Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.888.284.903 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 103 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 103 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147142
Autor: Ulbrich, Lisiane Araujo.
Título: Diagnóstico do tratamento de esgotos no Rio Grande do Sul e sua associação aos riscos com a saúde / Diagnosis of sewage treatment in Rio Grande do Sul and its association with health risks.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 2020. 92 p. mapas, ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Estado do Rio Grande do Sul. Secretaria de Estado da Saúde. Escola de Saúde Pública para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo estimar o volume de esgoto gerado no RS em Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO kg/dia), e o volume de esgoto (DBO kg/dia) que chega até as estações de tratamento de esgoto ETEs; diagnosticar a eficiência das estações de tratamento de esgotoem relação ao percentual de remoção de (DBO kg/dia); correlacionando com a presença de cianobactérias próximas aos pontos de captação de água superficial para consumo humano; analisar se há inativação ou remoção de protozoários no lançamento do efluente ao retornar ao manancial. Como resultado obteve-se o volume total de matéria orgânica lançada nos corpos hídricos por dia estimado no Rio Grande do Sul é 511.769,00 DBO kg/dia no RS. As Estações de Tratamento de Esgoto captam 390.285,45 DBO kg/dia apresentaram resultados de remoção de 145.500,50 DBO kg/dia e de 22.963,21 DBO kg/dia residual; O volume ocioso das ETEs fica em torno de 5.049,89 L/s. O processo de eliminar ou inativar grande quantidade de protozoários presentes no afluente se dá através de etapas terciárias avançadas nas ETEs. Não encontramos no RS no ano 2019 ETEs com esses tipos avançados de tratamento. Sugere-se então que haja um melhor aproveitamento destas estações de tratamento no que se refere à quantidade e qualidade de volume de esgoto tratado e que sejam ampliados estudos para viabilidade de projetos de execução de novas ETEs para os demais municípios que despejam seus esgotos in natura nos mananciais impactando-os.

This work aims to estimate the volume of sewage generated in RS in Biochemical Oxygen Demand (BOD kg/day), and the volume of sewage (BOD kg/day) that reaches the sewage treatment stations (STS)s; diagnose the efficiency of sewage treatment station in relation to the percentage of removal (BOD kg/day); correlating with the presence of cyanobacteria close to the surface water intake points for human consumption; analyze if there is inactivation or removal of protozoa in the discharge of the effluent when returning to the source. As a result, the total volume of organic matter released into water bodies per day estimated in Rio Grande do Sul is 511,769.00 BOD kg/day in RS. The Sewage Treatment Plants capture 390,285.45 BOD kg/day showed removal results of 145,500.50 BOD kg/day and 22,963.21 BOD kg/day residual; The idle volume of ETEs is around 5,049.89 L/s. The process of eliminating or inactivating a large amount of protozoa present in the tributary takes place through advanced tertiary stages in the STSs. We did not find in RS in the year 2019 STSs with these advanced types of treatment. It is therefore suggested that there is a better use of these treatment plants with regard to the quantity and quality of the volume of treated sewage and that studies for the feasibility of projects for the execution of new STSs be expanded to the other municipalities that dump their raw sewage in water sources impacting them.
Descritores: Poluentes da Água/análise
Purificação da Água/prevenção & controle
Cianobactérias/patogenicidade
Riscos Ambientais
Risco à Saúde Humana
Correlação de Dados
-Estações de Tratamento de Águas Residuárias
Técnicas de Pesquisa
Saneamento Básico
Meio Ambiente
Exposição Ambiental/prevenção & controle
Matéria Orgânica/análise
Promoção da Saúde/métodos
Microbiologia
Responsável: BR559.1 - Centro de Informação e Documentação em Saúde
BR599.1


  2 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1025893
Autor: Guatemala. (Leyes, etc.).
Título: Creación del Ministerio del Medio Ambiente y Recursos Naturales: decreto 90-2000 / Creation of the Ministry of Environment and Natural Resources: decree 90-2000.
Fonte: Guatemala; Congreso de la República de Guatemala; 11 dic. 2000. 5 p.
Idioma: es.
Resumo: Modifica DCX 114-97 Ley del Organismo Ejecutivo, artículos: - 19, se adiciona el numeral 13, el cual establece "Ministerio de Ambiente y Recursos Naturales; - 29, Ministerio de Agricultura Ganadería y Alimentación - 29, se adiciona artículo 29 bis, el cual establece, Ministerio de Ambiente y Recursos Naturales - 34, literal e), regula el cumplimiento de las normas y especificaciones ambientales que en materia de recursos no renovables establezca el Ministerio de Ambiente y Recursos Naturales; Modifica DCX 68-86 Ley de Protección y Mejoramiento del Medio Ambiente, artículo 2, establece que la aplicación de esta ley y sus reglamentos compete el Organismo Ejecutivo a través del Ministerio de Ambiente y Recursos Naturales cuyas funciones establece la Ley del Organismo Ejecutivo; Deroga art. 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28 y 38. Modifica DCX 101-96 Ley Forestal, artículo 10, literales a) y h); a) El Ministerio de Ambiente y Recursos Naturales quien la preside y nombrará a su suplente; h) Un representante titular y su suplente designado por el Ministro de Agricultura, Ganadería y Alimentación; Deroga AGX 35-2000. 12 Artículos
Descritores: Desequilíbrio Ecológico/legislação & jurisprudência
Equilíbrio Ecológico/legislação & jurisprudência
Meio Ambiente
Poluentes Ambientais
Poluição Ambiental/legislação & jurisprudência
-Poluentes do Solo
Poluentes da Água/administração & dosagem
Monitoramento do Solo
Recursos Naturais
Reservas Naturais/legislação & jurisprudência
Gestão dos Recursos Naturais/legislação & jurisprudência
Guatemala
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: GT1.1 - Biblioteca y Centro de Información


  3 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951589
Autor: Simedo, M B L; Martins, A L M; Pissarra, T C T; Lopes, M C; Costa, R C A; Valle-Junior, R F; Campanelli, L C; Rojas, N E T; Finoto, E L.
Título: Effect of watershed land use on water quality: a case study in Córrego da Olaria Basin, São Paulo State, Brazil / Efeito do uso do solo em sub-bacias na qualidade da água: um estudo de caso na Bacia do Córrego da Olaria, Estado de São Paulo, Brasil
Fonte: Braz. j. biol;78(4):625-635, Nov. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The water quality is related to the hydrologic and limnologic properties of ground and surface water, and significant efforts have been made to monitor water sources to understand the effects of land use changes in agricultural areas, with significant socioeconomic activities. The objective of this study was to evaluate the qualitative aspects of surface water in subbasins related to land use. Samples were analyzed in terms of physical and chemical parameters on monthly discrete water quality sampling in four representative sites at first order subbasin streams, located at the Polo Regional Centro Norte, Pindorama County, State of São Paulo, Brazil. The land use classification was made by visual detection technique in a multispectral satellite data obtained from LandSat8- spectral bands of the OLI sensor. The watershed was classified into major land cover/use classes and overlay maps generated in ArcGIS 10 indicated a significant shift from natural vegetation to agriculture activities. Water quality monitoring was according to the brazilian protocol and the results were submitted to analysis of variance (ANOVA). The values obtained differ significantly at each sampling point - subbasins, reflecting the effects of land use on water quality. Soil conservation management is important to optimize soil use in order to contribute to the control of water pollution and the formulation of a public policy is necessary for the conservation of water and soil resources.

Resumo A qualidade da água está relacionada com as propriedades hidrológicas e limnológicas das águas subterrâneas e superficiais, e esforços significativos devem ser realizados para monitorar as nascentes no intuito de compreender os efeitos das mudanças no uso da terra em áreas agrícolas, com atividades socioeconômicas significativas. O objetivo deste estudo foi avaliar os aspectos qualitativos das águas superficiais de bacias hidrográficas e correlacionar com o uso do solo. As amostras foram analisadas em termos dos parâmetros físicos e químicos na amostragem mensal discreta da qualidade da água, em quatro locais representativos de nascentes em microbacias de primeira ordem, localizadas no Polo Regional Centro Norte, Pindorama, Estado de São Paulo, Brasil. A classificação do uso do solo foi feita por técnica de detecção visual em uma imagem multiespectral de satélite LandSat8- bandas espectrais, sensor OLI. O uso do solo foi classificado nas principais classes de uso e os mapas de sobreposição gerados no ArcGIS 10 indicaram uma mudança significativa da vegetação natural para as atividades agrícolas. O monitoramento da qualidade da água foi realizado de acordo com o protocolo brasileiro e os resultados foram submetidos à análise de variância (ANOVA). Os valores obtidos diferem significativamente em cada ponto de amostragem, refletindo os efeitos do uso do solo sobre a qualidade da água. A gestão do solo e da água é importante para aperfeiçoar as práticas agrícolas, no intuito de contribuir para o controle da poluição da água e para a formulação de uma política pública necessária para a conservação dos recursos hídricos e do solo.
Descritores: Solo/química
Poluentes da Água/química
Qualidade da Água/normas
Monitoramento Ambiental/métodos
Conservação dos Recursos Naturais
Rios/química
-Formulação de Políticas
Urbanização
Movimentos da Água
Poluição da Água
Brasil
Ecossistema
Agricultura
Indústrias
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-563985
Autor: Chung, Betty.
Título: Control de los contaminantes químicos en el Perú / Control of chemical pollutants in Peru
Fonte: Rev. peru. med. exp. salud publica;25(4):413-418, oct.-dic. 2008.
Idioma: es.
Resumo: La contaminación del agua, aire, suelo y alimentos es la consecuencia de las actividades que el hombre ha desarrollado para vivir y mejorar su calidad de vida. Sin embargo, el hombre se ha olvidado de vivir en armonía con la naturaleza y de cuidarla. Hoy tenemosun sinnúmero de sustancias químicas y biológicas en el ambiente que significan un riesgo para la salud porque se encuentran en altas concentraciones o debido a su naturaleza tóxica. Para tener referencia y conocimiento del nivel de contaminación que existe en cada lugar, es necesario que existan metodologías y técnicas analíticas, así como normas técnicas referidas al control de contaminantes en el ambiente, es decir en el agua, aire, suelo y alimentos. Actualmente en el país, tenemos reglamentación referidas al agua y aire; las normas para agua incluyen parámetros físicos, químicos, elementos y sustancias orgánicas e inorgánicas, las normas para aire estánreferidas a los contaminantes primarios, mientras que para suelos se consultan las normas internacionales y para alimentos las normas de la FDA (Food and Drug Administration). En el contexto nacional actual, con 9,7 por ciento de crecimiento en la productividad y desarrollo de actividades económicas diversas, es necesario la complementación del marco normativo medioambiental y el desarrollo de la capacidad analítica nacional para la evaluación de sustancias químicas y el control de la contaminación del ambiente, la preservación de losrecursos naturales del país y la certificación de productos de exportación y consumo.

Water, air, soil, and food pollution is the consequence of the activities performed aiming to improve living conditions of human beings. However, mankind has forgotten to live in harmony with nature and how to preserve it. Nowadays, there is a great amount of chemical and biological substances that put human health at risk, whether because these are toxic or because of their elevated concentrations. It is necessary to have appropriate methodological and analytic techniques in order to determine poollution levels in each place. Also,technical regulations related to contaminant control in the environment are necessary. Peru has regulations with respect to water and aircontamination; regulations for water include the determination of physical and chemical parameters, as well as the detection of organic and non-organic elements and substances. Primary contaminants are referred to in regulations for air, international guidelines serve as reference for regulations related to soil contamination, and US FDA (Food and Drug Administration) regulations are referred to when it is the case for assessing food contamination. Considering that nowadays there is a 9.7 per cent increase on productivity and with the increase in several areas of economical activities, it is necessary to complete environmental regulations and also to develop national regulations andactions for the control and evaluation of chemical substances, preservation of natural resources and certification of imports and exports.
Descritores: Poluentes Ambientais
Poluentes da Água
Poluentes Atmosféricos
Legislação Ambiental
Substâncias Perigosas
-Peru
Limites: Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-357040
Autor: Suárez, Roxana; Espinoza Blanco, Yrma; Villanueva, Carmen; Huapaya Herreros, Pedro Ernesto; Marquina, Renzo.
Título: Aislamiento de amebas de vida libre del género Acanthamoeba a partir de fuentes de agua en la ciudad de Ica / Acanthamoeba genus free-living amoebae isolated from Ica city water sources
Fonte: An. Fac. Med. (Perú);63(2):101-105, abr. 2002. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar la presencia del género Acanthamoeba en diversas fuentes de agua, en la ciudad de Ica, al sur de Lima. Material y Métodos: Se examinó 31 muestras de 7 fuentes de aguas naturales (lagunas) y 25 artificiales (pozos, tanques para terapia de rehabilitación, reservorios y cisternas) durante mayo de 1997, en diversos puntos de la ciudad de Ica. Las muestras fueron sembradas en Agar Myast y en Agar Napolitano, incubadas a 37ºC y observadas a los 10 días. Las muestras positivas fueron inoculadas en ratones inmunocompetentes por vía intranasal, las lesiones producidas fueron cultivadas nuevamente siguiendo el mismo procedimiento. Resultados: De las 31 muestras revisadas, en 11 (35,5 por ciento), se observó quistes de Acanthamoeba, 6 fueron aisladas de fuentes naturales y 5 de fuentes artificiales, mientras que entre las muestras negativas sólo una provino de fuente natural y las otras 19 provinieron de aguas artificiales intradomiciliarias o del hospital local. Estos resultados permiten obtener un OR =22,8 para la exposición de fuentes naturales de agua, como causante de la infección (límite de confianza 95 por ciento 1,83-642,55, X2 =7,83). Conclusiones: La presencia del género Acanthamoeba es más frecuente en fuentes de agua naturales en la ciudad de Ica, aunque es necesario realizar un estudio de mayor cobertura para confirmar esta situación.
Descritores: Poluentes da Água
Acanthamoeba
Amoeba
Recursos Hídricos
Limites: Animais
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación


  6 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-440855
Autor: Formaggia, Denise M Elisabeth.
Título: Esgotamento sanitário e as ações de vigilância sanitária: tema 5 / Sanitary Sewerage and health surveillance actions: topic 5
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenação dos Institutos de Pesquisa. Centro de Vigilância Sanitária. Curso básico em vigilância sanitária: Unidade didático pedagógica VI: v.2. São Paulo, s.n, out. 1998. p.1-52, ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Poluição Ambiental
Filtros Anaeróbios
Lodos (Saúde Ambiental)
Meio Ambiente
Poluentes da Água
Redes de Esgoto
Tratamento de Lodos
Purificação da Água
Águas Residuárias
-Legislação como Assunto
Saúde Pública
Tipo de Publ: Aula
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA19, S239cb, 1998


  7 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-379585
Autor: Organización Panamericana de la Salud.
Título: Guias para la calidad del agua potable: Criterios relativos a la salud y otra informacion de base / Guidelines for the quality of drinking water: Criteria related to health and other basic information.
Fonte: Washington, D.C; Organización Panamericana de la Salud; 1987. 350 p. (OPS. Publicación Científica, 506).
Idioma: es.
Descritores: Água Potável/análise
Poluição da Água/análise
Critérios de Qualidade da Água
Microbiologia da Água
-Poluentes Químicos da Água
Poluentes Radioativos da Água
Poluentes da Água
Intoxicação por Água
Responsável: US1.1 - HQ Library
US1.1, PAHO COLL; US1.1, REF WA716.MP2.O1 1985 v.2


  8 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-332853
Autor: Gandolfi, Eliane.
Título: Contaminaçäo: dias de tensäo e medo em Paulínia / Contamination: tention and fear days at Paulínia
Fonte: In: Marques, Maria Cristina; Diniz, Elizeu; Carvalho, Marisa Lima; Pereira, Sheila Duarte. Casos e fatos da vigilância sanitária sobre a saúde da sociedade. Säo Paulo, SOBRAVIME, 2002. p.149-185, ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Poluição Ambiental
Poluentes da Água
Poluição da Água
Substâncias Perigosas/toxicidade
Substâncias Tóxicas
-Vigilância Sanitária
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA672, M357c, 2002


  9 / 103 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-432151
Autor: Carvalho, Maria de Fátima Henriques; Duran, Maria Cristina; Tiglea, Paulo; Buzzo, Márcia Liane; Kira, Carmen Silvia.
Título: Níveis de chumbo na água para consumo em escolas municipais da cidade de São Paulo / Lead levels in drinking water consumed in municipal schools of São Paulo city
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;64(1):39-43, jan.-jun. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A água para consumo humano é uma das fontes possíveis de exposição ao chumbo em áreas urbanas, sendo as crianças mais suscetíveis quando expostas ao metal, comparadas aos adultos. O presente estudo teve como objetivos avaliar a concentração de chumbo em água consumida nas escolas públicas da cidade de São Paulo e comparar as concentrações do metal em amostras coletadas imediatamente ao início do escoamento da água e após dois minutos de escoamento contínuo. O chumbo foi determinado por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite (GFAAS), com aquecimento transversal e corretorde fundo com efeito Zeeman. Amostras de água de doze escolas foram avaliadas e, dentre estas, duas continham chumbo acima do limite estabelecido pela legislação brasileira (0,01 mg.L-1). Nestes pontos de coleta, amostras também foram tomadas após o escoamento de água de dois minutos e apresentaram concentrações de chumbo abaixo de 0,01 mg.L-1. Ações corretivas foram implementadas nas escolas que haviam apresentado o problema e análises subseqüentes mostraram que o nível de chumbo na água estava abaixo do limite de quantificação do método analítico (0,001 mg.L-1), indicando a adequação das medidas, tornando a água satisfatória para o consumo humano
Descritores: Abastecimento de Água
Chumbo/toxicidade
Instituições Acadêmicas
Poluentes da Água
Água Potável
-Espectrometria de Absorção Atômica
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 103 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-264219
Autor: Germano, Pedro Manuel Leal; Germano, Maria Izabel Simões.
Título: A vigilância sanitária de alimentos como fator de promoção da saúde / Sanitary Food Surveillance as a Factor for Promoting Health
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);24(1):59-66, jan.-fev. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: Os riscos à saúde pública causados pelos alimentos são objeto de revisão, considerando a relevância dos serviços de vigilância sanitária no controle higiênico-sanitário, tanto dos produtos in natura como dos industrializados. São referidas as elevadas taxas de morbidade e mortalidade, conseqüentes ao consumo de alimentos e de áqua contaminados, bem como os agentes envolvidos com maior freqüência nessas ocorrências. Faz-se uma análise dos principais fatores de risco que propiciam a deterioração ou a contaminação, desde a produção das matérias-primas até o consumidor final. Apresenta-se um breve histórico da legislação de alimentos no âmbito das três esferas da administração pública, federal, estadual (Estado de São Paulo) e municipal (cidade de São Paulo), destacando-se alguns dos principais documentos legais. Finalmente, ressalta-se o papel da vigilância sanitária no que se refere à segurança alimentar e sua importância no contexto social do país
Descritores: Vigilância Sanitária
Higiene dos Alimentos
Normas de Qualidade de Alimentos
Microbiologia de Alimentos
Contaminação de Alimentos
Legislação sobre Alimentos
Poluentes da Água
-Promoção da Saúde
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde