Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.319.267.510.795.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 10 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 10 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980779
Autor: Quaglio, Rita de Cássia; Varallo, Fabiana Rossi; Lima, Nereida Kilza da Costa; Junqueira, André Felipe; Ianhez Júnior, Edgar; Matumoto, Silvia; Fortuna, Cinira Magali.
Título: Medicamentos passíveis de infusão por hipodermóclise / Medicines subject to hypodermoclysis infusion
Fonte: Medicina (Ribeiräo Preto);51(1):55-68, jan.-mar., 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Modelo do estudo: Revisão Sistemática da Literatura e discussão com profissionais especialistas. Objetivo: Propor a lista de medicações, diluente e volume de diluição, para o uso por hipodermóclise, a pacientes acima de 18 anos Método: Com base em diretrizes Prisma, foi realizado um levantamento bibliográfico na base de dados MEDLINE através do portal Pubmed e pela biblioteca virtual SCIELO, utilizando os descritores: infusions; subcutaneous; palliative care; hospice; palliative care nursing e as palavra-chave hypodermoclysis e off-label use, seus correspondentes em português e seus cruzamentos. Os artigos encontrados foram analisados a partir do instrumento AMSTAR, seguido de discussão com profissionais de formação avançada em CP. Resultados: Dos artigos foram extraídas as seguintes variáveis: medicamentos administrados por hipodermóclise, veículo e volume de diluição, tempo de infusão, forma de administração (continua e em bolus), além de observações referentes à administração em sítio único e concentração máxima. A partir destas variáveis elaborou-se síntese em relação às medicações a serem utilizadas. Conclusões: Chegou-se a uma lista de medicações, dosagem, volume de diluição e diluente. Os resultados encontrados na literatura foram discutidos em processo dialógico e convergente, pelos profissionais de enfermagem, medicina e farmácia. Sendo assim, esta lista possui perfil replicável para outros serviços com cuidados paliativos ou que utilizam a via hipodermóclise. (AU)

Study Design: Systematic Literature Review and discussion with professional experts. Objective: To propose a list of medications, diluents and dilution volumes for use with hypodermoclysis, to patients over 18 years of age. Methods: Based on Prism guidelines, bibliographic survey in the MEDLINE database through the PubMed portal and the SCIELO virtual library, through the descriptors: infusions; subcutaneous; palliative care; hospice; palliative care nursing the keywords hypodermoclysis and off-label use. Their correspondents in Portuguese and their crosses were considered. The items found were analyzed from the AMSTAR instrument, followed by discussion with professionals in advanced training in CP. Results: The following variables were extracted from the articles: medications given through hypodermoclysis, vehicle and dilution volume, time of infusion, form of administration (continuous and bolus), as well as observations referring to single site administration and maximum concentration. From these variables, synthesis was elaborated in relation to the medications to be used. Conclusions: There was a list of medications, dosage, dilution volume and diluents. The results found in the literature were discussed in a dialogical and convergent process, by a nurse, physicians and a pharmacist. Thus, this list has a replicable profile for other services with palliative care or using the hypodermoclysis approach. (AU)
Descritores: Cuidados Paliativos
Tratamento Farmacológico
Hipodermóclise
Tipo de Publ: Revisão de Integridade Científica
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  2 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980389
Autor: Bautista-Eugenio, Verónica; Salinas-Cruz, Jorge.
Título: La vía subcutánea opción para el paciente terminal cuando se pierde la vía oral / Subcutaneous via: an option for the terminal patient when is not suiteable
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;17(3):149-152, Septiembre-Dic. 2009. tab.
Idioma: es.
Resumo: El paciente con enfermedad terminal requiere y demanda atención de soporte, por su padecimiento ha recorrido un largo proceso médico, hasta llegar a ser atendidos en cuidados paliativos. En el enfermo terminal, la vía oral es la primera elección para la administración de fármacos y líquidos en pacientes con estas características. Sin embargo, en determinadas circunstancias no hay posibilidad de administrar la medicación a través de la misma, en estos casos el enfermo necesitará otras alternativas, una excelente opción es la vía subcutánea. La vía subcutánea tiene un uso clásico en la administración de insulina, heparina y vacunas. Se presenta como un método simple, sencillo, eficiente, seguro, de bajo costo, con buena aceptación por la familia, al permitir el cuidado del paciente en casa, propuesto por la Organización Mundial de la Salud (OMS). En relación a los fármacos están disponibles por vía subcutánea para el control de los síntomas del paciente terminal. Cuando esta alternativa es la utilizada, los cuidados se dirigen fundamentalmente a identificar complicaciones locales, eritema, endurecimiento, fuga, signos de infección; así como mantener una comunicación efectiva con la familia. La hipodermoclisis es una técnica útil y accesible que permite el manejo domiciliario del paciente deshidratado. Es un método alternativo de hidratación seguro y de baja complejidad

The patient with a terminal disease requires greater support and attention. He goes through a lot of medical processes until he gets the proper attention. The oral via is the first option for the administration of medications and fluids. However, in some circumstances this is not possible. In these cases, the patient will require other alternatives; the subcutaneous via is an excellent option. The subcutaneous via has a classic use in the administration of insuline, heparine and vaccines. It comes to be a simple, efficient, safe, and inexpensive method; with a good acceptance from the patients family since it permits home care. It was proposed by the WHO. In relation to medications and the control of symptoms in this type of patients when available subcutaneasly. The use of this via may show complications like erythema and hardening, of the vein leaking and infections. It permits home care of the dehydrated patient. It is an alternative method for safe hydration with a low complexity.
Descritores: Cuidados Paliativos
Pacientes Domiciliares
Doente Terminal
Hipodermóclise
Assistência Ambulatorial
-México
Limites: Seres Humanos
Responsável: MX346.1 - CENAIDS - Centro Nacional de Investigación Documental en Salud


  3 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-859237
Autor: Brito, Willian de Andrade Pereira de.
Título: Hipodermóclise no idoso: uma terapia para a autonomia no cuidado / Hypodermoclisis in the elderly: a therapy for autonomy in the caution.
Fonte: Niterói; s.n; 2016. 147 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de um estudo de caso único que aborda a hipodermóclise no cuidado e autonomia do idoso cujo objetivo geral foi elaborar um protocolo de hipodermóclise para a pessoa idosa e como objetivos específicos: caracterizar a produção científica sobre a hipodermóclise, identificar as vantagens e desvantagens da hipodermóclise e avaliar o conteúdo do protocolo de hipodermóclise por um painel de experts em enfermagem gerontológica. O estudo foi realizado, no período de junho de 2015 a novembro de 2016, nas seguintes etapas: na primeira etapa foi realizada Revisão integrativa da literatura para identificação das evidências científicas acerca da hipodermóclise na base de dados PUBMED e BVS, com os descritores hipodermóclise; enfermagem; saúde, obtendo-se 30 artigos. A segunda etapa caracterizou-se pela elaboração do protocolo, com base nas evidências identificadas da revisão integrativa. A terceira etapa configurou-se pela avaliação do protocolo por um painel de experts em enfermagem gerontológica, composta por seis profissionais selecionados segundo critérios de formação e atuação profissional desses enfermeiros. A partir da análise temática dos estudos da revisão integrativa foram elaboradas quatro categorias: Terapia subcutânea, uma via alternativa para o cuidado em saúde; Hipodermóclise: técnica, utilização e aplicabilidade; Hipodermóclise: tecnologias em saúde e a equipe de enfermagem; Hipodermóclise e o idoso. Dentre as evidências identificadas destacam-se as características da via subcutânea na infusão de medicamentos, sendo a hipodermóclise uma alternativa terapêutica, principalmente quando comparada à administração de medicamentos por via intravenosa; as etapas de realização da técnica e as especificidades relacionadas à hipodermóclise, assim como os cuidados desenvolvidos antes, durante e após o procedimento. Quanto à correlação da terapia subcutânea com os profissionais, constatou-se a necessidade de conhecimento e manejo de tecnologias na saúde. Os fatores que contribuem para o desconhecimento da técnica estão relacionados a não abordagem da temática nas universidades e a falta de aproximação dessas discussões com os profissionais e instituições de saúde. Quanto ao uso da hipodermóclise no idoso, esta ocorre, principalmente, no processo de gerenciamento da desidratação leve/ moderada. Tais evidências subsidiaram a elaboração de um protocolo de enfermagem voltado para o manejo desse quadro em idosos, justamente por demonstrar que apesar da possibilidade de utilização da via subcutânea para administração de medicamentos, essa técnica tem grande utilidade para a reposição hidroeletrolítica em idosos. Após a construção do protocolo, o mesmo foi avaliado por um painel de experts quanto a sua estrutura e composição das recomendações sendo indicado: inclusão de figuras para ilustrar as regiões de aplicação da hipodermóclise e da angulação para inserção do dispositivo. Após essas modificações, originou-se a versão final do protocolo. Assim, o estudo favoreceu uma discussão ampla sobre a relação da hipodermóclise com a prática clínica e sua aplicabilidade na atenção à saúde do idoso considerando as vantagens do seu uso para o idoso e para os profissionais nos serviços de saúde. Portanto, conclui-se que a hipodermóclise representa uma técnica importante para a enfermagem no cuidado ao idoso, não somente pela sua efetividade clínica no manejo da desidratação, mas porque pode possibilitar maior conforto e preservação da autonomia desses indivíduos na manutenção das suas atividades diárias favorecendo a reabilitação desses indivíduos e melhoria da qualidade de vida

This is a unique case study that addresses the hypodermoclysis in the care and autonomy of the elderly whose general objective was to elaborate a hypodermoclysis protocol for the elderly and as specific objectives: to characterize the scientific production on hypodermoclysis, to identify the advantages and disadvantages Of the hypodermoclysis and to evaluate the content of the hypodermoclysis protocol by a panel of experts in gerontological nursing. The study was carried out, from June 2015 to November 2016, in the following stages: in the first stage was carried out an integrative review of the literature to identify the scientific evidence about the hypodermoclysis in the database PUBMED and VHL, with the descriptors hypodermoclysis; nursing; Health, obtaining 30 articles. The second stage was characterized by the elaboration of the protocol, based on the evidences identified from the integrative review. The third stage consisted of the evaluation of the protocol by a panel of experts in gerontological nursing, composed of six professionals selected according to the training and professional performance criteria of these nurses. From the thematic analysis of the integrative review studies, four categories were elaborated: Subcutaneous therapy, an alternative pathway for health care; Hypodermoclysis: technique, use and applicability; Hypodermoclysis: health technologies and the nursing team; Hypodermoclysis and the elderly. Among the identified evidences the characteristics of the subcutaneous route in the infusion of medicaments stand out, being hypodermoclysis a therapeutic alternative, mainly when compared to the intravenous drug administration; The stages of the technique and the specificities related to hypodermoclysis, as well as the care developed before, during and after the procedure. As for the correlation of subcutaneous therapy with professionals, it was verified the need for knowledge and management of health technologies. The factors that contribute to the lack of knowledge of the technique are related to the lack of approach to the theme in universities and the lack of approximation of these discussions with professionals and health institutions. Regarding the use of hypodermoclysis in the elderly, this occurs mainly in the process of management of mild / moderate dehydration. These evidences supported the elaboration of a nursing protocol aimed at the management of this condition in the elderly, precisely for demonstrating that despite the possibility of using the subcutaneous route for administration of medications, this technique has great utility for the hydroelectrolytic replacement in the elderly. After the construction of the protocol, it was evaluated by a panel of experts regarding its structure and composition of the recommendations being indicated: inclusion of figures to illustrate the regions of application of hypodermoclysis and angulation for insertion of the device. After these modifications, the final version of the protocol originated. Thus, the study favored a broad discussion about the relationship between hypodermoclysis and clinical practice and its applicability in the health care of the elderly considering the advantages of its use for the elderly and for professionals in health services. Therefore, it is concluded that hypodermoclysis represents an important technique for nursing care in the elderly, not only for its clinical effectiveness in the management of dehydration, but also because it can provide greater comfort and preservation of the autonomy of these individuals in the maintenance of their daily activities favoring Rehabilitation of these individuals and improvement of quality of life
Descritores: Idoso
Hipodermóclise
Enfermagem
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF
BR 1342.1; D 610.73, B862


  4 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847628
Autor: Pontalti, Gislene; Riboldi, Caren de Oliveira; Gioda, Ricardo Soares; Echer, Isabel Cristina; Franzoi, Maria Alice; Wegner, Wiliam.
Título: Benefícios da hipodermóclise na clínica paliativa de pacientes com câncer: relato de caso / Benefits of hypodermoclysis in palliative care of cancer patients: case report / Beneficios de la hipodermoclisis en la clínica paliativa de pacientes con cáncer: presentación de caso
Fonte: Rev. bras. cancerol;62(3):247-252, 20160900.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A hipodermóclise é uma via de infusão em pacientes com câncer nos casos em que os acessos oral e endovenoso não estão disponíveis. Considerando a sua utilidade no controle dos sintomas no final de vida, faz-se importante ampliar o conhecimento e a divulgação das experiências quanto aos seus benefícios. Relato de caso: Trata-se de dois relatos de caso de pacientes com câncer, nos quais a hipodermóclise foi utilizada para administração de medicamentos. Conclusão: Essa prática apresentou-se como uma via segura, minimamente invasiva e eficaz no tratamento sintomático dos pacientes com câncer em cuidados paliativos.

Introduction: Hypodermoclysis is an infusion route for cancer patients for whom oral and intravenous routes are not available. Considering its usefulness in the control of end-of-life symptoms, it is important to share knowledge and experiences about its benefits. Case Report: Two cases of cancer patients for whom hypodermoclisis was used as route of drug administration. Conclusion: This practice proved to be a safe route, less invasive and effective in the symptomatic treatment of cancer patients in palliative care.

Introducción: Hipodermoclisis es una vía de infusión para los pacientes con cáncer en aquellos casos en que administración oral y intravenosa se hacen inviables. Em vista de su utilidad en el control de los síntomas en el fin de vida, es importante ampliar el conocimiento y la difusión de experiencias de sus beneficios. Caso clínico: Se trata de dos casos de pacientes que se utilizó la hipodermoclisis para la administración de medicamentos. Conclusión: Esta práctica demostró ser una ruta segura, menos invasiva y eficaz en el tratamiento sintomático de los pacientes con cáncer en cuidados paliativos.
Descritores: Hipodermóclise/estatística & dados numéricos
Conduta do Tratamento Medicamentoso/tendências
-Neoplasias/tratamento farmacológico
Enfermagem
Cuidados Paliativos/tendências
Qualidade de Vida
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR440.3 - Biblioteca do Hospital do Câncer III


  5 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-836899
Autor: D'Amato, M; Escobar, A; Fernández, M; Irazuzta, JE.
Título: Hipodermoclisis como alternativa para la rehidratación en niños / Hypodermoclysis as an alternative to pediatric rehydration / Hipodermóclise como alternativa para a reidratação em crianças
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;33(2):138-144, jul.-dic. 2014.
Idioma: es.
Resumo: La deshidratación es una de las principales causas de mortalidad en la población pediátrica en países en vía de desarrollo. Por ello, se han estudiado alternativas de manejo para la rehidratación oral, intravenosa e intraósea, de fácil aplicación y bajo costo. La hipodermoclisis es la técnica para la administración subcutánea de líquidos con el fin de prevenir o tratar la deshidratación leve o moderada; olvidada por muchos años debido a la falta de experiencia y protocolos bien estructurados. Recientemente resurge el interés en investigar e implementar esta técnica gracias a sus beneficios y menores riesgos frente a las otras opciones, entre las que se encuentran facilidad de aplicación, mantenimiento de la vía, comodidad del paciente y disminución de complicaciones por daño endotelial, demostrados en diferentes estudios como es el caso del Infuse Peds 1 y 2. Para favorecer la absorción subcutánea se puede implementar la hialuronidasa recombinante humana, enzima encargada de disolver el ácido hialurónico para alterar, temporalmente, la permeabilidad del tejido, que es el objeto de análisis dentro de estos estudios. En Colombia esta técnica aún no ha sido completamente difundida para aplicarla en la población pediátrica. Es imperativo divulgar opciones de manejo que sean efectivas y de bajo costo para la atención de las enfermedades más prevalentes. La hipodermoclisis cumple con estos objetivos y cuenta, además, con beneficios como la satisfacción de los padres y mejora índices de morbimortalidad infantil.

Dehydration is one of the main causes of mortality in pediatric population in developing countries. Thus, we have studied alternative measures that are low-cost and easy to administer for oral, intravenous, and intraosseuos rehydration. Hypodermoclysis is the technique for subcutaneous administration of liquids in order to prevent or treat mild or moderate dehydration. This method has been forgotten for many years due to the lack of experience and well-structured protocols. Recently, there has been increasing interest in researching and implementing this technique due to the benefits and lower risks compared to other options, including easy administration, pathway maintenance, patient comfort, and reduced complications due to endothelial damage, demonstrated in different studies, such as INFUSE-Peds I and II. Human recombinant hyaluronidase can be implemented in order to favor subcutaneous absorption; this enzyme is in charge of dissolving hyaluronic acid to temporarily alter the permeability of the tissue, which is the object of analysis of these studies. This technique has not been completely disseminated in Colombia to administer in pediatric population. It is imperative to divulge treatment options that are effective and low-cost to treat the most prevalent diseases. Hypodermoclysis meets these objectives and also has benefits such as parent satisfaction and improves indexes of infant morbidity and mortality.

A desidratação é uma das principais causas de mortalidade na população pediátrica em países em via de desenvolvimento. Por isso, se estudaram alternativas de manejo para a reidratação oral, intravenosa e intraóssea, de fácil aplicação e baixo custo. A hipodermóclise é a técnica para a administração subcutânea de líquidos com o fim de prevenir ou tratar a desidratação leve ou moderada; esquecida por muitos anos devido à falta de experiência e protocolos bem estruturados. Recentemente ressurge o interesse em investigar e implementar esta técnica graças a seus benefícios e menores riscos frente às outras opções, entre as que se encontram facilidade de aplicação, manutenção da via, comodidade do paciente e diminuição de complicações por dano endotelial, demostrados em diferentes estudos como é o caso do Infuse Peds 1 e 2. Para favorecer a absorção subcutânea se pode implementar a hialuronidase recombinante humana, enzima encargada de dissolver o ácido hialurônico para alterar, temporalmente, a permeabilidade do tecido, que é o objeto de análise dentro destes estudos. Na Colômbia esta técnica ainda não há sido completamente difundida para aplicá-la na população pediátrica. É imperativo divulgar opções de manejo que sejam efetivas e de baixo custo para a atenção das doenças mais prevalentes. A hipodermóclise cumpre com estes objetivos e conta, ademais, com benefícios como a satisfação dos pais e melhora índices de morbimortalidade infantil.
Descritores: Desidratação
Hipodermóclise
Soluções para Reidratação
Responsável: CO101 - Facultad de Medicina


  6 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-835260
Autor: Nunes, Paula Martina da Silva Araújo; Souza, Regina Claudia Silva.
Título: Efeitos adversos da hipodermóclise em pacientes adultos: revisão integrativa / Adverse effects of hypodermoclysis in adult patients: an integrative review / Efectos adversos de hipodermoclisis en pacientes adultos: una revisión integradora
Fonte: REME rev. min. enferm;20:[1-6], 2016. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: A hipodermóclise é uma técnica indicada para a desidratação leve a moderada, principalmente em pacientes idosos ou que estão sob cuidados paliativos. É subutilizada na prática clínica, pelo desconhecimento dos profissionais e pelo relato de efeitos adversos. Este artigo é uma revisão integrativa que identificou na literatura artigos relacionados aos efeitos adversos da hipodermóclise em pacientes adultos. Foi realizada busca no portal Pubmed e nas bases de dados Embase, Lilacs, Scopus, Cinahl e Scielo. Identificaram-se 13 artigos, dos quais cinco foram revisões de literatura, três eram coortes, dois ensaios clínicos randomizados, um relato de caso, uma revisão sistemática e um relato de experiência. Os efeitos adversos mais relatados foram dor local e sobrecarga de líquidos em 61% dos estudos, edema local em 53% e celulite em 38%. Concluiu-se que os efeitos adversos foram mínimos e similares à via endovenosa e a técnica se mostrou segura e eficaz.

The Hypodermoclisis is an indicated technique for mild to moderate dehydration, especially in elderly patients or those under palliative care. It is underutilized in clinical practice, due to the lack of knowledge of the professionals and the report of adverse effects. This article is an integrative review that has identified in the literature articles related to the adverse effects of hypodermoclisis in adult patients. We searched the Pubmed portal and the Embase, Lilacs, Scopus, Cinahl and Scielo databases. We identified 13 articles, of which five were literature reviews, three were cohorts, two randomized clinical trials, one case report, one systematic review and one experience report. The most commonly reported adverse events were local pain and fluid overload in 61% of the studies, local edema in 53% and cellulitis in 38%. It was concluded that the adverse effects were minimal and similar to the intravenous route and the technique proved to be safe and effective.

La hipodermoclisis es una técnica indicada para los casos leves de deshidratación moderada, especialmente en pacientes de edad avanzada o aquellos que están bajo los cuidados paliativos. Se infrautilizado en la práctica clínica, la falta de profesionales y la notificación de los efectos adversos. Este artículo es una revisión integradora que identificó en los artículos de la literatura relacionada con los efectos adversos de hipodermoclisis en pacientes adultos. Se realizó una búsqueda en el portal de PubMed y Embase en las bases de datos LILACS, Scopus, CINAHL y Scielo. 13 artículos han sido identificados, de los cuales cinco son revisión de la literatura, había tres cohortes, dos ensayos clínicos aleatorios, uno de reporte de casos, una revisión sistemática y experiencia de informes. Los eventos adversos más frecuentes fueron dolor local y la sobrecarga de líquidos en el 61% de los estudios, edema local en el 53% y la celulitis en un 38%. Se concluyó que los efectos adversos fueron mínimos y similares para vía intravenosa y la técnica han demostrado ser seguro y eficaz.
Descritores: Hipodermóclise
Infusões Subcutâneas
Tempo
Absorção Subcutânea
-Cuidados Paliativos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-750365
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Instituto Nacional de Câncer.
Título: Terapia subcutânea no câncer avançado / Subcutaneous therapy for advanced / La terapia subcutánea en el cancer avanzado.
Fonte: Rio de Janeiro; Inca; 2011. 29 p. ilus, tab, graf. (Cuidados Paliativos).
Idioma: pt.
Descritores: Hipodermóclise
Neoplasias Cutâneas/terapia
Cuidados Paliativos
Fenômenos Fisiológicos da Pele
-Cuidados de Enfermagem
Infusões Parenterais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Publicações Governamentais
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  8 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-745884
Autor: Bruno, Vanessa Galuppo.
Título: Hypodermoclysis: a literature review to assist in clinical practice / Hipodermóclise: revisão de literatura para auxiliar a prática clínica
Fonte: Einstein (Säo Paulo);13(1):122-128, Jan-Mar/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to analyze the information available in the literature about the drugs that can be administered through hypodermoclysis and the resulting impact that this information may have on the routine of the pharmacist working at a hospital. The study was based on a review of the literature. The results showed positive points of the procedure, but little specific information about medications such as routes of administration, standard dilutions, optimal doses, etc. Thus, it was possible to verify that there is no definite information as to the correct way to administer the drugs in this route, even though this is an effective and safe option, according to the literature. The lack of information has a negative impact on the support provided by the pharmacist to the nursing staff to ensure that the drug actually reaches its therapeutic goals safely.

O objetivo desse trabalho, foi analisar, na literatura, as informações disponíveis sobre os medicamentos que podem ser administrados através da hipodermóclise e o impacto que a informação pode acarretar na rotina do farmacêutico dentro de uma unidade hospitalar. O estudo foi baseado em uma revisão de literatura. Os resultados encontrados, demonstraram pontos positivos do procedimento, porém foram localizadas poucas informações específicas sobre medicamentos, como métodos de administração, padrões de diluição, dose ideal etc. Dessa forma, foi possível verificar que não há informações definitivas quanto ao modo mais correto de se administrar as drogas por essa via, mesmo sendo esta uma opção eficaz e segura, conforme a literatura. A falta de informação impacta negativamente no suporte realizado pelo farmacêutico à equipe de enfermagem para garantir que o medicamento realmente alcance seus objetivos terapêuticos com segurança.
Descritores: Hipodermóclise/métodos
Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem
-Hipodermóclise/efeitos adversos
Hipodermóclise/normas
Ilustração Médica
Farmacêuticos
Cuidados Paliativos/métodos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mantovani, Maria de Fátima
Texto completo
Id: lil-698877
Autor: Justino, Eveline Treméa; Tuoto, Fernanda Spiel; Kalinke, Luciana Puchalski; Mantovani, Maria de Fátima.
Título: Hipodermóclise em pacientes oncológicos sob cuidados paliativos / Hypodermoclysis in oncology patients receiving palliative care / Hipodermóclisis en pacientes oncológicos bajo cuidados paliativos
Fonte: Cogitare enferm;18(1):84-89, jan.-mar. 2013. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se de estudo descritivo, quantitativo e prospectivo com objetivo de descrever a experiência da utilização da hipodermóclise em pacientes sob cuidados paliativos e tratamento da dor, em hospital de referência em oncologia do Paraná. Foram acompanhados 16 participantes de novembro de 2008 a setembro de 2009, a coleta de dados foi realizada por meio de um instrumento estruturado e o acompanhamento aconteceu até a interrupção da utilização da hipodermóclise. A proporção de utilização da hipodermóclise entre os pacientes foi de 0,02%, sendo mais comumente desenvolvida no ambulatório desta especialidade. A principal indicação foi o estágio avançado da doença (56,25%) e o fármaco mais utilizado foi a morfina (93,75%), a hipodermóclise foi usada em 31,25% dos pacientes como via de hidratação. A utilização desta via alternativa para administração de fluidos em cuidados paliativos no hospital em questão é baixa, a adoção de protocolo padrão e divulgação podem contribuir para seu uso.

This descriptive, quantitative and prospective study aimed to describe the experience of the use of hypodermoclysis in patients receiving palliative care and treatment for pain, in a hospital which is a center of excellence in oncology, in the state of Parana. 16 participants were monitored from November 2008 through to September 2009; data collection was undertaken using a structured instrument and monitoring took place up until the use of hypodermoclysis was interrupted. The proportion of use of hypodermoclysis among the patients was 0.02%, and was carried out most commonly in the outpatient center of this speciality. The principal indication was the advanced stage of the disease (56.25%) and the drug most used was morphine (93.75%), and hypodermoclysis was used in 31.25% of the patients as a route of hydration. The use of this alternative route for administering fluids in palliative care in the hospital in question is low, and the adoption of a standard protocol and its dissemination could contribute to its use.

Estudio descriptivo, cuantitativo y prospectivo cuya finalidad fue describir la experiencia de la utilización de la hipodermóclisis en pacientes en cuidados paliativos y tratamiento del dolor, en hospital de Paraná referencia en oncología. Fueron acompañados 16 participantes de noviembre de 2008 a septiembre de 2009; los datos fueron recogidos por medio de un instrumento estructurado y el acompañamiento ocurrió hasta la interrupción de la utilización de la hipodermóclisis. La proporción de utilización de la hipodermóclisis entre los pacientes fue de 0,02%, siendo más comunmente desarrollada en el ambulatorio de esta especialidad. La principal indicación fue el estagio avanzado de la enfermedad (56,25%) y el medicamento más utilizado fue la morfina (93,75%), la hipodermóclisis fue usada en 31,25% de los pacientes como fuente de hidratación. La utilización de esta fuente alternativa para administración de fluidos en cuidados paliativos en el hospital en cuestión es baja, la adopción de protocolo patrón y divulgación pueden contribuir para su uso.
Descritores: Saúde do Adulto
Vias de Administração de Medicamentos
Hipodermóclise
Enfermagem Oncológica
Cuidados Paliativos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 10 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-615431
Autor: Hernández Perera, Abel; Hall Smith, Charles; Hernández Perera, Aliana.
Título: Hipodermoclisis en pacientes con cáncer terminal / Hypodermoclysis in patients presenting with terminal cancer
Fonte: Rev. cuba. med;50(2):150-156, abr.-jun. 2011.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La vía subcutánea es una alternativa que se emplea con frecuencia en enfermos de cáncer avanzado para administrar medicación, sin embargo, la hidratación por ella es excepcional en nuestro medio por lo que se realiza el presente estudio para conocer si es factible administrar hidratación subcutánea en pacientes con enfermedades oncológicas terminales, las características de la técnica y las dificultades que se pueden presentar durante su aplicación. Métodos: Se incluyeron 10 pacientes con cáncer avanzado y deshidratación o riesgo de padecerla que recibieron hidratación subcutánea con volumen y ritmo de infusión adaptados a cada enfermo. Resultados: Se realizaron 18 punciones en 10 pacientes, con un total de 55 d de infusión. El volumen medio administrado fue 1 000 mL/d con un ritmo de infusión que osciló entre 20 y 80 mL/h. El punto de infusión se cambió cada 2-4 d, como promedio, con una duración variable entre 1 y 10 d, principalmente por acumulación en zona de punción. Conclusión: La vía subcutánea para la hidratación de pacientes con enfermedades oncológicas en estadio terminal es sencilla y parece exenta de complicaciones importantes

Introduction: The subcutaneous route is an alternative frequently used in patients with advanced stage cancer to administer medication, however, its hydration is exceptional in our country, thus, present study was conducted to know if it is feasible to administer subcutaneous hydration in patients with terminal oncologic diseases, the technique's characteristics and potential difficulties during its implementation. Methods: Ten patients presenting with advanced stage cancer and dehydration or its risk underwent subcutaneous hydration with infusion volume and rhythm fitted to each patient. Results: Eighteen punctures were carried out in 10 patients for a total of 55 days of infusion. The mean volume administered was of 1 000 mL/d with an infusion rhythm fluctuating between 20and 80 mL/h. The infusion point was changed each 2-4 d, as average, with a variable length between 1 and 10 d, mainly due to accumulation in the puncture zone. Conclusion: The subcutaneous route for hydration of patients with oncologic diseases in terminal stage is simple and seems free from significant complications
Descritores: Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida
Hipodermóclise
Neoplasias
Doente Terminal
-Estudos Prospectivos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde