Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.570.500.062.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 148 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 148 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-831970
Autor: Quesada, Karina; Detregiachi, Cláudia Rucco Penteado; Barbalho, Sandra Maria; Oliveira , Maria Rita Marques; Rasera, Irineu; Vaz, Eliege Carolina; Goulart, Ricardo de Alvares.
Título: Perfil socioeconômico e antropométrico de candidatas a cirurgia bariátrica pelo Sistema Único de Saúde / Socio-economic and anthropometric profile of candidates for bariatric surgery by the National Health Service
Fonte: Saude e pesqui. (Impr.);8(3):431-438, set-dez 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A cirurgia bariátrica é considerada eficaz no controle e tratamento da obesidade grave, tendo como principais benefícios a melhora no perfil das comorbidades e consequente melhora na qualidade de vida. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil socioeconômico e antropométrico de obesas candidatas a cirurgia bariátrica. Foram estudadas cem pacientes do sexo feminino, com idade entre 20 e 45 anos, cadastradas pelo Sistema Único de Saúde. Entrevista individual foi realizada para a coleta dos dados. O índice de massa corporal foi calculado e classificado segundo a Sociedade Americana de Cirurgia Bariátrica. A classificação econômica foi estabelecida de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. A amostra apresentou média de idade de 33,3±6,0 anos. Os dados antropométricos apresentaram valores médios±DP de índice de massa corporal de 45,75±6,05Kg/m², prevalecendo o diagnóstico de obesidade mórbida (68%). Segundo a classificação econômica, a maioria das mulheres pertence à classe C. Das entrevistadas, 45% são casadas e 66% têm escolaridade igual ou superior ao ensino médio completo, sendo que os trabalhos domésticos representam a atividade de maior frequência (28%). Quanto ao início da obesidade, 38% desenvolveram na infância. A hipertensão arterial foi a comorbidade de maior predomínio (48%). Conclui-se que, a maioria das candidatas à cirurgia bariátrica, encontra-se casadas, sua principal atividade é cuidado doméstico, estão com IMC entre 40 e 50 kg/m2, tiveram o início da obesidade ainda na infância, apresenta o segundo grau completo e pertence à classe econômica C.

Bariatric surgery is efficient in the control and treatment of serious obesity. Its great assets are the essening of co-morbidities and improvement in life quality. Current analysis evaluates the socioeconomical and anthropometric profile of obese candidates for bariatric surgery. One hundred female patients, aged between 20 and 45 years, were selected by the National Health Service and an individual interview was undertaken for data collection. Body mass index was calculated and classified according to the American Society of Bariatric Surgery. Economic classification was established according to the Brazilian Association of Research Firms. Results showed a mean age of 33.3±6.0 years; mean rates±SD of body mass index of 45.75±6.05Kg/m², predominantly diagnosis for morbid obesity (68%). According to economic classification, most females belong to class C, corresponding to a mean family earning of R$ 927.00. Further, 45% are married and 66% have a high school diploma, with house chores as their main activity (28%). Obesity started during childhood in 38% of the interviewed, with arterial hypertension as the predominant co-morbidity (48%). Results showed that, although most females were within surgery standards, a certain percentage decided early for such an alternative without reaching higher BMI. In some cases, surgery was done without the previous conservative treatments.
Descritores: Fatores Socioeconômicos
Antropometria
Cirurgia Bariátrica
Obesidade
-Gastroplastia
Limites: Feminino
Responsável: BR313.1 - Biblioteca Ana Bove


  2 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987152
Autor: Gonçalves, Ligia Ferreira.
Título: Concepções de obesidade sobre pacientes gastroplastizados em periódicos biomédicos / Obesity concepts about gastroplasty patients in biomedic journals.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2015. 95 f p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Medicina Social para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho se propõe a analisar a abordagem biomédica sobre a recidiva de engorda, após a gastroplastia para tratamento da obesidade. Foram realizadas, na plataforma PubMed, buscas dos seguintes termos: "weight regain AND bariatric surgery OR gastroplasty NOT diabetes". Juntamente com a seleção dos seguintes filtros: artigos sobre humanos, disponibilidade do texto completo, disponibilidade do resumo. Somente publicações entre 2010 e 2014 foram selecionadas. Estas foram analisadas com um questionário auxiliar de 46 perguntas sobre os seguintes temas: a alimentação dos pacientes, a abordagem da re-educação alimentar, o acompanhamento do pós-operado pelos profissionais de saúde, e as hipóteses para o "sucesso" da cirurgia. Como resultados, percebemos que não conseguir emagrecer o suficiente ou não manter o emagrecimento são consideradas algumas das complicações da gastroplastia, atingindo um grande número de pacientes. Estas complicações evidenciam que o método considerado mais eficaz no tratamento da obesidade mórbida também é falho e, em cerca de 8 anos, uma nova intervenção é necessária. O paciente pode voltar a se enquadrar na categoria de obeso, havendo casos de peso pós-cirúrgico maior que o pré-cirúrgico

This essay aims to analyse the biomedic approach concerning weight regain after obesity surgery. Several searches were made in the PubMed database, including the following terms: "weight regain AND bariatric surgery OR gastroplasty NOT diabetes". Also some filters were selected: human species, full text availability and abstract avaibility. Only publications between 2010 and 2014 were selected. These were analysed using an questionnaire within 46 questions including themes as: patient nutrition, nutritional reeducation, medical follow-up after surgery, and surgery "success" hypothesis. Considering the articles, we are able to perceive that insufficient weight loss and overweight relapse are some of gastroplasty's complications, and they reach many patients. Among the objects are cases in which the patients are heavier after the surgery than they were before. Those complications show that the now considered most effective obesity treatment is also capable of failure, the post-surgery patient can regain weight and even become obese again. Around eight years after the first gastroplasty, a new counter obesity intervention will be necessary
Descritores: Literatura de Revisão como Assunto
Gastroplastia/tendências
Cirurgia Bariátrica/tendências
Medicalização/tendências
Obesidade/complicações
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C
BR433.1; 616-056.2, G635, T1538


  3 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-908844
Autor: Coelho, Tayane da Rocha Costa; Cury, Patricia Ramos.
Título: Efeito da cirurgia bariátrica em obesos na condição periodontal: uma revisão sistemática de literatura / Periodontal status in obeses submitted to bariatric surgery: a systematic literature review
Fonte: Periodontia;28(2):19-23, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A cirurgia bariátrica é o procedimento de eleição para tratamento da obesidade mórbida. Além da satisfatória perda de peso, indivíduos submetidos a essa cirurgia também apresentam modificações da saúde sistêmica, incluindo a bucal. O objetivo desse estudo foi avaliar, através de uma revisão sistemática de literatura, os efeitos da cirurgia bariátrica na condição periodontal. Metodologia: Essa revisão utilizou como critérios de inclusão: artigos recentes (últimos 06 anos), redigidos no idioma inglês e publicados em revistas internacionais indexadas ao PUBMED. Seis artigos foram elegíveis para síntese qualitativa. Discussão: A cirurgia bariátrica teve impactos negativos na saúde periodontal, com aumento da profundidade de sondagem, do índice de sangramento e da severidade da doença periodontal. Muitos fatores como o desenvolvimento de problemas ósseos, vômitos, medicações, alterações psicológicas, entre outros foram considerados associados ao agravamento da doença periodontal. Conclusão: A análise desses estudos permite concluir que os indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica apresentaram uma piora das condições periodontais nos primeiros meses após a cirurgia. O cirurgião-dentista deve ser inserido no grupo de abordagem ao paciente obeso e acompanhá-lo durante o pré e todas as fases do pós-operatório, com o objetivo de reduzir os possíveis danos ao periodonto. (AU)

Introduction: Bariatric surgery is the procedure of choice for patients with morbid obesity. In addition to satisfactory weight loss, individuals undergoing this surgery also present changes in systemic health, including oral modifications. The purpose of this study was to evaluate, through a systematic literature review, the effects of bariatric surgery on the periodontal condition. Methodology: This review used as inclusion criteria recent articles (last 06 years), written in English and published in international journals indexed to PUBMED. Six articles were eligible for qualitative synthesis. Discussion: Bariatric surgery had negative impacts on periodontal health, with increased probing depth, bleeding index and severity of periodontal disease. Many factors such as the development of bone problems, vomiting, medications and psychological changes, among others were considered causal for the worsening of periodontal disease. Conclusion: The analysis of these studies allows concluding that the individuals submitted to bariatric surgery presented periodontal compromise. The dentist should be included in the obese patient approach group and accompany him before and all phases after the postoperative period, in order to reduce possible damages to the periodontal and all oral health. (AU)
Descritores: Processo Alveolar
Cirurgia Bariátrica
Cemento Dentário
Gastroplastia
Gengiva
Obesidade
Condições Patológicas, Sinais e Sintomas
Patologia Bucal
Ligamento Periodontal
Periodonto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  4 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-874514
Autor: Lacerda, Raimundo Alexandre da Silveira Vidigal; Groisman, Sonia; Oliveira, Simone Gomes de; Ritto, Fernanda Pitta; Cruz, Rebecca; Prado, Natalia Araújo Silva; Gonzalez, Mariana Rodrigues; Sampaio Filho, Hélio Rodrigues.
Título: Doença do refluxo gastroesofágico e erosão dentária / Gastroesophageal reflux disease and dental erosion
Fonte: Perionews;5(6):669-675, nov.-dez. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: 0 objetivo do presente estudo foi abordar a erosão dentária (ED) decorrente da doença do refluxo gastroesofágico (DRCE) nas diferentes faixas etárias e sua associação com outras doenças, com particular atenção para diagnóstico, prevenção e potenciais perspectivas de tratamento. A elevada prevalência da DRGE, tanto em adulto quanto em criança, observada nas últimas duas décadas, tem sido responsável por tornar esta afecção um problema de saúde pública. Esta doença pode ainda comprometer sítios extradigestórios, como pulmão e ouvido. Ou estar associada com doenças sistêmicas, tal como a diabetes, desordens alimentares, como a bulimia, ou o consumo abusivo de álcool de forma regular. A associação entre a DRCE e o processo de ED, decorrente da acidificação do meio bucal, fragiliza os tecidos mineralizados acarretando a perda destes tecidos. Cabe ressaltar que a ED não está relacionada com o envolvimento bacteriano. Ela é um processo irreversível, que altera aparência, funcionalidade e pode levar à perda do elemento dentário
Descritores: Refluxo Gastroesofágico
Gastroplastia
Saúde Pública
Qualidade de Vida
Erosão Dentária
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Setorial da Clínica Odontológica


  5 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-871450
Autor: Rasera Junior, Irineu.
Título: Efeitos da utilização do anel silastic em cirurgias de derivação gástrica em "Y de Roux" para tratamento das obesidades graus II e III análise comparativa / Effects of the use of silastic ring on the Roux-en-y gastric Bypan for the treatment of morbid obesity: comparative analysis.
Fonte: Botucatu; s.n; 2014. 84 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Faculdade de Medicina de Botucatu para obtenção do grau de Doutor.
Descritores: Cirurgia Bariátrica
Gastroplastia
Obesidade Mórbida
Perda de Peso
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação
BR33.1


  6 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-837208
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Cirurgia bariátrica por laparoscopia / Laparoscopic bariatric surgery.
Fonte: Brasília; CONITEC; jan. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O Brasil e o mundo passaram por um processo de transição demográfica e epidemiológica com o envelhecimento populacional e uma maior incidência das doenças crônicas em detrimento às infecciosas. A obesidade é considerada uma doença crônica e um importante fator de risco para agravos como diabetes mellitus, hipertensão, problemas cardiovasculares e pulmonares e ainda de doenças das articulações. A obesidade é mensurada por índice de massa corpórea, de forma que são consideradas obesas as pessoas com IMC acima de 30 Kg/m2 e obesos mórbidos aqueles com IMC acima de 40 Kg/m. O tratamento mais eficaz para o manejo da obesidade mórbida atualmente é a cirurgia bariátrica, procedimento que consiste na modificação do trato gastrintestinal para que os alimentos sejam ingeridos em menor quantidade ou menos absorvidos e também capaz de modificar o padrão de secreção de hormônios que controlam a fome e a saciedade. O Sistema Único de Saúde oferece hoje toda uma linha de cuidado ao obeso que está organizada e estruturada na rede de atenção à saúde das pessoas com doenças crônicas e inclui ações de promoção, prevenção e assistência à saúde coordenada pela atenção básica e articuladas com atendimento de alta complexidade. A cirurgia bariátrica é oferecida como serviço de alta complexidade em hospitais credenciados no SUS, que atualmente chegam ao número de 74 em 21 estados. Os indivíduos com indicação para o tratamento cirúrgico da obesidade são aqueles com obesidade grau III e obesidade grau II com comorbidades, conforme os critérios estabelecidos por meio da Portaria GM/MS nº 425/2013 - diretrizes gerais para a cirurgia bariátrica. Na Tabela do SUS encontram-se hoje várias modalidades de cirurgia bariátrica pela via laparotômica (aberta) entre as quais a mais frequentemente realizada é a gastroplastia com derivação em Y de Roux, técnica considerada padrão-ouro para o tratamento de obesidade mórbida em função de apresentar uma razão entre riscos e benefícios muito favorável. Atualmente as cirurgias bariátricas são conduzidas em sua maioria pela via laparoscópica, que apesar do maior custo, é menos invasiva e proporciona um pós-operatório menos complicado e com recuperação mais rápida das atividades de rotina. Pergunta: "A gastroplastia com derivação intestinal em Y-de-Roux por laparoscopia é mais ou tão eficaz e segura quando comparada à gastroplastia com derivação intestinal em Y-de-Roux por laparotomia para o tratamento de obesidade grave?" Evidências científicas: Conduziu-se uma busca estruturada na literatura a fim de avaliar de forma comparativa a eficácia e a segurança das formas aberta e laparoscópica da cirurgia bariátrica em Y de Roux. Foram encontradas seis revisões sistemáticas, cinco estudos controlados e randomizados e sete estudos observacionais e séries de casos. De maneira geral, tanto os resultados provenientes de revisões sistemáticas quanto de estudos observacionais convergem para as conclusões de que os procedimentos cirúrgicos por laparoscopia estão relacionados a um menor tempo de permanência hospitalar, menor volume de sangue necessário durante a cirurgia, menor dor no pós-operatório, menor tempo de afastamento das atividades laborais, menor necessidade de UTI, menor incidência de hérnias incisionais, menor incidência de infecção na ferida cirúrgica e vazamento de anastomoses (pontos no trato gastrintestinal), menor incidência de complicações pulmonares. As taxas de mortalidade são baixas para ambos os procedimentos e sistematicamente mais baixas nos braços dos estudos que se submeteram à forma laparoscópica. Avaliação econômica: O elemento de maior custo no procedimento laparoscópico é o material cujos preços brasileiros e os internacionais apresentam grande discrepância, chegando a variações de até 390% a mais para os preços captados no mercado nacional e dessa forma há uma grande margem para a variação de preços. O Ministério da Saúde mantém outras formas de financiamento para os hospitais públicos e privados sem fins lucrativos além do ressarcimento por procedimento realizado, podendo -se manter o mesmo valor de procedimento ressarcido para a forma aberta. Avaliação de Impacto Orçamentário: A proposta é que se mantenha o mesmo valor de procedimento (ressarcimento) para a forma aberta. A previsão é que a maioria dos procedimentos que antes eram conduzidos pela forma laparotômica passe a ser conduzida pela via laparoscópica gerando impacto mínimo ao sistema. Deliberação final: Os membros da CONITEC presentes na 4ª reunião extraordinária do plenário do dia 12/01/2017 deliberaram, por unanimidade, recomendar a incorporação da gastroplastia com derivação intestinal em Y-de-Roux por laparoscopia para obesidade moderada com cormorbidades e obesidade grave ou obesidade grau III e obesidade grau II com comorbidades. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 231/2017. A Portaria Nº5, de 31 de janeiro de 2017 - Torna pública a decisão de incorporar o procedimento de cirurgia bariátrica por videolaparoscopia no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
Descritores: Cirurgia Bariátrica/métodos
Derivação Gástrica/métodos
Gastroplastia/métodos
Laparoscopia/métodos
-Brasil
Análise Custo-Benefício/economia
Obesidade Mórbida/terapia
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-779139
Autor: André, Fernando Sanfelice; Jacobowski, Bruna; André, Raphael S. Sanfelice.
Título: Lifting do púbis após grande perda ponderal / Lifting of the mons pubis after massive weigth loss
Fonte: Rev. bras. cir. plást;28(4):626-631, july-sept. 2013.
Idioma: en.
Resumo: This article describes the surgical planning, conducts pre and post operatively, results in the Lifting Pubic ex-obese patients submitted to gastroplasty or not, that feature large sagging skin and excess fat from the pubis. Method: Two hundred and eighteen patients underwent surgery from May 2005 to August 2012. The pubic lifting was held in conjunction with the Anchor Adbominoplasty. The pubis was raised through points positioned 2-3 cm above its original position in the aponeurosis of the muscles rectus abdominis. Traction lines were directed from the center to up and the sides of the pubis and abdominal flaps were pulled to the midline of the abdomen No significant complication was observed, which could compromise the final result. Results: The elevation of the pubis, the correct shape and resection of excess adipocutâneos were achieved in all cases, bringing satisfaction to patients. Conclusion: Considering the pubic deformity after massive weight loss, and the results obtained, the procedures adopted proved to be safe, easily reproducible and stable over the longterm...

O presente artigo descreve o planejamento cirúrgico, as condutasde pré e pós-operatório, e os resultados do lifting púbico em pacientes ex-obesos, submetidos ou não à Gastroplastia, que apresentavam grande flacidez cutânea e excesso adiposo do púbis Método: Duzentos e dezoito pacientes foram submetidos à cirurgia no período de maio de 2005 a agosto de 2012. O Lifting pubiano foi realizado conjuntamente com a Abdominoplastia em ãncora. O púbis foi elevado por meio de pontos posicionados 2 a 3 cm acima de sua posição original, na aponeurose dos retos abdominais. Vetores de tração foram direcionados do centro do púbis para cima e para os flancos e os retalhos abdominais foram tracionados para a linha média do abdome. Nenhuma complicação significativa foi observada que pudesse comprometer o resultado final. Resultados: A elevação do púbis, a correção do formato e a ressecção, dos excessos adipocutâneos, foram alcançadas em todos os casos, trazendo satisfação aos pacientes. Conclusão: Considerando-se a deformidade pubiana após grandes perdas ponderais e os resultados obtidos, os procedimentos adotados mostraram-se seguros, facilmente reproduzíveis e estáveis a longo prazo...
Descritores: Abdominoplastia
Gastroplastia
Obesidade Mórbida
Osso Púbico/cirurgia
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
-Comportamento
Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
Métodos
Satisfação do Paciente
Pacientes
Limites: Seres Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  8 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-762836
Autor: RAMOS, Almino Cardoso; BASTOS, Eduardo Lemos de Souza; RAMOS, Manoela Galvão; BERTIN, Nestor Tadashi Suguitani; GALVÃO, Thales Delmondes; LUCENA, Raphael Torres Figueiredo de; CAMPOS, Josemberg Marins.
Título: MEDIUM-TERM FOLLOW-UP RESULTS WITH LAPAROSCOPIC SLEEVE GASTRECTOMY / RESULTADOS A MÉDIO PRAZO COM A GASTRECTOMIA VERTICAL LAPAROSCÓPICA
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;28(supl.1):61-64, 2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: Background: The indications for sleeve gastrectomy in the surgical treatment of morbid obesity have increased worldwide. Despite this, several aspects related to results at medium and long term remain in constant research.Aim: To present the experience of sleeve gastrectomy in a center of excellence in bariatric surgery by analyzing clinical outcomes, complications and follow-up in the medium term.Methods: The study included 120 morbidly obese patients who underwent sleeve gastrectomy and who were followed for at least 24 months. Aspects related to surgical technique, surgical complications and clinical outcome were analyzed.Results: Seventy-five patients were women (62.5%) and the average age was 36 years. The body mass index preoperatively ranged from 35.5 to 58 kg/m2(average of 40.2 kg/m2). The length of stay ranged from 1 to 4 days (mean 2.1 days). Comorbidities observed were hypertension (19%), type 2 diabetes mellitus (6.6%), dyslipidemia (7.5%), sleep apnea (16.6%), reflux esophagitis (10%) and orthopedic diseases (7.5%). The mean body mass index and total weight loss percentage with 3, 12, 18 and 24 months were 32.2 kg/m2-19,9%; 29.5 kg/m2-26,5%; 28.2 kg/m2-30,3% and 26.9 kg/m2-32,7%, respectively. Remission of diabetes and dyslipidemia occurred in all patients. In relation to hypertension, there was improvement or remission in 86%. There were only two complications (bronchial pneumonia and dehydration), with good response to clinical treatment. There was no evidence digestive fistula and mortality was zero. Eleven patients (9.1%) had regained weighing more than 5 kg.Conclusion: The sleeve gastrectomy is surgical technique that has proven safe and effective in the surgical treatment of obesity and control of their comorbidities in postoperative follow-up for two years.

Racional: As indicações da gastrectomia vertical no tratamento cirúrgico da obesidade mórbida têm aumentado no mundo todo. Apesar deste aumento, diversos aspectos relativos às indicações e aos resultados à médio e longo prazo permanecem em constante pesquisa.Objetivo: Apresentar a experiência da gastrectomia vertical de um centro de excelência em cirurgia bariátrica, analisando os resultados clínicos, complicações e seguimento a médio prazo.Métodos: Foram incluídos 120 pacientes obesos mórbidos submetidos à gastrectomia vertical e que foram acompanhados por no mínimo 24 meses. Foram analisados os aspectos relativos à técnica operatória, complicações cirúrgicas e evolução clínica.Resultados: Dos pacientes estudados 75 eram mulheres (62,5%) e a idade média foi de 36 anos. O índice de massa corpórea pré-operatório variou de 35,5 a 58 Kg/m2 (média de 40,2 kg/m2). O tempo de internação variou de 1 a 4 dias (média de 2,1 dias). As co-morbidades observadas foram a hipertensão arterial sistêmica (19%), diabete melito tipo 2 (6,6%), dislipidemia (7,5%), apneia do sono (16,6%), esofagite de refluxo (10%) e doenças ortopédicas (7,5%). A média do índice de massa corpórea e do percentual de peso total perdido com 3, 12, 18 e 24 meses foram 32,2 kg/m2-19,9%; 29,5 kg/m2-26,5%; 28,2 kg/m2-30,3% e 26,9 kg/m2-32,7%, respectivamente. Houve remissão do diabete e da dislipidemia em todos os pacientes. Já em relação à hipertensão arterial sistêmica, houve melhora ou remissão em 86% dos casos. Ocorreram apenas duas complicações (broncopneumonia e desidratação), com boa resposta ao tratamento clínico. Não se evidenciou fístula digestiva e a mortalidade foi zero. Onze pacientes (9,1%) apresentaram reganho de peso superior a 5 kg.Conclusão: A gastrectomia vertical é técnica operatória que se mostrou segura e eficaz no tratamento cirúrgico da obesidade e controle de suas co-morbidades em seguimento pós-operatório por dois anos.
Descritores: Gastroplastia/métodos
Laparoscopia
Obesidade Mórbida/cirurgia
-Seguimentos
Fatores de Tempo
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 148 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-762832
Autor: RAMOS, Almino Cardoso; BASTOS, Eduardo Lemos de Souza; RAMOS, Manoela Galvão; BERTIN, Nestor Tadashi Suguitani; GALVÃO, Thales Delmondes; LUCENA, Raphael Torres Figueiredo de; CAMPOS, Josemberg Marins.
Título: TECHNICAL ASPECTS OF LAPAROSCOPIC SLEEVE GASTRECTOMY / ASPECTOS TÉCNICOS DA GASTRECTOMIA VERTICAL LAPAROSCÓPICA
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;28(supl.1):65-68, 2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: Background:The vertical gastrectomy indications for surgical treatment of morbid obesity have increased worldwide. Despite this increase, many aspects of surgical technique still remains in controversy.Aim:To contribute presenting surgical details in order to better realize the vertical gastrectomy technique in bariatric surgery.Methods:Technical systematization, patient preparation, positioning of the trocars, operative technique and postoperative care are presented in details.Results:During 12 months were enrolled 120 patients undergoing GV according to the technique described herein. The results are published in another ABCD article (ABCD 2015;28(Supl.1):61-64) in this same volume and number.Conclusion:The surgical technique proposed here presented itself viable and facilitating the surgeon's work on difficult points of the vertical gastrectomy.

Racional: As indicações da gastrectomia vertical no tratamento cirúrgico da obesidade mórbida têm aumentado no mundo todo. Apesar deste aumento, diversos aspectos relativos à técnica operatória têm sido controversos.Objetivo: Contribuir com detalhes cirúrgicos afim de melhor a técnica da gastrectomia vertical na cirurgia bariátrica.Métodos: A sistematização técnica, o preparo do paciente, o posicionamento dos trocárteres, a técnica operatória e cuidados do pós-operatório são apresentados em detalhes.Resultados: Durante 12 meses foram incluídos 120 pacientes submetidos à GV de acordo com a técnica aqui descrita. Os resultados estão publicados em outro artigo do ABCD (ABCD 2015;28(Supl.1):61-64) neste mesmo volume e número.Conclusão: A técnica cirúrgica aqui proposta apresentou-se viável facilitando o trabalho do cirurgião em pontos difíceis da gastrectomia vertical.
Descritores: Gastroplastia/métodos
Laparoscopia
Obesidade Mórbida/cirurgia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 148 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728624
Autor: ANDRADE, Camila Garcia da Costa; LOBO, Amanda.
Título: Weight loss in the first month post-gastroplasty following diet progression with introduction of solid food three weeks after surgery / Perda de peso no primeiro mês pós-gastroplastia seguindo evolução de dieta com introdução de alimentos sólidos a partir da terceira semana
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;27(supl.1):13-16, 2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Bariatric surgery is an effective tool in treating severe obesity. It provides significant weight loss in morbidly obese people accompanied by improvement in comorbidities and quality of life. AIM: To investigate the weight loss outcomes in the first month after bariatric surgery after introduction of solids three weeks postoperatively. METHODS: Thirty-two charts of patients who underwent bariatric surgery were analyzed at a private nutritional clinic in São Sebastião do Paraíso, MG, Brazil; 93,75% of the subjects underwent Roux-en-Y gastric bypass, and 6,25% vertical gastrectomy. The subjects were 16 to 60 years. A body mass index of 30 to 69 Kg/m2 was obtained. Patients were instructed to eat small amounts several times a day, eat slowly, chew foods thoroughly, substitute sugar for sweetener, stop drinking gassy beverages, set the utensils down in between meals, drink only in between meals, avoid processed condiments and fried and greasy foods. RESULTS: In the first month after surgery, the mean weight loss was 9,7% and the percentage of excess weight loss was 23,9%. It was found that there was significant statistical difference in relation to initial and final weight (p=0,00; p<0,05). CONCLUSION: This protocol provides more freedom of choice in health care once one does not have to go on food intake modifications for more than three weeks; more nutritional guidelines is followed and prospective weight loss is presented. .

RACIONAL: A cirurgia bariátrica é ferramenta eficaz no tratamento da obesidade grave. Ela tem proporcionado perdas ponderais importantes em indivíduos com obesidade mórbida, com consequente melhora das comorbidades e da qualidade de vida. OBJETIVO: Verificar a perda de peso no primeiro mês após a cirurgia bariátrica com a introdução de alimentos sólidos a partir da terceira semana do pós-operatório. MÉTODOS: No consultório próprio de nutrição em São Sebastião do Paraíso, MG, foram estudados os prontuários de 32 pacientes que se submeteram à cirurgia bariátrica, sendo que 93,75% submeteram-se ao bypass gastrointestinal em Y-de-Roux e 6,25% à gastrectomia vertical. Os pacientes apresentavam variação do índice de massa corporal de 30 a 69 Kg/m2 e variação de 16 a 60 anos de idade. O paciente passava por três consultas de aproximadamente uma hora no pré-operatório para correção de hábitos alimentares inadequados, esclarecimento de dúvidas e mudança de comportamento antes da operação. Era orientado a fracionar as refeições, comer devagar, mastigar exaustivamente os alimentos, substituir o açúcar por adoçante, cortar do cardápio bebidas gasosas e bebidas alcoólicas, descansar os talheres após cada garfada, diminuir aos poucos a quantidade de comida que ingere, não beber líquidos durante as refeições, evitar temperos industrializados, evitar preparações gordurosas e frituras. RESULTADOS: Foi observada média na redução do peso corporal no primeiro mês após a operação de 9,7% e observou-se média de perda de excesso de peso de 23,9% no primeiro mês. Houve diferença estatisticamente significativa comparando o peso inicial ...
Descritores: Dieta Redutora
Ingestão de Alimentos
Gastroplastia
Obesidade Mórbida/cirurgia
Perda de Peso
-Terapia Combinada
Fatores de Tempo
Limites: Adolescente
Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde