Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.875.194.910 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 146 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 146 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1070605
Autor: Figueiredo, Regina; Bastos, Silvia.
Título: Contracepção de emergência: atualização, abordagem, adoção e impactos em estratégias de DST/Aids / Emergency contraception: update, approach, strategies and impacts on adoption of STD / AIDS.
Fonte: São Paulo; Instituto de Saúde; 2008. 51 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: HIV
Anticoncepcionais Pós-Coito
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
-Aborto Criminoso/prevenção & controle
Esterilização Reprodutiva
Gravidez não Desejada
Preservativos
Limites: Feminino
Adolescente
Adulto
Humanos
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; I; BR91.2; W82, F475c


  2 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1044739
Autor: Costa, Manoel Augusto.
Título: A esterilização feminina no Brasil / Texto para Discussão (TD) 236: Esterilização feminina no Brasil.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; 1991. 32 p. graf. (Texto para Discussão / IPEA, 236)).
Idioma: pt.
Resumo: Analisa o uso da anticoncepção e da esterilização no Brasil a partir de pesquisas realizadas pelo IBGE e DHS/Bemfan em 1986. Evidencia que o uso de anticoncepção e a taxa de esterilização não são inéditas e nem elevadas diante do cenário internacional
Descritores: Anticoncepcionais
Anticoncepção
Esterilização Reprodutiva
Mulheres
Planejamento Familiar
Prevalência
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, I59 TDI236


  3 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-991900
Autor: Costa, Manoel Augusto.
Título: A esterilização feminina no Brasil / Texto para Discussão (TD) 236: Esterilização feminina no Brasil.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; 1991. 32 p. graf. (Texto para Discussão / IPEA).
Idioma: pt.
Resumo: Analisa o uso da anticoncepção e da esterilização no Brasil a partir de pesquisas realizadas pelo IBGE e DHS/Bemfan em 1986. Evidencia que o uso de anticoncepção e a taxa de esterilização não são inéditas e nem elevadas diante do cenário internacional
Descritores: Anticoncepcionais
Anticoncepção
Esterilização Reprodutiva
Mulheres
Planejamento Familiar
Prevalência
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, I59 TDI236


  4 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-424856
Autor: Scavone, Lucila; Prado, Danda.
Título: Tecnologias reprodutivas: gênero e ciência / Reproductive technologies: gender and science.
Fonte: São Paulo; UNESP; 1996. 220 p. ilus.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Interdisciplinar Gênero, Ciência e Tecnologias Reprodutivas, Universidade Estadual Paulista, Campus de Araraquara), 1995.
Descritores: Aborto Criminoso
Anticoncepção
Esterilização Reprodutiva
Feminismo
Reprodução
Técnicas Reprodutivas
-Anticoncepcionais
Medicina Reprodutiva
Política Pública
Saúde da Mulher
Limites: Feminino
Humanos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 612.6, 126. 46423/2005


  5 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-718557
Autor: Fontenele, Claudia Valença; Tanaka, Ana Cristina d?Andretta.
Título: O fio cirúrgico da laqueadura é tão pesado!: laqueadura e novas tecnologias reprodutivas / The surgical thread used in tubal sterilization is so heavy!: tubal sterilization and new reproductive technologies
Fonte: Saúde Soc;23(2):558-571, apr-jun/2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A laqueadura é um método de esterilização cirúrgica feminina, que consiste em cortar cirurgicamente as trompas, que unem os ovários ao útero. É um método considerado seguro, irreversível, cujas taxas dobraram desde 2003, no contexto brasileiro. O presente estudo é pesquisa qualitativa com o objetivo de descrever e analisar os pensamentos e as avaliações acerca da laqueadura entre as mulheres que buscavam auxílio das novas tecnologias reprodutivas para conceber novamente. As entrevistas foram realizadas em um hospital da rede pública de saúde, na região Sudeste do Brasil, São Paulo, com 16 mulheres esterilizadas. Como resultados, as seguintes temáticas emergiram do estudo: o não cuidado com a vida reprodutiva; laqueadura e habitus; e o arrependimento traduzido pela frase proferida por Rosa: “O fio cirúrgico da laqueadura é tão pesado!”. O estudo desvelou a necessidade de que as mulheres sejam mais bem informadas sobre os procedimentos cirúrgicos que desejam aceder: seja à laqueadura, seja a tratamentos na área das novas tecnologias reprodutivas. O acesso às informações pode promover melhor familiaridade com os termos e mais segurança ante as escolhas.

Tubal sterilization is a method of female sterilization, consisting of the surgical severance of the fallopian tubes which connect the ovaries to the uterus. This method, the rates for which have doubled in Brazil since 2003, is considered safe and irreversible. This study is a qualitative research project which seeks to describe and analyze the thought process and assessment of sterilization by women who have subsequently sought the help of new reproductive technologies to enable them to conceive. Sixteen sterilized women were interviewed at a hospital within the public health system in São Paulo, southeastern Brazil. As a result, the following themes emerged from the study: women’s lack of care regarding their reproductive life; sterilization and (constitution) habitus, and the remorse expressed in the phrase proffered by Rosa: “The surgical thread used in tubal sterilization is so heavy!” The study highlighted the need for women to be better informed about the surgical procedures available to them: whether about tubal ligation or about treatments in the field of new reproductive technology. Access to this information can promote greater understanding of the terms and greater confidence in dealing with the choices involved.
Descritores: Esterilização Reprodutiva
Esterilização Tubária
Saúde da Mulher
Anticoncepção
-Planejamento Familiar
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-939793
Autor: Andrade, Marta Schiavone Cardoso de; Sinhorini, Juliana Anaya.
Título: Programa de Controle Reprodutivo de Cães e Gatos no município de São Paulo.
Fonte: São Paulo; SMS; 29 abr. 2014. 21 p. ilus, map, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Bem-Estar do Animal
Vínculo Homem-Animal de Estimação
Controle
Monitoramento Epidemiológico
Educação em Saúde
Planos e Programas de Saúde
Promoção da Saúde
Vacinas Antirrábicas
Esterilização Reprodutiva
-Gatos
Cães
Eutanásia Animal
Zoonoses
Limites: Humanos
Animais
Gatos
Cães
Tipo de Publ: Aula
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1


  7 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870418
Autor: Belo, Vinícius Silva.
Título: Dinâmica populacional de cães irrestritos: revisão sistemática da literatura e estudo de campo com capturas, marcações, esterilizações e recapturas / Population dynamics of unrestricted dogs: a systematic literature review and field study with catches, markings, sterilizations and recaptures.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2016. 103 p. ilus, map, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O conhecimento sobre a estrutura das populações de cães errantes é essencial para o planejamento e monitoramento de diferentes estratégias de controle e de bem-estar animal. Na presente tese, por meio de uma revisão sistemática da literatura, analisamos os métodos já utilizados para se estimar a abundância de cães irrestritos e os padrões obtidos nos resultados. Vinte e seis estudos foram analisados. Sete das oito publicações que utilizaram contagens por meio de censos não consideraram as diferentes probabilidades de detecção dos animais; apenas um estudo utilizou métodos baseados em distâncias; doze executaram procedimentos de captura e recaptura com análises baseadas unicamente em modelos para populações fechadas e, em sua maioria, sem considerar heterogeneidades; e seis aplicaram métodos próprios com diferentes potencialidades e limitações. Susceptibilidades a vieses na condução dos estudos estiveram relacionados com a descrição ou execução inadequada dos procedimentos de captura ou visualização e com inadequações na identificação e registro dos cães. Assim, houve uma predominância de estimativas de abundância e de densidade de baixa validade. Os resultados estimados tiveram grande variabilidade e identificou-se um número maior de cães machos em todos os estudos. Além disso, executamos um estudo de campo que analisou a dinâmica populacional e a eficácia da esterilização de cães irrestritos no município de Divinópolis-MG. Para isto, utilizamos procedimentos de captura e recaptura, com métodos de análise baseados em populações abertas. Realizaram-se, a cada dois meses, durante 14 meses, capturas, marcações, liberações e recapturas de cães em duas regiões. Em uma destas, os animais foram também esterilizados. Estimou-se a presença de 148 fêmeas e 227 machos durante todo o período de estudo. A razão cão/homem média estimada foi de 1 cão para cada 42 e 51 seres humanos, nas áreas sem e com esterilização, respectivamente. Devido ao grande número de entradas de cães, atribuídas principalmente ao abandono, houve uma tendência de aumento do tamanho populacional em ambas as regiões. As taxas de sobrevivência foram baixas, porém, a mortalidade diminuiu com o decorrer do estudo. Houve maior entrada de machos na população, mas não se observaram diferenças na sobrevivência entre os gêneros. Nenhum dos parâmetros analisados apresentou diferença significativa entre as áreas, demonstrando que a esterilização não afetou a dinâmica populacional. Assim, foram produzidas informações relevantes e inéditas para o entendimento da dinâmica de populações caninas irrestritas e levantadas alternativas para o aprimoramento deste campo de estudos.

The understanding of the structure of stray dogs' populations is of extreme importance for the planning and monitoring of populational control strategies and animal welfare. The methods used to estimate the abundance of this group of dogs are more complex than the ones used with domiciled dogs. In this systematic review, we analyze the techniques and the results obtained in studies that seek to estimate the size of stray dogs' populations. Twenty-six studies were reviewed. Seven of the eight publications that take a simple count of the animal population did not consider the different probabilities of animal detection; only one study used methods based on distances; twelve relied on capture-recapture models for closed populations without consid-ering heterogeneities in capture probabilities; six studies applied their own methods with different potential and limitations. Potential sources of bias in the studies were related to the inad-equate description or implementation of animal capturing or viewing procedures and to inade-quacies in the identification and registration of dogs. Thus, there was a predominance of esti-mates with low validity. Abundance and density estimates carried high variability, and all studies identified a greater number of male dogs. In addition, we performed a field study analyzing the population dynamics and the effectiveness of the sterilization of unrestrained dogs in the city of Divinopolis-MG. For this, we used capture and recapture procedures with analytical methods based on open populations. The captures were performed in two regions, every two months, for 14 months. In one of these animals were also sterilized. We estimated the presence of 148 females and 227 males throughout the study period. The reason dog / human estimated an average of one dog for every 42 and 51 humans in areas with and without sterilization, respectively. Due to the large number of dogs entries, mainly attributed to the abandon, there was a trend of increase in the population size in both regions. Survival rates were low, however, mortality decreased during the study. There was a greater input of males in the population, but no difference in survival between the genders. None of the examined parameters showed a sig-nificant difference between the areas, demonstrating that sterilization did not affect population dynamics. Thus, our thesis produced relevant and unprecedented information for understanding the dynamics of unrestrained dog populations. Besides that, we raised alternatives to improve this field of study.
Descritores: Cães
Leishmaniose Visceral
Dinâmica Populacional
Raiva
Esterilização Reprodutiva
-Controle da População
Estratégias
Limites: Animais
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; T616.959, B452d


  8 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-839688
Autor: Quadros, Marion Teodósio de; Santos, Giselle Maria Nanes Correia dos.
Título: Obstáculos na procura pela esterilização feminina entre mulheres do Bolsa Família / Barriers to the search for female sterilization among women in the Bolsa Família Program / Obstáculos en la búsqueda de la esterilización femenina entre mujeres del programa Beca Familia
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;33(4):e00152515, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: As mulheres pobres do programa Bolsa Família são acusadas de ter mais filhos para ingressar ou permanecer no programa. Em pesquisa etnográfica (2012/2014), analisamos os relatos de cinco beneficiárias e observamos o contrário. Elas procuraram pela esterilização no serviço público de saúde de Recife, Pernambuco, Brasil, para não ter mais filhos e enfrentaram diversos obstáculos. Dentre os impeditivos, apontaram dificuldades na contracepção reversível, bem como restrição da oferta de esterilização no serviço público de saúde, o que aumenta a procura durante o parto cesariano. O argumento de ser beneficiária do Bolsa Família é utilizado para reforçar a condição de pobreza e aumentar as chances de conseguir a esterilização, nem sempre exitoso. Apenas duas mulheres conseguiram realizar a esterilização, atribuindo o êxito à “sorte” ou à “graça de Deus”, não ao acesso a um direito. Os resultados do presente estudo sugerem que o aumento da prole não é resultante do ingresso no programa, e sim à falta de acesso a direitos reprodutivos.

Poor women in the Bolsa Família program are accused of having more children in order to enroll or remain in the program. In an ethnographic study (2012-2014), we analyzed reports by five beneficiaries of the program and found exactly the opposite. The women reported that they had gone to public health services in Recife, Pernambuco State, Brazil, in hopes of avoiding more children, but that they had encountered various obstacles. Such barriers included difficulties in obtaining reversible contraception and restrictions in the supply of sterilization in these services, which increases the demand for cesarean sections. Their argument that they are beneficiaries of Bolsa Família aims to emphasize their poverty and increase the odds of obtaining sterilization (not always successful). Only two of the women had succeeded in obtaining sterilization, which they attributed to “luck” and “the grace of God” rather than as a right. The study’s findings suggest that poor women increase their offspring not because they are enrolled in Bolsa Família, but due to the lack of access to reproductive rights.

A las mujeres pobres del programa Beca Familia se les acusa de tener más hijos para acceder o permanecer en este programa de ayuda social. En una investigación etnográfica (2012/2014), analizamos los relatos de cinco beneficiarias y observamos lo contrario. Ellas buscaron su esterilización en el servicio público de salud de Recife, Pernambuco, Brasil, para no tener más hijos y enfrentaron diversos obstáculos. Entre los impedimentos, apuntaron dificultades en la contracepción reversible, así como la restricción de la oferta de esterilización en el servicio público de salud, lo que aumenta su búsqueda durante el parto con cesárea. El argumento de ser beneficiaria del Beca Familia se utiliza para reforzar la condición de pobreza y aumentar las oportunidades de conseguir la esterilización, no siempre exitosa. Solamente dos mujeres consiguieron ser esterilizadas, atribuyendo el éxito a la “suerte” o a la “gracia de Dios”, no al acceso a un derecho. Los resultados del presente estudio sugieren que el aumento de la prole no es resultante del acceso a este programa, sino a la falta de acceso a derechos reproductivos.
Descritores: Serviços de Planejamento Familiar/estatística & dados numéricos
Acesso aos Serviços de Saúde
Esterilização Reprodutiva/estatística & dados numéricos
-Brasil
Programas Governamentais
Entrevistas como Assunto
Política Pública
Fatores Socioeconômicos
Limites: Humanos
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 146 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787656
Autor: Ferreira, Jessica Mayra; Monteiro, Ilza; Castro, Sara; Villarroel, Marina; Silveira, Carolina; Bahamondes, Luis.
Título: The Use of Long Acting Reversible Contraceptives and the Relationship between Discontinuation Rates due to Menopause and to Female and Male Sterilizations / Uso de contraceptivos reversíveis de longa duração e a relação entre taxas de descontinuidade devido à menopausa e à esterilização de homens e mulheres
Fonte: Rev. bras. ginecol. obstet;38(5):210-217tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: State of São Paulo's Foundation for Research Support; . Brazilian National Council for Research and Development.
Resumo: Abstract Introduction Women require effective contraception until they reach menopause. The long acting reversible contraceptives (LARC) and the depot-medroxyprogesterone acetate (DMPA, Depo-Provera(r), Pfizer, Puurs, Belgium) are great options and can replace possible sterilizations. Purpose To assess the relationship between the use of LARCs and DMPA and terminations ascribed to menopause and sterilizations in a Brazilian clinic. Methods We reviewed the records of women between 12 and 50 years of age attending the clinic that chose to use a LARC method or DMPA. Cumulative termination rates due to sterilization or because the woman had reached menopause were computed using single decrement life-table analysis over 32 years. We also examined all records of surgical sterilization at our hospital between the years 1980-2012. Results Three hundred thirty-two women had continuously used the same contraceptive until menopause, and 555 women had discontinued the method because they or their partners underwent sterilization. From year 20 to year 30 of use, levonorgestrel intrauterine-releasing system (LNG-IUS - Mirena(r), Bayer Oy, Turku, Finland; available since 1980), copper intrauterine device (IUD - available since 1980) and DMPA users showed a trend of cumulative higher discontinuation rates due to menopause when compared with the discontinuation rates due to sterilization. Over the study period, a steep decline in the use of sterilization occurred. Conclusion Over the past 15 years of research we have observed a trend: women usually preferred to continue using LARC methods or DMPA until menopause rather than decide for sterilization, be it their own, or their partners'. The annual number of sterilizations dropped in the same period. The use of LARC methods and DMPA until menopause is an important option to avoid sterilization, which requires a surgical procedure with potential complications.

Resumo Introdução Mulheres necessitam de contracepção até atingirem a menopausa. Os contraceptivos reversíveis de longa duração e o acetato de medroxiprogesterona de depósito (AMPD) são ótimas opções para substituir possíveis esterilizações. Objetivo Avaliar a relação entre o uso de contraceptivos reversíveis de longa duração (LARCs) e AMPD com terminações atribuídas à menopausa e a esterilizações em uma clínica brasileira. Métodos Revisamos os registros de mulheres entre 12 e 50 anos de idade atendidas em clínica e que escolheram usar LARC ou AMPD. Índices de terminação acumulada devido à esterilização ou à menopausa foram computados usando análise de tabela de vida durante 32 anos. Também examinamos todos os registros de cirurgias de esterilização em nosso hospital no período de 1980 a 2012. Resultados Trezentas e trinta e duas mulheres usaram continuamente o mesmo contraceptivo até a menopausa, e 555 mulheres não deram continuidade ao método pelo fato de elas ou seus parceiros terem se submetido à esterilização. De 20 a 30 anos de uso, usuários de sistema intrauterino de levonorgestrel, dispositivo intrauterino de cobre e AMPD apresentaram tendência de maiores índices de descontinuidade devido à menopausa quando comparados a índices de descontinuidade devido à esterilização. No período de estudo, ocorreu um declínio acentuado no uso de esterilização. Conclusão Nos últimos 15 anos do estudo, foi observada uma tendência na qual mulheres optaram mais por continuar usando LARC ou AMPD até a menopausa do que pela esterilização própria ou de seus parceiros. O número anual de esterilizações caiu no mesmo período. O uso de LARC e AMPD até a menopausa é uma opção importante para evitar a esterilização, que exige um procedimento cirúrgico com potenciais complicações.
Descritores: Anticoncepcionais Femininos
Contracepção Reversível de Longo Prazo/estatística & dados numéricos
Acetato de Medroxiprogesterona
Menopausa
Esterilização Reprodutiva
-Brasil
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 146 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Montenegro, Carlos Antonio B
Texto completo
Id: lil-754437
Autor: Osthoff, Laura; Crelier, Atila Haddad; Franco, Fabiano Malzac; Pritsivelis, Cristos; Montenegro, Carlos Antonio B.
Título: Esterilização histeroscópica ambulatorial pelo procedimento Essure: stent tubário / Outpatient hysteroscopic sterilization by the Essure procedure: stent tubal
Fonte: Femina;43(1), jan.-fev. 2015. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A esterilização cirúrgica é um dos métodos contraceptivos mais populares. Métodos tradicionais de esterilização permanente (por exemplo, ligadura tubária abdominal ou laparoscópica) utilizam a anestesia geral ou regional, necessitando de incisão na parede abdominal ou introdução de trocaters, expondo a paciente aos riscos intrínsecos ao procedimento cirúrgico e à obrigatoriedade da recuperação pós-operatória. A Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos aprovou em 2002 o sistema de stent tubário Essure. O Essure oclui as trompas estimulando a fibrose tecidual e a subsequente cicatrização. Esse é um artigo de revisão, que tem o objetivo de apresentar esse método aos tocoginecologistas brasileiros, como uma alternativa eficaz e segura para uso na nossa população. O Hospital da Mulher Mariska Ribeiro é atualmente Centro de Referência no Brasil para o Essure já tendo realizado cerca de 1000 procedimentos.

Surgical sterilization is a popular contraceptive method. Traditional methods of permanent sterilization (eg, abdominal or laparoscopic tubal ligation) use general or regional anesthesia, requiring incision in the abdominal wall or introduction of trocars, exposing the patient to the inherent risks of the surgical procedure and the requirement of postoperative recovery. The Food and Drug Administration (FDA) of the United States in 2002 approved the Essure tubal stent system. The Essure occludes the fallopian tubes stimulating tissue fibrosis and subsequent healing. This is a review article, which aims to present this method to Brazilian obstetricians and gynecologists as an effective and safe alternative for use in our population. The Hospital da Mulher Mariska Ribeiro is currently a Reference Center in Brazil for the Essure having already performed about 1000 procedures.
Descritores: Histeroscopia
Esterilização Reprodutiva
Stents/efeitos adversos
-Anticoncepcionais/uso terapêutico
Método de Barreira Anticoncepção
Diagnóstico por Imagem
Stents
Stents/normas
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde