Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.720.233.674 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 58 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 58 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782586
Autor: Ferrão, Luana Limoeiro; Abrantes, Hirley de Mello Pereira.
Título: Development and validation of analytical method for determining the artificial dyes in breakfast cereals by means of high performance liquid chromatography
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(1):59-66, jan.-mar. 2014. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Validation of analytical methodology is an important tool to ensure the applicability and scope ofa technique for laboratory routine, establishing the limits of the quality parameters of instrumental measurements and the statistical reliability by estimating the procedure performance. There are several normative documents for establishing the figures of merit, namely, limit of detection (LOD), limit of quantification (LOQ), linearity, selectivity, repetitivity, intermediate precision and recovery. This workaimed at developing and validating an analytical methodology for quantifying the artificial dyes in cereal by means of high performance liquid chromatography (HPLC). All of the validation process of this study was performed according to the recommendations by Thompson et al, and following the guidance statedin the document INMETRO DOQ-CGCRE-08 and the harmonized Guidelines IUPAC. After completing all of the validation steps, the methodology showed to be precise, exact, linear over a wide concentration range and its analysis has not being influenced by the food matrix for HPLC determination. More over, the methodology has shown as an important contribution since no official methodologies have been available for determining artificial dyes in breakfast cereals...
Descritores: Corantes de Alimentos
Cromatografia Líquida
Grão Comestível
Métodos Analíticos de Preparação de Amostras
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782581
Autor: Ferreira, Micheli de Moraes; Zamith, Helena Pereira da Silva; Abrantes, Shirley.
Título: Astaxantina: seu uso como corante natural alimentício / Astaxanthin: its use as natural food dye
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(1):1-8, jan.-mar. 2014. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A cor e a aparência dos alimentos são os primeiros atributos fundamentais, se não os mais importantes a serem avaliados pelos consumidores no momento da sua aquisição. Os alimentos podem ser mais nutritivos, seguros e econômicos, no entanto, se não forem atraentes, sua aquisição não ocorrerá. O salmão é basicamente um peixe branco que se torna rosado pela ingestão do camarão. O pigmento vermelho armazenado presente no músculo ou na casca do camarão e que se acumula no tecido adiposo é adquirido pela ingestão das algas e dos organismos unicelulares pelos camarões do mar. Os carotenóides utilizados nas indústrias alimentícia, farmacêutica, de cosméticos e de ração são corantes naturais responsáveis pelas cores amarela, laranja e vermelha. O salmão criado em aqüicultura não tem acesso aos organismos citados acima, entretanto é adicionada à sua ração a astaxantina (ATX), substância que confere a cor rosada à sua carne. A ATX (3,3'-dihidroxi-beta,beta-caroteno-4,4'-diona) é um pigmento carotenóide oxigenado, que confere a característica de coloração rosa-avermelhada a alguns peixes, crustáceos, aves e microrganismos. A ATX apresenta potente atividade na eliminação de radicais livres e na proteção quanto à peroxidação de lipídios e quanto aos danos causados pela oxidação das membranas celulares e de tecidos...
Descritores: Carotenoides
Corantes de Alimentos
Salmão
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  3 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217908
Autor: Godoy, Helena Teixeira; Rodriguez-Amaya, Délia B.
Título: Composiçäo de carotenóides em nectarina (PRUNUS PERSICA) brasileira / Carotenoide composition of Brazilian nectarine (Prunus persica)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;57(1):73-9, 1998. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foi determinada pela primeira vez a composiçäo de carotenóides de nectarina (Prunus persica). Onze carotenóides foram identificados: 13-cis-B-caroteno, trans-B-caroteno, 9-cis-B-caroteno, trans-$-caroteno, neo-B-criptoxantina, trans-luteína, trans-zeaxantina, trans-violaxantina, trans-mutatoxantina e trans-auroxantina. O principal carotenóide foi a trans-B-criptoxantina (3,9 mais ou menos 0,7 ug/g), perfazendo 40,6(por cento) do total de carotenóides (9,6 mais ou menos 0,7 ug/g), seguida pela trans-zeaxantina (1,6 mais ou menos 0,3 ug/g) trnas-luteína (1,1 mais ou menos 0,2 u/g) e trans-B-caroteno (1,0 mais ou menos 0,2 ug/g). O valor de vitamina A, proveniente de isômeros cis e trans da b-criptoxantina e do B-caroteno foi de 54 mais ou menos 5 ER/100g. A composiçäo de carotenóides de nectarina mostrou-se muito semelhante a do pessêgo, fato esperado já que estas frutas pertencem à mesma família
Descritores: Vitamina A/análise
Carotenoides/isolamento & purificação
Frutas/química
-Carotenoides/química
Qualidade dos Alimentos
Corantes de Alimentos
Conservantes de Alimentos/análise
Análise de Alimentos/classificação
Contaminação de Alimentos/análise
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  4 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yabiku, Helena Yuco
Id: lil-128449
Autor: Yabiku, Helena Yuco; Takahashi, Mickiko Yamazaki.
Título: Determinaçäo de bixina em sementes de urucum: estudo colaborativo / Determination of bixin in annatto seeds: collaborative study
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;52(1/2):31-6, 1992. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com a finalidade de estabelecer uma metodologia para a determinaçäo de bixina em sementes de urucum, foi formado um Grupo de Estudo para a padronizaçäo de um método. Dois tipos de análise foram selecionados: uma utilizando o clorofórmio e sementes moídas que dosa bixina e outra utilizando a soluçäo de hidroxido de potássio e sementes inteiras que dosa a norbixina. O melhor método foi o que utilizou o clorofórmio. Para equiparar o teor de norbixina encontrado pela extraçäo com hidróxido de potássio ao teor de bixina obtido pelo outro tipo de análise utilizado, foi usado o fator de correçäo de 1,1601
Descritores: Sementes
Corantes de Alimentos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Antunes, José Leopoldo Ferreira
Id: lil-115153
Autor: Garrido, Neusa Santesso; Pregnolatto, Neus Pascuet; Murata, Lúcia Tieca Fukushima; Silva, Maria Rosa da; Nunes, Maria Cecília Depieri; Antunes, José Leopoldo Ferreira; Tiglea, Paulo.
Título: Avaliaçäo dos níveis de arsênio, chumbo e cádmio em corantes e pigmentos utilizados em embalagens para alimentos no período de 1982 a 1989 / Evaluation of arsenic, lead and cadmium levels in pigments and colours utilized in food packages, for the period 1982-1989
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;51(1/2):63-68, 1991. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram analisadas 997 amostras de corantes e pigmentos para embalagens de alimentos, no período de 1982 a 1989, visando a determinar seus teores de arsênio, chumbo e cádmio. Destas amostras, 0,2%, 5,4% e 2,7% apresentaram, respectivamente, níveis de arsênio, chumbo e cádmio acima dos estabelecidos pela legislaçäo brasileira. Apesar da frequência das amostras com teores acima do limite ser baixa, os níveis de chumbo e cádmio encontrados foram muito elevados e variaram de ano para ano. Sugere-se neste estudo a alteraçäo do limite de cádmio aceito pela legislaçäo pertinente, de 0,2 para 0,01% em peso.
Descritores: Cádmio
Corantes de Alimentos
Conservantes de Alimentos
Chumbo
Limites: História do Século XX
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yabiku, Helena Yuco
Id: lil-100209
Autor: Takahashi, Michiko Yanasaki; Inomata, Emiko Ikejiri; Yabiku, Helena Yuco; Giannattasio, Cláudia M. P.
Título: Beta-caroteno, urucum e cúrcuma em massas alimentícias vitaminadas com ovos / Beta-carotene, annatto and turmeric in egg-added flour foods
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;50(1/2):257-60, 1990. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram analisadas 53 amostras de massas alimentícias vitaminadas com ovos, para a pesquisa de urucum e cúrcuma, corantes näo permitidos pela legislaçäo brasileira, na presença de beta-caroteno (pró-vitamina A). Em 22 (41,51%) amostras foi detectada a presença de corantes e 22 (41,51%) amostras apresentaram teor de beta-caroteno abaixo de 200 UI/100g, limite mínimo permitido pela legislaçäo. A presença de urucum e/ou cúrcuma foi verificada em 77,2% das amostras com teor de beta-caroteno condenatório, o que mostra um alto índice de fraude nesses produtos.
Descritores: Alimentos
Corantes de Alimentos
Análise de Alimentos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  7 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yabiku, Helena Yuco
Marsiglia, Deise A. P
Id: lil-66601
Autor: Takahashi, Mickiko Yamasaki; Yabiku, Helena Yuco; Marsiglia, Deise A. P.
Título: Determinaçäo quantitativa de corantes artificiais em alimentos / Quantitative determination of synthetic dyes in foods
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;48(1/2):7-15, 1988. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Foi estudada a determinaçäo quantitativa de corantes artificiais em 55 amostras de alimentos comprados no comércio da cidade de Säo Paulo: balas, pós para pudim, pós para refresco, pós para sobremesa de gelatina, iogurte, sorvetes e xarope de groselha. A extraçäo para a quantificaçäo foi feita com metanol amoniacal para a maioria dos alimentos, sendo que em iogurtes e sorvetes foi usado o etanol amoniacal. Após a extraçäo foi feita leitura espectrofotométrica na regiäo do visível. O teor de corante foi calculado utilizando os valores de absortividade de cada um. Em amostras contendo misturas de corantes (amarelo crepúsculo e tartrazina) que absorvem em comprimentos de onda próximos, foi estabelecida uma fórmula baseada na aditividade das absorbâncias para calcular o teor de corante. Os resultados indicam obediência aos padröes determinados pela legislaçäo em vigor
Descritores: Controle de Qualidade
Corantes de Alimentos
Análise de Alimentos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yabiku, Helena Yuco
Id: lil-65640
Autor: Yabiku, Helena Yuco; Takahashi, Mickiko Yamasaki; Caruso, Mirian S. F; Menezes, Cristian A. S.
Título: Subsídios para o estabelecimento de metodologia para o controle de corantes naturais para alimentos / A contribution to the method for controlling natural dyes for foods
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;46(1/2):11-8, jun.-dez. 1986. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Dezessete amostras de corante urucum, 6 de cúrcuma, 9 de cochonilha, 10 de vermelho de beterraba, 4 de antocianinas de casca de uva e 4 de clorofilina cúprica, num total de 50 amostras de corantes naturais, foram analisadas para verificar se estes corantes atendiam às Normas de Identidade e Qualidade estabelecidas pela "Food Agricultural Organization/World Health Organization". Para todas as amostras foram traçados espectros de absorçäo na regiäo do ultravioleta e visível para caracterizaçäo do corante natural. Também foram pesquisadas impurezas, tais como arsênico e chumbo, além de adulterantes, como corantes artificiais. Do total de 50 amostras analisadas, 20 apresentaram especificaçöes fora dos padröes de Identidade e Qualidade da "FAO/WHO", bem como dos padröes propostos nas monografias de um grupo brasileiro de estudo de corantes naturais para alimentos
Descritores: Extratos Vegetais
Corantes de Alimentos/análise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-908445
Autor: Gama, Dayana Nolasco; Polônio, Maria Lúcia Teixeira.
Título: Corantes alimentares presentes em alimentos ultraprocessados consumidos por universitários / Colorantes alimentarios presentes en alimentos ultraprocesados consumidos por universitários / Food dyes present in ultra-processed foods consumed by university students
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);10(2):310-317, abr.-jun. 2018. tab, ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: to describe the food dyes present in ultra-processed foods consumed by 273 students of the Nutrition Course at a public university of Rio de Janeiro. Methods: It was characterized the socio-demographic and health profile using semi-structured questionnaire. Consumption of ultra processed food was conducted by the Food Frequency Questionnaire (gelatine, stuffed cookies, candies and bubble gum, soda, powdered drink mix, industrialized juice, bouillon cube and instant noodles), and the food dyes were identified in the products' label. Results: The consumption of products containing food dyes such as gelatines, candies and bubble gum, soda, and bouillon cube was above 80%. The candy and bubble gum, and bouillon cube consumption were almost daily, being 56.9% and 54.1% respectively. Conclusion: 14 food dyes food were identified on the labels of ultra-processed food. The artificial dyes caramel III and IV, bourdeaux S, sunset yellow and tartrazine, and the natural colorants annatto and carmine were highlighted.

Objetivo: descrever os corantes alimentares presentes nos alimentos ultraprocessados consumidos por 273 graduandos de uma universidade pública do Rio de Janeiro. Métodos: Foi caracterizado o perfil sociodemográfico e de saúde a partir de questionário semiestruturado. Consumo de alimentos ultraprocessados foi obtido através do Questionário de Frequência Alimentar (gelatinas, biscoitos recheados, balas e chicletes, refrigerantes, preparados sólidos para refresco, sucos industrializados, temperos prontos e macarrão instantâneo) e os corantes foram identificados nos rótulos dos produtos. Resultados: O consumo de produtos contendo corantes como gelatinas, balas e chicletes, refrigerantes e sucos industrializados foi acima de 80%. Balas e chicletes e temperos prontos tiveram consumo quase diário, sendo 56,9% e 54,1% respectivamente. Conclusão: Identificaram-se quatorze corantes nos rótulos dos produtos industrializados ultraprocessados. Destacaram-se os corantes artificiais caramelos III e IV, bordeuax S, amarelo crepúsculo e tartrazina, e naturais urucum e carmim.

Objetivo: describir los colorantes alimenticios presentes en los alimentos ultra-procesados consumidos por 273 estudiantes de una universidad pública de Río de Janeiro. Métodos: Fue caracterizado el perfil sociodemográfico y de salud, a partir de cuestionario semiestructurado. Consumo de alimentos ultra-procesados, fue obtenido a través del Cuestionario de Frecuencia Alimentar (gelatinas, galletas rellenas, caramelos y chicles, refrescos, preparados sólidos para refresco, jugos industrializados, condimentos preparados y pastas instantáneas) y los colorantes fueron identificados en las etiquetas de los productos. Resultados: El consumo de productos conteniendo colorantes como gelatinas, caramelos y chicles, refrescos y jugos industrializados fue superior al 80%. Caramelos, chicles y condimentos preparados tuvieron consumo casi diario, 56,9% y 54,1% respectivamente. Conclusión: Se identificaron catorce colorantes en las etiquetas de los productos industrializados ultra-procesados. Los colorantes artificiales caramelos III y IV, bordeuax S, amarillo crepúsculo y tartracina, y naturales urucum y carmim se destacaron.
Descritores: Comportamento Alimentar
Corantes de Alimentos/efeitos adversos
Corantes de Alimentos/análise
Fatores de Risco
-Brasil
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  10 / 58 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-831407
Autor: Teles, Julia Nascimento; Polônio, Maria Lúcia Teixeira.
Título: Conhecimento dos graduandos de nutrição e enfermagem quanto ao consumo de corantes alimentares e seus efeitos adversos à saúde / Knowledge of nursing and nutrition graduate students on the consumption of food colorings and their adverse health effects / Conocimiento de los graduandos de nutrición y enfermería sobre el consumo de colorantes alimentares y sus efectos adversos para la salud
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);8(4):5045-5053, out.-dez. 2016. graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: Evaluating the knowledge among Nutrition and Nursing graduate students of a public university regarding the dietary practices in relation to the consumption of food colorings and their health risks. Methods: this is a quantitative and qualitative cross-sectional study in which a semi-structured questionnaire was applied to new graduate students of the Nursing and Nutrition courses at a public university. Results: the study showed that the knowledge concerning healthy eating is not clear to graduates yet, and the excessive consumption of food colorings through goodies are still present in their daily diet. Graduates admit the existence of adverse effects caused by the dyes and industrialized products, even though the knowledge about the additives is not clear. Reading and understanding the labels was not really clarifying, mainly by inefficient information on the packages and a lack of reliability from the manufacturer. Conclusion: actions regarding clarification on these products' information are required.

Objetivo: Avaliar o conhecimento entre os graduandos de Nutrição e Enfermagem de uma universidade pública quanto às praticas alimentares em relação ao consumo de corantes e seus riscos à saúde. Método: trata-se de um estudo descritivo transversal quanti-qualitativo onde foi aplicado um questionário semiestruturado aos graduandos ingressantes no curso de Nutrição e Enfermagem de uma universidade pública. Resultados: o estudo mostrou que o conhecimento de alimentação saudável ainda não está claro para os graduandos e que o consumo de corantes é excessivo através de guloseimas que ainda se fazem presentes na alimentação. Os graduandos admitem a existência de efeitos adversos causados pelos corantes e pelos produtos industrializados, mesmo que o conhecimento sobre os aditivos ainda não esteja claro. A leitura e compreensão dos rótulos foram inadequadas, principalmente por deficiência de informações da embalagem e confiabilidade no fabricante. Conclusão: considera-se que ações de esclarecimentos quando às informações destes produtos são necessárias.

Objetivo: Evaluar el conocimiento entre los graduandos de Nutrición y Enfermería de una universidad pública cuánto a las prácticas alimentares en relación al consumo de colorantes y sus riesgos para la salud. Método: se trata de un estudio descriptivo transversal cuanti-cualitativo en el cual fue aplicado un cuestionario semi-estructurado a los graduandos ingresantes en el curso de Nutrición y Enfermería de una universidad pública. Resultados: el estudio mostró que el conocimiento acerca de la alimentación saludable aún no está claro para los graduandos y que el consumo de colorantes es excesivo, a través de dulces que todavía se encuentran en la alimentación. Los graduandos admiten la existencia de efectos adversos causados por los colorantes y por los productos industrializados, por más más que el conocimiento acerca de los aditivos aún no estea claro. La lectura y la comprensión de los rótulos fueron inadecuadas, principalmente por deficiencia de información en el embalaje y la confiabilidad en el fabricante. Conclusión: se considera que son necesarias acciones que aclaren las informaciones de estos productos.
Descritores: Aditivos Alimentares/efeitos adversos
Corantes de Alimentos/efeitos adversos
Estudantes de Ciências da Saúde
Estudantes de Enfermagem
Comportamento Alimentar
-Brasil
Limites: Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde