Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.056.110 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 111 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 111 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281262
Autor: Freitas, Patricia de.
Título: Respostas fisiológicas e comportamentais de recém-nascidos pré-termos submetidos a duas técnicas de banho de imersão: ensaio clínico cruzado / Physiological and behavioral responses of preterm newborn underwent to two immersion baths techniques: cross-over clinical trial.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 154 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: a revisão de literatura aponta que os recém-nascidos submetidos ao banho de imersão produzem menor variação térmica pós-banho comparado aos submetidos ao banho com esponja. No Brasil, o Ministério da Saúde vem capacitando profissionais que atuam em unidades de internação neonatal para implementar o Método Mãe Canguru e, entre outras práticas, recomenda que o recém-nascido pré-termo (RNPT) e com baixo peso seja submetido ao banho de imersão envolto em cueiro ou lençol, sugerindo mudança da prática hegemônica do banho com esponja ou banho de imersão convencional. No entanto, a técnica de banho de imersão recomendada carece de evidências científicas quanto a sua segurança em relação às repercussões na estabilidade da temperatura corporal (T), frequência cardíaca (FC), cortisol salivar (CS) e comportamental em RNPT. Hipótese: os RNPT submetidos ao banho de imersão envoltos em lençol (BIE) apresentam respostas fisiológicas e comportamentais similares aos submetidos à técnica de banho de imersão convencional (BIC), nos primeiros 20 minutos pós-banho. Objetivo: avaliar os parâmetros fisiológicos e comportamentais de RNPT submetidos ao banho de imersão envolto em lençol (BIE) e banho de imersão convencional (BIC). Método: ensaio clínico randomizado cruzado com amostra composta por 43 RNPT, internados na Unidade Neonatal de um hospital escola da cidade de São Paulo. Os RNPT foram alocados no grupo A ou B, seguindo uma lista de randomização gerada pelo software R que foi envelopada e mantida com os auxiliares da pesquisa responsáveis pelos banhos dos RNPT.A randomização definiu a técnica do primeiro banho que o RN seria submetido. Somente após análise dos dados foi aberto o envelope da randomização sendo identificado que no grupo A, o primeiro banho foi o BIC (intervenção controle) e no grupo B, o BIE (intervenção experimental). A técnica do BIE seguiu a técnica recomendada no Manual Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso: Método Mãe-Canguru, publicada pelo Ministério da Saúde. Foram utilizadas filmadoras para obter os valores da FC e da SatO2 registradas pelo monitor cardíaco instalado nos RNPT e para captar imagens das reações comportamentais antes e após os banhos. As temperaturas axilares foram aferidas com termômetro digital e amostras de saliva foram coletadas com esponja oftálmica (Merocel)®, refrigeradas e processada pelo teste Elisa. As filmagens do estado comportamental 10 minutos pré e 10 e 20 minutos pós-banho foram analisadas utilizando o instrumento de avaliação do sono-vigília validado por Brandon e Holditch-Davis. Os dados foram registrados em formulário próprio e armazenados em planilha Microsoft Excel. A análise estatística foi realizada com os programas Minitab, versão 16.1 e SPSS, versão 20. Além da análise descritiva das variáveis numéricas para obtenção de medidas de tendência central e dispersão e frequências absoluta e relativa, foram utilizados os testes Qui-quadrado e Exato de Fisher; o teste T pareado, ANOVA e Modelos Generalizados Lineares na análise dos dados.Resultados: As temperaturas axilares médias dos RNPT pré-BIC e pré-BIE foram, respectivamente, 36,695°C e 36,667°C, p = 0,329. No 10° minuto pós-BIC e BIE, as médias das temperaturas axilares foram, respectivamente, 36,533°C e 36,535°C, p = 0,944. No 20° minuto pós-BIC e BIE, as médias da temperatura axilar foram 36,626°C e 36,628°C, p = 0,663. Houve queda na temperatura axilar no 10° minuto pós-banho, independente do tipo de banho realizado (p <0,001). A hipótese de que o BIE é equivalente ao BIC em relação à variação da temperatura axilar foi confirmada. Houve redução significante nos valores das FC no 10° e 20° minutos pós-BIC e BIE comparados aos valores pré-banho, independente do tipo de banho (p<0,001). Ocorreu aumento gradativo dos valores médios de SatO2 no 10º e 20° minutos após os banhos sem diferenças significantes nos valores pré-banhos, p = 0,969. A concentração do cortisol salivar aumentou após o banho em ambos os grupos, p = 0,001, entretanto não ocorreram diferenças entre os grupos, ou seja, os níveis de cortisol salivar aumentaram após o banho, independente do tipo de banho, p = 0,797. O percentual de tempo em estado sono ativo aumentou após o banho, independente do tipo de banho, p<0,001, ou seja, houve mudança significativa no comportamento do recém-nascido, sem diferenças entre os banhos, p = 0,425. Conclusão: Tanto os RNPT que receberam BIC quanto os que receberam BIE apresentaram queda na temperatura corporal no 10° minuto pós-banho com aumento da temperatura corporal no 20° minuto pós-banho. Comparado aos achados da literatura, a redução da temperatura corporal foi menor que no banho com esponja. O BIE é equivalente ao BIC, portanto ambos são indicados aos RNPT. Convêm salientar o aumento dos custos do BIE em razão do consumo de lençol e da capacitação necessária da equipe de enfermagem nesta técnica de banho, sem prolongar o tempo médio dispendido no banho, visto que poderá reduzir a temperatura da água do banho e consequentemente causar queda na temperatura corporal do RN.

Introduction: the literature review shows that newborns underwent to immersion baths produce less post-bath thermal variation compared to those underwent to the sponge bath. In Brazil, the Ministry of Health has been qualifying working professionals in neonatal hospitalization units to implement the Kangaroo Mother Care and, among other practices, recommends that the preterm newborn infants (PNI) and underweight are underwent to the swaddle immersion bath wrapped in clothes or sheet, suggesting change of the hegemonic practice of sponge bath or conventional immersion bath. However, the immersion bath technique recommended requires more scientific evidence about its safety in relation to impact on the stability of body temperature (T), heart rate (HR), salivary cortisol (SC) and behavioral in PNI. Hypothesis: PNI underwent to swaddle immersion bath wrapped in sheet (SIB) have physiological and behavioral responses similar to those underwent to the conventional immersion bath technique (CIB), in the first 20 minutes post-bath. Objective: To evaluate the physiological and behavioral parameters of preterm newborn infants underwent to swaddle immersion bath in sheet (SIB) and conventional immersion bath (CIB). Method: Randomized crossover clinical trial with a sample of 43 preterm newborn infants in the neonatal unit of a university hospital in the city of Sao Paulo. PNI were allocated in the A or B groups, following a randomization list which was generated by the software R, which was enveloped and maintained with research assistants who were responsible for the baths of PNI.Randomization list defined the first bath technique that the newborn was underwent. The randomization envelope was only opened after data analysis being identified that in group A, the first bath was the CIB (control intervention) and group B, the SIB (experimental intervention). The SIB technique followed the technique recommended in the Humane Care Infant, Low Birth Weight: Kangaroo Mother Care Manual, published by the Ministry of Health of Brazil. Video cameras were used for the HR and SpO2 values recorded at heart monitor installed in the PNI and to capture images of behavioral responses before and after baths. Axillary temperatures were measured with a digital thermometer and saliva samples were collected with ophthalmic sponge (Merocel) ®, refrigerated and processed by the Elisa test. The video recorded of behavioral states of 10 minutes pre-baths and 10 and 20 minutes post-baths were analyzed using the sleep-wake assessment tool validated by Brandon and Holditch-Davis. Data were recorded and stored in the proper form in Microsoft Excel spreadsheet. Statistical analysis was performed using Minitab software, version 16.1 and SPSS, version 20. In addition to the descriptive analysis of numerical variables to obtain measures of central tendency, dispersion, absolute and relative frequencies, Chi-square tests were used and Fisher Exact, the paired T-test, ANOVA and Generalized Linear Models in the data analysis. Results: The mean axillary temperatures of PNI pre-CIB and SIB were respectively 36.695 °C and 36.667 °C, p = 0.329.At 10 minutes post-CIB and SIB, the mean axillary temperatures were, respectively, 36.533 ° C to 36.535 ° C, p = 0.944. At 20 minutes post- CIB and SIB, the average of axillary temperature were 36.626°C and 36.628 ° C, p = 0.663. There was a decrease in the axillary temperature at 10 minutes post-bath, regardless of the type performed bath (p < 0.001). The hypothesis that the SIB is equivalent to the CIB related to the variation in the axillary temperature was confirmed. There was a significant reduction in the HR values at the 10th and 20 th minutes after CIB and SIB compared to pre-bath values, regardless type of the bath (p< 0.001). There was a progressive rise on SpO2 mean values on the 10th and 20 th minutes after baths with no significant differences in pre-baths values, p = 0.969. The salivary cortisol concentrations increased after bathing in both groups, p = 0.001, however there were no differences between the groups, in other words, salivary cortisol levels increased after bathing, regardless of the type of bath, p = 0.797. The percentage of time in active sleep state increased after bathing, regardless of bath type, p<0.001, that is meaning there was significant change in newborn behavior, without differences between baths, p = 0.425. Conclusion: Both the PNI who received CIB, as those receiving SIB, had a decrease in body temperature in the 10th minute post bath followed by an increased body temperature at 20 minutes post-bath. Compared to previous studies, reduction of body temperature was lower than in the sponge bath.The SIB is equivalent to the CIB therefore both are recommended for preterm infants. It should be emphasized the increased in the SIB costs due to the bed sheet consumption and the required nursing staff training in this bath technique, without extending the average time spent in the bath, as it may reduce the temperature of the bath water, consequently causing body temperature drop on the newborn.
Descritores: Banhos
-Comportamento
Recém-Nascido Prematuro
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  2 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1254844
Autor: Araújo, Bárbara Bertolossi Marta de; Martins, Thamires Aparecida de Souza; Miranda, Ana Flávia Rêgo de; Morais, Angela Sousa de; Mesquita, Bárbara de Castro; Souza, Vitorine Andrade Gonçalves de.
Título: Avaliação fisiológica de neonatos prematuros submetidos ao banho de imersão em banheira e banho humanizado / Physiological evaluation of premature neonates submitted to bath and humanized bath / Evaluación fisiológica de neonatos prematuros presentados al baño y baño humanizado
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:925-929, jan.-dez. 2021. tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivos: descrever e comparar os sinais fisiológicos apresentados pelos bebês prematuros durante o banho de imersão em banheira e banho humanizado. Método: estudo quantitativo, transversal e observacional, realizado através da filmagem e análise dos banhos. Participaram do estudo todos os prematuros hemodinamicamente estáveis. A coleta de dados ocorreu de junho de 2018 até junho de 2019. A análise de dados ocorreu por estatística descritiva. Resultados: o banho de imersão em banheira apresentou uma grande perda na temperatura corporal de 50% (15) dos prematuros. O banho humanizado não apresentou perda de significativa de temperatura em nenhum neonato. Conclusão: a técnica humanizada promove uma melhor assistência ao recém-nascido prematuro, gerando menos alterações fisiológicas

Objectives: were to describe and compare the physiological signs presented by premature babies during bath immersion in a bath and humanized bath. Method: quantitative, cross-sectional and observational study, carried out through the filming and analysis of the baths. All hemodynamically stable preterm infants participated in the study. Data collection took place from June 2018 to June 2019. Data analysis was performed using descriptive statistics. Results: the bath immersion bath showed a great loss in body temperature of 50% (15) of premature infants. The humanized bath did not show any significant loss of temperature in any neonate. Conclusion: the humanized technique promotes better care for the premature newborn, generating less physiological changes

Objetivos: fueron describir y comparar los signos fisiológicos presentados por los bebés prematuros durante la inmersión en un baño y un baño humanizado. Método: estudio cuantitativo, transversal y observacional, realizado a través de la filmación y análisis de los baños. Todos los recién nacidos prematuros hemodinámicamente estables participaron en el estudio. La recopilación de datos se realizó entre junio de 2018 y junio de 2019. El análisis de datos se realizó mediante estadísticas descriptivas. Resultados: el baño de inmersión mostró una gran pérdida de temperatura corporal del 50% (15) de los bebés prematuros. El baño humanizado no mostró ninguna pérdida significativa de temperatura en ningún recién nacido. Conclusión: la técnica humanizada promueve un mejor cuidado del recién nacido prematuro, generando menos cambios fisiológicos
Descritores: Banhos
Recém-Nascido Prematuro
Humanização da Assistência
-Temperatura Corporal
Enfermagem Neonatal
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  3 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950543
Autor: Silva-Néto, Raimundo Pereira.
Título: A review of 50 cases of bath-related headache: clinical features and possible diagnostic criteria / Uma revisão de 50 casos de cefaleia relacionada ao banho: características clínicas e possíveis critérios diagnósticos
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;76(5):346-351, May 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To describe clinical features and possible diagnostic criteria of the 50 bath-related headache (BRH) cases that have been published in the literature to date. Methods: Based on a literature search in the major medical databases, we analyzed all case reports or case series on BRH that were published between 2000 and 2017. Results: We describe 48 women and two men diagnosed with BRH. Of these 50 patients, 90% were from Asian countries. The average age was 49.3 years. There was an association of BRH with migraine (28%), tension-type headache (12%) and cold stimulus headache (4%). Headache was bilaterally localized, had an explosive or pulsating quality and a severe intensity. The pain lasted from five minutes to four days. Associated manifestations were nausea, vomiting, photophobia or phonophobia. There was a good therapeutic response with nimodipine and when avoiding a hot bath. Conclusions: Bath-related headache is a benign headache that is not associated with a structural lesion.

RESUMO Objetivo: Descrever as características clínicas e possíveis critérios diagnósticos dos 50 casos de cefaleia relacionada ao banho (CRB) que foram publicados na literatura até agora. Métodos: Com base em uma pesquisa de literatura nas principais bases de dados médicos, analisamos todos os relatos de casos ou séries de casos sobre BRH que foram publicados entre 2000 e 2017. Resultados: Descrevemos 48 mulheres e 2 homens diagnosticados com CRB. Destes 50 pacientes, 90,0% eram asiáticos. A média de idade foi 49,3 anos. Houve associação com migrânea (28,0%), cefaleia do tipo tensional (12,0%) e cefaleia por estímulo frio (4,0%). A cefaleia foi localizada bilateralmente, explosiva ou pulsátil e de forte intensidade. A dor durou de 5 minutos a 4 dias.As manifestações associadas foram náuseas, vômitos, fotofobia ou fonofobia. Houve uma boa resposta terapêutica com nimodipina e evitando-se banho quente. Conclusões: CRB é uma cefaleia benigna não associada com lesão estrutural.
Descritores: Banhos/efeitos adversos
Cefaleia/etiologia
-Bases de Dados Factuais
Cefaleia/diagnóstico
Cefaleia/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134967
Autor: Sreelekshmi, V. S; Rajeshwari, P. N; Rabinarayan, Tripathy.
Título: Effect of Acacia catechu and alum hot sitzbath on post-operative pain in patients treated with herbal seton / Efeito do banho quente de assento com Acacia catechu e alume na dor pós-operatória em pacientes tratados com seton à base de plantas
Fonte: J. coloproctol. (Rio J., Impr.);40(2):143-148, Apr.-Jun. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background Post-operative pain is the major consequence of Ksarasutra, Seton technique employed in Ayurvedic management of Low anal fistula. Surgeons are forced to prescribe Opioids and NSAIDs with pronounced untoward effects. Non pharmacological measures like Balneotherapy are used to improve circulation and relieve spasm in contemporary sciences. Aim To compare the efficacy of Khadira (Acacia catechu) and Sphatika (Potash alum) hot sitzbath with plain hot sitzbath in patients of low anal fistula treated with Ksarasutra. Method The study was single blind, double armed; prospective, randomized control clinical trial in which 30 patients were randomly allocated into two groups of 15 each on the basis of inclusion and exclusion criteria. Group A received hot sitzbath using Acacia catechu and alum infusion twice daily for 21 days. Group B received hot sitzbath using warm water for 21 days. The assessments were made on pain, post-surgical satisfaction burning sensation, tenderness, discharge, constipation, itching and incontinence. Result The disease was prevalent in the 4th decade of life, more in males (86.67%) involved in sedentary work (53.33%) residing in urban domicile, consuming mixed diet (100%). Both groups showed statistically significant improvement in outcome measures like pain, burning sensation, tenderness, discharge, constipation and itching. Conclusion On comparative analysis Acacia and Alum hot sitzbath was more effective in outcomes like pain, surgical satisfaction, burning sensation and discharge. There was no difference in the effect of both interventions with respect to outcome measures like constipation, itching and incontinence.

RESUMO Justificativa A dor pós-operatória é a principal consequência da técnica que utiliza seton de Ksarasutra no tratamento ayurvédico de fístula anal baixa. Os cirurgiões são impelidos a prescrever opiáceos e AINEs que possuem efeitos indesejáveis pronunciados. Medidas não farmacológicas como a balneoterapia são usadas nas ciências contemporâneas para melhorar a circulação e aliviar o espasmo. Objetivo Comparar a eficácia do banho quente de assento com Khadira (Acacia catechu) e Sphatika (Potash alum) com apenas banho de assento em pacientes com fístula anal baixa tratados com Ksarasutra. Método Estudo clínico prospectivo, cego e controlado de dois braços randomizados, no qual 30 pacientes foram alocados aleatoriamente em dois grupos de 15 pacientes cada com base nos critérios de inclusão e exclusão. O Grupo A recebeu banho de assento com Acacia catechu e infusão de alume duas vezes ao dia por 21 dias. O Grupo B recebeu banho de assento com água morna por 21 dias. Os desfechos avaliados foram dor, satisfação pós-cirúrgica, sensação de queimação, sensibilidade, corrimento, constipação, prurido e incontinência. Resultado A doença foi prevalente na 4ª década de vida, mais frequente no sexo masculino (86,67%), nos envolvidos em trabalho sedentário (53,33%), nos residentes em domicílios urbanos e nos que consumiam dieta mista (100%). Ambos os grupos apresentaram melhora estatisticamente significativa na avaliação dos resultados, tais como dor, sensação de queimação, sensibilidade, corrimento, constipação e prurido. Conclusão Na análise comparativa, o banho quente de assento com acácia e alume foi mais eficaz nos desfechos de dor, satisfação cirúrgica, sensação de queimação e corrimento. Não houve diferença em relação ao efeito de ambas as intervenções sobre os desfechos de constipação, prurido e incontinência.
Descritores: Dor Pós-Operatória
Banhos
Fístula Retal/cirurgia
-Areca
Potássio
Sulfato de Alumínio
Acacia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR545.3 - Biblioteca ICBS


  5 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1148279
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Salud Ambiental e Inocuidad Alimentaria.
Título: Directiva sanitaria para el uso de playas de baño en el marco de la COVID-19. Directiva Sanitaria Nº130-MINSA/2021/DIGESA / Health directive for the use of bathing beaches in the framework of COVID-19. Health Directive No. 130-MINSA / 2021 / DIGESA.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20210200. 8 p.
Idioma: es.
Resumo: El documento establece las disposiciones que permitan controlar y disminuir el riesgo de transmisión de la COVID-19 en las playas de baño.
Descritores: Banhos
Controle de Doenças Transmissíveis
Risco
Infecções por Coronavirus
Transmissão de Doença Infecciosa
Vigilância em Saúde Pública
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  6 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1141568
Autor: Milcharek, William Freire; Mufato, Leandro Felipe; Oliveira, Daniela do Carmo.
Título: Mal de Simioto: práticas de saúde às crianças no interior do Brasil / Simioto's disease: health practice for children in the interior of Brazil
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(1):155-162, 07/06/2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: The "Simioto'sDisease" is a disease that has popular legitimacy and influences the search for treatment for infant health problems. This study aimed to understand the health practices related to Simioto'sDisease in a city in the interior of Brazil, from the perspective of parents of treated children. This is a qualitative and descriptive study performed by obtaining data using a semi-structured questionnaire with parents of children who were diagnosed and treated for the Simioto'sDisease. The data were subjected to content analysis. The categories discussedwere: The Simioto'sDisease pathology and its cultural aspects: symptoms, diagnosis, treatment and its indications and effectiveness; Relationship between Simioto'sDisease and professionalhealth care; The profile of healers or informal care and religiosity in the care of Simioto'sDisease. It was concluded that diagnosis and treatment are practices based on symptoms that generate a popular diagnosis. By describing the parent perspective, this practice is based on the belief of the treatmentefficacy and is legitimized by the healer reception, guidelines and precautionary measures of the disease that are passed, among other care, in addition to the baths performing frequency.

O "Mal de Simioto" é uma doença que possui legitimidade popular e queinfluencia a busca por tratamento para problemas de saúde infantil. Objetivou-se compreender as práticas de saúde relacionadas ao Mal de Simioto em um município no interior do Brasil, na perspectiva dos pais das crianças tratadas. Estudo qualitativo, descritivo, realizado através da obtenção de dados com o uso de questionário semiestruturado com os pais de crianças que foram diagnosticadas e tratadas com o Mal de Simioto. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo.As categorias discutidas foram: A patologia Mal de Simioto e seus aspectos culturais: os sintomas, o diagnóstico, o tratamento e sua indicação e eficácia; Relação entre Mal de Simioto e os cuidados profissionais de saúde;Operfil dos curandeiros ou cuidadores informais e a religiosidade no cuidado ao Mal de Simioto. Concluiu-se queo diagnóstico e o tratamento são práticas baseadas em sintomas que geram um diagnóstico popular. Através da descrição pela perspectiva dos pais, essa práticabaseia-se na crença da eficácia do tratamento e é legitimada pelo acolhimento do curandeiro,das orientações e medidas de precaução da doença que são repassadas, entre outros cuidados, além da periodicidade de realização dos banhos.
Descritores: Transtornos da Nutrição Infantil/complicações
Desnutrição Proteico-Calórica
Saúde do Lactente
-Plantas Medicinais/parasitologia
Banhos/enfermagem
Pessoal de Saúde
Cultura
Cultura Popular
Medicina Tradicional/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-638465
Autor: Quiroz Madrid, Soraya; Castro López, Carolina; Tirado Otálvaro, Andrés Felipe; Rodríguez Padilla, Libia María.
Título: Alteraciones hemodinámicas del paciente crítico cardiovascular durante la realización del baño diario / Hemodynamic changes of patients with cardiovascular diseases during the daily bath
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;31(1):19-26, ene.-jun. 2012.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: evaluar las alteraciones hemodinámicas que se presentan durante la realización del baño en pacientes críticos en post-operatorio de cirugía cardiovascular. Metodología: estudio cuasi-experimental (pre–post) en el que se incluyeron 36 pacientes de la Unidad de Cuidado Intensivo y Cuidado Especial de la Clínica El Rosario, sede El Tesoro, de la ciudad de Medellín entre abril y julio de 2009. Se determinaron los cambios hemodinámicos durante el baño a través de pruebas paramétricas o no paramétricas y se consideró la distribución de las variables. Resultados: el 64% de los pacientes está compuesto por el sexo masculino, la edad promedio fue 59.7 ± 11.2 años. A la mayoría se le realizó baño de esponja (94.3%). El 78% de los pacientes estaba extubado. El diagnóstico post-operatorio más frecuente fue la revascularización coronaria (70%). Se observaron alteraciones en los valores de presión arterial sistólica y frecuencia respiratoria, de acuerdo con el tiempo de evaluación (p = 0.017 y p<0.0001, respectivamente); se observó un aumento de la presión arterial sistólica durante el baño (p = 0.010) y un aumento de la frecuencia respiratoria después del baño (p = 0.008). Conclusiones: aunque se advirtieron cambios en la presión arterial sistólica y la frecuencia respiratoria, éstos no representaron una alteración clínica significativa.

Objective: to evaluate the hemodynamic changes that occur during the performance of bath on a cardiovascular post-operatory patient.Methods: a quasi-experimental study (pre and post) in which 36 patients were included from the Intensive Care Unit and Special Care Unit of La Clinica del Rosario, Medellin, between April and July 2009. Hemodynamic changes were determined during the bath through parametric or nonparametric tests, according to the distribution of variables.Results: 64% of patients were male, mean age was 59.7 ± 11.2 years. Most of the patients underwent sponge bath (94.3%). 78% of patients were extubated. The most frequent postoperative diagnosis was coronary revascularization (70%). Abnormalities were observed in systolic blood pressure values and respiratory rate, according to the evaluation period (p value= 0.017 and p value <0.0001, respectively), an increase of systolic blood pressure during the bath (p value= 0.010), and an increased respiratory rate after the bath (p value= 0.008).Conclusions: although there were changes in systolic blood pressure and respiratory rate, these did not represent any important clinical disorder
Descritores: Banhos/efeitos adversos
-Cuidados Críticos
Unidades de Terapia Intensiva
Doenças Cardiovasculares
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Estudo Observacional
Estudo Clínico
Responsável: CO101.1 - BCdeS - Biblioteca Ciencias de la Salud


  8 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958119
Autor: Costa, Geisiane Souza; Souza, Cristiane Chaves de; Diaz, Flavia Batista Barbosa de Sá; Toledo, Luana Vieira.
Título: Banho no leito em cuidados críticos: uma revisão integrativa / Baño en el lecto en cuidados críticos: una revisión integradora / Bed bath in critical care patients: an integrative review
Fonte: Rev. baiana enferm;32:e20483, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo analisar as produções científicas sobre o banho no leito de pacientes adultos em cuidados críticos. Método revisão integrativa da literatura realizada em 2016 nas bases de dados CINAHL, PubMed, Scopus, LILACS e Web of Science, utilizando os descritores "baths", "critical care", com o operador booleano "and". Resultados foram incluídos 21 artigos. As publicações tiveram como foco: relacionar o banho no leito com a prevenção e o controle de Infecções Associadas aos Cuidados de Saúde, e descrever e avaliar o procedimento do banho no leito. Conclusão há lacunas de conhecimento na literatura acerca da melhor técnica de banho no leito, mas a produção científica demonstra que esse procedimento pode provocar alterações nos parâmetros fisiológicos em pacientes adultos em cuidados críticos.

Objetivo analizar las producciones científicas sobre el baño en el lecho de pacientes adultos en cuidados críticos. Método revisión integradora de la literatura llevada a cabo en 2016, en las bases de datos dados CINAHL, PubMed, Scopus, LILACS y Web of Science, utilizándose los descriptores "baths", "critical care", con el operador booleano "and". Resultados incluidos 21 artículos. Las publicaciones tuvieron como foco: relacionar el baño en el lecho con la prevención y el control de Infecciones Asociadas a la Atención de Salud, y describir y evaluar el procedimiento del baño en el lecho. Conclusión hay lagunas de conocimiento en la literatura acerca de la mejor técnica de baño en el lecho, pero la producción científica señala que ese procedimiento puede provocar alteraciones en los parámetros fisiológicos en pacientes adultos en cuidados críticos.

Objective Analyze scientific studies on bed bath of adult patients in critical care. Method An integrative literature review was conducted in 2016 in the following databases: CINAHL, PubMed, Scopus, LILACS, and Web of Science, using the descriptors: "baths," "critical care," with Boolean operator "and." Results 21 articles were included. The studies focused on: the relation between bed bath and the prevention and control of healthcare-associated infections (HAIs), and description and evaluation of the bed bath procedure. Conclusion A knowledge gap was observed in the literature in terms of the best bed bath technique, but the scientific studies analyzed in this review show this procedure can cause changes in the physiological parameters of adult patients in critical care.
Descritores: Banhos
Leitos
Cuidados Críticos
Enfermagem de Cuidados Críticos
-Cuidados de Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  9 / 111 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-798029
Autor: Taets, Gunnar Glauco de Cunto; Figueiredo, Nébia Maria Almeida de.
Título: Uma pesquisa quase experimental em enfermagem sobre dor em pacientes em coma / Una investigación cuasi experimental en enfermería sobre dolor en pacientes en coma / A quasi-experimental nursing study on pain in comatose patients
Fonte: Rev. bras. enferm;69(5):927-932, set.-out. 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: verificar se pacientes em coma sentem dor durante a intervenção de enfermagem banho no leito. Método: 19 pacientes com 61 ± 17,39 anos de idade participaram do estudo. Realizou-se, pelo método ELISA, a análise quantitativa de substância P (SP) na saliva coletada antes e durante o banho no leito. Utilizou-se o programa Graph Pad Prisma 6 para análise dos dados. A verificação da normalidade foi feita pelo teste de Shapiro Wilk que determinou a escolha do teste não paramétrico de Wilcoxon. Resultados: o estudo apresentou aumento estatístico significativo (∆= 5.62%, p<0,001) no nível de SP dos pacientes estudados durante a intervenção de enfermagem. Conclusão: conclui-se que quando cuidamos de pacientes em coma, durante o banho no leito, provocamos ou acrescentamos estímulos dolorosos, logo, eles sentem dor.

RESUMEN Objetivo: verificar si pacientes en coma sienten dolor durante la intervención de enfermería baño en el lecho. Método: 19 pacientes de 61±17,39 años de edad participaron del estudio. Se realizó, por método ELISA, el análisis cuantitativo de substancia P (SP) en saliva colectada antes y durante baño en el lecho. Se utilizó el programa Graph Pad Prisma 6 para analizar los datos. La verificación de normalidad fue efectuada por test de Shapiro Wilk, que determinó elección del testeo no paramétrico de Wilcoxon. Resultados: se demostró aumento estadístico significativo (∆=5.62%; p<0,001) en nivel de SP de los pacientes estudiados durante la intervención de enfermería. Conclusión: se concluye en que cuando cuidamos a pacientes en coma, durante el baño en el lecho, provocamos o incrementamos estímulos dolorosos. Es decir, ellos sienten dolor.

ABSTRACT Objective: to verify whether comatose patients feel pain during the bed bath nursing procedure. Method: nineteen patients aged 61 ± 17.39 years participated in the study. A quantitative analysis was conducted on the P substance (PS) in the saliva collected before and during a bed bath, using the ELISA method. Program Graph Pad Prisma 6 was used to analyze the data. The verification of normality was made through the Shapiro Wilk test, which determined the choice for the Wilcoxon nonparametric test. Results: the study showed a statistically significant increase (∆= 5.62%, p<0.001) in the PS level of the patients studied during the nursing procedure. Conclusion: when caring for comatose patients during a bed bath, professionals cause or add painful stimuli; therefore, they feel pain.
Descritores: Dor Intratável/diagnóstico
Diagnóstico de Enfermagem
Coma
-Dor Intratável/enfermagem
Banhos
Medição da Dor
Brasil
Pesquisa em Enfermagem Clínica
Escala de Coma de Glasgow
Unidades de Terapia Intensiva
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 111 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898309
Autor: Prado, Athaynne Ramos de Aguiar; Ramos, Ricardo Luiz; Ribeiro, Olga Maria Pimenta Lopes; Figueiredo, Nébia Maria Almeida de; Martins, Maria Manuela; Machado, Wiliam César Alves.
Título: Bath for dependent patients: theorizing aspects of nursing care in rehabilitation / Baño del paciente dependiente: aspectos teorizantes de la atención de Enfermería en rehabilitación / Banho no cliente dependente: aspectos teorizantes do cuidado de Enfermagem em reabilitação
Fonte: Rev. bras. enferm;70(6):1337-1342, Nov.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to produce a reflective essay on what has been produced in relation to bath as a procedure related to nursing care and diagnosis for dependent patients undergoing mediate and immediate rehabilitation processes after a traumatic event. Method: discursive, reflective study supported by classical content analysis consisting of the following stages: a) reading of the texts in their most comprehensive form; b) emphasizing the relevant elements produced about bathing; c) reflection on texts and what is produced about bathing. Results: the texts point out to three categories for nursing practice and reflection: Meaning to patients on the purposes of bathing; Representation for nurses in the work process; Representation for nurses in the management of care and nursing care planning. Conclusion: the reflection points out understandings on bathing as a care focused on the autonomy of nursing rehabilitation patients, requiring further investigations.

RESUMEN Objetivo: Analizar en la perspectiva de un ensayo reflexivo sobre lo que está siendo producido acerca del baño, como procedimiento de atención y diagnóstico de enfermería para pacientes dependientes, en proceso de rehabilitación mediato e inmediato, posterior a evento traumático. Método: Discursivo, reflexivo, respaldado por análisis de contenido clásico, incluyendo las etapas: a) lectura integral de los textos; b) énfasis en elementos relevantes producidos sobre el baño; c) reflexión sobre los textos y sobre la producción sobre el baño. Resultados: Los textos determinaron tres categorías para reflexión y práctica de enfermería: Significado para el paciente de la práctica de enfermería; Representación para enfermeros en el proceso de trabajo; representación para enfermeros en la gestión del cuidado y planificación de atención de enfermería. Conclusión: La reflexión refiere una comprensión del baño como cuidado enfocado en la autonomía del paciente de enfermería de rehabilitación, y carece de investigaciones futuras.

RESUMO Objetivo: versar na perspectiva de um ensaio reflexivo do que vem sendo produzido sobre o banho, como um procedimento do cuidado e do diagnóstico de enfermagem para clientes dependentes, em processo de reabilitação mediata e imediata, após evento traumático. Método: discursivo reflexivo, apoiado pelo método de análise de conteúdo clássica, constituída pelas seguintes etapas: a) leitura dos textos em sua forma mais abrangente; b) destaque para os elementos relevantes produzidos sobre o banho; c) reflexão sobre os textos e o que é produzido sobre o banho. Resultados: os textos apontam três categorias para reflexão e prática de enfermagem: Significado para o cliente nos propósitos desta; representação para enfermeiros no processo de trabalho; representação para estes na gestão do cuidado e planejamento da assistência de enfermagem. Conclusão: a reflexão aponta entendimentos do banho como cuidado focado na autonomia dos clientes da enfermagem de reabilitação e carece de futuras investigações.
Descritores: Banhos/métodos
Banhos/psicologia
Formação de Conceito
Cuidados de Enfermagem/métodos
-Banhos/instrumentação
Cuidados de Enfermagem/psicologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde