Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.760.703 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 532 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 532 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096551
Autor: Martínez Galiano, Juan Miguel.
Título: La educación para la salud y la práctica clínica asistencial en la atención perinatal / Education for health and clinical care in perinatal attention
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(4):373-375, dic.-mar. 2017.
Idioma: es.
Descritores: Indicadores de Morbimortalidade
Educação em Saúde
Assistência Perinatal
Tocologia
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  2 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1034735
Autor: Torres Morales, Patricia; Granados Ramos, Dora Elizabeth.
Título: Factores de riesgo perinatal, signos neurológicos blandos y lenguaje en edad preescolar / Perinatal risk factors, neurological soft signs and language in preschool
Fonte: Rev. enferm. neurol;12(3):128-133, sep.-dic.-2013.
Idioma: es.
Descritores: Assistência Perinatal/normas
Assistência Perinatal
Desenvolvimento da Linguagem
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: MX380.1 - Coordianción de Investigación en Enfermería


  3 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057122
Autor: Souza, Ivelise Araújo de; Serinolli, Mário Ivo; Novaretti, Márcia Cristina Zago.
Título: Prenatal and puerperal care and indicators of severity: a study about the information available on pregnant women's card / Assistência pré-natal e puerperal e indicadores de gravidade no parto: um estudo sobre as informações disponíveis no cartão da gestante
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);19(4):983-989, Sept.-Dec. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to identify and to discuss the frequency of the prenatal and puerperal care of pregnant women from the eastern zone of São Paulo city, São Paulo State, Brazil, categorizing it according to the Kessner Index modified in 1993 by Takeda. We used the data avai-lable on the card of pregnant woman and the discharge summaries, correlating the results with the indicators of severity in childbirth. Methods: this is a descriptive, cross-sectional quantitative study based on the analysis of the variables of the pregnant woman's card and the diagnoses identified in the discharge summaries. Data were collected through a field survey conducted in the Eastern zone of the city of São Paulo city, São Paulo State, Brazil. A statistical analysis was used to identify asso-ciations between the categorization and the severity indicators listed in the discharge summaries. Results: it was observed that prenatal care in the Eastern zone of São Paulo city, São Paulo State, Brazil was classified as intermediate (56.9%) in the majority of women. Regarding this categorization with the severity indicators, there is a higher incidence of risks for inappropriate categorization (8.89%) when compared to the appropriate (1.67%) and the intermediate (4.44%) ones. Conclusions: it was possible to conclude that the more adequate prenatal care, the lower the chances of unfavorable outcomes and incidence of risks.

Resumo Objetivos: identificar e discutir a frequência da assistência pré-natal e puerperal de gestantes da zona leste de São Paulo - SP, categorizando-a de acordo com o Índice de Kessner modificado em 1993 por Takeda, com base nos dados disponíveis no cartão da gestante e no resumo de alta, correlacionando os resultados com os indicadores de gravidade no parto. Métodos: trata-se de um estudo descritivo, transversal de caráter quantitativo baseado na análise das variáveis do cartão da gestante e nos diagnósticos identificados nos resumos de alta. Os dados foram coletados por meio de uma pesquisa de campo realizada na zona leste de São Paulo - SP. Foi realizada uma análise estatística para identificar associações entre a categorização do atendimento e os indicadores de gravidade presentes nos resumos de alta. Resultados: observou-se que a assistência pré-natal da zona leste de São Paulo - SP foi classificada como intermediária (56,9%). Em relação a essa categorização com os indicadores de gravidade, há uma maior incidência de riscos para a categorização inadequado (8,89%) quando comparados ao adequado (1,67%) e o intermediário (4,44%). Conclusões: foi possível inferir que quanto mais adequada a assistência pré-natal, menor as chances de desfechos desfavoráveis e incidência dos riscos.
Descritores: Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos
Índice de Gravidade de Doença
Fatores de Risco
Assistência Perinatal
Assistência Integral à Saúde
-Qualidade da Assistência à Saúde
Sistema Único de Saúde
Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Gestantes
Período Pós-Parto
Sumários de Alta do Paciente Hospitalar
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1087891
Autor: Mora-Escobar, Gladys Ester; Cusihuamán-Puma, Antonio Ulises; Insfrán, María Delasnieve.
Título: Análisis Situacional de Muertes Maternas en Paraguay: alcances del 2008-2018 / Situational Analysis of Maternal Deaths in Paraguay: scopes from 2008 to 2018
Fonte: Rev. salud pública Parag;10(1):[P10-P22], mar. 2020.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La mortalidad materna en Paraguay, como problema de salud pública e indicador que mide el acceso a la salud y el desarrollo de un país, refleja el déficit en los determinantes sociales y derechos humanos. El Ministerio de Salud Pública y Bienestar Social -MSPBS- ha ido ejecutando intervenciones costo-efectivas mediante la Movilización Nacional para la disminución de la mortalidad materna y neonatal -MNPDMMN-, mejorando los registros. Objetivo: Analizar la situación de las Muertes Maternas en Paraguay y los alcances del 2008 a 2018. Métodos: Estudio observacional, descriptivo, transverso y retrospectivo, identificándose 1056 casos de muerte materna -MM- del 2008-2018, mediante la revisión de registros (SSIEV del MSPBS) con los códigos CIE-10: O00-O95, O98-O99 y A34, B20-B24. La información se tradujo en programa Excel de Microsoft Corporation™ versión 2007 y se analizó mediante Epi Info 7. Resultados: En Paraguay, el año 2008 registra 117,4 como Razón de Muerte Materna -RMM-; el 2014, 63,9 concordante al inicio de la MNPDMMN; el 2018, 70,8 (las metas del Objetivo de Desarrollo Sostenible 3 apuntan a reducir la RMM mundial a < 70 muertes maternas por 100.000 nacidos vivos), siendo el 74,7% (IC95% 63,6- 83,8) casos de MM directa. En el período 2008-2018, para el total de causas de MM: aborto (20,1%), complicaciones hemorrágicas (19,8%) trastornos hipertensivos (18,7%), sepsis (4,6%), SIDA (1,1%), tétanos obstétrico (0,3%), otras complicaciones perinatales (35,4%); y las causas principales de MM directas en el 2018 continúan siendo: aborto (20,3%), trastornos hipertensivos (20,3%) y hemorragias obstétricas (15,2%). En el período 2008-2018, para los grupos etarios: 20-29 años (40,7%), 30-39 años (37,0%), 10-19 años (13,3%) con tendencias anuales de altibajos. Conclusión: Se debe garantizar una atención calificada perinatal institucional y de planificación familiar, potenciando estrategias vitales como: trabajo con parteras empíricas, prevención del embarazo en la adolescencia y del aborto. Palabras clave: Mortalidad materna; Programas Nacionales de Salud; Estrategias vitales. Paraguay.

Introduction: Maternal mortality in Paraguay, as a public health problem, reflects the deficit in social determinants and human rights, being an indicator that measures the access to health and development of a country. The Ministerio de Salud Pública y Bienestar Social -MSPBShas been carrying out cost-effective interventions through the National Mobilization to reduce maternal and neonatal mortality -NMRMNM-, and to improve records. Objective: Analyze the situation of Maternal Deaths in Paraguay and the scope of 2008 to 2018 period. Methods: Observational, descriptive, transverse and retrospective study, identifying 1056 cases of maternal death -MD- in the 2008-2018 period, by reviewing records (SSIEV of the MSPBS) identified by ICD-10 codes: O00- O95, O98-O99 and A34, B20-B24. The information was translated into Excel program from Microsoft Corporation ™ 2007 version and analyzed using Epi Info 7. Results: In Paraguay, there is a Maternal Death Ratio - MDR- of 117.4 in 2008; in 2014, 63.9 according to the beginning of the NMRMNM; in 2018, 70.8 is recorded (the goals of Sustainable Development Goal 3 aim to reduce global MDR to < 70 maternal deaths per 100,000 live births), with 74.7% (95% CI 63.6-83.8) cases of direct MD. For the total causes of MD in the 2008-2018 period: abortion (20.1%), hemorrhagic complications (19.8%) hypertensive disorders (18.7%), sepsis (4.6%), AIDS (1.1%), obstetric tetanus (0.3%), other perinatal complications (35.4%); and the main causes of direct MD in 2018 continue to be: abortion (20.3%), hypertensive disorders (20.3%) and obstetric hemorrhages (15.2%). In the 2008-2018 period, for age groups: 20-29 years (40.7%), 30-39 years (37.0%), 10-19 years (13.3%) with annual rise or fall trends. Conclusion: Qualified institutional perinatal care and family planning should be guaranteed, promoting vital strategies such as: work with empirical midwives, prevention of adolescent pregnancy and abortion. Keywords: Maternal mortality ; National Health Programs; Vital strategies. Paraguay.
Descritores: Mortalidade Materna
Interpretação Estatística de Dados
-Paraguai
Assistência Perinatal/normas
Planejamento Familiar
Aborto
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: PY40.1 - Biblioteca


  5 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771353
Autor: Amaral, Daniela Almeida do; Gregório, Eric Liberato; Matos, Danielle Aparecida de Almeida.
Título: Impacto de uma intervenção pró-aleitamento nas taxas de amamentação de prematuros inseridos no método mãe canguru / Impact of a pro-breastfeeding intervention on the breastfeeding rate for premature babies placed in kangaroo mother care
Fonte: Rev. APS;18(1), jan. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O aleitamento materno constitui o modo mais adequado de fornecer alimento para prematuros. Este estudo objetivou analisar a efetividade de um programa de incentivo ao aleitamento materno em recém-nascidos pré-termo, em uma maternidade pública do município de Contagem/ MG. Os dados foram coletados de prontuários de acompanhamento mensal, após a alta hospitalar antes e após a intervenção de uma equipe multidisciplinar. Os resultados mostraram que a prevalência de aleitamento materno exclusivo em prematuros que não receberam as intervenções da equipe foi de 30,80%, enquanto a do grupo acompanhado pela equipe foi de 66,60%. A idade gestacional do nascimento não mostrou associação com a incidência do aleitamento materno pós alta. O tempo de internação na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal também não foi associado com o aleitamento materno exclusivo. Conclui- -se que as ações da Comissão contribuíram para aumentar o índice de aleitamento materno. São necessárias condutas visando a aumentar a prevalência do aleitamento materno exclusivo e prevenir o desmame precoce dos recém-nascidos prematuros.

Breastfeeding is the most appropriate way to provide food for premature babies. This study aimed to analyze the effectiveness of a program, deployed in a public maternity hospital located in Contagem, MG, to encourage breastfeeding for preterm newborns. The data were collected from medical records of monthly followups after discharge, before and after the intervention of a multidisciplinary team. The results showed that the prevalence of exclusive breastfeeding after discharge for preterm infants who received no team intervention was 30.80%, while the group that was monitored by the team had a rate of 66.60%. The gestational age at birth was not associated with the incidence and duration of breastfeeding after discharge. The length of stay in the neonatal intensive care unit was also not associated with exclusive breastfeeding. We conclude it is necessary to mobilize staff and health professionals to generate changes in existing behaviors and routines in order to improve the prevalence of exclusive breastfeeding and prevent early weaning of premature newborns.
Descritores: Aleitamento Materno
Recém-Nascido Prematuro
-Desmame
Assistência Perinatal
Método Canguru
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  6 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1074610
Autor: São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde.
Título: Organização da assistência perinatal para as áreas geográficas dos SUDS-R-6 e SUDS-R-7 / Perinatal care organization for geographic areas of SUDS-R-6 and SUDS-R-7.
Fonte: São Paulo; s.n; set. 1990. [54] p.
Idioma: pt.
Resumo: Este projeto tem como objetivo a redução de morbimortalidade materna e perinatal, através de um projeto piloto de reorganziação da assistência perinatal para as áreas geográficas do SUDS-R 6(Mandaqui) e SUDS-R 7 (Freguesia do Ó). Entre suas principais atividades estão a reforma e adequação das unidades de saúde, implantação de um modelo assistencial perinaltal regionalziado e hierarquizado, contratação e capacitação de recursos humanos e programas educativos dirigidos à população usuária, além da implantação de um sistema de informação que permita a avaliação do cumprimento das metas
Descritores: Assistência Perinatal
Assistência Perinatal/organização & administração
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Criança
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA308, S239o, 1990


  7 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1074052
Autor: Segre, Conceição AM.
Título: [Saúde da criança] / Child health.
Fonte: São Paulo; s.n; s.d. 39 p. ilus, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Assistência Perinatal
Bem-Estar da Criança
Desidratação
Diarreia Infantil
Doenças Respiratórias
Mortalidade Infantil
Serviços de Saúde da Criança
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Criança
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA900, S455s, s.d


  8 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1074033
Autor: Santana, Tânia das Graças M.
Título: Incompatibilidade sanguínea materno-fetal / Maternal-fetal sanguineous incompatibility
Fonte: In: Pluciennick, Ana Maria Aratangy; Volochko, Ana;Franco, Eliana de Fátima Duarte; Alvarenga, Regina Marta Lopes de. Subprograma de saúde da mulher: pré-natal patológico. São Paulo, SES/SP, 1986. p.78-83. (Saúde da Mulher, v.3).
Idioma: pt.
Descritores: Assistência Perinatal
Incompatibilidade de Grupos Sanguíneos
Incompatibilidade de Grupos Sanguíneos/sangue
Relações Materno-Fetais
Limites: Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA309, P733p, 1986, v.3


  9 / 532 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1069677
Autor: Kalckmann, Amália Suzana(org); Conversani, Danaé T N(org); Vierira, Elisabeth Meloni(org); Chiarella, Filomena(org); Pires, Helosia Bearzotti(org); Araújo, Magali(org); Barbosa, Regina M(org); Motta, Rosilda M. Marciano(org); Teixeira, Vera Lúcia M(org).
Título: Trabalhando com gestantes: manual para profissionais de saúde / Working with pregnant: manual for professionals of health.
Fonte: São Paulo; s.n; 1986. 74 p.
Idioma: pt.
Descritores: Assistência Perinatal
Gravidez
Período Pós-Parto
-Aleitamento Materno
Alojamento Conjunto
Parto Humanizado
Saúde da Mulher
Limites: Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Criança
Adolescente
Humanos
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; D, Id, S452t


  10 / 532 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1068602
Autor: Arruda, José Mauro Ferraz; Tosi, Katia Antunes; Alves, Liane C. B; Fontes, Luzia Elisa Freitas; Calil, Marcelo Alvarenga; Souza, Maria Angela de; Leung, Siu Lum; Souza, Tâmara Newman.
Título: Manual de normas e condutas em obstetrícia e neonatologia / Obstetric and neonatology manual standards and patterns.
Fonte: Säo Paulo; Secretaria da Saúde. Hospital Maternidade Interlagos; 1998. [89] p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Neonatologia
Obstetrícia
Unidade Hospitalar de Ginecologia e Obstetrícia
-Assistência Perinatal
Maternidades
Serviços Técnicos Hospitalares
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WQ27.1, A778m



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde