Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.225.812.482 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 192 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 192 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1252813
Autor: Oliveira, Prisciliana Jesus de.
Título: Identificação de proteínas imunodominantes provenientes dos subgêneros Viannia e Leishmania como potenciais candidatos vacinais pan específicos no controle das leishmanioses / Identification of immunodominant proteins from the Viannia and Leishmania subgenus as potential pan-specific vaccine candidates in the control of leishmaniasis.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2020. 173 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As leishmanioses são causadas por cerca de 20 espécies de Leishmania e se apresentam em diversas formas clínicas, que podem variar de branda a muito grave. Elas afetam milhões de pessoas e até então não existem medidas de controle eficazes. Assim, a imunização da população seria uma alternativa eficiente de controle. Evidências sugerem que a resposta imune que se estabelece após a cura clínica de leishmanioses deva constituir um padrão de resposta imunológica associado à proteção, e que uma preparação vacinal deveria estimulá-la preferencialmente. Nosso grupo demonstrou que antígenos de L. (Viannia) naiffi (espécie considerada benigna) conseguem induzir respostas bem moduladas, e que soros de voluntários curados de leishmaniose tegumentar cutânea reconheceram frações desse antígeno consideradas imunodominantes. Experimentos anteriores demonstraram em hamster que a imunização intranasal com antígenos totais dessa espécie são capazes de induzir uma imunidade protetora contra L. (V.) braziliensis. O mesmo grupo já havia obtido a mesma resposta protetora utilizando o antígeno total de L. (L.) amazonensis. No entanto, sabe-se que nem todos os componentes presentes nesses antígenos estão associados à proteção e que a identificação de proteínas que sejam imunogênicas é uma etapa indispensável na formulação de uma vacina.

O objetivo deste trabalho foi identificar as proteínas imunodominantes presentes nas frações solúveis de L. (L.) amazonensis (LaAg(s)) e L.(V.) naiffi (LnAg(s)), que sejam conservadas dentro do gênero Leishmania, para formular uma vacina pan específica para o controle das leishmanioses. Primeiramente, os antígenos LnAg(s) e LaAg(s) foram subfracionados em gel de poliacrilamida e as bandas com peso molecular entre 35 e 100KDa foram extraídas e submetidas à análise por espectrometria de massa para análise proteômica. Desta análise, foram obtidas as sequências de aminoácidos, o tamanho das sequências, e a abundância das proteínas. As proteínas mais abundantes foram submetidas à análise de similaridade com proteínas de hospedeiros. As proteínas de LnAg(s) e LaAg(s) com baixa similaridade (<30%) às proteínas humanas foram analisadas por preditores de epítopos reconhecidos por linfócitos B.

Em paralelo, a predição de epítopos presentes em LnAg(s) e LaAg(s), capazes de se ligar com alta afinidade a moléculas HLA classes I e II, assim como a promiscuidade de ligação a alelos de HLA para cada proteína, foram avaliados dentre aquelas que apresentaram maior abundância e baixa similaridade. Por fim, após a análise de homologia das proteínas entre as espécies de Leishmania, foram identificadas 11 proteínas com mais homólogos. Elas apresentaram potencial de reconhecimento por linfócitos B, assim como também por componentes da resposta imune celular (como predito para a apresentação por HLA classes I e II). O potencial de ativação de linfócitos T pelos epítopos presentes nas 11 proteínas foi incrementado pela ampla capacidade de apresentação antigênica na população humana, devido à alta promiscuidade quanto à capacidade de ligação destes epítopos a alelos de HLA. Esses resultados contribuem para a identificação de antígenos com potencial de compor um protótipo vacinal capaz de induzir uma resposta imune protetora pan específica em humanos, com características imunodominantes e indutoras de resposta humoral e celular, para serem empregados no controle das leishmanioses. (AU)
Descritores: Leishmania mexicana
Ativação Linfocitária
Leishmaniose
Imunização
Epitopos de Linfócito T
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1241687
Autor: Bottasso, O. A; Morini, J. C.
Título: Imunopatologia de la lepra / Immunopathology of leprosy.
Fonte: s.l; s.n; 1989. 3 p.
Idioma: es.
Resumo: Se comentan los estudios en convivientes íntimos de enfermos de Lepra, donde se observó una relación inversa entre grado y tiempo de exposición al Mycobacterium leprae (MI) y la magnitud de la respuesta inmune in vivo hacia el bacilo (reacción de Mitsuda); esta variable por otro lado, se halla influenciada por un importante grado de determinación genética. En un modelo murino experimental, la artritis por adyuvante, también se comprobó que el tratamiento con MI inducia una población de células esplénicas supresoras, con actividad regulatoria sobre la respuesta inmune celular. Se plantean además, las posible alteraciones inmunorregulatorias involucradas con la excesiva respuesta humoral que sirve de sustrato para la generación del episodio de eritema nudoso leproso (ENL)
Descritores: Antígeno de Mitsuda/imunologia
Artrite Experimental/terapia
Ativação Linfocitária
Formação de Anticorpos
Hanseníase/genética
Hanseníase/imunologia
Imunidade Celular
Mycobacterium lepraemurium/imunologia
Limites: Humanos
Animais
Ratos
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_a": "09332/s"}]


  3 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1236316
Autor: Goncalves, Aguinaldo; Salem, Julia Ignes; Ferrari, Iris.
Título: A questao das prioridades em hanseniaase: LTT populacional, instrumento de diagnostico precoce? / ?.
Fonte: s.l; s.n; 1982. 7 p.
Idioma: pt.
Descritores: Antígeno de Mitsuda
Ativação Linfocitária
Fito-Hemaglutininas
Hanseníase/diagnóstico
Linfócitos T
Mycobacterium leprae
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_a": "06168/s"}]


  4 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-887237
Autor: Niijima, Katsura; Niijima, Yawara; Okada, Shuichi; Yamada, Masanobu.
Título: Drug-induced Liver Injury Caused by Ipragliflozin Administration with Causality Established by a Positive Lymphocyte Transformation Test (LTT) and the Roussel Uclaf Causality Assessment Method (RUCAM): A Case Report
Fonte: Ann. hepatol;16(2):308-311, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT A 75-year old male patient had been regularly visiting our hospital for the management of his type 2 diabetes mellitus since he was diagnosed at age 64 years. When he developed hypoglycemic episodes with sulfonylurea, ipragliflozin (50 mg/day) was started to replace the sulfonylurea therapy. However, 49 days after starting ipragliflozin, his AST increased from 13 to 622 U/L, ALT increased from 9 to 266 U/L, ALP increased from 239 to 752 U/L, and γ-GTP increased from 19 to 176 U/L. ZTT was 3.5 U, TTT was 0.4 U, and total bilirubin was 0.7 mg/dL. IgM hepatitis A antibody, hepatitis B antigen, hepatitis C virus antibody, IgM CMV antibody, and IgM EB VCA antibody were negative, whereas a lymphocyte transformation test for ipragliflozin was positive. Abdominal CT scan showed mild fatty liver but no sign of nodular lesions. Following admission to our hospital, he received liver supportive therapy with the discontinuation of ipragliflozin therapy. He was discharged from the hospital 18 days later with AST and ALT levels reduced to 20 U/L and 13 U/L, respectively. Based on the clinical presentation of this patient, it is highly important to monitor liver function along with other possible clinical complications (e.g., dehydration, ketosis, and urinary tract infection) associated with SGLT2 inhibitor therapy.
Descritores: Ativação Linfocitária/efeitos dos fármacos
Diabetes Mellitus Tipo 2/tratamento farmacológico
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/diagnóstico
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/etiologia
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/imunologia
Glucosídeos/efeitos adversos
Hipoglicemiantes/efeitos adversos
-Tiofenos/efeitos adversos
Valor Preditivo dos Testes
Fatores de Risco
Diabetes Mellitus Tipo 2/diagnóstico
Diabetes Mellitus Tipo 2/sangue
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas/terapia
Testes de Função Hepática
Limites: Humanos
Masculino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-790771
Autor: Lozada-Requena, Iván; Núñez, César; Alvárez, Yubell; Kahn, Laura; Aguilar, José.
Título: Poblaciones linfocitarias, células dendríticas y perfil de citoquinas en ratones con melanoma tratados con Uncaria tomentosa / Lymphocyte subsets, dendritic cells and cytokine profiles in mice with melanoma treated with Uncaria tomentosa
Fonte: Rev. peru. med. exp. salud publica;32(4):633-642, oct.-dic. 2015. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Evaluar el efecto inmunomodulador sobre poblaciones linfocitarias, células dendríticas (DC), citoquinas Th1/Th2/Th17 (T-helper) e inflamatorias en el ámbito sistémico y/o en el microambiente tumoral de ratones con o sin melanoma. Materiales y métodos. Se obtuvieron muestras de sangre periférica y/o de tumores primarios de ratones con melanoma B16 tratados o no con un extracto hidroalcohólico de Uncaria tomentosa (UT) con 5,03% de alcaloides oxindólicos pentacíclicos (UT-POA) obtenido de la corteza de la planta. Todos los ensayos de medición de células y citoquinas fueron realizados por citometría de flujo. Resultados. UT-POA a nivel sistémico incrementa la relación CD4/CD8a (Cluster of Differenciation), mientras que la activación celular es inversamente proporcional; incrementa la proporción de DCm (DC mieloides); induce un perfil Th1 proinflamatorio y reduce la respuesta Th17. TNF-a (tumor necrosis factor alpha) y IL-17A (interleuquina) correlacionan positiva y negativamente con la relación CD4/CD8a. Conclusiones. El incremento de Th1 (TNF-a) puede tener como consecuencia el incremento de linfocitos CD4 o la activación de macrófagos M1. Aunque UT-POA muestra un incremento de DCm, este no es dosis-dependiente. La disminución de Th17 (IL-17A) puede favorecer el funcionamiento de los linfocitos CD8a. UT-POA muestra mejores efectos inmunomoduladores en el ámbito sistémico que intratumoral...

To evaluate the immunomodulatory effect on lymphocyte subsets, dendritic cells (DC), Th1 / Th2 / Th17 and inflammatory cytokines on systemic level and/or in the tumor microenvironment of mice with or without melanoma. Materials and methods: Peripheral blood and/or primary tumors samples were obtained of mice with B16 melanoma treated or not with a hydroalcoholic extract of Uncaria tomentosa (UT) with 5.03% of pentacyclic oxindole alkaloids (UT-POA) obtained from the bark of the plant. All cell assays and cytokine measurements were performed by flow cytometry. Results. UT-POA systemically increased CD4/CD8a relation while cell activation was inversely proportional; increased the proportion of DCm; induced a pro-inflammatory Th1 profile and reduced Th17 response. TNF-a and IL-17A positively and negatively correlated with CD4/CD8a relation. Conclusions. The increase of Th1 (TNF-a) may result in the increase of CD4 or M1 macrophage activation. Although UT-POA shows increased DCm, is not dose-dependent. Th17(IL-17A) decreased can support the function of CD8a lymphocytes. UT-POA shows better systemic immunomodulatory effects than intratumoral...
Descritores: Ativação Linfocitária
Células Dendríticas
Unha-de-Gato
Limites: Animais
Camundongos
Responsável: PE14.1 - Biblioteca de la Sede Central


  6 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-120692
Autor: Rivitti, Evandro Ararigbóia.
Título: Imunidade celular inespecífica na leishmaniose tegumentar americana / Nonspecific cellular immunity in American cutaneous leishmaniasis.
Fonte: s.l; s.n; 1982. 127 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Professor Livre Docente.
Resumo: Foram estudados 42 doentes de leishmaniose tegumentar americana observados na Clínica Deramtológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Säo Paulo (Serviço do Prof. Sebastiäo a. P. Sampaio) com idades entre 3 e 70 anos, compreendendo 36 homens e 6 mulheres. Tratavam-se de doentes com tempo de evoluçäo variavel de 2 meses a 47 anos e compreendiam 29 doentes brancos, 11 pardos e 2 pretos. Estes doentes distribuiram-se quanto à forma clínica em: formas cutâneas puras 21 doentes; formas cutâneos-mucosas 8 doentes; formas mucosas 13 doentes. Os doentes foram estudados imunologicamente por método "in vivo" e "in vitro. I. Metodos "in vivo": 1. Intradermorreaçöes com antigenos de Montenegro, PPD, levedurina, tricofitina e varidase. As mesmas reaçöes foram realizadas em grupo controle de 23 individuos normais. 2. Sensibilizaçäo ao DNCB. II. Métodos "in vitro": 1. determinaçäo dos linfócitos T e B no sangue periférico. 2. Transformaçäo blástica frente a fitohemaglutinina com soro autólogo e hemólogo. 3. Determinaçäo de anticorpos circulantes pela I.F.I.. Os resultados obtidos permitem as seguintes conclusöes: 1. Registraram-se baixos índices de positividade às intradermorreaçöes de leitura tardia particularmente com dois dos quatro antígenos testados, levedurina e varidase, nos doentes de leishmaniose cutâneo-mucosa comparativamente a controles normais. Verifiacaram-se: a) baixos índices de positividade à varidase no total dos doentes com formas exclusivamente cutâneas e nos doentes com lesöes mucosas, b) baixos índices de resposta à levedurina nas formas com participaçä mucosa, c) comparativamente ao grupo control, nos doentes predominaram, considerando-se o número de reaçöes positivas apresentadas, os casos co, todas as reaçöes negativas, uma das reaçöes positivas ou, no máximo duas reaçöes positivas enquanto que a positividade de três reaçöes ou quatro reaçöes predominou nitidamente entre controles. Estes resultados indicam certo grau de depressäo da imunidade celular inespecífica especialmente nos doentes com acometimento mucoso...
Descritores: Imunidade Celular
Leishmaniose Cutânea/imunologia
-Linfócitos B/imunologia
Linfócitos T/imunologia
Estudos de Casos e Controles
Dinitroclorobenzeno/imunologia
Imunofluorescência
Testes Intradérmicos
Ativação Linfocitária/imunologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2051.00; BR66.1; W4.DB8 SP.USP FM-3 R526


  7 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Zanetti, Carlos Roberto
Texto completo
Id: lil-42737
Autor: Veiga, Débora Regina; Zanetti, Carlos Roberto; Mendes, Nelson Figueiredo; Pereira, Octávio Augusto de Carvalho.
Título: Cell mediated immune response in human antirabies revaccination
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;29(2):104-9, mar.-abr. 1987. tab.
Idioma: en.
Resumo: Foi estudada a ocorrência de resposta imune celular na re-imunizaçäo anti-rábica humana. Usou-se a vacina Fuenzalida & Palácios a qual é rotineiramente usada no Brasil. A resposta imune celular foi avaliada pelo índice de transformaçäo blástica obtido em cultura de sangue total, na presença de antígeno rábico e antígeno controle (sistema nervoso). O grupo em estudo constitui-se de 11 voluntários submetido a revacinaçäo, enquanto três outros, submetidos a primo-vacinaçäo foram utilizados como grupo controle. Detectou-se uma clara resposta imune celular secundária contra antígeno rábico em todos os voluntários revacinados, cujas respostas foram mais rápidas e mais intensas do que as do grupo controle. Observou-se também, resposta ao antígeno controle em todos os indivíduos do grupo de revacinados. No grupo de primovacinados, resposta ao antígeno controle foi fracamente observada em somente um indivíduo
Descritores: Raiva/imunologia
Vacinas Antirrábicas/imunologia
Antígenos Virais/análise
Imunização Secundária
Ativação Linfocitária
-Vírus da Raiva/imunologia
Imunidade Celular
Anticorpos Antivirais/análise
Antígenos Virais/análise
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-351160
Autor: Rodrigues, Denise do Socorro S; Cunha, Rosangela M. de C; Kallas, Esper Georges; Salomao, Reinaldo.
Título: Distribution of naive and memory/effector CD4+ T lymphocytes and expression of CD38 on CD8+ T lymphocytes in AIDS patients with tuberculosis
Fonte: Braz. j. infect. dis;7(2):161-165, Apr. 2003. ilus.
Idioma: en.
Resumo: CD4+ and CD8+ T lymphocyte counts, naive and memory/effector CD4+ T subpopulations, and the expression of CD38 on CD8+ T lymphocytes were evaluated in four groups: AIDS patients with tuberculosis (HIV/TB, n=14), HIV-1 infected patients (HIV, n=10), HIV-1 negative patients with tuberculosis (TB, n=20) and healthy controls (CTL, n=17). TB and HIV had fewer CD4+ T cells than CTL, with the lowest values observed in TB/HIV (p<0.001). No difference between groups was observed in the percentage of naive and memory/effector subpopulations in CD4+ T lymphocytes. TB (355 cells/mL) and HIV (517 cells/mL) had diverging effects on CD8+ T cell counts, with a marked depletion observed in HIV/TB (196 cells/mL). TB and HIV up-regulated CD38 expression on CD8+ T cells, a finding also present in TB/HIV. While the decrease of CD4+ T cell counts in HIV/TB may be attributed to HIV and tuberculosis, the decrease of CD8+ T cell counts is likely to be due to tuberculosis
Descritores: Tuberculose Pulmonar
Linfócitos T CD4-Positivos
Subpopulações de Linfócitos T
HIV-1
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS
Linfócitos T CD8-Positivos
Memória Imunológica
-Tuberculose Pulmonar
Estudos de Casos e Controles
Análise de Variância
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS
Contagem de Linfócito CD4
Anticorpos Monoclonais
Antígenos de Superfície
Ativação Linfocitária
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 192 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Luís Eduardo Coelho
Texto completo
Id: lil-775210
Autor: Araújo, Júlio Antônio Pereira; Mesquita Junior, Danilo; Cruvinel, Wilson de Melo; Salmazi, Karina Inácio; Kallás, Esper Georges; Andrade, Luis Eduardo Coelho.
Título: Linfócitos Th17 e linfócitos T CD4+ multifuncionais em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico / Th17 cells and CD4+ multifunctional T cells in patients with systemic lupus erythematosus
Fonte: Rev. bras. reumatol;56(1):28-36, jan.-fev. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Resumo Introdução/Objetivo: Evidências recentes sugerem que anormalidades que envolvem os linfócitos Th17 estão associadas à fisiopatologia do lúpus eritematoso sistêmico (LES). Além disso, os linfócitos T multifuncionais (LTM), ou seja, aqueles que produzem múltiplas citocinas simultaneamente, estão presentes no meio inflamatório e podem estar implicados no processo autoimune observado no LES. No presente estudo, objetiva-se caracterizar o estado funcional dos linfócitos T CD4+ no LES e determinar simultaneamente a concentração de IL-2, IFN-γ e IL-17 em culturas de linfócitos sob estímulos exógenos e autoantigênicos. Pacientes e métodos: Dezoito pacientes com doença ativa, 18 com doença inativa e 14 controles saudáveis foram submetidos à análise do estado funcional dos linfócitos T CD4+. Resultados: Encontrou-se que os pacientes com LES apresentaram uma diminuição na quantidade total de células CD4+, um aumento na quantidade de linfócitos T ativados e um aumento na frequência de linfócitos Th17 em comparação com controles saudáveis (HC). As células LTM tinha frequência aumentada em pacientes com LES e houve um aumento na frequência de LTM trifuncionais em pacientes com LES ativo em comparação com aqueles com LES inativo. Curiosamente, as células MTF produziram quantidades maiores de IFN-γ do que os linfócitos T monofuncionais em pacientes e controles. Conclusão: Analisados em conjunto, esses dados indicam a participação dos linfócitos Th17 recentemente ativados e células MTF na fisiopatologia do LES.

Abstract Introduction/Objective: Recent evidence suggests that abnormalities involving Th17 lymphocytes are associated with the pathophysiology of systemic lupus erythematosus (SLE). In addition, multifunctional T cells (MFT), i. e., those producing multiple cytokines simultaneously, are present in the inflammatory milieu and may be implicated in the autoimmune process observed in SLE. In the present study, we aimed to characterize the functional status of CD4+ T cells in SLE by simultaneously determining the concentration of IL-2, IFN-γ and IL-17 in lymphocyte cultures under exogenous and self-antigenic stimuli. Patients and methods: Eighteen patients with active disease, 18 with inactive disease, and 14 healthy controls had functional status of CD4+ T cells analyzed. Results: We found that SLE patients presented a decreased number of total CD4+ cells, an increased number of activated T cells, and an increased frequency of Th17 cells compared to healthy controls (HC). MFT cells had increased frequency in SLE patients and there was an increased frequency of tri-functional MFT in patients with active SLE compared with those with inactive SLE. Interestingly, MTF cells produced larger amounts of IFNγ than mono-functional T cells in patients and controls. Conclusion: Taken together these data indicate the participation of recently activated Th17 cells and MTF cells in the SLE pathophysiology.
Descritores: Linfócitos T CD4-Positivos/imunologia
Células Th17/imunologia
Lúpus Eritematoso Sistêmico/fisiopatologia
Lúpus Eritematoso Sistêmico/imunologia
-Ativação Linfocitária
Citocinas
Contagem de Linfócito CD4
Citometria de Fluxo
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 192 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899460
Autor: Lopes, Flavia Paiva Proença Lobo; Souza, Sergio Augusto Lopes de; Bica, Blanca Elena Rios Gomes; Fonseca, Lea Mirian Barbosa da; Azevedo, Mario Newton Leitão de; Gutfilen, Bianca.
Título: Reduced activation and CD3 lymphocyte recruitment after TNF-inhibitor use: evaluation of clinical and 99mTc-OKT3 scintigraphic response in a patient with juvenile idiopathic arthritis / Redução da ativação e do recrutamento de linfócito CD3 com o uso de anticorpo anti-TNF-alfa: avaliação da resposta clínica e cintilográfica com 99mTc-OKT3 em paciente com artrite idiopática juvenil
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(6):616-619, Nov.-Dec. 2017. graf.
Idioma: en.
Descritores: Artrite Juvenil/tratamento farmacológico
Ativação Linfocitária/efeitos dos fármacos
Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Muromonab-CD3/efeitos dos fármacos
-Cintilografia
Fator de Necrose Tumoral alfa/administração & dosagem
Resultado do Tratamento
Imagem Corporal Total
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde