Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.169 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 417 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 417 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-909702
Autor: Fávero, Luis Fernando Francischinelli de Moraes; Lessa Junior, Edson Marcos Campos; Cosac, Diego Chedraoui; Carvalho, Marcus Vinicius Silva Freire; Ghorayeb, Thiago Garcia; Contesini, Ricardo Francisco; Smith, Patrícia; Ghorayeb, Nabil.
Título: Relato de caso: acompanhamento cardiológico durante 26 anos de atleta de alto nível / Case report: 26-year cardiological follow-up of a high-level athlete
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;28(2 Supl):230-234, 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: O coração do atleta engloba um conjunto de alterações adaptativas resultantes da prática de exercício físico intenso e prolongado, promovendo alterações clínicas, eletrocardiográficas e ecocardiográficas. As alterações mais relevantes são a hipertrofia miocárdica, o alargamento das cavidades cardíacas e o aumento da massa cardíaca. Em alguns casos, essas alterações podem ser consideradas extremas, exigindo que as condições patológicas sejam eliminadas. Por meio de um relato de caso de um atleta de basquetebol de alto nível cuja única alteração no exame físico era a presença de bradicardia sinusal, persistente ao longo de 26 anos de acompanhamento clínico, investigada através de ecocardiograma, Holter e teste de esforço, demonstrando caráter benigno e fisiológico, apresentamos e discutimos a importância da avaliação cardiovascular por médico com experiência na análise de atletas, capaz de distinguir as condições patológicas das adaptações fisiológicas frente ao exercício de alta intensidade ao qual o atleta é submetido, evitando exames invasivos ou tratamento do coração do atleta.

The athlete's heart performs a set of adaptive changes resulting from the practice of intense and prolonged physical exercise, resulting in clinical, electrocardiographic and echocardiographic alterations. The most relevant changes are myocardial hypertrophy, enlargement of the cardiac cavities, and an increase in cardiac mass. In some cases, these changes can be considered extreme, requiring the elimination of pathological con - ditions. Through a case report of a high-level basketball player, whose only change in the physical examination was the presence of sinus bradycardia, persistent over 26 years of clinical follow-up, which was investigated through echocardiogram, Holter test and stress test, demonstrating benign and physiological characteristics, we present and discuss the importance of cardiovascular evaluation by a physician with experience in analyzing athletes, capable of distinguishing pathological conditions from physiological adaptations to the high-intensity exercise to which the athlete is subjected, avoiding invasive examinations or treatment of the athlete's heart
Descritores: Bradicardia/diagnóstico por imagem
Medicina Preventiva/classificação
Continuidade da Assistência ao Paciente/história
-Ecocardiografia
Eletrocardiografia
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1291357
Autor: Perú. Ministerio de Salud.
Título: Plan de continuidad operativa del Ministerio de Salud / Operational continuity plan of the Ministry of Health.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 2017. 39 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La activación del plan está prevista ante la ocurrencia de un evento adverso cuya magnitud afecte específicamente la operatividad de la sede principal del Ministerio de Salud. Se tiene como referencia de afectación principal, el escenario definido por un desastre ocasionado por un sismo de gran magnitud y tsunami en Lima y Callao, sin que por ello deje de tomar en cuenta otras amenazas
Descritores: Pesquisa Operacional
Continuidade da Assistência ao Paciente
Planos de Contingência
Auditoria Administrativa
Memória de Curto Prazo
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  3 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1284308
Autor: Costa, Josiane Moreira da; Silva, Kênia Lara.
Título: Contrarreferenciamento farmacoterapêutico: experiências vivenciadas por profissionais de saúde em um hospital de ensino / Contra referencia farmacoterapéutica: experiencias vividas por profesionales de la salud en un hospital universitario / Pharmaceutical counter-referencing in the transition care process: experiences of health professionals in a teaching hospital
Fonte: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min;11:3942, 20210000.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Compreender o processo de contrarreferenciamento farmacoterapêutico na rede de cuidados, a partir das experiências de profissionais de saúde. Método: Estudo qualitativo, fundamentado na sociologia compreensiva, desenvolvido em um hospital de ensino, sendo entrevistados 14 profissionais de saúde. A coleta de dados ocorreu, por meio de entrevistas, realizadas a partir de um roteiro semiestruturado. Realizou-se análise de conteúdo e identificação de categorias. Resultados: Identificaram-se as categorias os "des"caminhos do referenciamento e em busca de um contrarreferenciamento possível, em que o contrarreferenciamento apresenta-se como uma ação frágil, influenciado pelo medo da reinternação, questões de acesso e, principalmente, fragilidade dos processos de comunicação. Quanto às possibilidades de melhoria, têm-se preparação da alta com antecedência, reconhecimento das subjetividades dos pacientes e fortalecimento da comunicação. Considerações finais: O contrarreferenciamento é construído a partir das relações e vivências dos atores sociais, sendo que ocasiona impacto no processo de cuidado, devendo ser fortalecido(AU)

Objective: Understanding the perception that professionals about the process of pharmaceutical referencing of patients in the health system. Methodology: Case study based on a qualitative approach. The setting was a general teaching hospital, and the subjects were 14 health professionals. The data collection were done through interviews guided by a semi structured script. Results: The referencing was heterogeneous, taking into account relationships and subjectivities; it caused feelings of fear about readmission, pharmacotherapy unavailability, possible inability for the patient to purchase the drugs, and the fragility of communication. The professionals also pointed out possibilities to improve referencing such as to prepare a patient for discharge well in advance, implement referencing and recognition of patients' subjectivity mechanisms. Conclusion: referencing is built from the relationships and experiences of those involved. It is an action that impacts the care process and can be strengthened in the institution chosen for this study(AU)

Objetivo: Comprender el proceso de contrarreferencia farmacoterapéutica en la red de asistencia médica Método: Estudio cualitativo, desarrollado en un hospital universitario, con 14 profesionales de la salud. La recopilación de datos se realizó por medio de entrevistas, realizadas con un guión semiestruturado. Resultado: Se identificaron las categorías, los "des"caminos de referencia y en busca de una posible contrarreferencia, donde la contrarreferencia se presenta como una acción frágil, influenciada por el miedo a la readmisión, en asuntos de acceso y en la fragilidad en los procesos de comunicación. En cuanto a las posibilidades de mejora, existe la preparación previa del alta, el reconocimiento de las subjetividades de los pacientes y el fortalecimiento de la comunicación. Consideraciones finales: La contrarreferencia se construye a partir de las relaciones y experiencias de los actores sociales, lo que tiene un impacto en el proceso de atención médica, y debe ser fortalecido(AU)
Descritores:
Enfermagem
Continuidade da Assistência ao Paciente
Atenção à Saúde
Uso de Medicamentos
Assistência Hospitalar
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1259.1 - DIBIB - Divisão de Biblioteca


  4 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1280911
Autor: Arpí, Lucrecia; Negrette, Claudia; Videla Dorna, Sofía; Cernadas, Carolina; Fierro Vidal, Ángeles; García, Mauro; Motto, Eduardo; Landry, Luis; Moreno, Guillermo; Dackiewicz, Nora.
Título: Mejora en la comunicación durante la transferencia de pacientes entre sectores en un hospital pediátrico / Improvement in communication during patient handoff between areas from a children's hospital
Fonte: Arch. argent. pediatr;119(4):259-265, agosto 2021. tab.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción. La transferencia de pacientes es un proceso interactivo de comunicación de datos y traspaso de responsabilidades para mantener la continuidad de la atención en forma segura. Las fallas en este proceso pueden derivar en cuidados inadecuados y favorecer la comisión de errores. Objetivo. Implementar una herramienta estandarizada para la transferencia de pacientes desde la unidad de cuidados intensivos (UCI) hacia la de cuidados intermedios y moderados (CIM) y comparar la comunicación entre los profesionales antes y después de la intervención. Población y métodos. Estudio del tipo antes y después, realizado en el Hospital de Pediatría "Prof. Dr. Juan P. Garrahan". Como intervención, se utilizó un formulario de transferencia escrito. La muestra estudiada antes de la intervención estaba formada por los pacientes transferidos de las UCI a las CIM entre el 1 y el 31-10-2015. La muestra estudiada luego de la intervención fueron los pacientes transferidos entre el 1 y el 31-3-2016. Participaron cuatro CIM y tres UCI. La variable principal de estudio fue la parte escrita de la transferencia; en particular, si fue oportuna y completa. Resultados. Se analizaron 50 traspasos en cada etapa. En la transferencia escrita hubo un aumento en la comunicación de datos clínicos en el 88 % de las variables (comunicación oral médico a médico, médico responsable, adecuación terapéutica, diagnóstico, evolución, entre otras); la diferencia fue estadísticamente significativa. Conclusión. Con la implementación de la herramienta mejoró la transferencia de datos clínicos del paciente relevantes para la continuidad de la atención en forma segura

Introduction. Patient handoff is an interactive process including data communication and responsible transfer in order to safely maintain the continuity of care. Failure in this process may result in inadequate care and favor the occurrence of errors. Objective. To implement a standardized instrument for patient handoff from the intensive care unit (ICU) to the intermediate-medium care unit (IMCU), and compare communication between health care providers before and after the intervention. Population and methods. Before-and-after study conducted at Hospital de Pediatría "Prof. Dr. Juan P. Garrahan." The intervention consisted in a written handoff form. The pre-intervention sample included patients transferred from ICUs to IMCUs between October 1st and October 31st, 2015. The post-intervention sample included patients transferred between March 1st and March 31st, 2016. A total of 4 IMCUs and 3 ICUs participated in the study. The main study variable was the written part of the handoff; in particular, whether it was timely and complete. Results. A total of 50 handoffs were analyzed for each stage. With the written handoff, there was an increase in the communication of clinical data in 88 % of variables (oral communication between physicians, treating physician, therapeutic adequacy, diagnosis, course, etc.); the difference was statistically significant. Conclusion. After implementing the tool, there was an improvement in the transfer of patient clinical data relevant to the safe continuity of care
Descritores: Transferência de Pacientes
Comunicação
-Continuidade da Assistência ao Paciente
Estudos Controlados Antes e Depois
Limites: Humanos
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  5 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Collet, Neusa
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145492
Autor: Vaz, Elenice Maria Cecchetti; Brito, Thayse da Silva; Santos, Maria Carolina Salustino dos; Lima, Paloma Mayara Vieira de Macena; Pimenta, Erika Acioli Gomes; Collet, Neusa.
Título: Referência e contrarreferência de crianças em condição crônica: percepção de mães e profissionais da atenção secundária / Referral and counter-referral of children in chronic condition: perception of mothers and secondary care professionals / Referencia y contrarreferencia de niños en condicion crónica: percepción de madres y profesionales de la atención secundaria
Fonte: Rev. enferm. UERJ;28:e51186, jan.-dez. 2020.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: identificar a efetivação do sistema de referência e contrarreferência de crianças em condição crônica na percepção de mães e profissionais dos serviços especializados. Método: estudo qualitativo, mediante entrevista semiestruturada, com mães e especialistas em centros de atenção especializada de uma capital do Nordeste, entre dezembro de 2018 e março de 2019. Resultados: por ser iniciada na Estratégia Saúde da Família e critério indispensável para a marcação da consulta, a referência é efetiva. Porém, a contrarreferência, não é realizada pela atenção especializada, pois não é exigida na rede de atenção à saúde. Os especialistas não preenchem o formulário de contrarreferência, tornando-a inefetiva, com comprometimento da continuidade do cuidado. Conclusão: a contrarreferência precisa ser reconhecida pelos profissionais de saúde como ferramenta fundamental para um cuidado longitudinal, que atenda às necessidades de saúde da criança em condição crônica.

Objective: to identify the effectiveness of the referral and counter-referral system for children with chronic conditions as perceived by mothers and care personnel of specialized care services. Method: this qualitative study conducted semi-structured interviews of mothers and specialists at specialized care centers of a state capital in Brazil's Northeast, between December 2018 and March 2019. Results: as referral has been instituted in the Family Health Strategy as indispensable criterion for scheduling appointments, referral is effectively in place. However, the specialized care services are not counter-referring, as this is not required in the health system. The specialists fail to complete the counter-referral form, making it ineffective and hindering continuity of care. Conclusion: health personnel need to recognize that counter-referral is a tool fundamental to longitudinal care that meets the health needs of children with chronic conditions.

Objetivo: identificar la efectividad del sistema de referencia y contrarreferencia de niños con condiciones crónicas percibidas por las madres y el personal de atención de los servicios de atención especializada. Método: este estudio cualitativo realizó entrevistas semiestructuradas a madres y especialistas en centros de atención especializada de una capital del estado en el noreste de Brasil, entre diciembre de 2018 y marzo de 2019. Resultados: como referencia se ha instituido en la Estrategia de Salud de la Familia como criterio indispensable para la programación citas, la referencia está efectivamente en su lugar. Sin embargo, los servicios de atención especializada no son contrarreferencia, ya que esto no es requerido en el sistema de salud. Los especialistas no completan el formulario de contrarremisión, lo que lo vuelve ineficaz y dificulta la continuidad de la atención. Conclusión: el personal de salud debe reconocer que la contrarreferencia es una herramienta fundamental para la atención longitudinal que atiende las necesidades de salud de los niños con enfermedades crónicas.
Descritores: Médicos
Encaminhamento e Consulta
Atenção Secundária à Saúde
Doença Crônica
Mães
-Percepção
Brasil
Saúde da Criança
Continuidade da Assistência ao Paciente
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  6 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lacerda, Maria Ribeiro
Texto completo
Id: biblio-904437
Autor: Utzumi, Fernanda Catafesta; Lacerda, Maria Ribeiro; Bernardino, Elizabeth; Gomes, Ingrid Meireles; Aued, Gisele Knop; Sousa, Solange Meira de.
Título: Continuidade do cuidado e o interacionismo simbólico: um entendimento possível / Continuity of care and the symbolic interactionism: a possible understanding
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;27(2):e4250016, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: buscar um entendimento pela consubstanciação entre o conceito de continuidade do cuidado ao referencial teórico do interacionismo simbólico, no sentido de agregar uma possibilidade de fortalecê-lo como conceito indispensável ao cuidado prestado aos usuários do sistema de saúde e provocar uma necessária reflexão sobre este. Método: estudo teórico-reflexivo, organizado em quatro seções, sobre a continuidade do Cuidado analisado sob a luz do referencial do interacionismo simbólico. Resultados: o interacionismo simbólico busca compreender a ação humana em grupo e acredita que os indivíduos ajam tendo como base os significados que as coisas têm para eles. Esta é uma construção social que se desenvolve na medida em que as pessoas agem e interagem consigo mesmas e com os outros. A continuidade do cuidado, trabalhada a partir das dimensões relacional, informacional e de gestão, coaduna com o proposto, por representar um produto social resultante das interações entre os envolvidos no cuidado, que se expressa segundo sua ação e reação, como uma constante para um conjunto de práticas de diferentes profissionais que buscam garantir o cuidado integral e coerente ao usuário. Conclusão: este trabalho possibilitou apresentar a continuidade do cuidado, dentro do contexto das interações sociais, não como algo concreto, mas como um objeto social decorrente do agir de cada um dos envolvidos com o cuidado, embora, ainda assim, se perceba a necessidade de sensibilizar profissionais e usuários a respeito de seu significado e intencionalidade no agir da cada um.

ABSTRACT Objective: to look for an understanding through the co-substantiation between the concept of continuity of care and the theoretical reference of the symbolic interactionism, in the sense of adding a possibility to strengthen it as an indispensable concept to the care provided to the health system users and to incite a necessary reflection regarding this care. Method: a theoretical-reflective study, organized in four sections, about the continuity of care analyzed through the symbolic interactionism referential. Results: the symbolic interactionism intends to understand the human action in a group and believes that individuals act based on the meanings that the things have for them. This is a social construction that develops as people act and interact among themselves and with others. The continuity of care, seen from the relational, informational and management dimensions, is in line with the proposed, since it represents a social product that results from the interactions between those involved in care, which is expressed according to their action and reaction, as a constant for a set of practices of different professionals that intend to guarantee the comprehensive and coherent care to the user. Conclusion: this study has made it possible to present the continuity of care within the social interactions context, not as something concrete, but as a social object arising from the actions of each of those involved in care, although it is still possible to perceive the need to sensitize professionals and users about their meaning and intentionality in acting.
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente
Assistência Integral à Saúde
Continuidade da Assistência ao Paciente
Gestão em Saúde
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  7 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-882585
Autor: Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para hepatite C e coinfecções / Clinical protocol and therapeutic guidelines for hepatitis C and coinfections.
Fonte: Brasilia; CONITEC; 2018.
Idioma: pt.
Descritores: Hepatite C/diagnóstico
Hepatite C/tratamento farmacológico
Hepacivirus
-Brasil
Análise Custo-Benefício
Anticorpos Anti-Hepatite C/análise
Continuidade da Assistência ao Paciente
Simeprevir/uso terapêutico
Sofosbuvir/uso terapêutico
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1093807
Autor: Solis Cartas, Urbano; Calvopiña Bejarano, Silvia Johana; Cordoves Quintana, Sandra; Pozo Abreu, Silvia María; Martínez Larrarte, José Pedro.
Título: El pase de visita docente como herramienta didáctica en el proceso de formación de los médicos de pregrado / The teacher visits pass as a tool in the training process for undergraduate doctors
Fonte: Rev. cuba. reumatol;21(1):e63, ene.-abr. 2019.
Idioma: es.
Resumo: El pase de visita docente constituye la herramienta más cercana a la realidad que tiene los estudiantes de medicina para integrar los conocimientos adquiridos en el aula frente a la situación real de un paciente hospitalizado o en otros servicios hospitalarios. Resulta el espacio más importante de la formación médica de pregrado en el área clínica y es considerado el espacio vital para la consolidación de conocimientos y la adquisición de la experticia en el reconocimiento de signos y síntomas, su interpretación clínica y la elaboración de un diagnóstico con la consecuente administración de un posible tratamiento médico(AU)

The teacher visit pass is the tool closest to the reality that medical students have to integrate the knowledge acquired in the classroom in front of the real situation of a hospitalized patient or in other hospital services. It is the most important space of undergraduate medical training in the clinical area and is considered the vital space for the consolidation of knowledge and the acquisition of expertise in the recognition of signs and symptoms, its clinical interpretation and the elaboration of a diagnosis with the consequent administration of a possible medical treatment(AU)
Descritores: Estudantes de Medicina
Serviços Hospitalares
Conhecimento
Educação de Graduação em Medicina/ética
Visitas com Preceptor/métodos
Hospitalização
-Assistência Centrada no Paciente/métodos
Continuidade da Assistência ao Paciente/normas
Limites: Humanos
Adulto Jovem
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  9 / 417 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tomasi, Elaine
Texto completo
Id: biblio-962118
Autor: Dilélio, Alitéia Santiago; Tomasi, Elaine; Thumé, Elaine; Silveira, Denise Silva da; Siqueira, Fernando Carlos Vinholes; Piccini, Roberto Xavier; Silva, Suele Manjourany; Nunes, Bruno Pereira; Facchini, Luiz Augusto.
Título: Lack of access and continuity of adult health care: a national population-based survey / Falta de acesso e de continuidade da atenção à saúde em adultos: inquérito nacional
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:31, 2015. tab.
Idioma: en.
Projeto: Brazilian Ministry of Health.
Resumo: OBJECTIVE To describe the lack of access and continuity of health care in adults.METHODS A cross-sectional population-based study was performed on a sample of 12,402 adults aged 20 to 59 years in urban areas of 100 municipalities of 23 states in the five Brazilian geopolitical regions. Barriers to the access and continuity of health care and were investigated based on receiving, needing and seeking health care (hospitalization and accident/emergency care in the last 12 months; care provided by a doctor, by other health professional or home care in the last three months). Based on the results obtained by the description of the sample, a projection is provided for adults living in Brazilian urban areas.RESULTS The highest prevalence of lack of access to health services and to provision of care by health professionals was for hospitalization (3.0%), whilst the lowest prevalence was for care provided by a doctor (1.1%). The lack of access to care provided by other health professionals was 2.0%; to accident and emergency services, 2.1%; and to home care, 2.9%. As for prevalences, the greatest absolute lack of access occurred in emergency care (more than 360,000 adults). The main reasons were structural and organizational problems, such as unavailability of hospital beds, of health professionals, of appointments for the type of care needed and charges made for care.CONCLUSIONS The universal right to health care in Brazil has not yet been achieved. These projections can help health care management in scaling the efforts needed to overcome this problem, such as expanding the infrastructure of health services and the workforce.

OBJETIVO Descrever a falta de acesso e de continuidade da atenção à saúde de adultos.MÉTODOS Estudo transversal de base populacional com 12.402 adultos entre 20 e 59 anos, residentes em áreas urbanas de 100 municípios de 23 estados brasileiros, nas cinco regiões geopolíticas. Investigaram-se as barreiras no acesso e na continuidade da atenção a partir do recebimento, necessidade e busca de algum atendimento de saúde (internação hospitalar e pronto-socorro nos 12 meses prévios ao estudo; atendimento médico, de outro profissional de saúde e domiciliar nos três meses prévios). A partir dos resultados obtidos na descrição da amostra, apresenta-se uma projeção para os adultos residentes em áreas urbanas no território nacional.RESULTADOS A prevalência de falta de acesso aos serviços e aos atendimentos com profissionais de saúde mais expressiva foi de 3,0%, para internação hospitalar, enquanto a menor prevalência foi para atendimento médico (1,1%). A falta de acesso para o atendimento com outro profissional de saúde foi de 2,0%; em pronto-socorro, 2,1%; e domiciliar, 2,9%. Quanto às prevalências, o maior número absoluto de falta de acesso foi para atendimentos de urgência (mais de 360.000 adultos). Os principais motivos foram problemas estruturais e organizacionais, como falta de leito, de profissionais, de ficha/vaga do tipo de atendimento necessário e cobrança pelo atendimento.CONCLUSÕES O direito universal à saúde no Brasil ainda não foi alcançado. As projeções podem apoiar a gestão no dimensionamento de esforços dirigidos ao seu enfrentamento, como a ampliação da estrutura física dos serviços e da força de trabalho.
Descritores: Continuidade da Assistência ao Paciente/estatística & dados numéricos
Disparidades em Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos
Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
-Fatores Socioeconômicos
População Urbana
Brasil
Estudos Transversais
Hospitalização
Pessoa de Meia-Idade
Programas Nacionais de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 417 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1281850
Autor: Silva, Adrielle Chermont da; Schimith, Maria Denise; Gomes, Taís Falcão; Weiller, Teresinha Heck; Alberti, Gabriela Favero; Simon, Bruna Sodré.
Título: Redes de atenção à saúde: percepção de usuários de uma unidade de saúde da família / Health networks care: the perception of family health unit users / Redes de atencion a la salud: percepción de usuarios de una unidad de salud familiar
Fonte: Rev. enferm. UFSM;7(1):100-110, jan.-fev. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: conhecer a percepção dos usuários de uma Unidade de Saúde da Família sobre a Rede de Atenção à Saúde. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, realizada com seis usuários de saúde, de fevereiro a julho de 2012. Para coleta de dados utilizaram-se entrevistas semiestruturadas, que foram analisadas sob a Proposta Operativa. Resultados: identificou-se que há longo tempo de espera pelo atendimento especializado, o que leva os usuários a procurarem diferentes meios de acesso à rede. Estes receberam poucas orientações dos profissionais de saúde, que, por sua vez, demonstram pouco envolvimento e responsabilização, refletindo no modo em que os usuários percebem a unidade e os serviços prestados. Conclusões: percebeu-se que ainda existe relação vertical entre profissionais de saúde e usuários, uma vez que não foi identificado a escuta e que faltaram orientações sobre o fluxo de acesso, necessitando assim da construção de espaços acolhedores.

Aim: to know the perception of the users of a Family Health Unit about the Health Care Network. Method: through a qualitative research approach, this is both an exploratory and a descriptive study, carried out with six health care users of the chosen unit, from February to July 2012. Semi-structured interviews were used for data collection, which were analyzed under the Operative Proposal. Results: it was identified that there is a long waiting time for specialized services, which leads users to searching for different means of accessing the network. These users received little orientation from health professionals, who in turn demonstrated little involvement and accountability, which reflects how users perceive the unit and the provided services. Conclusions: it was noticed that there is still a vertical relationship between health professionals and users, since listening was not identified and there were no guidance on access flow, which requires the construction of cozy spaces

Objetivo: conocer la percepción de los usuarios de una Unidad de Salud de la Familia, sobre la Red de Atención a la Salud. Método: se trata de una investigación cualitativa, tipo exploratoria descriptiva, realizada con seis usuarios de salud, entre febrero y julio de 2012. Para la recolección de datos se utilizó entrevistas semiestructuradas, analizadas a partir de la Propuesta Operativa. Resultados: se identificó que hay un largo tiempo de espera para atención especializada, eso lleva los usuarios a buscar diferentes medios de acceso a la red. Los usuarios recibieron pocas orientaciones de los profesionales de la salud, que a su vez demuestran poca implicación y responsabilidad, evidenciando el modo en que los usuarios perciben la unidad y los servicios prestados. Conclusiones: se percibió que aún existe relación vertical entre profesionales de salud y usuarios, una vez que no fue identificada la escucha, además de la falta de orientaciones sobre el flujo de acceso, lo que requiere la construcción de espacios acogedores.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Saúde da Família
Continuidade da Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR568.1 - Biblioteca Central Manoel Marques de Souza, Conde de Porto Alegre



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde