Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.169.063.500.083.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 32 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 32 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1249858
Autor: Silva, Stephanie Bruna Carlos Azevedo; Hruschka, Anna Carolina Corrêa Bicca; Moraes, Andrea Gomes; Leal, Josevan Cerqueira; Silva, Marianne Lucena da; Paz, Leonardo Petrus da Silva.
Título: Effectiveness of hippotherapy and therapeutic horseback riding on balance in hemiparetic patients after stroke / Efetividade da hipoterapia e da equoterapia terapêutica no equilíbrio de pacientes hemiparéticos pós-acidente vascular cerebral
Fonte: Fisioter. Mov. (Online);34:e34201, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Stroke is one of the leading causes of disability and death worldwide. Individuals who suffered stroke present numerous functional limitations. Hippo-therapy (HPOT) is proposed as capable of promoting the recovery of postural balance in patients with neurological impairment. Objective: To analyze published articles, seeking the effects of HPOT on changes in postural balance, through the Berg Balance Scale (BBS), in individuals with stroke. Methods: We conducted a systematic review and meta-analysis of studies published on the electronic databases PubMed, VHL, SCIELO, Cochrane, SCOPUS, WoS, and Cinahl. Keywords: "hippotherapy", "horseback riding" and "stroke" linked by the OR and AND boolean operators. The research was restricted to clinical trials in an adult population with a history of stroke. Results: Four articles were included in this meta-analysis, which used HPOT as an intervention to improve postural balance. Three studies used a mechanical device (horseback riding), and the horse. The age ranged from 61 to 71 years, being more predominant the male sex. Sessions ranged from 6 to 12 weeks of 20 to 30 minutes per session. Quality analysis using the PEDro scale demonstrated scores ranging from 6 to 8 points in the selected studies. Overall, treatment with mechanical and conventional therapy resulted in an improvement in the total BBS score. As compared with conventional therapy just studies with horseback riding was superior to conventional therapy to improve postural balance in hemiparetic stroke patients. Conclusion: There are few studies of high quality; then, it is not possible to evaluate the effectiveness of HPOT using a horse or a mechanic simulator in patients with stroke when compared with conventional therapy. Future studies could clarify if HPOT has potential benefits as a complementary therapeutic strategy to conventional physiotherapy to promote the improvement of postural balance after stroke.

Resumo Introdução: O acidente vascular encefálico (AVE) é uma das principais causas de incapacidade e morte em todo o mundo. Existem diferentes prospostas terapêuticas para melhorar o equilíbrio postural de hemiparéticos após AVE, mas a efetividade de técnicas como a hipoterapia ainda está por ser esclarecida. Objetivo: Avaliar através da Escala de Equilíbrio de Berg (EEB) a efetividade da hipoterapia para melhorar o equilíbrio postural em pacientes hemiparéticos após acidente vascular encefálico em comparação à terapia convencional Métodos: Uma revisão sistemática foi conduzida com buscas nas bases de dados eletrônicas PubMed, BVS, SCIELO, Cochrane, SCOPUS, WoS e Cinahl. Palavras-chave: "hippotherapy", "horseback riding" e "stroke" ligadas pelos operadores booleanos OR e AND. A pesquisa foi restrita a ensaios clínicos numa população adulta com histórico de AVE. Resultados: Após a análise dos estudos, foram incluídos nessa metanálise quatro artigos que utilizaram a hipoterapia como intervenção para melhora do controle postural e equilíbrio postural. Três artigos utilizaram hipoterapia com simulador mecânico e um estudo realizou com cavalos. O grupo de comparação foi a fisioterapia convencional. A idade variou de 61 a 71 anos, sendo mais predominante o sexo masculino. As sessões, com duração de 20 a 30 minutos, variaram entre 6 e 12 semanas. A análise de viés dos estudos com a escala PEDro revelou pontuações de 6 a 8 pontos. O resultado de três dos quatro ensaios clínicos sugere que o simulador mecânico e convencional resultou em melhora estatisticamente significativa do escore total da EEB. Conclusão: Uma vez que há poucos estudos de alta qualidade, não é possível estabelecer a efetividade da hipoterapia utilizando cavalos ou simulador mecânico para promover a melhoria no equilíbrio postural em pacientes sobreviventes após AVE quando comparada ao tratamento convencional. Estudos futuros podem esclarecer se a hipoterapia pode ser considerada um tratamento complementar para melhoria do equilíbrio postural após AVE.
Descritores: Acidente Vascular Cerebral
Equilíbrio Postural
Terapia Assistida por Cavalos
-Especialidade de Fisioterapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR495.1 - Biblioteca Central


  2 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1283123
Autor: Silva, Márcia Bianca Ferreira; Santos, Thialy Miranda Silva; Costa Junior, Valdemy Novaes; De Barros, Roberto Moreno; Cordeiro, André Luiz Lisboa.
Título: Equoterapia sobre o desempenho funcional em crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática / Equotherapy on functional performance in children with cerebral paralysis: a systematic review
Fonte: Fisioter. Bras;21(3):314-321, Ago 31, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A paralisia cerebral (PC) é uma condição permanente causada por uma lesão encefálica estática, multifatorial e não progressiva dos movimentos e postura. A equoterapia aparece como método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo para melhoria do desenvolvimento de pessoas portadoras de necessidades especiais. Objetivos: Revisar sistematicamente os efeitos da equoterapia sobre o desempenho funcional em crianças com paralisia cerebral. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática revisada por dois revisores independentes, conforme recomendações PRISMA, nas bases de dados PubMed e Biblioteca Cochrane. Incluídos estudos originais que utilizaram a equoterapia em pacientes com paralisia cerebral publicados em português e na língua inglesa. A Escala PEDro foi utilizada para analisar a qualidade metodológica dos estudos e a Cochrane Collaboration para análise de risco de viés. Resultados: Foram incluídos cinco artigos, publicados entre os anos 2012 e 2019. Todos estudos evidenciaram resultados satisfatórios em pacientes com paralisia cerebral após o tratamento com a equoterapia, melhorando a marcha, o equilíbrio, o tônus, a simetria e a qualidade de vida independente se ela foi associada a outro método. Conclusão: A equoterapia é uma modalidade terapêutica eficaz no tratamento das crianças com paralisia cerebral, melhorando os déficits motores e neurológicos, além da espasticidade muscular. (AU)

Introduction: Cerebral palsy (CP) is a permanent condition caused by a static, multifactorial and non-progressive brain injury of the movements and posture. Equine therapy is a therapeutic and educational method that uses horse to improve the development of people with special needs. Methods: This is a systematic review reviewed by two independent reviewers, according to PRISMA recommendations, in the PubMed and Cochrane Library databases. Including original studies that used equine therapy in patients with cerebral palsy published in Portuguese and in the English language. The PEDro Scale was used to analyze the methodological quality of the studies and the Cochrane Collaboration for bias risk analysis. Results: Five articles published between the years 2012 and 2019 were included. All studies showed satisfactory results in patients with cerebral palsy after treatment with equine therapy, improving gait, balance, tone, symmetry and quality of life whether it was associated with another method. Conclusion: Equine therapy is an effective therapeutic modality in the treatment of children with cerebral palsy, improving motor and neurological deficits, as well as muscle spasticity, favors balance, postural control, reduction of joint deformities and gross motor function. (AU)
Descritores: Paralisia Cerebral
Criança
Terapia Assistida por Cavalos
Desempenho Físico Funcional
-Equilíbrio Postural
Tono Muscular
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  3 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1282564
Autor: Freire, Victor Hugo de Jesus; Cardoso, Náthila Lorrana Silva; Ramos, Layane Andressa Martins; Da Silva, Jaqueline Pinheiro; Soeiro, Ana Cristina Vidigal.
Título: A equoterapia como recurso fisioterapêutico junto a indivíduos com diagnóstico de paralisia cerebral / Equine-assisted therapy as a physiotherapy research next to individuals with diagnosis of cerebral paralysis
Fonte: Fisioter. Bras;21(1):23-30, mar 8, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A equoterapia é um método terapêutico utilizado na reabilitação e educação de pessoas com necessidades especiais e/ou portadoras de deficiência, caracterizado pelo uso do cavalo e por uma abordagem multidisciplinar, voltada ao desenvolvimento biopsicossocial do indivíduo. Objetivo: Compreender as repercussões biopsicossociais da equoterapia na reabilitação de indivíduos diagnosticados com paralisia cerebral, tomando como eixo de análise os ganhos físicos, sociais e psicológicos. Métodos: Estudo exploratório, observacional e descritivo, com delineamento quanti-qualitativo, realizado no Centro Interdisciplinar de Equoterapia (CIEQ-PA), em Belém/PA, mediante a aplicação de questionários com 10 responsáveis/acompanhantes, 6 profissionais da equipe multiprofissional e 1 fisioterapeuta. Os dados foram analisados com estatística descritiva simples e através da organização das respostas por categorias empíricas. Resultados: A pesquisa revelou que a equoterapia trouxe benefícios físicos, psicológicos e sociais às pessoas com diagnóstico de PC, com destaque para a melhora da postura e equilíbrio, bem como das interações sociais, o que reflete sua importância como uma estratégia para potencializar a inclusão social desses indivíduos. Conclusão: Os achados demonstram que se trata de uma modalidade terapêutica transversal e um campo de atuação da fisioterapia com impactos positivos na reabilitação biopsicossocial e no desenvolvimento global dos indivíduos. (AU)

Introduction: Equine therapy is a therapeutic method for the rehabilitation and education of people with special needs and/or disabled, using the horse in a multidisciplinary approach, focused on the biopsychosocial development of the individual. Aim: To understand the biopsychosocial repercussions of equine therapy in the rehabilitation of individuals diagnosed with cerebral palsy, taking physical, social and psychological gains as their axis of analysis. Methods: An exploratory, observational and descriptive study was carried out with a quantitative-qualitative design, held at the Interdisciplinary Center for Equine Therapy (CIEQ-PA), in Belém/Pará, through the application of questionnaires with 10 responsible/accompanying persons, 6 professionals from the multiprofessional team and 1 physiotherapist. The data were analyzed using simple descriptive statistics and by organizing the answers by empirical categories. Results: The research revealed that equine therapy is an important therapeutic strategy that brings physical, psychological and social benefits to PC patients, with emphasis on improved posture and balance, as well as social interactions, which reflects its importance as a strategy for enhancing social inclusion of these individuals. Conclusion: The findings demonstrate that this is a cross-sectional therapeutic modality and a field of physical therapy with positive impacts on biopsychosocial rehabilitation and overall development of individuals. (AU)
Descritores: Paralisia Cerebral
Terapia Assistida por Cavalos
-Reabilitação
Modalidades de Fisioterapia
Pessoas com Deficiência
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  4 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1281744
Autor: Ribeiro, Fernando de Oliveira; Pimentel, Gabriela Cunha; Moraes, Nandra Oneide Pantoja; Blois, Luana Valéria dos Santos.
Título: Os efeitos da equoterapia em crianças com autismo / The effects of equine therapy in children with autism
Fonte: Fisioter. Bras;20(5):684-691, Outubro 24, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A equoterapia é uma das alternativas para melhor atender as especificidades das crianças com transtorno espectro autistas, no intuito de contribuir em seu desenvolvimento global. Objetivo: Analisar os efeitos de intervenções terapêuticas baseadas na equoterapia para o desenvolvimento de crianças com autismo. Métodos: A metodologia deste estudo foi pautada na revisão bibliográfica, de caráter descritivo, a fim de compreender os efeitos da equoterapia no desenvolvimento da criança autista. Foi realizado levantamento de artigos científicos publicados entre 2016 e 2018, com busca nas bases de dados Scielo, Pubmed, PEDro e Lilacs. Resultados: Os resultados desta pesquisa apontam que a equoterapia propicia inúmeros efeitos benéficos para crianças autistas no que se refere à motricidade e aos aspectos cognitivos e psicológicos, visto que as atividades propostas pela terapia com cavalos geram benefícios ao equilíbrio, concentração e postura. Conclusão: Considerando os efeitos benéficos que a equoterapia gera no desenvolvimento global da criança autista, é imprescindível que profissionais como os fisioterapeutas busquem mais informações sobre a referida terapia, atuando com práticas interventivas eficazes dentro do contexto da fisioterapia em neuropediatria e mediadores no processo de construção para melhor qualidade de vida em indivíduos autistas por meio das terapias complementares com cavalos. (AU)

Introduction: Equine therapy is one of the alternatives to better meet the specificities of children with autism spectrum disorder, in order to contribute to their overall development. Objective: To analyze the effects of therapeutic interventions based on equine therapy for the development of children with autism. Methods: The methodology of this study was based on a descriptive literature review to understand the effects of equine therapy on the development of autistic children. A survey of articles published between 2016 and 2018 was carried out, in the databases Scielo, Pubmed, PEDro and Lilacs. Results: The results indicate that equine therapy offers innumerable beneficial effects for autistic children about motor, cognitive and psychological aspects, since the activities proposed by horse therapy generate benefits to balance, concentration and posture. Conclusion: Considering the beneficial effects of equine therapy on the overall development of autistic children, it is essential that professionals such as physiotherapists seek more information on this therapy, acting with effective intervention practices within the context of physiotherapy in neuropediatrics and mediators in the construction process for better quality of life in autistic individuals through complementary therapies with horses. (AU)
Descritores: Transtorno Autístico
Usos Terapêuticos
Terapia Assistida por Cavalos
-Qualidade de Vida
Criança
Modalidades de Fisioterapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  5 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134068
Autor: Pereira, Ester Liberato; Bataglion, Giandra Anceski; Mazo, Janice Zarpellon.
Título: Equoterapia, saúde e esporte: figurações da prática no Rio Grande do Sul, 1970-2000 / Equine-assisted therapy, health and sports: figurations of the practice in the state of Rio Grande do Sul, 1970-2000
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;27(3):879-897, set. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Com base nos pressupostos teóricos de Norbert Elias, objetivou-se compreender as figurações da equoterapia no Rio Grande do Sul no período demarcado entre 1970 e 2000. Para tanto, o corpus documental da pesquisa foi composto por documentos oficiais, jornais e revistas. A partir do conceito de figuração, a documentação analisada evidenciou elementos técnico-científicos, acoplados às áreas da saúde, educação e equitação, provenientes do hipismo e compartilhados na prática da equoterapia. As inter-relações estabelecidas entre essas áreas possibilitaram que tal prática congregasse atributos e representações emanadas do cenário hípico. Assim, constituíram-se outras figurações no campo da equoterapia, envolvendo relações entre entidades que congregavam militares e civis.

Abstract Based on the theoretical assumptions of Norbert Elias, we sought to understand the figurations of equine-assisted therapy in Rio Grande do Sul from 1970 to 2000. To this end, the research corpus consisted of official documents, newspapers and magazines. Based on the concept of figuration, the documentation analyzed demonstrated technical-scientific elements linked to the fields of healthcare, education and horseback riding, coming from equestrianism and shared in the practice of equine-assisted therapy. The interrelations established between these different areas allowed the practice to take on attributes and representations emanating from the equestrian world. Thus, other figurations were developed in the field of equine-assisted therapy involving relationships between military and civil entities.
Descritores: Terapia Assistida por Cavalos/história
-Brasil
Historiografia
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-994734
Autor: Lopes, Josiane; Prieto, Alessandra Vidal; Santos, Janaína Araújo Teixeira; Smaili, Suhaila Mahmoud; Gutierres Filho, Paulo José Barbosa.
Título: Efetividade da equoterapia na marcha de crianças com paralisia cerebral: revisão sistemática de ensaios clínicos / Effectiveness of equine assisted therapy in gait of children with cerebral palsy: systemactic review of clinical trials
Fonte: Rev. bras. neurol;55(1):25-34, jan.-mar. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A marcha das crianças com paralisia cerebral (PC) tem sido alvo de intervenções conservadoras como a Equoterapia. Entretanto, seus efeitos têm sido pouco sistematizados na literatura. Objetivo: Analisar a evidência da efetividade da Equoterapia na marcha de crianças com PC comparada às terapias conservadoras não invasivas de ensaios clínicos. Método: Trata-se de uma revisão sistemática com busca nas bases de dados Cinahl, Cochrane, Embase, Google Scholar, Lilacs, Lisa (ProQuest), PEDro, PsycINFO (APA), Pubmed e Scopus, sem fltros. Foram incluídos ensaios clínicos que compararam Equoterapia e terapias convencionais (terapias conservadoras não invasivas) versus terapias convencionais, que avaliaram parâmetros da marcha em crianças com diagnóstico de PC com idade ≤ 12 anos. Os estudos foram avaliados quanto à qualidade metodológica pela escala Physiotherapy Evidence Database Scale. Resultados: Dentre os 668 estudos identificados, seis ensaios clínicos foram selecionados. Destes, a amostra total foi de 283 crianças, sendo 151 crianças alocadas no grupo experimental (GE) (hipoterapia + terapia convencional) e 132 crianças, no grupo controle (GC) (terapia convencional). Quatro estudos apresentaram elevada qualidade metodológica e dois estudos, baixa qualidade. Em relação à melhora dos parâmetros da marcha, GE e GC melhoraram, no entanto o GE apresentou significante melhora na análise da dimensão e (andar-pular-correr) da medida da função motora grossa, redução da assimetria muscular durante a deambulação e aumento da velocidade da marcha. Conclusão: A revisão sistemática sugere que o tratamento com associação de hipoterapia e terapia convencional promove melhora da marcha de crianças com PC.

Gait in cerebral palsy (CP) has been the target of conservative interventions as hippotherapy. However, the effects of this therapy on the promotion and functional adaptation of gait have been little systematized in the literature. Objective: To analyze the evidence of the effectiveness of hippotherapy in the gait of children with CP comparing to noninvasive conservative therapies of clinical trials. Methods: A systematic review of clinical trials was performed with search indatabases Cinahl, Cochrane, Embase, Google Scholar, Lilacs, Lisa (ProQuest), PEDro, PsycINFO (APA), Pubmed and Scopus), with no flters. It was included clinical trials comparing hippotherapy plus conventional therapy (non-invasive conservative therapies) versus conventional therapy that assessed gait parameters in children with CP diagnosis and age ≤ 12 years old. The studies were examined as methodological quality by the Physiotherapy Evidence Database Scale. Results: Of the 668 studies identifed, six trials were selected. Of these, the total sample consisted of 283 children (151 children were allocated to the experimental group (hippotherapy) and 132 children, in the control group (conventional therapies). Four studies presented high methodological quality and two studies, low quality. Regarding the improvement of gait parameters, experimental group and control group improved, however, the experimental group presented signifcant improvement in the analysis of the E dimension (walk-jump-run) of the gross motor function measure instrument, reduction of muscular asymmetry during walking and increase in walking speed. Conclusion: The systematic review, suggests that the treatment with association of hippotherapy and conventional therapy promotes improvement of gait of children with CP.
Descritores: Paralisia Cerebral/diagnóstico
Paralisia Cerebral/reabilitação
Terapia Assistida por Cavalos/métodos
Marcha/fisiologia
-Ensaios Clínicos como Assunto
Amplitude de Movimento Articular
Resultado do Tratamento
Equilíbrio Postural
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  7 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-988312
Autor: Montealegre Suárez, Diana Paola.
Título: Efectos de la hipoterapia en niños con lesión del sistema nervioso central: estudio de casos / Effects of hippotherapy in children with central nervous system injury: study of cases
Fonte: Rev. pediatr. electrón;15(1):12-20, abr. 2018. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción la hipoterapia está constituida como coadyuvante en los procesos de intervención fisioterapéutica, definida como un procedimiento alternativo de tratamiento utilizado por los especialistas dedicados a la atención al niño en condición de discapacidad. Objetivo: Determinar los efectos de la técnica de hipoterapia en los niños con lesión del sistema nervioso central. Pacientes y Métodos: Se realizó un estudio de casos de tipo descriptivo con cuatro niños con lesión del Sistema Nervioso Central. Se valoraron antes y después de la aplicación de la hipoterapia con el fin de establecer los efectos de la técnica. Resultados y conclusiones: se encontró una influencia positiva de la hipoterapia en la movilidad articular, flexibilidad, aptitud postural y reacciones de equilibrio de los participantes.

Introduction: Hippotherapy is constituted as an adjuvant in the processes of physiotherapeutic intervention, defined as an alternative treatment procedure used by specialists dedicated to the care of children with disabilities. Objective: To determine the effects of the hippotherapy technique in children with central nervous system injury. Patients and methods: A descriptive case study was conducted with four children with Central Nervous System injury. They were assessed before and after the application of hippotherapy in order to establish the effects of the technique. Results and conclusions: a positive influence of hippotherapy on joint mobility, flexibility, postural aptitude and equilibrium reactions was found.
Descritores: Doenças do Sistema Nervoso Central/reabilitação
Terapia Assistida por Cavalos/métodos
Hidroterapia/métodos
-Especialidade de Fisioterapia/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Responsável: CL126.3 - Biblioteca Campus Oriente Peñalolén


  8 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1050750
Autor: Sônego, Gabriela Leite; Cavalante, Juliana Vechetti Mantovani; Sousa, Lyana Carvalho e; Quaggio, Cristina Maria da Paz.
Título: Contribuições da equoterapia ao desenvolvimento de crianças com deficiências: um enfoque interdisciplinar / Contributions of equotherapy to the development of disabled children: an interdisciplinary approach
Fonte: Rev. Salusvita (Online);37(3):653-670, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a prática da Equoterapia vem ganhando grandes evidências, apesar de ainda não ser muito reconhecida e estudada. Por essa razão, é importante ressaltar a importância da Equoterapia no tratamento de crianças com deficiências. Objetivo: avaliar os benefícios que a Equoterapia proporciona para as crianças com deficiências de 02 a 11 anos. Método: trata-se de um estudo de caráter exploratório- descritivo realizado com os praticantes da Equoterapia, com seus familiares e/ou cuidadores e com os equoterapeutas da equipe. Nesta pesquisa foram propostos três questionários: o primeiro foi aplicado para avaliar o perfil de cada praticante; o segundo para avaliar quais são os benefícios que as sessões de Equoterapia trazem a partir da visão dos familiares e/ou cuidadores; e o terceiro para avaliar a importância da relação da atuação interdisciplinar com esta clientela. Resultados: os questionários foram aplicados em 16 (62%) crianças, de ambos os sexos, na faixa etária entre 5 a 6 anos de idade (56%), com maior incidência de casos patológicos do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Foram avaliados também 26 familiares, cuja maioria é mães (77%), casadas, entre 35 a 38 anos (35%) de idade. Além dos familiares, a equipe também foi avaliada, totalizando três profissionais, sendo eles Fisioterapeuta, Psicóloga e Fonoaudióloga. Conclusão: foram notórios os benefícios que a Equoterapia traz para os praticantes envolvidos na pesquisa, todos os praticantes relataram melhora no quadro dos praticantes.

Introduction: the practice of equoterapy has been gaining great evidence, although it is not yet widely recognized and studied. For this reason, it is important to emphasize the importance of equoterapy in the treatment of children with disabilities. Objective: to evaluate the benefits that Equine therapy provides for children with disabilities from 2 to 11 years of age. Method: this is a qualitative study, with quantitative and exploratory-descriptive aspects, carried out with the practitioners of Equoterapy, with their family members and /or caregivers and with the equo-therapists of the team. In this present research, three questionnaires were proposed: the first one will be applied to evaluate the profile of each practitioner; the second in order to evaluate the benefits of Equoterapy sessions under the view of family members and / or caregivers; and the third to evaluate the importance of the relationship of interdisciplinary action with this clientele. Results: the questionnaires were applied in 16 (62%) children of both genders, aged between 5 and 6 years of age (56%), with a higher incidence of pathological cases of Autistic Spectrum Disorder (ASD). Twenty-six family members were also evaluated, the majority of them are mothers (77%), married, between 35 and 38 years (35%) of age. In addition to the family members, the team was also evaluated, totaling 3 professionals, being: Physiotherapist, Psychologist and Speech Therapist. Conclusion: the benefits that Equoterapy brings to practitioners are notorious, and all practitioners reported an improvement in their practice.
Descritores: Terapia Assistida por Cavalos
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Estudo Comparativo
Responsável: BR36.1 - Biblioteca


  9 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1122391
Autor: Proença, Maria Fernanda Rocha; Santos Filho, Clóvis Monteiro dos; Nery, Matheus Rocha; Lima, Lucas Monteiro; Bastos, Amilton Lopes; Moraes Filho, Iel Marciano de.
Título: Benefícios da Equoterapia no Desenvolvimento motor da criança com Síndrome de Down / Benefits of hippotherapy on motor development of children with Down Syndrome / Beneficios de la hipoterapia en el desarrollo motor de niños con síndrome de Down
Fonte: REVISA (Online);9(3):357-361, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: A Síndrome de Down (SD) é uma condição genética causada pela trissomia do cromossomo 21 e que leva a uma distribuição cromossômica inadequada durante a fase de meiose. Cada célula do indivíduo normal possui 46 cromossomos, estes estão divididos em 23 pares; no portador da SD, o par de números 21 possui um cromossomo a mais, resultando em 47 cromossomos.
Descritores: Pediatria
Síndrome de Down
Terapia Assistida por Cavalos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2040.1 - Biblioteca Central


  10 / 32 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-615090
Autor: Pérez Guerrero, María Cristina; Pérez Álvarez, Luis.
Título: Labor del profesional de enfermería en la equinoterapia como condición esencial para la atención integral al discapacitado / Task of nursing professional in the echinotherapy as an essential condition for integral care of the disabled
Fonte: Rev. cuba. enferm;27(4):351-363, sep.-dic. 2011.
Idioma: es.
Resumo: La discapacidad constituye un problema que afecta a un sector creciente de la población. Es imprescindible el desarrollo de métodos alternativos de atención factibles de emplear en las regiones económicamente menos favorecidas del planeta, entre ellos, la equinoterapia, que ha sido considerada por diversos estudios como una técnica eficiente para el desarrollo de habilidades en las personas con discapacidad. Intensos debates promueve el argumento de si existe o no suficiente evidencia científica sobre su valor de uso. Se aportan argumentos sobre su utilidad a partir del resultado del análisis crítico de la información disponible sobre el tema en la bibliografía consultada. Se demuestra que en todas las etapas del desarrollo de las Ciencias Médicas, han sido reconocidos sus beneficios. Los profesionales de la enfermería deben conocer las características de esta técnica y están llamados a desempeñar una importante labor como parte del equipo interdisciplinario que labora en los centros de equinoterapia(AU)

Disability is a problem involving a increased sector of population. It is necessary the development of alternating care methods feasible to use in regions economically less favored of planet including the echinotherapy which has being considered, by different studies, as an effective technique for development of abilities in disabled persons. There are intensive debates promoting the hypothesis of if there is or not enough scientific evidence on it value use. Arguments on its usefulness are provided from the critical analysis result of information available on this subject in the consulted bibliography. It is shown that in all the stags of Medical Sciences development, its benefits have been recognized. Nursing professionals must to know the features of this technique and to perform a significant task as part of an interdisciplinary staff working in Echinotherapy centers(AU)
Descritores: Cuidados de Enfermagem/métodos
Pessoas com Deficiência/reabilitação
Terapia Assistida por Cavalos/métodos
-Literatura de Revisão como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde