Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.095.147.725.490 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 932 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 94 ir para página                         

  1 / 932 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1045938
Autor: Angelo Bustamante, Daniele; de Almeida Serrano, Luzia Cristina; Duca, William José; Ferreira da Silva, Renato; Martins Alves da Silva, Rita de Cássia.
Título: Adaptação do instrumental de avaliação social em transplante hepático / Adaptation of the instruments of social assessment in liver transplantation
Fonte: Arch. Health Sci. (Online);26(2):http://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/1526, abri-set.2019.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O fator social interfere na realização de um transplante hepático, podendo contraindicá-lo momentaneamente. Para a análise e intervenção na realidade social do sujeito/paciente, o assistente social utiliza um instrumental que, devido ao seu valor, necessita de implementações, dado o movimento social. Objetivo: Adaptar o instrumental de avaliação social utilizado na Unidade de Transplante de Fígado. Método: Estudo quanti-qualitativo, pesquisa de campo com amostra intencional (assistentes sociais de Unidade de Transplante, com experiência no uso de instrumental de avaliação), análise de dados na perspectiva dialética e observação participante. Resultados: Todos os assistentes sociais utilizavam e três apontaram sugestões de melhorias, sendo os itens meios de comunicação e renda familiar os de maior destaque para alterações. As sugestões específicas para determinada unidade e as que alterariam o score do sistema de avaliação não foram implementadas. A partir da observação participante, outras alterações e informações foram incluídas para melhorar e ampliar o instrumental de acordo com a necessidade observada no cotidiano profissional. Conclusão: As alterações realizadas na adaptação favorecem a abordagem das variáveis sociais no momento da avaliação e contribui para o registro das intervenções sociais. Além disso, avança na visão totalitária do sujeito e da realidade social.

Introduction: The social factor interferes with the performance of a liver transplant and may contraindicate it momentarily. For the analysis and intervention in the social reality of the subject / patient, the social worker uses a tool that, due to its importance, needs implementations, due to the social movement. Objective: To adapt the social assessment tool used in the Liver Transplant Unit. Methods: Qualitative and quantitative approach study, field research with intentional sample (Transplant Unit social workers experienced in using assessment tools), data analysis was performed from a dialectical perspective and participant observation. Results: All social workers used it, and three pointed to suggestions for improvement, with media and household income being the most prominent items for change. Specific suggestions for a particular unit and those that would change the rating system score were not implemented. From participant observation, other changes and information were included to improve and expand the tool according to the need observed in the professional routine. Conclusion: Changes in adaptation favor the approach of social variables at the time of assessment and contribute to the registration of social interventions. Moreover, it advances in the totalitarian view of the subject and social reality.
Descritores: Estudos de Avaliação como Assunto
-Condições Sociais
Transplante de Fígado
Condicionamento Operante
Determinação de Necessidades de Cuidados de Saúde
Adaptação
Assistentes Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  2 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Amorim, Americo Gusmao
Texto completo
Id: biblio-876775
Autor: Fonseca Neto, Olival Cirilo Lucena da; Lopes, Vladmir Goldstein de Paula; Rabello, Priscylla; Melo, Paulo Sergio Vieira de; Amorim, Américo Gusmão; Lacerda, Cláudio Moura.
Título: Transplante hepático no tratamento de lesão iatrogênica de via biliar após colecistectomia: um estudo em centro de referência no Nordeste do Brasil / Liver transplantation for treatment of biliary iatrogenic injury after cholecistectomy: a study in reference center in the Northeast of Brazil
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;36(3):77-82, Jul.-Set. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a lesão iatrogênica de via biliar é uma grave complicação cirúrgica que pode ocorrer durante a realização de colecistectomia. Os pacientes portadores desse tipo de lesão podem evoluir com cirrose biliar secundária a despeito de múltiplos tratamentos cirúrgicos, sendo necessário o transplante hepático como a última opção para tratamento. Objetivo: analisar o perfil dos pacientes em um centro de referência no Nordeste do Brasil submetidos a transplante hepático por lesão iatrogênica de via biliar. Métodos: foram analisados retrospectivamente 730 prontuários na Unidade de Transplante de Fígado do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, no período de 2001 até 2015, e selecionados os oito pacientes submetidos a transplante hepático por lesão iatrogênica de via biliar. Resultados: a idade variou entre 26 e 61 anos, sendo seis indivíduos do sexo feminino. A cirurgia inicial foi a colecistectomia aberta em sete casos e videolaparoscópia em um caso. Em uma oportunidade, a lesão foi identificada durante a colecistectomia. Os sintomas se assemelharam com os descritos na literatura, incluindo colangite de repetição. Quatro pacientes eram portadores de lesão E2 e três de lesão tipo E3 de Strasberg. Seis pacientes já haviam sido submetidos a abordagens cirúrgicas prévias e o tempo entre a lesão inicial e o transplante variou entre três (3) e vinte e seis anos (26). Todos os pacientes eram portadores de Cirrose Biliar Secundária e o tempo na lista de espera para transplante variou entre 111 e 1123 dias. O MELD teve uma média de 16. O transplante foi realizado por técnica convencional em seis casos e Piggyback em dois, sendo a reconstrução por hepaticojejunostomia realizada em todos. Um paciente necessitou de retransplante, evoluindo a óbito. Conclusão: transplante hepático por lesão iatrogênica de via biliar é mais comum naqueles pacientes que demoraram a ser encaminhados para centro de referência e que foram submetidos a múltiplos procedimentos prévios.

Background: iatrogenic bile duct injury is a serious surgical complication that may occur during cholecystectomy.Patients with this type of lesion may develop secondary biliary cirrhosis, despite multiple surgical treatments, requiring liver transplantation as the last measure. Aim: analyze the patients submitted to hepatic transplantation due to iatrogenic bile duct injury in a referral center in the Northeast of Brazil. Results: the age ranged from 26 to 61 years, with six females. The initial surgery was open cholecystectomy in seven cases and videolaparoscopic in one case. In one patient the lesion was identified during cholecystectomy. The symptoms resembled those described in the literature, including recurrent cholangitis. Four patients had E2 lesions and three E3 lesions from Strasberg. Six patients had undergone previous surgical approaches and the time between initial injury and transplantation ranged from three to twenty-six years. All patients had secondary Biliary Cirrhosis and the time on the transplant waiting list varied between 111 and 1123 days. The MELD had an average of 16. The transplantation was performed by conventional technique in six cases and Piggyback in two, and reconstruction by hepaticojejunostomy performed in all. One patient needed a re-transplant and the same patient died one year later. Conclusion: hepatic transplantation due to iatrogenic bile duct injury is more common in those patients who were delayed to be referred to a referral center and who underwent multiple previous surgical procedures.
Descritores: Ductos Biliares
Colecistectomia
Colecistectomia/efeitos adversos
Transplante de Fígado
Colecistectomia Laparoscópica
Doença Iatrogênica
Cirrose Hepática Biliar
-Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  3 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: lil-666703
Autor: Freire de Aguiar, Maria Isis; Batista Braga, Violante Augusta.
Título: O significado do transplante de fígado para o paciente em lista de espera: abordagem fenomenológica / El significado del trasplante de hígado para el paciente en lista de espera: abordaje de la fenomenología / The meaning of the liver transplantation for the patient in the waiting list: phenomenology approach
Fonte: Rev. cuba. enferm;28(4):485-494, sep.-dic. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do transplante de fígado é aumentar a sobrevida de pacientes portadores de doenças hepáticas irreversíveis agudas e crônicas, além de proporcionar melhor qualidade de vida. Objetivou-se apreender o significado do transplante de fígado para o paciente em lista de espera. Pesquisa de abordagem qualitativa, com referencial teórico-metodológico na Teoria Humanística de Paterson e Zderad. Realizou-se entrevista com dezoito pacientes candidatos ao transplante de fígado em um Centro de referência no Ceará-Brasil. Os dados foram analisados com base no método de Bandin. Da categoria Significado do transplante, emergiram as subcategorias: Uma nova vida e Prolongamento da vida e melhoria da sua qualidade. Identificou-se o termo "nova vida" como a unidade de sentido de maior significância, seguida da necessidade de retornar suas atividades cotidianas e hábitos de vida relacionados à alimentação, educação, trabalho e lazer, resgatando a autonomia e dignidade. Buscar o sentido e o significado que os pacientes atribuem à experiência vivida neste período é de suma importância para o processo do cuidar(AU)

El objetivo del trasplante de hígado es aumentar la supervivencia de los pacientes portadores de las enfermedades hepáticas irreversibles agudas y crónicas, además de proporcionar mejor calidad de vida. El objetivo fue aprehender el significado del trasplante de hígado para el paciente en lista de espera. La investigación de acercamiento cualitativo, con referencial teórico-metodológico en la Teoría Humanística de Paterson y Zderad. Fue hecha entrevista con dieciocho pacientes candidatos al trasplante de hígado en Centro de referencia en Ceará-Brasil. Los datos fueran analizados con base en lo referencial teórico de lo Proceso de Enfermería Fenomenológica. De la categoría Significado del trasplante, salió la subcategoría: Una nueva vida y Prolongación de la vida y mejora de su calidad. Fue identificado el término "nueva vida" como la unidad de sentido de significado más grande, acompañado de la necesidad de regresar sus actividades diarias y los hábitos de vida relacionaron al alimento, educación, trabajo y ocio, rescatando la autonomía y dignidad. Buscar el sentido y el significado que los pacientes atribuyen a la experiencia vivida en este periodo es muy importante para el proceso del cuidado(AU)

The objective of the liver transplantation is to increase the survival of the carriers patients of the acute and chronic irreversible liver diseases, besides providing better life quality. The aim was to apprehend the meaning of the liver transplantation for the patient in the waiting list. Research of qualitative approach, with theoretical-methodological reference in the Paterson and Zderad's Humanistic Theory. Was done interview with eighteen candidates patient to the liver transplantation in the reference center in Ceará-Brazil. The data would be analyzed with base in the theoretical reference of the Phenomenological Nursing Process. Of the category Meant of the transplant, emerged the subcategory: A new life and Prolongation of the life and improvement of your quality. Was identified the term "new life" as the unit of sense of larger meaning, followed by the need to return his daily activities and life habits related to the feeding, education, work and leisure, ransoming the autonomy and dignity. To look for the sense and the meaning that the patients attribute to the experience lived in this period is very important for the care process(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Listas de Espera
Transplante de Fígado/métodos
-Sobrevivência
Processo de Enfermagem/normas
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-585605
Autor: Amorim, Josely Santana; Brito, Aneilde Maria Ribeiro de; Silva, Fabiane Figueiredo; Assunção, Joana Mara; Pimenta, Josielle de Lima Pires; Resende, Michelly Keesen Batista.
Título: Intraoperatório de transplante hepático: prática de enfermagem baseada em evidências / Intraoperatory of liver transplantation: evidence based nursing practic
Fonte: Rev. SOBECC;16(1):40-47, jan.-mar. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A prática baseada em evidências transforma o cuidado do enfermeiro em uma avaliação crítica, proporcionando a tomada de decisão integrada à experiência clínica individual baseada em uma melhor evidência clínica externa. Este estudo visa analisar ações assistenciais do enfermeiro e identificar níveis de evidências e graus de recomendação da intervenções de enfermagem no intra-operatório do transplante hepático. Tratqa-se de revisão bibliográfica composta por artigos que foram analisados e interpretados de acordo com Bork e Minatel (2005)...
Descritores: Cuidados Intraoperatórios
Cuidados de Enfermagem
Transplante de Fígado/enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  5 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: lil-790956
Autor: Flor, Maria José Nascimento; Garcia, José Huygens Parente; Aguiar, Maria Isis Freire de; Silva, João Marcos de Meneses e; Almeida, Paulo César de; Negreiros, Francisca Diana da Silva.
Título: Qualidade de vida pós-transplante hepático com enxerto de doador idoso / Quality of life after liver transplantation with old donor graft
Fonte: Rev. RENE;17(3):401-408, maio.-jun.2016.
Idioma: en.
Resumo: Comparar a qualidade de vida dos pacientes transplantados hepáticos que receberam fígado de doadorcom idade ≤60 ou >60 anos. Métodos: estudo prospectivo, com amostra de 141 receptores de fígado de doadorcom idade igual ou menor de 60 anos e receptores de fígado de doador idoso, em um centro de referência.Utilizou-se instrumento para identificação e o questionário Short Form-36. Foram aplicados os testes t-Studente Mann-Whitney para comparação entre grupos. Resultados: identificaram-se maiores níveis de qualidade devida com diferenças estatisticamente significativas: Grupo A no aspecto social (p=0,02) e o Grupo B com >50meses de transplante (p=0,05) no componente sumarizado físico. Conclusão: a qualidade de vida de receptoresde fígado de doador idoso foi semelhante aos que receberam enxerto de doadores mais jovens na maioria dasdimensões. O tempo de transplante teve impacto positivo na qualidade de vida de receptores idosos...
Descritores: Enfermagem
Qualidade de Vida
Seleção do Doador
Transplante de Fígado
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-794932
Autor: Eiras, Flavia Regina Cocuzza das; Barbosa, Antonio Pires; Leão, Eliseth Ribeiro; Biancolino, César Augusto.
Título: Use of a severity indicator as a predictor of the use of hepatic transplantation resources / Utilización de indicador de gravedad como factor predictivo del uso de recursos en trasplante hepático / Utilização de indicador de gravidade como fator preditivo do uso de recursos em transplante hepático
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;50(4):579-586, July-Aug. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract OBJECTIVE To evaluate the use of a severity indicator for end-stage liver disease as a predictor of resource use in a teaching hospital in São Paulo. METHOD Descriptive, retrospective study, classifying independent variables in seven key dimensions: identification/risk rating; length of stay/use of advanced life support; imaging; clinical analysis; special procedures; blood products in the intensive care unit; and in the operating room. The frequencies were analyzed by linear regression analysis of variance to detect relevance due to the dependent variable (severity indicator) in 76 cases seen in 2013. RESULTS Among the variables studied, those that presented relevance due to the functional risk score were laboratory measurements of bilirubin, amylase, transaminase, blood count, creatine phosphokinase (p<0.05), hemotherapy procedures fresh frozen plasma (FFP) and platelet concentrate (p<0.05), and Doppler echocardiography image (p<0.07). CONCLUSION Given the results/objective of this study, it is concluded that the indicator presents a potential predictive capability in the use of postoperative resources of liver receptors in the size, clinical analysis, images and hemotherapy dimensions.

Resumen OBJETIVO Evaluar el empleo del indicador de gravedad para enfermedades hepáticas terminales como factor predictivo del uso de recursos en un hospital escuela de São Paulo. MÉTODO Estudio descriptivo, retrospectivo, clasificando variables independientes en siete dimensiones principales: identificación/clasificación de riesgo; tiempo de permanencia/uso de soporte avanzado a la vida; estudios de imagen; análisis clínicos; procedimientos especiales; hemoderivados en unidad de terapia intensiva y en quirófano. Las frecuencias fueron analizadas por regresión lineal con análisis de varianza para detección de relevancias ante la variable dependiente (indicador de gravedad) en 76 casos atendidos en 2013. RESULTADOS Entre las variables estudiadas, presentaron relevancia en función del score de riesgo funcional las dosificaciones de laboratorio de bilirrubina, amilasa, transaminasa, hemograma, creatinfosfoquinasa (p<;0,05), procedimientos hemoterápicos, plasma fresco congelado (PFC) y concentrado de plaquetas (p<;0,05), e imagen Ecodoppler (p<;0,07). CONCLUSIÓN Frente a los resultados/propósito del estudio, se concluyó que el indicador presenta potencial capacidad predictiva en el empleo de recursos post operatorios de receptores de hígado en las dimensiones, análisis clínicos, imágenes y hemoterapia.

Resumo OBJETIVO Avaliar o uso do indicador de gravidade para doenças hepáticas terminais como fator preditivo do uso de recursos em um hospital-escola de São Paulo. MÉTODO Estudo descritivo, retrospectivo, classificando variáveis independentes em sete dimensões principais: identificação/classificação de risco; tempo de permanência/uso de suporte avançado à vida; exames de imagem; análises clínicas; procedimentos especiais; hemoderivados em unidade de terapia intensiva; e em centro cirúrgico. As frequências foram analisadas por regressão linear com análise de variância para detecção de relevâncias face à variável dependente (indicador de gravidade) em 76 casos atendidos em 2013. RESULTADOS Dentre as variáveis estudadas, apresentaram relevância em função do escore de risco funcional as dosagens laboratoriais de bilirrubina, amilase, transaminase, hemograma, creatinofosfoquinase (p<0,05), procedimentos hemoterápicos plasma fresco congelado (PFC) e concentrado de plaquetas (p<0,05), e imagem Ecodoppler (p<0,07) CONCLUSÃO Face aos resultados/propósito do estudo conclui-se que o indicador apresenta potencial capacidade preditiva no uso de recursos pós-operatórios de receptores de fígado nas dimensões, análises clínicas, imagens e hemoterapia.
Descritores: Transplante de Fígado
Doença Hepática Terminal/cirurgia
Recursos em Saúde
Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos
-Índice de Gravidade de Doença
Estudos Retrospectivos
Previsões
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Braga, Violante Augusta Batista
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: lil-792778
Autor: Aguiar, Maria Isis Freire de; Braga, Violante Augusta Batista; Garcia, José Huygens Parente; Lima, Clébia Azevedo de; Almeida, Paulo César de; Souza, Angela Maria Alves e; Rolim, Isaura Letícia Tavares Palmeira.
Título: Quality of life in liver transplant recipients and the influence of sociodemographic factors / Calidad de vida en receptores de trasplante de hígado y la influencia de los factores sociodemográficos / Qualidade de vida em receptores de transplante de fígado e a influência dos fatores sociodemográficos
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;50(3):411-418, June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract OBJECTIVE To verify the influence of sociodemographic factors on the quality of life of patients after liver transplant. METHOD Cross-sectional study with 150 patients who underwent liver transplant at a referral center. A sociodemographic instrument and the Liver Disease Quality of Life questionnaire were applied. The analysis of variance (ANOVA) was performed, as well as multiple comparisons by the Tukey test and Games-Howell tests when p <0.05. RESULTS Old age had influence on domains of symptoms of liver disease (p = 0.049), sleep (p = 0.023) and sexual function (p = 0.03). Men showed better significant mean values than women for the loneliness dimension (p = 0.037). Patients with higher educational level had higher values for the domain of stigma of liver disease (p = 0.014). There was interference of income in the domains of quality of social interaction (p = 0.033) and stigma of the disease (p = 0.046). CONCLUSION In half of the quality of life domains, there was influence of some sociodemographic variable.

Resumen OBJETIVO Verificar la influencia de los factores sociodemográficos en la calidad de vida de los pacientes después del trasplante de hígado. MÉTODO Estudio transversal, con 150 pacientes sometidos al trasplante de hígado en un centro de referencia. Se aplicó un instrumento sociodemográfico y el cuestionario Liver Disease Quality of Life. Se llevó a cabo el Análisis de la Varianza (ANOVA) y comparaciones múltiples mediante la prueba de Tukey y Games-Howell, cuando p<0,05. RESULTADOS La edad avanzada presentó influencia en los dominios: síntomas de la enfermedad hepática (p=0,049), sueño (p=0,023) y función sexual (p =0,03). Los hombres presentaron mejores promedios significativos que las mujeres en la dimensión aislamiento (p=0,037). Pacientes con nivel de instrucción más alto presentaron mayores valores en el dominio estigma de la enfermedad hepática (p=0,014). Hubo interferencia de la renta en los dominios calidad de la interacción social (p=0,033) y estigma de la enfermedad (p=0,046). CONCLUSIÓN En la mitad de los dominios de calidad de vida, hubo influencia de alguna variable sociodemográfica.

Resumo OBJETIVO Verificar a influência dos fatores sociodemográficos na qualidade de vida dos pacientes depois do transplante de fígado. MÉTODO Estudo transversal, com 150 pacientes submetidos ao transplante de fígado em um centro de referência. Aplicou-se um instrumento sociodemográfico e o questionário Liver Disease Quality of Life. Foi realizada Análise de Variância (ANOVA) e comparações múltiplas pelo teste de Tukey e Games-Howell, quando p<0,05. RESULTADOS A idade avançada apresentou influência nos domínios: sintomas da doença hepática (p=0,049), sono (p=0,023) e função sexual (p =0,03). Os homens apresentaram melhores médias significativas do que as mulheres na dimensão isolamento (p=0,037). Pacientes com nível de instrução mais alto apresentaram maiores valores no domínio estigma da doença hepática (p=0,014). Houve interferência da renda nos domínios qualidade da interação social (p=0,033) e estigma da doença (p=0,046). CONCLUSÃO Em metade dos domínios de qualidade de vida, houve influência de alguma variável sociodemográfica.
Descritores: Qualidade de Vida
Transplante de Fígado
-Fatores Socioeconômicos
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Luciana Rodrigues
Texto completo
Id: lil-715703
Autor: Mendes-Castillo, Ana Márcia Chiaradia; Bousso, Regina Szylit; Ichikawa, Carolliny Rossi de Faria; Silva, Luciana Rodrigues.
Título: The use of the Family Management Style Framework to evaluate the family management of liver transplantation in adolescence / La utilización del family management style framework para evaluar el manejo familiar del trasplante hepático en la adolescencia / A utilização do Family Management Style Framework para avaliação do manejo familiar do transplante hepático na adolescência*
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;48(3):430-437, 06/2014.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To understand the family management experience of liver transplantation during adolescence based on the Family Management Style Framework(FMSF). Method: This is a case study that used the FMSF as theoretical framework and the hybrid model of thematic analysis as methodological reference. The case presented is from an adolescent’s family that lives in Salvador, Bahia. The data were collected through interviews with the mother and the patient charts analysis. Results: The results shows that the family defines the transplantation as threatening and there are divergence between mother and daughter related to the teen’s capabilities perception. Facing those discrepancies, the family assumes a protective posture by believing that the teen cannot take care of herself alone. The perceived consequences reflect how much the uncertainty permeates the family environment. Conclusion: It is concluded that the use of a model to evaluate the management can help professionals to direct and plan specific interventions.

.

Objetivo: Conocer la experiencia del manejo familiar en el trasplante hepático en la adolescencia a la luz del Family Management Style Framework(FMSF).Método: Estudio de caso, que utilizó el Family Management Style Framework como marco teórico y el modelo híbrido de análisis temático como referencial metodológico. El caso presentado es de la familia de una adolescente trasplantada residente en Salvador, Bahia. Los datos fueron recogidos por medios de entrevistas con la madre y el análisis de registros médicos. Resultados: Los resultados muestran que la familia define el trasplante como una amenaza y que existe divergencia entre la madre e hija acerca de la percepción de las capacidades de la adolescente. Dadas estas discrepancias, la familia asume una postura protectora al creer que la adolescente no sabe cuidar de sí misma. Las consecuencias percibidas reflejan cuánta incertidumbre impregna la cotidianeidad familiar. Conclusión: El uso de modelos para evaluar puede ayudar a los profesionales en la planificación de intervenciones específicas.

Objetivo: Descrever o comportamento de crianças durante a sessão de brinquedo terapêutico instrucional (BTI) no período pré-operatório e verificar o comportamento apresentado por elas no período transoperatório. Método: Pesquisa descritiva exploratória de abordagem quantitativa, desenvolvida em um hospital particular de grande porte da cidade de São Paulo, na qual os comportamentos apresentados por 30 crianças entre três e cinco anos submetidas à cirurgia de pequeno porte foram observados na unidade de internação durante a sessão de BT e na sala de cirurgia, desde a admissão até despertarem da anestesia. Resultados: A maioria participou efetivamente da sessão de BTI (21; 70%), entrou espontaneamente na sala operatória (22; 73,3%) e sem resistir à separação da mãe (24; 80%), colaborando com o procedimento anestésico (16; 53,3%) e despertando da anestesia tranquilamente (26; 87%).
Conclusão: O uso do BTI propiciou à criança compreender o procedimento cirúrgico, tornando-o menos traumático.

.
Descritores: Atitude Frente a Saúde
Família/psicologia
Transplante de Fígado
Limites: Adolescente
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 932 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Massarollo, Maria Cristina Komatsu Braga
Texto completo
Id: lil-508492
Autor: Tanos, Maria Aparecida de Abreu; Massarollo, Maria Cristina Komatsu Braga; Gaidzinski, Raquel Rapone.
Título: Dimensionamento de pessoal de enfermagem em uma unidade especializada em transplante de fígado: comparação do real com o preconizado / The calculation of the number of the nursing staff in a liver transplant unit: a comparison between prescribed procedures and actual situations
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;34(4):376-382, dez. 2000. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo foi desenvolvido em uma clínica cirúrgica de um hospital público universitário, onde, dentre as modalidades terapêuticas oferecidas, são realizados transplantes de fígado. Nessa clínica são internados pacientes que necessitam de cuidados de enfermagem de diferentes complexidades, desde intermediários até os intensivos. Teve-se como objetivo comparar o quadro de pessoal de enfermagem existente na unidade coin o preconizado pela Resolução COFEN nº 189/ 96, onde ficou demonstrado que o quadro da unidade respeita essa Resolução.

The study was developed in a surgical clinic of a public-university hospital where, among the offered therapeutic modalities, they are accomplished, also, liver transplants. In that clinic they are interned patient that, need caring of nurs ing of different complexities, from the intermediate from to the intensive ones. The objective was to compare the staff nursing existents in the unit for the installment of nursing attendance with the preconized for the Resolution COFEN nº 189/96. It's conclude that the existent staff nursing respects the preconized for this Resolution.
Descritores: Unidades Hospitalares
Transplante de Fígado
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/provisão & distribução
-Brasil
Admissão e Escalonamento de Pessoal/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 932 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-421784
Autor: Flores, Gabriel; Monjes, Silvina; Rodriguez, Monica.
Título: Historia de los cuidados de enfermeria en los trasplantes hepaticos / History of nursing care for liver transplants
Fonte: Notas enferm. (Córdoba);5(7):17-21, 2005. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Esta investigacion muestra la historia de los trasplantes hepaticos y de los cuidados de enfermeria
Descritores: Enfermagem Primária/história
Modelos de Enfermagem
Transplante de Fígado/história
Limites: Humanos
Responsável: AR475.1 - Biblioteca de la Escuela de Enfermería



página 1 de 94 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde