Base de dados : LILACS
Pesquisa : E01.370.600.550.324 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1243 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 125 ir para página                         

  1 / 1243 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-536576
Autor: Resende, Márcia Colamarco Ferreira; Tedeschi, Carolina Miranda; Bethônico, Fernanda Pinto; Martins, Thiago Torres Machado.
Título: Efeitos da ginástica laboral em funcionários de teleatendimento / Effects of work gymnastics on teleassistance employees
Fonte: Acta fisiátrica;14(1), mar. 2007.
Idioma: pt.
Resumo: A ginástica laboral (GL), definida como a prática orientada de exercícios físicos dentro do próprio local de trabalho, com duração de 15 a 20 minutos, visa a prevenção de dores corporais e vícios posturais, aumenta a disposição para o trabalho e promove uma maior integração no ambiente de trabalho. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da GL sobre as queixas dos trabalhadores quando a mesma é aplicada por fisioterapeutas ou por monitores (funcionários). Método: Para este estudo foram utilizados três instrumentos: Questionário de Topografia e Intensidade da dor; questionário de avaliação da GL junto aos trabalhadores e o de identificação formulado especificamente para este estudo. A amostra foi composta por 24 funcionários de um teleatendimento, divididos em dois grupos: turno manhã (n=10) e turno tarde (n=14). A prática orientada tinha duração de 15 minutos, 4 vezes semanais, em um período de 4 meses, perfazendo um total de 68 sessões de GL. Para análise estatística foi utilizado o Wilcoxon Signed Based Ranks e o Microsoft Excel. Resultado: Foi constatada uma melhora significante na percepção de dor do grupo de funcionários orientados pelo fisioterapeuta (p=0,034), além da melhora da disposição para o trabalho, da interação com os colegas e satisfação com a empresa, diminuição do estresse e do cansaço. Conclusão: O programa de GL pode ser visto como mais uma ferramenta para o beneficio da saúde e bem-estar dos trabalhadores atuando em um nível de prevenção primária.

Work gymnastics (WG) is defined as the guided practice of physical exercises at the workplace, aiming at preventing body pains and posture weaknesses, increasing disposition to work, and promoting a greater integration among employees. Thus, the purposes of this study were to evaluate the WG effects on teleassistance employees of a health care insurance service, contributing to the reduction of these employees? muscular pains and to investigate the difference of WG results when applied by either monitors or physical therapists. Methods: Three questionnaires were employed: Identification; Pain Topography and Intensity; and WG Evaluation, together with employees. Wilcoxon Signed Based Ranks was used for statistical analysis and Microsoft Excel, 2001 was used for the descriptive analysis. Guided practice lasted 15 minutes, 4 times a week for 4 months. The sample consisted of 24 teleassistance employees divided into two groups: morning shift, guided by a monitor (n=10) and afternoon shift, guided by a physical therapist (n=14). Results: Results have shown a significant improvement in pain perception only in the physical therapist-guided group (p=0.034); improvement regarding disposition to work, interaction with coworkers and satisfaction with the company, as well as stress and fatigue reduction were observed in both groups. Conclusion: We conclude that the WG program may be considered an easily implemented low-cost tool with apparently positive results on the health of employees, acting at the primary prevention level.
Descritores: Ambiente de Trabalho/prevenção & controle
Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador
Ginástica
-Medição da Dor/instrumentação
Mialgia/prevenção & controle
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1134
Autor: Oliveira, Natália Cristina; Vatri, Sandoval; Alfier, Fabio Marcon.
Título: Comparação dos efeitos de exercícios resistidos versus cinesioterapia na osteoartrite de joelho / Comparison of the effects of resistance exercise versus kinesiotherapy in knee osteoarthritis
Fonte: Acta fisiátrica;23(1):7-11, mar. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: O aumento da expectativa de vida de diversas populações coloca a osteoartrite (OA) como uma importante questão de saúde pública, por se tratar de uma doença crônica muito prevalente e que lidera as causas de dor e incapacidade entre adultos e idosos. Objetivo: Comparar a dor, mobilidade, capacidade funcional e força de indivíduos com OA de joelhos submetidos a dois tipos de intervenção: exercício resistido (GER) e cinesioterapia (GCI). Métodos: Tratou-se de um ensaio clínico prospectivo, randomizado e simples-cego do qual participaram 30 pacientes com OA de joelhos, adultos de ambos os sexos. Os voluntários foram avaliados quanto à dor, rigidez articular, funcionalidade, mobilidade funcional e força, por um avaliador cego, antes e após as intervenções. Por meio de sorteio simples, os participantes foram aleatoriamente direcionados a um dos 2 grupos de intervenção, e submetidos a 15 sessões de tratamento, com duração de 30 minutos cada, 2 vezes por semana. Resultados: Ambas as intervenções promoveram melhorias significantes em todas as variáveis avaliadas, e não houve relato de nenhum efeito adverso ao longo da pesquisa. Conclusão: Tanto o exercício resistido como a cinesioterapia são eficazes para melhorar a dor, rigidez articular, funcionalidade, mobilidade funcional e força de pacientes com OA de joelhos

Increased life expectancy in several populations makes osteoarthritis (OA) an important public health issue, as it is a very prevalent chronic disease and leading cause of pain and disability among adults and elderly. Objective: The aim of this study was to compare pain, mobility, functional capacity, and strength of patients with knee osteoarthritis submitted to two different interventions: resistance exercise (REG) and kinesiotherapy (KIG). Methods: This was a prospective randomized single blind clinical trial, which involved the participation of 30 adults of both sexes diagnosed with knee OA. Volunteers were evaluated for pain, stiffness, function, functional mobility, and strength by a blinded evaluator before and after the interventions. Through a simple drawing, participants were randomly assigned to one of the two intervention groups, and underwent 15 twice-weekly treatment sessions, lasting 30 minutes each. Results: Both interventions promoted significant improvements in all variables, and there were no reports of any adverse effects throughout the research. Conclusion: Both resistance exercise and kinesiotherapy are effective in improving pain, stiffness, function, functional mobility, and strength in patients with knee OA
Descritores: Medição da Dor
Exercício
Modalidades de Fisioterapia
Osteoartrite do Joelho/fisiopatologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-767114
Autor: Pinheiro, Valdecy Ferreira de Oliveira; Costa, José Madson Vidal da; Cascudo, Marcelo Matos; Pinheiro, Ênio de Oliveira; Fernandes, Maria Angela Ferreira; Araujo, Ivonete Batista de.
Título: Analgesic efficacy of lidocaine and multimodal analgesia for chest tube removal: A randomized trial study / Eficácia analgésica da lidocaína e analgesia multimodal na remoção do dreno torácico: Um estudo randomizado controlado / Eficacia analgésica de la lidocaína y la analgesia multimodal para la remoción del tubo torácico: Un estudio con ensayo aleatorio
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);23(6):1000-1006, Nov.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: es; pt.
Resumo: Objective: to assess the analgesic efficacy of subcutaneous lidocaine and multimodal analgesia for chest tube removal following heart surgery. Methods: sixty volunteers were randomly allocated in two groups; 30 participants in the experimental group were given 1% subcutaneous lidocaine, and 30 controls were given a multimodal analgesia regime comprising systemic anti-inflammatory agents and opioids. The intensity and quality of pain and trait and state anxiety were assessed. The association between independent variables and final outcome was assessed by means of the Chi-squared test with Yates' correction and Fisher's exact test. Results: the groups did not exhibit significant difference with respect to the intensity of pain upon chest tube removal (p= 0.47). The most frequent descriptors of pain reported by the participants were pressing, sharp, pricking, burning and unbearable. Conclusion: the present study suggests that the analgesic effect of the subcutaneous administration of 1% lidocaine combined with multimodal analgesia is most efficacious.

Objetivo: avaliar a eficiência analgésica de lidocaína subcutânea e analgesia multimodal na remoção do dreno torácico após cirurgia cardíaca. Método: sessenta voluntários foram alocados aleatoriamente em dois grupos; 30 participantes no grupo experimental receberam lidocaína subcutânea 1%, e outros 30 do grupo controle receberam o regime de analgesia multimodal compreendendo agentes anti-inflamatórios e opióides sistêmicos. A intensidade e qualidade da dor e Ansiedade Traço Estado foram avaliados. A associação entre variáveis independentes e desfecho final foi avaliada através do Teste Qui-quadrado com correção de Yates e o Teste exato de Fisher. Resultados: os grupos não apresentaram diferenças significante, no que diz respeito à intensidade da dor na remoção do dreno torácico (p= 0,47). Os descritores de dor mais comuns relatados pelos participantes foram dor: de pressão, aguda, como uma picada, queimar/arder e intolerável. Conclusão: o presente estudo sugere que o efeito analgésico da administração de lidocaína 1% combinada com a analgesia multimodal é mais eficiente.

Objetivo: evaluar la eficacia analgésica de la lidocaína subcutánea y la analgesia multimodal para la remoción del tubo torácico después de la cirugía cardíaca. Métodos: sesenta voluntarios fueron asignados aleatoriamente en dos grupos; 30 participantes en el grupo experimental recibieron lidocaína subcutánea al 1%, y 30 controlos recibieron un régimen de analgesia multimodal que comprende agentes antiinflamatorios sistémicos y opioides. La intensidad y calidad del dolor y rasgo y estado de ansiedad se evaluaron. La asociación entre las variables independientes y el resultado final han sido evaluados por medio de la prueba de Chi-cuadrado con corrección de Yates y la prueba exacta de Fisher. Resultados: los grupos no mostraron diferencias significativas con respecto a la intensidad del dolor después de la retirada del tubo torácico (p= 0,47). Los descriptores de dolor más frecuentes informados por los participantes fueron apretado, agudo, punzante, ardiente e insoportable. Conclusión: el presente estudio sugiere que el efecto analgésico de la administración subcutánea de lidocaína al 1% combinada con la analgesia multimodal es eficaz.
Descritores: Tubos Torácicos
Remoção de Dispositivo/efeitos adversos
Dor Processual/tratamento farmacológico
Analgesia
Anestésicos Locais/uso terapêutico
Lidocaína/uso terapêutico
-Dor Pós-Operatória/tratamento farmacológico
Medição da Dor
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-536596
Autor: Moreira, Vítor Manuel Presa Varandas; Tizon, Sónia; Pereira, Tânia; Marques, Isabel; Antunes , Filipe José Ribeiro.
Título: Hydrotherapy study in patients with failed back surgery syndrome: a therapeutic option / Estudo da hidroterapia em pacientes com síndrome pós-laminectomia: uma opção terapêutica
Fonte: Acta fisiátrica;14(4), dez. 2007. graf.
Idioma: pt.
Resumo: The study was carried out to evaluate the efficacy of hydrotherapy on ?failed back surgery syndrome?. Eight participants were assigned to an aquatic exercise group. The analgesic medication was withdrawn during the study. Evaluation parameters included the results of the Visual Analogue Scale (VAS) score and spine mobility. The patients were assessed at baseline and at the end of the 6-week follow-up period. The results showed that hydrotherapy had a positive impact on the outcome of chronic post-surgical low back pain. After 6 weeks of hydrotherapy, without analgesic medication, the overall mobility of the spine improved and back pain decreased. We conclude that aquatic exercises may positively impact the outcome of ?failed back surgery syndrome?, probably remaining one of the few successful measures in the management of this kind of patient.

O presente estudo foi realizado para avaliar a eficácia da hidroterapia na ?síndrome pós-laminectomia?. Oito participantes foram designados para um grupo de exercícios aquáticos. A medicação analgésica foi descontinuada durante o estudo. Os parâmetros de avaliação incluíram o escore da Escala Visual Analógica (EVA) e a mobilidade da coluna vertebral. Os pacientes foram avaliados em condições basais e ao final do período de seguimento de seis semanas. Os resultados mostraram que a hidroterapia teve um impacto positivo nos resultados da dor lombar crônica pós-cirúrgica. Após seis semanas de hidroterapia, sem medicação analgésica, a mobilidade geral da coluna melhorou e a dor lombar diminuiu. Concluímos que exercícios na água podem ter um impacto positivo no resultado da síndrome da falência da cirurgia lombar, provavelmente sendo uma das poucas medidas bem sucedidas no tratamento desse tipo de paciente.
Descritores: Medição da Dor/instrumentação
Síndrome Pós-Laminectomia/reabilitação
Hidroterapia/instrumentação
-Escala Visual Analógica
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rossato, Lisabelle Mariano
Texto completo
Id: biblio-961120
Autor: Sposito, Natália Pinheiro Braga; Rossato, Lisabelle Mariano; Bueno, Mariana; Kimura, Amélia Fumiko; Costa, Taine; Guedes, Danila Maria Batista.
Título: Assessment and management of pain in newborns hospitalized in a Neonatal Intensive Care Unit: a cross-sectional study / Avaliação e manejo da dor em recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: estudo transversal / Evaluación y manejo del dolor en recién nacidos internados en una Unidad de Terapia Intensiva Neonatal: estudio transversal
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2931, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to determine the frequency of pain, to verify the measures adopted for pain relief during the first seven days of hospitalization in the Neonatal Intensive Care Unit and to identify the type and frequency of invasive procedures to which newborns are submitted. Method: cross-sectional retrospective study. Out of the 188 hospitalizations occurred during the 12-month period, 171 were included in the study. The data were collected from the charts and the presence of pain was analyzed based on the Neonatal Infant Pain Scale and on nursing notes suggestions of pain. For statistical analysis, the Statistical Package for the Social Sciences was used, and the significance level was set at 5%. Results: there was at least one record of pain in 50.3% of the hospitalizations, according to the pain scale adopted or nursing note. The newborns underwent a mean of 6.6 invasive procedures per day. Only 32.5% of the pain records resulted in the adoption of pharmacological or non-pharmacological intervention for pain relief. Conclusion: newborns are frequently exposed to pain and the low frequency of pharmacological or non-pharmacological interventions reinforces the undertreatment of this condition.

RESUMO Objetivo: determinar a frequência de dor e verificar as medidas realizadas para seu alívio durante os sete primeiros dias de internação na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, bem como identificar o tipo e frequência de procedimentos invasivos aos quais os recém-nascidos foram submetidos. Método: estudo retrospectivo transversal. Das 188 internações ocorridas no período estipulado de 12 meses, 171 foram incluídas na pesquisa. Os dados foram coletados a partir dos prontuários e a presença de dor foi analisada tanto com base na escala de dor Neonatal Infant Pain Scale quanto mediante anotação de enfermagem sugestiva de dor. Para análise estatística, utilizou-se o programa Statistical Package for the Social Sciences, adotando-se nível de significância de 5%. Resultados: em 50,3% das internações houve ao menos um registro de dor, conforme escala de dor adotada ou anotação de enfermagem. Os recém-nascidos foram submetidos à média de 6,6 procedimentos invasivos por dia. Apenas 32,5% dos registros de dor resultaram na adoção de condutas farmacológicas ou não farmacológicas para seu alívio. Conclusão: observa-se que os recém-nascidos são frequentemente expostos à dor e a baixa frequência de intervenções farmacológicas ou não farmacológicas reforça o subtratamento dessa condição.

RESUMEN Objetivo: determinar la frecuencia del dolor, comprobar las medidas tomadas para su alivio durante los siete primeros días de internación en una Unidad de Terapia Intensiva Neonatal e identificar el tipo de procedimientos invasivos y la frecuencia a que se sometieron los recién nacidos. Método: estudio retrospectivo transversal. De las 188 internaciones realizadas en el período estipulado de 12 meses, se incluyeron 171 en la investigación. Los datos se recolectaron a partir de los prontuarios; la presencia de dolor se analizó según la Escala de Valorización del Dolor en el Neonato (Neonatal Infant Pain Scale) y las notas de enfermería sobre el dolor. Para el análisis estadístico, se utilizó el programa 'Paquete estadístico para las ciencias sociales' (Statistical Package for the Social Sciences), adoptándose el nivel de significación del 5%. Resultados: en el 50,3% de las internaciones hubo al menos un registro de dolor, según la escala de dolor adoptada o las notas de la enfermería. Se sometió a los recién nacidos a un promedio de 6,6 procedimientos invasivos por día. Sólo el 32,5% de los registros de dolor resultaron en la adopción de conductas farmacológicas o no farmacológicas para su alivio. Conclusión: se observa que los recién nacidos a menudo están expuestos al dolor, y la frecuencia baja de intervenciones farmacológicas o de las no farmacológicas refuerza el subtratamiento de dicha condición.
Descritores: Dor/epidemiologia
Medição da Dor
Manejo da Dor
-Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Hospitalização
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  6 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961003
Autor: Arco, Rogerio Del; Nardi, Susilene Maria Tonelli; Bassi, Thiago Gasperini; Paschoal, Vania Del Arco.
Título: Diagnosis and medical treatment of neuropathic pain in leprosy / Diagnóstico e tratamento medicamentoso da dor neuropática em hanseníase / Diagnóstico y tratamiento medicamentoso del dolor neuropático en la lepra
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);24:e2731, 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to identify the difficulties in diagnosing and treating neuropathic pain caused by leprosy and to understand the main characteristics of this situation. Methods: 85 patients were treated in outpatient units with reference to leprosy and the accompanying pain. We used a questionnaire known as the Douleur Neuropathic 4 test and we conducted detailed neurological exams. As a result, 42 patients were excluded from the study for not having proved their pain. Results: Out of the 37 patients that experienced pain, 22 (59.5%) had neuropathic pain (or a mixture of this pain and their existing pain) and of these 90.8% considered this pain to be moderate or severe. 81.8% of the sample suffered with this pain for more than 6 months. Only 12 (54.5%) of the patients had been diagnosed with neuropathic pain and in almost half of these cases, this pain had not been diagnosed. With reference to medical treatment (n=12) for neuropathic pain, 5 (41.6%) responded that they became better. For the other 7 (58.4%) there were no changes in relation to the pain or in some cases the pain worsened in comparison to their previous state. Statistical analysis comparing improvements in relation to the pain amongst the patients that were treated (n=12) and those that were not, showed significant differences (value p=0.020). Conclusion: we noted difficulties in diagnosing neuropathic pain for leprosy in that almost half of the patients that were studied had not had their pain diagnosed. We attributed this to some factors such as the non-adoption of the appropriate protocols which led to inadequate diagnosis and treatment that overlooked the true picture.

RESUMO Objetivo: identificar as dificuldades em diagnosticar e tratar a dor neuropática causada pela hanseníase, bem como determinar as características principais dessa situação. Métodos: examinaram-se 85 pacientes tratados no ambulatório de referência para hanseníase e referiam dor. Aplicou-se questionário, o teste Douleur Neuropathic 4, e criterioso exame neurológico pelo qual excluíram-se 42 pacientes por não se comprovar dor. Resultados: dos 37 pacientes com dor, 22 (59,5%) tinham Douleur Neuropathic ou mista e, desses, 90,8% caracterizavam essa dor como de intensidade moderada ou severa, sendo que 81,8% sofriam por mais de 6 meses. Apenas 12 (54,5%) pacientes haviam sido diagnosticados com Douleur Neuropathic e quase metade dos casos (45,5%) estava sem reconhecimento. Quanto ao tratamento medicamentoso (n=12) para a Douleur Neuropathic, 5 (41,6%) responderam que tiveram melhora, nos outros 7 (58,4%) não houve alteração da dor ou pioraram quando se comparou ao quadro inicial. A análise estatística, comparando a melhora da dor entre os pacientes tratados (n=12) e aqueles não tratados (n=10), foi significante (valor-p=0,020). Conclusão: identificou-se dificuldade em diagnosticar a dor neuropática em hanseníase, haja vista que quase metade dos pacientes estudados estava sem reconhecimento desse quadro. Atribuíram-se, como fatores associados, a não adoção de protocolo apropriado para efetivo diagnóstico e tratamentos inadequados que podem mascarar o quadro.

RESUMEN Objetivo: identificar las dificultades de diagnosticar y tratar el dolor neuropático causado por la lepra, así como determinar las características principales de esa situación. Métodos: se examinaron 85 pacientes tratados en ambulatorio de referencia para lepra y que refirieron dolor. Se aplicó el cuestionario test Douleur Neuropathic 4, y se hizo un minucioso examen neurológico a través del cual se excluyeron 42 pacientes por no haberse comprobado dolor. Resultados: de los 37 pacientes con dolor, 22 (59,5%) tenían dolor neuropático o mixto y, de esos, 90,8% caracterizaban ese dolor como de intensidad moderada o severa, siendo que 81,8% sufrían de él hace más de 6 meses. Apenas 12 (54,5%) pacientes habían sido diagnosticados con dolor neuropático y casi mitad de los casos (45,5%) estaba sin reconocimiento. En cuanto al tratamiento medicamentoso (n=12) para el dolor neuropático, 5 (41,6%) respondieron que tuvieron mejoría; en los otros 7 (58,4%) no hubo alteración del dolor o empeoraron cuando se comparó con el cuadro inicial. El análisis estadístico, comparando la mejoría del dolor entre los pacientes tratados (n=12) y aquellos no tratados (n=10), fue significativa (valor-p=0,020). Conclusión: se identificó dificultad en diagnosticar el dolor neuropático en la lepra, considerando que casi la mitad de los pacientes estudiados estaban sin reconocimiento de ese cuadro. Se atribuyeron como factores asociados la no adopción de protocolo apropiado para un efectivo diagnóstico y tratamientos inadecuados que pudieron haber enmascarar el cuadro.
Descritores: Hanseníase/complicações
Neuralgia/diagnóstico
Neuralgia/terapia
-Medição da Dor
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros
Texto completo
Id: biblio-960986
Autor: Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros; Silva, Talita de Cássia Raminelli da; Siqueira, Hilze Benigno de Oliveira Moura; Saltareli, Simone; Gomez, Rodrigo Ramon Falconi; Hortense, Priscilla.
Título: Pain from the life cycle perspective: Evaluation and Measurement through psychophysical methods of category estimation and magnitude estimation / A dor desde a perspectiva do ciclo de vida: avaliação e medição através de métodos psicofísicos de estimação de categoria e magnitude / El dolor desde la perspectiva del ciclo de vida: evaluación y medición a través de métodos psicofísicos de estimación de categoría y de magnitud
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);24:e2769, 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Abstract Objective: to describe acute and chronic pain from the perspective of the life cycle. Methods: participants: 861 people in pain. The Multidimensional Pain Evaluation Scale (MPES) was used. Results: in the category estimation method the highest descriptors of chronic pain for children/ adolescents were "Annoying" and for adults "Uncomfortable". The highest descriptors of acute pain for children/adolescents was "Complicated"; and for adults was "Unbearable". In magnitude estimation method, the highest descriptors of chronic pain was "Desperate" and for descriptors of acute pain was "Terrible". Conclusions: the MPES is a reliable scale it can be applied during different stages of development.

Resumo Objetivo: descrever a dor aguda e a crônica na perspectiva do ciclo vital. Métodos: participaram 861 pessoas com dor. Foi utilizada a Escala Multidimensional de Avaliação da Dor (EMADOR). Resultados: no método da estimação de categoria o descritor da dor crônica de maior atribuição para crianças e adolescentes foi "Chata" e para adultos foi "Desconfortável". Os descritores de maior atribuição para dor aguda em crianças e adolescentes foram "Complicada" e em adultos "Insuportável". No método de estimação de magnitude, o descritor de maior atribuição na dor crônica foi "Atormentadora" e na dor aguda foi "Terrível". Conclusões: a EMADOR é uma escala confiável e pode ser utilizada nas diferentes etapas do desenvolvimento humano.

Resumen Objetivo: la descripción del dolor agudo y crónico desde las perspectiva del ciclo de vida. Métodos: participaron 861 personas con dolor. Se utilizó la Escala Multidimensional de Evaluación del Dolor (EMEDOR). Resultados: en el método de estimación de categoría el descriptor de dolor crónico más alto para niños y adolescentes fue de Molesto y para adultos fue Incómodo. Los descriptores mayores de dolor agudo para niños y adolescentes fueron Complejo y para adultos Insoportable. En el método de estimación de magnitud, el mayor descriptor de dolor crónico fueron Atormentador y el mayor de dolor agudo fue Terrible. Conclusiones: la EMEDOR es una escala confiable y puede ser utilizada en diferentes etapas de desarrollo.
Descritores: Medição da Dor/métodos
Dor Aguda/diagnóstico
Dor Crônica/diagnóstico
-Psicofísica
Medição da Dor/psicologia
Estudos Transversais
Fatores Etários
Dor Aguda/psicologia
Dor Crônica/psicologia
Limites: Seres Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  8 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lorenzetti, B. B
Texto completo
Id: lil-623955
Autor: Oliveira, A. B de; Silva, T. H. A; Ferreira, S. H; Lorenzetti, B. B.
Título: Quaternary ammonium salt derivatives of allylphenols with peripheral analgesic effect
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;86(supl.2):133-136, 1991. ilus, tab.
Idioma: en.
Conferência: Apresentado em: Brazilian-Sino Symposium on Chemistry and Pharmacology of Natural Products, Rio de Janeiro, Dec. 10-14, 1989.
Resumo: Ammonium salt derivatives of natural allylphenols were synthesized with the purpose of obtaining potential peripheral analgesics. These drugs, by virtue of their physicochemical properties, would not be able to cross the blood brain barrier. Their inability to enter into the central nervous system (CNS) should prevent several adverse effects observed with classical opiate analgesics (Ferreira et al., 1984). Eugenol (1) O-methyleugenol (5) and safrole (9) were submitted to nitration, reduction and permethylation, leading to the ammonium salts 4, 8 and 12. Another strategy applied to eugenol (1), consisting in its conversion to a glycidic ether (13), opening the epoxide ring with secondary amines and methylation, led to the ammonium salts 16 and 17. All these ammonium salts showed significant peripheral analgesic action, in modified version of the Randall-Sellito test (Ferreira et al. 1978), at non-lethal doses. The ammonium salt 8 showed an activity comparable to that of methylnalorphinium, the prototype of an ideal peripheral analgesic (Ferreira et al., 1984).
Descritores: Safrol/síntese química
Safrol/farmacologia
Safrol/farmacocinética
Eugenol/análogos & derivados
Eugenol/síntese química
Compostos de Amônio/síntese química
Compostos de Amônio Quaternário/síntese química
Compostos de Amônio Quaternário/farmacologia
Analgésicos/síntese química
Analgésicos/farmacologia
Analgésicos/farmacocinética
-Medição da Dor
Estrutura Molecular
Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 1243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-718827
Autor: Priscilla Hortense, Natália Lindemann Carezzato; Valera, Gabriela Gallego; Vale, Francisco Assis Carvalho; Hortense, Priscilla.
Título: Instruments for assessing pain in persons with severe dementia / Instrumentos de avaliação da dor em pessoas com demência grave
Fonte: Dement. neuropsychol;8(2), mar. 14.
Idioma: en.
Resumo: Through an integrative literature review involving the CINAHL, Cochrane, Embase, LILACS, PsycINFO, PubMed databases, tools available in the literature for assessing pain in individuals with severe dementia were identified along with versions validated for use in Brazil. We found 1501 relevant articles which, after selection of abstracts and full reading, yielded a final sample of 33 articles. The analysis enabled the identification of 12 instruments: ABBEY PAIN SCALE; ADD; CNPI; CPAT; DOLOPLUS-2; MOBID and MOBID-2; MPS; NOPPAIN; PACSLAC; PADE; PAINAD and PAINE. Despite the wide variety of tools for assessing pain in individuals with severe dementia worldwide, it was observed that only four are available in Portuguese, of which two are culturally adapted for Brazilian Portuguese (NOPPAIN and PACSLAC) and two validated for Portuguese of Portugal (DOLOPLUS and PAINAD), pointing to the need for further validation of instruments for use in Brazil.

Por meio de revisão integrativa de literatura, realizada nas bases de dados CINAHL, Cochrane, Embase, LILACS, PsycINFO, PubMed, foram identificados os instrumentos disponíveis na literatura que avaliam a dor em pessoas com demência grave e quais desses instrumentos têm versão validada no nosso país. Foram encontrados 1501 artigos, e, após seleção dos resumos e leitura na íntegra, a amostra final constituiu-se de 33 artigos. A análise possibilitou identificar 12 instrumentos: ABBEY PAIN SCALE; ADD; CNPI; CPAT; DOLOPLUS-2; MOBID e MOBID-2; MPS; NOPPAIN; PACSLAC; PADE; PAINAD e PAINE. Apesar de ampla variedade de instrumentos de avaliação de dor em pessoas com demência grave no mundo, observou-se que apenas quatro instrumentos estão disponíveis em português, sendo dois adaptados culturamente para o português brasileiro (NOPPAIN e PACSLAC) e dois instrumentos validados para o português de Portugal (DOLOPLUS e PAINAD), o que sugere a necessidade de validação de mais instrumentos no nosso país.
Descritores: Dor
Medição da Dor
Estudos de Validação
Demência
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 1243 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bertges, Luiz Carlos
Texto completo
Id: biblio-1041
Autor: Barros, André Martins de; Leiner, Juliano Santangelo; Rufato Júnior, Luiz Lázaro; Ramos, Plínio S; Ricardo, Djalma Rabelo; Bertges, Luiz Carlos.
Título: Colonoscopia com infusão de água: revisão sistemática / Water infusion colonoscopy: a systematic review
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;35(2):78-87, abr.-jun. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: verificar os benefícios do método de colonoscopia com água versus ar, e esclarecer as limitações dos estudos e revisões sistemáticas preexistentes em relação à taxa e tempo de intubação cecal, taxa de detecção de adenomas, duração da colonoscopia, e incidência de dor. Método: revisão sistemática da literatura sem metanálise. Resultados: em relação à taxa de intubação cecal, não houve aumento significante com o método de água; o tempo de intubação cecal foi significantemente mais longo com o método de água em dois estudos; a taxa de detecção de adenomas apresentou-se numericamente maior, sem apresentar diferença significante; a duração total do exame foi significantemente maior no método de água em apenas um estudo; em relação à dor, houve redução significativa da dor no método com água em relação ao método com insuflação de ar. Conclusão: o principal benefício do método de colonoscopia com infusão de água é a redução significativa da dor durante o procedimento, entretanto, foram encontrados diversos problemas em relação aos dez estudos avaliados e às revisões sistemáticas preexistentes. Concluiu-se pela necessidade de maiores pesquisas para confirmação dos dados.

Objective: to check the benefits of water colonoscopy method versus air insuflation colonoscopy method, and clarify the limitations of the pre-existing studies and systematic reviews in relation to the cecal intubation rate and time, adenoma detection rate, procedural time, and pain incidence. Method: systematic literature review without meta-analysis. Results: regarding the cecal intubation rate, the water method does not show significant increase; cecal intubation time was significantly longer with the water method, in two studies; the adenomas detection rate had presented numerically greater, although there was no significant difference; total colonoscopy procedural time was significantly greater in water method, only in one study; in relation to pain, there was a statistically significant reduction in pain with water method, compared to the air insufflation method. Conclusion: the main benefit of the water colonoscopy method is significant reduction in pain during the procedure. However, several problems were found in the ten assessed studies and in pre-existing systematic reviews. We concluded by the need for further research to confirm the data.
Descritores: Colonoscopia
Colonoscopia/métodos
Técnicas de Diagnóstico do Sistema Digestório
-Medição da Dor
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt



página 1 de 125 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde