Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 23 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 23 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089522
Autor: Gusso, Gustavo.
Título: Classificação Internacional de Atenção Primária: capturando e ordenando a informação clínica / The International Classification of Primary Care: capturing and sorting clinical information
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(4):1241-1250, abr. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A Classificação Internacional de Atenção Primária-2 (CIAP-2) é fruto de quarenta anos de desenvolvimento contínuo. Tem origem na segunda metade do século XX, a partir da inquietação de médicos gerais com a necessidade de se registrar e codificar dados especificamente relacionados à atenção primária, tanto nos motivos de consulta quanto nos procedimentos e nas condições ou diagnósticos. A Organização Mundial de Saúde chancelou a classificação bem como o seu comitê desenvolvedor após o encontro de Alma-Ata, pois também identificou necessidades específicas. Hoje há essencialmente duas formas de uso na coleta de informações: por encontro ou por episódio de cuidado. A segunda forma é mais complexa e controversa. Recentemente foi lançada a décima primeira versão da Classificação Internacional de Doenças, enquanto que a CIAP-3 esta sendo desenvolvida. Não há como prever como vão interagir com as novas tecnologias, as classificações e os organismos internacionais. O protagonismo dos profissionais da ponta e dos pacientes tem potencial de definir a direção.

Abstract The International Classification of Primary Care-2 (ICPC-2) is the result of forty years of continuous development. It originates in the second half of the twentieth century after the concern of general practitioners about the need to record and encode data specifically related to primary care, both in the reasons for encounter and procedures and conditions or diagnoses. The World Health Organization endorsed the classification, as did the developer committee after the Alma Ata meeting, since it also identified specific needs. Two forms of use are employed now in gathering information: by encounter or by an episode of care. The latter is more complex and controversial. Recently, an eleventh version of the International Classification of Diseases has been released, and the third edition of ICPC is being developed. One cannot predict how new technologies, classifications, and international organizations will interact. The role of front line health professionals and patients will define the course.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Classificação Internacional de Doenças
Cuidado Periódico
Medicina de Família e Comunidade
-Diagnóstico
Medicina Geral
Codificação Clínica
Controle de Formulários e Registros
Terminologia como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-695252
Autor: Hass, Cimone Noal; Teixeira, Luciana Barcellos; Beghetto, Mariur Gomes.
Título: Adequabilidade da assistência pré-natal em uma estratégia de saúde da família de Porto Alegre-RS / Adecuación de cuidado prenatal en una estrategia de salud familiar de Porto Alegre-RS / Adequacy of prenatal care in a family health strategy program from Porto Alegre-RS
Fonte: Rev. gaúch. enferm;34(3):22-30, set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo objetivou avaliar a adequabilidade da assistência pré-natal de baixo risco, conforme a recomendação do Ministério da Saúde, quanto ao número mínimo de consultas, e verificar possíveis fatores associados. Avaliou-se a atenção pré-natal de uma coorte histórica de 95 gestantes. Mais de 50% das mulheres fizeram 6 ou mais consultas de pré-natal. O início do pré-natal ocorreu no primeiro trimestre de gestação para 52% das mulheres; 84,2% das mulheres realizaram todos os exames de pré-natal e apenas 16,8% realizaram consulta no puerpério. A assistência pré-natal foi considerada adequada para 2,1% da amostra. Maior número de consultas pré-natal foi observado entre as mulheres com companheiro e com maior número de filhos.Os registros demonstraram baixa adequação à totalidade dos critérios mínimos estabelecidos e poucos fatores parecem explicar esse cenário.

El objetivo del estudio fue evaluar la adecuación de la atención prenatal de bajo riesgo, según lo recomendado por el Ministerio de Salud, y el número mínimo de consultas, e identificar los posibles factores asociados. Se evaluó la atención de prenatal de una cohorte histórica de 95 embarazadas. Más del 50% de las mujeres hicieron 6 o más consultas de prenatal. El inicio del prenatal se realizó en el primer trimestre de gestación para el 52% de las mujeres; el 84,2% de las mujeres realizó todos los exámenes de prenatal y sólo el 16,8% realizó consulta en el puerperio. La asistencia prenatal fue considerada adecuada para el 2,1% de la muestra. Más números de consultas prenatales fueron observados entre las mujeres con compañero y con mayor número de hijos.Los registros demostraron baja adecuación a la totalidad de los criterios mínimos establecidos y pocos factores parecen explicar ese escenario.

The study aimed to evaluate the adequacy of low-risk prenatal care, as recommended by the Ministry of Health, concerning the minimum number of consultations, and identify possible associated factors. Prenatal care was evaluated in a historical cohort study of 95 pregnant women. Over 50% of the women underwent six or more prenatal consultations. The beginning of the prenatal care began in the first trimester of the gestation for 52% of the women, 84.2% of the women did all their prenatal medical tests, and only 16.8% had postpartum consultations. Prenatal assistance was considered adequate for 2.1% of the sample. A higher number of prenatal consultation was observed among women who had a partner and who had other children.The records reveal a low adequacy level with all minimum criteria established and few factors seem to explain this scenario.
Descritores: Saúde da Família
Pacientes Desistentes do Tratamento
Cuidado Pré-Natal
-Agendamento de Consultas
Brasil
Estudos de Coortes
Testes Diagnósticos de Rotina
Cuidado Periódico
Estado Civil
Ocupações
Visita a Consultório Médico/estatística & dados numéricos
Pacientes Desistentes do Tratamento/estatística & dados numéricos
Cuidado Pós-Natal/organização & administração
Cuidado Pós-Natal/estatística & dados numéricos
Cuidado Pós-Natal
Cuidado Pré-Natal/organização & administração
Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos
Cuidado Pré-Natal
Fatores Socioeconômicos
Limites: Adolescente
Adulto
Feminino
Humanos
Gravidez
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-560490
Autor: Beltrán Salazar, Oscar Alberto.
Título: Rechazo al cuidado de la salud por motivaciones del paciente / Health care rejection due to patient motivations / Rejeição ao cuidado da saúde por motivações do paciente
Fonte: Invest. educ. enferm;28(2):214-222, jul. 2010.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo. Describir el significado que tiene para los pacientes del rechazo al cuidado de la salud. Metodología. Investigación cualitativa con enfoque fenomenológico realizada en Medellín (Colombia)entre 2008 y 2009. Incluyó a 12 adultos hospitalizados. La entrevista en profundidad se utilizó para la recolección de información. Los datos se analizaron según el esquema propuestopor Cohen, Kahan y Steeves. Resultados. El temor, el sufrimiento, la dependencia así como el desconocimiento y la “mala fama”de profesionales, instituciones o procedimientos contribuyen a la respuesta de rechazo al cuidado. Los pacientes rechazan la enfermedad por el dolor y el sufrimiento. El conocimiento juega un doble papel en el cuidado de la salud porque ayuda a aceptar orechazar el cuidado y a promover aceptación y satisfacción de los pacientes. Conclusión. El rechazo es una decisión de los pacientes en respuesta a situaciones relacionadas con la enfermedad, el conocimiento y los comportamientos de los enfermeros y debe ser tenido en cuenta por los enfermeros.

Objective. To describe the meaning for the patients of the healthcare rejection. Methodology. Qualitative study with phenomenological focus performed in Medellin (Colombia) between 2008 and2009. It included 12 hospitalized adults. The in depth interview was used to collect the information. Data were analyzed according to the Cohen, Kahan and Steeves proposed scheme. Results.Fear, suffering, dependency as well as the “bad reputation” of professionals, institutions or procedures contribute to the answer to care rejection. Patients reject the disease because of pain and suffering. Knowledge plays a double role in health care because it helps to accept or reject care and promote patients' acceptance and satisfaction. Conclusion. Rejection is a patient decision answering to situations linked to the disease,knowledge and nurses' behaviors should be taken into account by the nurses.

Objetivo. descrever o significado que tem para os pacientes da rejeição ao cuidado da saúde. Metodologia. investigação qualitativa com enfoque fenomenológico realizada em Medellín (Colômbia) entre 2008 e 2009.Incluiu a 12 adultos hospitalizados. A entrevista em profundidade se utilizo u para recolher informação. Os dados se analisaram segundo o esquema proposto por Cohen, Kahan e Steeves. Resultados. o temor, o sofrimento, a dependência bem como o desconhecimento e a “má fama” de profissionais, instituições ou procedimentos contribuem à resposta de rejeição ao cuidado. Os pacientes recusam a doença pela dor e o sofrimento. O conhecimento joga um duplo papel no cuidado da saúde porque ajuda a aceitar ou recusaro cuidado e a promover aceitação e satisfação dos pacientes. Conclusão. A rejeição é uma decisão dos pacientes em resposta a situações relacionadas com a doença, o conhecimento e os comportamentos dos enfermeiros e deve ser tido em conta pelos enfermeiros.
Descritores: Recusa do Paciente ao Tratamento
Pacientes Desistentes do Tratamento
-Assistência Centrada no Paciente
Cuidado Periódico
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  4 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-186305
Autor: Costa, R; Leäo, M. I. de P; Décourt, L. V.
Título: Normas para segurança do portador de marcapasso / Safety rules for patients with artificial cardiac pacemaker
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);42(3):185-96, jul.-set. 1996.
Idioma: pt.
Resumo: A estimulaçao elétrica artifical do coraçao, atualmente, deixou de ser apenas uma forma de salvar a vida de portadores de bloqueios atrio-ventriculares, passando a ser um modo de corrigir completa e fisiologicamente os distúrbios do ritmo cardíaco e do sincronismo atrioventricular. Este progresso, em contrapartida, vem exigindo do paciente que conheça melhor seu sistema de estimulaçao, hoje mais complexo, sendo, ainda, vulnerável a múltiplas interferências. Neste contexto, os cardiologistas e outros especialistas devem conhecer as normas gerais que regem o acompanhamento de pacientes portadores de marcapassos cardíacos, para que possam consultá-las e transmiti-las aos seus pacientes. No período pós-operatório imediato, cuidados como repouso e orientaçao terapêutica sao importantes. Durante a evoluçao, o paciente deve obedecer a rotina das avaliaçoes periódicas, ter cuidado com fontes de interferência e saber que o retorno progressivo às atividades normais dar-se-á de forma lenta e progressiva. Quando bem feitas, as avaliaçoes podem contribuir para a profilaxia de complicaçoes, para a detecçao de problemas incipientes e, conseqüentemente, para a melhora do estado hemodinâmico e da capacidade física dos pacientes. Exames complementares sao indispensáveis, como a radiografia do tórax, para o acompanhamento a longo prazo, e para a identificaçao de problemas cirúrgicos como uma fratura de eletrodo; o teste ergométrico para avaliar a resposta do paciente e do marcapasso ao exercício; e a prova de Holter de 24 horas, que permite tanto a identificaçao de problemas funcionais, como o controle do comportamento do marcapasso. Fontes domésticas que interferem com o marcapasso, como detectores de metal, aparelhos elétricos mal aterrados, forno de microondas, costumam causar interferências momentâneas, sem danos permanentes ao sistema implantado. As interferências médico-hospitalares que decorrem do uso de desfibrilador e de eletrocautério, do emprego de diatermia, de radiaçoes ionizantes e de ressonância magnética sao potencialmente deletérias aos marcapassos e devem ser bem conhecidas. Estes processos sao, às vezes, contra-indicados. As interferências por miopotenciais esqueléticos sao em geral tratadas com sucesso por reprogramaçao, porém devem sempre ser pesquisadas. Finalmente, as portas de entrada de infecçao merecem especial atençao, devido ao risco de endocardite bacteriana. O médico-assistente deve atuar no sentido de prevenir esta que tem sido a mais grave complicaçao dos portadores de marcapasso
Descritores: Marca-Passo Artificial
Educação de Pacientes como Assunto
Cuidados Pós-Operatórios
-Qualidade de Vida
Seguimentos
Eletricidade/efeitos adversos
Cuidado Periódico
Efeitos da Radiação
Estimulação Cardíaca Artificial
Infecções/terapia
Monitorização Fisiológica
Testes de Função Cardíaca
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1037485
Autor: Leadebal, Oriana Deyze Correia Paiva.
Título: Coordenação do cuidado às pessoas vivendo com HIV/aids: desafios no contexto da assistência ambulatorial especializada / Coordination of HIV Patient Care: specialized ambulatory assistance challenges.
Fonte: João Pessoa; s.n; 2015. 131 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Paraíba. Centro de Ciências da Saúde para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: ntrodução: A variabilidade da natureza e complexidade das necessidades de atenção à saúde geradas pelo HIV/aids requerem abordagens no processo de produção e gestão do cuidado que considerem as características e demandas das pessoas e famílias afetadas pela infecção/adoecimento, bem como a constituição/consolidação de uma rede integrada de serviços de saúde que assegurem um cuidado contínuo e coordenado. Objetivos: Analisar a coordenação do cuidado às pessoas vivendo com HIV/aids assistidas em ambulatório especializado a partir da oferta e integração das ações e dos serviços de saúde. Método: Pesquisa epidemiológica, transversal do tipo inquérito, que envolveu 150 adultos vivendo com aids, usuários do ambulatório especializado de referência estadual da Paraíba. Os dados foram coletados entre julho de 2011 e julho de 2012, por meio de entrevistas e consulta ao prontuário, utilizando-se um questionário estruturado. Posteriormente, as informações foram submetidas a tratamento estatístico descritivo e inferencial, através do software Statistica 9.0 da Statsoft, aplicando-se cálculos de medida de frequência; análise de correspondência simples e múltipla; análise de variância robusta e teste-t; cálculo de mediana, média, desvio padrão e intervalo de confiança a 95% dos percentuais de satisfação em relação às variáveis da oferta e da integração; modelo de regressão logística; modelo de regressão linear simples e múltipla para análise de influências entre risco, oferta e integração.

Introduction: The different circumstances and health care complexities created by the HIV virus require specific approaches on the processes of production and management of care, carefully considering both the traits and demands of patients and families affected by the infection and the establishment of an integrated network of health services that provide a continuous and coordinated care. Objectives: To analyze specialized ambulatory coordination of the of HIV patient care through the lens of action offer and integration of health services. Method: Epidemiological research, transversal and interviews, involving 150 adults carrying the AIDS virus, users of the reference specialized ambulatory of the state of Paraíba, Brazil. The data was collected between July 2011 e July 2012, through interviews and chart lookup, using a structured questionnaire. It was then submitted to a statistical inference analysis through Statsoft's Statistica 9.0 software, applying frequency measurement calculations, analysis of simple and multiple correspondence, analysis of robust variance and t-tests, calculations of average, standard deviation and trust intervals to 95% of satisfaction percentages related to the variables of offer and integration, logistical regression model, both simple and multiple linear regression models for influence analysis between risk, offer and integration.
Descritores: Assistência Ambulatorial
Cuidado Periódico
Integração de Sistemas
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central
Br8.1


  6 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Brasil, Virginia Visconde
Id: lil-214443
Autor: Brasil, Virgínia Visconde.
Título: Alteraçöes nos hábitos de vida relatadas por pacientes portadores de marcapasso definitivo / Alterations in the daily activities reported by the pacemaker patients.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1996. xiii,92 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O tratamento dos distúrbios do sistema cardíaco de conduçäo teve grande avanço quando se passou a utilizar um sistema implantável chamado marcapasso cardíaco permanente. Em sua atuaçäo profissional a autora percebia que os pacientes portadores de marcapasso permanente relatavam certo temor pela máquina que estimulava o batimento de seu coraçäo e isso parecia alterar a realizaçäo de suas atividades diárias. Buscou entäo identificar as alteraçöes nos hábitos de vida relatadas pelos pacientes como decorrentes do implante do marcapasso, identificar a existência de situaçöes diárias em que o paciente percebeu influências no funcionamento do marcapasso e verificar a existência de medo ou preocupaçäo causados pelo fato de ser portador de marcapasso. Foram estudados 80 pacientes e os dados coletados por entrevista com base em formulário elaborado tendo como referencial os Padröes Funcionais de Saúde propostos por GORDON (1994). As frequências das respostas para a presença ou ausência de alteraçöes nos hábitos de vida foi aplicado o teste estatístico de uma proporçäo. As respostas sobre as situaçöes de vida diária nas quais os pacientes referiram perceber alteraçöes no funcionamento do aparelho e sobre a presença de medo ou preocupaçäo foram agrupadas por similaridades e distribuídas em frequências. Os resultados mostraram que a frequência de alteraçöes para melhor foi significativamente maior nos ítens percepçäo da própria "saúde" e "atividade física". As situaçöes que alteraram o funcionamento do marcapasso mais citadas pelos pacientes foram a presença de stresse, choque elétrico, pegar peso e uso do forno de microondas. A presença de medo ou preocupaçäo por ser portador de marcapasso foi referida por 43,8 por cento dos pacientes. Os mais citados foram o medo de que o gerador pare e de que possam morrer a qualquer momento, medo da troca do gerador e de levar pancada no local do implante. As justificativas apresentadas pelos pacientes permitem afirmar que as informaçöes de que dispöem bem como as concepçöes que têm acerca do tratamento, podem ser mais ou menos benéficas para a sua qualidade de vida como portador de marcapasso cardíaco definitivo
Descritores: Coração Auxiliar
Enfermagem Holística
Hábitos
-Cuidado Periódico
Monitorização Fisiológica/psicologia
Inquéritos e Questionários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN
BR584.1; T086/96; BR41.1


  7 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-880905
Autor: Gusso, Gustavo Diniz Ferreira; Lotufo, Paulo; Benseñor, Isabela Martins.
Título: Assessment of pre-test probability in Primary Health Care using the International Classification of Primary Care - 2 (ICPC-2) / Avaliação da probabilidade pré-teste em Atenção Primária à Saúde usando a Classificação Internacional de Atenção Primária 2 (CIAP-2) / Evaluación de la probabilidad pre-test en Atención Primaria de la Salud usando la Clasificación Internacional de Atención Primaria-2 (CIAP-2)
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;8(27):112-120, abr./jun. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: The assessment of the patient's reason for encounter using the International Classification of Primary Care (ICPC) is not common in countries without a strong primary health care system. Objective: This study aimed to evaluate the main reasons for encounter and to calculate the pre-test probabilities for frequent problems. Method: A questionnaire was created to study, in each appointment, the reasons for encounter and the clinical problems (or diagnosis). In total, 26 general practitioners of the Family Health Strategy from the municipality of Florianópolis filled the form after appointments, for four weeks over a year. Results: 5,698 encounters were evaluated, with regular distribution among seasons. There were 1,625 reasons for encounter and 1,475 clinical problems per appointment. The 30 most common clinical problems represented 50% of all appointments, covering 13 different chapters of ICPC-2. Patients with fever as symptom had diagnosis of acute upper respiratory infection (37.7%), acute tonsillitis (17.8%) or fever (11%), while patients who received the diagnosis of acute upper respiratory infection had complained of cough (24.2%), fever (22%) or of a throat symptom/complaint (9.8%). Discussion: Episode of care is the best methodology to assess pre-test probability longitudinally. However, it was possible to estimate the pre-test probability by using the data of each encounter, as demonstrated in the case of fever and acute upper respiratory infection, in spite of its follow up limitation, as it was based on encounters. Conclusion: This study shows that plans for continuing professional development should be focused on common symptoms and diagnosis, in order to improve the clinical reasoning guided by studies of pre-test probabilities. Hence, the ICPC-2 as a classification system is a great contribution to transform any health center in a research center, even those in rural areas of low-income countries.

Introdução: A avaliação dos motivos que levam os pacientes às consultas usando a Classificação Internacional de Cuidados Primários 2 (CIAP-2) não é comum em países sem um sistema de atenção primária forte. Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar os principais motivos para as consultas e o cálculo de probabilidades pré-teste para problemas frequentes. Método: Foi desenvolvido um questionário utilizando o confronto da razão para o encontro e os problemas clínicos registrados pelos médicos. No total, 26 médicos generalistas da Estratégia Saúde da Família do município de Florianópolis preencheram o formulário, após consultas durante quatro semanas ao longo de um ano. Resultados: 5.698 encontros foram avaliados, com distribuição regular entre as estações. Foram encontrados 1.625 razões por encontros e 1.475 problemas clínicos por consultas. Os 30 problemas clínicos mais comuns representaram 50% de todas as consultas e abrangeram 13 diferentes capítulos da CIAP-2. Pacientes com febre como sintoma tiveram diagnóstico de infecção das vias aéreas superiores (37,7%), amigdalite aguda (17,8%) ou febre (11%), enquanto pacientes que receberam o diagnóstico de infecção das vias aéreas superiores queixaram-se de tosse (24,2%), febre (22%) ou sintomas na garganta (9,8%). Discussão: Episódio de cuidado é a melhor metodologia para avaliar a probabilidade pré-teste longitudinalmente. Entretanto, foi possível estimar a probabilidade pré-teste avaliando dados por encontros, apesar da sua limitação de seguimento longitudinal. Conclusão: Este estudo pode servir como guia para planos de desenvolvimento profissional continuado, com foco nos sintomas comuns e diagnósticos, e auxiliar no raciocínio clínico, que deve ser orientado por estudos de probabilidades pré-teste. Dessa forma, a CIAP-2 enquanto sistema de classificação é uma grande contribuição para transformar qualquer centro de saúde em um centro de pesquisa, mesmo aqueles em áreas rurais de países de baixa renda.

Introducción: La evaluación de los motivos que conducen a los pacientes a realizar una consulta médica usando la Clasificación Internacional de Atención Primaria-2 (CIAP-2) no es común en los países que carecen de un fuerte sistema de atención primaria de la salud. Objetivo: Este estudio tuvo como objetivo evaluar el motivo principal de las consultas y calcular las probabilidades pre-test de problemas frecuentes. Método: Se elaboró un cuestionario confrontando la razón de las consultas y los problemas clínicos relatados por los médicos. En total, 26 médicos generales de la Estrategia de Salud Familiar del municipio de Florianópolis llenaron el formulario después de las consultas durante cuatro semanas a lo largo de un año. Resultados: Se evaluaron 5.698 encuentros, con distribuición regular entre las estaciones del año. Hubo 1.625 razones para las consultas y 1.475 problemas clínicos por consulta. Los 30 problemas más comunes representaron 50% de todas las consultas y abarcaron 13 capítulos diferentes del CIAP-2. Los pacientes que tenían síntomas de fiebre tuvieron diagnósticos de infección del tracto respiratorio superior (37,7%), amigdalitis aguda (17,8%) o fiebre (11%), mientras que los pacientes que recibieron el diagnóstico de infección del tracto respiratorio superior manifestaron tener tos (24,2%), fiebre (22%) o de síntomas en la garganta (9,8%). Discusión: Episodio de cuidados es la mejor metodología para evaluar la probabilidad pre-test longitudinalmente. Sin embargo, fue posible estimar esta probabilidad usando los datos de cada consulta, a pesar de su limitación de seguimiento longitudinal. Conclusión: Este estudio puede orientar planes de continuo desarrollo profesional, que se centren en los síntomas comunes y diagnóstico, para ayudar al razonamiento clínico, que debe ser guiado por los estudios de probabilidades pre-test . Por lo tanto, la CIAP-2, como sistema de clasificación, es un gran aporte para transformar cualquier centro de salud en un centro de investigación, incluso los de las zonas rurales de países con bajos ingresos.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Cuidado Periódico
Medicina de Família e Comunidade
Classificação Internacional de Atenção Primária
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  8 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-880904
Autor: Santiago, Luiz Miguel; Miranda, Paula Ricardo; Botas, Phililppe.
Título: Tendência de classificação no Capítulo Z da CIAP-2 entre 2006 e 2011 em um centro de saúde de Medicina Familiar em Coimbra, Portugal / Classification trends with the ICPC-2 Z Chapter from 2006 to 2011 in a Family Medicine Health Centre in Coimbra, Portugal / Tendencia de la clasificación en el Capitulo Z de la CIAP-2 entre 2006 y 2011 en un Centro de Salud de Medicina Familiar en Coimbra, Portugal
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;8(27):106-111, abr./jun. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Estudar a tendência evolutiva da classificação com a CIAP-2 no Capítulo Z, no período de 2006 a 2011 quanto a: variação de frequência do número total de componentes de sinais e sintomas; volume de "classificação ajustada à população" e, através da coleta de informação SOAP, quais dos seus componentes foram mais frequentemente registrados nos campos Subjetivo (S) e Avaliação (A). Métodos: Estudo transversal, observacional e descritivo dos registros eletrônicos efetuados por todos os médicos na plataforma Serviço de Apoio ao Médico (SAM) utilizando a ferramenta de coleta de dados (SAM-Estatísticas) em agosto de 2012 em um centro de saúde em Coimbra, região central de Portugal. O volume de codificação foi estudado em código/1.000 hab./dia, tendo como base de cálculo a metade de cada ano estudado. Foram selecionados os seis códigos mais frequentes de cada ano. Resultados: Verificou-se uma dinâmica de crescimento positivo nos componentes registrados nos campos Subjetivo e Avaliação entre 2006 e 2011, tanto no número total de códigos (S:+4,83 e A:+6,44) e volume de codificação ­ código/1.000 hab./dia (S:+4,40 e A:+6,44) como na percentagem de diferentes componentes de sinais e sintomas do Capítulo Z (S:+0,30; A:+0,56). Conclusão: Entre 2006 e 2011 verificou-se uma dinâmica de crescimento positivo na classificação no Capítulo Z da CIAP-2 que foi mais importante no campo Avaliação e nos tipos de componente. O desenvolvimento profissional e a educação médica continuada são necessários para melhorar o desempenho na tarefa de classificar e registrar adequadamente, bem como no criterioso registro das anotações clínicas feitas na consulta, evitando perda de informação clínica.

Objective: To study the classification trend in ICPC-2, Z Chapter, in the period 2006-2011, in terms of frequency in variation of the total number of sign and symptom components; volume of "population-adjusted classification"; and - based on SOAP for collecting information - which of its components were more frequently recorded in the Subjective (S) and Assessment (A) fields. Methods: Cross-sectional, observational, descriptive study of electronic registries in the SAM (Serviço de Apoio ao Médico - medical visit assistant software) using data collection tool (SAM-Statistics) in August 2012 in Coimbra, central Portugal. Classification volume was studied using codes/1000 inhab/day. The population for each year was calculated based on the middle of each study period. The six most frequent codes in each year were selected. Results: A positive increasing trend was found between 2006 and 2011 in the Subjective and Assessment recording fields, in terms of the total of codes (S:+4,83; A:+6,44) and classification volume - codes/1000 inhab/day (S:+4,40; A:+6,44), as well as in the percentage of different components of the Z sign and symptom codes (S: +0,30; A: +0,56). Conclusions: From 2006 to 2011, a positive trend was found in the ICPC-2 Z Chapter classification, which was more important in Assessment (A), and the type of components recorded through the SOAP method. Hence, continuing medical education is still necessary to improve performance in the crucial task of classification, registering and clinical noting to avoid lack of clinical information.

Objetivo: Estudiar la tendencia evolutiva de la clasificación con CIAP-2 en el capítulo Z, en el período 2006-2011, en términos de: variación de la frecuencia del número total de los componentes de los signos y síntomas; el volumen de "clasificación ajustada a la población" y, a través de la recolección de información SOAP, cuáles de sus componentes se registraron con mayor frecuencia en los campos Subjetivo (S) y Evaluación (E). Métodos: Estudio transversal, observacional y descriptivo de los registros electrónicos realizados por todos los médicos en la plataforma Servicio de Apoyo Médico (SAM) en agosto de 2012 en un centro de salud de Coimbra, región central de Portugal, utilizando la herramienta de recolección de datos (SAM-estadística). El volumen de codificación fue estudiado en código/1000 hab./día, teniendo como base de cálculo la mitad de cada año estudiado. Fueron seleccionados los seis códigos más comunes de cada año. Resultados: Se observó una dinámica de crecimiento positivo, entre 2006-2011, de los componentes registrados en los campos Subjetivo y Evaluación, tanto en el número total de códigos (S: +4,83; E: +6,44) y volumen de codificación - código/1000/hab./día (S: +4,40; E: +6,44), como en el porcentaje de los diversos componentes de los signos y síntomas del Capítulo Z (S: +0,30; E: +0,56). Conclusión: Entre los años 2006 y 2011 hubo una dinámica de crecimiento positivo de la clasificación en el capítulo Z de la CIAP-2, más importante en el campo Evaluación y en los tipos de componente. El desarrollo profesional y la educación médica continua son necesarios para mejorar el rendimiento en la tarea de clasificar y registrar correctamente, así como para el registro cuidadoso de las notas clínicas realizadas durante las consultas, evitando, así, la pérdida de información clínica.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Cuidado Periódico
Fatores Socioeconômicos
Medicina de Família e Comunidade
Classificação Internacional de Atenção Primária
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  9 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-880903
Autor: Gusso, Gustavo Diniz Ferreira; Benseñor, Isabela Martins.
Título: A methodological proposal to research patients' demands and pre-test probabilities using paper forms in primary care settings / Uma proposta metodológica para pesquisar as demandas dos pacientes e probabilidades pré-teste através de formulários em papel na atenção primária / Una propuesta metodológica para investigar las demandas de los pacientes y las probabilidades pre-test a través de un formulario en papel en la atencion primaria
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;8(27):97-105, abr./jun. 2013. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: The purpose of this study is to present a methodology for assessing patients' demands and calculating pre-test probabilities using paper forms in Primary Care. Method: Most developing countries do not use Electronic Health Records (EHR) in primary care settings. This makes it difficult to access information regarding what occurs within the health center working process. Basically, there are two methodologies to assess patients' demands and problems or diagnosis stated by doctors. The first is based on single attendance at each appointment, while the second is based on episodes of care; the latter deals with each problem in a longitudinal manner. The methodology developed in this article followed the approach of confronting the 'reason for the appointment' and 'the problem registered' by doctors. Paper forms were developed taking this concept as central. All appointments were classified by the International Classification of Primary Care (ICPC). Discussion: Even in paper form, confrontation between 'reason for the appointment' and 'problem registered' is useful for measuring the pre-test probabilities of each problem-based appointment. This approach can be easily reproduced in any health center and enables a better understanding of population profile. Prevalence of many illnesses and diseases are not known in each reality, and studies conducted in other settings, such as secondary and tertiary care, are not adequate for primary health care. Conclusion: This study offers adequate technology for primary health care workers that have potential to transform each health center into a research-led practice, contributing directly to patient care.

Objetivo: O propósito deste estudo é apresentar uma metodologia para avaliar as demandas dos pacientes e calcular probabilidades pré-teste utilizando formulário em papel na atenção primária. Método: A maioria dos países em desenvolvimento não usa registros eletrônicos de saúde (RES) em ambientes de cuidados primários. Isso dificulta o acesso a informações sobre o processo de trabalho dentro do centro de saúde. Existem basicamente duas metodologias para avaliar a demanda do paciente e problemas ou diagnósticos elaborados por médicos. A primeira se fundamenta em "encontro por encontro", enquanto a segunda, em "episódios de cuidados" de cada problema de uma forma longitudinal. A metodologia desenvolvida neste artigo foi a confrontação do "motivo da consulta" e do "problema registrado" pelos médicos. O formulário de papel que foi desenvolvido teve este conceito como central. Todas as consultas foram codificadas segundo a Classificação Internacional de Atenção Primária (CIAP). Discussão: Mesmo em formulário de papel, o confronto "motivo da consulta" e "problema registrado" pelos médicos é útil para medir as probabilidades pré-teste de cada problema com base em encontros. Essa abordagem pode facilmente ser reproduzida em qualquer centro de saúde e permite um melhor entendimento do perfil da população. A prevalência de muitas enfermidades e doenças não é conhecida em cada realidade e estudos feitos no contexto da atenção secundária e terciária não são adequados para os cuidados de saúde primários. Conclusão: Este artigo oferece uma tecnologia adequada aos trabalhadores de saúde de cuidados primários que tem potencial de transformar cada centro de saúde em um campo de pesquisa, contribuindo diretamente para o atendimento do paciente.

Objetivo: el objetivo de este estudio es presentar una metodología para establecer las demandas de los pacientes y calcular las probabilidades pre-test utilizando formularios en la atención primaria. Método: La mayoría de los países en desarrollo no utilizan Registros Electrónicos de Salud (RES) en la asistencia primaria. Esto hace difícil acceder a la información sobre qué sucede durante el trabajo en un centro de salud. Hay básicamente dos metodologías para evaluar la demanda de los pacientes y los problemas o diagnósticos indicados por los médicos. La primera es "consulta a consulta", mientras que la segunda se basa en los "episodios de cuidado"; la última trata cada problema a largo plazo. La metodología desarrollada en este artículo adoptó el enfoque de enfrentarse a la "razón de la consulta" y el "problema" registrado por los médicos. El formulario fue desarrollado tomando esto concepto como central. Todas las consultas fueron codificadas por la Clasificación Internacional de Atención Primaria (CIAP). Discusión: aún en el formulario en papel, la comparación entre la "razón de encuentro" y el "problema" registrado es útil para medir las probabilidades pre-test de cada consulta basada en un problema. Este enfoque puede ser fácilmente reproducido en cualquier centro de salud y puede permitir una mejor comprensión del perfil de la población. Las realidades de muchas enfermedades y su prevalencia no se conocen y estudios realizados en otros ámbitos, como la atención secundaria y terciaria de la salud, no son adecuados para la atención primaria Conclusión: el presente artículo ofrece una tecnología adequada para los trabajadores de la atención primaria de la salud que tiene un potencial de transformar cada centro de salud en un campo de investigación, contribuyendo directamente con la atención del paciente.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Cuidado Periódico
Medicina de Família e Comunidade
Classificação Internacional de Atenção Primária
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  10 / 23 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-784589
Autor: Gomes, Lidiane Gomes e; Tuma, Carlos Eduardo da Silva Nossa; Bronzi, Evandro da Silva; Pereira, George Otto Florêncio.
Título: Tratamento ortodôntico de pacientes adultos com periodonto reduzido – cuidados e limitações / Orthodontic treatment of adult patients with reduced periodontium – care and limitations
Fonte: Ortho Sci., Orthod. sci. pract;9(33):80-87, 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: A procura por tratamento ortodôntico em adultos é cada vez maior nos consultórios odontológicos, não só pela função como também pela estética. Entretanto, o tratamento ortodôntico em pacientes adultos requer condutas e cuidados adequados e periódicos, principalmente quando o periodonto encontra-se comprometido. Uma vez diagnosticada a limitação periodontal, o tratamento ortodôntico deve ser realizado após reabilitação e manutenção da saúde periodontal e, por isso, não é contraindicado. O tratamento ortodôntico aliado à condição periodontal satisfatória permite aos pacientes melhores condições de higiene bucal devido ao alinhamento correto dos dentes e função restabelecida. Entretanto, a condição periodontal do paciente e suas limitações ditam o término do tratamento ortodôntico, como mostra este relato de caso, em que um paciente adulto com periodonto reduzido iniciou tratamento ortodôntico para correção de apinhamento severo e concluiu sem agravantes e alterações periodontais...

The number of adult patients searching for orthodontic treatment to obtain both function and aesthetic results continues to increase. However, the orthodontic treatment of adult patients requires proper management and regular care, especially when the periodontium is compromised. A diagnosed periodontal condition is not a contraindication for orthodontic treatment as long as performed after rehabilitation and maintenance of periodontal health. The orthodontic treatment combined with periodontal satisfactory conditions allows to improve patient's oral hygiene due to the correct alignment of teeth and restored function. However, the periodontal condition and its limitations determine the end of orthodontic treatment, as shown in this case report of an adult patient with reduced periodontal who initiated orthodontic treatment for severe crowding correction and concluded without aggravation or periodontal changes...
Descritores: Cuidado Periódico
Estética Dentária
Doenças Periodontais
Periodonto
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde