Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.376.300.150 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-977836
Autor: Silva, Vernon Furtado da; Calomeni, Maurício Rocha; Borges, Célio José; Militão, Angeliete Garces; Freire, Ivete de Aquino; Simões, Kaliny Monteiro; Arêas Neto, Nilo Terra; Silva, Patrícia Bagno da; Cabral, Patrícia Uchoa Leitão; Valentim-Silva, João Rafael.
Título: Children with ADHD shown different alpha, beta and SMR EEG bands during habil motor tasks with high attention demand / Crianças com TDAH exibem diferente perfil no EEG durante tarefas motoras que demandam atenção / Niños con TDAH exhiben diferente perfil de EEG durante tareas motoras que demandan atención
Fonte: Rev. bras. med. esporte;24(5):382-385, Sept.-Oct. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: ADHD probably affects more than 50% of schoolchildren, yet although characteristics such as inattention and/or hyperactivity and impulsiveness are clear, electrophysiological brain behavior during motor activity is not fully understood. OBJECTIVE: To investigate alpha, beta, and SMR band patterns on the EEG in children with Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) during attention-demanding motor skills tasks. METHODS: Fourteen children with a mean age of 9.64±1.74 years divided into diagnosed and undiagnosed with ADHD underwent an EEG at rest and during task performance with attentional demand. Alpha, SMR and beta waves were observed on the EEG. Data were evaluated using the Shapiro-Wilk test in order to determine data normality. ONE WAY ANOVA and Tukey's post hoc tests were used to determine intragroup and intergroup differences, and the Pearson (r) and Spearman (p) correlations were used to determine correlations. All treatments had a significance of 5%. RESULTS: The ADHD and N-ADHD groups showed no difference in cortical alpha, beta and SMR bands at rest, but there were differences in cortical behavior during activity. The cortical activity correlation coefficient (0.30) differed from undiagnosed children (0.70). CONCLUSION: The ADHD group had a low correlation coefficient between rest and activity, contrary to the N-ADHD group. In the intergroup comparison, ADHD had higher alpha, beta and SMR band output power during the same high attentional task when compared with N-ADHD. Level of Evidence III.

INTRODUÇÃO: O TDAH afeta, provavelmente, mais de 50% crianças em idade escolar, porém, embora características como falta de atenção e/ou hiperatividade e impulsividade sejam claras, o comportamento eletrofisiológico do cérebro durante atividades motoras não é bem entendido. OBJETIVO: Investigar o padrão das bandas Alfa, Beta e SMR no EEG de crianças com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), durante tarefas motrizes com alta demanda de atenção. MÉTODOS: Catorze crianças com média de idade de 9,64 ± 1,74 anos, divididas nos grupos diagnosticadas e não diagnosticadas com TDAH, realizaram EEG em repouso e durante o desempenho de tarefa com demanda de atenção. As ondas Alfa, SMR e Beta foram observadas no EEG. Os dados foram avaliados pelo teste de Shapiro-Wilk para determinar a normalidade dos dados. Os teste ANOVA one-way e post hoc de Tukey foram usados para determinar as diferenças intragrupo e intergrupo, e a correlação de Pearson (r) e Spearman (p) foram usadas para determinar as correlações. Todos os tratamentos tiveram significância de 5%. RESULTADOS: Os grupos TDAH e N-TDAH não apresentaram diferença na banda cortical Alfa, Beta e SMR em repouso, porém, durante a atividade, constataram-se diferenças do comportamento cortical. O índice de correlação da atividade cortical (0,30) foi diferente nas crianças não diagnosticadas (0,70). CONCLUSÃO: O grupo TDAH apresentou baixo índice de correlação entre repouso e atividade, diferentemente do grupo N-TDAH. Na comparação intergrupos, o TDAH apresentou maior potência de saída da banda Alfa, Beta e SMR durante a mesma tarefa de alta atenção em comparação com o N-TDAH. Nível de Evidência III.

INTRODUCCIÓN: El TDAH afecta probablemente a más del 50% de los escolares, pero aunque las características como la falta de atención y/o la hiperactividad e impulsividad sean entendidas como comportamiento electrofisiológico del cerebro durante las actividades motoras, esto no es bien entendido. OBJETIVO: investigar el patrón de las franjas de Alfa, Beta y SMR en el EEG en niños con trastorno de déficit de atención y de Hiperactividad (TDAH), durante tareas motrices con altas demandas de atención. MÉTODOS: catorce niños con promedio de edad de 9,64 ± 1,74 años, divididos en diagnosticados y no diagnosticados con TDAH, realizaron EEG durante el reposo y desempeño de la tarea motriz con alta demanda de atención. Las ondas Alfa, SMR y Beta se observaron en el EEG. Los datos fueron evaluados por el test de Shapiro-Wilk para determinar la normalidad. ANOVA ONE WAY y el test de Tukey fueron utilizados para determinar las diferencias intragrupo e intergrupo, así como también la correlación de Pearson (r) y Spearman (p) fueron usadas para determinar las correlaciones. Todos los tratamientos tuvieron un nivel de significancia del 5%. RESULTADOS: El TDAH y el N-TDAH no presentaron diferencias en la Franja Cortical Alfa, Beta y SMR durante el reposo, no obstante, al estar en actividad, el comportamiento cortical presentó diferencias. El índice de correlación de la actividad cortical (0,30) fue diferente de niños no diagnosticados (0,70). CONCLUSIONES: El TDAH presentó un bajo índice de correlación entre reposo y actividad, a diferencia del N-TDAH. En la comparación intergrupos, el TDAH presentó mayor potencia de salida de la franja Alfa, Beta y SMR durante la misma tarea de alta atención, en comparación con el N-TDAH. Nivel de Evidencia III.
Descritores: Desempenho Psicomotor
Atenção/fisiologia
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/diagnóstico
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/psicologia
Eletroencefalografia/métodos
Ondas Encefálicas
Atividade Motora/fisiologia
-Estudos Transversais
Análise de Variância
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ANGHINAH, RENATO
Texto completo
Id: biblio-891011
Autor: Ianof, Jéssica Natuline; Fraga, Francisco José; Ferreira, Leonardo Alves; Ramos, Renato Teodoro; Demario, José Luiz Carlos; Baratho, Regina; Basile, Luís Fernando Hindi; Nitrini, Ricardo; Anghinah, Renato.
Título: Comparative analysis of the electroencephalogram in patients with Alzheimer's disease, diffuse axonal injury patients and healthy controls using LORETA analysis / Análise comparativa do eletroencefalograma em pacientes com doença de alzheimer, lesão axonal difusa e controles saudáveis: e análise loreta
Fonte: Dement. neuropsychol;11(2):176-185, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: ABSTRACT Alzheimer's disease (AD) is a dementia that affects a large contingent of the elderly population characterized by the presence of neurofibrillary tangles and senile plaques. Traumatic brain injury (TBI) is a non-degenerative injury caused by an external mechanical force. One of the main causes of TBI is diffuse axonal injury (DAI), promoted by acceleration-deceleration mechanisms. Objective: To understand the electroencephalographic differences in functional mechanisms between AD and DAI groups. Methods: The study included 20 subjects with AD, 19 with DAI and 17 healthy adults submitted to high resolution EEG with 128 channels. Cortical sources of EEG rhythms were estimated by exact low-resolution electromagnetic tomography (eLORETA) analysis. Results: The eLORETA analysis showed that, in comparison to the control (CTL) group, the AD group had increased theta activity in the parietal and frontal lobes and decreased alpha 2 activity in the parietal, frontal, limbic and occipital lobes. In comparison to the CTL group, the DAI group had increased theta activity in the limbic, occipital sublobar and temporal areas. Conclusion: The results suggest that individuals with AD and DAI have impairment of electrical activity in areas important for memory and learning.

RESUMO A dooença de Alzheimer (DA) é uma demência que acomete uma grande parcela da população idosa e caracteriza-se pela presença de emaranhados neurofibrilares e placas senis. O traumatismo cranioencefálico (TCE) é uma lesão não degenerativa causada por uma força mecânica externa. Uma das principais causas de TCE é a lesão axonal difusa (LAD), causada por mecanismos de aceleração-desaceleração. Objetivo: Entender as diferenças dos mecanismos funcionais entre os grupos - DA e LAD do ponto de vista eletroencefalográfico. Métodos: Participaram deste estudo 56 indivíduos adultos. Destes, 20 com DA, 19 com LAD e 17 adultos saudáveis submetidos ao EEG de alta resolução com 128 canais. As fontes corticais dos ritmos do EEG foram estimadas pela análise por tomografia eletromagnética exata de baixa resolução (eLORETA). Resultados: A análise por eLORETA mostrou que, em comparação ao grupo controle (CTL), o grupo DA apresentou aumento da atividade teta nos lobos parietal e frontal e diminuição da atividade alfa 2 nos lobos parietal, frontal, límbico e occipital. Em comparação ao grupo CTL, o grupo LAD apresentou aumento da atividade teta nas áreas límbica, occipital sub-lobar e temporal. Conclusão: Os resultados sugerem que os indivíduos com DA e com LAD apresentam comprometimento da atividade elétrica em áreas importantes para a memória e aprendizagem.
Descritores: Lesão Axonal Difusa
Demência
Eletroencefalografia
Ondas Encefálicas
Doença de Alzheimer
Lesões Encefálicas Traumáticas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-604420
Autor: Dantas, Fábio Galvão; Cavalcanti, André Pinto; Maciel, Bruno Diego Rodrigues; Ribeiro, Clarissa Dantas; Charara, Gabriella Carvalho Napy; Lopes, Johnnatas Mikael; Martins Filho, Paulo Fernando; Ataíde Júnior, Luiz.
Título: Hemispheric assymetry of abnormal focal EEG findings / Assimetria hemisférica de anormalidades eletrencefalográficas focais
Fonte: J. epilepsy clin. neurophysiol;17(2):43-48, 2011. tab.
Idioma: en.
Resumo: Left and right cerebral hemispheres are morphologically similar, although they are functionally different. Focal EEG abnormalities should appear with an equal frequency in both of them, but the literature has reported a left predominance. We presented the first Latin American study on lateralization of focal EEG abnormalities. METHOD: We retrospectively studied 10,408 EEGs from April 2001 to April 2010. They were separated by age and gender to estimate the frequency of left-sided versus right-sided focal abnormalities (discharges or slow waves). Associated clinical features were also accessed. RESULTS: Discharges were more prevalent in left cerebral hemisphere, in temporal lobe, and a stronger lateralization was found among adults. Right-sided discharges occurred more in frontal lobe. Slow waves were also more prevalent in the left cerebral hemisphere and among adults. Among left-sided slow waves group, women were more prevalent. Contrarily, men were more observed among right-sided slow waves EEGs. Left-sided slow waves were more prevalent in temporal and parietal lobes. Contrarily, right-sided slow waves occurred more in frontal and occipital lobes. Epilepsy was the most frequent disease among the patients with focal discharges in both cerebral hemispheres. Right-sided slow waves were more associated to epilepsy, and left-sided slow waves were more associated to headache. CONCLUSION: There were significant differences between cerebral hemispheres on focal EEG abnormalities, considering lateralization, gender, age and clinical features. These results suggest a neurofuncional asymmetry between cerebral hemispheres which may be explained by different specificities, as well as by cerebral neuroplasticity.

Embora sejam morfologicamente semelhantes, os hemisférios cerebrais apresentam diferenças funcionais geneticamente determinadas. Ainda assim, anormalidades eletrencefalográficas focais deveriam ocorrer simetricamente numa população geral, embora a literatura tenha referido um predomínio à esquerda. Nosso objetivo é relatar o primeiro estudo latino-americano sobre uma grande série de EEGs, no intuito de observar se há lateralização de anormalidades focais. MÉTODO: Foram estudados retrospectivamente 10.408 EEGs, realizados de abril de 2001 a abril de 2010, os quais foram classificados de acordo com a presença de anormalidades focais específicas (descargas) e inespecíficas (ondas lentas focais). Os EEGs foram divididos de acordo com o gênero e a idade, e foram analisados achados clínicos associados. RESULTADOS: As descargas foram mais prevalentes no hemisfério cerebral esquerdo, no lobo temporal, observando-se uma lateralização mais forte entre os adultos. À direita, elas prevaleceram no lobo frontal. Ondas lentas focais prevaleceram também à esquerda e no lobo temporal, especialmente entre os adultos. Entre os que apresentaram ondas lentas à esquerda, observou-se maior prevalência entre as mulheres. Os homens prevaleceram entre os que apresentaram ondas lentas à direita. À esquerda, ondas lentas prevaleceram nos lobos temporal e parietal. À direita, nos lobos frontal e occipital. Epilepsia foi o achado clínico mais associado à presença de descargas em ambos os hemisférios cerebrais. Ondas lentas à direita foram mais associadas a epilepsia, enquanto que, à esquerda, elas foram mais associadas a cefaleia. CONCLUSÃO: Houve diferenças entre os hemisférios cerebrais quanto à lateralização das anormalidades focais, assim como entre os gêneros, faixas etárias analisadas e quadro clínico associado.
Descritores: Eletroencefalografia
-Ondas Encefálicas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-739256
Autor: Riccardi Sabatier, Yanitza; Caraballo Pons, Isabel; Miyares Cao, Carlos Manuel; Lago Mendoza, Guillermo; Lauzán Álvarez, Efreín.
Título: Programa Antiestrés de Sincronización Cerebral mediante estimulación visual / Anti-stress software of synchronization of brain wave by visual stimulation
Fonte: Rev. cuba. inform. méd;6(2):184-194, jul.-dic. 2014.
Idioma: es.
Resumo: Se presenta un programa computarizado que permite la sincronización de las ondas cerebrales mediante una estimulación visual, a una frecuencia similar a la actividad eléctrica del cerebro en estado de sedación, lo cual favorece la disminución de los niveles de estrés en los pacientes que acuden al Centro de Histoterapia Placentaria para tratar las patologías de Vitiligo, Psoriasis y Alopecia Areata. La aplicación informática fue programada en lenguaje Delphi 7.0 y cuenta con dos módulos para su ejecución. El efecto antiestrés se determinó a través de criterios observacionales y mediante la cuantificación de los niveles de concentración de adrenalina y cortisol en suero sanguíneo(AU)

A computer program that allows synchronization of brain waves by visual stimulation, similar to the electrical activity of the brain in a state of sedation frequently, which helps to reduce stress levels in patients who come to Placental Histotherapy Center to treat Vitiligo, Psoriasis and Alopecia Areata is presented. The computer application was programmed in the language Borland Delphi 7.0 and has two modules for its execution. The anti-stress effect was determined by observational criteria and the cuantification of levels of epinephrine and cortisol concentration in the blood serum(AU)
Descritores: Estresse Psicológico/etiologia
Linguagens de Programação
Design de Software
Técnicas de Diagnóstico Neurológico/psicologia
Ondas Encefálicas
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-904881
Autor: Melo, Gabriella Coelho Vieira De; Silva, Glenda Costa da; Fortes, Jefferson Pacheco Amaral; Nascimento Filho, Paulo Cezar do; Brasileiro, Ismênia de Carvalho; Santos Júnior, Francisco Fleury Uchoa.
Título: Equilíbrio estático por baropodometria em paciente com ataxia cerebelar após tratamento com neurofeedback / Static balance by baropodometry in patient with cerebellar ataxia post neurofeedback therapy
Fonte: Fisioter. Bras;18(2):f: 249-I: 256, 2017000.
Idioma: pt.
Resumo: O Neurofeedback é um aparelho que consegue detectar padrões de ondas cerebrais e redirecioná-los para adequar o equilíbrio e potenciais cerebrais. Vem sendo usado nos últimos anos em atletas e de modo muito raro em quadros neurológicos. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar o efeito do Neurofeedback (NFB) em uma criança com Ataxia cerebelar, em uma clínica de Fisioterapia, em Fortaleza/CE. Tratou-se de um relato de caso. Foram realizadas uma avaliação inicial e uma ao final da intervenção com NFB por meio de eletroencefalografia quantitativa. Os dados foram analisados por Baropodometria e Estabilometria, durante 30 segundos, na posição bípede, e 50 segundos na posição sentada. O treino foi realizado para inibição de High Beta. Conclui-se que com a inibição dessa onda, houve diminuição na ansiedade da criança, relaxamento muscular, com consequente melhora no equilíbrio, evidenciada na baropodometria. (AU)

Neurofeedback is a device that can detect brain wave patterns and redirect them to optimize balance and brain potentials and has been used in recent years in athletes and neurological conditions. The aim of this interventional case study was to analyze the effect of Neurofeedback (NFB) in a child with cerebellar ataxia in a Physiotherapy clinic located in the city of Fortaleza/CE. Two evaluations were made, one initial and one final, and the data were analyzed by Baropodometry and Stabilometry, 30 seconds in the biped position, and 50 seconds in the sitting position. The training was done for the inhibition of High Beta. We concluded that with the inhibition of this wave, there was a decrease in the anxiety, promoting a muscle relaxing and better equilibrium. (AU)
Descritores: Ataxia Cerebelar
-Ondas Encefálicas
Sistema Nervoso
Neurorretroalimentação
Limites: Humanos
Feminino
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ribeiro, Pedro
Texto completo
Id: lil-762896
Autor: Aprigio, Danielle; Adolfo, Washington; Bittencourt, Juliana; Gongora, Mariana; Teixeira, Silmar; Basile, Luis Fernando; Budde, Henning; Cagy, Mauricio; Ribeiro, Pedro; Velasques, Bruna.
Título: Alpha power oscillation in the frontal cortex under Bromazepam and Modafinil effects / Oscilações da potência alfa no córtex frontal sob influência do Bromazepam e Modafinil
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;73(11):918-923, Nov. 2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACTObjective Our aim was to investigate and compare the neuromodulatory effects of bromazepam (6 mg) and modafinil (200 mg) during a sensorimotor task analyzing the changes produced in the absolute alpha power.Method The sample was composed of 15 healthy individuals exposed to three experimental conditions: placebo, modafinil and bromazepam. EEG data were recorded before, during and after the execution of the task. A three-way ANOVA was applied, in order to compare the absolute alpha power among the factors: Group (control, bromazepam and modafinil) Condition (Pre and Post-drug ingestion) and Moment (pre and post-stimulus).Results Interaction was found between the group and condition factors for Fp1, F4 and F3. We observed a main effect of moment and condition for the Fp2, F8 and Fz electrodes.Conclusion We concluded that drugs may interfere in sensorimotor processes, such as in the performance of tasks carried out in an unpredictable scenario.

RESUMOObjetivo Investigar e comparar os efeitos neuromoduladores do bromazepam (6mg) e modafinil (200mg), durante a prática de uma tarefa sensoriomotora, analisando as modificações produzidas na potência absoluta de alfa.Método A amostra foi composta por 15 indivíduos saudáveis, expostos a três condições experimentais: Placebo, modafinil e bromazepam. Dados eletroencefalográficos foram registrados antes, durante e após a execução da tarefa motora. Um ANOVA three-way foi aplicado para comparar a potência absoluta de alfa nos fatores Grupo (controle, bromazepam e modafinil), Condição (Pré e Pós ingestão da droga) e Momento (Pré e Pós estimulo).Resultados Verificou-se interação entre os fatores grupo e condição para os eletrodos Fp1, F4 e F3. Observamos um efeito principal para momento e condição nos eletrodos Fp2, F8 e Fz.Conclusão Concluímos que as drogas, podem interferir em processos sensoriomotores, como no desempenho de tarefas executadas em um cenário imprevisível.
Descritores: Compostos Benzidrílicos/farmacologia
Bromazepam/farmacologia
Lobo Frontal/efeitos dos fármacos
Moduladores GABAérgicos/farmacologia
Desempenho Psicomotor/efeitos dos fármacos
Córtex Somatossensorial/efeitos dos fármacos
-Ondas Encefálicas/efeitos dos fármacos
Métodos Epidemiológicos
Eletroencefalografia/efeitos dos fármacos
Lobo Frontal/fisiologia
Valores de Referência
Córtex Somatossensorial/fisiologia
Fatores de Tempo
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ribeiro, Pedro
Texto completo
Id: lil-745753
Autor: Fortunato, Suzete; Tanaka, Guaraci Ken; Araújo, Fernanda; Bittencourt, Juliana; Aprigio, Danielle; Gongora, Mariana; Teixeira, Silmar; Pompeu, Fernando Augusto Monteiro Saboia; Cagy, Mauricio; Basile, Luis F.; Ribeiro, Pedro; Velasques, Bruna.
Título: The effects of bromazepam over the central and frontal areas during a motor task: an EEG study / Os efeitos do bromazepam nas áreas corticais central e frontal durante execução de uma tarefa motora: um estudo de EEG
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;73(4):321-329, 04/2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: The present study investigates the influence of bromazepam while executing a motor task. Specifically, we intend to analyze the changes in alpha absolute power under two experimental conditions, bromazepam and placebo. We also included analyses of theta and beta frequencies. We collected electroencephalographic data before, during, and after motor task execution. We used a Two Way ANOVA to investigate the condition (PL × Br6 mg) and moment (pre and post) variables for the following electrodes: Fp1, Fp2, F7, F3, Fz, F4, F8, C3, CZ and C4. We found a main effect for condition on the electrodes FP1, F7, F3, Fz, F4, C3 and CZ, for alpha and beta bands. For beta band we also found a main effect for condition on the electrodes Fp2, F8 and C4; for theta band we identified a main effect for condition on C3, Cz and C4 electrodes. This finding suggests that the motor task did not have any influence on the electrocortical activity in alpha, and that the existing modifications were a consequence due merely to the drug use. Despite its anxiolytic and sedative action, bromazepam did not show any significant changes when the individuals executed a finger extension motor task.

O presente estudo investiga a influência do bromazepam durante a execução de uma tarefa motora. Especificamente, pretende-se analisar as mudanças na potência absoluta de alfa sob duas condições experimentais, bromazepam e placebo. Nós também incluímos as analises das frequências teta e beta. Foram coletados dados eletroencefalográficos antes, durante e depois da execução da tarefa motora. Usamos uma Anova de 2 fatores para investigar a condição (PL × Br6 mg) e variáveis no momento (pré e pós) para os seguintes eletrodos: Fp1, Fp2, F7, F3, Fz, F4, F8, C3, C4 e CZ. Encontramos um efeito principal para a condição e eletrodos FP1, F7, F3, Fz, F4, C3 e CZ para alfa e beta. Para beta também foi encontrado um efeito principal para condição nos eletrodos Fp2, F8 e C4; para theta nós identificamos um efeito principal para condition em C3, Cz e C4. Este achado sugere que a tarefa motora não tem qualquer influência sobre a atividade eletrocortical alfa e que as modificações existentes foram uma consequência devido o uso de drogas. Apesar de sua ação ansiolítica e sedativa, o bromazepam não apresentou mudança significativa quando os indivíduos executaram uma tarefa motora.
Descritores: Ansiolíticos/farmacologia
Bromazepam/farmacologia
Lobo Frontal/efeitos dos fármacos
Destreza Motora/efeitos dos fármacos
Córtex Somatossensorial/efeitos dos fármacos
-Análise de Variância
Ondas Encefálicas/efeitos dos fármacos
Método Duplo-Cego
Eletroencefalografia/efeitos dos fármacos
Lobo Frontal/fisiologia
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Valores de Referência
Córtex Somatossensorial/fisiologia
Análise e Desempenho de Tarefas
Fatores de Tempo
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-674248
Autor: Pawlak-OsiŃska, Katarzyna; Kaźmierczak, Wojciech; Kaźmierczak, Henryk; Wierzchowska, MaÅ'gorzata; Matuszewska, Izabela.
Título: Cortical activity in tinnitus patients and its modification by phonostimulation
Fonte: Clinics;68(4):511-515, abr. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The goal of this study was to observe spontaneous cortical activity and cortical activity modulated by tinnitus-matched sound in tinnitus patients and healthy subjects with no otoneurologic symptoms. METHOD: Data were prospectively collected from 50 tinnitus patients and 25 healthy subjects. Cortical activity was recorded in all subjects with eyes closed and open and during photostimulation, hyperventilation and acoustic stimulation using 19-channel quantitative electroencephalography. The sound applied in the tinnitus patients was individually matched with the ability to mask or equal the tinnitus. The maximal and mean amplitude of the delta, theta, alpha and beta waves and the type and amount of the pathologic EEG patterns were noted during each recording. Differences in cortical localization and the influence of sound stimuli on spontaneous cortical activity were evaluated between the groups. RESULTS: The tinnitus group exhibited decreased delta activity and increased alpha and beta activity. Hyperventilation increased the intensity of the differences. The tinnitus patients had more sharp-slow waves and increased slow wave amplitude. Sound stimuli modified the EEG recordings; the delta and beta wave amplitudes were increased, whereas the alpha-1 wave amplitude was decreased. Acoustic stimulation only slightly affected the temporal region. CONCLUSION: Cortical activity in the tinnitus patients clearly differed from that in healthy subjects, i.e., tinnitus is not a “phantom” sign. The changes in cortical activity included decreased delta wave amplitudes, increased alpha-1, beta-1 and beta-h wave amplitudes and pathologic patterns. Cortical activity modifications occurred predominantly in the temporal region. Acoustic stimulation affected spontaneous cortical activity only in tinnitus patients, and although the applied sound was individually matched, the pathologic changes were only slightly improved. .
Descritores: Estimulação Acústica/métodos
Córtex Auditivo/fisiopatologia
Ondas Encefálicas/fisiologia
Zumbido/fisiopatologia
-Audiometria
Ritmo alfa/fisiologia
Ritmo beta/fisiologia
Estudos de Casos e Controles
Ritmo Delta/fisiologia
Estudos Prospectivos
Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Tempo
Limites: Adolescente
Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ANDRAUS, MARIA EMILIA COSENZA
Texto completo
Id: lil-604227
Autor: Andraus, Maria Emilia Cosenza; Alves-Leon, Soniza Vieira.
Título: Non-epileptiform EEG abnormalities: an overview / Anormalidades eletrencefalográficas não epileptiformes: uma visão geral
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;69(5):829-835, Oct. 2011. ilus.
Idioma: en.
Resumo: More than 80 years after its introduction by Hans Berger, the electroencephalogram (EEG) remains as an important supplementary examination in the investigation of neurological disorders and gives valuable and accurate information about cerebral function. Abnormal EEG findings may include ictal patterns, interictal epileptiform activity and non-epileptiform abnormalities. The aim of this study is to make an overview on the main non-epileptiform EEG abnormalities, emphasizing the pathologic findings and the importance of their recognition, excluding periodic patterns and EEG physiologic changes. Scientific articles were selected from MEDLINE and PubMed database. The presence of non-epileptiform EEG abnormalities provide evidence of brain dysfunction that are not specific to a particular etiology and may be related to a number of disorders affecting the brain. Although these abnormalities are not specific, they can direct attention to the diagnostic possibilities and guide the best treatment choice.

Mais de 80 anos após sua introdução por Hans Berger, o eletrencefalograma (EEG) permanece como importante exame complementar na investigação de transtornos neurológicas e fornece informações valiosas e precisas a respeito da função cerebral. Achados eletrencefalográficos anormais podem incluir padrões ictais, atividade epileptiforme interictal e anormalidades eletrencefalográficas não epileptiformes. O objetivo deste estudo é fazer uma revisão das principais anormalidades eletrencefalográficas não epileptiformes, enfatizando os achados patológicos e a importância de seu reconhecimento, excluindo padrões periódicos e alterações eletrencefalográficas fisiológicas. Foram selecionados artigos científicos por meio de pesquisa nas bases de dados MEDLINE e PubMed. A presença de anormalidades eletrencefalográficas não epileptiformes fornece evidências de disfunção cerebral, as quais não são específicas para uma etiologia particular e podem estar relacionadas a uma série de desordens que afetam o encéfalo. Embora essas anormalidades não sejam específicas, elas podem direcionar a atenção para as possibilidades diagnósticas e guiar a escolha do melhor tratamento.
Descritores: Encefalopatias/fisiopatologia
Ondas Encefálicas/fisiologia
-Coma/fisiopatologia
Ritmo Delta/fisiologia
Eletroencefalografia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde