Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.888.569 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 110 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 110 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1046565
Autor: Moreno, Andréia de Haro; Possebon, Lucas; Sant'Anna, Moniele; Souza, Helena Ribeiro; Pilon, Melina Misuzaki Iomasa; Girol, Ana Paula.
Título: Avaliação da atividade antimicrobiana e citotoxicidade hemolítica em diferentes extratos vegetais / Evaluation of antimicrobial activity and hemolytic cytotoxicity in different plant extracts
Fonte: Arch. Health Sci. (Online);25(1):11-12, 23/04/2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A busca por novos agentes terapêuticos tem incentivado as pesquisas com plantas medicinais, pois muitas delas podem apresentar propriedade antimicrobiana e conhecer o potencial citotóxico dos extratos é fundamental para garantir a segurança durante o uso. Objetivo: Avaliar a atividade antimicrobiana e a citotoxicidade hemolítica de Arctium lappa (bardana), Equisetum arvense (cavalinha), Mikania glomerata (guaco), Morus nigra (amora) e Plantago major (tanchagem), amplamente consumidos pela população na forma de chás medicinais. Material e Métodos: Os extratos etanólicos fora preparados a 20% por percolação. Na avaliação antimicrobiana foi utilizada a técnica de difusão em disco, empregando as bactérias Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Proteus mirabilis, Klebsiella pneumoniae, Acinetobactersp, Enterococcus sp e Salmonella sp. O ensaio de citotoxicidade baseou-se na exposição dos extratos a 5%, 25%, 50%, 75% e 100% em suspensão de hemácias a 37ºC por 30 minutos, seguido de centrifugação e visualização do grau de hemólise. Resultados: Todos os extratos apresentaram inibição de crescimento microbiano, principalmente sobre Acinetobacter sp (amora), Enterococcus sp (amora e cavalinha), K. pneumoniae(amora, bardana e guaco), P. aeruginosa (cavalinha, tanchagem, bardana e guaco) e Salmonellasp (amora e bardana). No ensaio de citotoxicidade, o grau de hemólise foi classificado como baixo para tanchagem e bardana (5%) e médio para cavalinha, guaco e amora (25%) nas concentrações testadas. Conclusão: Os resultados mostram o potencial antimicrobiano dos extratos de amora, bardana, cavalinha, guaco e tanchagem contra bactérias Gram negativas e a baixa citotoxicidade hemolítica confirma a segurança no uso dos mesmos como agentes terapêuticos.
Descritores: Extratos Vegetais/análise
Antibacterianos
Noxas/análise
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  2 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047001
Autor: Rio de Janeiro (Estado). Secretaria de Estado de Saúde.
Título: Manual de Biossegurança em Odontologia / Biosafety Manual in Dentistry.
Fonte: Rio de Janeiro; SES/RJ; 00/00/2019. 78 p p.
Idioma: pt.
Resumo: Este documento reafirma o compromisso com o desenvolvimento da política de aperfeiçoamento da qualidade da atenção à saúde, a medida que atende às demandas de profissionais de Odontologia, incluindo-se cirurgiões­dentistas, auxiliares de consultórios odontológicos, higienistas e técnicos de laboratórios de próteses, por padrões de segurança e qualidade, que são necessários à prestação deste serviço. Com o propósito de subsidiar os profissionais de Odontologia sobre normas de Biossegurança e quanto ao cumprimento da legislação específica, é que a Vigilância Sanitária do Estado do Rio de Janeiro reedita este Manual Técnico.
Descritores: Assistência Odontológica
Contenção de Riscos Biológicos
-Noxas
Tipo de Publ: Guia
Responsável: BR454.4


  3 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1080935
Autor: Nascimento, Cesar Augusto do.
Título: Variabilidade genética da proteína G do HRSV de amostras com o genótipo BA / Genetic variability of the G protein of HRSV samples with BA genotype.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 174 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo.Instituto de Biotecnologia. Programa de Pós-Graduação Interunidades para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Para estudar a epidemiologia e evolução do novo genótipo HRSVB denominado BA, caracterizado pela duplicação de 60 nt na proteína G, analisamos 4274 amostras clínicas coletadas de crianças hospitalizadas no Hospital Universitário/USP e Hospital da Santa Casa de Misericórdia, cidade de São Paulo entre os anos de 2001 e 2009. As amostras foram submetidas a RT-PCR seguido do sequenciamento da região G2 do gene G. A duplicação de 60 nt foi detectada em 104 (28.3%) das 367 amostras analisadas. De 2001 a 2004 a circulação do genótipo BA foi baixa, seguido de 85.4% (2005), 57.6% (2006), sem circulação (2007), 10% (2008) e 75% (2009) do total de amostras sequenciadas. As sequências foram comparadas com outras BA de diversos países do mundo. A análise filogenética preliminar dividiu as amostras brasileiras em 5 grupos (BA-I, BAII, BAIII, BAIV e BAVI), sendo que a maioria das amostras de 2005 a 2009 agruparam juntas na linhagem BA-IV, estabelecendo um grupo temporal e geográfico.

In order to study the epidemiology and evolution of the new genotype of HRSVB named BA characterized with a 60-nt duplication in the G protein we analyzed 4274 clinical samples collected from children hospitalized in University Hospital/USP and Santa Casa de Misericórdia Hospital, in São Paulo city, during 2001 to 2009. The samples were subject to RT-PCR followed by sequencing of the G2 region of the G gene. The 60 nt-duplication were detected in 104 (28.3%) of 367 sequencing samples. From 2001 to 2004 the circulation of the BA genotype was low, followed by 85.4% (2005), 57.6% (2006), no circulation (2007), 10% (2008) and 75% (2009) of total sequencing samples. Sequences were compared with G sequences with the 60 nt-duplication globally sampled. Preliminary phylogenetic analysis divided Brazilian samples into five clusters (BA-I, BAII, BAIII and BAVI and BAIV), and almost all samples from 2005 to 2009 were clustered together in BA-IV lineage, establishing temporal and geographical cluster.
Descritores: Genótipo
Noxas
Vírus Sinciciais Respiratórios/genética
Vírus Sincicial Respiratório Humano
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR78.1 - Biblioteca
BR78.1


  4 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1079692
Autor: Lago, Luizemir Wolney Carvalho; Lima, Mauro Gomes Aranha de; Grau, Mônica Aparecida Fernandes; Vasconcelos, Roseli Oliveira; Martins, Vera Lucia de Santanna.
Título: Manual de orientação para instalação e funcionamento das comunidades terapêuticas no Estado de São Paulo / Guidelines manual for installation and operation of therapeutic communities in the State of São Paulo.
Fonte: São Paulo; CONED; 2012. 51 p.
Idioma: pt.
Descritores: Instalações de Saúde
Noxas
Orientação
Serviços de Saúde Comunitária
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Responsável: BR76.1 - Biblioteca
BR91.2; Digital; BR1763.1; Digital; BR1890.1; Digital


  5 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1000002
Autor: Avilés Parra, Tamara Alexandra; Cabrera Ordóñez, Paola Carolina; Vintimilla Coello, Jorge Esteban; Córdova Neira, Fernando Marcelo.
Título: FACTORES RELACIONADOS A SEPSIS NEONATALUNIDAD DE NEONATOLOGÍACLÍNICA HUMANITARIA - FUNDACIÓN PABLO JARAMILLO / FACTORS RELATED TO SEPSIS NEONATAL UNIT OF NEONATOLOGY "CLÍNICA HUMANITARIA-FUNDACIÓN PABLO JARAMILLO"
Fonte: Rev. Fac. Cienc. Méd. Univ. Cuenca;33(2):16-28, Octubre 2015. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Se realizó un estudio observacional en recién nacidos sépticos ocurridos en la Unidad de Neonatología de la Fundación Humanitaria Pablo Jaramillo, durante el período de enero de 2009 a diciembre de 2011, con el objetivo de analizar la incidencia de antecedentes maternos y parámetros propios del recién nacido como posibles factores de riesgo para la sepsis, los parámetros de laboratorio que contribuyen a diagnosticar procesos infecciosos en el recién nacido y el desenlace que tuvieron los mismos. Durante este tiempo ingresaron 164 casos con riesgo de sepsis, sospecha de sepsis y sepsis bacteriana (42.62 /1000 nacidos vivos) y la mortalidad fue del 3.04%. Predominó la sepsis de inicio precoz sobre la tardía. Los principales antecedentes maternos fueron la ruptura prematura de membranas seguido de la infección de vías urinarias. En cuanto a los factores del recién nacido prevaleció el sexo masculino, prematurez y de bajo peso al nacer.

An observational study of septic newborns occurred in the Neonatal Unit of Humanitarian Foundation Pablo Jaramillo was performed between January 2009 and December 2011. Its objective was to analyze the incidence of maternal antecedents and the newborn parameters as possible risk factors for sepsis, the laboratory parameters that help to diagnose infectious process in newborns and their results. During the time of the study 164 cases were admitted at risk of sepsis, suspected sepsis and bacterial sepsis (42.62 / 1000 born alive) and the mortality was 3.04%. Premature onset sepsis prevailed over late onset sepsis. The main factors in the maternal history were premature rupture of membranes followed by urinary tract infection. According to the factors of newborn, males prevailed, prematurity and low birth weight.
Descritores: Recém-Nascido
Sepse Neonatal
Neonatologia
-Fatores de Risco
Infecções
Noxas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: EC3.1 - Biblioteca


  6 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1050489
Autor: González Gutiérrez, Victoria E; Hernández Maurice, Elizabeth; Indriago Colmenares, Jean C.
Título: Síndrome de Guillain-Barré ¿enfrentando un nuevo brote? Reporte de 4 casos / Guillain-Barre Syndrome. Report of 4 cases. Is this a new cluster?
Fonte: Med. interna (Caracas);35(2):73-78, 2019. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El Síndrome de Guillain Barré (SGB) es una enfermedad inflamatoria desmielinizante aguda de probable etiología autoinmune, relacionada con diversos procesos infecciosos. Se caracteriza por debilidad muscular y disminución de los reflejos, pudiendo presentar un patrón clásico simétrico ascendente o con variables. La gravedad y pronóstico son variables, pudiendo comprometer los músculos torácicos derivando en insuficiencia respiratoria. Han sido descritos brotes endémicos asociados a diversos agentes infecciosos. Se presenta el reporte de 4 casos con el patrón más frecuente de SGB en los cuales se hizo el diagnóstico clínico confirmado por estudio del líquido cefalorraquídeo o electromiografía con progresión agresiva, 3 de ellos ameritando el traslado a unidad de terapia intensiva (UTI) para su tratamiento. Presentaron distintos factores de riesgo infecciosos como la suspensión de terapia antiretroviral y síntomas gastrointestinales, principalmente diarrea acuosa previo al debut de la paresia. Se implementó el tratamiento haciendo uso de plasmaféresis en uno de los casos e inmunoglobulina endovenosa en el resto con resultados variables. Se resalta la importancia del diagnóstico oportuno de esta patología ante la presencia de paresia y arreflexia con o sin patrón característico con la finalidad de atender la progresión de los mismos de forma adecuada, mejorar el pronóstico y evitar o disminuir las secuelas de los pacientes(AU)

Guillain Barré Syndrome (GBS) is an acute demyelinating inflammatory disease with probable autoimmune etiology related to diverse infectious processes. It is characterized by muscle weakness and diminished reflexes and may present an ascending symmetrical pattern or with other variables. The severity and prognosis are variable, and the thoracic muscles can be affected, resulting in respiratory failure. Endemic outbreaks associated with various infectious agents have been described. A report of 4 cases is presented in which the clinical diagnosis was confirmed by cerebrospinal fluid study or electromyography, with aggressive progression, 3 of them requiring to be transferred to the intensive care unit. The patients presented different infectious risk factors such as the interruption of anti-retroviral therapy and gastrointestinal symptoms, mainly watery diarrhea prior to the onset of the symptoms. The treatment was implemented using plasmapheresis in one of the cases and intravenous immunoglobulin in the rest with variable results. The importance of the timely diagnosis of this pathology in the presence of paresis and dimished reflexes with or without the characteristic pattern is highlighted in order to address the progression, appropriate management, improve the prognosis and avoid or reduce the sequelae of patients(AU)
Descritores: Doenças Desmielinizantes/fisiopatologia
Debilidade Muscular/etiologia
Síndrome de Guillain-Barré/fisiopatologia
Síndrome de Guillain-Barré/imunologia
-Líquido Cefalorraquidiano
Eletromiografia
Medicina Interna
Noxas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  7 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968957
Autor: Pestana, Jeferson Rodrigo; Morais, Tâmara Prado de; Nogueira, Ana Paula Oliveira; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Reaction of brazilian cotton genotypes to white mold depends on pathogen aggressiveness and incubation conditions / Reação de genótipos brasileiros de algodoeiro ao mofo branco depende da agressividade do patógeno e das condições de incubação
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6):1555-1574, nov./dec. 2018. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The expansion of cotton crop into irrigated and high lands of Brazilian Cerrado, despite the possibility of increasing fiber yield, led to the occurrence of diseases previously considered secondary, such as white mold [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. Host genetic resistance is of extreme importance in integrated strategies to manage this disease. Resistance of Brazilian cotton genotypes, challenged with different strains of S. sclerotiorum, under two incubation conditions for disease progress was evaluated. In addition, possible correlation between oxalic acid and straw test methods to rank the genotypes was evaluated. Artificial inoculation was done when cotton plants reached the V2phenological stage with fungi isolated from naturally infected soybean (ScS) or cotton (ScC) commercial crops. Control plants were inoculated with culture medium. After inoculation, plants were kept for one week either in a growth chamber or in greenhouse and evaluated for disease symptoms and severity. The oxalic acid test consisted of stem submersion of rootless cotton plants in a 2-cm layer of 20 or 40 mM solutions for 20, 44 or 68 h. A wilting scale was used to distinguish genotype's sensibility to the acid. The data were submitted to individual, joint, and multivariate analysis, grouping cotton genotypes by the Scott-Knott's test (p < 0.05), the hierarchical UPGMA and the non-hierarchical Tocher methods. Difference in aggressiveness between strains was identified, in which ScC led to greater disease severity. This result suggests a possible physiological specialization ofS. sclerotiorum to different hosts. It was observed that the growth chamber environment provided more adequate conditions for S. sclerotiorum infection, thus allowing better selection of resistant cotton genotypes. UPGMA and Tocher grouping methods further confirmed that the evaluated genotypes differ from each other in resistance to white mold. No correlation between oxalic acid and straw test methods was observed.

A expansão da cultura do algodoeiro para terras altas e irrigadas do Cerrado brasileiro, apesar da possibilidade de aumentar a produção de fibras, levou à ocorrência de doenças antes consideradas secundárias, como o mofo branco [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. A resistência genética do hospedeiro é de extrema importância nas estratégias de manejo integrado dessa doença. Avaliou-se a resistência de genótipos brasileiros de algodão, desafiados com diferentes isolados de S. sclerotiorum, sob duas condições de incubação para o progresso da doença. Além disso, foi avaliada a possível correlação entre os métodos do ácido oxálico e do straw test para ranquear os genótipos. A inoculação artificial foi realizada quando as plantas de algodoeiro atingiram o estágio fenológico V2, com fungos isolados de culturas comerciais de soja (ScS) ou de algodão (ScC) naturalmente infectadas. O controle consistiu de plantas inoculadas somente com meio de cultura. Após a inoculação, as plantas foram mantidas em câmara de crescimento ou em casa de vegetação durante uma semana e avaliadas quanto aos sintomas e severidade da doença. O teste do ácido oxálico consistiu na submersão da haste das plantas de algodão, após remoção das raízes, em uma solução de 20 ou 40 mM por 20, 44 ou 68 h. Uma escala visual de murcha foi usada para distinguir a sensibilidade dos genótipos ao ácido. Os dados foram submetidos à análise individual, conjunta e multivariada, agrupando os genótipos de algodoeiro pelo teste de Scott-Knott (p < 0,05) e pelos métodos UPGMA e de Tocher. Diferença na agressividade entre os isolados foi identificada, na qual ScC resultou em maior severidade da doença. Isto sugere possível especialização fisiológica de S. sclerotiorum para diferentes hospedeiros. Observou-se que o ambiente da câmara de crescimento proporcionou condições mais adequadas para infecção por S. sclerotiorum comparativamente à casa de vegetação, permitindo melhor seleção de genótipos resistentes. Os métodos de agrupamento UPGMA e Tocher confirmaram que os genótipos avaliados diferem entre si na resistência ao mofo branco. Não foi observada correlação entre o ácido oxálico e o straw test.
Descritores: Ascomicetos
Variação Genética
Gossypium
-Ácido Oxálico
Pradaria
Noxas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1005796
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Instituto Nacional de Salud.
Título: Norma técnica de salud sobre preparación, embalaje y documentación para el transporte seguro de sustancias infecciosas / Technical health standard on preparation, packaging and documentation for the safe transport of infectious substances.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20190500. 56 p. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: El documento contiene la finalidad, objetivos, ámbito de aplicación, base legal, consideraciones generales y específicas sobre la preparación, embalaje y documentación para el transporte seguro de sustancias infecciosas.
Descritores: Transporte Biológico Ativo
Classificação e Identificação por Risco de Substâncias, Produtos e Materiais
Normas Técnicas
-Armazenamento de Substâncias e Resíduos Perigosos
Noxas
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  9 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1045985
Autor: Rodrigues, Lucas Mateus Rivero; Destéfano, Suzete Aparecida Lanza; Almeida, Irene Maria Gatti de; Beriam, Luís Otávio Saggion; Braghini, Masako Toma; Guerreiro Filho, Oliveiro.
Título: Multiple resistance to bacterial halo blight and bacterial leaf spot in Coffea spp / Resistência múltipla à mancha aureolada e à mancha foliar bacteriana em Coffea spp
Fonte: Arq. Inst. Biol;86:e0632018, 2019. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Breeding for genetic resistance is an important method of crop disease management, due to the numerous benefits and low cost of establishment. In this study, progenies of 11 Coffea species and 16 wild C. arabica accessions were tested for their response to Pseudomonas syringae pv. garcae, the causal agent of bacterial halo blight, a widespread disease in the main coffee-producing regions of Brazil and considered a limiting factor for cultivation in pathogen-favorable areas; and also to P. syringae pv. tabaci, causal agent of bacterial leaf spot, a highly aggressive disease recently detected in Brazil. Separate experiments for each disease were carried out in a greenhouse, with artificial pathogen inoculations and ideal moisture conditions for disease development. The results showed that C. canephora, C. congensis, C. eugenioides, C. stenophylla, and C. salvatrix progenies, the wild C. arabica accessions Dilla & Alghe and Palido Viridis, and cultivar IPR 102 contain satisfactory levels of simultaneous resistance against bacterial halo blight and bacterial leaf spot. These results are useful in breeding programs for durable resistance to multiple biotic agents, providing new combinations of resistance alleles by hybridization, as well as for phytopathological studies, to identify infraspecific variability of the pathogens.(AU)

O melhoramento de plantas para resistência genética é um método importante para o manejo de doenças, pelos inúmeros benefícios e baixo custo de implementação. No presente estudo, progênies de 11 espécies de Coffea e 16 acessos selvagens de C. arabica foram testados quanto à resposta a Pseudomonas syringae pv. garcae, agente causal da mancha aureolada, doença disseminada nas principais regiões produtoras de café do Brasil e considerada fator limitante para o cultivo em áreas favoráveis a patógenos; e também para P. syringae pv. tabaci, agente causal da mancha foliar bacteriana, doença altamente agressiva detectada recentemente no Brasil. Experimentos separados para cada doença foram realizados em estufa, por meio da inoculação artificial dos patógenos em condições ideais de umidade para o desenvolvimento das doenças. Os resultados mostraram que as progênies Coffea canephora, C. congensis, C. eugenioides, C. stenophylla e C. salvatrix, além dos acessos selvagens de C. arabica Dilla & Alghe e Palido Viridis e da cultivar IPR 102, possuem níveis satisfatórios de resistência simultânea contra mancha aureolada e mancha foliar bacteriana. Os resultados descritos são úteis em programas de melhoramento para resistência duradoura a múltiplos agentes bióticos, fornecendo novas combinações de alelos de resistência por hibridização, bem como para estudos fitopatológicos, para identificar a variabilidade infraespecífica dos patógenos.(AU)
Descritores: Coffea
Pseudomonas syringae
Melhoramento Vegetal
-Noxas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  10 / 110 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048822
Autor: Campos, Gabriela Zampieri.
Título: Avaliação microbiológica de queijos minas artesanais provenientes da Serra da Canastra durante e após o período de maturação / Microbiological evaluation of artisanal minas cheeses from Serra da Canastra during and after the ripening period.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 89 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O queijo minas artesanal da Canastra é produzido na região da Serra da Canastra por pequenos produtores, sendo que alguns são cadastrados no Programa Queijo Minas Artesanal (PQMA) do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Por ser fabricado com leite cru, é importante que os patógenos que podem ser veiculados sejam controlados durante e após o período mínimo de maturação do queijo de 22 dias. Este trabalho avaliou as características microbiológicas de queijos obtidos de 78 produtores rurais da região da Canastra após a maturação e de três produtores rurais durante maturação. As contagens de coliformes totais, Escherichia coli e Staphylococcus coagulase positiva foram realizadas em placas Petrifilm® (3M). A detecção de Salmonella spp. foi realizada utilizando o método ISO 6579: 2002 e por PCR convencional e Listeria monocytogenes foi investigada de acordo com o método ISO 11290-1:1996/(A) 1: 2004 e PCR convencional. A contagem de Enterobacteriaceae foi determinada pelo método APHA 9.62: 2015. As mensurações de pH foram realizadas de acordo com o método IAL 017/IV em pHmetro digital BEL engineering e aferidas diretamente com pHmetro Hanna Instruments e a atividade de água (aw) em analisador Aqua Lab. No estudo realizado ao longo da maturação, as análises indicaram que as amostras, todas provenientes de produtores cadastrados no PQMA, atingiram os limites estabelecidos pela legislação antes dos 22 dias de maturação. Houve diferença significativa (p<0,05) no pH das amostras ao longo da maturação, embora este parâmetro não tenha correlação com as contagens analisadas. Já no estudo pós maturação, os resultados mostraram que 54% das amostras dos produtores cadastradas e 65% das amostras dos produtores não cadastradas no PQMA não atenderam a pelo menos um parâmetro microbiológico exigido pela legislação. As contagens obtidas para Enterobacteriaceae variaram de <1 a 6,6 log UFC/g, para coliformes totais de <1 a 6,4 log UFC/g, E. coli de <1 a 5,8 log UFC/g e Staphylococcus coagulase positiva de <1 a 7,6 log UFC/g. Em nenhuma amostra foi encontrada Salmonella spp e L. monocytogenes foi detectada e confirmada por PCR em uma amostra analisada. Os valores obtidos de pH e aw estratificados em grupos que atendem e não atendem a legislação não mostraram diferença significativa, sugerindo que esses parâmetros não são bons indicadores de qualidade microbiológica do produto. O elevado número de não-conformidades indica que são necessários esforços para melhoria das condições higiênico-sanitárias refletidas por meio dos indicadores microbiológicos. O registro no PQMA mostrou-se efetivo durante o estudo da maturação, mas não teve o mesmo resultado no estudo mais abrangente realizado pós maturação. São necessários mais esforços dos produtores (cadastrados e não cadastrados) bem como dos órgãos reguladores para melhoria dos indicadores microbiológicos

Canastra artisanal minas cheese is produced in the Serra da Canastra region by small farmers who may or may not be registered in the Artisanal Minas Cheese Program (PQMA) of the Agricultural Institute of Minas Gerais (IMA). Since this cheese is made from raw milk, it is important that the pathogens that may be carried in this product are controlled during the 22 days of ripening. This work evaluated the microbiological characteristics of cheese samples from 78 rural properties in the Canastra region after the ripening period and during ripening in three rural properties. Total coliform counts, Escherichia coli and Staphylococcus coagulase positive were performed on Petrifilm® plates (3M). The detection of Salmonella spp. was performed using the ISO 6579: 2002 method and conventional PCR and Listeria monocytogenes was investigated according to ISO 11290-1: 1996/(A) 1: 2004 and conventional PCR. The Enterobacteriaceae count was determined by the APHA method 9.62: 2015. The pH analyzes were performed according to the IAL 017/IV method on a BEL engineering digital pHmeter and measuring directly with Hanna Instruments pHmeter and the water activity (aw) in Aqua Lab analyzer. In the study carried out during ripening, the analyzes indicated that the samples, all from properties registered in the PQMA, reached the limits established by the legislation before the 22 days of ripening. There was a significant difference (p <0.05) in the pH of the samples during ripening, even though this parameter did no correlate with the microbiological counts. In the post-ripening study, the results showed that 54% of samples from PQMA registered properties and 65% of samples from non-registered properties did not comply with at least one microbiological parameter required by the legislation. Enterobacteriaceae counts ranged from <1 to 6.6 log CFU/g, for total coliforms from <1 to 6.4 log CFU/g, E. coli from <1 to 5.8 log CFU/g and Staphylococcus coagulase positive from <1 to 7.6 log CFU/g. Salmonella spp was not detected and L. monocytogenes was detected and confirmed by conventional methodology and by PCR in one analyzed sample. The pH and aw values stratified in groups that complied and did not comply with the legislation showed no significant difference, suggesting that these parameters are not good indicators of microbiological safety of the product. The high number of nonconformities indicates that efforts are needed to improve the hygiene and sanitary conditions reflected through the microbiological indicators. The PQMA registration was effective during the ripening study but did not have the same result in the larger post-ripening study. More efforts are needed from producers (registered and non-registered) as well as regulators to improve microbiological indicators of this cheese
Descritores: Técnicas Microbiológicas/análise
Queijo/análise
Noxas/toxicidade
-Higiene dos Alimentos
Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T576.163, C198a. 30100022646-F



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde