Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.510 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 884 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 89 ir para página                         

  1 / 884 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964362
Autor: Mendez, Vanessa Marques Ferreira; Souza, Vitor Costa.
Título: Monitorização hemodinâmica em emergência. Visão do fisioterapeuta: fisiologia aos efeitos da ventilação mecânica / Hemodynamic monitoring in emergency, the physiotherapist's perspectives: physiology for the effects of mechanical ventilation
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;28(3 (supl)):342-344, jul.-set. 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: Em diversas situações de emergência cardiológica, a tomada de decisão rápida a beira leito deve estar bem fundamentada para melhor eficácia terapêutica e baseada no conhecimento fisiológico e fisiopatológico da disfunção cardíaca que associada com a adequada monitorização hemodinâmica do paciente possibilitam indicar ou contraindicar o uso da ventilação mecânica invasiva e não-invasiva. Portanto, o presente artigo de opinião reitera alguns aspectos hemodinâmicos a serem lembrados e aplicados no dia a dia do fisioterapeuta

In various cardiac emergency situations, rapid decision-making at the patient's bedside should be well-founded, to ensure better therapeutic efficacy that is based on a physiological and pathophysiological knowledge of the cardiac dysfunction and adequate hemodynamic monitoring of the patient, enabling the indication or non-indication of invasive/non-invasive mechanical ventilation. This opinion article therefore reiterates some hemodynamic aspects to be remembered and applied in the physical therapist's daily routine
Descritores: Exercício Físico
Reabilitação Cardíaca/métodos
Infarto do Miocárdio/parasitologia
-Alta do Paciente
Pacientes
Fatores de Risco
Guias como Assunto/normas
Teste de Esforço/métodos
Frequência Cardíaca
Anamnese/métodos
Revascularização Miocárdica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1291202
Autor: Facciolla Kertzman, Paulo; Ferreira, Valeska Beatrice; Russo, Alessandra Freitas; Monteiro, Michelly Wada.
Título: Análise sobre a prática de atividades físicas realizada por médicos brasileiros e o impacto do isolamento social durante a pandemia causada pela COVID-19 / Analysis on the practice of physical activities performed by Brazilian doctors and the impact of social isolation during the pandemic caused by COVID-19
Fonte: Diagn. tratamento;26(3):118-24, jul-set. 2021. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os benefícios da prática regular de atividades físicas para a saúde, tanto na prevenção como no auxílio ao tratamento de diversas doenças, estão confirmados por inúmeras publicações científicas. No entanto, o sedentarismo ou a inatividade física na população ainda é muito prevalente. Com a pandemia devido à doença do novo coronavírus (COVID-19) e a necessidade de isolamento social e o fechamento dos locais de prática de atividades físicas, aumentaram as dificuldades para a sua realização. Será que os médicos realizam atividades físicas? Existem poucos estudos sobre este tema. Nosso trabalho foi realizado na Santa Casa de São Paulo, e analisamos se os médicos brasileiros praticam atividades físicas regularmente e se houve algum impacto com a pandemia. Procuramos também analisar se os médicos orientam e prescrevem atividades físicas aos pacientes. Por meio de um questionário distribuído de forma digital, obtivemos 1.215 respostas de médicos de todos os estados brasileiros, que evidenciaram a pouca atividade física praticada pelos médicos brasileiros, com 84% de sedentarismo e que piorou ainda mais com a pandemia. A presença de obesidade, diabetes e hipertensão arterial foram detectadas na nossa amostragem. Contraditoriamente, a maioria dos médicos responderam que costumam orientar os pacientes sobre a importância da prática regular de atividades físicas. Como fatores que podem explicar a alta taxa de sedentarismo, a falta de tempo e de hábito foram os principais fatores, além da falta da capacitação durante a faculdade. A maioria dos médicos brasileiros são sedentários.
Descritores: Padrões de Prática Médica
Exercício Físico
Cuidados Médicos
Comportamento Sedentário
Anamnese
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  3 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281461
Autor: Silva, Rhonan Ferreira; Garcia, Robson Rodrigues; Goulart, Douglas Rangel; Pereira, Paulo Ricardo Sousa; Rodrigues, Lívia Graziele; Sasamoto, Sandra Aragão Almeida; Arantes, Diego Antônio Costa; Tipple, Anaclara Ferreira Veiga; Paiva, Enilza Maria Mendonça.
Título: Proposta de inquéritos administrativo e clínico para tomada de decisão no atendimento odontológico em tempos de pandemia de covid-19 / Importance of clinical and administrative survey to dental treatment making decision in times of COVID-19 pandemic
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(3):[41-54], 20201206.
Idioma: pt.
Resumo: Profissionais da Odontologia estão constantemente expostos a vários microrganismos, incluindo o novo Coronavírus (SARS-CoV-2), que apresenta alto potencial de disseminação. Considerando que durante o atendimento odontológico são gerados aerossóis com a disseminação de gotículas de saliva (potencialmente contaminada pelo vírus), a contaminação dos profissionais e pacientes poderia ser aumentada mesmo tomando-se os cuidados de biossegurança necessários. Embora o risco de contaminação durante um atendimento odontológico ainda não tenha sido estimado, a padronização de condutas, previamente e durante o atendimento odontológico, é atitude necessária para minimizar a transmissão do SARS-CoV-2 entre profissionais e pacientes. O objetivo do presente trabalho é propor um modelo de inquérito administrativo e clínico, com fundamento clínico, ético e legal, para a tomada de decisão sobre atender (ou não) um paciente com necessidades odontológicas em tempos de pandemia de COVID-19. A identificação de pacientes sintomáticos utilizando instrumentos sistematizados para coleta de informações pode minimizar o risco de contaminação por profissionais ou pacientes e, além disso, estes instrumentos podem subsidiar o profissional contra alegações infundadas, por parte dos pacientes, em casos de não atendimento.
Descritores: Registros Odontológicos
Infecções por Coronavirus
Odontologia Legal
Anamnese
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  4 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-779608
Autor: Jaramillo Gutiérrez, Mónica Rocío; Silva Vallejo, Carolina; Rojas Arango, Bibiana Patricia; Medina-Pérez, Óscar Adolfo.
Título: Ideación suicida y factores asociados en internos de un establecimiento penitenciario de Antioquia (Colombia) / Suicidal ideation and associated factors in inmates of a prison of Antioquia, Colombia
Fonte: Rev. colomb. psiquiatr;44(2):100-105, abr.-jun. 2015. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La conducta suicida muestra altas cifras en población carcelaria; por ello se realizó la presente investigación, que tiene por objetivo identificar los factores sociodemográficos, familiares, personales y de reclusión asociados a la ideación suicida en internos de un establecimiento penitenciario de Antioquia, Colombia. Material y métodos: Se realizó un estudio descriptivo transversal. Se aplicó el Inventario de Orientación Suicida ISO-30 y una encuesta para indagar aspectos sociodemográficos, familiares y de reclusión de un grupo de 154 reclusos. De la información recolectada, se realizó un análisis univariable y bivariable con ayuda de los programas Excel y OpenEpi. Resultados: El 14,9% presentó ideación suicida alta. Al analizar la distribución de la ideación suicida alta en las variables estudiadas, se encontró que los porcentajes más altos se presentaron en los que tenían intento previo (61,1%), quienes presentaban antecedentes de violencia intrafamiliar en el hogar (50,0%), quienes no tenían escolaridad (33,3%), los que tenían antecedentes familiares de suicidio (28,6%) y los que no tenían definida la condena (22,9%). Se halló asociación significativa entre ideación y haber hecho intentos previos de suicidio (p < 0,01; rp = 7,4); provenir de hogares con violencia intrafamiliar (p = 0,03; rp = 4,0); estar soltero (p = 0,04; rp = 2,2) y ser menor de 30 años (p = 0,04; rp = 2,2). Conclusiones: Los porcentajes de ideación suicida alta son muy superiores a lo encontrado en población general, por lo que se recomienda a los profesionales de la institución abordar los factores de riesgo aquí hallados, con el fin de realizar programas de prevención e intervención.

Introduction: Suicidal behavior shows high numbers in prison population; hence, the following research was developed, which aimed to identify the sociodemographic, family, personal and imprisonment factors that are associated with suicidal ideation in inmates of a prison of Antioquia, Colombia. Material and methods: A cross descriptive study was carried out. It was applied the Suicide Orientation Inventory Test ISO-30, as well as a survey, in order to investigate sociodemographic, family and imprisonment aspects of a group of 154 inmates. Univariate and bivariate analysis were applied to the collected data by using Excel and OpenEpi programs. Results: 14.9% had high suicidal ideation. By analyzing the distribution of high suicidal ideation in the variables studied, it was found that the highest rates occurred in those who had previous attempts, 61.1%; a history of domestic violence, 50.0%; no schooling, 33.3%; those with a family history of suicide, 28.6%; and those without a definite sentence 22.9%. A significant association was found between the ideation and having committed previous suicide attempts (P<.01; rp = 7.4), belonging to households with domestic violence (P=.03; rp = 4.0), being single (P=.04; rp = 2.2) and being under 30 years old (P=.04; rp = 2.1). Conclusions: The high suicidal rates are much greater than those found in the general population; it is therefore recommended to the professionals of the institution to address the risk factors found here, in order to develop prevention and intervention programs.
Descritores: Prisões
Suicídio
Ideação Suicida
-Sociedades
Violência
Comportamento
Família
Características da Família
Fatores de Risco
Colômbia
Anamnese
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CO78 - Asociación Colombiana de Psiquiatría


  5 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-525960
Autor: Stefanini, Edson; Reggi, Sílvio; Echenique, Leandro Santini.
Título: Avaliação e diagnóstico diferencial da dispneia aguda / Evaluation and differential diagnosis of acute dyspnea
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;19(2):125-133, abr.-jun. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: A dispnéia é um dos sintomas mais comuns nas unidades de pronto atendimento. Contudo, definir etiologia e propor tratamento adequado nem sempre é simples, pois muitas são as causas. A fisiopatologia da dispneia é complexa. Diversos são os mecanismos que atuam no organismo, como a mecânica respiratória, a troca e o transporte dos gases, e qualquer mudança no sistema que possa levar ao aparecimento do sintoma. Além disso, fatores sociais e psíquicos também interferem. A avaliação inicial do paciente dispneico no serviço de emergência deve, de imediato, ter como objetivo estabelecer a manutenção da vida, mesmo que isso demande medidas mais complexas. Sempre que possível, devem ser realizados anamnese e acurado exame físico, ainda que dirigidos, pois a definição da etiologia é imperativa para o tratamento adequado.....
Descritores: Diagnóstico Diferencial
Dispneia
-Anamnese/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-734924
Autor: Matijasevic, Eugenio.
Título: De las circunstancias en la anamnesis / Circumstances of anamnesis
Fonte: Acta méd. colomb;39(4):305-311, oct.-dic. 2014.
Idioma: es.
Resumo: Hace algún tiempo una empresa administradora de fondos de inversión me hizo llegar una invitación (que decliné) a una reunión publicitaria sobre los supuestos beneficios de acogerse a su égida. Lo único llamativo de la invitación era el formato de la misma: de manera muy metódica y precisa especificaba punto por punto la información concerniente a la reunión propuesta mediante el recurso de un listado de seis ítems en el que la primera palabra de cada uno era una pregunta realizada mediante un pronombre interrogativo o un adverbio interrogativo o una locución adverbial, acompañada al frente por la respuesta. El conjunto de preguntas (¿quiénes?, ¿qué?, ¿dónde?, ¿cuándo?, ¿cómo? y ¿por qué?) y sus respectivas respuestas permitía conocer en detalle, en su orden, los invitados a la reunión, el nombre de la empresa que invitaba, el lugar, el momento (la fecha y la hora), los requisitos (y restricciones) para asistir y el propósito de la misma.
Descritores: Anamnese
-Salários e Benefícios
Sistema Único de Saúde
Informação
Nomes
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: CO70 - Asociación Colombiana de Medicina Interna


  7 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chagas, Antonio Carlos Palandri
Texto completo
Id: lil-414440
Autor: Ferreira, João Fernando Monteiro; Jardim, César Augusto P; Ferreiro, Carlos Regenga; Chagas, Antonio Carlos Palandri.
Título: Atendimento sistematizado do paciente com dor torácica e placa arterial instável / Management of patients with chest pain and unstable arterial plaque
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):541-552, jul.-ago. 2002. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A avaliação de pacientes com dor torácica ou outros sintomas consistentes com isquemia miocárdica continua sendo um grande desafio nas unidades de emergência. Grande número de pacientes procura essas unidades, gerando dificuldades na triagem, no diagnóstico e na identificação de pacientes com risco cardiovascular. Assim, muitas vezes, a avaliação inicial do médico emergencista não consegue confirmar e identificar com segurança os pacientes de risco. Torna-se necessária cuidadosa avaliação clínica, associada à utilização de recursos laboratoriais (principalmente os marcadores séri- cos miocárdicos -CK massa e troponina), exames de imagem e aplicação de algoritmos de abordagem da dor torácica, permitindo fazer o diagnóstico preventivo de um evitável infarto agudo do miocárdio. Por meio do diagnóstico precoce dos casos suspeitos, pode-se proceder à identificação segura e eficiente de pacientes de alto risco para serem admitidos, e dos casos de baixo risco passíveis de terem alta precoce com tempo de internação e custos menores, além da identificação dos diagnósticos diferenciais, principalmente em aorta (dissecção e aneurisma). Com o objetivo de auxiliar a solução dessa questão, vem evoluindo o conceito dos chamados centros de dor torácica, estruturados na unidade de emergência, que, por meio de um protocolo de atendimento e contando com recursos humanos e técnicos, têm a finalidade de assistir o paciente com dor no tórax de forma global, promovendo qualidade e presteza no diagnóstico e no tratamento da doença coronária, influenciando sua evolução por meio de procedimentos médicos...
Descritores: Arteriosclerose
Acidente Vascular Cerebral
Doenças Cardiovasculares
Isquemia Miocárdica
-Taquicardia
Bradicardia
Fumar
Fatores de Risco
Diabetes Mellitus
Hipercolesterolemia
Anamnese
Hipertensão
Hipotensão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751400
Autor: Pacheco, Maria Christina Thomé; Fiorott, Bruna Santos; Finck, Nathalia Silveira; Araújo, Maria Teresa Martins de.
Título: Craniofacial changes and symptoms of sleep-disordered breathing in healthy children
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):80-87, May-Jun/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The main cause of mouth breathing and sleep-disordered breathing (SDB) in childhood is associated with upper airway narrowing to varying degrees. OBJECTIVE: The aim of this study was to assess the prevalence of morphological and functional craniofacial changes and the main clinical symptoms of SDB in healthy children. METHODS: A cross-sectional observational study was conducted. A sample comprising 687 healthy schoolchildren, aged 7-12 years old and attending public schools, was assessed by medical history, clinical medical and dental examination, and respiratory tests. The self-perceived quality of life of mouth breathing children was obtained by a validated questionnaire. RESULTS: Out of the total sample, 520 children were nose breathers (NB) while 167 (24.3%) were mouth breathers (MB); 32.5% had severe hypertrophy of the palatine tonsils, 18% had a Mallampati score of III or IV, 26.1% had excessive overjet and 17.7% had anterior open bite malocclusion. Among the MB, 53.9% had atresic palate, 35.9% had lip incompetence, 33.5% reported sleepiness during the day, 32.2% often sneezed, 32.2% had a stuffy nose, 19.6% snored, and 9.4% reported having the feeling to stop breathing while asleep. However, the self-perception of their quality of life was considered good. CONCLUSION: High prevalence of facial changes as well as signs and symptoms of mouth breathing were found among health children, requiring early diagnosis and treatment to reduce the risk of SDB. .

INTRODUÇÃO: a principal causa da respiração bucal e dos distúrbios respiratórios do sono (DRS) está associada ao estreitamento das vias aéreas superiores, em diferentes graus. OBJETIVO: avaliar a prevalência de alterações morfológicas e funcionais da face e os principais sintomas clínicos de DRS em crianças saudáveis. MÉTODOS: estudo transversal, observacional, com amostra de 687 escolares saudáveis, provenientes de escolas públicas, com idades entre 7 e 12 anos. Foram avaliados pela história clínica, exame clínico médico e odontológico e testes respiratórios. A autopercepção da qualidade de vida dos escolares com respiração bucal foi obtida por meio de um questionário validado. RESULTADOS: na amostra total, 520 crianças eram respiradoras nasais (RN) e 167 (24,3%) eram respiradoras bucais (RB); 32,5% tinham hipertrofia das amígdalas palatinas, 18% tinham índice Mallampati obstrutivo (III e IV); 26,1% tinham overjet exagerado e 17,7%, mordida aberta anterior. Entre os RB, 53,9% tinham palato atrésico; 35,9% com ausência de selamento labial; 33,5% relataram sonolência diurna; 32,2%, espirros frequentes; 32,2%, nariz entupido; 19,6% roncavam e 9,4% relataram ter a sensação de parar de respirar durante o sono. Entretanto, a autopercepção da qualidade de vida desses escolares foi considerada boa. CONCLUSÃO: foi encontrada alta prevalência de alterações faciais, de sinais e de sintomas clínicos de respiração bucal nos escolares saudáveis examinados, necessitando diagnóstico e tratamento para reduzir o risco de DRS. .
Descritores: Síndromes da Apneia do Sono/epidemiologia
Respiração Bucal/epidemiologia
-Palato/anormalidades
Exame Físico
Qualidade de Vida
Testes de Função Respiratória
Fases do Sono/fisiologia
Espirro/fisiologia
Ronco/epidemiologia
Tonsila Palatina/patologia
Brasil/epidemiologia
Doenças Nasais/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Mordida Aberta/epidemiologia
Sobremordida/epidemiologia
Hipertrofia
Lábio/patologia
Má Oclusão/epidemiologia
Anamnese
Respiração Bucal/psicologia
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 884 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787907
Autor: Gomes, Genara Brum; Vieira-Andrade, Raquel Gonçalves; Sousa, Raulison Vieira de; Firmino, Ramon Targino; Paiva, Saul Martins; Marques, Leandro Silva; Granville-Garcia, Ana Flávia.
Título: Association between oronasopharyngeal abnormalities and malocclusion in Northeastern Brazilian preschoolers
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);21(3):39-45tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: Evidence is contradictory regarding the association between oronasopharyngeal abnormalities and malocclusion. The aim of the present study was to assess the association between oronasopharyngeal abnormalities and malocclusion (anterior open bite and posterior crossbite) in preschoolers. Methods: A cross-sectional study was conducted with a representative sample of 732 preschoolers aged 3-5 years old selected randomly from private and public preschools. Anterior open bite (AOB) and posterior crossbite (PC) were evaluated through a clinical exam. Parents/caregivers answered a questionnaire addressing sociodemographic indicators and oronasopharyngeal issues. Statistical analysis involved descriptive analysis and Poisson regression (p < 0.05). Results: The prevalences of AOB and PC were 21.0% and 11.6%, respectively. Being three years old (PR = 1.244; 95% CI = 1.110-1.394; p < 0.001), being four years old (PR = 1.144; 95% CI = 1.110 - 1.394; p = 0.015), absence of allergy (PR = 1.158; 95% CI = 1.057 - 1.269; p = 0.002), not having undergone nose surgery (PR = 1.152; 95% CI = 1.041 - 1.275; p = 0.006) and having a sore throat more than five times in the same year (PR = 1.118; 95% CI = 1.011 - 1.237; p = 0.030) were significantly associated with AOB. The absence of asthma (PR = 1.082; 95% CI = 1.012 - 1.156; p = 0.020), not having undergone throat surgery (PR = 1.112; 95% CI = 1.068 - 1.158; p < 0.001) and not having undergone nose surgery (PR = 1.114; 95% CI = 1.069 - 1.160; p < 0.001) remained associated with PC. Conclusion: Significant associations were found between oronasopharyngeal-reported abnormalities and the presence of AOB and PC in preschoolers.

resumo Introdução: não há consenso na literatura quanto à associação entre alterações oronasofaríngeas e as más oclusões. Objetivo: o objetivo do presente estudo foi avaliar a associação entre as alterações oronasofaríngeas e as más oclusões (mordida aberta anterior e mordida cruzada posterior) em pré-escolares. Métodos: um estudo transversal foi conduzido com uma amostra representativa de 732 pré-escolares com 3 a 5 anos de idade, aleatoriamente selecionados em pré-escolas privadas e públicas. A mordida aberta anterior (MAA) e a mordida cruzada posterior (MCP) foram avaliadas a partir de exames clínicos. Pais/cuidadores responderam a um questionário relativo a indicadores sociodemográficos e problemas oronasofaríngeos. A análise estatística envolveu análise descritiva e regressão de Poisson (p < 0,05). Resultados: as prevalências de MAA e MCP foram de 21,0% e 11,6%, respectivamente. Ter três anos de idade (RP = 1,244; IC = 1,110 - 1,394; p < 0,001, considerando-se RP = Razões de Prevalência e IC = Intervalo de Confiança 95%), ter quatro anos de idade (RP = 1,144; IC = 1,110 - 1,394; p = 0,015), ausência de alergia (RP = 1,158; IC = 1,057 - 1,269; p = 0,002), não ter se submetido a cirurgias do nariz (RP = 1,152; IC = 1,041 - 1,275; p = 0,006) e ter tido dor de garganta mais de cinco vezes no mesmo ano (RP = 1,118; IC = 1,011 - 1,237; p = 0,030) foram significativamente associados com MAA. Ausência de asma (RP = 1,082; IC = 1,012 - 1,156; p = 0,020), não ter realizado adenoidectomia (RP = 1,112; IC = 1,068 - 1,158; p < 0,001) e não ter se submetido a cirurgias do nariz (RP = 1,114; IC = 1,069 - 1,160; p < 0,001) permaneceram associados à MCP. Conclusão: associações significativas foram encontradas entre as alterações oronasofaríngeas relatadas e a presença de MAA e MCP em pré-escolares.
Descritores: Nasofaringe/anormalidades
Má Oclusão/epidemiologia
Anormalidades da Boca/epidemiologia
-Pais
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Anamnese
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 884 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-478296
Autor: Rodrigues, Brenda Diniz; Meireles, Vera Maria de Barros; Braz, Marcelle Nobre.
Título: Borreliose de Lyme Símile - relato de caso / Lyme disease - first case report in Pará
Fonte: Rev. para. med = Rev. Para. Med. (Impr.);21(3):63-67, jul.-set. 2007. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: relatar o primeiro caso de borreliose de Lyme símile documentado no Estado do Pará. Relato do caso: paciente apresentou, inicialmente, lesão eritematodescamativa, ovalar, de aspecto arciforme, com clareamento central, crescimento centrífugo e lento, acompanhado de cefaléia e cansaço. Posteriormente novas lesões surgiram em joelho, panturrilha e dorso do pé esquerdo. Ao exame histopatológico, observou-se leve infiltrado linfocitário perivascular, edema e congestão, bem como nervos dérmicos e músculos piloeretores livres de infiltrado inflamatório. A coloração por impregnação pela prata resultou negativa para espirilo. A sorologia para doença de Lyme foi positiva. Realizado tratamento com tetraciclina e posteriormente com oxacilina, sem resultados satisfatórios, pois o paciente evoluiu com novas lesões, prolongando seu tratamento com a oxacilina. Considerações finais: relatado o primeiro caso de borreliose de Lyme símile no estado do Pará. São discutidas dificuldades terapêuticas, com prognóstico reservado em relação à cura definitiva.

Objective: report the first case of a patient with Lyme disease in Pará (Braszil). Case Report: a 23-year-old, male pacient presented to the demzatology service with Headache, muscle pain and a history of a progressive skin eruption, with annular shape and growing centrifugally, with central clearly, characteriing the erythema migrans. Latelly, new eruptions appeared on the knees, legs and left foot. The pacient also showed sorological exams positive to Lyme disease and the histopatological study showed . lt was started a treatment with, but new lesion appeared, so the drgs were changed. The eruptions did not stop to appear. So the authors concluded it was reported the firste case of Lyme disease in Pará.
Descritores: Borrelia burgdorferi
Doença de Lyme
Eritema Migrans Crônico
-Anamnese/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR3.1 - Biblioteca Central



página 1 de 89 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde