dias, Caroline Carla de Sousa; Pinto, Leonardo Luiz; Santos, Osmar Pereira dos; Félis, Keila Cristina; Proença, Maria Fernanda Rocha; Cangussu, Débora Dadiani Dantas; Silva, Rodrigo Marques da.
Título: Associação de estresse ocupacional e uso de psicotrópicos por docentes da área da saúde / Association between occupational stress and use of psychotropic drugs by health faculty / Asociación entre el estrés ocupacional y el uso de psicotrópicos por docentes del área de la salud
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;32:1-9, 28/03/2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a associação entre o nível de estresse ocupacional e uso de psicotrópicos por docentes da área de saúde. Métodos: Estudo transversal, analítico e quantitativo, realizado entre novembro e dezembro de 2018, em uma instituição privada do estado de Goiás, onde 48 docentes universitários da área de saúde responderam a questionários sociodemográfico e profissional, Escala de Estresse no Trabalho e questionário sobre o uso de psicotrópicos. Analisaram-se os dados por meio de medidas descritivas e teste de qui-quadrado. Resultados: Foi detectado alto nível de estresse ocupacional em 39,6% da amostra. Houve associação significativa entre estresse ocupacional e as seguintes variáveis: uso atual ou prévio de medicação psicotrópica (0,037), percepção de melhora da qualidade de vida após terapia medicamentosa (p=0,041) e realização de atividades de risco no ambiente de trabalho (p=0,036). Conclusão: O uso de psicotrópicos pelos docentes universitários está significativamente associado ao estresse ocupacional na amostra em questão. (AU)
Descritores: Psicotrópicos
Programa de Saúde Ocupacional
Educação Superior
Docentes
Estresse Ocupacional
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 631 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-703176
Autor: Honorio, Jonathan Celli; Kawamura, Regiane Leiko; Galvao, Marjorana Martini Rodrigues; Herrerias, Tatiana; Cabrera, Eduardo Rodrigues.
Título: Legal highs: um problema de saude publica / Legal highs: un problema de salud publica / Legal highs: a public health problem
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;30(2):228-230, 02/2014.
Idioma: pt.
Descritores: Psicotrópicos
Saúde Pública
Controle de Medicamentos e Entorpecentes/legislação & jurisprudência
Estimulantes do Sistema Nervoso Central
-Psicotrópicos/química
Brasil
Comércio
Estimulantes do Sistema Nervoso Central/química
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 64 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde