Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.720.031.700.672 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 181 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 19 ir para página                         

  1 / 181 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Silva, Marina Vieira da
Texto completo
Id: biblio-1280608
Autor: Marques, Jacqueline Mary Gerage; Silva, Marina Vieira da.
Título: Estimation of chronic dietary intake of pesticide residues / Estimativa de ingestão crônica de resíduos de agrotóxicos por meio da dieta
Fonte: Rev. saúde pública (Online);55:36, 2021. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To estimate the maximum theoretical daily intake of pesticides potentially consumed, chronically, by the Brazilian population. METHOD By using data from the food consumption section of the 2008-2009 Household Budget Survey to characterize the population diet, a database was built to group the foods based on the NOVA classification. Considering the maximum residue limit values of each pesticide authorized in the country until 2016, the limits of all consumed foods were added and multiplied by the amount consumed, resulting in the maximum theoretical intake index, which was compared with the acceptable daily intake. RESULTS The results show that, of the 283 pesticides considered in the database, 71 (25%) compounds had estimates of zero intake, 144 compounds (50.8%) reached acceptable daily intake values and 68 compounds (24%) showed median intake that exceeded the acceptable daily value. The pesticide intake estimation according to the different regions of the country showed a variation in the amount of compounds that exceeded the acceptable daily intake (48 to 69 substances) due to the different consumption patterns. The categories of products that most exceeded the limits were the insecticides, herbicides and fungicides. CONCLUSION The application of this methodology is valid for the first step in risk assessment, but the resulting values may be different from the actual exposure since they do not include other factors, such as the combined use of pesticides or unauthorized products. The importance of developing research on specific national food consumption data in a systematic way is emphasized, which generates data and analyses that allow a detailed risk assessment.

RESUMO OBJETIVO Estimar a ingestão diária máxima teórica dos agrotóxicos potencialmente consumidos, de forma crônica, pela população brasileira. MÉTODO Utilizando os dados do bloco de consumo alimentar da Pesquisa de Orçamentos Familiares de 2008-2009 para caracterização da dieta da população, foi construído um banco de dados agrupando os alimentos com base na classificação NOVA. Considerando os valores de limite máximo de resíduos de cada agrotóxico autorizado no país até o ano de 2016, foram somados os limites de todos os alimentos consumidos, multiplicados pela quantidade consumida, gerando o índice de ingestão teórica máxima, que foi comparado com a ingestão diária aceitável. RESULTADOS Os resultados mostram que dos 283 agrotóxicos considerados no banco de dados, 71 compostos tiveram estimativas de ingestão zero (25%), 144 compostos (50,8%) atingiram aos valores de ingestão diária aceitável e 68 compostos (24%) apresentaram mediana de ingestão que excedeu o valor diário aceitável. Quando realizada a estimativa de ingestão de agrotóxicos discriminando as distintas regiões do país, houve variação (entre 48 e 69 substâncias) na quantidade de compostos que excederam a ingestão diária aceitável devido aos diferentes padrões de consumo da população. As categorias dos produtos que mais excederam as estimativas são inseticidas, herbicidas e fungicidas. CONCLUSÃO A aplicação dessa metodologia é válida para o primeiro passo na avaliação de risco, porém os valores resultantes podem ser diferentes da exposição real por não englobar outros fatores, como o uso combinado de agrotóxicos ou de produtos de uso não autorizado. É ressaltada a importância do desenvolvimento de pesquisas de dados específicos de consumo de alimentos nacionais de forma sistemática, gerando dados e análises que viabilizem uma avaliação pormenorizada sobre riscos.
Descritores: Praguicidas
Resíduos de Praguicidas/análise
-Brasil
Contaminação de Alimentos/análise
Medição de Risco
Ingestão de Alimentos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1182597
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Salud Ambiental.
Título: Diagnóstico,tratamiento y prevención de intoxicaciones agudas causadas por plaguicidas: Introducción / Diagnosis, treatment and prevention of acute poisoning caused by pesticides: Introduction.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Salud Ambiental; 199?. 55 p. tab. (Curso a distancia dirigido a médicos y enfermeras, Introducción).
Idioma: es.
Resumo: Este documento detalla: Orientaciones generales para estudiar a distancia, aspectos básicos sobre la educación a distancia, la unidad didáctica, las tutorias, circulos de estudio, logistica del curso, sistema de evaluación
Descritores: Envenenamento
Medição de Risco
Praguicidas
Resíduos de Praguicidas
Saneamento
-Peru
Responsável: PE18.4 - Centro de Documentación
[{"text": "PE18.1", "_a": "MS/DIGESA 0003"}]


  3 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-786794
Autor: Gouvêa, Adherlene Vieira; Cardoso, Maria Helena Wohlers Morelli; Bastos, Lucia Helena Pinto; Barato-Silva, Cristiane; Nóbrega, Armi Wanderley da; Jacob, Silvana do Couto.
Título: Avaliação da contaminação de amostras de soja com resíduos de agrotóxicos pelo método QuEChERS acetato com análise por meio de CLAE-EM/EM / Evaluation of the soy samples contamination with pesticides residues by using QuEChERS acetate methodology and applying LC-MS/MS analysis
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;74(3):225-238, jul.-set. 2015. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo teve por finalidade avaliar a situação atual do consumo de alimentos à base de soja disponíveis no mercado em relação à presença de resíduos de agrotóxicos. A metodologia foi validada para efetuar a determinação de 122 resíduos de pesticida na matriz soja e de 124 substâncias na matriz extrato solúvel de soja. As curvas analíticas estudadas nas duas matrizes apresentaram linearidade na faixa de trabalho analisada (0,002 a 0,200 μg.mL-1). A exatidão e a precisão em dois níveis de fortificação apresentaram valores de 70 % a 119 % de recuperação e de CV (%) de 1 a 18. O Limite de Quantificação(LQ) apresentou resultados satisfatórios (0,005 a 0,215 mg.kg-1 matriz soja e 0,006 a 0,028 mg.kg-1 matriz extrato solúvel de soja) em relação aos Limites Máximos de Resíduo (LMRs) quando existentes. Para realizar o estudo, foram selecionadas 42 amostras de soja e materiais à base de soja. As amostras foram adquiridas, no período de 2011 a 2012, em estabelecimentos comerciais na região metropolitana do Rio de Janeiro. Esta avaliação exploratória de contaminação evidenciou o uso inapropriado dos agrotóxicos ciprodinil, pirimifós-metílico, ciazofamida e butóxido de piperonilana soja e de estar em desacordo com a legislação vigente.

This study aimed atassessing the current status of the consumption of soy-based foods available atmarket regarding to the presence of pesticide residues. The methodology was validated for determining122 pesticides residues in the matrix soybean and 124 in the matrix of soluble soy extract. The analytical curvesstudied in the two arrays showed linearity in the evaluated zone (0.002 to 0.200 μg.mL-1). The accuracy andprecision of two fortification ranges exhibited recovery values of 70 % - 119 %, and CV (%) values from 1 to 18.The limit of quantification (LQ) showed satisfactory results (0.005 to 0.215 mg.kg-1 matrix of soybeansand 0.006 to 0.028 mg.kg -1 matrix of soluble soy extract) regarding to the maximum residue limits (MRLs) when they occur. Forty-two soy and soy-based samples were randomly selected for this study. The samples were acquired in the period from 2011 to 2012 at commercial establishments located in the metropolitan area of Rio de Janeiro. This study evidenced the contamination of soybeans with pesticides residues as cyprodinil, pirimiphos-methyl, cyazofamid, and piperonyl butoxide, indicating their inappropriate use and being noncompliant to the legislationin force.
Descritores: Agroquímicos
Cromatografia Líquida
Espectrometria de Massas
Estudos de Validação como Assunto
Soja
Resíduos de Praguicidas
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  4 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-620816
Autor: Lemes, Vera Regina Rossi; Kussumi, Tereza Atsuko; Nakano, Viviane Emi; Rocha, Sonia Bio; Oliveira, Maria Celeste Cardeal de; Rodrigues, Marcela Piza; Ribeiro, José Inaldo Almeida.
Título: Avaliação de resíduos de agrotóxicos em arroz e feijão e sua contribuição para prevenção de riscos à saúde da população consumidora / Survey of pesticide residues in rice and beans and its contribution to prevention of human health risks of consumers
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(2):113-121, abr.-jun. 2011. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo foi realizado com a finalidade de analisar os resíduos de agrotóxicos em arroz e feijão, alimentos básicos nos hábitos alimentares do brasileiro, e estimar o risco à saúde pública. Foram coletadas 44 amostras de arroz e 44 de feijão pelas vigilâncias sanitárias municipais do Estado de São Paulo (Programa Paulista de Análise Fiscal de Alimentos). As amostras foram analisadas por meio de ensaio multirresíduo. Os resíduos de agrotóxicos foram encontrados em 26 (59) amostras de arroz e em 11 (25) das de feijão em teores entre 0,05 e 0,1 mg/kg, dentro dos Limites Máximos de Resíduos. A exposição ao propiconazol por meio da ingestão de arroz representou 0,15 e 0,58 da Ingestão Diária Aceitável (IDA) e a exposição à procimidona pela ingestão de feijão representou 0,02 e 0,1 da IDA, respectivamente, para as populações adulta e infantil. Nos demais agrotóxicos pesquisados não foram detectados resíduos iguais ou em valores maiores do que o limite de detecção da metodologia utilizada.
Descritores: Cromatografia Gasosa
Fabaceae
Fiscalização Sanitária
Oryza
Resíduos de Praguicidas
Saúde Pública
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-383424
Autor: Corrêa, Célia M. D; Oliveira, Jorge J. do V; Tornisielo, Valdemar L.
Título: Resíduos de endosulfan em solo (Latossolo Roxo) cultivado com soja [Glycine max (L) Merrill] / Residues of endosulfan in soil (Latossolo Roxo) cultivated with soybean [Glycine max (L) Merril]
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;62(2):69-75, 2003. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O emprego dos agrotóxicos na agricultura reduz a perda de alimentos ao combater as pragas, porém os seus resíduos podem contaminar o meio ambiente, principalmente o solo. Este trabalho teve como objetivo avaliar os níveis de resíduos do inseticida endosulfan e seu principal metabólito, sulfato de endosulfan, em solo cutilvado com a soja. O experimento com a soja foi conduzido em uma área de 900m2, dividida em três parcelas iguais, destinadas ao controle (sem aplicação do inseticida), ao sistema de manejo integrado de pragas (MIP) e ao sistema convencional, com aplicações de endosulfan nas doses de 437g i.a./ha e 1312g i.a./ha, respectivamente. O endosulfan foi quantificado por cromatografia gasosa com detector de captura de elétrons (63Ni), sete dias e um ano após cada pulverização. Não foi detectado nenhum resíduo do inseticida endosulfan no solo (10-20cm), onde foi cultivada a soja no sistema MIP, dentro do limite de quantificação do método [a-endosulfan (0,005mg/g), B-endosulfan (0,005mg/g) e sulfato de endosulfan (0,1mg/g)]. O resíduo de endosulfan total no solo foi de 0,06 mg/g para o MIP na profundidade de 0-10cm e para o sistema convencional os níveis forma 0,14ug/g (0-10cm) e 0,03ug/g (10-20cm). Após um ano da aplicação de endosulfan, nenhum resíduo foi detectado em solo (0-20cm) nos dois sistemas. Ambos os sistemas de cultivo da soja formam eficazes no controle de pragas, todavia o MIP foi sugerido por resultar em menor nível de contaminação de endosulfan no solo
Descritores: Solo
Cultivos Agrícolas
Soja
Resíduos de Praguicidas
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-470728
Autor: Lemes, Vera Regina Rossi.
Título: Avaliação de resíduos de etilenotiouréia (ETU) em frutas comercializadas na cidade de São Paulo / Evaluation of ethylene thiourea (ETU) in fruits traded in the city of São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 176 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Etilenotiouréia (ETU) é uma substância tóxica, formada pela degradação e/ou biotransformação dos fungicidas etilenobisditiocarbamatos (EBDC). Seus resíduos podem ser encontrados em plantas e no ambiente, após o uso de EBDC na agricultura, ou em animais no ser humano, quando expostos a esses produtos. Comprovadamente, a ETU tem a capacidade de induzir tumor na tireóide de roedores e no fígado de camundongo, apresentando evidência suficiente para carcinogenicidade em animais e evidência inadequada para carcinogenicidade em seres humanos. Os objetivos destes estudos foram: validar método analítico para determinação de resíduos de ETU nas matrizes estudadas; verificar a presença de resíduos de ETU em amostras de frutas (mamão, maça e morango), coletadas em diferentes pontos de comercialização da cidade de São Paulo; avaliar os resultados e a contribuição de risco à saúde da população consumidora. Foram analisadas 90 amostras, sendo 30 de cada fruta (maça, mamão e morango), adquiridas em diferentes pontos de comercialização da cidade São Paulo, no período de dezembro de 2005 a dezembro de 2006, distribuídas nas diferentes regiões do referido município e durante as estações do ano. Os parâmetros de validação avaliados foram: seletividade, linearidade, limite de quantificação, limite de detecção, exatidão e precisão. Os estudos de recuperação foram realizados com fortificações em três níveis (1,2 e 10 LQ) em amostras controle. A determinação de resíduos de ETU foi feita por cromatografia a líquido de alto desempenho, com detector de absorção no ultravioleta (HPLC-UV) e cromatografia a líquido acoplada à espectrometria de massas em "tandem" (LC/MS/MS). Como todos os resultados obtidos por HPLC-UV apresentaram níveis de ETU abaixo do LQ limite de quantificação (10,0 micro grama/Kg), as quantificações foram realizadas no LC/MS/MS, com limite de quantificação e de detecção respectivamente de 1,0 micro grama/Kg e 0,5 micro grama/Kg. O método por LC/MS/MS mostrou-se adeq...
Descritores: Contaminação de Alimentos
Etilenotioureia/toxicidade
Fungicidas Industriais/toxicidade
Resíduos de Praguicidas
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 668.65, 15. 49041/2007; BR67.1; DR, 844. CM. 49042/2007


  7 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-539509
Autor: Lima, Waldemir Pereira; Chiaravalloti Neto, Francisco; Macoris, Maria de Lourdes da Graça; Zuccari, Débora Aparecida Pires de Campos; Dibo, Margareth Regina.
Título: Estabelecimento de metodologia para alimentação de Aedes aegypti (Diptera-Culicidae) em camundongos swiss e avaliação da toxicidade e do efeito residual do óleo essencial de Tagetes minuta L (Asteraceae) em populações de Aedes aegypti / Establishment of the feeding methodology of Aedes aegypti (Diptera-Culicidae) in Swiss mice and evaluation of the toxicity and residual effect of essential oil from Tagetes minuta L (Asteraceae), in populations of Aedes aegypti
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;42(6):638-641, Dec. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se desenvolver um procedimento de alimentação de fêmeas de Aedes aegypti que não cause estresse em camundongo swiss e avaliar a toxicidade e o efeito residual do óleo essencial de Tagetes minuta L (Asteraceae) em populações de Aedes aegypti. Camundongos anestesiados: um observado tempo de sedação e outro colocado em gaiola para alimentação de fêmeas. Óleo essencial, diluído em acetona, foi utilizado em bioensaios para avaliação das concentrações letais em larvas de Bauru, SP e São José do Rio Preto, SP, respectivamente, sensíveis e resistentes ao temephos. Os dados obtidos foram comparados com a cepa Rockefeller-EUA. O procedimento com camundongos foi aprovado. Não houve diferença entre as populações quanto à susceptibilidade a Tagetes minuta e os ensaios demonstraram CL50 de 0,24, 0,25 e 0,21mL L-1 e CL99,9 em 0,35, 0,39 e 0,42mL L-1, respectivamente, para Rockfeller, Bauru e São José do Rio Preto. Não foi observado efeito residual da solução.

The objectives here were to develop a procedure for feeding females of Aedes aegypti that does not cause stress in Swiss mice and to evaluate the toxicity and residual effect of essential oil from Tagetes minuta L. (Asteraceae) in Aedes aegypti populations. Two mice were anesthetized: one was used to observe the duration of sedation and the other was placed in a cage to feed the female mosquitoes. Essential oil was diluted in acetone and used in bioassays to assess the lethal concentrations in larvae from the Cities of Bauru (SP) and São José do Rio Preto (SP) that were sensitive and resistant to temephos, respectively. The data obtained were compared with the American Rockefeller strain. The procedure with mice was approved. There was no difference between the populations regarding susceptibility to Tagetes minuta, and the assays showed LC50 of 0.24, 0.25 and 0.21 ml/l and LC99.9 of 0.35, 0.39 and 0.42 ml/l, for Rockefeller, Bauru and São José do Rio Preto, respectively. The solution did not show any residual effect.
Descritores: Aedes
Resíduos de Praguicidas
Extratos Vegetais
Tagetes/química
-Comportamento Alimentar/fisiologia
Larva
Óleos Voláteis
Óleos Vegetais
Limites: Animais
Feminino
Camundongos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-187128
Autor: Macoris, Maria de Lourdes; Andrighetti, Maria Teresa; Takaku, Luiz.
Título: Efeito residual de temephós em larvas de Aedes aegypti / Residual effect of temephós on Aedes aegypti larval
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;28(4):375-7, Oct.-Dec. 1995. tab.
Idioma: pt.
Resumo: One of the most used strategies for controlling Aedes aegypti is the use of the larvicide temephós (Abate). This larvicide has a prolonged residual effect which allows planning the focal treatments. This study aims to verify the duration of the larvicide residual effect stimulating a field situation. Plastic containers of one and five liters were treated with temephós and the residual effect was evaluated every 30 day after the treatment. Different residual effect was observed in the containers placed outside and inside the laboratory. The containers of one liter showed a longer residual effect than the five liters containers. The water salinity as well as the pH, during the test did not affect the larvicide effect.
Descritores: Temefós
Aedes
Inseticidas Organofosforados
Resíduos de Praguicidas
-Fatores de Tempo
Larva
Concentração de Íons de Hidrogênio
Relação Dose-Resposta a Droga
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 181 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-500690
Autor: Tfouni, Silvia A. V; Furlani, Regina P. Z; Araújo, Jefferson D; Souza, Rosália M.
Título: Avaliação da presença de resíduos de leite de vacas tratadas com diflubenzurom / Determination of pesticide residues presence in milk from cows treated with diflubenzuron
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;66(3):230-233, set.-dez. 2007. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O diflubenzurom é um pesticida que pode ser utilizado na pecuária como regulador do crescimento de insetos, entre eles a mosca-do-chifre. Esse composto é usualmente administrado oralmente ao gado e é efetivo contra larvas de Díptera que crescem no estrume. O objetivo do presente estudo foi de avaliar a presença de diflubenzurom em amostras de leite cru coletadas de seis vacas leiteiras da raça Girolanda tratadas com uma marca comercial de diflubenzurom em pó. A determinação dos resíduos envolveu a extração do composto com acetato de etila, remoção da gordura com hexano e análise cromatográfica por CLAE com detector UV-Visível (254nm). O princípio ativo diflubenzurom não foi detectado nas seis amostras analisadas (<0,01mg/kg). Dessa forma, os resultados fornecem indicativos de que a utilização do princípio ativo, em níveis suficientes para se obter o efeito inseticida desejado, pode resultar em um leite considerado seguro para o consumo em termos da presença de resíduos de diflubenzurom.
Descritores: Praguicidas
Resíduos de Praguicidas
Substitutos do Leite
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 181 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Milanez, Thais V
Id: lil-477250
Autor: Milanez, Thaís V; Nakano, Viviane E; Kussumi, Tereza A; Rocha, Sonia B; Toledo, Heloísa H. B.
Título: Determinação de fenitrotiona em farinha de trigo / Fenitrothion determination in wheat flour
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;66(2):108-112, maio-ago. 2007. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A fenitrotiona é um inseticida organofosforado de toxicidade moderada para mamíferos, usado para o controle de insetos em algumas culturas e em grãos armazenados. No Brasil, seu limite máximo de resíduo (LMR) em trigo estabelecido pela ANVISA/MS é 1,0mg/kg. Com a finalidade de verificar seus resíduos em farinha de trigo branca atendendo o Programa Paulista 2006, foram analisadas 62 amostras coletadas no período de abril a junho de 2006 pela Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, em vários pontos de comércio e padarias do estado. A fenitrotiona foi determinada por cromatografia em fase gasosa com detector fotométrico de chama (FPD). Foram realizados estudos de recuperação em dois níveis, 0,05 e 0,50mg/kg, cujos resultados variaram de 93% a 113% e 78% a 91%, respectivamente.O limite de detecção do método foi 0,02mg/kg e o de quantificação foi 0,05mg/kg. Os dados obtidos são inferiores ao LMR vigente para trigo de 1,0mg/kg e corroboram a importância do estabelecimento de LMR para produtos processados, neste caso, a farinha de trigo. Os LMR são a base para o cálculo do consumo diário dos pesticidas, proporcionando dados mais realistas para o cálculo da quantidade de resíduos de pesticidas realmente ingeridos por uma pessoa consumindo uma dieta que lhe é habitual (Ingestão Diária Aceitável).

Fenitrothion is an organophophorus insecticide of moderate toxicity to mammals, which is used in agriculture to control insects on some cultures and on stored grains. ANVISA/ Brazilian Ministry of Health established the fenitrothion maximum limit residue (MLR) of 1.0mg/kg in wheat. The aim of this investigation was to verify this compound residues in white wheat flour to comply the São Paulo State Health Programme “Programa Paulista 2006”. For this purpose a survey of fenitrothion residues was carried out in 62 flour samples from varied market sites and bakeries of São Paulo State, collected by Sanitary Surveillance Service from April to June 2006. Fenitrothion residues were determined by means of gas chromatography with flame photometric detection (GC-FPD). Recovery studies were performed at two different levels, 0.05 e 0.50mg/kg, and the mean recoveries on the established levels were between 93% - 113% and 78% - 91%, respectively. The limit of detection was estimated as 0.02mg/kg, and the limit of quantification was 0.05mg/kg. The data showed values of fenitrothion lower than the established MRL to wheat (1.0mg/kg), which corroborate the needs to establish MRL for processed products, such as wheat flour. MRLs are the basis for calculating the daily dietary consumption of pesticides. They also provide factual data for estimating the daily pesticide residue intake by a person that consumes its usual diet (Acceptable Daily Intake).
Descritores: Cromatografia Gasosa
Inseticidas Organofosforados
Resíduos de Praguicidas
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 19 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde