Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.225.812.735.550 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 141 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 141 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yano, Tomomasa
Texto completo
Id: biblio-828157
Autor: Ludovico, Marilucia Santos; Martins, Luciano Moura; Bianco, Juares Ednaldo Romero; Andrade, Célia Guadalupe Tardelli de Jesus; Falcon, Rosabel; Joazeiro, Paulo Pinto; Gatti, Maria Silvia Viccari; Yano, Tomomasa.
Título: Plesiomonas shigelloides exports a lethal cytotoxic-enterotoxin (LCE) by membrane vesicles
Fonte: Braz. j. infect. dis;20(6):546-555, Nov.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Plesiomonas shigelloides isolated from water in Brazil was previously described as a hemorrhagic heat-labile cytotoxic-enterotoxin producer. We purified this toxin from culture supernatants using ion metallic affinity chromatography (IMAC) followed by molecular exclusion chromatography. The pure toxin presented molecular mass of 50 kDa and isoelectric point (pI) around 6.9 by 2D electrophoresis. When injected intravenously, the purified cytotoxic-enterotoxin induced also severe spasms followed by sudden death of mice. Hence, we entitled it as lethal cytotoxic-enterotoxin (LCE). The presence of membrane vesicles (MVs) on cell surfaces of P. shigelloides was observed by scan electron microscopy (SEM). From these MVs the LCE toxin was extracted and confirmed by biological and serological assays. These data suggest that P. shigelloides also exports this cytotoxic-enterotoxin by membrane vesicles, a different mechanism of delivering extra cellular virulence factors, so far not described in this bacterium.
Descritores: Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos
Plesiomonas/metabolismo
Vesículas Citoplasmáticas
Fatores de Virulência
Rios/microbiologia
Enterotoxinas/farmacologia
-Células Vero
Testes de Neutralização
Microscopia Eletrônica de Varredura
Chlorocebus aethiops
Plesiomonas/patogenicidade
Plesiomonas/ultraestrutura
Dose Letal Mediana
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-588296
Autor: Chirelli, Audrey Cilli.
Título: Padronização e implantação de técnicas de potência e identidade genética para caracterização das cepas vacinais e da vacina de rotavírus reassortant humano-bovino (BRV-UK) produzida pelo Instituto Butantan / Standardization and implementation of potency and virus identity methodologies to characterization of the vaccine strains and the human-bovine reassortant rotavirus vaccine produced by Intituto Butantan.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. 112 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Os rotavírus são considerados os agentes virais mais importantes associados às diarréias agudas graves, de distribuição mundial, acometendo principalmente crianças menores de 5 anos. Os esforços para desenvolvimento de vacinas contra rotavírus tiveram início na década de 80 e continuam até hoje. O Instituto Butantan está produzindo uma vacina pentavalente contra rotavírus baseada na vacina reassortant humano-bovino tetravalente (BRV-UK) desenvolvida pelo NIH (National Institute of Healthy, EUA), composta pelos genótipos G1-G4 acrescida do genótipo G9 emergente no Brasil. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para que a vacina de rotavírus vivo atenuado seja licenciada, alguns testes de produção, controle de qualidade e avaliação da segurança e eficácia da vacina são necessários. Esses testes devem ser realizados em diferentes etapas da produção da vacina. Este estudo teve como objetivo a padronização e implantação das técnicas necessárias para titulação e caracterização molecular das cepas vacinais e da vacina contra rotavírus produzida pelo Instituto Butantan. Após implantação, testes para a análise de amostras dos animais de experimentação foram realizados. Os testes de potência e neutralização foram realizados utilizando amostras padrões dos genótipos utilizados na vacina e, a partir daí, as amostras vacinais foram analisadas quanto à titulação obtendo-se títulos que variaram de 105 a 107. Os testes de similaridade genética das amostras vacinais demonstraram 99,3% a 100% de similaridade em relação aos padrões. As amostras de animais de experimentação apresentaram soro conversão para os genótipos G1, G2, G3 e G4. Nos testes de excreção viral, sete amostras foram positivas para rotavírus e identificadas como genótipo G3P[?]. A padronização dos testes de titulação viral e neutralização possibilitaram a utilização destes testes para avaliação das amostras vacinais e para os testes utilizando animais de experimentação.

Rotaviruses are considered the most important viral agents associated with severe acute diarrhea, worldwide distribution, affecting mainly children under 5 years. Efforts to developing rotavirus vaccines began in the '80s and continue until today. The Butantan Institute is producing a pentavalent vaccine based on a tetravalentreassortant bovine-human rotavirus vaccine (BRV-UK) developed by the NIH(National Institute of Healthy, USA), composed by genotypes G1-G4 and G9genotype emergent in Brazil. According to the World Health Organization (WHO) for the live attenuated rotavirus vaccine to be licensed some production tests, quality control and evaluation of safety and efficacy of the vaccine are necessary. These tests must be performed in different stages of vaccine production. This study was conducted to standardized and to implement necessary techniques to titrate and formolecular characterization of vaccine strains and rotavirus vaccine produced by Butantan Institute. After implementation, analysis tests of experimental animal samples were conducted. The tests of virus titration and neutralization were performed with standard samples of the genotypes used in the vaccine and afterwards, the samples were analyzed for titration yielding titers that ranged from105 to 107. Tests for genetic identity of the vaccine samples showed 99.3% to 100% similarity in relation to standards. Experimental animal samples testing showed seroconvertion for genotypes G1, G2, G3 and G4. Viral excretion tests, seven samples were positive for rotavirus and identified as genotype G3P[?]. The standardviral titration and neutralization tests allowed these tests to be used for vaccine samples evaluation and for experimental animal samples tests.
Descritores: Experimentação Animal
Genoma Viral
Rotavirus
Testes de Neutralização
Vacinas contra Rotavirus
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, C542p, 2010


  3 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-553339
Autor: Thomann, Patricia.
Título: Avaliação da dinâmica da resposta imune humoral desencadeada pelo papilomavirus humano / Evaluation of the dinamics of the hummoral immune response triggered by human papillomavirus.
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 131 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Antônio Prudente para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Os anticorpos neutralizantes são cruciais na proteção contra doenças virais mediadas por vacinação. A elevada proteção adquirida contra infecções persistentes causadas pelo papilomavírus humano, por meio da imunização de mulheres com capsídios vazios de HPV-16, é conferida por este tipo de anticorpos. Os anticorpos neutralizantes detectados em amostras séricas de mulheres vacinadas foram capazes de neutralizar variantes divergentes de HPV-16... Neste trabalho detectaram-se anticorpos neutralizantes em amostras séricas obtidas de mulheres não vacinadas participantes de um estudo sobre os fatores de risco para o desenvolvimento de infecções pelo HPV e das neoplasias cervicais. O impacto da presença deste tipo de anticorpos foi analisado por meio das principais manifestações virais durante o curso natural da infecção pelo HPV... A eliminação de infecções HPV-16 induzidas não pareceu ter sido facilitada pela presença de altos níveis de nenhum tipo de anticorpos reativos a HPV-16 (anticorpos neutralizantes – OR: 0,64 [IC95%: 0,16-2,58] X ELISA – OR: 0,64 [IC 95%: 0,19-2,16]... Essas correlações não foram encontradas para os anticorpos detectados por meio de ELISA. Logo, títulos de anticorpos neutralizantes equivalentes à diluição 640 ou superiores atuam como marcadores extremamente específicos da infecção causada pelo HPV-16 durante o curso habitual natural da infecções por HPV (AU)

Neutralizing antibodies (NAb) are crucial for vaccine-mediated protection against viral diseases and presumably play the key role in the high degree of protection from persistent papillomavirus infection seen after virus-like particles (VLP) vaccination in recent clinicai trials. Neutralizing antibodies detected in serum samples of HPV-16 VLP vaccinated women were able to neutralize divergent variants of HPV-16 and their detection was achieved for serum samples collected from both vaccinated and non-vaccinated women through a HPV pseudovirus neutralization assay. However, little is known about the induction of NAb after genital HPV infections among nonvaccinated women and the putative role that these antibodies could play during the natural course of HPV infections. This work looked for HPV-16 NAbs in serum samples obtained from non-vaccinated women participating of a study for HPV infection and neoplasia risk factors. The impact of NAbs presence was analyzed through viral major outcomes during the natural course of HPV infection. The efficiency of Nabs was compared to HPV VLP ELISA seroreactivity in a 150 serum samples casuistic obtained at the enrollment of the study. The clearence of HPV-16 infection did not appear to be improved by the presence of high titers of any kind of anti-HPV-16 antibodies (Nabs- OR: 0,64 [CI 95o/o: O, 16-2,58] X ELISA- )R: 0,64 [CI95°/o: O, 19-2, 16]). Women with neutralizing antibodies titers equal ar superior to 640 dilutions showed higher risks of harboring the following HPV outcomes: cumulative HPV-16 infection (OR: 6,24 [CI95°/o: 0,88-270,1 ]), persistence of HPV-16 infection (OR: 5,17 [CI95°/o: 1,50-17,83] to OR: 27,33 [CI95°/o: 2,02-1376,6], according to the reference category used - transient or negative results, respectively), acquisition of new HPV-16 infection (OR: 3,45 [CI95°/o: O, 17-207 ,2]) and higher HPV vira I load (OR: 4,05 [CT95°/o: 1 ,05-15,66]). The same was not observed for women with higher titers of HPV-16 VLP seroreactivity. Neutralizing antibodies titers equal or superior to the 640 dilution play an important role as highly specific markers for HPV-16 infection during HPV natural history course (AU)
Descritores: Viroses
Neoplasia Intraepitelial Cervical
Anticorpos
Fatores de Risco
Infecções por Papillomavirus
Proteínas Sanguíneas
-Infecções por Papillomavirus/imunologia
Sorologia/métodos
Testes de Neutralização/métodos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1


  4 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Comin, Fabiano
Zanetti, Carlos Roberto
Texto completo
Id: lil-314543
Autor: Bordignon, Juliano; Comin, Fabiano; Ferreira, Sílvia Córdoba P; Caporale, Graciane M. M; Lima Filho, José Hermênio Cavalcante; Zanetti, Carlos Roberto.
Título: Calculating rabies virus neutralizing antibodies titres by flow cytometry
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;44(3):151-154, 2002. graf.
Idioma: en.
Resumo: The determination of the rabies neutralizing antibody (VNA) response after immunization against rabies is an acceptable index of the efficacy of a vaccine and a successful treatment. Several tests have been developed in attempt to improve the assessment of VNA, from mice inoculation to cell-culture fluorescence inhibition tests. All of them, however, present special difficulties in terms of reading or accuracy. The present study describes a neutralization test performed in cell-culture appraised by flow cytometry (FC). Serial dilutions of the serum samples were mixed in vitro with rabies virus before the addition of BHK-21 cells. After 24h-incubation, cells were released by trypsin treatment, fixed and permeabilized with a p-formaldehyde solution and stained with a rabies virus nucleocapsid protein-specific antibody conjugate. The percentage of virus infection inhibition caused by specific antibodies present in the serum were evaluated in a Beckton & Dickinson FACSCalibur® flow cytometer. A correlation curve between the IU/ml content and the percentage of infective inhibition was built with a reference serum and the VNA titers of serum samples were obtained by extrapolation. Titers obtained by FC and standard test showed an effective pairing results (p < 0.01), with a correlation coefficient (r) = 0.7. These results permit to envisage the FC as a suitable technique to evaluate VNA in sera from immunized animals and likely in human serum samples. Nevertheless, new studies comparing FC to gold-standard techniques are required for determining the FC values of Sensibility and Specificity
Descritores: Vírus da Raiva
Vacinas Antirrábicas
Citometria de Fluxo
Anticorpos Antivirais
-Raiva
Testes de Neutralização
Sensibilidade e Especificidade
Limites: Animais
Cães
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Megid, J
Curi, P. R
Texto completo
Id: lil-236052
Autor: Megid, J; Peracoli, M. T. S; Curi, P. R; Zanetti, C. R; Cabrera, W. H; Vassao, R; Ito, F. H.
Título: Effect of bacillus of Calmette-Guerin, avridine and Propionibacterium acnes as immunomodulators on rabies in mice
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;41(2):107-14, mar.-abr. 1999. tab.
Idioma: en.
Resumo: Avaliou-se a resposta imune celular e humoral de camundongos inoculados com virus rabico de rua e submetidos aos imunomoduladores Onco-BCG, avridina e Propionibacterium acnes. Os animais submetidos ao tratamento com P. acnes apresentaram um maior percentual de sobrevivencia quando comparados aos dos demais tratamentos. Foram observados menores niveis de IFN-gama nos animais infectados, sugerindo imunossupressao viral. O teste do Coxim Plantar nao foi eficaz para a deteccao da resposta de hipersensibilidade retardada na metodologia utilizada, contrariamente ao MIF. A sobrevivencia dos animais nao apresentou correlacao com os niveis de anticorpos soroneutralizantes, concentracao de IFN-gama e resposta ao MIF
Descritores: Propionibacterium acnes/isolamento & purificação
Raiva/terapia
Adjuvantes Imunológicos/uso terapêutico
-Vacinas Antirrábicas/uso terapêutico
Interferons/uso terapêutico
Hipersensibilidade Tardia
Imunidade Celular
Mycobacterium bovis/efeitos dos fármacos
Formação de Anticorpos
Testes de Neutralização
Limites: Animais
Camundongos
Feminino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  6 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Piza, Adriana Souza de Toledo
Chaves, Luciana Botelho
Zanetti, Carlos Roberto
Texto completo
Id: lil-236726
Autor: Piza, Adriana Souza de Toledo; Santos, Jair Licio Ferreira; Chaves, Luciana Botelho; Zanetti, Carlos Roberto.
Título: ELISA suitable for the detection of rabies virus antibodies in serum samples from human vaccinated with either cell-culture vaccine or suckling-mouse-brain vaccine
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;41(1):39-43, Jan.-Feb. 1999. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: O metodo imunoenzimatico (ELISA) foi adaptado para quantificar anticorpos anti-rabicos em soros de pessoas previamente imunizadas. Foi utilizado como antigeno, particulas virais purificadas inativadas, e como conjugado, Proteina A conjugada a peroxidase. Foram testados soros de pessoas vacinadas com vacina de cultura celular ou com vacina produzida em cerebro de camundongo. Os resultados foram comparados a aqueles obtidos pela prova de soroneutralizacao em cultura celular. A media e o desvio padrao foram calculados para 126 soros negativos e para 73 soros de pessoas vacinadas mas com titulo menor que 0,5 UI/ml. Foi proposta a adocao de uma regiao de duvida, levando a uma diminuicao de resultados falso positivos. A sensibilidade, especificidade e concordancia do teste foram respectivamente: 87,5 por cento, 92,4 por cento e 88,5 por cento. Nao foram observadas diferencas significativas quando comparados os resultados dos individuos vacinados com uma ou outra vacina utilizada...
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Vacinas Antirrábicas/imunologia
-Sensibilidade e Especificidade
Técnicas de Cultura de Células
Camundongos/imunologia
Anticorpos/imunologia
Testes de Neutralização
Vírus da Raiva/imunologia
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  7 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Zanetti, Carlos Roberto
Chamelet, Esther Luiza Bocato
Texto completo
Id: lil-102045
Autor: Zanetti, Carlos Roberto; Tino, Milene Silva; Chamelet, Esther Luiza Bocato; Ishizuka, Masaio Mizuno; Pereira, Octavio Augusto de Carvalho.
Título: Simplification of immune adherence hemagglutination test for detection of rabies antibodies in human serum
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;31(5):341-5, set.-out. 1989. tab.
Idioma: en.
Resumo: A Reaçäo de Hemaglutinaçäo por Imunoaderência foi padronizada de maneira simplificada, para detecçäo de anticorpos rábicos em soros humanos. Esta reaçäo mostrou grande reprodutibilidade, maior que a apresentada pela clássica prova de soroneutralizaçäo em camundongos (SN). Ambas as provas mostraram alto grau de correlaçäo, ou seja, altos títulos em uma reaçäo correspondeu a altos títulos na outra; o mesmo ocorreu em relaçäo aos títulos baixos. A reaçäo de Hemaglutinaçäo por Imunoaderência, além de ser de execuçäo extremamente simples e rápida, tem custo bem menor se comparada a provas como a soroneutralizaçäo ou a imunofluorescência indireta. Pode, portanto, ser de grande utilidade em laboratórios com poucos recursos ou mesmo ser utilizada como uma prova de triagem para a titulaçäo de anticorpos rábicos
Descritores: Reação de Imunoaderência
Anticorpos Antivirais/análise
Testes de Neutralização
Vírus da Raiva/imunologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-140043
Autor: Iversson, L. B; Travassos da Rosa, A. P. A; Rosa, M. D. B; Lomar, A. V; Sasaki, M. da G. M; LeDuc, J. W.
Título: Infecçäo humana por Hantavirus no sul e sudeste do Brasil / Human infection by Hantavirus in southern and southeastern Brazil
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);40(2):85-92, abr.-jun. 1994. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Descrevem-se os resultados de inquérito sorológico para pesquisa de anticorpos de Hantavírus conduzido de fevereiro de 1986 a agosto de 1990, em grupos populacionais humanos dos Estados de Säo Paulo e Paraná, que apresentavam estreito contato com ratos urbanos ou com roedores e outros pequenos mamíferos silvestres. OBJETIVO. Identificar infecçäo humana causada por Hantavírus, agentes etiológicos da febre hemorrágica com síndrome renal. MÉTODOS. Os soros de 1.063 pessoas foram examinados com técnica imunoenzimática para detecçäo de anticorpos IgG e IgM utilizando-se antígenos dos vírus Hantaan, Seoul e Puumala. Nos soros positivos realizou-se teste de neutralizaçäo com reduçäo em placa para os mesmos antígenos e imunofluorescência indireta para o antígeno do vírus Hantaan. RESULTADOS. Observou-se presença de anticorpos anti-Hantavirus em 32 pessoas, evidenciados por testes imunoenzimáticos e de imunofluorescência. Em cinco delas foram positivos os testes de neutralizaçäo com reduçäo em placa (três para o vírus Scoul e dois para o vírus Pumala). Uma dessas pessoas apresentou alto título em todos os testes para o vírus Seoul. Trata-se de um morador da zona rural da regiäo do vale do Ribeira, que nasceu, sempre viveu no local e nunca viajou para fora do Estado de Säo Paulo. CONCLUSOES. Há evidências sorológicas de infecçäo causada por Hantavírus em moradores de área rural da Ilha do Amparo, Baia de Paranaguá, e da regiäo do Vale do Ribeira, Estado de Säo Paulo, em portuários de Paranaguá, Estado do Paraná, e em doentes internados com suspeita de leptospirose no Hospital Emílio Ribas, Säo Paulo
Descritores: Infecções por Hantavirus/diagnóstico
-Brasil
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Imunofluorescência
Testes de Neutralização
Limites: Ratos
Humanos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cabello, Pedro Hernán
Texto completo
Id: lil-320153
Autor: Matos, Denise Cristina Souza; Marcovistz, Rugimar; Cabello, Pedro Hernan; Georgini, Ricardo Amaral; Sakauchi, Dirce; Silva, Luciana Leite da.
Título: Immunogenicity test of tetanus component in adsorbed vaccines by toxin binding inhibition test
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;97(6):909-913, Sept. 2002. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Samples from 20 lots of diphtheria-tetanus (adult use dT) vaccine and from 20 lots of diphtheria-tetanus-pertussis (DTP) vaccine were used to standardize and validate the in vitro toxin binding inhibition (ToBI) test for the immunogenicity test of the tetanus component. The levels of tetanus antitoxin obtained by ToBI test were compared to those obtained using the toxin neutralization (TN) test in mice routinely employed to perform the quality control of the tetanus component in adsorbed vaccines. The results ranged from 1.8 to 3.5 IU/ml for dT and 2 to 4 IU/ml for DTP by ToBI test and 1.4 to 3 IU/ml for dT and 1.8 to 3.5 IU/ml for DTP by TN in mice. These results were significantly correlated. From this study, it is concluded that the ToBI test is an alternative to the in vivo neutralization procedure in the immunogenicity test of the tetanus component in adsorbed vaccines. A substantial refinement and a reduction in use of animals can be achieved
Descritores: Antitoxina Tetânica
Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche
Vacina contra Difteria e Tétano
-Controle de Qualidade
Toxina Tetânica
Testes de Neutralização
Toxoide Diftérico
Antitoxina Tetânica
Toxoide Tetânico
Camundongos Endogâmicos BALB C
Limites: Animais
Cobaias
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 141 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-326286
Autor: Piza, A. T; Pieri, K. M. S; Lusa, G. M; Caporale, G. M. M; Terreran, M. T; Machado, L. A; Zanetti, C. R.
Título: Effect of the contents and form of rabies glycoprotein on the potency of rabies vaccination in cattle
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;97(2):265-268, Mar. 2002. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: One of the methods used for controlling cattle rabies in Brazil consists of vaccination. Sometimes, however, rabies occurs in cattle supposedly protected. Since rabies vaccine batches are officially controlled by tests performed on laboratory animals, it is questionable whether the minimal mandatory requirements really correspond to immunogenicity in the target species. We have analyzed the association among potencies of rabies vaccines tested by the NIH test, the contents and form (free-soluble or virus-attached) of rabies glycoprotein (G) in the vaccine batches, and the virus-neutralizing antibodies (VNA) titers elicited in cattle. No correlation was found between G contents in the vaccine batches and the NIH values, whatever the presentation of G. There was no correlation either between NIH values and VNA titers elicited in cattle. There was, however, a positive correlation (r = 0.8681; p = 0.0001) between the amounts of virion-attached G present in the vaccine batches and VNA elicited in cattle. This was not observed when the same analysis was performed with total-glycoprotein or free-soluble glycoprotein. The study demonstrated that NIH values can not predict the effect of the immunogen in cattle. On the other hand, the quantification of virus-attached rabies glycoprotein has a strong correlation with VNA elicited in cattle
Descritores: Vírus da Raiva
Vacinas Antirrábicas
Glicoproteínas
Anticorpos Antivirais
-Raiva
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Testes de Neutralização
Vacinas Antirrábicas
Glicoproteínas
Anticorpos Antivirais
Limites: Animais
Bovinos
Camundongos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde