Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.095.682 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 13 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 13 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-488426
Autor: Abrahão, Daniel Silva.
Título: Atividade dos extratos de própolis sobre o comportamento morfobiológico de Candida albicans e com medicação intracanal / Activity of propolis extrats on morphobiologic behavior of Candida albicans and life intracanal medication.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 134 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Na medicina popular, a própolis tem sido utilizada de forma empírica como medicamento natural há mais de 5.000 anos. Estudos sobre o uso e a aplicação da própolis já foram realizados em diferentes especialidades da odontologia, entre elas na cariologia, cirurgia oral, endodontia e periodontia. Candida albicans é a espécie de maior ocorrência em processos infecciosos e é reconhecida como o agente mais freqüente em pacientes portadores de HIV. Na maioria dos pacientes a infecção por esta levedura é decorrente principalmente do reservatório endógeno, como a mucosa bucal. Neste estudo foram analisadas a atividade dos extratos etanólico (EEP) e aquoso (EAP) de própolis sobre 10 amostras de C. albicans isoladas de mucosa bucal de pacientes HIV-positivos e 2 amostras de C. albicans uma sorotipo A (ICB-12) e outra sorotipo B (ICB-156) e em doses subinibitórias analisar atividade sobre a produção de exoenzimas e na morfotipagem das colônias. Também foi estudado como medicação intracanal em 15 pacientes com polpa necrosada (EEP 6%) e em 10 pacientes foi utilizado o Paramonoclorofenol associado ao Polietilenoglicol 400 em rinosoro (PRP) como medicações intracanal. As concentrações 6 e 10% os extratos etanólico e aquoso de própolis apresentaram ação fungicida e em doses subinibitórias diminuição na produção de exoenzimas proteinase e fosfolipase em 16.6% redução no tamanho das franjas. Os extratos aquosos de própolis não foram utilizados nas etapas seguintes do estudo pelo fato do propilenoglicol ter tido ação inibitória sobre C. albicans. Na avaliação dos tratamentos endodônticos o EEPa 6% apresentou diminuição de sinais e sintomas, mostrou efeito fungicida sobre leveduras isoladas dos canais radiculares e em doses subinibitórias sobre a produção de exoenzimas e redução da produção de franjas desses isolados.
Descritores: Candida albicans
Cavidade Pulpar
Fenótipo
Organoterapia
Própole
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, A159a, 2007


  2 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-488418
Autor: Oliveira, Lenice Elpidio de.
Título: Atividade do extrato etanólico de própolis verde sobre o comportamento morfológico de Candida albicans isoladas da mucosa bucal de pacientes HIV positivo e de pacientes com sorologia desconhecida para o HIV / Activity of ethanol extract of green propolis on morphobiologycal behavior of Candida albicans isolated of oral mucous membrane of patients HIV positive and patients with unknow serology to HIV.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 125 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo estudar o comportamento morfobiológico de Candida albicans isoladas da mucosa bucal de pacientes HIV positivo tratados com inibidores de protease (grupo 1, n=55) e de pacientes com sorologia desconhecida para o HIV e periodontite severa (grupo 2, n=5), quanto a produção de exoenzimas (proteinase e fosfolipase), morfotipagem e sensibilidade a toxinas killler utilizando as metodologias de Ruchel et al.(1982), Price et al.(1982), Polonelli et al. (1983) e Hunter et al. (1989) respectivamente. Pesquisar amostras presuntivas de Candida dubliniensis entre as amostras de C. albicans, utilizando o meio cromogênico CROMágar®Candida e termotolerância a 42ºC. Avaliar a sensibilidade das amostras ao extrato etanólico de própolis verde a 20% (Eloff, 1998). Determinar e comparar a produção de exoenzimas antes e após contato com extrato etanólico de própolis verde (dose subinibitória), e as características morfológicas de produção de franjas. Avaliar a sensibilidade às drogas antifúngicas: anfotericina B, fluconazol, fluorocitosina, itraconazol, cetoconazol e voriconazol utilizando o E-Test®. Todas as 60 amostras foram confirmadas como C. albicans. Não foram encontradas amostras presuntivas de C. dubliniensis. A produção de proteinase no grupo 1 ocorreu em 49% (27/55) das amostras e no grupo 2, 40% (2/5). A produção de fosfolipase no grupo 1 ocorreu em 32,7% (18/55) e em 3,6% (2/55) observou-se alta produção, no grupo 2 ocorreu em 40% (2/5). Foram identificados 27 morfotipos diferentes nas 60 amostras, sendo o morfotipo 7341, encontrado em 18,3% (11/60). Na sensibilidade a toxinas Killer identificou-se nas 60 amostras 21 biotipos diferentes, sendo o biótipo 811 (15/60) o mais encontrado. Na sensibilidade ao extrato etanólico de própolis verde, no grupo 1 em 55/60 o CIM 50 ficou entre 12,50 mg/ml e 6,25 mg/mL e o CIM90 foi 50 mg/mL para e no grupo 2 em 5/60 o CIM 50 foi 12,50 mg/mL e o CIM 90 de 25 mg/mL. Em doses subinibitórias ocorreu inibiç...
Descritores: Candida albicans
Fenótipo
Organoterapia
Própole
Testes de Sensibilidade Microbiana
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48t, 2007


  3 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933226
Autor: Oliveira, Lenice Elpidio de.
Título: Atividade do extrato etanólico de própolis verde sobre o comportamento morfológico de Candida albicans isoladas da mucosa bucal de pacientes HIV positivo e de pacientes com sorologia desconhecida para o HIV.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 125 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo estudar o comportamento morfobiológico de Candida albicans isoladas da mucosa bucal de pacientes HIV positivo tratados com inibidores de protease (grupo 1, n=55) e de pacientes com sorologia desconhecida para o HIV e periodontite severa (grupo 2, n=5), quanto a produção de exoenzimas (proteinase e fosfolipase), morfotipagem e sensibilidade a toxinas killler utilizando as metodologias de Ruchel et al.(1982), Price et al.(1982), Polonelli et al. (1983) e Hunter et al. (1989) respectivamente. Pesquisar amostras presuntivas de Candida dubliniensis entre as amostras de C. albicans, utilizando o meio cromogênico CROMágar®Candida e termotolerância a 42ºC. Avaliar a sensibilidade das amostras ao extrato etanólico de própolis verde a 20% (Eloff, 1998). Determinar e comparar a produção de exoenzimas antes e após contato com extrato etanólico de própolis verde (dose subinibitória), e as características morfológicas de produção de franjas. Avaliar a sensibilidade às drogas antifúngicas: anfotericina B, fluconazol, fluorocitosina, itraconazol, cetoconazol e voriconazol utilizando o E-Test®. Todas as 60 amostras foram confirmadas como C. albicans. Não foram encontradas amostras presuntivas de C. dubliniensis. A produção de proteinase no grupo 1 ocorreu em 49% (27/55) das amostras e no grupo 2, 40% (2/5). A produção de fosfolipase no grupo 1 ocorreu em 32,7% (18/55) e em 3,6% (2/55) observou-se alta produção, no grupo 2 ocorreu em 40% (2/5). Foram identificados 27 morfotipos diferentes nas 60 amostras, sendo o morfotipo 7341, encontrado em 18,3% (11/60). Na sensibilidade a toxinas Killer identificou-se nas 60 amostras 21 biotipos diferentes, sendo o biótipo 811 (15/60) o mais encontrado. Na sensibilidade ao extrato etanólico de própolis verde, no grupo 1 em 55/60 o CIM 50 ficou entre 12,50 mg/ml e 6,25 mg/mL e o CIM90 foi 50 mg/mL para e no grupo 2 em 5/60 o CIM 50 foi 12,50 mg/mL e o CIM 90 de 25 mg/mL. Em doses subinibitórias...
Descritores: Candida albicans
Testes de Sensibilidade Microbiana
Organoterapia
Fenótipo
Própole
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48t, 2007


  4 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933225
Autor: Abrahão, Daniel Silva.
Título: Atividade dos extratos de própolis sobre o comportamento morfobiológico de Candida albicans e com medicação intracanal.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 134 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Na medicina popular, a própolis tem sido utilizada de forma empírica como medicamento natural há mais de 5.000 anos. Estudos sobre o uso e a aplicação da própolis já foram realizados em diferentes especialidades da odontologia, entre elas na cariologia, cirurgia oral, endodontia e periodontia. Candida albicans é a espécie de maior ocorrência em processos infecciosos e é reconhecida como o agente mais freqüente em pacientes portadores de HIV. Na maioria dos pacientes a infecção por esta levedura é decorrente principalmente do reservatório endógeno, como a mucosa bucal. Neste estudo foram analisadas a atividade dos extratos etanólico (EEP) e aquoso (EAP) de própolis sobre 10 amostras de C. albicans isoladas de mucosa bucal de pacientes HIV-positivos e 2 amostras de C. albicans uma sorotipo A (ICB-12) e outra sorotipo B (ICB-156) e em doses subinibitórias analisar atividade sobre a produção de exoenzimas e na morfotipagem das colônias. Também foi estudado como medicação intracanal em 15 pacientes com polpa necrosada (EEP 6%) e em 10 pacientes foi utilizado o Paramonoclorofenol associado ao Polietilenoglicol 400 em rinosoro (PRP) como medicações intracanal. As concentrações 6 e 10% os extratos etanólico e aquoso de própolis apresentaram ação fungicida e em doses subinibitórias diminuição na produção de exoenzimas proteinase e fosfolipase em 16.6% redução no tamanho das franjas. Os extratos aquosos de própolis não foram utilizados nas etapas seguintes do estudo pelo fato do propilenoglicol ter tido ação inibitória sobre C. albicans. Na avaliação dos tratamentos endodônticos o EEPa 6% apresentou diminuição de sinais e sintomas, mostrou efeito fungicida sobre leveduras isoladas dos canais radiculares e em doses subinibitórias sobre a produção de exoenzimas e redução da produção de franjas desses isolados.
Descritores: Candida albicans
Cavidade Pulpar
Organoterapia
Fenótipo
Própole
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, A159a, 2007


  5 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-788868
Autor: César, Amarilys de Toledo; Sollero, Paula A; Cegalla, Virgínia T; Mangieri Junior, Roberto.
Título: Organoterápicos a partir de tecidos de carneiro: relato etnográfico e preparação / Organotherapy medicines from sheep: ethnographic report and preparation
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);79(1/2):49-58, 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Organoterápicos (OT) são medicamentos diluídos e agitados, produzidos a partir de órgãos de animais saudáveis e utilizados como complemento ao tratamento homeopático ou convencional. As matérias-primas (matrizes) disponíveis no país não ofereciam rastreabilidade ou informações como a origem do material preparado. Este artigo apresenta um relato etnográfico e descreve a produção de matrizes de OTs a partir de tecidos de carneiro nas proporções (escalas) decimal, centesimal e cinquenta milesimal. Foram obtidos 70 diferentes órgãos, partes de órgãos e algumas composições, com informações completas sobre a origem e rastreabilidade...

Organotherapy (OT) employs serially diluted and agitated medicines prepared with organs of healthy animals as adjuvant to homeopathic or conventional treatment. The starting-substances for OT available in Brazil have no traceability and there is no information as to their origin. In the present article we present an ethnographic report of organ collection and preparation of 70 new OT medicines from sheep tissue in the decimal, centesimal and 50 milesimal scales which meet all traceability requirements...
Descritores: Dinamização
Farmacotécnica Homeopática
Organoterapia/normas
-Antropologia Cultural
Ovinos
Limites: Animais
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  6 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-767349
Autor: Scala, Pedro Bernardo.
Título: Redução e/ou negativação dos anticorpos antitireoidianos com tratamento homeopático: série de casos / Reduced and/or negative anti-thyroid antibodies after homeopathic treatment: a case series
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);78(1/2):1-7, 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo descreve uma série de 9 casos de pacientes, de sexo feminino, idade de 31 a 56 anos, com diagnóstico de tireoidite autoimune, cujos títulos de anticorpos antitireoidianos diminuíram ou negativaram depois de ratamento homeopático. Além disso, em alguns casos foi possível recuperar o equilíbrio funcional da glândula. O acompanhamento foi variável, de 30 dias até 18 anos.

The present article describes a series of 9 cases corresponding to female patients, age 31 to 56 old, diagnosed with autoimmune thyroiditis, who exhibited reduced or negative anti-thyroid antibodies after homeopathic treatment. In some cases, normal function of thyroid was additionally achieved. Follow-up was variable, from 30 days to 18 years.
Descritores: Antitireóideos/uso terapêutico
Terapêutica Homeopática
Hipotireoidismo/terapia
Tireoidite Autoimune/terapia
-Autoanticorpos/análise
Calcarea Carbonica
Lachesis muta/uso terapêutico
Lycopodium clavatum/uso terapêutico
Natrium Muriaticum/uso terapêutico
Organoterapia
Pulsatilla nigricans/uso terapêutico
Thyreoidinum/uso terapêutico
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  7 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-672530
Autor: Souto, WMS; Barboza, RRD; Mourão, JS; Alves, RRN.
Título: Zootherapy in Brazil: an urgent necessity of interdisciplinary studies
Fonte: West Indian med. j;58(5):494-495, Nov. 2009.
Idioma: en.
Descritores: Medicina Tradicional
Organoterapia
-Brasil
Comunicação Interdisciplinar
Limites: Animais
Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-648830
Autor: Horta, Isabel.
Título: Estudo prospectivo observacional de uma série de casos de dor osteomusculoarticular crônica com organoterápicos associados ao tratamento homeopático convencional / Prospective observational study of a case-series of chronic bone, muscle and joint pain with organotherapy associated with conventional homeopathic treatment
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);75(1/2):1-13, 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Medicamentos constitucionais (MC) são aqueles que apresentam semelhança individualizada com a totalidade sintomática característica dos pacientes, enquanto que os organoterápicos (OT) são matrizes medicamentosas preparadas a partir de elementos constituintes do corpo. Objetivos: avaliar os efeitos da associação de OT com MC no tratamento da dor osteomusculararticular crônica. Métodos: na primeira etapa do estudo, os pacientes que cumpriram os critérios de inclusão foram medicados com o MC. Aqueles que apresentaram melhora de pelo menos 50% no escore de dor de McGill aos 90 dias foram dados de alta do estudo. Aqueles que não alcançaram 50% de melhora no escore de dor de McGill aos 90 dias foram incluídos na segunda etapa, quando foram medicados com 2 doses do MC e 1 dose do OT. Resultados: 168 pacientes foram incluídos na primeira etapa, mas 39 foram excluídos ou perdidos para análise. No final de 90 dias, 78/129 (60,78%) da amostra apresentou melhora de pelo menos 50% no score de McGill e foram dados de alta; 51/129 (39,53%) não alcançaram 50% de melhora no score de McGill e foram incluídos na segunda etapa, no entanto, 27 pacientes foram após excluídos, de modo que a amostra da segunda etapa consistiu de 24 pacientes (18,60% da amostra total). Depois de utilizar 2 doses de MC e 1 dose de OT, esses pacientes apresentaram melhora de 49,2% no score da dor entre o valor aos 90 e 150 dias (p=0,005) e de 60,2% desde o início do estudo (p<0,001). Conclusões: Os resultados sugerem que a combinação MC + OT induziu melhora adicional na dor osteomusculoarticular crônica por comparação com o tratamento realizado exclusivamente com MC. Estudos controlados e randomizados com maiores amostras são necessários para determinar a eficácia da associação MC + OT.
Descritores: Doença Crônica
Organoterapia
Dor
Limites: Humanos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  9 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-614078
Autor: Galesanu, Mariana.
Título: Tratamento homeopático na tiroidite autoimune: relato de caso / Homeopathic treatment of autoimmune thyroiditis: case-report
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);74(4):30-28, 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A prescrição do medicamento constitucional - Silicea terra - e de organoterápico de tireoides num caso de tireoidite autoimune resultou na normalização gradual dos valores plasmáticos dos hormônios tireóideos e hipofisários, assim como na negativação dos autoanticorpos no prazo de nove meses. O caso foi acompanhado durante um ano e meio e permanece estável. Discute-se o ordenamento em que se realiza a cura de doenças que acometem o sistema imune versus as leis de Hering.

Prescription of constitutional medicine - Silicea terra - and organotherapy prepared from thyroid to a case of autoimmune thyroiditis resulted in gradual normalization of serum values of thyroid and hypophysis hormones and full disappearance of autoantibodies in nine months. This case was followed-up for one year and a half and it remains stable. The order in which cure is processed in diseases involving the immune system is discussed against Hering's laws.
Descritores: Doenças Autoimunes
Organoterapia
Silicea Terra/administração & dosagem
Tireoidite Autoimune
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  10 / 13 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-535822
Autor: Lacerda, Paulo.
Título: Organoterapia clínica em homeopatia / Organotherapy clinical homeopathy.
Fonte: São Paulo; Andrei; 1997. 58 p.
Idioma: pt.
Descritores: Asma
Endocrinologia
Homeopatia
Fundamentos da Homeopatia
Organoterapia
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho
BR926.1; WB934, L131or, 1997



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde