Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.225.500.620.670.770 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-474436
Autor: Silva, Rubens Ribeiro da; Freitas, Gilson Araújo de; Siebeneichler, Susana Cristine; Mata, Jhansley Ferreira da; Chagas, Jaíza Ribeiro.
Título: Desenvolvimento inicial de plântulas de Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum. sob influência de sombreamento / Initial development of Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum. saplings under shading influence
Fonte: Acta amaz;37(3):365-370, 2007. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar o comportamento inicial de plântulas de Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum. (cupuaçu), em função de diferentes níveis de sombreamento. Ao final de 50 dias, após a emergência, as plântulas de cupuaçu foram submetidas a três níveis de sombreamento, sendo: 0 por cento de sombreamento, 50 por cento de sombreamento e Sombra Natural. O crescimento das mudas foi conduzido em delineamento de blocos casualizados, com 15 repetições, sendo cada planta considerada como uma repetição. Foram avaliados a altura, o diâmetro e o número de folhas aos 60, 82, 103, 124, 145 dias após a emergência das plântulas. A Massa Seca de Folhas (MSF), Massa Seca do Caule (MSC), Massa Seca da Raiz (MSR) e Massa Seca Total (MST), Relação parte aérea/raiz (PA/R) e relação Altura da planta/Diâmetro do colo (A/D), foram avaliadas no final do experimento. O crescimento inicial de Theobroma grandiflorum foi corroborado com os padrões da espécie, que ocorre no interior das matas primárias, tendo melhor desenvolvimento dos parâmetros avaliados em condições de 50 por cento de sombreamento. A condição de 50 por cento de sombreamento pode ser recomendada para a formação de mudas de Theobroma grandiflorum, devido o seu melhor desempenho em altura, diâmetro, número de folhas e alocação de massa nas partes da planta.

The objective of this work was to evaluate the initial growth of sapling of Theobroma grandiflorum (cupuaçú), in function of different levels of solar radiation. Fifty days, after the emergency, the saplings were submitted to three levels of shade, being: 0 percent, 50 percent and natural shade. Sapling development was carried out in randomized block design with 15 repetitions (15 saplings). The sapling height, lap diameter and the numbers of leaves being evaluated on the 60st, 82nd, 103rd, 124th, 145 days after sapling emergence. The Dry Mass of the leaves (DML), Dry Mass of the stem (DMS), Dry Mass of the root (DMR) and Dry mass of the plant (DMP), Relation shoot/root (PA/R) and relation plant height/Lap diameter, were measured at the end of the experiment, when the sapling reached the appropriate size to be planted in the field. The initial growth of Theobroma grandiflorum was corroborated with the species standard that occurs inside of the primary bushes, so its development of the parameters evaluated is better in conditions of 50 percent of shade. The condition of 50 percent of shade can be recommended for the formation of plants of Theobroma grandiflorum, which had the better performance in plant height, lap diameter, number and allocation of mass in the parts of the plant.
Descritores: Técnica Histológica de Sombreamento
Biomassa
Adaptação
Crescimento e Desenvolvimento
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-546956
Autor: Lima, Ana Lúcia da Silva; Zanella, Fábio; Castro, Ley Daiana Marins de.
Título: Crescimento de Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae) sob diferentes níveis de sombreamento / Growth of Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae) under different shading levels
Fonte: Acta amaz;40(1):43-48, mar. 2010. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. é uma espécie clímax tolerante a sombra, ao passo que Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. é uma espécie pioneira. O desenvolvimento destas espécies pode refletir a habilidade de adaptação aos diferentes fatores ambientais (luz, água e temperatura) no local em que estão crescendo. O suprimento inadequado de um desses fatores pode reduzir o vigor da planta e limitar seu desenvolvimento. O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do nível de sombreamento no crescimento e a concentração de pigmentos fotossintéticos em duas espécies de leguminosas arbóreas, Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. O experimento foi conduzido no Setor de Olericultura do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA)/Rondônia. Durante a formação das mudas, ambas as espécies foram expostas a quatro tratamentos de sombra: 0 por cento (controle - sol pleno); 30 por cento; 50 por cento e 80 por cento. Cada tratamento foi constituído com três repetições de cada espécie; o delineamento experimental foi inteiramente casualisado. Quatro meses após a semeadura, as seguintes análises foram realizadas: número de folhas, altura da planta, comprimento do sistema radicular, massa seca total e concentração de pigmentos fotossintéticos. O tratamento sob sol pleno afetou negativamente o crescimento de ambas as espécies. As mudas crescidas sob 50 por cento e 80 por cento apresentaram melhor desenvolvimento. Conforme o aumento do sombreamento houve um decréscimo na razão clorofila a/b e um aumento nas concentrações de clorofila total e carotenóides totais.

Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. is a clímax shadow tolerant specie and Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong., by the other hand, is considered as a pioneer specie. The development of these species may reflect its adaptation ability to different environmental elements (light, water and temperature) at its growth site. An inadequate supply of some of these elements may reduce plant vigor and limit its development. This work aimed to evaluate the effects of shade intensity on the growth and photosynthetic pigment concentration of two arboreal legumes that are typical to northern Brazil, namely, the Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. and the Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. The experiment was carried out at the Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJ/ULBRA)/Rondônia. During the formation of the seedlings, both species were exposed to four treatments of shade: 0 percent (control - without shade); 30 percent; 50 percent e 80 percent. Each treatment was carried out with three replications for each species; the experimental design was completely randomized. Four month after sowing, the following analyses were carried out: number of leaves, plant height, roots length, dry mass and photosynthetic pigment concentration. The treatment under 0 percent shade impaired the seedling growth of both species. The most favorable treatments were 50 percent and 80 percent shade. According to the shade intensity, the chlorophyll a/b ratio decreased and the chlorophyll and carotenoids increased.
Descritores: Fotossíntese
Técnica Histológica de Sombreamento
Hymenaea
Crescimento
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847327
Autor: Brito, Selma Freire de; Pinheiro, Charles Lobo; Nogueira, Francisco Carlos Barboza; Medeiros Filho, Sebastião; Matos, Dalva Maria da Silva.
Título: Influence of light on the initial growth of invasive Cryptostegia madagascariensis Bojer in the Brazilian semiarid region / Influência da luz no crescimento inicial da invasora Cryptostegia madagascariensis Bojer no semiárido Brasileiro
Fonte: Acta sci., Biol. sci;37(3):385-392, jul.-set. 2015. ilus.
Idioma: en.
Resumo: The invasion by Cryptostegia madagascariensis causes economic and environmental problems in Northeastern Brazil. Current study evaluates the initial growth of C. madagascariensis on light gradient. The experiment used 0, 30, 50 and 70% shading treatments arranged in a completely randomized design and evaluated in four periods, namely, 35, 50, 65 and 80 days. Height, absolute growth rate, relative growth rate, number of side branches, number of leaves, leaf area, specific leaf area, leaf area ratio, root mass ratio, stem mass ratio, leaf mass ratio and leaf area/root mass ratio were evaluated. Results showed that the height was greater in shade environments, and the greater the available light, the greater was the number of side branches. C. madagascariensis is able to change the leaf area, specific leaf area and biomass allocation in different shadings. Since C. madagascariensis varies growth forms and performs morphological adjustments to increase light uptake, the plant has warranted success during the initial growth under different shadings.

A invasão da Cryptostegia madagascariensis causa problemas econômicos e ambientais no Nordeste do Brasil. O objetivo do trabalho foi estudar o crescimento inicial da C. madagascariensis em gradiente de luz. O experimento utilizou os tratamentos de 0, 30, 50 e 70% de sombreamento, dispostos em um delineamento experimental inteiramente casualizado e avaliados em quatro períodos: 35, 50, 65 e 80 dias. Foram avaliados a altura, a taxa de crescimento absoluto, a taxa de crescimento relativo, o número de ramos laterais e de folhas, a área foliar, a área foliar específica, a razão de área foliar, a razão de massa da raiz, a razão de massa do caule, a razão de massa das folhas e a razão área foliar/massa da raiz. Os resultados mostraram que a altura foi maior em ambientes sombreados e, quanto mais luz disponível, maior o número de ramos laterais. A C. madagascariensis é capaz de alterar a área foliar, a área foliar específica e na alocação de biomassa nos diferentes sombreamentos. Portanto, a C. madagascariensis varia a forma de crescimento e realiza ajustes morfológicos para aumentar a captação de luz, o que garantiu seu sucesso durante o crescimento inicial em diferentes sombreamentos.
Descritores: Apocynaceae
Biomassa
Zona Semiárida
Técnica Histológica de Sombreamento
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-746129
Autor: ALVES, N.M.; LIMA, M.D.B.; PAULA, J.R.; SIMON, G.A..
Título: Lâminas de irrigação e sombreamento na produção de biomassa de Acariçoba (Hydrocotyle umbellata L. ) / Levels of irrigation and shade in the production of the biomass of dollarweed (Hydrocotyle umbellata L. )
Fonte: Rev. bras. plantas med;17(2):210-214, Apr-Jun/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: A acariçoba é uma planta utilizada pela medicina ayurvédica e em cosméticos por possuir propriedades rejuvenescedoras e revitalizante do sistema nervoso e cérebro. Com objetivo de avaliar os caracteres agronômicos e o teor de flavonóides totais de acariçoba em resposta a aplicação de lâminas distintas de irrigação e sombreamento, foi conduzido um experimento em área localizada nas coordenadas 17º 47' 53'' latitude (S); longitude (W) - 51º 55' 53'', com altitude média de 648m, no período de julho a novembro. O clima é Aw (tropical), relevo suave ondulado (8% de declividade) com solo classificado como Latossolo Vermelho Distroférrico e textura argilosa. As temperaturas médias anuais são 18,1ºC e 30ºC. A umidade relativa do ar média é de 64,7% e a precipitação total anual média é de 1550 mm, com estações do ano seca e chuvosa, bem definidas. O ensaio foi conduzido em blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 2, com 5 repetições totalizando vinte unidades experimentais com dois manejos de irrigação, sendo um com aplicação de uma lâmina de água diariamente, e outro, com duas aplicações de lâmina de água diariamente. Os tratamentos de sombreamento foram a pleno sol e com 50% de sombreamento. Foram avaliadas a massa fresca e massa seca das partes aéreas, a altura e o número de plantas, e o teor de flavonóides totais das partes aéreas. A produção de flavonóides foi favorecida pelo sombreamento, enquanto a irrigação não influenciou nem na produção de flavonoides, nem nos caracteres agronômicos avaliados.

ABSTRACT: Dollarweed is a plant that is widely used by the Ayurvedic medicine and in the cosmetics industry because of its rejuvenating and revitalizing properties related to the nervous system and the brain. In order to evaluate the agronomic characteristics and the content of total flavonoids of the dollarweed, in response to the application of different levels of irrigation and shade, an experiment was conducted in an area at the coordinates 17º 47' 53'' latitude (S), 51º 55' 53'' longitude (W), with a mean altitude of 648m, from July to November. The climate is Aw (tropical), gently undulating relief (8% slope) with distroferric red latosol and clayey texture. The average annual temperatures are 18.1 ºC and 30 ºC. The average relative humidity of the air is 64.7% and the average annual rainfall is 1550 mm, with well-defined dry and rainy seasons. The assay was in randomized blocks, with a 2 x 2 factorial design, with 5 repetitions, amounting to twenty experimental units with two irrigation managements, being one with a daily application of water and the other with two daily applications of water. The shading treatments were under full sun and 50% shade. The fresh and dry weights of the aerial parts, the height and number of plants and the total content of flavonoids of the aerial parts were evaluated. The production of flavonoids was favored by the shade; irrigation did not influence the production of flavonoids or the agronomic characters evaluated.
Descritores: Biomassa
Centella/anatomia & histologia
Técnica Histológica de Sombreamento/instrumentação
-Flavonoides/análise
Compostos Fenólicos/análise
Plantas Medicinais/classificação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-727193
Autor: Rocha, J.N.; Johansson, L.A.P. S.; Miranda, L.V.; Lopes, G.C.; Diniz, A.; Mello, J.C.P.; Souza, J.R.P..
Título: Desenvolvimento de Maytenus ilicifolia e de seus polifenóis totais sob condição de sombreamento e poda / Shadowing and pruning on the development and polyphenol contents in Maytenus ilicifolia
Fonte: Rev. bras. plantas med;16(3,supl.1):663-669, 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek (Celastraceae), conhecida popularmente por espinheira-santa, é nativa e cultivada, principalmente, no sul do Brasil. Suas folhas apresentam triterpenos e substâncias polifenólicas (flavonóides e taninos) relacionadas ao efeito antiulcerogênico. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção de massa seca, altura, ramificação, e o teor de polifenóis totais em plantas de M. ilicifolia que se desenvolveram sob duas condições de luminosidade, após dois tratamentos distintos de poda. O delineamento experimental foi em blocos cazualizados com plantas desenvolvidas sob sombra e a pleno sol, e com plantas manejadas por poda parcial e rasa, com quatro repetições. No tratamento de poda rasa a maior altura das plantas foi observada nas plantas cultivadas a sombra em comparação com as conduzidas a pleno sol. No tratamento de poda parcial o número de ramos terciários aumentou significativamente nas plantas conduzidas a pleno sol. As plantas cultivadas a pleno sol apresentaram diferença significativa na concentração de polifenóis totais em relação às plantas produzidas à sombra alcançando valores de 10,29 ± 0,20% (CV=1,94%) e 7,16 ± 0,09% (CV=1,30%) respectivamente.

The Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek (Celastraceae), traditionally known as "espinheira-santa" in Portuguese, is native and cultivated in South Brazil. Its leaves contain triterpenes and polyphenolic compounds (flavonoids and tannins), which are related to the antiulcerogenic effect. The aim of this work was to evaluate the dried biomass production (g), height (m), ramification, and also the total content in polyphenol compounds of the leaves from the M. ilicifolia specie, which were developed under two different light conditions after two different pruning treatments. The design of the experiment was randomized blocks with two levels of light (shadow or full sunlight) and two levels of prune (partial and drastic), with four replications. The height of the plants grown in the shadow was greater for the treatment of drastic pruning than in plants in full sunlight. The ramification increased significantly with drastic prune in full sunlight. The plants grown in full sunlight showed a significant higher content in total polyphenols than the plants grown in the shadow, 10.29±0.20% (RSD=1.94%) and 7.16±0.09% (RSD=1.30%) respectively.
Descritores: Crescimento e Desenvolvimento
Maytenus/química
Técnica Histológica de Sombreamento/métodos
-Técnicas de Cultura/classificação
Folhas de Planta/metabolismo
Polifenóis/análise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-703727
Autor: Santos, M.S.; Feijó, N.S.A.; Secco, T.M.; Mielke, M.S.; Gomes, F.P.; Costa, L.C.B.; Silva, D.C..
Título: Efeitos do sombreamento na anatomia foliar de Gallesia integrifolia (Spreng) Harms e Schinnus terebinthifolius Raddi / Effects of shading on leaf anatomy of Gallesia integrifolia (Spreng) Harms and Schinnus terebinthifolius Raddi
Fonte: Rev. bras. plantas med;16(1):89-96, 2014. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Realizou-se estudo com o objetivo de analisar as alterações na anatomia foliar de Gallesia integrifolia (Spreng) Harms e Schinnus terebinthifolius Raddi quando cultivadas em ambientes de sombra moderada ou densa, simulando as condições naturais encontradas em sistemas agroflorestais tradicionais do sul da Bahia, Brasil. Plantas das duas espécies, com aproximadamente um ano de idade, foram cultivadas em casa de vegetação sob quatro níveis de sombreamento (25%, 17%, 10% e 5%). Estudos anatômicos do limbo foliar foram realizados a partir de material incluído em parafina e seccionado em micrótomo rotativo. Os diferentes níveis de sombreamento ocasionaram alterações na estrutura do mesofilo de ambas as espécies, com diferenças significativas na espessura do parênquima paliçádico, limbo foliar, e densidade estomática. Nas condições em que o experimento foi realizado os resultados obtidos indicaram que G. integrifolia apresenta maior capacidade de aclimatação a ambientes de sombra moderada e densa do que S. terebinthifolius, sendo mais indicada para o cultivo em sistemas agroflorestais pré-estabelecidos.

This study was conducted with the aim of analyzing the changes in the leaf anatomy of Gallesia integrifolia (Spreng) Harms and Schinnus terebinthifolius Raddi when grown in environments with moderate to dense shade, simulating the natural conditions found in traditional agroforestry systems in southern Bahia, Brazil. Plants of both species, being approximately one year-old, were grown at four irradiance levels (25%, 17%, 10% and 5%) in a greenhouse. Leaf anatomical studies were made from material embedded in paraffin and sectioned on a rotary microtome. The different irradiance levels caused a shift in the mesophyll anatomy of both species, with significant differences in palisade parenchyma thickness and leaf stomatal density. In the conditions of this experiment, the results indicated that G. integrifolia has a higher capacity for acclimatization to moderate to dense shade than S. terebinthifolius, and it is thus more suitable for cultivation in pre-established agroforestry systems.
Descritores: Anacardiaceae/classificação
Phytolaccaceae/classificação
Técnica Histológica de Sombreamento/estatística & dados numéricos
-Cultivos Agrícolas
Células do Mesofilo
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde