Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.319.529 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 431 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 44 ir para página                         

  1 / 431 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891453
Autor: Aguiar, Karina da Silva; Santos, Jamile Machado dos; Cambrussi, Mônica Cristina; Picolotto, Solane; Carneiro, Marcela Bechara.
Título: Patient safety and the value of pharmaceutical intervention in a cancer hospital / Segurança do paciente e o valor da intervenção farmacêutica em um hospital oncológico
Fonte: Einstein (Säo Paulo);16(1):eAO4122, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To demonstrate economic impact of pharmaceutical evaluation in detection and prevention of errors in antineoplastic prescriptions. Methods This was an observational and retrospective study performed in a cancer hospital. From July to August 2016 pharmacists checked prescriptions of antineoplastic and adjuvant drugs. Drug-related problems observed were classified and analyzed concerning drug, pharmaceutical intervention, acceptability and characteristic of the error. In case of problem related to dose, we calculated a deviation percentage related with correct dose and value spent or saved. Data were analyzed using descriptive statistics with frequency and percentage. Results A total of 6,104 prescriptions and 12,128 medications were evaluated. Drug-related problems were identified in 274 (4.5%) prescriptions. Most of them was due to lack of information (n=117; 36.1%). Problems associated with dose accounted for 32.1% (n=98) of the total. In 13 cases (13.3%) ranging of prescribed dose was 50% greater than the correct dose. Intercepted drug-related problems provided savings of R$54.081,01 and expenses of R$20.863,36, therefore resulting in a positive balance of R$33.217,65. Each intervention promoted saving of R$126,78 with an acceptance rate of 98%. Main pharmaceutical interventions were information inclusion (n=117; 36.1%) and dose change (n=97; 29.9%). All errors were classified as error with no harm. Conclusion Simple actions such as prescription checking are able to identify and prevent drug-related problems, avoid financial losses and add immeasurable value to patient safety.

RESUMO Objetivo Demonstrar o impacto econômico da avaliação farmacêutica na detecção e na prevenção de erros em prescrições de antineoplásicos. Métodos Estudo observacional e retrospectivo realizado em um hospital oncológico. De julho a agosto de 2016, prescrições contendo antineoplásicos e fármacos adjuvantes ao tratamento foram avaliadas por farmacêuticos. Os problemas detectados relacionados a medicamentos foram classificados e analisados quanto ao medicamento, à intervenção farmacêutica, à aceitabilidade e à caracterização do erro. Quando o problema envolveu dose, calcularam-se a percentagem de desvio em relação à dose correta e o valor gasto ou economizado. Os dados foram analisados por estatística descritiva com aplicação de frequência e percentual. Resultados Foram avaliadas 6.104 prescrições e 12.128 medicamentos. Identificaram-se problemas relacionados a medicamentos em 274 (4,5%) prescrições, sendo a maioria causado por falta de informações (n=117; 36,1%). Quando reunidos, os problemas envolvendo dose representaram 32,1% (n=98) do total. Em 13 casos (13,3%), a variação da dose prescrita em relação à correta foi maior do que 50%. Os problemas relacionados a medicamentos interceptados representaram economia de R$54.081,01 e gastos de R$20.863,36, resultando em saldo positivo de R$33.217,65. Cada intervenção promoveu economia de R$126,78 com aceitabilidade de 98%. As principais intervenções foram inclusão de informações (n=117; 36,1%) e alteração de dose (n=97; 29,9%). Todos os erros foram considerados sem dano. Conclusão Ações simples de serem implantadas, como análise de prescrições, são capazes de identificar e prevenir problemas relacionados a medicamentos, evitar perdas financeiras e agregar imensurável valor na segurança do paciente.
Descritores: Serviço de Farmácia Hospitalar/estatística & dados numéricos
Prescrições de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Segurança do Paciente
Erros de Medicação/prevenção & controle
Neoplasias/tratamento farmacológico
-Serviço de Farmácia Hospitalar/economia
Prescrições de Medicamentos/economia
Institutos de Câncer
Estudos Retrospectivos
Erros de Medicação/economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001909
Autor: Pessôa, Carlos Leonardo Carvalho; Mattos, Maria Julia da Silva; Alho, Artur Renato Moura; Fischmann, Marianna Martini; Haerdy, Bruno Mendes; Côrtes, Ana Carolina Castro; Mendes, Flávio de Oliveira; Brignol, Sandra Mara Silva.
Título: Most frequent errors in inhalation technique of patients with asthma treated at a tertiary care hospital / Erros mais frequentes na técnica inalatória de pacientes com asma brônquica em tratamento em hospital terciário
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(2):eAO4397, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To demonstrate the most frequent errors in inhalation technique in patients with asthma undergoing treatment at a tertiary care hospital. Methods: A cross-sectional study with a convenience sample of asthma patients aged 18 years or over, treated at a pulmonology outpatient clinic of a tertiary care hospital. The assessment of inhalation technique of users of the dry powder inhalers Aerolizer®, Aerocaps and Diskus®, or metered-dose inhalers was based on the manufacturer's instructions for use of each inhaler device. Patients demonstrated the inhalation technique with empty inhaler devices, and it was considered correct when all stages were performed properly, or when errors probably did not interfere with the treatment outcome. Results: Among 71 participants, 43 (60.5%) performed inhalation technique incorrectly. Among metered-dose inhalers and dry powder inhalers users, inhalation technique errors were found in 84.2% and 51.9%, respectively (p=0.013). Errors were more frequent at the exhalation stage (67.4%), followed by breathing in (58.1%) and apnea (51.2%). In the group using dry powder inhalers, the most common errors occurred during exhalation and, for those using metered-dose inhalers, the most compromised stage was aspiration. Conclusion: Errors were more frequent among those using metered-dose inhalers compared with dry powder inhalers. Misconceptions are more common at the expiration stage among users of dry powder inhalers and in aspiration among those on metered-dose inhalers.

RESUMO Objetivo: Demonstrar os erros mais frequentes na técnica inalatória de pacientes com asma brônquica em tratamento em hospital terciário. Métodos: Estudo transversal, com amostra de conveniência de pacientes com asma, com 18 anos ou mais, em tratamento em ambulatório de pneumologia de um hospital terciário. A avaliação da técnica inalatória dos usuários dos dispositivos de pó seco Aerolizer ®, Aerocaps® ou Diskus®, ou de aerossóis dosimetrados teve como base as orientações da bula do fabricante de cada dispositivo inalatório. Os pacientes demonstraram a técnica inalatória com dispositivos inalatórios vazios, e ela foi considerada correta quando todas as etapas foram realizadas de forma apropriada, ou quando os equívocos provavelmente não interferiam no resultado do tratamento. Resultados: Entre os 71 participantes, 43 (60,5%) realizaram a técnica inalatória de forma incorreta. Dentre os usuários de aerossóis dosimetrados e dispositivos de pó seco, ocorreram erros de técnica inalatória em 84,2% e 51,9%, respectivamente (p=0,013). Os erros foram mais frequentes na etapa da expiração (67,4%), seguidos da aspiração (58,1%) e da apneia (51,2%). No grupo que usava dispositivos de pó seco, os erros mais comuns aconteceram na expiração e, nos que utilizavam aerossóis dosimetrados, a etapa mais comprometida foi a aspiração. Conclusão: Os erros foram mais frequentes entre os que usavam aerossóis dosimetrados em comparação com dispositivos de pó seco. Os equívocos foram mais comuns na etapa da expiração entre os usuários de dispositivos de pó seco e na aspiração entre os que usavam aerossóis dosimetrados.
Descritores: Asma/tratamento farmacológico
Administração por Inalação
Erros de Medicação
-Fatores Socioeconômicos
Autoadministração/normas
Educação de Pacientes como Assunto
Estudos Transversais
Inaladores Dosimetrados
Inaladores de Pó Seco/instrumentação
Centros de Atenção Terciária
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012006
Autor: Vilela, Renata Prado Bereta; Jericó, Marli de Carvalho.
Título: Implementing technologies to prevent medication errors at a high-complexity hospital: analysis of cost and results / Implantação de tecnologias para prevenção de erros de medicação em hospital de alta complexidade: análise de custos e resultados
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(4):eGS4621, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To calculate the cost and assess the results on implementing technological resources that can prevent medication errors. Methods: A retrospective, descriptive-exploratory, quantitative study (2007-2015), in the model of case study at a hospital in the Brazilian Southeastern Region. The direct cost of each technology was calculated in the drug chain. Technological efficacy was observed from the reported series of the indicator incidence of medication errors. Results: Thirteen technologies were identified to prevent medication errors. The average cost of these technologies per year in the prescription stage was R$ 3.251.757,00; in dispensing, R$ 2.979.397,10; and in administration, R$ 4.028.351,00. The indicator of medication error incidence decreased by 97.5%, gradually between 2007 to 2015, ranging from 2.4% to 0.06%. Conclusion: The average cost per year of the organization to implement preventive technologies in the drug chain totaled up R$ 10.259.505,10. There was an average investment/year of R$ 55,72 per patient and its association with smaller indicator of incidence of medication errors confirms a satisfactory result in this reported series regarding such investment.

RESUMO Objetivo: Calcular o custo e avaliar os resultados da implantação de tecnologias que podem prevenir o erro de medicação. Métodos: Estudo descritivo-exploratório, retrospectivo (2007-2015), quantitativo, nos moldes de estudo de caso em instituição hospitalar da Região Sudeste do Brasil. Calculou-se o custo direto de cada tecnologia na cadeia medicamentosa. A eficácia das tecnologias foi verificada a partir da série histórica do indicador de incidência de erro de medicação. Resultados: Para prevenção do erro de medicação, foram identificadas 13 tecnologias. O custo médio/ano dessas tecnologias na etapa de prescrição foi R$ 3.251.757,00; na dispensação, R$ 2.979.397,10; e na administração, R$ 4.028.351,00. O indicador de incidência de erro de medicação apresentou queda de 97,5%, de forma gradual entre 2007 a 2015, variando de 2,4% a 0,06%. Conclusão: O custo médio/ano para a instituição das tecnologias preventivas na cadeia medicamentosa totalizou R$ 10.259.505,10. Houve investimento médio/ano de R$ 55,72 por paciente. Sua associação com a redução do indicador de incidência de erros de medicação na série histórica apresentada reitera um resultado satisfatório para tal investimento.
Descritores: Erros de Medicação/economia
Erros de Medicação/prevenção & controle
Sistemas de Medicação no Hospital/economia
-Serviço de Farmácia Hospitalar
Tecnologia
Brasil
Preparações Farmacêuticas
Estudos Retrospectivos
Sistemas de Informação Hospitalar
Análise Custo-Benefício
Segurança do Paciente/economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012011
Autor: Vaidotas, Marina; Yokota, Paula Kiyomi Onaga; Negrini, Neila Maria Marques; Leiderman, Dafne Braga Diamante; Souza, Valéria Pinheiro de; Santos, Oscar Fernando Pavão dos; Wolosker, Nelson.
Título: Medication errors in emergency departments: is electronic medical record an effective barrier? / Erros de medicação em unidades de pronto atendimento: prontuário eletrônico, barreira eficaz?
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(4):eGS4282, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To compare medication errors in two emergency departments with electronic medical record, to two departments that had conventional handwritten records at the same organization. Methods: A cross-sectional, retrospective, descriptive, comparative study of medication errors and their classification, according to the National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Prevention, associated with the use of electronic and conventional medical records, in emergency departments of the same organization, during one year. Results: There were 88 events per million opportunities in the departments with electronic medical record and 164 events per million opportunities in the units with conventional medical records. There were more medication errors when using conventional medical record - in 9 of 14 categories of the National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Prevention. Conclusion: The emergency departments using electronic medical records presented lower levels of medication errors, and contributed to a continuous improvement in patients´ safety.

RESUMO Objetivo: Comparar os erros de medicações de duas unidades de pronto atendimento que possuíam prontuário eletrônico aos de duas unidades que possuíam prontuário convencional manual em uma mesma instituição. Métodos: Estudo transversal, retrospectivo, descritivo, que comparou a incidência de erros de medicações e sua classificação, segundo o National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Prevention, associado ao uso do prontuário eletrônico e do convencional, em unidades de pronto atendimento de uma mesma instituição por um ano. Resultados: Foram observados 88 eventos por milhão de oportunidades nas unidades com prontuário eletrônico e 164 por milhão de oportunidades nas unidades com prontuário convencional. Houve mais erros de medicações nas unidades com prontuário convencional − em 9 das 14 categorias da National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Prevention analisadas. Conclusão: Com a utilização do prontuário eletrônico, as unidades de pronto atendimento apresentaram menores índices de erros de medicações, contribuindo para melhoria continuada na segurança do paciente.
Descritores: Erros de Medicação/estatística & dados numéricos
-Brasil
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Serviço Hospitalar de Emergência
Registros Eletrônicos de Saúde
Erros de Medicação/classificação
Erros de Medicação/prevenção & controle
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Amaral, Rita Goreti
Texto completo
Id: biblio-1056078
Autor: Araújo, Eduardo Silva; Modesto, Ana Carolina Figueiredo; Ferreira, Tatyana Xavier Almeida Matteucci; Provin, Mércia Pandolfo; Lima, Dione Marçal; Amaral, Rita Goreti.
Título: Pharmaceutical intervention in the rational use of intravenous omeprazole / Intervenção farmacêutica no uso racional de omeprazol intravenoso
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO4433, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To describe the pharmaceutical interventions of a vertical clinical pharmacy service to promote the rational use of intravenous omeprazole. Methods: A prospective and descriptive study carried out at a university hospital in the Midwestern Region of Brazil, from November 2014 to May 2015. The service consisted of the analysis of adequacy of the route of administration of omeprazole in relation to the clinical conditions of the patient, as well as the use of the appropriate diluent. Interventions were recorded in medical records and subsequently evaluated for acceptance. Results: A total of 770 prescriptions were evaluated. Interventions related to diluent replacement were more accepted (p<0.001), and surgeons were the specialty that used the intravenous route inappropriately (p<0.001). Conclusion: Although partially accepted, pharmaceutical interventions could contribute to improve patient safety, since they allowed the use of a safer route of administration.

RESUMO Objetivo: Descrever as intervenções farmacêuticas de um serviço farmacêutico clínico vertical, para a promoção do uso racional do omeprazol intravenoso. Métodos: Estudo prospectivo e descritivo realizado em um hospital universitário da região Centro-Oeste do Brasil, no período de novembro de 2014 a maio de 2015. O serviço consistia na análise da adequabilidade da via de administração do omeprazol em relação às condições clínicas do paciente, bem como a utilização do diluente adequado. As intervenções eram registradas em prontuário e, posteriormente, avaliadas quanto à aceitação. Resultados: Foram avaliadas 770 prescrições. As intervenções relacionadas à substituição do diluente foram mais aceitas (p<0,001), e os cirurgiões foram a especialidade que utilizou a via intravenosa de maneira inadequada (p<0,001). Conclusão: Embora parcialmente aceitas, as intervenções farmacêuticas puderam contribuir com a melhoria da segurança dos pacientes, uma vez que permitiram a utilização de uma via de administração mais segura.
Descritores: Serviço de Farmácia Hospitalar/normas
Omeprazol/administração & dosagem
Inibidores da Bomba de Prótons/administração & dosagem
Administração Intravenosa/métodos
-Prescrições de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Brasil
Estudos Prospectivos
Distribuição por Sexo
Distribuição por Idade
Segurança do Paciente
Hospitais Universitários
Erros de Medicação/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-458217
Autor: Tavares, Leonardo Cezar; Camargo, Ana Lúcia R. F. de; Santos, Valter Garcia; Cunha, George Washington B.
Título: Utilização do método Dáder de seguimento farmacoterapêutico no tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca congestiva / Use of Dáder pharmacotherapeutic follow-up methology on the treatment of congestive heart failure patients
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;17(supl.A):15-20, jan.-mar. 2007. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Método Dáder de Seguimento Farmacoterapêutico foi aplicado no tratamento de 30 pacientes com insuficiência cardíaca congestiva, acompanhados ambulatoriamente em um hospital terciário especializado em cardiologia, por um período de três meses. No grupo intervenção, foram encontrados ativamente pelo farmacêutico, no grupo controle, foram encontrados 21 problemas relacionados a medicamentos, dos quais apenas 15,78 por cento foram resolvidos naturalmente ou por intervenção médica (p igual 0,014). A melhora de qualidade de vida dos pacientes, avaliada pelo Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire, ao contrário do esperado foi equivalente nos dois grupos (p igual 0,842). Embora estudo tenha demonstrado que o método Dáder foi extremamente eficiente na identificação e na resolução de problemas relacionados a medicamentos, ainda é necessária a realização de um estudo com maior casuística e maior seguimento, em que a qualidade de vida possa ser utilizada como indicador.
Descritores: Insuficiência Cardíaca/complicações
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Qualidade de Vida
-Erros de Medicação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-886338
Autor: Molina, Olga; Amariles, Pedro; Angulo, Nancy.
Título: Listado de medicamentos trazadores/señaladores como herramienta en programas de seguimiento farmacoterapéutico o de farmacoseguridad / List of drug tracers/ markers as a tool in pharmacotherapeutic follow-up or drug-safety programs
Fonte: Acta méd. colomb;42(1):42-54, ene.-mar. 2017. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Introducción: los resultados negativos asociados a la medicación (RNM), incluyendo las reacciones adversas a medicamentos (RAM) o problemas de seguridad, son un problema clínico relevante, debido a su alta incidencia y a efectos nocivos en la salud. Un medicamento podría ser considerado como trazador/señalador, debido a: 1) una mayor probabilidad de causar RAM o problemas de seguridad; o 2) su utilización para tratar y por tanto identificar pacientes con RAM. Los listados de medicamentos trazadores podrían ser útiles en los programas de farmacoseguridad o seguimiento farmacoterapéutico (SFT). Objetivo: el objetivo de este trabajo fue estructurar un listado de medicamentos trazadores/ señaladores de los pacientes con mayor riesgo de presentar RNM, el cual podría ser útil para seleccionar pacientes para programas de SFT o farmacoseguridad. Obtención de datos: inicialmente, se realizó una revisión estructurada en PubMed/Medline para identificar medicamentos asociados a la presentación de RAM clasificadas como graves o moderadas y con una prevalencia igual o superior a 10%. Posteriormente, el listado de medicamentos identificados, fue comparado y complementado con medicamentos de alta alerta del Institute for Safe Medication Practices (ISMP) y con medicamentos utilizados para el tratamiento de RAM o antídotos. Resultados: se generó un listado general de 139 medicamentos trazadores/señaladores. Conclusiones: este listado podría ser una herramienta para detectar y seleccionar los pacientes que más se podrían beneficiar de los programas de SFT o farmacoseguridad. Se requiere de la realización de estudios diseñados para evaluar la utilidad práctica de dicho listado.

Abstract Introduction: negative outcomes associated with medication (NOM), including adverse drug reactions (ADRs) or safety problems, are a relevant clinical problem due to their high incidence and harmful effects on health. A drug could be considered a tracer / marker because of: 1) an increased likelihood of causing ADR or safety problems; or 2) its use to treat and therefore identify patients with ADR. Tracer drug listings could be useful in pharmacological safety or pharmacotherapeutic monitoring programs. Objective: the objective of this study was to structure a list of drug tracer / markers of the patients with the highest risk of presenting NOM, which could be useful to select patients for FFT or pharmacological safety programs. Data collection: initially, a structured review was performed in PubMed / Medline to identify drugs associated with the presentation of ADRs classified as severe or moderate and with a prevalence of 10% or greater. Subsequently, the list of identified medications was compared and complemented with high alert medications of the Institute for Safe Medication Practices (ISMP) and medications used to treat ADRs or antidotes. Results: a general listing of 139 drug tracers / markers was generated. Conclusions: this listing could be a tool to detect and select the patients who could most benefit from the FTS or pharmacological safety programs. Studies designed to evaluate the practical usefulness of this listing are required.
Descritores: Preparações Farmacêuticas
-Segurança
Coleta de Dados
Farmacovigilância
Erros de Medicação
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO70 - Asociación Colombiana de Medicina Interna


  8 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-486943
Autor: Dackiewicz, Nora; Marciano, Beatriz.
Título: Error y seguridad en Medicina / Error and safety in Medicine
Fonte: Med. infant;14(3):236-241, sept. 2007. graf, tab.
Idioma: es.
Descritores: Erros Médicos
Erros de Medicação
Segurança
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  9 / 431 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1280907
Autor: Pereira, Francisco Gilberto Fernandes.
Título: Erros de medicação antibacteriana e a interface com a segurança do paciente / Antibacterial medication errors and interface with patient safety.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2015. 119 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A segurança relacionada ao sistema de medicação tem sido objeto de pesquisas recentes, principalmente, em relação aos antibacterianos que possuem alta especificidade farmacológica e podem ter sua ação prejudicada em detrimento de erros associados às fases de preparo e administração. Assim, o estudo teve como objetivo geral: Analisar os fatores comportamentais e ambientais envolvidos na ocorrência de erros durante as etapas de preparo de administração de antibacterianos. Trata-se de um estudo observacional, exploratório e transversal, de natureza quantitativa, realizado entre agosto a dezembro de 2014 em Hospital da Rede Sentinela em Fortaleza. A amostra compreendeu 44% das doses de antibióticos das clínicas médicas A e B, 108 e 157, respectivamente. A coleta de dados se deu em duas fases: a primeira para caracterizar o perfil sócio ocupacional dos profissionais de enfermagem; e a segunda para identificar as adequações e inadequações comportamentais e ambientais nas fases de preparo e administração. Os dados foram organizados em tabelas e analisados por meio da estatística descritiva e analítica. Todos os princípios bioéticos foram respeitados, conforme aprovação da pesquisa pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Ceará, protocolo número 660.897. Os resultados permitiram realizar as seguintes inferências: a concretização do preparo e administração dos antibacterianos foi realizada por técnicos de enfermagem (100%), predominantemente do sexo feminino, na faixa etária de 31 a 40 anos, que concluíram a formação entre os últimos dez a 20 anos e atuam na área por um período semelhante, no entanto, há menos de dez anos na instituição onde a pesquisa foi realizada. Sobre a influência de fatores ambientais verificou-se que durante o preparo houve inadequação em 136 observações na variável limpeza e em 187 na organização. A dimensão para o preparo foi inadequada na Clínica Médica A (3,8m2), e os itens iluminação, temperatura e ruído foram extremamente oscilantes nos três turnos e nas duas clínicas, com médias geralmente acima do recomendado. Quanto às variáveis comportamentais observou-se: fontes produtoras de interrupções em 145 doses durante o preparo, e, no entanto, não foram estatisticamente significativas para aumentar o tempo de preparo dos antibióticos (p=0,776). Houve maior frequência de não-conformidades respectivamente nas clínicas A e B quanto ao itens: comportamento de utilização da prescrição 86 (79,6%) e 157 (100%); confirmação do nome do paciente 68 (62,9%) e 142 (90,4%); e, monitoramento 84 (77,7%) e 82 (52,2%). Já a Clínica Médica B apresentou maiores índices de conformidade no controle do tempo de infusão 84 (53,5%) e checagem imediata 93 (59,2%). Fator que contribuiu para aumentar as chances de interação medicamentosa foi a ausência de diretrizes com informações sobre o medicamento (p=0,003). A principal categoria de erro encontrada foi o erro de dose (157). Já o antibiótico mais comumente utilizado foi a Piperaciclina + Tazobactan com 51 doses. Conclui-se que o ambiente de trabalho e o comportamento adotado pelos profissionais de enfermagem são condições que podem favorecer a ocorrência de erros com antibióticos. (AU)
Descritores: Segurança do Paciente
Erros de Medicação
Antibacterianos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 431 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1252282
Autor: Forte, Elaine Cristina Novatzki; Pires, Denise Elvira Pires de; Schneider, Dulcinéia Ghizoni; Padilha, Maria Itayra Coelho de Souza; Ribeiro, Olga Maria Pimenta Lopes; Martins, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva.
Título: The outcome of nursing error as attractive to the media / El resultado de los errores de enfermería como atractivo para los medios de comunicación / O desfecho do erro de enfermagem como atrativo para a mídia
Fonte: Texto & contexto enferm;30:e20190168, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: ABSTRACT Objective: to interpret, from the perspective of the Theory of Communicative Action, how the outcome of nursing errors can become attractive to the media, highlighting the main implications for the image of the profession and the imaginary of society. Method: qualitative research, carried out in documentary sources using news published in the major newspapers available online in two countries, Brazil and Portugal, from 2012 to 2016. The analysis of the findings was carried out following the steps of hermeneutics, based on the Theory of Communicative Action. The data were organized and coded in the ATLAS.ti software. Results: the research included 112 published news. Four categories emerged from the analysis: The highlights in the headlines - The beginning of persuasion; Combining image and initial text - An explosive mix; The error that is not an error - The error that is a crime; and Applying the validity claims in the discourses. Conclusion: the media are continuous producers of ideologies and, therefore, possess social responsibility by inducing misinterpretations that can negatively interfere in the nurse-patient interaction. Giving greater emphasis to the outcome of the error, the media influences negatively the people perception of nursing labour which has a unique social importance.

RESUMEN Objetivo: interpretar, desde la perspectiva de la Teoría de la Acción Comunicativa, de qué manera el resultado de los errores de Enfermería puede volverse atractivo para los medios de comunicación, destacando las principales implicancias para la imagen de la profesión y para el imaginario de la sociedad. Método: investigación cualitativa realizada en una fuente documental caracterizada por noticias de periódicos de grande circulación disponibles en línea en dos países, Brasil y Portugal, en el período de 2012 a 2016. El análisis de los hallazgos se realizó siguiendo los pasos de la hermenéutica, con fundamentación en la Teoría de la Acción Comunicativa. Los datos se organizaron y codificaron en el software ATLAS.ti. Resultados: la investigación estuvo compuesta por 112 noticias; y surgieron cuatro categorías durante el análisis: Los puntos destacados en el no título de la noticia - El inicio de la persuasión; Combinación de imagen y texto inicial - Una mezcla explosiva; El error que no es error - El error que es un delito; y Aplicación de las pretensiones de validez en los discursos. Conclusión: los medios de comunicación son continuos productores de ideologías y, por ese motivo, tienen una responsabilidad social al inducir interpretaciones erróneas que pueden interferir negativamente en la interacción enfermero-paciente, al dar mayor énfasis al resultado del error, desacreditando así un trabajo de importancia social sin igual.

RESUMO Objetivo: interpretar, sob a perspectiva da Teoria do Agir Comunicativo, como o desfecho dos erros de enfermagem podem se tornar atrativos para a mídia, destacando as principais implicações para a imagem da profissão e para o imaginário da sociedade. Método: pesquisa qualitativa realizada em fonte documental caracterizada por notícias de jornais de grande circulação disponíveis online em dois países, Brasil e Portugal, no período de 2012 a 2016. A análise dos achados foi realizada seguindo os passos da hermenêutica, com fundamentação na Teoria do Agir Comunicativo. Os dados foram organizados e codificados no software Atlas.ti. Resultados: a pesquisa foi composta por 112 notícias; e, da análise, resultaram quatro categorias: Os destaques no título da notícia - o início da persuasão; Combinação imagem e texto inicial - uma mistura explosiva; O erro que não é erro - o erro que é crime; e Aplicando as pretensões de validade nos discursos. Conclusão: os meios de comunicação são produtores contínuos de ideologias e, por isso, possuem responsabilidade social ao induzir interpretações equivocadas que podem interferir negativamente na interação enfermeiro-paciente, ao dar maior ênfase para o desfecho do erro, desacreditando, com isso, um trabalho de importância social ímpar.
Descritores: Enfermagem
Notícias
Meios de Comunicação
Segurança do Paciente
Erros de Medicação
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)



página 1 de 44 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde