Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.190 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1486 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 149 ir para página                         

  1 / 1486 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-770040
Autor: Tanaka, Lilian Maria Sobreira; Salluh, Jorge Ibrain Figueira; Dal-Pizzol, Felipe; Barreto, Bruna Brandão; Zantieff, Ricardo; Tobar, Eduardo; Esquinas, Antonio; Quarantini, Lucas de Castro; Gusmao-Flores, Dimitri.
Título: Delirium em pacientes na unidade de terapia intensiva submetidos à ventilação não invasiva: um inquérito multinacional / Delirium in intensive care unit patients under noninvasive ventilation: a multinational survey
Fonte: Rev. bras. ter. intensiva;27(4):360-368, out.-dez. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: RESUMO Objetivos: Conduzir um inquérito multinacional com profissionais de unidades de terapia intensiva para determinar as práticas relacionadas à avaliação e ao manejo do delirium, bem como as percepções e as atitudes relacionadas à avaliação e ao impacto do delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Métodos: Foi elaborado um questionário eletrônico para avaliar o perfil dos respondedores e das unidades de terapia intensiva a eles relacionadas; a realização de avaliação sistemática e a forma de manejo do delirium; e as percepções e condutas dos profissionais com relação à presença de delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. O questionário foi distribuído por meio da mala direta de correio eletrônico da rede de cooperação em pesquisa clínica da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB-Net) e para pesquisadores em diferentes centros da América Latina e Europa. Resultados: Foram analisados 436 questionários que, em sua maioria, eram provenientes do Brasil (61,9%), seguidos por Turquia (8,7%) e Itália (4,8%). Aproximadamente 61% dos respondedores relataram não proceder à avaliação de delirium na unidade de terapia intensiva, enquanto 31% a realizavam em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit foi a ferramenta diagnóstica validada mais frequentemente citada (66,9%). Com relação à indicação de ventilação não invasiva para pacientes em delirium, 16,3% dos respondedores nunca permitiam o uso de ventilação não invasiva neste contexto clínico. Conclusão: Este inquérito fornece dados que enfatizam a escassez de esforços direcionados à avaliação e ao manejo do delirium no ambiente da terapia intensiva, em especial nos pacientes submetidos à ventilação não invasiva.

ABSTRACT Objective: To conduct a multinational survey of intensive care unit professionals to determine the practices on delirium assessment and management, in addition to their perceptions and attitudes toward the evaluation and impact of delirium in patients requiring noninvasive ventilation. Methods: An electronic questionnaire was created to evaluate the profiles of the respondents and their related intensive care units, the systematic delirium assessment and management and the respondents' perceptions and attitudes regarding delirium in patients requiring noninvasive ventilation. The questionnaire was distributed to the cooperative network for research of the Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB-Net) mailing list and to researchers in different centers in Latin America and Europe. Results: Four hundred thirty-six questionnaires were available for analysis; the majority of the questionnaires were from Brazil (61.9%), followed by Turkey (8.7%) and Italy (4.8%). Approximately 61% of the respondents reported no delirium assessment in the intensive care unit, and 31% evaluated delirium in patients under noninvasive ventilation. The Confusion Assessment Method for the intensive care unit was the most reported validated diagnostic tool (66.9%). Concerning the indication of noninvasive ventilation in patients already presenting with delirium, 16.3% of respondents never allow the use of noninvasive ventilation in this clinical context. Conclusion: This survey provides data that strongly reemphasizes poor efforts toward delirium assessment and management in the intensive care unit setting, especially regarding patients requiring noninvasive ventilation.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Delírio/terapia
Ventilação não Invasiva
Unidades de Terapia Intensiva
-Pesquisas sobre Serviços de Saúde
Cuidados Críticos
Delírio/diagnóstico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1102340
Autor: Hadi, Hafiza Abdon Musser.
Título: Crenças dos enfermeiros de unidades diagnósticas sobre o atendimento à parada cardiorrespiratória / Nurses' beliefs on managing cardiopulmonary arrest in the diagnosis unit.
Fonte: São Paulo; s.n; 2008. 92 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo, de cunho qualitativo, objetivou verificar as estruturas de atendimento à parada cardiorrespiratória e identificar as crenças pessoais e normativas dos enfermeiros que atuam em unidades diagnósticas, utilizando como referencial teórico a Teoria da Ação Racional (Theory of Reasoned Action - TRA). Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas, junto a dezesseis enfermeiros de unidades diagnósticas de três hospitais privados e um público da cidade de São Paulo. Os dados foram submetidos à técnica de análise de conteúdo, que possibilitou evidenciar crenças positivas e negativas agrupadas em duas Unidades Temáticas Centrais, estabelecidas \"a priori\", dentro dos pressupostos da TRA: Crenças de Atitude e Crenças Normativas. A análise das entrevistas evidenciou que entre as Crenças de Atitude, destacaram-se as crenças afetivas negativas em relação à execução do comportamento. Na unidade Crenças Normativas, foram evidenciados os referentes sociais positivos para a execução do comportamento: grupo de parada, equipe de enfermagem, médico do grupo de parada, médico anestesista, bem como os fatores estimuladores do comportamento: conhecimento e preparo dos médicos, treinamentos freqüentes, equipamentos disponíveis, atrelar o \"bip\" dos enfermeiros ao do grupo de parada; como referentes sociais que desestimulam o comportamento: equipe médica e de enfermagem, e, como fatores que desestimulam: planta física, déficit de conhecimento dos médicos eequipe de enfermagem e recursos humanos deficitários. Concluiu-se que é imprescindível que os programas educacionais sejam elaborados a partir de fatores que motivem, possibilitem e reforcem o enfermeiro a adotar determinado comportamento, tornando este profissional capaz de participar dos processos decisórios que envolvem o cuidado do paciente crítico, junto aos seus pares, de forma igualitária, tornando o ) atendimento seguro e eficaz ao paciente.

This study, on a qualitative stamp, aimed at verifying the structures of managing cardiopulmonary arrest (CPA) and identifying the personal and normative beliefs of nurses working in diagnosis units, using the Theory of Reasoned Action - (TRA) as a theoretical framework. The data were obtained through semi-structured interviews from sixteen diagnosis unit nurses of four hospitals (three private and one public) in Sao Paulo city. The data were submitted to a content analysis technique, attesting negative and positive beliefs which were grouped into two Central Thematical Units established beforehand within the estimated TRA: Attitude and Normative Beliefs. The analysis of the interviews proved that among the Attitude Beliefs, the negative affective beliefs stood out as far as the behavior performance is concerned. In the Normative Belief Units, when analyzed the behavior performances, the following positive social referents were evidenced: (CPA) group, nursing team, (CPA) group physician, anesthesia physician, as well as the behavior\'s stimulating factors: the physicians\' knowledge and skill, frequent training, equipment available, attaching the nurses\' bippers to the (CPA) group; as social referents which discourage the behavior: medical and nursing team, and as discouraging factors: hospital facility area, physicians\' lack of knowledge and deficitary nursing team and human resources. As a conclusion, it is observed that the educational programs mustbe developed from factors which motivate, allow and reinforce the nurse to take a certain procedure, making this professional capable of participating on the decisive processes that involve the care for critical patients, together with his/her peers in a equalitarian way, making this care safe and effective to the patient.
Descritores: Cuidados Críticos
Parada Cardíaca
Enfermeiras e Enfermeiros
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  3 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964145
Autor: Silveira, Laura Menezes; Silva, Silvana Costa; Hipólito, Maíza Cláudia Vilela; Godoy, Simone de; Stabille, Angelita Maria.
Título: Acurácia e confiabilidade na medida da glicemia em pacientes críticos adultos: revisão integrativa / Accuracy and reliability in glycemia monitoring in adult critically ill patients: an integrative review
Fonte: Rev. eletrônica enferm;20:1-18, 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A mensuração fidedigna da glicemia no paciente crítico é essencial para a assistência segura. Vieses na medição podem resultar na obtenção de valores imprecisos, levando a equipe a interpretar equivocadamente os resultados, modificando erroneamente as condutas terapêuticas. Neste estudo, objetivou-se buscar na literatura a produção existente sobre os fatores relacionados a acurácia e a confiabilidade das medidas de glicemia de pacientes assistidos em UTI, por meio de busca nas bases de dados Cinahl, Pubmed, Web of Science, Scopus e Biblioteca Virtual em Saúde. As evidências de 18 artigos que versavam sobre a acurácia e a confiabilidade da verificação da glicemia, mostraram aspectos como: método de mensuração, tipo de amostra, características do paciente crítico e manuseio do aparelho. A equipe deve ponderar sobre as vantagens e limitações de cada método considerando a sua realidade e a segurança do paciente.

Reliable glycemia monitoring in critically ill patients is essential to safe care. Biases in measurements may result in imprecise values, causing healthcare teams to interpret results mistakenly and change therapeutic conducts toward improper directions. The aim of the present study was to search for the scientific production about factors related to accuracy and reliability of glycemia monitoring in patients admitted to intensive care units by consulting the CINAHL, PubMed, Web of Science, Scopus and Virtual Health Library databases. Evidence from 18 papers that addressed accuracy and reliability in glycemia monitoring revealed aspects such as measurement method, sample type, characteristics of critically patients and equipment handling. Healthcare teams should consider the advantages and drawbacks of each method, taking into account their care realities and patient safety.
Descritores: Glicemia
Cuidados Críticos
Confiabilidade dos Dados
Testes Imediatos
Unidades de Terapia Intensiva
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1854.9 - Faculdade de Enfermagem


  4 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-875682
Autor: Cavallo, Edith; Ulloa, Ana Cristina; Cometto, María Cristina; Gómez, Patricia.
Título: Sistematizacion de la experiencia de la Red de Enfermería en cuidados críticos y su vinculacion interredes. Argentina / Systematization of the experience of the Nursing Network in critical care and its interredes linkage. Argentina / Sistematização da experiência da Rede de Enfermagem em cuidados intensivos e sua ligação entre redes
Fonte: Rev. urug. enferm;12(2):23-34, nov. 2017.
Idioma: es.
Resumo: La sistematización permite el devenir permanente de pensar, reconstruir e innovar la práctica de la enfermería. La Red de Enfermería en Cuidados Críticos en conjunto con Red Enfermería de Seguridad de los Pacientes, de Enfermería Basada en Evidencia, Enfermería en Salud Mental y la Sociedad de Pediatría Argentina, construyeron a lo largo de cuatro añosun espaciode aprendizaje: ateneos clínicos. Objetivo: Sistematizar la experiencia de los ateneos clínicos. Metodología: Sistematización de la práctica. Contexto: realizado en Córdoba, Argentina. Resultados: Etapa 1 Iniciación: se elaboró un formato de presentación de casos, participaron enfermeros de instituciones de salud de ámbitos públicos y privados, aportando a la discusión teórica conocimientos de seguridad de los pacientes, la mejor evidencia y salud mental. Etapa 2 Consolidación: se desarrollaron una vez al mes a lo largo de cuatro años y se incorporaron en esta etapa la consulta a expertos. Etapa 3 Análisis de la experiencia: se presentaron tres casos clínicos en cada encuentro, logrando la participación de los asistentes en la discusión de la temática presentada, se identificaron vacíos de conocimiento, conflictos y beneficios. Se logró visualizar la producción científica que en la actualidad posee la disciplina en el mundo. Conclusiones: Etapa 4 Re conceptualización de la práctica: los cambios ocurridos promovieron en el grupo repensar su práctica con una visión crítica y aumentar la capacidad de producciones sistemáticas de cuidado seguro y de calidad. Etapa 5 Propuesta de transformación: continuar y profundizar los ateneos clínicos, motivar y sensibilizar a más enfermeros, involucrar otras instituciones de salud

Systematization allows the permanent evolution of thinking, reconstructing and innovating the practice of nursing. The Critical Care Nursing Network in conjunction with Network Patient Safety Nursing, Evidence-Based Nursing, Mental Health Nursing and the Argentine Pediatric Society, built a four-year learning space: clinical athenaeums. Objective: To systematize the experience of the clinical athenaeums. Methodology: Critical, Systematization of the practice. Context: Developed in Cordoba, Argentina. Results: Stage 1 Initiation: a case presentation format was developed, nurses from public and private health institutions participated, contributing to the theoretical discussion knowledge of patient safety, best evidence and mental health. Stage 2 Consolidation: they were developed once a month over four years and the expert consultation was incorporated at this stage. Stage 3 Analysis of the experience: three clinical cases were presented at each meeting, with participation of the participants in the discussion of the theme presented, knowledge gaps, conflicts and benefits were identified. It was possible to visualize the scientific production that currently has discipline in the world. Conclusions: Stage 4 Re conceptualization of the practice: the changes occurred in the group to rethink their practice with a critical vision and increase the capacity of systematic productions of safe care and quality. Stage 5 Transformation proposal: continue and deepen the clinical ateneos, motivate and sensitize more nurses, involve other health institutions. Key words: Nursing, Networks, Teaching Rounds, Critical Care, Patient Safety, Argentina.

Sistematização permite constante evolução do pensamento, reconstruir e inovar a prática de enfermagem. Rede de Enfermeiros Cuidados Críticos em conjunto com Segurança Red Paciente Enfermagem, Enfermagem Baseada em Evidências, Enfermagem de Saúde Mental e Pediátrica da Sociedade Argentina, construído ao longo de quatro anos, um espaço de aprendizagem: ateneus clínicos. Objetivo: sistematizar a experiência de ateneus clínicos. Metodologia: Critical, sistematização da prática. Contexto: Desenvolvido em Córdoba, Argentina. Resultados: Fase 1 Iniciação: Um formato de apresentação de caso foi desenvolvido, enfermeiros participaram instituições de saúde nas esferas públicas e privadas, contribuindo para o conhecimento da teórica segurança discussão paciente, a melhor evidência e saúde mental. Consolidação Passo 2: eles desenvolveram uma vez por mês ao longo de quatro anos e consulta de peritos incorporados nesta fase. Fase 3 Análise da experiência: três casos clínicos foram apresentados em cada reunião, envolvendo os participantes na discussão da questão apresentada, foram identificados conhecimento lacunas, conflitos e benefícios. Foi possível visualizar produção científica que atualmente tem a disciplina no mundo. Conclusões: Passo 4 Re conceituação de prática: as mudanças promovidas no grupo a repensar a sua prática com uma visão crítica e aumentar a capacidade de produção segura sistemática, cuidados de qualidade. Passo 5 transformação proposta: continuar e aprofundar as clínicas de discussão, motivar e educar mais enfermeiros, envolver outras instituições de saúde
Descritores: Enfermagem
Cuidados Críticos
Segurança do Paciente
-Visitas com Preceptor
Padrões de Prática em Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: UY7.1 - Biblioteca


  5 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1101374
Autor: Sabino, Simone Silva; Silveira, Laura Menezes; Stabile, Angelita Maria.
Título: Relação entre gravidade clínica e horas de cuidados de enfermagem em um pronto socorro / Relationship between clinical severity and hours of nursing care in an emergency room
Fonte: Rev Rene (Online);21:e43218, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo avaliar a relação entre a gravidade clínica de pacientes e as horas de cuidados dos profissionais de enfermagem em um pronto socorro. Métodos estudo correlacional, que se utilizou dos instrumentos Nursing Activities Score e Acute Physiology and Chronic Health Evaluation I. Resultados incluíram-se 338 pacientes. As médias mais altas foram identificadas no grupo óbitos sendo (22,0%) para Acute Physiology and Chronic Health Evaluation II e (56,8%) para Nursing Activities Score, (p=0,000). Obteve-se relação moderada entre esses escores. Ademais, os dois instrumentos utilizados se mostraram capazes de predizer o óbito. Conclusão as avaliações do agravamento dos pacientes e da demanda por cuidados, podem contribuir com a adequação do número de pessoal, a redução do tempo de permanência nas salas de emergência e o planejamento assistencial de qualidade elevada.

ABSTRACT Objective to evaluate the relationship between the clinical severity of the patients and the hours of care of nursing professionals in an emergency room. Methods correlational study, which used the Nursing Activities Score and Acute Physiology and Chronic Health Evaluation I instruments. Results we included 338 patients. The highest averages were identified in the group related to deaths, with (22.0%) for Acute Physiology and Chronic Health Evaluation II and (56.8%) for Nursing Activities Score, (p=0.000). We obtained a moderate relationship between these scores. Moreover, the two instruments used proved to be capable of predicting deaths. Conclusion evaluations of the worsening of patients and the demand for care can contribute to the adequacy of the number of personnel, the reduction of the length of stay in the emergency rooms and the high-quality care planning.
Descritores: Índice de Gravidade de Doença
Carga de Trabalho
Cuidados Críticos
Serviço Hospitalar de Emergência
Cuidados de Enfermagem
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1093321
Autor: Elias Sierra, Reinaldo; Vargas Alonso, Rodney; Pérez Capdevila, Javier; Elias Armas, Karla Sucet.
Título: Modelo predictivo del riesgo de muerte por neumonía asociada a la ventilación mecánica / Predictive model of the risk of death due to pneumonia associated with mechanical ventilation
Fonte: Rev. cuba. inform. méd;11(2), jul.-dic. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: En la unidad de terapia intensiva del Hospital Dr. Agostinho Neto, Guantánamo, Cuba, no hay disponible un instrumento para valorar el riesgo de muerte del paciente con neumonía asociada a la ventilación mecánica. Objetivo: Diseñar un instrumento para la predicción del riesgo de muerte por neumonía asociada a la ventilación mecánica. Método: Estudio observacional, prospectivo y longitudinal de 144 pacientes, de los que se consideró la edad, sexo, diagnóstico, estadía, tipo y etiología de la neumonía, tiempo y duración de la ventilación, y complicaciones. Se elaboró y validó un modelo predictivo de la muerte por esta neumonía. Resultados: La aplicación del modelo mostró su nivel de precisión, pues sobre todo fue muy específico para predecir este riesgo. Conclusiones: Se diseñó un modelo de probabilidad de muerte del paciente con neumonía asociada a la ventilación mecánica, que contribuyó a la valoración más objetiva de su pronóstico(AU)

Introduction: In the intensive care unit of the Hospital Dr. Agostinho Neto, Guantanamo, Cuba, there is no instrument available to assess the risk of death of patients with pneumonia associated with mechanical ventilation. Objective: Design an instrument for predicting the risk of death from pneumonia associated with mechanical ventilation. Method: Observational, prospective and longitudinal study of 144 patients. Age, sex, diagnosis, stay, type and etiology of pneumonia, time and duration of ventilation, as well as complications were considered. A predictive model of death from this pneumonia was developed and validated. Results: The application of the model showed its level of precision, since above all it was very specific to predict this risk. Conclusions: A model of the probability of death of the patient with pneumonia associated with mechanical ventilation was designed, which contributed to the more objective assessment of the prognosis(AU)
Descritores: Pneumonia/mortalidade
Cuidados Críticos
Lesão Pulmonar Induzida por Ventilação Mecânica
-Estudos Prospectivos
Estudos Longitudinais
Estudo Observacional
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-894033
Autor: Shein, Steven L; Rotta, Alexandre T.
Título: Sedation and subglottic stenosis in critically ill children / Sedação e estenose subglótica em crianças gravemente doentes
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);93(4):317-319, July-Aug. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Laringoestenose/etiologia
Cuidados Críticos/métodos
Sedação Profunda/efeitos adversos
-Fatores de Risco
Estado Terminal
Intubação Intratraqueal/efeitos adversos
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100177
Autor: Silva, Maria Cláudia Moreira da.
Título: Fatores relacionados com a alta, óbito e readmissão em unidade de terapia intensiva / Factors regarding discharge, death and readmission into the intensive care unit.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 83 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Ao se considerar a importância da busca de indicadores que determinam, tanto a alta dos pacientes das unidades de terapia intensiva (UTIs) como o risco de óbito e readmissão dos internados nessa unidade, este estudo teve como objetivos: caracterizar os pacientes internados em UTIs de hospitais que tenham unidades intermediárias quanto aos dados demográficos e clínicos; descrever a mortalidade e a unidade de destino após a alta da UTI e a freqüência de readmissão nessas unidades; comparar as médias do Nursing Activities Score (NAS), Simplified Acute Physiology (SAPS II) e Logistic Organ Dysfunction (LODS) no primeiro e último dia de internação na UTI; identificar os fatores associados com a alta, óbito e readmissão dos pacientes em UTI na mesma internação hospitalar. Trata-se de um estudo prospectivo longitudinal de pacientes adultos internados em UTIs gerais de dois hospitais governamentais e dois não governamentais do Município de São Paulo que possuíam unidades intermediárias. A casuística compôs-se de 500 pacientes adultos admitidos nessas UTIs. Os dados coletados foram referentes as primeiras e últimas 24 horas de permanência na UTI, porém os pacientes foram acompanhados até a alta hospitalar para identificação das readmissões. Os resultados mostraram predomínio de indivíduos idosos (55,80%), do sexo feminino (56,60%), a maior parte procedente do Pronto-Socorro/Atendimento (37,60%) e tempo de permanência na UTI entre um e dois dias (36,60%).Os antecedentes e os motivos de internação mais freqüentes foram relacionados às doenças do aparelho circulatório. As médias dos escores, no primeiro dia de internação na UTI, foram SAPS II, 37,41, LODS, 4,32 e NAS, 62,13. No último dia de internação, o valor médio do SAPS II foi de 36,15, do LODS, 4,2 e do NAS, 52,17. Os pacientes com alta da UTI apresentaram no último dia de internação, a média desses escores inferior à de ) admissão. Nos indivíduos que morreram, as médias dos escores SAPS II e LODS foram superiores no último dia de internação na UTI em relação aos valores de admissão; já as médias do NAS foram similares. Os pacientes readmitidos apresentaram na alta da UTI diminuição da média dos escores, porém essa diferença só alcançou níveis significativos quando o NAS foi o indicador utilizado. A mortalidade foi 20,60% durante a internação na UTI, a maioria dos pacientes foi transferida para unidade intermediária e aproximadamente, 9% foram readmitidos. Os pacientes que foram encaminhados à unidade intermediária diferiram dos que foram para unidade de internação em relação à idade, procedência, antecedentes, motivo de internação, SAPS II na admissão e NAS na admissão e alta. Os pacientes que morreram, apresentaram maior tempo de internação, escores de gravidade mais altos na admissão e, imediatamente, antes do óbito. No último dia de internação na UTI, o NAS foi mais elevado entre os que morreram. Para o grupo de readmitidos, somente antecedentesrelacionados a doenças infecciosas e parasitárias, doenças do aparelho geniturinário e o LODS na admissão foram diferentes se comparados aos não readmitidos.

Considering the relevance of collecting indicators to define either the discharge of patients from the Intensive Care Units (ICUs) or risk of death and readmission of interned patients into these units, this study had as objectives: - to characterize the patients interned in ICUs in hospitals with intermediate care units according to demographical and clinical data; - to describe mortality, unit of destination after ICU discharge and frequency of readmission into these units - to compare the averages of the Nursing Activities Score (NAS), Simplified Acute Physiology (SAPS II) and Logistic Organ Dysfunction (LODS) during the first and the last day of internment in the ICU; - to identify the factors associated with the discharge, death and readmission of patients into the ICU, during the same hospital internment. This is a longitudinal prospective study of adult patients interned in general ICUs of two public hospitals and two private hospitals of the City of São Paulo, which had intermediate care units. The casuistry was composed of 500 adult patients who were interned in these ICUs. The collected data referred to the first and the last 24 hours spent in the ICU, however, a follow-up of the patients was made until their discharge in order to identify readmissions. The results show a predominance of elderly individuals (55.8%), of female gender (56.6%), with the larger number coming from the Emergency Room (37.6%) and patients who spent between one andtwo days in the ICU (36.6%). The previous problems and the main motives for internment were related to circulatory system diseases. The average scores during the first day in the ICU were SAPS II (37.41), LODS (4.32) and NAS (62.13%). During the last day of internment, the average scores were SAPS II (36.15), LODS (4.2), and NAS (52.17%). Patients who had been discharged from the ICU presented, during the last day of internment, an average in these scores inferior to those registered on their entry day. For the individuals who died, the average SAPS II and LODS scores were superior to those of the entry day in the ICU, nevertheless, the NAS averages were similar. The readmitted patients had, at the time of discharge from the ICU, less than average scores in SAPS II, LODS and NAS. This difference, however, only reached significant levels when the NAS indicator was applied. The death rate was 20.6% during the ICU internment, the majority of the patients were transferred to an intermediate care unit and approximately 9% were readmitted. Patients, who were transferred to the intermediate care unit, differed from those who went to a general nursing unit according to age, origin, antecedents, motive for internment, SAPS II during their entry, NAS during their entry and discharge. Patients who died presented longer internment time and had more severe scores at their entry into the ICU and immediately before death. The NAS during the last internment day in the ICU washigher for those who died. For the readmitted group, only antecedents related to contagious and parasitic diseases, genitourinary system diseases, and LODS at entry were different when compared to those of patients who were not readmitted into the ICU.
Descritores: Alta do Paciente
Mortalidade Hospitalar
Cuidados Críticos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  9 / 1486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-744688
Autor: Dias, Douglas de Sá; Resende, Mariane Vanessa; Diniz, Gisele do Carmo Leite Machado.
Título: Estresse do paciente na terapia intensiva: comparação entre unidade coronariana e pós-operatória geral / Patient stress in intensive care: comparison between a coronary care unit and a general postoperative unit
Fonte: Rev. bras. ter. intensiva;27(1):18-25, Jan-Mar/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar e comparar os fatores estressantes identificados pelos pacientes de uma unidade de terapia intensiva coronariana com aqueles percebidos pelos pacientes de uma unidade de terapia intensiva pós-operatória geral. Métodos: Estudo transversal, descritivo, realizado na unidade de terapia intensiva coronariana e na unidade de terapia intensiva pós-operatória geral de um hospital privado. Participaram 60 pacientes, sendo 30 de cada unidade de terapia intensiva. Para identificação dos fatores estressantes, utilizou-se a escala de estressores em unidade de terapia intensiva. Foram calculados o escore médio de cada item da escala e, em seguida, o escore total de estresse). Após a comparação entre os grupos, as diferenças foram consideradas significantes quando p < 0,05. Resultados: A idade dos pacientes da unidade de terapia intensiva coronariana foi de 55,63 ± 13,58 e da unidade de terapia intensiva pós-operatória geral foi de 53,60 ± 17,47 anos. Os principais estressores para a unidade de terapia intensiva coronariana foram “sentir dor”, “estar incapacitado para exercer o papel na família” e “estar aborrecido”. Para a unidade de terapia intensiva pós-operatória geral foram “sentir dor”, “estar incapacitado para exercer o papel na família” e “não conseguir se comunicar”. A média do escore total de estresse na unidade de terapia intensiva coronariana foi de 104,20 ± 30,95 e, na unidade de terapia intensiva pós-operatória geral, foi de 116,66 ± 23,72 (p = 0,085). Comparando cada fator estressante separadamente, houve diferença estatisticamente significante apenas entre três itens. “Ter a enfermagem constantemente fazendo tarefas ao redor do leito” foi mais estressante para a unidade de terapia intensiva pós-operatória geral do que para a unidade de terapia intensiva coronariana (p = 0,013). Por outro lado, os itens “escutar sons e ruídos ...

Objective: To evaluate and compare stressors identified by patients of a coronary intensive care unit with those perceived by patients of a general postoperative intensive care unit. Methods: This cross-sectional and descriptive study was conducted in the coronary intensive care and general postoperative intensive care units of a private hospital. In total, 60 patients participated in the study, 30 in each intensive care unit. The stressor scale was used in the intensive care units to identify the stressors. The mean score of each item of the scale was calculated followed by the total stress score. The differences between groups were considered significant when p < 0.05. Results: The mean ages of patients were 55.63 ± 13.58 years in the coronary intensive care unit and 53.60 ± 17.47 years in the general postoperative intensive care unit. For patients in the coronary intensive care unit, the main stressors were “being in pain”, “being unable to fulfill family roles” and “being bored”. For patients in the general postoperative intensive care unit, the main stressors were “being in pain”, “being unable to fulfill family roles” and “not being able to communicate”. The mean total stress scores were 104.20 ± 30.95 in the coronary intensive care unit and 116.66 ± 23.72 (p = 0.085) in the general postoperative intensive care unit. When each stressor was compared separately, significant differences were noted only between three items. “Having nurses constantly doing things around your bed” was more stressful to the patients in the general postoperative intensive care unit than to those in the coronary intensive care unit (p = 0.013). Conversely, “hearing unfamiliar sounds and noises” and “hearing people talk about you” were the most stressful items for the patients in the coronary intensive care unit (p = 0.046 and 0.005, respectively). ...
Descritores: Estresse Psicológico/epidemiologia
Unidades de Cuidados Coronarianos
Cuidados Críticos/psicologia
Unidades de Terapia Intensiva
-Período Pós-Operatório
Estudos Transversais
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1486 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-744695
Autor: Shehabi, Yahya.
Título: Objetivos da sedação guiada por metas / Goals of goal-directed sedation
Fonte: Rev. bras. ter. intensiva;27(1):1-4, Jan-Mar/2015. graf.
Idioma: pt.
Descritores: Sedação Consciente/métodos
Objetivos
Hipnóticos e Sedativos/administração & dosagem
-Estado Terminal
Cuidados Críticos/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 149 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde