Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.815 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1211 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 122 ir para página                         

  1 / 1211 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-583641
Autor: Paiva, Monique Danyelle Emiliano Batista; Biase, Rita de Cássia Cavalcanti Gonçalves de; Moraes, Julianna Joanna de Carvalho; Ângelo, Angelinne Ribeiro; Honorato, Maria Cristina Tavares de Medeiros.
Título: Complicações orais decorrentes da terapia antineoplásica / Oral complications of cancer therapy
Fonte: Arq. odontol;46(1):48-55, 2010. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: É comum, em pacientes oncológicos submetidos à terapia antineoplásica, o desenvolvimento de complicações orais agudas ou tardias. Esses distúrbios na integridade e função da cavidade bucal se devem ao fato de que a radioterapia e quimioterapia não são capazes de destruir as células tumorais sem lesionar células normais. Dentre as complicações orais encontram-se a mucosite, xerostomia, disgeusia, as infecções fúngicas, bacterianas e virais, as cáries de radiação, trismo, osteorradionecrose, neurotoxicidade, e, em pacientes pediátricos, o comprometimento da formação óssea, muscular e dentária. Esses efeitos geralmente variam a cada paciente dependendo de variáveis do tratamento, do paciente e do tumor. O objetivo do presente trabalho foi apresentar as complicações orais decorrentes da terapia antineoplásica bem como a importância da atuação do cirurgião-dentista nesse contexto. Através da literatura pesquisada, foi possível concluir que é imprescindível que os pacientes oncológicos sejam acompanhados antes, durante e após a terapia antineoplásica a fim de que o cirurgião-dentista possa elaborar um plano de tratamento adequado às suas necessidades, de forma a prevenir ou controlar a ocorrência dessas complicações.
Descritores: Disgeusia/induzido quimicamente
Estomatite/induzido quimicamente
Protocolos Antineoplásicos/normas
Xerostomia/induzido quimicamente
-Micoses
Tratamento Farmacológico/efeitos adversos
Radioterapia/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  2 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-518051
Autor: Albuquerque, Raquel Araújo de; Morais, Vera Lúcia Lins de; Sobral, Ana Paula Veras.
Título: Avaliação clínica da frequência de complicações orais e sua relação com a qualidade de higiene bucal em pacientes pediátricos submetidos a tratamento antineoplásico / Clinical evaluation to the frequency of oral complications and its relation with the quality of buccal hygiene in pediatric patients submitted to antineoplastic treatment
Fonte: Arq. odontol;43(2):9-16, 2007. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo tem como objetivo avaliar e identificar a presença de complicações orais agudas decorrentes do tratamento antineoplásico além de correlacionar com a condição de saúde bucal em 59 pacientes pediátricos submetidos a tratamento antineoplásico no CEONH/HUOC, com idade entre 0 e 18 anos. O aspecto clínico da mucosa bucal foi avaliado em intervalos semanais, no leito, sob luz artificial, com o auxílio de abaixador de língua, do início ao término do tratamento oncológico. Para a avaliação clínica da mucosite utilizou-se o critério de toxicidade aguda da World Health Organization (WHO). A saúde bucal foi avaliada na primeira consulta, através da inspeção visual e foi classificada como favorável ou desfavorável. Dos 59 pacientes, 36 (61 por cento) apresentavam saúde bucal favorável. Das complicações orais que acometeram os pacientes com qualidade de higiene bucal desfavorável, a candidíase correspondeu a 45,2 por cento, nos pacientes que apresentaram qualidade de higiene bucal favorável, a candidíase correspondeu a 26,1 por cento das complicações orais. A mucosite também foi mais freqüente nos pacientes com qualidade de higiene bucal desfavorável, 28,6 por cento das complicações orais. A orientação aos pacientes e seus responsáveis sobre a necessidade e importância de uma higiene bucal rigorosa é indispensável, considerando que a saúde bucal é um dos fatores que favorecem o aparecimento e aumento da severidade das complicações orais agudas decorrentes do tratamento antineoplásico.
Descritores: Higiene Bucal
Tratamento Farmacológico/efeitos adversos
Radioterapia/efeitos adversos
-Boca/efeitos da radiação
Candidíase/induzido quimicamente
Distribuição por Idade
Interpretação Estatística de Dados
Mucosite/induzido quimicamente
Limites: Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  3 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119717
Autor: Sisa, César; Godoy, Rosana; García, Luz Leticia; Amarilla, Rodrigo.
Título: Obstrucción intestinal secundaria a enteritis por radiación: reporte de un caso / Bowel obstruction secondary to radiation enteritis: A case report
Fonte: An. Fac. Cienc. Méd. (Asunción);53(2):165-168, 20200800.
Idioma: es.
Resumo: La enteritis por radiación o enteritis actínica es una complicación secundaria al uso de radioterapia para tratamiento de tumores pélvicos, que puede afectar con mayor frecuencia al intestino delgado (principalmente íleon) y al colon. La cirugía en pacientes con enteritis por radiación crónica debe reservarse ante la presencia de complicaciones, ya que está relacionada con una alta morbilidad y estancia hospitalaria prolongadas, así como posibilidad de re operación. Exponemos el caso de una paciente con oclusión intestinal secundaria a enteritis por radiación que desarrolló años después de la conclusión de su tratamiento por cáncer de cuello uterino, con el objetivo de que esta enfermedad sea sospechada en pacientes con antecedentes de radiación.

Radiation enteritis or actinic enteritis is a complication secondary to the use of radiotherapy to treat pelvic tumors, which can more frequently affect the small intestine (mainly ileum) and the colon. Surgery in patients with chronic radiation enteritis should be reserved in the presence of complications, since it is related to high morbidity and prolonged hospital stay, as well as the possibility of reoperation. We present the case of a patient with intestinal occlusion secondary to radiation enteritis who developed years after the conclusion of her treatment due to cervical cancer, with the objective that this disease has to be suspected in patients with history of radiation.
Descritores: Trato Gastrointestinal/efeitos da radiação
Enterite
-Radiação
Radioterapia/efeitos adversos
Responsável: PY1.4 - Biblioteca


  4 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-791101
Autor: Machado Feijó, Aline; de Leon Linck, Caroline; da Costa Viegas, Aline; Pozza dos Santos, Bianca.
Título: Os caminhos de cuidado das mulheres com diagnóstico de câncer de mama / The pathways of care for women diagnosed with breast cancer
Fonte: Av. enferm;34(1):58-68, ene.-abr. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Descrever os caminhos de cuidado percorridos por mulheres com câncer de mama em tratamento radioterápico. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo e exploratório de caráter qualitativo, realizado com mulheres atendidas no Ambulatório de Radioterapia de uma Universidade Federal do Sul do Brasil. Participaram seis mulheres acometidas por câncer de mama em tratamento radioterápico. Os dados foram coletados de março de 2006 a dezembro de 2007, por meio de entrevista semiestruturada. Resultados: Os dados foram analisados conforme a operacionalização da análise temática, emergindo dois núcleos: Os enredos dos caminhos de cuidado e A superação frente ao diagnóstico. Conclusões: Percebeu-se que os caminhos que a mulher acometida por câncer de mama percorre envolvem tanto facilidades quanto dificuldades, relacionadas ao acesso aos serviços de saúde, a relação com os profissionais e a capacidade de superação. Também considera-se importante ter o conhecimento de seu diagnóstico, a fim de ser uma pessoa ativa neste processo. Ressalta-se a importância dos profissionais e dos serviços de saúde estarem preparados para acolher as mulheres em situação de enfermidade, pois o apoio e a orientação são imprescindíveis para a sua reabilitação.

Objetivo: Describir los caminos del cuidado recorridos por mujeres con cáncer de mama en tratamiento radioterápico. Metodología: Se trata de un estudio descriptivo y exploratorio de carácter cualitativo, realizado en mujeres atendidas en el Ambulatorio de Radioterapia de una Universidad Federal del Sur de Brasil. Participaron seis mujeres afectadas por cáncer de mama en tratamiento radioterápico. Los datos fueron recolectados desde marzo de 2006 hasta diciembre de 2007 por medio de una entrevista semiestructurada. Resultados: Los datos fueron analizados de acuerdo con la funcionalidad del análisis temático, a partir del cual emergieron dos núcleos: Las dificultades de los caminos del cuidado y La superación frente al diagnóstico. Conclusiones: Se percibió que los caminos que recorre la mujer sometida por el cáncer de mama involucran tanto facilidades como dificultades, relacionadas con el acceso a los servicios de salud, la relación con los profesionales y la capacidad de superación. También se considera fundamental el conocimiento de su diagnóstico, de manera que ella pueda ser una persona activa en este proceso. Se debe señalar cuán importante es que los profesionales de los servicios de salud estén preparados para atender a las mujeres en situación de enfermedad, pues el apoyo y la orientación son imprescindibles para su rehabilitación.

Objective: To describe the pathways of care experienced by women with breast cancer receiving radiotherapy. Methodology: It is a descriptive, exploratory and qualitative study, conducted among women in the Radiotherapy Clinic of a Federal University in the South of Brazil. The participants were six women affected by breast cancer who were receiving radiotherapy. Data were collected through semi-structured interviews from March 2006 to December 2007. Results: The data were analyzed according to the operationalization of thematic analysis, emerging two categories: The plots of the pathways of care, and Overcoming the cancer diagnosis. Conclusions: It was perceived that pathways experienced by women affected by breast cancer involve both barriers and facilitators regarding access to health services, their relationship with professionals, and their ability to overcome. It is also considered important to have knowledge about the diagnosis of the disease in order to be an active person in this process. It is important to have well prepared health professionals and services, in order to accept women in ill situations, since support and guidance are essential to their recovery.
Descritores: Radioterapia
Mulheres
Neoplasias da Mama
Enfermagem
Neoplasias
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: CO136.1 - Biblioteca


  5 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1025830
Autor: Tomazelli, Jeane Glaucia; Atty, Adriana Tavares de Moraes; Bertholasce, Antônio Carlos Antunes; Dias, Maria Beatriz Kneipp.
Título: Tratamento Radioterápico no Sistema Único de Saúde: uma Análise do Período 2012 a 2016 / Radiotherapy Treatment in the National Health System: an Analysis of the Period from 2012 to 2016 / Tratamiento Radioterápico en el Sistema Único de Salud: un Análisis del Período 2012 a 2016
Fonte: Rev. bras. cancerol;64(4):461-469, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A radioterapia é uma das modalidades terapêuticas no tratamento do câncer. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico e assistencial do tratamento radioterápico no Sistema Único de Saúde no período 2012-2016. Método: Estudo descritivo sobre as Autorizações de Procedimentos de Alta Complexidade em Oncologia do Sistema de Informação Ambulatorial. Avaliaram-se o quantitativo de Cartão Nacional de Saúde nas autorizações de radioterapia do tipo inicial, o número de autorizações por cartão, as neoplasias mais frequentes, o número de campos de radioterapia aplicados, a idade mediana e a finalidade do tratamento por estabelecimento habilitado em oncologia. Resultados: Identificaram-se 509.708 cartões com uma razão de duas autorizações/cartão. Mama (24,3%) e próstata (18,5%) foram as neoplasias mais frequentes. O número de campos por neoplasia foi superior ao preconizado. A mediana de idade foi menor para encéfalo (48 anos) e maior para próstata (70 anos). Maior parte do tratamento (85,2%) foi para finalidade não paliativa e foram realizadas em Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia com serviço de Oncologia Pediátrica. Conclusão: O estudo demonstrou um incremento no número de casos/ano tratados com radioterapia, evidenciando a importância dessa modalidade terapêutica. Estudos que caracterizem o perfil dos casos em tratamento de câncer são necessários para qualificar a gestão da rede de atenção a saúde.

Introduction: Radiotherapy is one of the therapeutic modalities in the treatment of cancer. Objective: To describe the epidemiology and assistance profile the radiotherapy treatment in the Unified Health System in the period 2012-2016. Method: Descriptive study about Authorization of Procedures of High Complexity in Oncology of the Outpatient Information System. The quantitative of national health card, the number of authorization by card, the most frequent neoplasia cases, the number of fields for the treatment of neoplasia, the average age of neoplasia treatment and the aim of treatment by licensed facilities in oncology. Results: 509,708 CNS were identified with a ratio of two authorization/card. Breast cancer (24.3%) and prostate cancer (18.5%) were the most frequent neoplasms. The number of fields per neoplasia was higher than the one recommended. Average age was lower for encephalon (48 years) and longer for prostate (70 years). Most of the treatment (85.2%) was for non-palliative purposes and were performed in Center of High Complexity in Oncology with Pediatric Oncology Service. Conclusion: The study demonstrated an increase in the number of cases/year treated with radiotherapy, evidencing an important of this therapeutic modality. Studies that characterize the profile of cases in cancer treatment are necessary to qualify the management of the health care network.

Introducción: La radioterapia es una de las modalidades terapéuticas en el tratamiento del cáncer. Objetivo: Describir el perfil epidemiológico y asistencial del tratamiento radioterápico en el Sistema Único de Salud en el período 2012-2016. Método: Estudio descriptivo sobre las Autorizaciones de Procedimientos de Alta Complejidad en Oncología del Sistema de Información Ambulatoria. Se evaluó el cuantitativo de tarjeta nacional de salud en las autorizaciones de radioterapia del tipo inicial, el número de autorizaciones por tarjeta, las neoplasias más frecuentes, el número de campos de radioterapia aplicados, la edad mediana y la finalidad del tratamiento por establecimiento habilitado en el establecimiento oncología. Resultados: Se identificaron 509.708 tarjetas con una razón de dos autorizaciones/tarjeta. Mama (24,3%) y próstata (18,5%) fueron las neoplasias más frecuentes. El número de campos por neoplasia fue superior al preconizado. La mediana de edad fue menor para el encéfalo (48 años) y mayor para la próstata (70 años). La mayor parte del tratamiento (85,2%) fue para fines no paliativos y fueron realizadas en Centro de Alta Complejidad em Oncología con servicio de Oncología Pediátrica. Conclusión: El estudio demostró un incremento del número de casos/año tratados con radioterapia, evidenciando un importante de esta modalidad terapéutica. Los estudios que caracterizan el perfil de casos en tratamiento de cáncer son necesarios para calificar la gestión de la red de atención a la salud.
Descritores: Radioterapia/estatística & dados numéricos
Neoplasias/radioterapia
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Limites: Humanos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I


  6 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-562626
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer.
Título: TEC DOC-1151: aspectos físicos da garantia de qualidade em radioterapia / TEC DOC-1151: physical aspects of quality assurance in radiotherapy.
Fonte: Rio de Janeiro; Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer; 2000. 135 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Qualidade
Dosimetria
Protocolos Clínicos
Radioterapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1; 615.842, B823t HCI; LILACS


  7 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-562628
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer.
Título: Programa de Qualidade em Radioterapia: 1º Seminário em Radioterapia / Quality Assurance Program in Radiotherapy: a Seminar in Radiotherapy.
Fonte: Rio de Janeiro; Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer; 2001. 245 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Qualidade
Dosimetria
Radioterapia
Radioterapia/instrumentação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1; 615.842, B823s HCI


  8 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1117893
Autor: Barón, Connie; Guerrero, Angélica.
Título: Características clínicas de pacientes con sospecha de síndrome de lisis tumoral. Servicio de Medicina Interna. Hospital General Universitario Dr. Luis Gómez López / Clinical characteristics of patients with suspected tumor lysis syndrome. Internal Medicine Service. General University Hospital Dr. Luis Gómez López
Fonte: Bol. méd. postgrado;36(2):21-25, dic.2020. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: El síndrome de lisis tumoral (SLT) es una complicación potencialmente letal provocada por la liberación masiva de ácidos nucleicos, potasio y fosfato hacia la circulación sistémica lo cual se asocia a graves trastornos del metabolismo hidroelectrolítico. Se realizó una revisión retrospectiva de historias clínicas con el objetivo de describir las características clínicas de los pacientes con sospecha de SLT que ingresaron al Servicio de Medicina Interna del Hospital General Universitario Dr. Luis Gómez López durante el lapso 2017-2018. El 50% de los pacientes tenían una edad comprendida entre 51 y 70 años, siendo el 65% de sexo femenino. Los canceres más frecuentemente encontrados fueron el cáncer de mama (29%), cáncer gástrico (15%) y el linfoma no Hodgkin (12%). Todos los pacientes presentaron al menos tres de las manifestaciones clínicas asociadas al SLT entre las cuales se encuentran náuseas, vómitos, anorexia, debilidad, calambres, hiperreflexia, oliguria, anuria, hematuria, hipotensión, convulsiones y deshidratación. El 46% de los pacientes presentaron hiperpotasemia, mientras que 36% mostraron hipocalcemia y 18% hiperfosfatemia. El 76% de los pacientes cursaron con una creatinina > 1,4 mg/dl. El diagnóstico definitivo de SLT no fue posible realizarlo en ninguno de los pacientes incluidos en este estudio debido a la falta de estudios paraclínicos necesarios para satisfacer los criterios según los lineamientos internacionales(AU)

Tumor lysis syndrome (TLS) is a potentially lethal complication due to massive release of nucleic acids, potassium and phosphate into the systemic circulation which is associated with severe hydroelectrolitic metabolic disorders. A retrospective review of clinical charts was performed in order to describe clinical characteristics of patients with possible TLS that were admitted to the Servicio de Medicina Interna of the Hospital General Universitario Dr. Luis Gómez López during the period 2017-2018. The results show that 50% of patients were between 51 and 70 years old and 65% were female. Breast cancer (29%), stomach cancer (15%) and Non-Hodgkin lymphoma (12%) were more frequent in patients with possible TLS. All patients showed at least three of the clinical features commonly associated with TLS such as nausea, vomiting, anorexia, weakness, cramps, hyperreflexia, oliguria, anuria, hematuria, hypotension, convulsion and dehydration. 46% of patients had hyperkalemia, 36% hypocalcemia and 18% hyperphosphatemia. Creatinine levels > 1,4 mg/dl were seen in 76% of patients. Definitive diagnosis of TLS was not possible in any of the patients included in this study due to the lack of laboratory studies required according to international guidelines(AU)
Descritores: Fosfatos
Potássio
Radioterapia
Neoplasias da Mama
Ácidos Nucleicos
Síndrome de Lise Tumoral/fisiopatologia
Tratamento Farmacológico
-Prescrições de Medicamentos
Cuidados Críticos
Hematologia
Medicina Interna
Oncologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  9 / 1211 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-562335
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Programa de Qualidade em Radioterapia.
Título: O elétron na radioterapia: curso a distância - 2005 / The use of electrons in radiotherapy - distance education course.
Fonte: Rio de Janeiro; Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer; 2005. 128 p.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Qualidade
Dosimetria
Radioterapia
Limites: Humanos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1; 615842, B823e HCI


  10 / 1211 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-562334
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer.
Título: El electron en la radioterapia: curso a distancia - 2008 / The use of electrons in radiotherapy - distance education course.
Fonte: Rio de Janeiro; Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer; 2008. 128 p. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Controle de Qualidade
Dosimetria
Radioterapia
Limites: Humanos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1; 615.84207, I59e



página 1 de 122 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde