Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.954.483.396 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 74 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 74 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-949247
Autor: Kaiser-Júnior, Roberto Luiz; De-Quadros, Luiz Gustavo; Flamini-Júnior, Mário; Faria, Mikaell Alexandre Gouvea; Campo, Juan Carlos Ochoa; De-Oliveira, Vera Lúcia; Zotarelli-Filho, Idiberto José.
Título: New bowel preparation technique for colonoscopy: clinical trial comparing aquanet and mannitol / Nova técnica de preparo intestinal para colonoscopia: estudo clínico comparativo entre aquanet e manitol
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;31(3):e1393, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Fifty-five percent of Americans aged 50-65 are submitted to colonoscopy. For over 65-year, this number increases to 64%. In Brazil, it is forecast that the population submitted to colonoscopy will grow, even though inadequate preparation is still a major problem. Aim: To analyze the quality of a new intestinal preparation technique, Aquanet EC-2000®, compared to oral Mannitol solution. Methods: This prospective longitudinal study enrolled 200 patients with indication for colonoscopy. The sample was randomly allocated to two groups of 100; one group received Aquanet EC-2000® to prepare for colonoscopy and the other Mannitol solution. The Boston scale was used to analyze the results. Results: As expected both preparations produced similar results with the bowel cleansing of the different regions of the colon being classified as Boston scale 3 (excellent) in most patients (p>0.05). Conclusion: The results of bowel preparation using Aquanet EC-2000® were similar to using Mannitol solution.

RESUMO Racional: Cinquenta e cinco por cento dos norte-americanos entre 50-65 anos fazem colonoscopia. Acima de 65 anos o número foi de 64%. No Brasil, estima-se crescente aumento da população submetida à colonoscopia, apesar da preparação inadequada ainda ser um grande problema. Objetivo: Analisar e comparar a qualidade do novo método de preparo intestinal por meio do Aquanet EC-2000® frente ao uso de solução oral de Manitol. Método: Por randomização 200 pacientes foram divididos em dois grupos de 100. Um recebeu Aquanet EC-2000® e o outro Manitol. O presente estudo seguiu modelo prospectivo longitudinal por meio da seleção de 200 pacientes com indicação à colonoscopia, formando dois grupos de 100. Para analisar os resultados foi utilizada a escala de Boston. Resultados: Ambos os preparos foram estatisticamente significativos com p<0,05. A escala 3 de Boston foi a mais frequente para ambos os métodos.Além disso, na estatística aplicada às diferentes regiões do cólon para ambos os procedimentos as proporções observadas concordaram com o esperado (3-excelente). Conclusão: Os resultados do preparo intestinal utilizando Aquanet EC-2000® foram semelhantes aos do Manitol.
Descritores: Cuidados Pré-Operatórios/instrumentação
Cuidados Pré-Operatórios/métodos
Catárticos/administração & dosagem
Colonoscopia
Manitol/administração & dosagem
-Administração Oral
Estudos Prospectivos
Estudos Longitudinais
Irrigação Terapêutica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1058632
Autor: López, Soledad; Vargas, Claudio; López, Carolina.
Título: Eficacia y tolerabilidad de la reducción del volumen de polietilenglicol para la preparación para colonoscopia / Effectiveness and tolerability of low volume bowel cleansing polyethylene glycol solution for colonoscopy
Fonte: Rev. méd. Chile;147(8):977-982, ago. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Background: A successful colonoscopy depends, among other factors, on a proper colon cleansing. This variable also affects the acceptance of the patient to carry out the study. Aim: To analyze the efficacy and tolerability of a low volume polyethylene glycol formulation (2 liters), compared to the conventional presentation of 4 liters. Material and Methods: Patients referred for a colonoscopy were randomly divided to receive either two or four liter of polyethylene glycol as bowel cleansing, which was assessed using the Boston score. Raters of the latter were blinded to the volume of polyethylene glycol that the patients used. Results: Seventy-four patients participated in the study. Subjects who received a 4 liters preparation had an average Boston score of 7.78, versus 8.16 for patients who received a volume of 2 liters (p = 0.267). No significant differences in tolerability were observed between both groups. No significant differences in the efficacy and tolerability between a conventional or a reduced volume of polyethylene glycol solution for the preparation of a colonoscopy were observed. These findings may be especially important for subgroups of patients with difficulties for oral administration of fluids.
Descritores: Polietilenoglicóis/administração & dosagem
Catárticos/administração & dosagem
Colonoscopia/métodos
-Inquéritos e Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Estatísticas não Paramétricas
Tolerância a Medicamentos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-763849
Autor: Salles, Valdemir José Alegre; Jehá, Mariana Rubez; Gimbo, Wilson Toshihico; Barucci, Fernanda Matos Pereira.
Título: Melanose coli / Melanose coli
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;33(4):164-164, out.-dez. 2014. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Paciente do sexo feminino, de 60 anos, portadora de constipação intestinal crônica, com evolução desde a sua adolescência, tendo realizado tratamento com inúmeros laxantes. Recentemente teve piora do quadro intestinal, associado à presença de dor abdominal e, por vezes, secreção mucosanguinolenta acompanhando as evacuações, situações que motivaram a realização de uma colonoscopia, que evidenciou a presença de melanose cólica, com preservação da válvula ileocecal . O surgimento de Melanose coli é causado pelo acúmulo de lipofucsina, que é um pigmento acastanhado-enegrecido nos lissosomos dos macrófagos subepiteliais localizados na mucosa cólica. A intensidade da pigmentação não é uniforme, sendo mais intensa no ceco e no cólon proximal em comparação ao encontrado no cólon distal. Fato relacionado à maior concentração de substâncias agressivas presentes no cólon proximal, na absorção diferenciada ao longo da mucosa do cólon ou devido a diferenças na distribuição de macrófagos ao longo do cólon. A Melanose coli presente no cólon proximal, envolvendo a mucosa do ceco, apresenta um limite bem definido com a transição para a mucosa ileal. Frequentemente, a pigmentação pode estender-se através de todo o cólon, englobando o apêndice cecal e mais raramente a região de transição íleo-cecal. Está condição é frequentemente encontrada durante a investigação endoscópica da constipação intestinal crônica, principalmente quando ocorre a associação com o uso crônico de catárticos à base de antraquinona, como a cascara sagrada, senne, aloés e ruibarbo. A característica marcante na colonoscopia é a coloração da mucosa que varia de um tom acinzentado até completamente preto, que pode ser visualizado em aglomerados de manchas ou em faixas. Nota-se ainda uma nítida demarcação na válvula ileocecal, com a preservação da coloração do intestino delgado e o comprometimento da mucosa cólica. O tratamento da Melanose coli não está bem definido sendo, entretanto, recomendado a suspensão do uso de catárticos. Após a interrupção do laxante à base de antraquinona, a coloração enegrecida da mucosa desaparece gradualmente em vários meses.
Descritores: Catárticos/efeitos adversos
Constipação Intestinal
-Colo
Mucosa Intestinal
Lipofuscina
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  4 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-954588
Autor: Quaresma, Abel Botelho; Briancini, Gicele; Chiesa, Talita; Monteiro, Sergio de Oliveira; Mergener, Rafael André.
Título: Intestinal preparations for colonoscopy. Comparative study: mannitol, picosulphate and macrogol / Preparos intestinais para colonoscopia. Estudo comparativo: manitol, picossulfato e macrogol
Fonte: J. coloproctol. (Rio J., Impr.);38(2):105-110, Apr.-June 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Bowel preparation is mandatory prior to elective colonoscopy and their effectiveness is closely related to the quality of the examination. There are many preparations on the market and there is no consensus on which is best. This study aimed to compare three solutions for colon preparation in patients undergoing colonoscopy. We conducted a prospective study with 61 patients divided randomly into three groups: one that received a standard dose of macrogol, another received a standard dose of 10% mannitol and another received a standard dose of sodium picosulphate. Patients and examining endoscopists responded to questionnaires for compiling data. In the results we noticed that 10% mannitol, despite being less tolerated by the patient when compared to sodium picosulphate, presents better results in colonic cleaning, being therefore superior in this regard. Macrogol was considered as an intermediate in relation to the other two preparations. As for tolerability, preference is given to sodium picosulphate as best tolerated, followed by mannitol and by macrogol, which is poorly tolerated by the patient. We conclude that as the main objective of bowel preparation in colonoscopy is the quality of colonic cleaning, 10% mannitol was superior to the other preparations studied.

RESUMO O preparo intestinal é mandatório antes da realização das colonoscopias eletivas e sua eficácia está intrinsecamente relacionada à qualidade do exame. Existem diversos preparos no mercado e não há consenso sobre qual é melhor. Este estudo teve como objetivo comparar três soluções para preparo de cólon em pacientes submetidos à colonoscopia. Foi realizado um estudo prospectivo com 61 pacientes distribuídos de forma randomizada em três grupos: um recebeu macrogol, outro manitol a 10% e outro picossulfato de sódio em doses padrão. Os pacientes e os endoscopistas examinadores responderam a questionários para compilação de dados. Nos resultados notamos que o manitol a 10%, apesar de ser menos tolerado pelo paciente quando comparado ao picossulfato de sódio, apresenta melhores resultados na limpeza colônica, sendo, portanto, superior neste quesito. O macrogol foi considerado como intermediário em relação aos outros dois preparos. Quanto à tolerabilidade, a preferência recai sobre o picosulfato de sódio como o mais bem tolerado, seguido pelo Manitol; macrogol foi o menos tolerado pelo paciente. Concluímos que, como o principal objetivo do preparo intestinal na colonoscopia é a qualidade da limpeza colônica, o manitol a 10% mostrou-se superior aos demais preparos estudados.
Descritores: Cuidados Pré-Operatórios/métodos
Colonoscopia/métodos
-Polietilenoglicóis
Catárticos
Manitol
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR545.3 - Biblioteca ICBS


  5 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-431445
Autor: Torres, Analuiza Cândido; Diccini, Solange.
Título: Constipação intestinal em pacientes com tumores intracranianos / Intestinal constipation in patients with intracranial tumors
Fonte: Rev. latinoam. enferm;14(3):397-404, maio-jun. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O esforço que ocorre durante a manobra de Valsalva gera aumento da pressão intracraniana e pode descompensar pacientes com hipertensão intracraniana. Os objetivos deste estudo foram avaliar a incidência de constipação intestinal no pré-operatório de pacientes com tumores intracranianos e relacionar a constipação intestinal com a descompensação da hipertensão intracraniana. O estudo foi realizado na unidade de neurocirurgia do Hospital São Paulo, de agosto a outubro de 2003, com a avaliação de 37 pacientes. O tempo médio de pré-operatório foi de 12 dias, variando de 2 a 34 dias. Durante esse período, 6 (16,2 por cento) pacientes apresentaram constipação, sendo que todos receberam dieta laxativa e lactulose, e destes, 2 (33,3 por cento) necessitaram de enema. Todos os pacientes realizaram manobra de Valsalva durante a evacuação, e não foi observada descompensação da hipertensão intracraniana nos pacientes que apresentaram ou não constipação intestinal.
Descritores: Constipação Intestinal
Dietoterapia
Neoplasias Encefálicas
Obstrução Intestinal
-Catárticos/administração & dosagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-984626
Autor: Gee, Tikfu; Lee, Limi; Liew, Ngoh Chin; Lim, Shu Yu; Ghani, Nur Suriyana Abd; Martindale, Robert G.
Título: Efficacy of low residue enteral formula versus clear liquid diet during bowel preparation for colonoscopy: a randomised controlled pilot trial / Eficácia da fórmula enteral pobre em resíduo versus dieta líquida clara durante o preparo intestinal para colonoscopia: um estudo piloto controlado e randomizado
Fonte: J. coloproctol. (Rio J., Impr.);39(1):62-66, Jan.-Mar. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objectives: Conventional bowel preparation for colonoscopy confines patient to clear liquid diet the day before and such non-nutritive dietary regimen often caused discomfort and hunger. The purpose of this study is to determine the feasibility of feeding patient with low-residue, lactose-free semi-elemental enteral formula (PEPTAMEN®) compare to conventional clear liquid diet during bowel preparation before colonoscopy. Methods: This was a randomised, endoscopist-blinded study. Patients were randomised into two groups, those receiving oral PEPTAMEN® and mechanical bowel preparation (A) and those receiving clear liquid while undergoing mechanical bowel preparation (B). Documentation was made with regard to the type of bowel cleansing agents used, completeness of the colonoscopy, cleanliness quality score, and hunger score. Results: A total of 97 patients were included in the study, A = 48 and B = 49. Eight patients, who were not compliant to the bowel-cleansing agent or had an incomplete colonoscopic examination, were excluded from the study. In terms of the overall cleanliness score, no statistical significant difference was seen (p = 0.25) between the two groups, A (fair or poor 37.5%, good or excellent 62.5%) and B (fair or poor 49%, good or excellent 51%) whereas the hunger score showed a significant difference (p = 0.016), A (no hunger 41.7%, slight hunger 12.5%, hungry 12.5%) and B (no hunger 24.5%, slight hunger 38.8%, hungry 36.7%). Conclusions: These data suggest that the addition of oral PEPTAMEN® as part of the bowel preparation regimen did not significantly alter the luminal cleanliness score during colonoscopy while alleviating hunger.

RESUMO Objetivo: A preparação intestinal convencional para a colonoscopia confina o paciente à dieta líquida clara no dia anterior; esse regime dietético não nutritivo frequentemente causa desconforto e fome. O presente estudo teve como objetivo determinar a viabilidade de alimentar o paciente com fórmula enteral semielementar sem lactose e pobre em resíduos (PEPTAMEN®) em comparação com a dieta líquida clara convencional no preparo intestinal para colonoscopia. Métodos: Este foi um estudo randomizado no qual o endoscopista foi cego quanto ao tipo de preparo. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: aqueles que receberam PEPTAMEN® oral e preparo intestinal mecânico (A) e aqueles que receberam dieta líquida clara e preparo intestinal mecânico (B). Os pacientes foram avaliados quanto ao tipo de agente de limpeza intestinal utilizado, a completude da colonoscopia, o escore de qualidade de limpeza e o escore de fome. Resultados: Um total de 97 pacientes foram incluídos no estudo, 48 no grupo A e 49 no grupo B. Oito pacientes foram excluídos por não aderirem ao agente de limpeza intestinal ou apresentarem um exame incompleto de colonoscopia. Quanto ao escore geral de limpeza, não se observou diferença estatisticamente significativa (p = 0,25) entre os grupos A (resultado regular ou ruim, 37,5%; bom ou excelente, 62,5%) e B (resultado regular ou ruim, 49%; bom ou excelente, 51%). Por outro lado, o escore de fome apresentou diferença significativa (p = 0,016) entre os grupos A (sem fome, 41,7%; fome leve, 12,5%; fome, 12,5%) e B (sem fome, 24,5%; fome leve, 38,8%; fome, 36,7%). Conclusões: Os dados sugerem que a adição de PEPTAMEN® oral como parte do regime de preparo intestinal não altera significativamente o escore de limpeza luminal durante a colonoscopia, mas alivia a fome.
Descritores: Alimentos Formulados
Colonoscopia/métodos
-Peptídeos/administração & dosagem
Catárticos/administração & dosagem
Protocolos Clínicos
Limites: Humanos
Responsável: BR545.3 - Biblioteca ICBS


  7 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Morais, Mauro Batista de
Id: lil-263068
Autor: Morais, Mauro Batista de; Tahan, Soraia; Speridião, Patrícia da Graça Leite; Fagundes Neto, Ulysses.
Título: Constipação em Pediatria / Constipation in Pediatrics
Fonte: Pediatr. mod;35(10):777-8, 780, 782, passim, out. 1999. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores ressaltam a importância da constipaçäo intestinal em Pediatria, destacando sua elevada incidência e frequentes complicaçöes. Definem os diversos termos empregados na análise do problema, estudam a fisiopatologia e as manifestaçöes clínicas da constipaçäo e o seu tratamento, expondo o programa terapêutico recomendado nessa patologia
Descritores: Fibras na Dieta/administração & dosagem
Constipação Intestinal/fisiopatologia
Constipação Intestinal/prevenção & controle
Constipação Intestinal/tratamento farmacológico
Catárticos/administração & dosagem
Catárticos/farmacologia
Catárticos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Masculino
Feminino
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  8 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1011643
Autor: Wei, Hongwei; Chang, Jinhua; Liu, Pei; Li, Zhongsi; Miao, Guangxin; Liu, Xigang; Liu, Cuizhe; Zhang, Xiangrong.
Título: Design and evaluation of rhubarb total free anthraquinones oral colon-specific drug delivery granules to improve the purgative effect
Fonte: Braz. J. Pharm. Sci. (Online);55:e17110, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Rhubarb is commonly used as a cathartic in Asian countries. However, researchers have devotedextensive concerns to the quality control and safety of rhubarb and traditional Chinese preparations composed of rhubarb due to the instable purgative effect and potential nephrotoxicity of anthraquinones. In this study, we aimed to prepare rhubarb total free anthraquinones (RTFA) oral colon-specific drug delivery granules (RTFA-OCDD-GN) to delivery anthraquinones to colon to produce purgative effect. RTFA-OCDD-GN were prepared using chitosan and Eudragit S100 through a double-layer coating process and the formulation was optimized. Continuous release studies were performed in a simulated gastric fluid (pH 1.2), followed by a small-intestinal fluid (pH 6.8) and a colonic fluid (pH 7.4, containing rat cecal contents). The purgative effect test was performed in rats. The dissolution profile of RTFA-OCDD-GN showed that the accumulative dissolution rate of RTFA was about 83.0% in the simulated colonic fluid containing rat cecal contents and only about 9.0% in the simulated gastrointestinal fluids. And the RTFA-OCDD-GN could produce the comparative purgative activity as rhubarb, suggesting it could deliver the free AQs to the colon. The RTFA-OCDD-GN was a useful media to enhance the purgative activity of free anthraquinones after administered orally.
Descritores: Rheum/efeitos adversos
Preparações Farmacêuticas
Antraquinonas/efeitos adversos
Colo
Projetos
-Catárticos/análise
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Ratos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  9 / 74 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-959375
Autor: Muñoz P, Nelson; Rodríguez G, Marcelo; Campaña W, Nicolás; Agar F, Solange; Campaña V, Gonzalo.
Título: Evaluación comparativa de efectividad y tolerabilidad con polietilenglicol y picosulfato de sodio-citrato de magnesio como agentes de preparación intestinal para colonoscopia / Comparative evaluation of effectiveness and tolerability with polyethylene glycol and sodium picosulfate-magnesium citrate as intestinal preparation agents for colonoscopy
Fonte: Rev. chil. cir;70(3):224-232, 2018. tab, graf, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Introducción La efectividad de la colonoscopia depende de múltiples factores, destacando la calidad de preparación intestinal y la tolerabilidad que tenga el paciente a la preparación administrada. Objetivo Comparar dos agentes de preparación intestinal, el polietilenglicol (PEG) y el picosulfato de sodiocitrato de magnesio (PSCM) en términos de efectividad y tolerabilidad de la preparación. Pacientes y Método Ensayo clínico aleatorizado en pacientes ambulatorios sometidos a colonoscopia en Clínica INDISA. Evaluando efectividad y tolerabilidad con el Boston Bowel Preparation Score (BBPS) y cuestionario de Lawrence [compuesto por escala Likert, dos preguntas cualitativas y escala visual análoga (EVA)], respectivamente. Resultados 189 pacientes, de los cuales 123 se aleatorizaron a PEG y 66 a PSCM. El BBPS en los pacientes que utilizaron PEG, la media fue 7,51 (DS 1,66) y con PSCM fue 7,12 (DS 1,71) (p = 0,111). Al analizar la tolerabilidad con escala Likert, la media con PEG fue 0,94 (DS 0,68) y con PSCM fue 0,63 (DS 0,61) (p = 0,0004). La EVA con PEG tuvo una media de 7,68 (DS 2,4) y con PSCM de 9,04 (DS 1,59) (p < 0,0001). Al preguntar ausentismo laboral, no hubo diferencias significativas en ambos grupos y al preguntar si ocuparía la misma preparación en una futura colonoscopia, hubo significancia estadística a favor del PSCM (p = 0,026). Conclusión No encontramos diferencias en la efectividad de preparación intestinal al comparar PEG y PSCM, sin embargo, el PSCM es mejor tolerado.

Introduction The effectiveness of colonoscopy depends on multiple factors, being two of the most important ones an adequate bowel preparation and the patient's tolerability to the preparation. Objectives Compare effectiveness and tolerability of two bowel preparation agents, polyethylene glycol (PEG) and sodium picosulfate/magnesium citrate (SPMC). Patients and Methods Randomized clinical trial on outpatients that went into colonoscopy in INDISA Clinic. We evaluated effectiveness and tolerability with Boston Bowel Preparation Score (BBPS) and Lawrence questionnaire [composed by Likert scale, two qualitative questions and Visual Analogue Scale (VAS) for pain], respectively. Results 189 patients, 123 were randomized to PEG and 66 to SPMC. BBPS average in patients in the PEG branch was 7.51 (SD 1.66) and for SPMC 7.12 (SD 1.71) (p = 0.111). Likert scale for evaluating tolerability average for PEG was 0.94 (SD 0.68) and for SPMC 0.63 (SD 0.61) (p = 0.0004). VAS scale for PEG had an average of 7.68 (SD 2.4) and for PSCM 9.04 (SD 1.59) (p < 0.0001). When we asked for workplace absenteeism, there were no significant differences between both groups and when we asked about using the same intestinal preparation in a future colonoscopy there was statistical significance in favor to SPMC (p = 0.026). Conclusions No differences were noted on effectiveness between the PEG and SPMC bowel preparations. Nevertheless, SPMC appeared to be better tolerated by patients.
Descritores: Compostos Organometálicos/administração & dosagem
Polietilenoglicóis/administração & dosagem
Catárticos/administração & dosagem
Colonoscopia/métodos
Citratos/administração & dosagem
-Picolinas/administração & dosagem
Cuidados Pré-Operatórios/métodos
Método Simples-Cego
Inquéritos e Questionários
Satisfação do Paciente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: CL61.1 - Biblioteca Central Campus Sur


  10 / 74 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881833
Autor: López, P(edt); Nielsen, V(edt); Pereira, G(edt).
Título: Hematemesis en una adolescente / Hematemesis in an adolescent
Fonte: Med. infant;23(1):32-38, Marzo 2016. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Catárticos/efeitos adversos
Diagnóstico Diferencial
Transtornos da Alimentação e da Ingestão de Alimentos
Hematemese/diagnóstico
Hematemese/diagnóstico por imagem
Hematemese/terapia
Comportamento Autodestrutivo
Vômito
-Gastrite
Helicobacter pylori
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde