Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.169.063.500.067 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1011 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 102 ir para página                         

  1 / 1011 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-969247
Autor: Alcântara, Adriana de Oliveira; Duarte, Aline Gadelha de Almeida; Frota, Maria Helena de Paula.
Título: Velhice e espaço rural: (re) desenhos dos discursos / Old age and rural areas: ( re)design of the speeches
Fonte: Rev. Kairós;18(2):209-226, jun. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa visa a estudar o cotidiano dos velhos que residem no espaço rural, por meio de pesquisa de campo de tipo etnográfica. Os resultados indicam, não necessariamente, como se supunha, uma padronização de atribuições específicas para homens e mulheres; percebe-se uma não internalização de valores simbólicos advindos do capitalismo que entende o velho como "descartável" e "inútil", mas, ao contrário, verificou-se um crescente protagonismo deles diante da realidade do envelhecimento.

This research aims to study the daily lives of older residing in rural areas, through ethnographic field research. The results indicate, not necessarily, as was supposed, a standardization of specific tasks for men and women; there is a perceived lack of internalisation of symbolic values arising from capitalism that understands the old as "disposable" and "useless", but rather, there is a growing role of them before the age of reality.
Descritores: Idoso
Atividades Cotidianas
Zona Rural
Limites: Seres Humanos
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  2 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alvarez, Angela Maria
Texto completo
Texto completo
Id: lil-96397
Autor: Alvarez, Angela Maria.
Título: Identificaçäo das exigências de auto-cuidado terapêutico em mulheres idosas e de sua competência para satisfazê-las / Identification of demands of elder women therapeutic self-care and their of compentence to attend such demands.
Fonte: s.l; s.n; 1990. viii,138 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Santa Catarina para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo teve por objetivo identificar as exigências de auto-cuidado terapêutico de mulheres idosas e o nível de competência para o auto-cuidado de cada uma delas em atender a tais exigências. Para tanto foi desenvolvido um marco conceitual baseado na Teoria do Auto-Cuidado de Dorothea E. Orem e nos conhecimentos a respeito da pessoa idosa. A partir desse marco elaborou-se um instrumento para coleta de dados, com a finalidade de identificar exigências dea uto-cuidado terapêutico em suas diferentes modalidades (universal, de desenvolvimento e de desvio de saúde), assim como determinar as açöes desenvolvidas por estes idosos para atender às exigências identificadas. As açöes de auto-cuidado foram classificadas de acordo com níveis de desenvolvimento (inefetivo, estimativo e produtivo), definindo-se assim as tendências para o auto-cuidado de cada idosa participante do estudo. Após análise dos dados o resultado obtido revelou três sub-grupos de mulheres idosas (I, II e III), apresentando diferentes níveis de competência no atendimento às suas exigências de auto-cuidado
Descritores: Autocuidado/tendências
Mulheres
Idoso
-Idoso de 80 Anos ou mais
Atividades Cotidianas
Grupos Etários/educação
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1808.00; BR21.1/T-WT100*ALID


  3 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974889
Autor: Sanches, Rafaely de Cassia Nogueira; Radovanovic, Cremilde Aparecida Trindade.
Título: O cotidiano como cenário na investigação em saúde / Everyday life as a scenario in health research / El cotidiano como escenario en la investigación en salud
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(4):590-590, Out.-Dez. 2016.
Idioma: pt.
Descritores: Pesquisa
Atividades Cotidianas
Pessoal de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  4 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974874
Autor: Leite, Denise Fernandes; Oliveira, Maria Amélia de Campos; Nascimento, Débora Dupas Gonçalves do.
Título: O trabalho do núcleo de apoio à saúde da família na perspectiva de seus trabalhadores / El trabajo del núcleo de apoyo a la salud de la familia en la perspectiva de sus trabajadores / The work of family health support centers from the perspective of workers
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(3):553-560, Jul.-Set. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO A compreensão do processo de trabalho dos profissionais que compõemas equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) é de extrema importância para a resolubilidade na Atenção Básica, por isso esta investigação teve como objetivo analisar as percepções dos profissionais do NASF sobre o trabalho que realizam. Trata-se de um estudo qualitativo, de caráter descritivo e exploratório. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada com 40 profissionais de equipes do NASF de cada uma das cinco Coordenadorias Regionais de Saúde do Município de São Paulo. A análise de conteúdo identificou três núcleos de sentido: a compreensão das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre o processo de trabalho do NASF; a compreensão da população sobre o processo de trabalho do NASF na perspectiva dos profissionais e a compreensão dos profissionais do NASF sobre seu processo de trabalho. De acordo com as percepções dos profissionais, o entendimento do processo de trabalho do NASF ainda não é totalmente claro e apropriado pelos profissionais do próprio NASF, da ESF e nempelos usuários, fazendo-se necessário uma maior e melhor integração entre eles, com vistas à qualidade e à efetividade do trabalho nesse nível de atenção.

RESUMEN La comprensión del proceso de trabajo de los profesionales que componen los equipos del Núcleo de Apoyo a la Salud de la Familia (NASF) es de extrema importancia para la resolución en la Atención Básica, por ello esta investigación tuvo como objetivo analizar las percepciones de los profesionales del NASF sobre el trabajo que realizan. Se trata de un estudio cualitativo, de carácter descriptivo y exploratorio. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista semiestructurada con 40 profesionales de equipos del NASF de cada una de las cinco Coordinaciones Regionales de Salud del Municipio de São Paulo. El análisis de contenido identificó tres núcleos de sentido: la comprensión de los equipos de la Estrategia Salud de la Familia (ESF) sobre el proceso de trabajo del NASF; la comprensión de la población sobre el proceso de trabajo del NASF en la perspectiva de los profesionales y la comprensión de los profesionales del NASF sobre su proceso de trabajo. De acuerdo con las percepciones de los profesionales, el entendimiento del proceso de trabajo del NASF aún no es totalmente claro y apropiado por los profesionales del propio NASF, de la ESF y tampoco por los usuarios, volviéndose necesaria una mayor y mejor integración entre ellos, con miras a la calidad y efectividad del trabajo en este nivel de atención.

ABSTRACT Understanding the work process of professionals working in Family Health Support Centers (NASF) is extremely important to achieve problem-solving capacity in primary health care. Therefore, this study's aim was to identify the workers' perception concerning the work they perform. This is a qualitative study with a descriptive and exploratory approach. Data were collected using semi-structured interviews, applied to 40 NASF workers composing the teams in each of the five regional health coordination centers in the city of São Paulo, Brazil. Three core meanings emerged from the content analysis: understanding of the Family Health Strategy (FHS) teams concerning the NASF work process; understanding of the population regarding the NASF work process from the perspective of workers; and understanding of NASF workers regarding their work process. According to the workers' perceptions, the NASF workers themselves, FHS workers, or even the patients have not totally and clearly understood the NASF work process. Therefore, greater and better integration is necessary with a view to improving the quality and effectiveness of the work at this level of care.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Qualidade de Vida
Atividades Cotidianas
Estratégia Saúde da Família
-Trabalho
Pessoal de Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  5 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lopes, Cláudia de Souza
Texto completo
Id: biblio-876605
Autor: Jomar, Rafael Tavares; Lourenço, Roberto Alves; Lopes, Claudia de Souza.
Título: Validade de construto da versão brasileira do functional activities questionnaire / Construct validity of the Brazilian version of the Functional Activities Questionnaire
Fonte: Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.);11(4):170-173, out.-dez. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Investigar a validade de construto da versão brasileira do Functional Activities Questionnaire (FAQ-BR) para aferição da capacidade funcional do idoso, com base no relato do informante. Métodos: Estudo seccional realizado com 525 idosos não institucionalizados e seus respectivos informantes. Os coeficientes de correlação (r) de Pearson e tau de Kendall, com nível de significância estatística < 0,05, foram utilizados para avaliar a correlação entre a pontuação do FAQ-BR e outras variáveis sociodemográficas e de condições de saúde teoricamente relevantes. Resultados: Todas as correlações mostraram-se compatíveis com a teoria subjacente, com significância estatística (valor p < 0,001): idade (r = 0,522), renda (r = - 0,148), anos de estudo (r = - 0,191), morar só (r = - 0,175), autopercepção de saúde (r = - 0,149), doenças crônicas autorrelatadas (r = 0,125) e déficit cognitivo (r = 0,350). Conclusão: Embora o FAQ-BR tenha apresentado validade de construto, estudos futuros deverão complementar a avaliação de sua pertinência para aferição da capacidade funcional do idoso, com base no relato do informante.

Objective: To investigate the construct validity of the Brazilian version of the Functional Activities Questionnaire (FAQ-BR), which measures the functional capacity of the elderly, based on an informant's report. Methods: A cross-sectional study was performed with 525 non-hospitalized elderly and their respective informants. Pearson's and Kendall's tau correlation coefficients with a statistical significance level of < 0.05 were used to evaluate the correlation between the FAQ-BR score and sociodemographic and health condition variables. Results: All correlations were compatible with the underlying theory, with a statistical significance (p value < 0.001): age (r = 0.522); income (r = - 0.148); years of schooling (r = - 0.191); living alone (r = - 0.175); self-rated health (r = - 0.149); chronic self-reported diseases (r = 0.125) and; cognitive impairment (r = 0.350). Conclusion: Although the FAQ-BR demonstrates construct validity, future complementary studies should be done to further measure elderly people's functional capacity, based on an informant's report.
Descritores: Atividades Cotidianas
Saúde do Idoso
Avaliação de Programas e Instrumentos de Pesquisa
-Estudos de Validação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  6 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974883
Autor: Sanches, Rafaely de Cassia Nogueira; Figueiredo, Fernanda Sabini Faix; Rêgo, Anderson da Silva; Decesaro, Maria das Neves; Salci, Maria Aparecida; Radovanovic, Cremilde Aparecida Trindade.
Título: Itinerários terapêuticos de pessoas com doença renal crônica e suas famílias / Itinerarios terapéuticos de personas con enfermedad renal crónica y sus famílias / Therapeutical itineraries of people with chronic renal disease and their families
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(4):708-715, Out.-Dez. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O itinerário terapêutico é uma estratégia que permite ao profissional de saúde conhecer como se dá o caminho de busca por cuidados de pessoas adoecidas e suas famílias, contribuindo para compreensão dos contextos que influenciam o comportamento e escolhas frente ao processo de adoecer, tratamento e modos de se cuidar. O objetivo do estudo foi apreender a trajetória terapêutica de pessoas com insuficiência renal crônica e seus familiares. Pesquisa qualitativa do tipo estudo de casos múltiplos, realizado junto a três pessoas adoecidas em tratamento hemodialítico e suas famílias. A coleta de dados se deu por entrevista aberta e os dados compilados por análise de conteúdo, modalidade temática. Para construir o itinerário terapêutico, os resultados foram organizados em três categorias: subsistema familiar, profissional e cultural. A família apareceu como o primeiro e principal local de busca por cuidados. Posteriormente, familiares passam a caminhar juntamente com o membro adoecido em busca de cuidados profissionais, mantendo os conhecimento e crenças adquiridas culturalmente. Conclui-se que a construção do itinerário mostrou-se eficaz, pois oferece importantes informações para o planejamento de um cuidado humanizado e efetivo às reais necessidades de saúde das pessoas adoecidas e suas famílias.

RESUMEN El itinerario terapéutico es una estrategia que permite al profesional sanitario saber cómo es la ruta de búsqueda para el cuidado de los enfermos y sus familias, lo que contribuye a la comprensión de los contextos que influyen en la elección de comportamientos frente al proceso de enfermar, tratamiento y formas de cuidar. Este estúdio teve como objetivo omprender el itinerario terapéutico de las personas con insuficiencia renal crónica y sus familias. Es estudio cualitativo de casos múltiples de tipo investigación llevada a cabo con tres personas enfermas en tratamiento de hemodiálisis y sus familias. La colección se llevó a cabo por medio de entrevistas abiertas y los datos compilados por el análisis de contenido, modalidad temática. Para construir el itinerario terapéutico, los resultados fueron organizados en tres categorías: subsistema de la família, profesional y cultural. La familia apareció como el primer y principal lugar de la búsqueda de atención. Más tarde, miembros de la familia comienzan a caminar junto con el miembro enfermo buscando atención profesional, manteniendo el conocimiento y las creencias adquiridas culturalmente. La construcción de la ruta fue efectiva, ya que proporciona información importante para la planificación de una atención humana y eficaz a las necesidades reales de salud de las personas enfermas y sus familias.

ABSTRACT The therapeutic itinerary is a strategy that allows the health professional to know the trajectory seraching for care of sick people and their families, contributing to an understanding of the contexts that influence behavior and choices regarding the process of becoming ill, treatment and ways of taking self care. Thus the objective of to understand the therapeutic trajectory of people with chronic renal faillure and their families. It is qualitative multiple case study, carried out with three people with hemodialysis treatment and their families. The data collection was through open interview and the data compiled by content analysis, thematic modality. In order to construct the therapeutic itinerary, the results were organized into three categories: family; professional; and cultural subsystem. The family appeared as the first and main source to seek care. Afterwards, family members go along with the sick member in search of professional care, keeping the knowledge and beliefs acquired culturally. The construction of the itinerary was effective because it provides important information for the planning of a humanized and effective care to the real health needs of the sick people and their families.
Descritores: Terapêutica
Atividades Cotidianas
Diálise Renal
Humanização da Assistência
Insuficiência Renal Crônica
Limites: Seres Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-875895
Autor: Rocha, Josemara de Paula; Oliveira, Gabriela Guimarães; Neris, Jéssika Cefrin Dantas; Bós, Antônio Miguel Gonçalves; Bós, Ângelo José Gonçalves.
Título: Impacto clínico, socioeconômico e da autopercepção de saúde na funcionalidade de idosos / Impact of clinical and socio-economic factors and self-perception of health on the functionality of the elderly
Fonte: Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.);11(3):124-132, jul.-set. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivos: Verificar fatores determinantes dos níveis de funcionalidade em idosos brasileiros. Método: Análise secundária da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), de 2013, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A relação entre os níveis de funcionalidade e as características sociodemográficas e clínicas foi testada pela regressão linear, ajustada pela autopercepção de saúde (APS), por meio do programa Epi Info™, versão 7.2.1, aceitando p < 0,05. A funcionalidade foi avaliada por meio de um escore de funcionalidade desenvolvido a partir das questões da PNS. Resultados: As análises univariadas revelavam que, exceto a raça, todas as variáveis socioeconômicas e clínicas tinham relação significativa com a facilidade em atividades básicas (ABVD) e instrumentais (AIVD) de vida diária. Nas análises de regressão linear múltiplas, as variáveis mais significativas foram idade, APS, acidente vascular cerebral (AVC) e doença mental (p < 0,001). A APS explicou significativamente as diferenças nos níveis de AIVD (5,1%, p < 0,01) e ABVD (3,4%, p < 0,01) mesmo controlando-se a análise pelas outras variáveis. O AVC e a doença mental foram relacionados com menores escores de funcionalidade, tanto em AIVD (respectivamente, 20,5%, p < 0,01 e 19,1%, p < 0,01) quanto ABVD (respectivamente, 13,5%, p < 0,01 e 7,6%, p < 0,01). Conclusão: Os níveis de funcionalidade dos idosos puderam ser explicados tanto por fatores constitucionais (idade), quanto por variáveis modificáveis (AVC, doença mental e autopercepção de saúde), muitos dos quais ainda com grande impacto na morbimortalidade brasileira. O destaque da APS sugere que ela pode ser um indicador da qualidade do acompanhamento de saúde dos idosos brasileiros.

Objectives: Our objective was to verify factors determining the functional level of Brazilian elderly people. Method: This is a secondary analysis of the 2013 National Health Survey (NHS) conducted by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). The association between functional levels and sociodemographic and clinical characteristics was tested by linear regression adjusted for self-perception of health (SPH) using the Epi Info™ program version 7.2.1. P-values lower than 0.05 were regarded as statistically significant. Functionality was assessed by a functional score developed based on the NHS questions. Results: Univariate analyses revealed that, except for ethnicity, all socio-economic and clinical variables were significantly related to ease of performing basic activities of daily living (BADL) and instrumental activities of daily living (IADL). Upon multiple linear regression analysis, the most significant variables were age, SPH, stroke, and mental illness (p < 0.001). SPH significantly explained the differences in IADL (5.1%, p < 0.01) and BADL (3.4%, p < 0.01) levels even when controlling for the other variables. Stroke and mental illness were related to lower functional scores, both in IADL (20.5%, p < 0.01 and 19.1%, p < 0.01, respectively) and in BADL (13.5%, p < 0.01 and 7.6%, p < 0.01, respectively). Conclusions: The functional status of the elderly could be explained by constitutional factors (age) and modifiable variables (stroke, mental illness, and SPH), many of which still have a great impact on Brazilian morbidity and mortality. The highlight of SPH suggests that it may be an indicator of health care quality for the Brazilian elderly.
Descritores: Atividades Cotidianas
Envelhecimento
Nível de Saúde
Saúde Pública
Saúde do Idoso
Longevidade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  8 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-849276
Autor: Belmonte, Josiana Maria Moreira Martinez; Pivetta, Naelly Renata Saraiva; Batistoni, Samila Sathler Tavares; Neri, Anita Liberalesso; Borim, Flávia Silva Arbex.
Título: Associação entre autoavaliação de saúde e indicadores de capacidade funcional / The association between self-rated health and functional capacity indicators
Fonte: Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.);11(2):61-67, abr.-jun. 2017. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a autoavaliação de saúde e identificar suas relações com a capacidade funcional e as medidas objetivas de força muscular e mobilidade em amostra idosa residente na comunidade. Método: Estudo transversal de base populacional com dados provenientes do banco eletrônico do Estudo de Fragilidade em Idosos Brasileiros (Fibra), realizado entre os anos de 2008 e 2009, em que foram recrutados 2.558 idosos da comunidade, residentes na área urbana. A variável dependente foi a autoavaliação de saúde comparada aos pares etários na velhice. As razões de chances, ajustadas pelas variáveis sociodemográficas e de saúde, foram estimadas por meio de regressão logística multinomial. As análises foram conduzidas no programa Stata 14.0. Resultados: A média de idade dos idosos foi de 72,3 anos (DP ± 5,5), e 65,6% eram mulheres. Quando comparados a alguém da mesma idade, 70,2% avaliaram a sua saúde como melhor, 23,4% como igual e 6,4% como pior. Pelo modelo de regressão, verificou-se, no modelo ajustado, diferença estatisticamente significativa em relação à autoavaliação da saúde ­ sendo pior nos idosos dependentes nas atividades instrumentais (OR = 2,19; IC95% 1,22­3,92) e com menor força de preensão (OR = 0,96; IC95% 0,93­0,99). Avaliar a saúde como melhor apresentou diferença significativa com a velocidade de marcha (OR = 0,88; IC95% 0,81­0,94). Conclusão: Foram encontradas associações da autoavaliação de saúde e atividades instrumentais de vida diária, velocidade de marcha e força de preensão. Esses resultados reforçam a funcionalidade como um importante indicador de saúde, além de proporcionar a ampliação da abordagem da autoavaliação de saúde incluindo critérios de comparação social.

Objective: To evaluate self-rated health and to identify its relationship with functional capacity, objective measures of muscle strength, and mobility in a sample of community-dwelling elderly adults. Method: A cross-sectional, population-based study using data from the "Fragility Study on Brazilian Elderly" (Fibra) electronic database, carried out between 2008 and 2009, in which 2,558 community-dwelling elderly were recruited. The dependent variable was self-rated health compared with peers of the same age, among the elderly. The odd ratios were adjusted for sociodemographic and health variables and were estimated through multinomial logistic regression. The analyses were carried out using the program Stata 14.0. Results: The average age of the elderly participants was 72.3 years old (SD ± 5.5) and 65.6% of them were women. When comparing with someone of the same age, 70.2% of the participants rated their health as better than the other's; 23.4% of them rated it as equal, and 6.4% of the elderly rated it as worse. The adjusted regression model showed that the odd ratios were more important when rating health as worse among the elderly participants who were dependent on instrumental activities (OR = 2.19; 95%CI 1.22­3.92) and had weaker grip strength (OR = 0.96; 95%CI 0.93­0.99). Better health rating showed a statistically significant difference related to speed gait (OR = 0.88; 95%CI 0.81­0.94). Conclusion: We found associations between the self-rated health and instrumental activities of daily living, gait velocity, and grip strength. These results reinforce functionality as an important health predictor and broaden self-rated health approachs including social comparison criteria.
Descritores: Autoavaliação
Idoso
Atividades Cotidianas
Saúde do Idoso
-Estudos Transversais
Limites: Idoso
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  9 / 1011 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
ANDRE, CHARLES
Texto completo
Id: lil-612056
Autor: Engelhardt, Eliasz; Tocquer, Carla; André, Charles; Moreira, Denise Madeira; Okamoto, Ivan Hideyo; Sá Cavalcanti, José Luiz de.
Título: Vascular dementia: Cognitive, functional and behavioral assessment. Recommendations of the Scientific Department of Cognitive Neurology and Aging of the Brazilian Academy of Neurology. Part II / Demência vascular: avaliação cognitiva, funcional e comportamental. Recomendações do Departamento Científico de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia. Parte II
Fonte: Dement. neuropsychol;5(4), dez. 2011.
Idioma: en.
Resumo: Vascular dementia (VaD) is the most prevalent form of secondary dementia and the second most common of all dementias. The present paper aims to define guidelines on the basic principles for treating patients with suspected VaD (and vascular cognitive impairment - no dementia) using an evidence-based approach. The material was retrieved and selected from searches of databases (Medline, Scielo, Lilacs), preferentially from the last 15 years, to propose a systematic way to assess cognition, function and behavior, and disease severity staging, with instruments adapted for our milieu, and diagnosis disclosure. The present proposal contributes to the definition of standard diagnostic criteria for VaD based on various levels of evidence. It is noteworthy that only around half of the population of patients with vascular cognitive impairment present with dementia, which calls for future proposals defining diagnostic criteria and procedures for this condition.

A demência vascular (DV) é a forma de demência secundária mais prevalente e a segunda entre todas as demências. O presente artigo visa estabelecer diretrizes dos princípios básicos para o atendimento de pacientes com suspeita de DV (e comprometimento cognitivo vascular - não demência), fundamentadas em evidência. O material foi obtido e selecionado a partir de busca em bases de dados (Medline, Scielo, Lilacs), preferencialmente dos últimos 15 anos, para propor a sistemática da avaliação cognitiva, funcional e comportamental, além do estadiamento da gravidade, com instrumentos adaptados para o nosso meio, e a revelação do diagnóstico. A presente proposta contribui para a definição dos padrões de diagnóstico da DV através de evidência comprovada em vários níveis. É ressaltado que apenas cerca da metade da população dos pacientes com comprometimento cognitivo vascular apresenta quadro de demência, o que torna necessária, futuramente, uma proposta visando o estabelecimento de critérios e elaboração diagnóstica dessa condição.
Descritores: Atividades Cotidianas
Envelhecimento
Demência Vascular
Neuropsicologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 1011 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alvarenga, Marcia Regina Martins
Texto completo
Id: lil-536577
Autor: Alvarenga, Márcia Regina Martins; Mendoza, Isabel Yovana Quispe; Faro, Ana Cristina Mancussi.
Título: Instrumentos de avaliação funcional de idosos submetidos à cirurgia ortopédica: revisão integrativa da literatura / Instruments of functional assessment of elderly submitted to orthopedic surgery: an integrative review of literature
Fonte: Acta fisiátrica;14(1), mar. 2007.
Idioma: pt.
Resumo: Doenças musculoesqueléticas constituem causa de dano funcional no idoso, mas não são conseqüências inevitáveis da idade, portanto, todas as dimensões de saúde têm que ser contempladas na sua avaliação. Objetivo: Analisar artigos científicos que avaliaram o estado funcional do idoso submetido à cirurgia ortopédica. Metodologia: Revisão bibliográfica de artigos on-line indexados nas bases: www.bireme.br, www.scopus.com, www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed e www.embase.com, durante o período de 1996 a 2006. Utilizou-se a terminologia DeCS/Bireme e MeSH/PubMed, com os descritores: idoso, atividades cotidianas, cirurgia ortopédica ou procedimentos ortopédicos, pós-operatório e reabilitação. A busca foi realizada em abril/2006. Critério de inclusão: sujeitos com 60 anos ou mais, submetidos a qualquer procedimento cirúrgico ortopédico, e texto completo disponível on-line. Referências armazenadas e analisadas pelo Software Epilnfo versão 3.3.2. Variáveis: título, ano e país de publicação do periódico; categoria profissional dos autores; país de origem do estudo; objetivos da pesquisa; número e tipos de instrumentos de avaliação e sítio da cirurgia. Resultados: Foram selecionados 44 resumos e acessados 29 textos na íntegra. O "Journal of the American Geriatric Society" foi o periódico com mais publicações e os Estados Unidos com mais estudos. A categoria médica publicou 75,0%; 79,3% dos estudos são descritivos; 69% das cirurgias foram no quadril e 27,6% das pesquisas utilizaram apenas um instrumento de avaliação. Das dimensões avaliadas destacam-se: funcional com 43,6% e mental com 30,8%. Considerações finais: A dimensão funcional foi a mais investigada e a social não foi contemplada. Apesar das publicações estarem aumentando nos últimos anos, faz-se necessário que os serviços de saúde especializados incorporem o paradigma da avaliação funcional da saúde do idoso.

Illnesses from muscles and skeleton, constitute the cause of functional damage of elderly. Nevertheless they are not inevitable consequences of age and they should be approached as specific illnesses rather then being regarded as result of aging. All aspects of health must be accounted for the measurement of the elderly health (Full Geriatric Assessment). Objective: To review the scientific publication dealing with the functional condition of elderly after subjected to orthopedic surgery. Material and Method: Bibliographic research on articles as per listing in the following databases www.bireme.br, www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed, www.scopus.com and www.embase.com covering a period from 1996 to 2006. It has been adopted the terminology as per Science of Health (DeCs/Birene) and at Medical Subject Headings (MeSH/PubMed) that identified the key-words: elderly, daily activity, orthopedic surgery or orthopedic procedures, post-surgery and rehabilitation. The search was carried out on April 2006 and the inclusion criterion was that the test subjects should be older than 60 and subjected to any orthopedic surgery procedure. The references meeting this criterion were listed and analyzed in EpiInfo version 3.3.2. The variables were: title, year and country of publication, professional categories of the authors, country of origin of the study, objective of the research, number of assessment tools, types of assessment tools, site of the surgery, full report available on line. Results: 44 abstracts have been selected among of which 29 were available as full reports. The Journal of the American Geriatric Society was the one that has published the largest number of articles dealing with this issue and the US was the country that has issued the greatest number of publication. 75% of the articles fitted within medical category, 79.3% of the studies are descriptive, 69% of the surgeries were on the hips and 27.6% of the searches employed only one assessment tool. Among the dimensions that have been evaluated 43.6% dealt with functional status while 30.8% were about mental status. Final Notes: The functional dimension was the most investigated while the social dimension was not contemplated. Although the number of publication is increasing in the last years, it?s necessary that health service starts to incorporate the new paradigm of functional evaluation of the elderly health.
Descritores: Ortopedia
Saúde do Idoso
Procedimentos Ortopédicos/instrumentação
-Atividades Cotidianas
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 102 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde