Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.319.267.120 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 420 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 420 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951855
Autor: Sung, Chung Man; Kim, Hong Chan; Cho, Yong Beom; Shin, Song Yub; Jang, Chul Ho.
Título: Evaluating the ototoxicity of an anti-MRSA peptide KR-12-a2 / Avaliando a ototoxicidade de um peptídeo anti-MRSA KR-12-a2
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(4):441-447, July-Aug. 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Methicillin-resistant staphylococcus aureus is an emerging problem for the treatment of chronic suppurative otitis media, and also for pediatric tympanostomy tube otorrhea. To date, there are no effective topical antibiotic drugs to treat methicillin-resistant staphylococcus aureus otorrhea. Objective In this study, we evaluated the ototoxicity of topical KR-12-a2 solution on the cochlea when it is applied topically in the middle ear of guinea pigs. Methods The antimicrobial activity of KR-12-a2 against methicillin-resistant staphylococcus aureus strains was examined by using the inhibition zone test. Topical application of KR-12-a2 solution, gentamicin and phosphate buffered saline were applied in the middle ear of the guinea pigs after inserting ventilation tubes. Ototoxicity was assessed by auditory brainstem evoked response and scanning electron microscope examination. Results KR-12-a2 produced an inhibition zone against methicillin-resistant staphylococcus aureus from 6.25 µg. Hearing threshold in the KR-12-a2 and PBS groups were similar to that before ventilation tube insertion. However, the gentamicin group showed elevation of the hearing threshold and there were statistically significant differences compared to the phosphate buffered saline or the KR-12-a2 group. In the scanning electron microscope findings, the KR-12-a2 group showed intact outer hair cells. However, the gentamicin group showed total loss of outer hair cells. In our experiment, topically applied KR-12-a2 solution did not cause hearing loss or cochlear damage in guinea pigs. Conclusion In our experiment, topically applied KR-12-a2 solution did not cause hearing loss or cochlear damage in guinea pigs. The KR-12-a2 solution can be used as ototopical drops for treating methicillin-resistant staphylococcus aureus otorrhea; however, further evaluations, such as the definition of optimal concentration and combination, are necessary.

Resumo Introdução O staphylococcus aureus resistente à meticilina é um problema emergente não só para a otite média supurativa crônica, mas também para casos de otorreia crônica em crianças com tubo de ventilação. Até o momento, não há antibióticos tópicos efetivos para a otorreia causada por staphylococcus aureus resistente à meticilina. Objetivo Nesse estudo, avaliamos a ototoxicidade da solução tópica de KR-12-a2 na cóclea quando aplicada topicamente na orelha média de cobaias. Método A atividade antimicrobiana de KR-12-a2 contra cepas de staphylococcus aureus resistente à meticilina foi avaliada utilizando-se o teste de zona de inibição de crescimento. Foram aplicados na orelhas médias de 3 grupos de cobaias, ou solução tópica de KR-12-a2, ou gentamicina ou solução salina tamponada com fosfato após timpanostomia. A ototoxicidade foi avaliada através do exame auditivo de potencial evocado auditivo de tronco encefálico e por microscopia eletrônica de varredura. Resultados O KR-12-a2 produziu uma zona de inibição contra o staphylococcus aureus resistente à meticilina a partir de 6,25 µg. Alterações do limiar de audição no grupo KR-12-a2 e no grupo com solução salina foram semelhantes aos observados antes da inserção do tubo de ventilação. No entanto, o grupo gentamicina apresentou um limiar auditivo mais elevado, estatisticamente significativo em comparação ao grupo solução salina ou ao grupo KR-12-a2. Nos achados da microscopia eletrônica, o grupo KR-12-a2 apresentou células ciliadas externas intactas. No entanto, o grupo gentamicina apresentou perda total das células ciliadas externas. Em nosso experimento, a solução de KR-12-a2 aplicada topicamente não causou perda auditiva ou dano coclear em cobaias. Conclusão Em nosso experimento, a solução de KR-12-a2 aplicada topicamente não causou perda auditiva ou dano coclear em cobaias. A solução de KR-12-a2 pode ser utilizada como gotas otológicas para o tratamento da otorreia causada por staphylococcus aureus resistente à meticilina; no entanto, são necessárias outras avaliações, para a definição da concentração e das associações ideais.
Descritores: Fragmentos de Peptídeos/toxicidade
Cóclea/efeitos dos fármacos
Catelicidinas/toxicidade
Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina/efeitos dos fármacos
Antibacterianos/toxicidade
-Otite Média Supurativa/microbiologia
Fragmentos de Peptídeos/administração & dosagem
Limiar Auditivo
Infecções Estafilocócicas/tratamento farmacológico
Microscopia Eletrônica de Varredura
Testes de Sensibilidade Microbiana
Reprodutibilidade dos Testes
Administração Tópica
Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Encefálico
Resultado do Tratamento
Cóclea/fisiopatologia
Modelos Animais de Doenças
Catelicidinas/administração & dosagem
Cobaias
Células Ciliadas Auditivas/efeitos dos fármacos
Antibacterianos/administração & dosagem
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089362
Autor: Kang, Haram; Hwang, Se Hwan.
Título: Does topical application of tranexamic acid reduce intraoperative bleeding in sinus surgery during general anesthesia? / A aplicação tópica de ácido tranexâmico reduz o sangramento intraoperatório em cirurgia sinusal durante anestesia geral?
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);86(1):111-118, Jan.-Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Education.
Resumo: Abstract Introduction Tranexamic acid is a hemostatic agent, which inhibits fibrin degradation, which may be beneficial in controlling bleeding during surgery. Objectives The purpose of this study was to provide a meta-analysis and review of the effects of tranexamic acid on hemorrhage and surgical fields and side effects on patients during endoscopic sinus surgery. Methods Two authors independently searched six databases (Medline, Scopus, Embase, Web of Science, Google Scholar and Cochrane library) from the start of article collection until July 2018. Postoperative complications such as intraoperative bleeding, operative time, hypotension, nausea, vomiting, and coagulation profile were included in the analysis of tranexamic acid (Treatment Group) and placebo (Control Group) during the operation. Results The amount of blood loss during surgery was statistically lower in the treatment group compared to the placebo group, and the surgical field quality was statistically higher in the treatment group than in the placebo group. On the other hand, there was no significant difference in operation time, hemodynamics, or coagulation profile between groups. In addition, tranexamic acid had no significant effect on vomiting and thrombosis compared to the Control Group. Conclusion This meta-analysis has shown that topical administration of tranexamic acid can reduce the amount of bleeding during surgery and improve the overall quality of the surgery. Hemodynamic instability during surgery, vomiting after surgery, or abnormal clotting profile were not reported. Additional studies are needed to confirm the results of this study because there are fewer studies.

Resumo Introdução O ácido tranexâmico é um agente hemostático, que inibe a degradação da fibrina e pode ser benéfico no controle do sangramento durante a cirurgia. Objetivos Fazer uma metanálise e revisão dos efeitos do ácido tranexâmico na hemorragia e nos campos cirúrgicos e efeitos colaterais em pacientes durante a cirurgia endoscópica do seio nasal. Método Dois autores realizaram independentemente uma busca em seis bancos de dados (Medline, Scopus, Embase, Web of Science, Google Scholar e Cochrane) desde o início da coleta de artigos até julho de 2018. Complicações pós-operatórias como sangramento intraoperatório, tempo operatório, hipotensão, náusea, vômitos e perfil de coagulação foram incluídos na análise do ácido tranexâmico (grupo de tratamento) e placebo (grupo controle) durante a cirurgia. Resultados A quantidade de perda de sangue durante a cirurgia foi estatisticamente menor no grupo de tratamento comparado com o grupo placebo e a qualidade do campo cirúrgico foi estatisticamente maior no grupo de tratamento do que no grupo placebo. Por outro lado, não houve diferença significante no tempo cirúrgico, hemodinâmica ou perfil de coagulação entre os grupos. Além disso, o ácido tranexâmico não teve efeito significante na ocorrência de vômitos e trombose em comparação ao grupo controle. Conclusão Esta metanálise mostrou que a administração tópica de ácido tranexâmico pode reduzir a quantidade de sangramento durante a cirurgia e melhorar a qualidade geral dela. Instabilidade hemodinâmica durante a cirurgia, vômitos após a cirurgia ou perfil de coagulação anormal não foram relatados. Estudos adicionais são necessários para confirmar os resultados desta pesquisa, porque há poucos estudos na literatura.
Descritores: Ácido Tranexâmico/farmacologia
Epistaxe/tratamento farmacológico
Perda Sanguínea Cirúrgica/prevenção & controle
Complicações Intraoperatórias/tratamento farmacológico
Antifibrinolíticos/farmacologia
-Ácido Tranexâmico/administração & dosagem
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Administração Tópica
Endoscopia/efeitos adversos
Procedimentos Cirúrgicos Nasais/efeitos adversos
Complicações Intraoperatórias/etiologia
Anestesia Geral
Antifibrinolíticos/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Metanálise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Módolo, Norma Sueli Pinheiro
Texto completo
Id: biblio-1057460
Autor: Romero, Valéria; Lara, Juliana Rodrigues; Otero-Espinar, Francisco; Salgado, Manoel Henrique; Modolo, Norma Sueli Pinheiro; de Barros, Guilherme Antonio Moreira.
Título: Capsaicin topical cream (8%) for the treatment of myofascial pain syndrome / Creme tópico de capsaicina (8%) para o tratamento da síndrome da dor miofascial
Fonte: Rev. bras. anestesiol;69(5):432-438, Sept.-Oct. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fapesp.
Resumo: Abstract Background: Myofascial pain syndrome is a common cause of musculoskeletal pain. The objective of this study was to evaluate the potential analgesic action of 8% capsaicin cream for topical use in patients with myofascial pain syndrome. Methods: Initially, cream formulations of PLA (Placebo) and CPS (Capsaicin 8%) were developed and approved according to the current requirements of the health authority agency. The 40 participating patients were randomly assigned to the PLA and CPS groups in a double-blind fashion. Before the creams were topically administered, according to the allocation group, the local anesthetic was used for a period of 50 minutes directly in the area of interest. The cream was applied to the area of the skin over the trigger point, represented by the area with pain at palpation, in an amount of 10 g for 30 minutes in a circular area of 24 mm diameter. Subsequently, the cream was removed and the skin tolerability parameters were evaluated. The pain was measured before and during the formulation application, as well as at 1 hour, 7 days, 30 days, and 60 days after the procedure, evaluated using a verbal numerical scale (from 0 to 10: with 0 = no pain and 10 = worst pain imaginable). Results: No patient in PLA Group had hyperemia or burning sensation at the site of application, while 85% of patients in CPS Group had hyperemia or burning sensation at 15 minutes. These complaints disappeared 24 hours after the cream was removed. The pain score in CPS Group decreased steadily up to the 60th day of evaluation (p < 0.0001). Conclusion: Application of the formulations did not cause macroscopic acute or chronic skin lesions in patients, and the 8% capsaicin formulation was beneficial and well tolerated.

Resumo Justificativa: A síndrome da dor miofascial é uma causa comum de dor musculoesquelética. O objetivo deste estudo foi avaliar a potencial ação analgésica de 8% do creme de capsaicina para uso tópico em pacientes com síndrome da dor miofascial. Métodos: Inicialmente, as formulações de creme de PLA (Placebo) e CPS (Capsaicina 8%) foram desenvolvidas e aprovadas de acordo com os requisitos atuais da agência de autoridade de saúde. Os 40 pacientes participantes foram distribuídos aleatoriamente e de forma duplo-cega para os grupos PLA e CPS. Antes dos cremes serem administrados topicamente, de acordo com o grupo de alocação, o anestésico local foi usado por um período de 50 minutos diretamente na área de interesse. A administração ocorreu na área da pele sobre o ponto-gatilho, o qual apresentou a área dolorida à palpação, em uma quantidade de 10 g por 30 minutos em área circular com diâmetro de 24 mm. Posteriormente, o creme foi removido e os parâmetros de tolerabilidade à pele foram avaliados. A dor foi medida antes e durante a aplicação da formulação, bem como 1 hora, 7 dias, 30 dias e 60 dias após o procedimento avaliado pela escala numérica verbal (0 a 10, com zero sem dor e dez a pior dor imaginável). Resultados: Nenhum paciente no grupo PLA experimentou hiperemia ou sensação de queimação no local de aplicação do creme, enquanto 85% dos que experimentaram no grupo CPS apresentaram hiperemia ou sensação de queimação 15 minutos. Essas queixas desapareceram 24 horas após a remoção do creme. O escore de dor no grupo CPS diminui de forma sustentada até o 60° dia de avaliação (p < 0,0001). Conclusão: A administração das formulações não causou lesões cutâneas agudas ou crônicas macroscópicas nos pacientes e a formulação de 8% de capsaicina foi benéfica e bem tolerada.
Descritores: Capsaicina/administração & dosagem
Analgesia
Síndromes da Dor Miofascial/tratamento farmacológico
-Pomadas
Método Duplo-Cego
Estudos Prospectivos
Administração Tópica
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-896283
Autor: Dauria, Agustin; Depetris, Hector M.
Título: Uso tópico de ácido tranexámico en el reemplazo total de rodilla primario / Topical administration of tranexamic acid in primary total knee replacement
Fonte: Rev. Asoc. Argent. Ortop. Traumatol;83(1):5-11, mar. 2018. [].
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El reemplazo total de rodilla es un procedimiento que puede generar una gran perdida de sangre durante el periodo posoperatorio. El acido tranexamico es un agente sintetico antifbrinolitico que, en los ultimos anos, se ha administrado por via intravenosa, con buenos resultados, al reducir el sangrado asociado al reemplazo total de rodilla. Sin embargo, existe escasa experiencia con su uso topico. Materiales y Métodos: Se llevo a cabo un estudio comparativo retrospectivo de 117 reemplazos totales de rodilla primarios, para comparar los resultados obtenidos en 63 cirugias con el uso topico de acido tranexamico y en 54 reemplazos sin acido tranexamico. Se compararon la tasa de transfusion, las concentraciones de hemoglobina y hematocrito a las 24 y 48 h, las curaciones requeridas, las comorbilidades y las complicaciones. Resultados: En el grupo con acido tranexamico topico, se redujo un 43,9% la tasa de transfusiones cuando se lo comparo con el otro grupo. Ademas, se registro una disminucion de 0,2-1,3 g/dl en la caida de la hemoglobina a las 24 h de la cirugia. No se detectaron complicaciones. Conclusiones: El uso topico de acido tranexamico en reemplazos totales primarios de rodilla disminuye los requerimientos de transfusiones, sin incrementar el riesgo de complicaciones. Nivel de Evidencia: III

Introduction: Total knee replacement is associated with extensive postoperative blood loss. Tranexamic acid is a synthetic antifibrinolytic agent that, in the last few years, has been successfully used intravenously to reduce bleeding after total knee replacement. However, topical application of tranexamic acid in total knee replacement remains largely unexplored. Methods: A retrospective study of 117 primary total knee replacements was conducted: 63 surgeries with topical tranexamic acid and 54 replacements without tranexamic acid. A comparison analysis was made, capturing results of blood transfusion rates, postoperative hemoglobin levels (24 and 48 hours), number of changed bandages, comorbidities and complications. Results: Tranexamic acid reduced blood transfusion rate by 43.9% when compared with the group without tranexamic acid. A lower decline in postoperative hemoglobin levels (24 hours) by 0.2-1.3 g/dL was also observed in this same group. There were no complications in both groups. Conclusions: Topically applied tranexamic acid was effective in reducing the need for blood transfusion following total knee replacement, without additional adverse effects. Level of Evidence: III
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/prevenção & controle
Ácido Tranexâmico/uso terapêutico
Perda Sanguínea Cirúrgica/prevenção & controle
Artroplastia do Joelho/métodos
Antifibrinolíticos/administração & dosagem
-Estudos Retrospectivos
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: AR337.1 - Biblioteca A.A.O.T.


  5 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838789
Autor: Viani, Gustavo Arruda; Fendi, Ligia Issa de.
Título: Adjuvant treatment or primary topical monotherapy for ocular surface squamous neoplasia: a systematic review / Tratamento adjuvante ou monoterapia tópica primária para a neoplasia de células escamosas de superfície ocular: uma revisão sistemática
Fonte: Arq. bras. oftalmol;80(2):131-136, Mar.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT In this systematic review, we evaluated studies involving adjuvant and primary topical treatment for ocular surface squamous neoplasia (OSSN). The findings were: (i) adjuvant 5-fluorouracil (5-FU) reduces the risk of relapse after surgical excision with mild side effects [level Ib, grade of recommendation (GR) A]. (ii) Primary topical mitomycin (MMC) produces a high rate of complete response, low recurrence rate, and mild side effects (level Ib, GR A). (iii) Primary chemotherapy versus adjuvant chemotherapy produce similar rates of recurrence, with no significant difference (level IIb, GR B). (iv) Adjuvant 5-FU versus MMC showed no significant differences, with mild side effects in both groups and a better toxicity profile for MMC (level III, GR C). (v) Primary topical 5-FU versus MMC versus interferon (IFN) showed similar rates of tumor recurrence, mild side effects for all drugs, and more severe side effects in the 5-FU arm, followed successively by MMC and IFN (level III, GR C).

RESUMO Revisão sistemática envolvendo estudos sobre o tratamento adjuvante e tratamento tópico primário para a neoplasia escamosa da superfície ocular. Os resultados foram: (i) 5-fluorouracil adjuvante reduziu o risco de recidiva após a excisão cirúrgica com efeitos colaterais leves (nível Ib, Grau de recomendação (GR) A). (ii) Mitomicina tópica primária produziu uma alta taxa de resposta completa, baixa taxa de recorrência e efeitos colaterais leves (nível Ib, GR A). (iii) Quimioterapia primária versus adjuvante produz taxas semelhantes de recorrência (nível IIb, GR B). (iv) 5- 5-FU versus mitomicina adjuvante não mostrou diferenças significativas nas taxas de recorrencia, com efeitos coalterais leves em ambos os grupos e melhor perfil de toxicidade para mitomicina (nível III, GR C). (v) 5- 5-FU tópico primário versus mitomicina ou interferon (INF) apresentam taxa similar de recorrência, com efeito colateral leve, mas com maior incidencia no braço 5- 5-FU, seguido pela Mitomicina e IFN (nível III, GR C).
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas/tratamento farmacológico
Mitomicina/uso terapêutico
Doenças da Córnea/tratamento farmacológico
Neoplasias Oculares/tratamento farmacológico
Fluoruracila/uso terapêutico
-Recidiva
Proteínas Recombinantes/uso terapêutico
Administração Tópica
Quimioterapia Adjuvante/métodos
Neoplasias da Túnica Conjuntiva/tratamento farmacológico
Neoplasias da Túnica Conjuntiva/terapia
Doenças da Córnea/terapia
Neoplasias Oculares/terapia
Interferon alfa-2
Antineoplásicos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Matsuo, Tiemi
Texto completo
Id: biblio-888121
Autor: Lopes, Gerson Jorge Aparecido; Casella, Antonio Marcelo Barbante; Oguido, Ana Paula; Matsuo, Tiemi.
Título: Effects of topical and subconjunctival use of bevacizumab on corneal neovascularization in rabbits' eyes / Efeitos do uso tópico e subconjuntival do bevacizumabe na neovascularização corneana de olhos de coelhos
Fonte: Arq. bras. oftalmol;80(4):252-256, July-Aug. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To evaluate and compare the effects of topical application and subconjunctival injection of bevacizumab on corneal neovascularization (CNV) in rabbits' eyes after chemical burning of the cornea. Methods: The animals were randomly distributed into four groups of five animals. In one group, the drug was instilled, while in another, it was administered by subconjunctival injection. The two procedures using bevacizumab were compared with instillation and subconjunctival injection of saline solution (S). Neovascularization was evaluated according to the size of the invasion area of new blood vessels and through computerized analysis of this area. The data were analyzed using the Kruskal-Wallis test followed by Dunn's test for two-by-two comparison of the groups, to assess the external examination of CNV. Analysis of variance was used to assess the area of CNV. P<0.05 was considered statistically significant. Results: Assessing both the external examination and the invasion area of neovessels on the 5th and 10th days, there was a clear difference between the groups. The group to which saline solution had been applied showed higher scores for CNV, as well as increases in the invasion area of neovessels. Two-by-two comparison of groups revealed no significant differences. However, an analysis of the factors involved (injection vs. instillation and bevacizumab vs. saline solution) showed that injection did not differ from instillation, but that bevacizumab differed from saline solution. Conclusion: Bevacizumab showed an inhibitory effect on CNV in rabbits' eyes after chemical burning of the cornea. There was no difference between the topical or subconjunctival administration of bevacizumab in the inhibition of CNV.

RESUMO Objetivos: Avaliar e comparar o efeito do uso tópico e da injeção subconjuntival do bevacizumabe na neovascularização corneana de olhos de coelhos após queimadura química. Métodos: Os animais foram distribuídos de forma aleatória em quatro grupos de cinco animais. Em um grupo de coelhos a droga foi instilada, enquanto em outro foi aplicada injeção subconjuntival, sendo os dois procedimentos comparados com a instilação e injeção subconjuntival de soro fisiológico 0,9% (SF) e entre si. A neovascularização foi avaliada conforme o tamanho da área de invasão dos neovasos e com análise computadorizada da mesma. Na análise de dados aplicou-se o teste de Kruskal-Wallis seguido do teste de Dunn com p<0,05 para comparação dos grupos dois a dois na análise do exame externo da neovascularização corneana. Na análise da área de neovascularização corneana, aplicou-se o teste F de análise de variância. A significância estatística foi definida como valor de p<0.05. Resultados: A avaliação do exame externo e da área de invasão de neovasos, no 5º e 10º dia, mostrou nítida diferença entre os grupos. Com o uso de soro fisiológico houve maior graduação na escala de neovascularização corneana e também na área de invasão dos nevasos, o que demonstrou o efeito inibitório do bevacizumabe. Nas comparações dos grupos dois a dois não foram detectadas diferenças significativas, porém, ao analisar os fatores envolvidos (procedimentos: injeção ou instilação, e as drogas: bevacizumabe ou soro fisiológico), verificou-se que a injeção não diferiu da instilação, mas o bevacizumabe diferiu do soro fisiológico. Conclusão: O bevacizumabe apresentou efeito inibitório na neovascularização corneana de olhos de coelhos após queimadura química, tanto por via tópica como por via subconjuntival e não houve diferença entre a via tópica e a via subconjuntival de administração do bevacizumabe na inibição da neovascularização corneana.
Descritores: Neovascularização da Córnea/tratamento farmacológico
Córnea/efeitos dos fármacos
Inibidores da Angiogênese/administração & dosagem
Bevacizumab/administração & dosagem
-Soluções Oftálmicas
Queimaduras Químicas
Distribuição Aleatória
Queimaduras Oculares
Administração Tópica
Neovascularização da Córnea/patologia
Córnea/inervação
Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular/antagonistas & inibidores
Modelos Animais de Doenças
Injeções Intraoculares
Lesões da Córnea/induzido quimicamente
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888123
Autor: Liendo, Vera Lucia; Vola, Maria Eugenia; Barreiro, Telma Pereira; Wakamatsu, Tais Hitomi; Gomes, José Álvaro Pereira; Santos, Myrna Serapião dos.
Título: Topical tacrolimus for the treatment of severe allergic keratoconjunctivitis in children / Tacrolimus tópico para o tratamento da ceratoconjuntivite alérgica severa em crianças
Fonte: Arq. bras. oftalmol;80(4):211-214, July-Aug. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: Administration of eye drops containing antihistamines or sodium cromoglycate and its derivatives for the treatment of allergic keratoconjunctivitis is often insufficient and usually requires the addition of corticosteroids. However, the risk of complications, such as glaucoma and cataract, limits the use of corticosteroids to short courses, resulting in inadequate long-term treatment response. Immunosuppressive drugs have been considered as a valid alternative to steroids for atopic keratoconjunctivitis and vernal keratoconjunctivitis. This study aimed to evaluate the use of topical tacrolimus (TCL) in improving the clinical signs of severe allergic keratoconjuctivitis in children. Methods: Patients with severe allergic keratoconjunctivitis associated with corneal epitheliopathy, gelatinous limbal infiltrates, and/or papillary reaction, along with a history of recurrences and resistance to conventional topical anti-allergy agents, were included in this open clinical trial. Patients were treated with 0.03% TCL ointment for ocular use. A severity score ranging from 0 to 9, with 9 being the highest and 0 being the lowest, was assigned based on signs observed on biomicroscopy prior to and following TCL treatment. Results: Analyses included 66 eyes of 33 patients. After a mean follow-up period of 13 months (range, 12-29 months), TCL treatment significantly decreased the mean symptom score severity for the right (from 5.56 ± 1.18 to 2.76 ± 1.5; p<0.001) and left (from 5.94 ± 1.16 to 2.86 ± 1.64; p<0.001). Conclusion: Topical TCL was effective and significantly improved the clinical signs of allergic keratoconjuctivitis in children. Thus, it is a potential new option for severe and challenging cases of ocular allergy.

RESUMO Objetivos: O tratamento da ceratoconjuntivite alérgica baseado em colírios que contenham anti-histamínicos ou cromoglicato de sódio e seus derivados geralmente são insuficientes. A adição de corticosteróides geralmente é mandatória. No entanto, o risco de complicações como glaucoma e catarata limita o uso dos corticosteróides em curtos períodos de tratamento resultando em respostas inadequadas a longo prazo. Drogas imunossupressoras vem sendo consideradas como uma opção terapêutica alternativa válida para as ceratoconjuntivite atópica (AKC) e ceratoconjuntivite vernal (VKC). Este trabalho tem como objetivo avaliar a melhora nos sinais clínicos durante o uso de tacrolimus (TCL) tópico em crianças com ceratoconjuntivites alérgicas. Métodos: Pacientes com ceratoconjuntivite alérgica severa associada a ceratites, infiltrados limbares gelatinosos e/ou papilas gigantes, com história de recorrências e resistência ao tratamento anti-alérgico tópico convencional foram incluídos neste estudo. Os pacientes foram tratados com TCL 0,03% pomada tópica para uso ocular. Um escore variando de 0 a 9 foi atribuído para os sinais observados na biomicroscopia antes e depois do tratamento. Quanto maiores os escores, mais severos eram os sinais. Resultados: Foram estudados 66 olhos de 33 pacientes. Antes do tratamento a média do escore para o olho direito foi 5,56 ± 1,18 e para o olho esquerdo 5,94 ± 1,16. Após o tratamento com TCL a média do escore para o olho direito foi 2,76 ± 1,5 e para o olho esquerdo 2,86 ± 1,64 (p<0.001 para os dois olhos). O tempo de seguimento médio foi de 13 meses (12-29 meses). Conclusão: O presente estudo sugere que o TCL tópico foi efetivo e demonstrou resultado satisfatório, com melhora nos sinais clínicos na ceratoconjuntivite alérgica em crianças, constituindo uma nova opção para o tratamento de casos severos de alergia ocular.
Descritores: Conjuntivite Alérgica/tratamento farmacológico
Tacrolimo/administração & dosagem
Imunossupressores/administração & dosagem
Ceratoconjuntivite/tratamento farmacológico
-Índice de Gravidade de Doença
Estudos Prospectivos
Seguimentos
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Ciclosporina/administração & dosagem
Microscopia/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950481
Autor: Silva, Danielle Alves; Nai, Gisele Alborgetti; Giuffrida, Rogério; Sgrignoli, Marcos Rógério; Santos, Daniela Rodrigues dos; Donadão, Isabela Vasconcelos; Nascimento, Felipe Franco; Dinallo, Heloise Rangel; Andrade, Silvia Franco.
Título: Oral omega 3 in different proportions of EPA, DHA, and antioxidants as adjuvant in treatment of keratoconjunctivitis sicca in dogs / Ômega 3 oral em diferentes proporções de EPA, DHA e antioxidantes como adjuvante no tratamento de ceratoconjuntivite seca em cães
Fonte: Arq. bras. oftalmol;81(5):421-428, Sept.-Oct. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To compare the efficacy of 0.03% to­pical tacrolimus in combination with oral omega (ω) 3 with different ratios of eicosapentaenoic acid (EPA), docosahexaenoic acid (DHA), and antioxidants as adjuvant in the treatment of keratoconjunctivitis sicca (KCS) in dogs. Methods: Forty-five dogs with KCS were evaluated monthly for 6 months. Evaluations included performance of the Schirmer tear, fluorescein, and lissamine green tests. Tear film break-up time (TBUT) was assessed. Conjunctival cytology was evaluated at the beginning, middle, and end of the study. Conjunctiva was biopsied at the beginning and end of the study. Dogs were randomly assigned to one of the three groups (n=15): Group T (topical tacrolimus 0.03%), Group TO (topical tacrolimus + ω-1.5 EPA: 1 DHA), or Group TOA (topical tacrolimus + ω-1 EPA:4.5 DHA + antioxidants). Results: There was a significant improvement in clinical signs in all groups. TBUT increased throughout treatment in all groups; this effect was most pronounced in Group TO. Cytological analysis performed at the end of the study period, showed decreased levels of lymphocytes, neutrophils, and metaplastic and squamous cells in Groups T, TO, and TOA. Histological analysis performed at the end of the study period showed decreased levels of lymphocytes and neutrophils and increased levels of goblet cells. These effects were most pronounced in Group TO. Conclusion: Oral treatment with ω-3 containing a higher proportion of EPA than DHA increased the effectiveness of topical tacrolimus 0.03% in the treatment of keratoconjunctivitis sicca in dogs.

RESUMO Objetivo: Comparar a eficácia do tacrolimus 0,03% tópico associado ao ômega 3 oral, com diferentes proporções de ácido eicosapentaenoico (EPA), ácidos docosa-hexaenoicos (DHA) e antioxidantes, como adjuvante no tratamento de cães acometidos por ceratoconjuntivite seca. Métodos: Quarenta e cinco cães atendidos no Hospital Veterinário da UNOESTE portadores de ceratoconjuntivite seca foram avaliados mensalmente por 6 meses pelo Teste Lacrimal de Schirmer, Teste de Fluoresceína, Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal, Teste de Rosa Bengala, citologia da conjuntiva no início, meio e fim do projeto e biopsia da conjuntiva no início e final do projeto. Os cães foram distribuídos aleatoriamente em 3 grupos (n=15): grupo T (tacrolimus 0,03% tópico), grupo TO (tacrolimus + ômegas 1.5 EPA/1 DHA oral) e grupo TOA (tacrolimus + ômegas 1 EPA/4,5 DHA + antioxidantes oral). Resultados: Houve uma melhora significativa nos sinais clínicos em ambos os grupos. No tempo de ruptura do filme lacrimal todos os grupos apresentaram aumento no decorrer do tratamento, sendo que o grupo TO foi o que apresentou melhor resultado em todos momentos quando comparado aos demais grupos. Ao final do experimento, os grupos T, TO e TOA apresentaram na análise citológica, diminuição de linfócitos, neutrófilos, células metaplásicas e escamosas, e na análise histopatológica, diminuição de linfócitos e neutrófilos e aumento das células caliciformes, com o grupo TO com melhor desempenho. Conclusão: O tratamento oral com ω-3 contendo uma maior proporção de EPA do que o DHA aumentou a eficácia do tacrolimus tópico 0,03% no tratamento de ceratoconjuntivite sicca em cães.
Descritores: Ácido Eicosapentaenoico/administração & dosagem
Ácidos Docosa-Hexaenoicos/administração & dosagem
Ceratoconjuntivite Seca/veterinária
Tacrolimo/administração & dosagem
Doenças do Cão/tratamento farmacológico
Antioxidantes/administração & dosagem
-Fatores de Tempo
Ceratoconjuntivite Seca/tratamento farmacológico
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Quimioterapia Adjuvante
Limites: Animais
Cães
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 420 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1090777
Autor: Saglam, Ebru; Alinca, Suzan Bayer; Celik, Tugba Zengin; Hacisalihoglu, Uguray Payam; Dogan, Mehmet Ali.
Título: Evaluation of the effect of topical and systemic ozone application in periodontitis: an experimental study in rats
Fonte: J. appl. oral sci;28:e20190140, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Bezmialem Vakıf University, Scientific Research Project.
Resumo: Abstract Objective: The goal of the present study was to determine the effect of systemic and topical ozone application on alveolar bone loss (ABL) by evaluating the effect of Hypoxia-inducible factor −1 alpha (HIF-1-α) and receptor activator of NF-kB ligand (RANKL)-positive cells on histopathological and immunohistochemical changes in a rat periodontitis model. Methodology: Thirty male Wistar rats were divided into three groups: 1) Group C (control group); 2) Group SO (systemic ozone group) and 3) Group TO (topical ozone group). Experimental periodontitis was induced with a 3/0 silk suture placed at the mandibular left first molars of rats, and the suture was removed 14 days later. Ozone gas was injected intraperitoneally (0.7 mg/kg) in SO group. Topical ozone application protocol was performed using an ozone generator at 80% concentration (4th grade) 90- degree probe for the duration of 30 s. Both ozone applications were carried out for two weeks at intervals of two days. Histomorphometric and immunohistochemical analysis were performed. Results: ABL was significantly lower in Group SO compared to Group C (p: 0.0052). HIF-1α- positive cells were significantly lower in Group TO than in Group C (p: 0.0043). RANKL-positive cells were significantly lower in Group SO and in Group TO compared to the control group (p: 0.0033, p: 0.0075, respectively). Conclusion: Both ozone applications decreased RANKL-positive cell counts, TO application decreased HIF-1-α positive cells counts, and SO application was found to be more effective in reducing ABL compared to control group.
Descritores: Ozônio/administração & dosagem
Periodontite/patologia
Periodontite/tratamento farmacológico
Perda do Osso Alveolar/patologia
Perda do Osso Alveolar/tratamento farmacológico
Subunidade alfa do Fator 1 Induzível por Hipóxia/análise
-Imuno-Histoquímica
Contagem de Células
Reprodutibilidade dos Testes
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Ratos Wistar
Ligante RANK/análise
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  10 / 420 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056590
Autor: Saglam, Ebru; Alinca, Suzan Bayer; Celik, Tugba Zengin; Hacisalihoglu, Uguray Payam; Dogan, Mehmet Ali.
Título: Evaluation of the effect of topical and systemic ozone application in periodontitis: an experimental study in rats
Fonte: J. appl. oral sci;28:e20190140, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Bezmialem Vakıf University, Scientific Research Project.
Resumo: Abstract Objective: The goal of the present study was to determine the effect of systemic and topical ozone application on alveolar bone loss (ABL) by evaluating the effect of Hypoxia-inducible factor −1 alpha (HIF-1-α) and receptor activator of NF-kB ligand (RANKL)-positive cells on histopathological and immunohistochemical changes in a rat periodontitis model. Methodology: Thirty male Wistar rats were divided into three groups: 1) Group C (control group); 2) Group SO (systemic ozone group) and 3) Group TO (topical ozone group). Experimental periodontitis was induced with a 3/0 silk suture placed at the mandibular left first molars of rats, and the suture was removed 14 days later. Ozone gas was injected intraperitoneally (0.7 mg/kg) in SO group. Topical ozone application protocol was performed using an ozone generator at 80% concentration (4th grade) 90- degree probe for the duration of 30 s. Both ozone applications were carried out for two weeks at intervals of two days. Histomorphometric and immunohistochemical analysis were performed. Results: ABL was significantly lower in Group SO compared to Group C (p: 0.0052). HIF-1α- positive cells were significantly lower in Group TO than in Group C (p: 0.0043). RANKL-positive cells were significantly lower in Group SO and in Group TO compared to the control group (p: 0.0033, p: 0.0075, respectively). Conclusion: Both ozone applications decreased RANKL-positive cell counts, TO application decreased HIF-1-α positive cells counts, and SO application was found to be more effective in reducing ABL compared to control group.
Descritores: Ozônio/administração & dosagem
Periodontite/patologia
Periodontite/tratamento farmacológico
Perda do Osso Alveolar/patologia
Perda do Osso Alveolar/tratamento farmacológico
Subunidade alfa do Fator 1 Induzível por Hipóxia/análise
-Imuno-Histoquímica
Contagem de Células
Reprodutibilidade dos Testes
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde