Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.720.233.674 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 58 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 58 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Lefèvre, Fernando
Texto completo
Id: lil-733130
Autor: Caron, Eduardo; Lefèvre, Fernando; Lefèvre, Ana Maria Cavalcanti.
Título: In the final analysis, are we a consumer society or not? Implications for health / Afinal, somos ou não somos uma sociedade de consumo? Consequências para a saúde
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;20(1):145-153, 01/2015.
Idioma: en.
Resumo: In this paper, the question of Brazil's insertion today as a country with the characteristics of modern consumer societies is discussed, focusing on the commercialization of the health sector, the segmentation of the health system and the contradictions of the rights to health care in the social context in question. Some research data on these issues broadcast in the National News Bulletins of Globo TV during the year of 2012 are presented, in which the high technology private hospital as a consumer icon, the underfunding of the public health system and the rejection of a poor and deprived Unified Health System are analyzed.

Discute-se aqui a nossa inserção como país, hoje, nas sociedades de consumo características da modernidade, enfocando a mercantilização na área da saúde, a segmentação do sistema de saúde e as contradições do direito à saúde no contexto social em questão. São apresentados dados de pesquisa sobre o tema no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão, durante o ano de 2012, na qual se analisa o hospital privado de alto padrão tecnológico como ícone de consumo, o subfinanciamento do sistema público de saúde e a rejeição de um Sistema Único de Saúde pobre e carente.
Descritores: Compostos Azo/análise
Cromatografia em Gel/métodos
Cromatografia Líquida de Alta Pressão/métodos
Espectrometria de Massas por Ionização por Electrospray/métodos
Especiarias/análise
Espectrometria de Massas em Tandem/métodos
-Compostos Azo/química
Capsicum/química
Análise de Alimentos/métodos
Corantes de Alimentos/análise
Corantes de Alimentos/química
Estrutura Molecular
Naftóis/análise
Naftóis/química
Reprodutibilidade dos Testes
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-916645
Autor: Moreira Junior, Sebastião; Rodrigues, Maria Paula Jensen; Benevenuto, Wellingta Cristina Almeida do Nascimento; Martins, Aurélia Dornelas de Oliveira.
Título: Efeito da farinha de banana verde no crescimento de bactérias láticas contidas nos grãos de kefir / Effect of green banana flour on the growth of lactic acid bacteria contained in kefir grains
Fonte: Hig. aliment;32(282/283):70-74, jul.-ago. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Kefir é um produto fermentado, ácido, levemente alcoólico, produzido a partir de grãos que apresentam uma população microbiana simbiótica considerada estável, imersos em uma matriz constituída de polissacarídeos e proteínas. Está relacionado à reparação da mucosa intestinal, redução dos sintomas de intolerância à lactose, estimulação do sistema imunitário, redução do colesterol além de propriedades tumorais. O Kefir pode ser consumido com diferentes produtos, dentre eles a farinha de banana verde, que vem sendo amplamente pesquisada pelo seu potencial prebiótico. Diante do exposto, o objetivo do presente estudo foi verificar o efeito prebiótico de farinha de banana verde no crescimento de bactérias láticas contidas nos grãos de Kefir. Foram realizados dois tratamentos, sendo um apenas com leite fermentado por grãos de Kefir e outro onde após a preparação da bebida foram adicionados 2% de farinha de banana verde. Para avaliação da viabilidade foi realizado plaqueamento em ágar deMan Rogosa Sharpe (MRS) e M17 para a contagem de lactobacilos e cocos Gram positivos respectivamente. A contagem de bactéria lática variou de 8,31 a 9,45 log UFC/g, indicando que a adição de 2% de farinha de banana não interferiu na viabilidade de bactérias láticas presentes no kefir. Entretanto, apesar da farinha de banana verde não apresentar efeito prebiótico, a mesma pode ser considerada uma boa opção para ser adicionada à essa bebida fermentada, com intuito de agregar valor nutricional ao produto.

Kefir is fermented milk, acidic, lightly alcoholic, produced in a handmade way from grains that present a stable symbiotic microbial population, immersed in a matrix consisting of polysaccharides and proteins. It is related to repair of the intestinal mucosa, reduction of symptoms of lactose intolerance, stimulation of the immune system, reduction of cholesterol in addition to tumor properties. Kefir can be consumed with different products, among them green banana flour that has been widely researched for its prebiotic potential. In view of the above, the objective of the present study was to verify the prebiotic effect of green banana flour on the growth of lactic bacteria contained in Kefir grains. Two treatments were performed, one with only fermented milk by grains of Kefir and another where after preparation of the beverage was added 2% of green banana flour. To assess viability plating was performed on deMan Rogosa Sharpe agar (MRS) and M17 for the counts of lactobacilli and Gram positive cocci respectively. The lactic acid bacteria count ranged from 8.31 to 9.45 log CFU / g, indicating that the addition of 2% of banana flour did not interfere in the viability of lactic acid bacteria present in kefir. However, although green banana flour does not present a prebiotic effect, it can be considered as a good option to be added to this fermented beverage, in order to add nutritional value to the product.
Descritores: Fibras na Dieta
Prebióticos
Farinha/microbiologia
Kefir
-Musa
Leite
Experiências Laboratoriais
Farinha
Corantes de Alimentos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-908445
Autor: Gama, Dayana Nolasco; Polônio, Maria Lúcia Teixeira.
Título: Corantes alimentares presentes em alimentos ultraprocessados consumidos por universitários / Colorantes alimentarios presentes en alimentos ultraprocesados consumidos por universitários / Food dyes present in ultra-processed foods consumed by university students
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);10(2):310-317, abr.-jun. 2018. tab, ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: to describe the food dyes present in ultra-processed foods consumed by 273 students of the Nutrition Course at a public university of Rio de Janeiro. Methods: It was characterized the socio-demographic and health profile using semi-structured questionnaire. Consumption of ultra processed food was conducted by the Food Frequency Questionnaire (gelatine, stuffed cookies, candies and bubble gum, soda, powdered drink mix, industrialized juice, bouillon cube and instant noodles), and the food dyes were identified in the products' label. Results: The consumption of products containing food dyes such as gelatines, candies and bubble gum, soda, and bouillon cube was above 80%. The candy and bubble gum, and bouillon cube consumption were almost daily, being 56.9% and 54.1% respectively. Conclusion: 14 food dyes food were identified on the labels of ultra-processed food. The artificial dyes caramel III and IV, bourdeaux S, sunset yellow and tartrazine, and the natural colorants annatto and carmine were highlighted.

Objetivo: descrever os corantes alimentares presentes nos alimentos ultraprocessados consumidos por 273 graduandos de uma universidade pública do Rio de Janeiro. Métodos: Foi caracterizado o perfil sociodemográfico e de saúde a partir de questionário semiestruturado. Consumo de alimentos ultraprocessados foi obtido através do Questionário de Frequência Alimentar (gelatinas, biscoitos recheados, balas e chicletes, refrigerantes, preparados sólidos para refresco, sucos industrializados, temperos prontos e macarrão instantâneo) e os corantes foram identificados nos rótulos dos produtos. Resultados: O consumo de produtos contendo corantes como gelatinas, balas e chicletes, refrigerantes e sucos industrializados foi acima de 80%. Balas e chicletes e temperos prontos tiveram consumo quase diário, sendo 56,9% e 54,1% respectivamente. Conclusão: Identificaram-se quatorze corantes nos rótulos dos produtos industrializados ultraprocessados. Destacaram-se os corantes artificiais caramelos III e IV, bordeuax S, amarelo crepúsculo e tartrazina, e naturais urucum e carmim.

Objetivo: describir los colorantes alimenticios presentes en los alimentos ultra-procesados consumidos por 273 estudiantes de una universidad pública de Río de Janeiro. Métodos: Fue caracterizado el perfil sociodemográfico y de salud, a partir de cuestionario semiestructurado. Consumo de alimentos ultra-procesados, fue obtenido a través del Cuestionario de Frecuencia Alimentar (gelatinas, galletas rellenas, caramelos y chicles, refrescos, preparados sólidos para refresco, jugos industrializados, condimentos preparados y pastas instantáneas) y los colorantes fueron identificados en las etiquetas de los productos. Resultados: El consumo de productos conteniendo colorantes como gelatinas, caramelos y chicles, refrescos y jugos industrializados fue superior al 80%. Caramelos, chicles y condimentos preparados tuvieron consumo casi diario, 56,9% y 54,1% respectivamente. Conclusión: Se identificaron catorce colorantes en las etiquetas de los productos industrializados ultra-procesados. Los colorantes artificiales caramelos III y IV, bordeuax S, amarillo crepúsculo y tartracina, y naturales urucum y carmim se destacaron.
Descritores: Comportamento Alimentar
Corantes de Alimentos/efeitos adversos
Corantes de Alimentos/análise
Fatores de Risco
-Brasil
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  4 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-849321
Autor: Oliveira, Maria Virna Aguiar de; Alves, Dandara Darhlen Lopes; Lima, Leonardo Henrique Guedes de Morais; Castro e Sousa, João Marcelo de; Peron, Ana Paula.
Título: Cytotoxicity of erythrosine (E-127), brilliant blue (E-133) and red 40 (E-129) food dyes in a plant test system / Citotoxicidade dos corantes alimentares erythrosine (E-127), azul brilhante (E-133) e red 40 (E-129) em sistema-teste vegetal
Fonte: Acta sci., Biol. sci;35(4):557-562, out.-dez. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this work was to evaluate the cytotoxic effect of the food dyes erythrosine, brilliant blue and red 40 on the cell cycle of Allium cepa L. Each dye was evaluated at doses of 0.4 and 4.0 ml, at exposure times of 24 and 48 hours, in onion root tip cells. Cells and the presence of chromosomal aberrations were analyzed throughout the whole cell cycle, totaling 5,000 cells for each group of bulbs. The mitotic index was calculated and the statistical analysis was conducted through the Chi-square test (p < 0.05). From the obtained results, it was verified that the food additives erythrosine and brilliant blue were not cytotoxic to the cells of the test system. However, the red 40 dye, at the two evaluated doses and the two exposure times used in this bioassay have promoted a significant reduction in cell division and induced the emergence of anaphasic and telophasic bridge aberrations and micronucleated cells. Additional cytotoxicity studies should be conducted to add information to these and other previously obtained results in order to evaluate, with property, the action of these three dyes on a cellular level.

Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito citotóxico dos corantes alimentares eritrosina, azul brilhante e vermelho 40 sobre o ciclo celular de Allium cepa L. Cada corante foi avaliado nas doses de 0,4 e 4,0mL, nos tempos de exposição de 24 e 48h, em células meristemáticas de raízes de cebolas. Foram analisadas células em todo o ciclo celular e a presença de aberrações cromossômicas, totalizando 5.000 células para cada grupo de bulbos. Calculou-se o índice mitótico e a análise estatística foi feita por meio do teste Qui-quadrado (p < 0,05). A partir dos resultados obtidos, verificou-se que os aditivos alimentares eritrosina e azul brilhante não foram citotóxicos às células do sistema-teste em questão. Já o corante vermelho 40, nas duas doses avaliadas e nos dois tempos de exposição estipulados para este bioensaio, promoveu redução significativa da divisão celular e induziu o aparecimento de aberrações dos tipos ponte anafásica, ponte telofásica e célula micronucleada. Estudos adicionais de citotoxicidade devem ser conduzidos para se somar a estes para assim avaliar, com propriedade, a ação destes três corantes em nível celular.
Descritores: Testes Imunológicos de Citotoxicidade
Corantes de Alimentos
Cebolas
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  5 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847947
Autor: Santana, Gleuvania Marques; Sousa, Josefa Janaína do Anjos; Peron, Ana Paula.
Título: Action of Ponceau 4R (E-124) food dye on root meristematic cells of Allium cepa L / Ação do corante alimentar Ponceau 4R (E-124) sobre as células meristemáticas de raízes de Allium cepa L
Fonte: Acta sci., Biol. sci;37(1):101-106, jan.- mar. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to evaluate the toxicity of Ponceau 4R food dye on the cell cycle in root meristematic cells of Allium cepa L. at three concentrations: 0.25, 0.50 and 0.75 g L-1, at exposure times of 24 and 48 hours. For each concentration, we used a set of five onion bulbs that were first rooted in distilled water and then transferred to their respective concentrations. Radicles were collected and fixed in acetic acid (3:1) for 24 hours. The slides were mounted with the crushing technique and stained with 2% acetic orcein. Cells were analyzed throughout the cell cycle, totaling 5,000 cells for each control and exposure time. The calculated mitotic indices were subjected to the Chi-square test (p < 0.05). From the results, we observed that the concentrations of 0.25 and 0.50 g L-1 at the 48-hour exposure, and the concentration of 0.75 g L-1, the two exposure times time significantly reduced (p < 0.05) the cell division rate. Importantly, all the three concentrations at the two exposure times tested caused cellular aberrations in significant numbers in this testing system. Therefore, under the conditions studied, the Ponceau 4R was cytotoxic.

Este trabalho teve por objetivo avaliar a toxicidade do corante alimentar Ponceau 4R sobre as células meristemáticas de raízes de Allium cepa L., em três concentrações: 0,25; 0,50 e 0,75 g L-1, nos tempos de exposição de 24 e 48 horas. Para cada concentração utilizou-se um grupo de cinco bulbos de cebolas, que primeiramente foram enraizados em água destilada, e em seguida transferidos para as suas respectivas concentrações. As radículas foram coletadas e fixadas em ácido acético (3:1) por 24 horas. As lâminas foram preparadas pela técnica de esmagamento e coradas com orceína acética a 2%. Analisaram-se células em todo ciclo celular, totalizando 5.000 para cada controle e tempo de exposição. Os índices mitóticos calculados e as aberrações celulares observadas foram submetidos à análise estatística do Qui- quadrado (p < 0,05). A partir dos resultados observou-se que as concentrações 0,25 e 0,50 g L-1, no tempo de exposição de 48h, e a concentração 0,75 g L-1, nos dois tempos de exposição avaliados reduziram de forma significativa (p < 0,05) o índice de divisão celular do sistema teste em questão. Observou-se também que todas as três concentrações, nos dois tempos de exposição analisados, ocasionaram aberrações celulares em número significativo a este sistema teste. Portanto, nas condições analisadas, o Ponceau 4R foi citotóxico.
Descritores: Divisão Celular
Corantes
Corantes de Alimentos
Cebolas
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  6 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-831407
Autor: Teles, Julia Nascimento; Polônio, Maria Lúcia Teixeira.
Título: Conhecimento dos graduandos de nutrição e enfermagem quanto ao consumo de corantes alimentares e seus efeitos adversos à saúde / Knowledge of nursing and nutrition graduate students on the consumption of food colorings and their adverse health effects / Conocimiento de los graduandos de nutrición y enfermería sobre el consumo de colorantes alimentares y sus efectos adversos para la salud
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);8(4):5045-5053, out.-dez. 2016. graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: Evaluating the knowledge among Nutrition and Nursing graduate students of a public university regarding the dietary practices in relation to the consumption of food colorings and their health risks. Methods: this is a quantitative and qualitative cross-sectional study in which a semi-structured questionnaire was applied to new graduate students of the Nursing and Nutrition courses at a public university. Results: the study showed that the knowledge concerning healthy eating is not clear to graduates yet, and the excessive consumption of food colorings through goodies are still present in their daily diet. Graduates admit the existence of adverse effects caused by the dyes and industrialized products, even though the knowledge about the additives is not clear. Reading and understanding the labels was not really clarifying, mainly by inefficient information on the packages and a lack of reliability from the manufacturer. Conclusion: actions regarding clarification on these products' information are required.

Objetivo: Avaliar o conhecimento entre os graduandos de Nutrição e Enfermagem de uma universidade pública quanto às praticas alimentares em relação ao consumo de corantes e seus riscos à saúde. Método: trata-se de um estudo descritivo transversal quanti-qualitativo onde foi aplicado um questionário semiestruturado aos graduandos ingressantes no curso de Nutrição e Enfermagem de uma universidade pública. Resultados: o estudo mostrou que o conhecimento de alimentação saudável ainda não está claro para os graduandos e que o consumo de corantes é excessivo através de guloseimas que ainda se fazem presentes na alimentação. Os graduandos admitem a existência de efeitos adversos causados pelos corantes e pelos produtos industrializados, mesmo que o conhecimento sobre os aditivos ainda não esteja claro. A leitura e compreensão dos rótulos foram inadequadas, principalmente por deficiência de informações da embalagem e confiabilidade no fabricante. Conclusão: considera-se que ações de esclarecimentos quando às informações destes produtos são necessárias.

Objetivo: Evaluar el conocimiento entre los graduandos de Nutrición y Enfermería de una universidad pública cuánto a las prácticas alimentares en relación al consumo de colorantes y sus riesgos para la salud. Método: se trata de un estudio descriptivo transversal cuanti-cualitativo en el cual fue aplicado un cuestionario semi-estructurado a los graduandos ingresantes en el curso de Nutrición y Enfermería de una universidad pública. Resultados: el estudio mostró que el conocimiento acerca de la alimentación saludable aún no está claro para los graduandos y que el consumo de colorantes es excesivo, a través de dulces que todavía se encuentran en la alimentación. Los graduandos admiten la existencia de efectos adversos causados por los colorantes y por los productos industrializados, por más más que el conocimiento acerca de los aditivos aún no estea claro. La lectura y la comprensión de los rótulos fueron inadecuadas, principalmente por deficiencia de información en el embalaje y la confiabilidad en el fabricante. Conclusión: se considera que son necesarias acciones que aclaren las informaciones de estos productos.
Descritores: Aditivos Alimentares/efeitos adversos
Corantes de Alimentos/efeitos adversos
Comportamento Alimentar
Estudantes de Ciências da Saúde
Estudantes de Enfermagem
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  7 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782586
Autor: Ferrão, Luana Limoeiro; Abrantes, Hirley de Mello Pereira.
Título: Development and validation of analytical method for determining the artificial dyes in breakfast cereals by means of high performance liquid chromatography
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(1):59-66, jan.-mar. 2014. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Validation of analytical methodology is an important tool to ensure the applicability and scope ofa technique for laboratory routine, establishing the limits of the quality parameters of instrumental measurements and the statistical reliability by estimating the procedure performance. There are several normative documents for establishing the figures of merit, namely, limit of detection (LOD), limit of quantification (LOQ), linearity, selectivity, repetitivity, intermediate precision and recovery. This workaimed at developing and validating an analytical methodology for quantifying the artificial dyes in cereal by means of high performance liquid chromatography (HPLC). All of the validation process of this study was performed according to the recommendations by Thompson et al, and following the guidance statedin the document INMETRO DOQ-CGCRE-08 and the harmonized Guidelines IUPAC. After completing all of the validation steps, the methodology showed to be precise, exact, linear over a wide concentration range and its analysis has not being influenced by the food matrix for HPLC determination. More over, the methodology has shown as an important contribution since no official methodologies have been available for determining artificial dyes in breakfast cereals...
Descritores: Métodos Analíticos de Preparação de Amostras
Cromatografia Líquida
Grãos Comestíveis
Corantes de Alimentos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782581
Autor: Ferreira, Micheli de Moraes; Zamith, Helena Pereira da Silva; Abrantes, Shirley.
Título: Astaxantina: seu uso como corante natural alimentício / Astaxanthin: its use as natural food dye
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(1):1-8, jan.-mar. 2014. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A cor e a aparência dos alimentos são os primeiros atributos fundamentais, se não os mais importantes a serem avaliados pelos consumidores no momento da sua aquisição. Os alimentos podem ser mais nutritivos, seguros e econômicos, no entanto, se não forem atraentes, sua aquisição não ocorrerá. O salmão é basicamente um peixe branco que se torna rosado pela ingestão do camarão. O pigmento vermelho armazenado presente no músculo ou na casca do camarão e que se acumula no tecido adiposo é adquirido pela ingestão das algas e dos organismos unicelulares pelos camarões do mar. Os carotenóides utilizados nas indústrias alimentícia, farmacêutica, de cosméticos e de ração são corantes naturais responsáveis pelas cores amarela, laranja e vermelha. O salmão criado em aqüicultura não tem acesso aos organismos citados acima, entretanto é adicionada à sua ração a astaxantina (ATX), substância que confere a cor rosada à sua carne. A ATX (3,3'-dihidroxi-beta,beta-caroteno-4,4'-diona) é um pigmento carotenóide oxigenado, que confere a característica de coloração rosa-avermelhada a alguns peixes, crustáceos, aves e microrganismos. A ATX apresenta potente atividade na eliminação de radicais livres e na proteção quanto à peroxidação de lipídios e quanto aos danos causados pela oxidação das membranas celulares e de tecidos...
Descritores: Carotenoides
Corantes de Alimentos
Salmão
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 58 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771568
Autor: Fonovich, Teresa Mabel; Torres, Mariana Gabriela; Dario, Silvia; Cargnoni, Graciela Inés; Moschini, Graciela.
Título: Exposición de seres humanos a alimentos y cosméticos que contienen colorantes: un estudio de encuestas / Human beings’ exposure to food and cosmetics containing colorants: a study based on surveys / Exposição de seres humanos a alimentos e cosméticos que contêm corantes: um estudo de pesquisas
Fonte: Acta bioquím. clín. latinoam;49(3):353-367, set. 2015. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: La mayor parte de la población de Argentina se concentra en ciudades y consume productos industrializados que contienen aditivos, entre los que se incluyen los colorantes. Los colorantes más utilizados en cosméticos y productos de higiene personal coinciden con los más utilizados en alimentos. Se realizaron encuestas para evaluar preliminarmente el consumo de los productos citados por parte de diferentes muestras poblacionales. Se realizó además el análisis de los rótulos de dichos productos para conocer el listado de colorantes declarados. Los resultados muestran consumos similares en encuestas en papel realizadas en San Martín y en otras realizadas on line. Encuestas realizadas en Caleta Olivia fueron de un tamaño de muestra de prueba. Los alimentos más consumidos fueron las golosinas y las bebidas gaseosas; los cosméticos y productos de higiene personal más consumidos fueron pasta dental, jabón, champú y acondicionador de cabello. La tartrazina y otros colorantes azoicos fueron principalmente declarados en gran cantidad de productos. En cosméticos se agregó el azul brillante. El dióxido de titanio fue importante en algunas categorías de productos. Nuevas encuestas sobre frecuencias y cantidades consumidas, y la cuantificación de los colorantes en los productos permitirán conocer su incorporación diaria posible por personas de las franjas etarias seleccionadas.

Most people in Argentina nowadays live in cities and consume industrialized products containing additives, including colorants. Colorants more frequently used in cosmetics and personal care products are usually the same as the ones used in food. Preliminary surveys were carried out to evaluate the consumption of the cited products by different population samples. Colorants declared in the food labels of these products were also investigated. The results show similar patterns in surveys filled on paper sheets carried out in San Martín city and in surveys filled "on line". Other surveys, carried out in Caleta Olivia city were considered as proof surveys, due to their small sample size. Sweets and carbonated beverages reached the highest percentages of food consumption, and tooth pastes, soaps, shampoos and hair conditioners were the cosmetic and personal care products most consumed by respondents. Tartrazine and other azo-compounds were highly distributed in the ingredient section of the products. Brilliant blue was also highly declared in cosmetics and personal care products. Titanium dioxide was important in selected categories of products. Further investigations on the frequency of intake of these products and the quantification of colorants there will make it possible to calculate the possible daily intake for these selected age groups.

A maior parte da população da Argentina concentra-se em cidades e consome produtos industrializados que contêm aditivos, incluindo corantes. Os corantes mais utilizados em cosméticos e produtos de higiene pessoal coincidem com os mais utilizados em alimentos. Pesquisas para avaliar de forma preliminar o consumo dos produtos mencionados foram realizadas por parte de diferentes amostras populacionais. Também foram analisados os rótulos de tais produtos para conhecer a listagem de corantes declarados. Os resultados apresentam consumos similares em pesquisas de campo realizadas em San Martin e em outras realizadas online. Pesquisas realizadas em Caleta Olivia foram de um tamanho de amostra de prova. Os alimentos mais consumidos foram guloseimas e refrigerantes; os cosméticos e produtos de higiene pessoal mais consumidos foram pasta de dentes, sabonete, shampoo e condicionador de cabelo. A tartrazina e outros corantes azoicos foram principalmente declarados em grande quantidade de produtos. Em cosméticos se adicionou o azul brilhante. O dióxido de titânio foi importante em algumas categorias de produtos. Novas pesquisas sobre frequências e quantidades consumidas, e a quantificação dos corantes nos produtos, permitirão conhecer sua possível incorporação diária por pessoas das faixas etárias selecionadas.
Descritores: Cosméticos
Exposições
Alimentos
Corantes de Alimentos
Rotulagem de Alimentos
Higiene
-Argentina
Compostos Químicos
Seres Humanos
Levantamentos Sanitários
Titânio
Toxicologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR1.2 - Instituto de Investigaciónes Epidemiológicas


  10 / 58 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-764798
Autor: Ferrão, Luana Limoeiro; Abrantes, Hirley de Mello Pereira.
Título: Development and validation of analytical method for determining the artificial dyes in breakfast cereals by means of high performance liquid chromatography / Desenvolvimento e validação de método analítico para determinação de corantes artificiais em cereais matinais utilizando cromatogafia líquida de alta eficiência
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(1):59-66, jan.-mar. 2014. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Validation of analytical methodology is an important tool to ensure the applicability and scope ofa technique for laboratory routine, establishing the limits of the quality parameters of instrumental measurements and the statistical reliability by estimating the procedure performance. There are several normative documents for establishing the figures of merit, namely, limit of detection (LOD), limit of quantification (LOQ), linearity, selectivity, repetitivity, intermediate precision and recovery. This workaimed at developing and validating an analytical methodology for quantifying the artificial dyes in cereal by means of high performance liquid chromatography (HPLC). All of the validation process of this study was performed according to the recommendations by Thompson et al, and following the guidance statedin the document INMETRO DOQ-CGCRE-08 and the harmonized Guidelines IUPAC. After completing all of the validation steps, the methodology showed to be precise, exact, linear over a wide concentration range and its analysis has not being influenced by the food matrix for HPLC determination. More over, the methodology has shown as an important contribution since no official methodologies have been available for determining artificial dyes in breakfast cereals.

A validação de metodologia analítica é uma importante ferramenta para assegurar a aplicabilidadee a abrangência de uma técnica na rotina laboratorial, estabelecendo-se os limites dos parâmetros dequalidade das medidas instrumentais e da confiabilidade estatística, por meio de estimativa das figurasde mérito. Existem vários documentos normativos que estabelecem essas figuras de mérito, sendo:limite de detecção (LD), limite de quantificação (LQ), linearidade, efeito matriz, repetitividade, precisãointermediária e recuperação. Neste trabalho foi feita a elaboração e validação de um método analíticopara quantificar corantes artificiais em cereal matinal por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE).Todo o processo de validação desta pesquisa foi realizado de acordo com o preconizado por Thompsonet al utilizando-se as recomendações contidas no documento do INMETRO DOQ-CGCRE-08 e no Guiaharmonizado IUPAC. Após o cumprimento de todas as etapas, o método mostrou ser preciso, exato, linearem ampla faixa de concentração, e sua análise não foi influenciada pela matriz alimentar na determinaçãopor CLAE. Além disso, o método mostrou-se como contribuição importante em vista de não existiremmetodologias oficiais para realizar a determinação de corantes artificiais em cereais matinais.
Descritores: Métodos Analíticos de Preparação de Amostras
Cromatografia Líquida
Grãos Comestíveis
Corantes de Alimentos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde