Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.370 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 155 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 155 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-830408
Autor: Speranza Sánchez, M; Quintero, A Adames; Benavides Santos, A; Paulino, A; González, B; Brenes Umaña, CD; Quesada Chaves, D; Rodríguez, IB; Castillo Chaves, G; Solís Barquero, JP; Bulnes García, LR; Fuentes, JM; Barahona Mendoza, M; Fausto, SR; Echeverría Correa, LE; Iglesias, RM.
Título: Primer Consenso Centroamericano y El Caribe de Sociedades de Cardiología para el diagnóstico y manejo de la Falla Cardíaca / First Central American and Caribbean Consensus of Cardiology Societies for the diagnosis and management of Heart Failure
Fonte: Rev. costarric. cardiol;17(1/2):5-49, ene.-dic. 2015. tab, ilus.
Idioma: es.
Descritores: Comorbidade
Conferência de Consenso
Gerenciamento Clínico
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Cardiologistas
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Insuficiência Cardíaca/epidemiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Conferência de Consenso
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  2 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1077406
Autor: Munhoz, Fernando Pravato; Gallo, Lilim Bertha Navarro; Puzzi, Marcelo Aguilar; Carvalho, Murilo Jardim de; Araújo, Roberta Rodrigues Nolasco de.
Título: Papel dos métodos diagnósticos não invasivos na avaliação dos pacientes multiarteriais coronarianos / Papel dos métodos diagnósticos não invasivos na avaliação dos pacientes multiarteriais coronarianos.
Fonte: São Paulo; IDPC; 2010. 103 p.
Idioma: pt.
Resumo: As doenças cardiovasculares ainda são a primeira causade morte no Brasil. A avaliação precoce eficaz destes indivíduos pelos métodos não-invasivos pode auxiliar no manuseio clínico adequado diminuindo o risco de eventos adversos. Nessa monografia revisaremos o papel dos métodos diagnósticos não invasivos na doença multiarterial coronariana. Tentaremos, ainda, modificar o conceito da limitação da cintilografia de perfusão miocárdica no paciente multiarterial.A doença arterial coronariana (DAC) é considerda basicamente uma doença inflamatória e com sua evolução crônica , vários graus de obstruçãoe restrição do fluxocoronariano podem ocorrer. A metodologia do Escore de Cálcio (EC) vai demonstrar alterações muto precoces nessa evolução: depósitos de cálcio na coronária...
Descritores: Cintilografia
Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico
Doença das Coronárias
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular/mortalidade
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  3 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1074431
Autor: CIPULLO, Reginaldo; Marcílio, Claúdia Stéfani.
Título: Interpretação de exames laboratoriais / Interpretation of laboratory
Fonte: In: Magnoni, Daniel; Stefanuto, Aline; Kovacs, Cristiane. Nutrição ambulatorial em Cardiologia. São Paulo, Sarvier, 2007. p.23-49.
Idioma: pt.
Descritores: Anamnese
Exames Médicos/métodos
Exames Médicos/prevenção & controle
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Técnicas de Laboratório Clínico
-Anemia
Doenças da Glândula Tireoide
Enzimas
Nefropatias
Triglicerídeos
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  4 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1069849
Autor: Assef, Jorge Eduardo; Maldonado, Mercedes; Andrade, Cléber de Mesquita; Mascena, Guilherme Veras; Pontes Júnior, Sérgio Cunha Pontes.
Título: O Ecocardiogarma na Avaliação das Valvopatias / The ecocardiography in valvopathies avaluation
Fonte: In: Meneghelo, Zilda; Ramos, Auristela Isabel de Oliveira; Meneghelo, Zilda. Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. BrasilRamos, Auristela Isabel de Oliveira. Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Brasil. Lesões das Valvas Cardícas do Diagnóstico ao Tratamento. São Paulo, Atheneu, 2007. p.69-107, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As doenças valvares e suas implicações clínicas permanecem, nos dias atuais,um desafio para a prática médica. Apesar dos grandes avanços nas técnicas diagnósticas por imagem, a análise quantitativa da gravidade das lesões valvares ainda é motivo de controvérsia e de difícil uniformização. Com suas diversas modalidades, é o método de escolha na avaliação das doenças valvares, devido ao baixo custo e à facil realização. A ecocardiografia uni e bidimensional permite o estudo da geometria espacial do coração e a interrelação anatômica entre as diversas estruturas intra e extracardíacas, a avaliação do tamanho das cavidades e função ventricular, presença de trombos intracavitários, fornecendo informações importantes para o manejo correto dos portadores de doença valvar...
Descritores: Doenças das Valvas Cardíacas
Ecocardiografia
Ecocardiografia Doppler
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  5 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1068828
Autor: Ferraz, Almir Sérgio.
Título: Efeitos do treinamento físico de alta e baixa intensidades em pacientes com insuficiência cardíaca / Effects of low and high intensity exercise training in patients with chronic heart failure.
Fonte: São Paulo; s.n; 2002. 124 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O exercício físico vem sendo recomendado como coadjuvante no tratamento da insuficiência cardíaca crônica e, apesar do consenso quanto ao ganhos funcionais, sua aplicação clínica ainda é restrita. Os estudos randomizados disponíveis são ainda pequenos e não uniformes quanto à intensidade dos exercícios a serem aplicados. O objetivo primário do presente estudo foi testar duas intensidades de treinamento físico, que diferiam pela presença ou não de acidose metabólica com base no limiar anaeróbico, e analisar seus efeitos na capacidade funcional e na idinâmica dos gases expirados. Como objetivos secundários, analisaram-se as influências dessas intensidades nos níveis sangüíneos de lactato e do peptídeo natriurético tipo B, na variabilidade da freqüência cardíaca, na função e dimensões cardíacas, na capacidade oxidativa muscular esquelética e na qualidade de vida. Estudaram-se 31 homens com idade de 36 a 70 anos com miocardiopatia dilatada de etiologia não-isquêmica, em classe funcional II ou III (New York Heart Association), que foram randomizados em três grupos: exercícios de alta intensidade (n = 11), baixa intensidade (n = 9) e controle (n = 10), com fração de ejeção (média ± erro-padrão) de 26 ± 1%, 31 ± 3% e 27 ± 2%, respectivamente. Todos estavam com medicação otimizada, que não foi modificada durante o estudo. Os pacientes foram submetidos antes e depois do estudo a teste cardiopulmonar máximo em esteira, teste de caminhada de seis minutos em corredor, teste cardiopulmonar de caminhada de seis minutos em esteira, determinação da curva de lactato, dosagem do peptídeo natriurético tipo B em repouso e no pico do exercício, eletrocardiografia dinâmica de 24 horas, ecocardiografia de repouso, biópsia muscular esquelética e escore de qualidade de vida (Minnesota). O programa de treinamento foi supervisionado com três sessões semanais e duração média de seis meses. Envolvia exercícios dinâmicos prescritos com base no teste cardiopulmonar máximo; no grupo de baixa intensidade, eram limitados pela freqüência cardíaca no limiar anaeróbico, e, no de alta, pela freqüência cardíaca no ponto de compensação respiratória. O grupo controle foi apenas acompanhado, sem prescrição de exercícios.
Descritores: Biópsia/métodos
Frequência Cardíaca
Insuficiência Cardíaca/reabilitação
Terapia por Exercício/métodos
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular/tendências
-Músculo Esquelético/enzimologia
Qualidade de Vida
Seguimentos
Limites: Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Gatos
Bovinos
Embrião de Galinha
Cães
Cobaias
Cricetinae
Cricetinae
Cricetinae
Camundongos
Coelhos
Ratos
Animais
Humanos
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1; TWG141.5.E9, F381e, 2002


  6 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1051265
Autor: Cardoso, Fernanda Nardy; Domingues, Tânia Arena Moreira; Silva, Sidnei Seganfredo; Lopes, Juliana de Lima.
Título: Fatores de risco cardiovascular modificáveis em pacientes com hipertensão arterial sistêmica / Modifiable cardiovascular risk factors in patients with systemic arterial hypertension / Factores de riesgo cardiovascular modificables en pacientes con hipertensión arterial sistémica
Fonte: REME rev. min. enferm;24:e-1275, fev.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar os fatores de riscos modificáveis de pacientes com hipertensão arterial sistêmica e relacioná-los às características sociodemográficas e clínicas. Métodos: estudo transversal e correlacional realizado em pacientes com hipertensão arterial sistêmica. Os fatores de risco analisados foram obesidade, consumo excessivo de sal, sedentarismo, consumo de bebida alcoólica, tabagismo, estresse e apneia do sono. A obesidade foi analisada pelo índice de massa corporal e medida da circunferência abdominal, o consumo de sal e o sedentarismo pelo relato dos pacientes, as desordens relacionadas ao consumo de álcool pelo Alcohol Use Disorders Indentification Test, o tabagismo pelo relato dos pacientes e pelo Questionário de Fagerström, o estresse pela Escala de Estresse Percebido e a apneia do sono pelo Questionário de Berlim. As variáveis sociodemográficas e clínicas analisadas foram idade, sexo, raça, escolaridade, estado civil, renda familiar, moradia, número de filhos e de conviventes e ocupação profissional. Resultados: foram avaliados 106 pacientes; 85 eram obesos, 73 sedentários, 71 apresentavam alto risco para apneia obstrutiva do sono e 25 faziam uso de álcool. A média do escore de desordens devido ao álcool foi de 0,83+2,8 pontos, do consumo de sal foi de 3,95 gramas, do estresse foi de 14,2+7,6 pontos e da dependência de nicotina foi de 3,00+1,7 pontos. Obesidade, sedentarismo, uso de bebida alcoólica, consumo de sal e estresse relacionaram-se a algumas variáveis sociodemográficas. Conclusão: ações preventivas devem ser adotadas para que haja mudança no estilo de vida desses pacientes e, consequentemente, redução de complicações e de outras doenças cardiovasculares.(AU)

Objective: to identify the modifiable risk factors of patients with systemic arterial hypertension and to relate them to sociodemographic and clinical characteristics. Methods: cross-sectional and correlational study carried out in patients with systemic arterial hypertension. The risk factors analyzed were obesity, excessive salt consumption, physical inactivity, alcohol consumption, smoking, stress and sleep apnea. Obesity was analyzed by body mass index and measurement of waist circumference, salt consumption and physical inactivity by patients' reports, disorders related to alcohol consumption by the Alcohol Use Disorders Identification Test, smoking by patients' reports and Fagerström Questionnaire, stress by the Perceived Stress Scale and sleep apnea by the Berlin Questionnaire. The sociodemographic and clinical variables analyzed were age, sex, race, education, marital status, family income, housing, number of children and cohabitants and professional occupation. Results: 106 patients were evaluated; 85 were obese, 73 were sedentary, 71 were at high risk for obstructive sleep apnea and 25 were using alcohol. The average score of disorders due to alcohol was...(AU)

Objetivo: identificar los factores de riesgo modificables de pacientes con hipertensión arterial sistémica y relacionarlos con características sociodemográficas y clínicas. Métodos: estudio transversal y correlacional realizado en pacientes con hipertensión arterial sistémica. Los factores de riesgo analizados fueron obesidad, consumo excesivo de sal, inactividad física, consumo de alcohol, tabaquismo, estrés y apnea del sueño. La obesidad se analizó mediante el índice de masa corporal y la medición de la circunferencia de la cintura, el consumo de sal y la inactividad física según los informes de los pacientes, los trastornos relacionados con el consumo de alcohol mediante el test para la identificación de trastornos por uso de alcohol (AUDIT), el tabaquismo según los informes de los pacientes y el cuestionario de Fagerström, estrés por la escala de estrés percibido y apnea del sueño por el cuestionario de Berlín. Las variables sociodemográficas y clínicas analizadas fueron edad, sexo, raza, educación, estado civil, ingresos familiares, vivienda, número de hijos y convivientes y ocupación profesional. Resultados: se evaluaron 106 pacientes; 85 eran obesos, 73 eran sedentarios, 71 tenían un alto riesgo de apnea obstructiva del sueño y 25 usaban alcohol. El puntaje promedio de los trastornos debidos al alcohol fue de 0,83 + 2,8 puntos, el consumo de sal fue de 3,95 gramos, el estrés fue de 14,2 + 7, 6 puntos y la dependencia de la nicotina fue 3,00 + 1,7 puntos. La obesidad, la inactividad física, el uso de alcohol, el consumo de sal y el estrés se relacionaron con algunas variables sociodemográficas. Conclusión: deben tomarse medidas preventivas para cambiar el estilo de vida de estos pacientes y, en consecuencia, reducir las complicaciones y demás enfermedades cardiovasculares. (AU)
Descritores: Fatores de Risco
Enfermagem Cardiovascular
Hipertensão
Hipertensão/prevenção & controle
-Fatores Socioeconômicos
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  7 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-788032
Autor: Soares, Antonio Henrique Germano; Farah, Breno Quintella; Cucato, Gabriel Grizzo; Bastos-Filho, Carmelo José Albanez; Christofaro, Diego Giulliano Destro; Vanderlei, Luiz Carlos Marques; Lima, Aluísio Henrique Rodrigues de Andrade; Ritti-Dias, Raphael Mendes.
Título: Is the algorithm used to process heart rate variability data clinically relevant? Analysis in male adolescents / O algoritmo utilizado para processamento de dados da variabilidade da frequência cardíaca é clinicamente relevante? Análise em adolescentes do gênero masculino
Fonte: Einstein (Säo Paulo);14(2):196-201tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To analyze whether the algorithm used for the heart rate variability assessment (fast Fourier transform versus autoregressive methods) influenced its association with cardiovascular risk factors in male adolescents. Methods This cross-sectional study included 1,152 male adolescents (aged 14 to 19 years). The low frequency, high frequency components (absolute numbers and normalized units), low frequency/high frequency ratio, and total power of heart rate variability parameters were obtained using the fast Fourier transform and autoregressive methods, while the adolescents were resting in a supine position. Results All heart rate variability parameters calculated from both methods were different (p<0.05). However, a low effect size (<0.1) was found for all parameters. The intra-class correlation between methods ranged from 0.96 to 0.99, whereas the variation coefficient ranged from 7.4 to 14.8%. Furthermore, waist circumference was negatively associated with high frequency, and positively associated with low frequency and sympatovagal balance (p<0.001 for both fast Fourier transform and autoregressive methods in all associations). Systolic blood pressure was negatively associated with total power and high frequency, whereas it was positively associated with low frequency and sympatovagal balance (p<0.001 for both fast Fourier transform and autoregressive methods in all associations). Body mass index was negatively associated with high frequency, while it was positively associated with low frequency and sympatovagal balance (p values ranged from <0.001 to 0.007). Conclusion There are significant differences in heart rate variability parameters obtained with the fast Fourier transform and autoregressive methods in male adolescent; however, these differences are not clinically significant.

RESUMO Objetivo Analisar se o algoritmo usado para avaliação da variabilidade da frequência cardíaca (transformada rápida de Fourier versus autoregressivo) influencia em sua associação com fatores de risco cardiovascular adolescentes do gênero masculino. Métodos Estudo transversal, que incluiu 1.152 adolescentes do gênero masculino (14 a 19 anos). Componentes de baixa e alta frequência (absolutos e unidades normalizadas), razão componente de baixa frequência/componente de alta frequência e poder total da variabilidade da frequência cardíaca foram obtidos em repouso, na posição supina, usando os métodos transformada rápida de Fourier e autorregressivo. Resultados Todos os parâmetros da variabilidade da frequência cardíaca para ambos os métodos foram diferentes (p<0,05). Entretanto, um pequeno tamanho do efeito (<0,1) foi observado para todos os parâmetros. Os coeficientes de correlação intraclasse entre os métodos variaram de 0,96 a 0,99, enquanto os coeficientes de variação foram de 7,4 a 14,8%. A circunferência abdominal foi negativamente associada com o componente de alta frequência, e positivamente associada com o componente de baixa frequência e o balanço simpatovagal (p<0,001 para a transformada rápida de Fourier e o autorregressivo em todas as associações). A pressão arterial sistólica foi negativamente associada com o poder total e o componente de alta frequência, enquanto foi positivamente associada com o componente de baixa frequência e o balanço simpatovagal (p<0,001 para a transformada rápida de Fourier e o autorregressivo em todas as associações). O índice de massa corporal foi negativamente associado com o componente de alta frequência, enquanto foi positivamente associado com o componente de baixa frequência e o balanço simpatovagal (valores de p variando de <0,001 a 0,007). Conclusão Houve diferenças significantes nos parâmetros da variabilidade da frequência cardíaca obtidos com os métodos transformada rápida de Fourier e autorregressivo em adolescentes masculinos, mas essas diferenças não foram clinicamente significativas.
Descritores: Algoritmos
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular/normas
Frequência Cardíaca/fisiologia
-Índice de Massa Corporal
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Circunferência da Cintura/fisiologia
Pressão Arterial/fisiologia
Análise de Fourier
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-247805
Autor: Posso, Maria Belén Salazar.
Título: Semiologia e semiótica de enfermagem / Semiology and semiotechnical of nursing.
Fonte: Säo Paulo; Atheneu; 1999. 181 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Diagnóstico de Enfermagem
Exame Físico/enfermagem
-Sistema Respiratório
Axila
Sistema Urogenital
Mama
Sistema Digestório
Cuidados de Enfermagem
Cabeça
Exame Neurológico/enfermagem
Medição da Dor/enfermagem
Pescoço
Sistema Musculoesquelético
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular/enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; WY100.4, POSE


  9 / 155 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038670
Autor: Veiga, D. C; Santos, G. C; Sousa, M. G.
Título: Correlação entre a deflexão intrinsecoide, classificação clínica e parâmetros ecocardiográficos em cães com degeneração mixomatosa valvar mitral / Correlation between intrinsecoid deflection, clinical classification and echocardiographic parameters in dogs with degenerative mitral valve myxomatosis
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(5):1506-1512, set.-out. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A degeneração mixomatosa valvar mitral (DMVM) costuma ser diagnosticada pelo ecocardiograma, porém o eletrocardiograma (ECG) pode sugerir alterações específicas e auxiliar no diagnóstico e no tratamento. A deflexão intrinsecóide (DI) é uma medida simples do ECG, que representa o início da despolarização ventricular e pode indicar a presença de sobrecargas e hipertrofia no ventrículo esquerdo. O objetivo deste trabalho é comparar dados prévios sobre condição clínica e ecocardiograma de cães com endocardiose de mitral e o valor da deflexão intrinsecóide do ECG, para buscar uma relação de concordância. Foram selecionados os arquivos de 45 cães anteriormente atendidos na rotina clínica do HV-UPFR. A estatística mostrou diferença relevante nos grupos B1, B2 e C nas derivações D2, D3, aVF, rV, V2 e V4 (P<0,05), o que permitiu classificá-los de acordo com o tamanho da DI, e esse resultado correspondeu à classificação do consenso de endocardiose de mitral em cães nesses estágios. Concluiu-se que há um aumento gradativo no valor da DI à medida que a DMVM avança, principalmente nos estágios B1, B2 e C, associado à sobrecarga e à hipertrofia ventricular esquerda, portanto esse parâmetro pode ser usado na classificação da doença.(AU)

The mitral valve myxomatous degeneration (DMVM) is usually diagnosed by echocardiography, however, electrocardiogram (ECG) may suggest specific alterations and aid diagnosis and treatment. Intrinsicoid deflection (DI) is a simple ECG measure that represents the onset of ventricular depolarization and may indicate the presence of overload and hypertrophy in the left ventricle. The objective of this study is to compare previous data on clinical condition and echocardiogram of dogs with mitral endocardiosis and the value of the intrinsicoid deflection from ECG to obtain a concordance relation. The archives of 45 previously examined dogs in the clinical routine of HV-UFPR were selected. The statistic showed a significant difference in groups B1, B2 and C in leads D2, D3, aVF, rV, V2 and V4 (P< 0,05), which allowed to classify them according to the DI size, and this result corresponded to the consensus classification of mitral endocardiosis in dogs at these stages. It was concluded that there is a gradual increase in the value of DI as DMVM progresses, especially in stages B1, B2 and C, associated with left ventricular overload and hypertrophy, so this parameter can be used to classify the disease.(AU)
Descritores: Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular/veterinária
Eletrocardiografia/veterinária
Doenças das Valvas Cardíacas/diagnóstico
Doenças das Valvas Cardíacas/veterinária
Valva Mitral
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 155 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729298
Autor: Pinto, Ibraim Masciarelli Francisco; Garcia, Tiago Senra; Gospos, Maximilian.
Título: Uso racional dos exames de imagem na avaliação do coração de atleta / Cardiac image in the evaluation of the athlete's heart
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(1):76-83, jan.-mar. 2014. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A intensa atividade física em treinamentos e competições, particularmente nos esportes profissionais, exige importantes adaptações por parte das câmaras cardíacas e levam o coração a trabalhos extremos, que podem gerar arritmias, além de outros sintomas cardíacos. Por outro lado, as condições intensas de funcionamento cardíaco podem fazer com que doenças cardíacas incipientes se manifestem. Estas condições fazem com que a avaliação do atleta com suspeita de cardiopatias seja cuidadosa e, muitas vezes, inclua a realização de exames de imagem. A interpretação dos resultados destes exames, porém, pode não ser muito simples, pois muitas das mudanças que se seguem à constante prática de esportes ainda não são totalmente conhecidas e elas podem variar de acordo com as características genéticas, de sexo, etnia, tipo de treino e esporte praticado. Deve-se considerar, também, que o uso indiscriminado de exames de imagem pode gerar custos elevados e também à suspensão desnecessária da prática de esportes, que, por sua vez, carregam consigo elevado impacto social e pessoal. Neste artigo, propomos o uso integrado e racional destas tecnologias, sempre consideradas após a suspeição de cardiopatias. Além do ecocardiograma, a ressonância, em especial ao se pesquisar doenças musculares e para buscar fibrose miocárdica, como a tomografia, em especial diante da suspeita de doença coronária obstrutiva ou por origem anômala destes vasos, podem auxiliar na tomada de decisão correta em cada caso individualizado.

The intense physical activity in training and competitions mainly in professional sports require important adaptations of the heart chambers and take the heart to extreme work which can cause arrhythmias and other cardiac symptoms.Therefore, intense heart work can cause heart disease. Do to this fact, it is important to be careful when assessing athletes with suspected cardiopathies and often the performance of imaging tests is required. Interpretation of the results of these tests, however, may not be so simple because many of the alterations that follow the constant practice of sports are not yet fully known, and they may vary according to the genetic characteristics of gender, ethnicity, type of training, and sports practiced. One should consider, too, that the indiscriminated use of imaging tests can generate high costs and unnecessary discontinuation of the practice of sports, which eventually will cause high social and personal impacto This article proposes integrated and rational use of these technologies, always after suspicion of heart diseases. Besides ECHO, MRI is fundamental especially when searching muscular diseases and myocardial fibrosis. Whereas, CT can assist in making the right decision particularly on the suspicion of coronary obstructive disease or for the anomalous origin of these vessels.
Descritores: Atividade Motora
Atletas
Diagnóstico por Imagem/métodos
Doenças Cardiovasculares/diagnóstico
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
-Cardiopatias
Ecocardiografia/métodos
Imagem por Ressonância Magnética
Ventrículos do Coração/anormalidades
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde