Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.875.800 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 214 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 22 ir para página                         

  1 / 214 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1152221
Autor: Bellamy, Marian Salles Gomes.
Título: A construção da infertilidade como doença: ciência, regulamentação e mercado / Infertility as disease: science, regulation and market.
Fonte: São Paulo; s.n; 2021. 86 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução A forma como a nossa sociedade lida com a noção de saúde e como constrói a ideia da doença é discricionária e, ao mesmo tempo em que impacta, ela é impactada pela disponibilidade de tratamentos de um complexo industrial biomédico. O caso específico a ser analisado nessa dissertação é o da infertilidade. De que forma essa condição é definida como doença? Por quais atores? Quais tratamentos são disponibilizados para essa doença? Quais conflitos de interesse estão presentes nessa definição? Como se dá a regulamentação dessas questões, no âmbito internacional, e no âmbito nacional? Objetivo O objetivo dessa dissertação é analisar de que forma, e por meio de quais atores, se constrói a dupla condição da infertilidade atualmente: a sua definição como doença, e a noção de que a fertilidade é uma condição natural a ser preservada, uma potencialidade dos corpos femininos. Considera-se, para tanto, que tais construções são permeadas pelo mercado das tecnologias de reprodução assistida (TRAs) e são objeto de regulamentação nacional e internacionalmente. Métodos Foi realizado um estudo baseado em metodologia de caráter qualitativo, incluindo análise documental. Foram analisadas informações de fontes primárias. Foi feita análise documental da Classificação Internacional de Doenças (CID) e da Organização Mundial de Saúde - e seus parceiros -, tendo em vista serem essas as fontes reconhecidas mundialmente para a definição de condições patológicas. Ademais, foi analisado o papel regulamentador dessas entidades internacionais, assim como, dos atores, em âmbito nacional, responsáveis pela regulamentação da prática médica no campo da infertilidade e do mercado das Tecnologias de Reprodução Assistida (TRAs). A fim de propiciar um panorama de análise mais completo, foram estudados os websites das dez principais clínicas privadas da Cidade de São Paulo em busca de quatro conceitos-chave: a definição de "infertilidade" apresentada pelas clínicas, a indicação clínica para o procedimento de fertilização in vitro, o termo usado para se referir ao procedimento de congelamento de gametas femininos e as taxas de efetividade apresentadas nos websites para os tratamentos de infertilidade. Foram estudados os relatórios financeiros e balanços das principais empresas do complexo tecno-científico da biomedicina que atuam na cidade de São Paulo, a fim de identificar as tecnologias/equipamentos sendo desenvolvidos pelas empresas, quais mercados são alvo delas e a relação desse movimento com a proliferação de condições patológicas relacionadas à infertilidade. Resultados A definição da infertilidade como patologia é feita pela OMS por meio da Classificação Internacional de Doenças e, conforme observado, é adotada mundialmente, inclusive pelas clínicas de Reprodução Assistida paulistanas. Essa definição é feita pela OMS e por seus parceiros, os quais se apresentam como instituições neutras e de caráter técnico, apesar de serem patrocinadas direta ou indiretamente pelas indústrias responsáveis por ofertarem tecnologias reprodutivas. Os outros atores partícipes nessa definição consistem em associações de clínicas de reprodução assistida e médicos dessa área, as quais além do próprio interesse em expandirem seus negócios possuem, muitas vezes, financiamento direto das mesmas indústrias. Conclusão A partir dessas análises foi possível identificar o caráter não-neutro da definição da infertilidade como doença, a nova perspectiva da fertilidade como potencial reprodutivo, a influência de atores do mercado na construção desses conceitos, assim como os impactos desses conceitos no mercado das tecnologias para reprodução assistida. Ademais, observou-se a frágil regulamentação existente nesse campo, tanto no cenário internacional como no cenário nacional e a atuação limitada do setor público nessa seara. O poder público está ausente das decisões sobre a adoção das TRAs e sobre a sua aplicação nos corpos das mulheres, da mesma forma que não intervém nas discussões conceituais acerca da condição patológica atribuída à infertilidade pelo campo biomédico. A regulamentação estatal se limita a questões sanitárias, por meio da atuação da ANVISA, o que permite a autoregulamentação da classe médica e do mercado, os quais são permeados por contradições e conflitos de interesse.

Introduction The way in which our society deals with the notion of health and how the idea of disease is built is discretionary and at the same time that it impacts it is impacted by the availability of treatments of the industrial biomedical complex. The specific case to be analyzed in this dissertation is infertility. In what way is this condition defined as a disease? By whom? What treatments are made available for this disease? What conflicting economic interests are present in this definition? How are these processes regulated in both the international and domestic field? Objectives This dissertation aims to analyze how and by means of which participants the dual notion of infertility is conceived currently: its definition as a disease and the idea that fertility is a natural condition to be preserved, a potential of the female body. To do so, it is deemed that such constructions are pervaded by the market of Assisted Reproductive Technologies (ARTs) and are subject to both domestic and international regulations. Methods In order to achieve this aim, a study was performed based upon methodology of a qualitative nature, including documentary analysis. A documentary analysis was made of the International Classification of Diseases (ICD) and of the World Health Organization (WHO) - and its partners -, bearing in mind that it is acknowledged throughout the world for defining pathological conditions. Furthermore, the regulating role of these international entities was analyzed, as was that of those taking part in the Domestic scope, responsible for regulating medical practice in the field of infertility and the market of Assisted Reproductive Technologies (ARTs). In order to provide a more complete overview, the websites of the ten main private clinics in São Paulo were studied seeking four key concepts: the definition of "infertility" presented by the clinics, the clinical indication for the procedure of fertilization in vitro, the term used to refer to the procedure of freezing female gametes and the effectiveness rates displayed on the websites for treating infertility. The main participants of the industrial biomedical complex, focusing on the pharmaceutical industry and medical equipment were identified, as was any relationship thereof with the main fertility clinics of São Paulo city. To do so, the financial reports and balance sheets of the main companies of the technical-scientific complex of biomedicine performing in São Paulo city were studied, in order to identify the technology/equipment being developed by companies, their target markets and the relationship of this movement with the proliferation of pathological conditions related to infertility. Results The definition of infertility as a pathology in the ICD elaborated by the World Health Organization - WHO - is adopted worldwide including by clinics in São Paulo. This definition is elaborated by the WHO and its partners which are funded by the Industry of ART even though they portray an image of neutrality and technical-scientific character. The other players involved in these definitions are fertility clinics' associations and doctors that provide fertility treatments, which have their own business interests and sometimes are even funded directly by this Industry. Conclusion These analyses allowed the identification of the non-neutral nature of the definition of infertility as a disease, the new perspective of fertility as reproductive potential, the influence of entities in the market in building these concepts, as well as the impact of these concepts on the assisted reproductive technology market. Furthermore, the lack of string regulations in this field was noted, in both the international and domestic scenarios and the limited performance of the public sector in this area, which allows the self-regulation of the medical class and the market, pervaded with contradictions and self- interest.
Descritores: Controle Social Formal
Técnicas de Reprodução Assistida
Clínicas de Fertilização
Infertilidade
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  2 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989629
Autor: Leite, Tatiana Henriques.
Título: Análise crítica sobre a evolução das normas éticas para a utilização das técnicas de reprodução assistida no Brasil / Critical analysis on the evolution of ethical norms for the use of assisted reproduction techniques in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(3):917-928, mar. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou em 1992 a resolução CFM nº 1.358/1992 com o objetivo de adotar normas éticas para utilização das técnicas de Reprodução Assistida (TRA). Esta resolução foi atualizada em 2010 (CFM nº 1.957/2010), em 2013 (CFM Nº 2.013/13) e teve sua última atualização 2015 (CFM nº 2.121/2015). O objetivo desse artigo é fazer uma análise crítica sobre a evolução das normas éticas propostas pelo CFM para a utilização de TRA no Brasil. Foi realizada uma análise documental do texto das quatro Resoluções publicadas onde estão descritas as normas éticas para utilização das TRA. Foi observado que a resolução evoluiu em relação aos direitos dos homossexuais, adotou medidas mais permissivas em relação a criopreservação, doação de gametas e embriões e cessão de útero e por fim autorizou alguns procedimentos em TRA como a reprodução post mortem, doação e gestação compartilhada. A partir de 2013 a resolução ganhou um caráter liberal estando atualizada com a prática clínica. Para as próximas atualizações seria interessante incluir procedimentos em TRA os quais não foram abordados como a transferência nuclear e citoplasmática. A frequência de atualização (a cada dois anos) deve ser mantida para as normas éticas que norteiam a TRA continuar evoluindo juntamente com o avanço da ciência.

Abstract The Federal Medical Council (FMC) published FMC Resolution No. 1,358/1992 with the aim of adopting ethical standards for the use of Assisted Reproduction Techniques (ART). This resolution was updated in 2010 (CFM No. 1957/2010), in 2013 (CFM No. 2,013/13) and the last update was in 2015 (CFM No. 2.121/2015). The scope of this article is to conduct a critical analysis of the evolution of the ethical norms proposed by FMC for the use of ART in Brazil. A documentary analysis of the text of the four published Resolutions was carried out, in which the ethical standards for the use of ART were described. It was observed that the resolution evolved in relation to the rights of homosexuals, adopted more permissive measures regarding cryopreservation, donation of gametes and embryos and uteruses on loan and lastly authorized some procedures in ART such as postmortem reproduction, donation and shared gestation. From 2013 onwards the resolution gained a liberal character being updated in terms of clinical practice. For the next updates it would be interesting to include procedures in ART not previously addressed such as nuclear and cytoplasmic transfer. The update frequency (every two years) should be kept to the ethical standards enabling the ART to continue evolving together with the advancement of science.
Descritores: Bioética
Técnicas de Reprodução Assistida/ética
Direitos Sexuais e Reprodutivos/ética
-Doadores de Tecidos/ética
Brasil
Criopreservação/ética
Técnicas de Reprodução Assistida/legislação & jurisprudência
Direitos Sexuais e Reprodutivos/legislação & jurisprudência
Minorias Sexuais e de Gênero/legislação & jurisprudência
Direitos Humanos/legislação & jurisprudência
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1138638
Autor: Moreno Sepúlveda, José; Ratto, Lucio.
Título: Resultados maternos y perinatales de los embarazos obtenidos por técnicas de reproducción asistida: revisión de la literatura / Perinatal and maternal outcomes following assisted reproductive technology: a literature review
Fonte: Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea);85(4):400-407, ago. 2020.
Idioma: es.
Resumo: La utilización de técnicas de reproducción asistida (TRA) ha aumentado en todo el mundo, incluyendo procedimientos como la donación de gametos, la subrogación y el diagnóstico genético preimplantacional. Creciente evidencia confirma que los embarazos de pacientes sometidas a estos tratamientos tienen un mayor riesgo de complicaciones perinatales. No queda claro si la causa de estos hallazgos se debe a la infertilidad subyacente o los tratamientos en sí. Esta revisión tiene como objetivo resumir la evidencia actual acerca de los efectos sobre los resultados maternos y perinatales tanto de los diferentes procedimientos propios de la fecundación in vitro como de algunos tipos de TRA especiales.

The use of assisted reproduction techniques (ART) has increased worldwide, including procedures such as gamete donation, subrogation and preimplantation genetic diagnosis. Growing evidence confirms that pregnancies following these treatments have an increased risk of adverse perinatal outcomes. It is not clear whether the cause of these findings is due to the underlying infertility or the treatments themselves. This review aims to summarize the current evidence regarding the effects of both the different ART procedures and some special types of ART on maternal and perinatal outcomes.
Descritores: Técnicas de Reprodução Assistida/efeitos adversos
-Indução da Ovulação/efeitos adversos
Recém-Nascido de Baixo Peso
Resultado da Gravidez
Fertilização In Vitro/efeitos adversos
Risco
Nascimento Prematuro/etiologia
Transferência Embrionária/efeitos adversos
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1138657
Autor: Errázuriz, Joaquin; Díaz, Elisa; Sanhueza, Pablo; Gonzalez, Patricio; Donoso, Patricio.
Título: Recomendaciones en el manejo de pacientes de medicina reproductiva en tiempos de SARS-CoV-2: Un resumen de la literatura / Management recommendation of reproductive medicine patients in SARS-CoV-2 time: A literature summarize
Fonte: Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea);85(supl.1):S122-S130, set. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: La pandemia de SARS-CoV-2 es una emergencia sanitaria sin precedentes, que ha implicado un reordenamiento en la priorización de procedimientos médicos electivos, frente a un potencial colapso del sistema de salud a nivel mundial y riesgo de contagio del personal y pacientes. Al igual que en el resto del mundo, en Chile la mayoría de los centros de medicina reproductiva han debido suspender sus diferentes terapias de reproducción asistida (TRA). Sin embargo, a raiz de la disminución del número de contagios y mayor evidencia científica disponible, la Sociedad Europea de Reproducción Humana y Embriología (ESHRE) ha recomendado reiniciar los ciclos de medicina reproductiva de forma gradual, a través de sistemas de triage, priorizando pacientes por medio de la generación de distintos escenarios. Considerando esta recomendación, se realizó una revisión sobre la evidencia existente respecto a SARS-CoV-2 / COVID-19 en medicina reproductiva recopilando diferentes directrices de las principales sociedades internacionales, con el objetivo de generar una recomendación ajustada a la realidad nacional.

SARS-CoV-2 pandemic is an unprecedented health emergency, which involves a reorganization of elective procedures, facing a potential global health system collapse. In Chile, as in the rest of the world. most reproductive medicine centers have suspended their different assisted reproduction therapies (ART). However, due to the decrease in the number of infections and due to a greater collection of scientific evidence, the European Society for Human Reproduction and Embryology (ESHRE) have recommended restarting cycles gradually through triage systems, prioritizing patients through the generation of different scenarios. With this in mind, we carried out a review of the existing evidence so far regarding SARS-CoV-2 and reproductive medicine, and we tried to compile the different guidelines of the main international societies, to generate a recommendation adjusted to our local scenario.
Descritores: Pneumonia Viral/prevenção & controle
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Medicina Reprodutiva/normas
Técnicas de Reprodução Assistida/normas
Betacoronavirus
-Indução da Ovulação
Fertilização In Vitro
Triagem
Guias de Prática Clínica como Assunto
Seleção de Pacientes
Transferência Embrionária
Pandemias/prevenção & controle
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-764166
Autor: Corrêa, Marilena C. D. V; Loyola, Maria Andrea.
Título: Tecnologias de reprodução assistida no Brasil: opções para ampliar o acesso / Assisted reproductive technologies in Brazil: options to improve access
Fonte: Physis (Rio J.);25(3):753-777, jul.-set. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo revisita o padrão de assimilação e difusão das tecnologias de reprodução assistida (TRA) no Brasil, caracterizado por altíssima concentração desta tecnologia no setor privado da medicina e baixíssima regulação na aplicação destas técnicas. Este padrão gerou enormes dificuldades e barreiras ao acesso a essas técnicas, basicamente por razões econômicas. A partir da apresentação do panorama da história das TRA, o artigo focaliza dois casos que podem configurar propostas de solução para a excessiva exclusão ao acesso, ainda que não se modifique a mesma lógica privatizante que marca a RA no país, uma vez que o problema das infertilidades não foi priorizado, até o momento, no Sistema Único de Saúde. A primeira, trazida pela indústria farmacêutica, consiste em um programa de compras subsidiadas de medicamentos pelos usuários no chamado Programa Acesso. A segunda proposta, conhecida como doação compartilhada de óvulos, implica a troca, entre duas mulheres, de material reprodutivo biologicamente escasso (ovócitos). Esta troca ocorre, em geral, entre uma mulher que tem óvulos e não pode custear seu tratamento e outra que, não tendo mais óvulos para se reproduzir, custeia o tratamento da doadora. Ambas as propostas se difundem num quadro legal bastante mal regulado em termos da aplicação das TRA, mas que veda práticas não admitidas na Constituição Federal e criminalizadas na lei penal, como a comercialização de órgãos e tecidos humanos em geral, bem como pagamento a voluntários de testes para pesquisa, pela Resolução nº 466 (CNS, 2012). Em termos metodológicos, o artigo assume caráter monográfico e de debate da literatura, mas está baseado também na coleta de dados secundários recentes, assim como em inúmeras pesquisas empíricas realizadas ao longo dos últimos 25 anos pelas autoras.

AbstractThis article revisits the pattern of assimilation and dissemination of assisted reproductive technologies (ART) in Brazil, characterized by extreme concentration of this technology in the private medical sector and very low setting in the application of these techniques. This pattern has generated enormous difficulties and barriers to access to these techniques, basically for economic reasons. From the presentation of the overview of the history of ART, the article focuses on two cases that may propose solutions for excessive exclusion access, although it does not modify the same privatization logic that marks RT in the country, since the problem of infertility was not prioritized, so far, by the Unified Health System. The first, brought by the pharmaceutical industry, consists of a subsidized purchasing program of drug users by the so-called Programa Acesso. The second proposal, known as shared ovules donation, implies the exchange between two women, of biologically scarce reproductive materials (oocytes). This exchange occurs, in general, from a woman who has ovules and cannot afford treatment and another who has no ovules to reproduce, and pays for the treatment of the donor. Both proposals diffuse a legal framework rather poorly regulated in terms of the application of ART, but prohibit practices not authorized in the Constitution and criminalized in penal law such as the sale of human organs and tissues in general, as well as volunteers to payment tests for research. In terms of methodology, the article assumes monographic character and literary debate, but is also based on the collection of recent secondary data, as well as numerous empirical studies conducted over the last 25 years by the authors.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Medicina Reprodutiva
Técnicas de Reprodução Assistida/história
Técnicas de Reprodução Assistida/tendências
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Barreiras ao Acesso aos Cuidados de Saúde
-Brasil
Equidade em Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  6 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-901307
Autor: Frías Sánchez, Zoraida; Pantoja Garrido, Manuel; Sánchez Martín, Fernando.
Título: Desencadenantes de la maduración ovocitaria en ciclos de fecundación in vitro / Triggers of oocyte maturation in cycles of in vitro fertilization
Fonte: Rev. cuba. obstet. ginecol;43(2):1-11, abr.-jun. 2017.
Idioma: es.
Resumo: Tradicionalmente, desde que se iniciaron las técnicas de reproducción asistida, se solía usar un bolo de 5 000-10 000 UI de gonadotropina coriónica humana para la maduración final de los ovocitos como método estándar. Recientemente, se ha introducido un nuevo concepto, en el que los agonistas de la hormona liberadora de gonadotropina juegan un papel esencial en este campo. Ofrece importantes ventajas, entre las que se incluyen: una virtual prevención completa del síndrome de hiperestimulación ovárica. No obstante, algunos estudios defienden que el uso de hormona liberadora de gonadotropina puede ocasionar un defecto en la fase lútea que puede finalizar en una disminución en las tasas de implantación, en las tasas de gestación clínica o en un aumento de las tasas de aborto precoz. Así pues, en esta revisión analizamos las diferentes opciones terapéuticas para desencadenar la maduración final de los ovocitos en las técnicas de reproducción asistida, y discutimos los riesgos, beneficios y posibles complicaciones del uso de los agonistas de la GnRH como inductor de ovulación en ciclos de fecundación in vitro/inyección intracitoplasmática de espermatozoides(AU)

Traditionally, a bolus of 5000-10000 IU human chorionic gonadotropin (hCG) was used for final follicular maturation and ovulation as a standard method since assisted reproduction techniques started (ART). Recently, a new concept in which the releasing gonadotropin hormone agonists (GnRH-a) play an essential role has been introduced. This offers important advantages, including virtually prevention of ovarian hyperstimulation syndrome (OHSS). However, some studies described that using GnRH-a, could lead to defects in the luteal-phase that may result in a reduction of the implantation and clinical pregnancy rates; and also in an increase of early abortion rates. Therefore, the aim of this review is the analysis of different pharmaceutical options to trigger final oocyte maturation in ART, and the discussion of the risks, benefits and likely complications associated with the use of GnRH-a as an inductor of the ovulation during in vitro fecundation/intracitoplasmatic sperm injection cycles (IVF/ICSI)(AU)
Descritores: Síndrome de Hiperestimulação Ovariana/prevenção & controle
Gonadotropina Coriônica/uso terapêutico
-Técnicas de Reprodução Assistida/normas
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135625
Autor: Souza, Anne K; Trautwein, Luiz Guilherme C; Paranzini, Cristiane S; Schnitzer, Josiana F; Perencin, Felipe M; Cardoso, Guilherme S; Martins, Maria Isabel M.
Título: Effect of refrigeration at -1°C on spermatozoa quality of domestic cats / Efeito da refrigeração a -1°C na qualidade de espermatozoides de gatos domésticos
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;40(4):306-314, Apr. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the sperm quality obtained of domestic cats by electroejaculation and recovery of the tail of the epididymis after cooling at -1°C and 4°C for 24 and 48 hours. Twenty-nine adult cats (2 to 6kg) were used. Sperm collection was performed by electroejaculation (EEJ), and after 48 hours, the cats were orchiectomized, and sperm sample was obtained from the vas deferens and epididymis tail (EPD). The samples were diluted in ACP-117® extender, and the sperm characteristics were evaluated at three different moments: when still fresh, 24 and 48 hours after cooling. The objective of this study was to evaluate the sperm quality obtained of domestic cats by electroejaculation and recovery of the tail of the epididymis after cooling at -1°C and 4°C for 24 and 48 hours. Twenty-nine adult cats (2 to 6kg) were used. Sperm collection was performed by electroejaculation (EEJ), and after 48 hours, the cats were orchiectomized, and sperm sample was obtained from the vas deferens and epididymis tail (EPD). The samples were diluted in ACP-117® extender, and the sperm characteristics were evaluated at three different moments: when still fresh, 24 and 48 hours after cooling. In order to compare the two refrigeration temperatures, the first stage was to analyze if there was a difference between the harvesting techniques. After this, two experiments were conducted: in the first, sperm sample from 14 cats were used and the cooling was performed at -1°C; and in the second, sample from 15 cats were used and the sperm were refrigerated at 4°C. Sperm kinetics were evaluated by computerized analysis (CASA) and concentration by Neubauer chamber, spermatic morphology was evaluated by modified Karras staining, and membrane integrity was evaluated by eosin nigrosine. The results obtained were analyzed in R software, version 3.2.5 using the Mann-Whitney test for variables with abnormal distributions, considering significance at the level of 5%. In ejaculate samples, higher values of total morphological defects were observed after 24 and 48 hours of refrigeration at 4°C (P<0.022) compared to refrigeration at -1°C, using Friedman test. To quantify the decrease in sperm quality, parameter reductions were calculated among time points (F-24h/F-48h/24h-48h). In EPD samples, a greater reduction in sperm quality was detected after 24 hours of refrigeration at 4°C, both in motility and sperm kinetics and in the movement and velocity indices, compared to refrigeration at -1°C. Based on the results, it can be concluded that cooling of feline spermatozoa at -1°C for up to 48 hours was efficient in maintaining spermatic quality collected by EEJ and EPD, and it could be an alternative to spermatozoa cryopreservation in domestic felines.(AU)

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade espermática de gatos domésticos obtidos por eletroejaculação e recuperação da cauda do epidídimo após a refrigeração a -1°C e a 4°C por 24 e 48 horas. Vinte e nove gatos adultos (2 a 6kg) foram utilizados. A colheita de espermatozoides foi realizada por eletroejaculação (EEJ) e, após 48 horas, os gatos foram orquiectomizados, e as amostras espermáticas foram obtidas a partir do ducto deferente e da cauda do epidídimo (EPD). As amostras foram diluídas em ACP-117® e as características espermáticas foram avaliadas em três momentos distintos: fresco, 24 e 48 horas após a refrigeração. Para ser possível comparar as duas temperaturas de refrigeração, a primeira etapa foi analisar se havia diferença entre as técnicas de colheita. Após isto, dois experimentos foram conduzidos: no primeiro, espermatozoides de 14 gatos foram utilizados e a refrigeração foi realizada a -1°C; e no segundo, amostras de 15 gatos foram utilizados e os espermatozoides foram refrigerados a 4°C. A cinética espermática foi avaliada por análise computadorizada (CASA), a concentração por câmara de Neubauer, a morfologia espermática foi avaliada pela coloração de Karras modificada, e a integridade da membrana foi avaliada por eosina nigrosina. Os resultados obtidos foram analisados no software R, versão 3.2.5, utilizando o teste de Mann-Whitney para variáveis com distribuições anormais, considerando significância ao nível de 5%. No ejaculado, maiores valores de defeitos morfológicos totais foram observados após 24 e 48 horas de refrigeração a 4°C (P<0,022) em comparação com refrigeração a -1°C, usando o teste de Friedman. Para quantificar a diminuição na qualidade espermática, as reduções dos parâmetros foram calculadas entre os pontos de tempo (F-24h/F-48h/24h-48h). Na EPD, uma maior redução na qualidade espermática foi detectada após 24 horas de refrigeração a 4°C, tanto na motilidade e na cinética espermática quanto nos índices de movimento e velocidade, em comparação com a refrigeração a -1°C. Com base nos resultados, pode concluir-se que a refrigeração dos espermatozoides felino a -1°C, até 48 horas, foi eficaz na manutenção da qualidade espermático colhidos por EEJ e EPD, e pode ser uma alternativa para a criopreservação de espermatozoides em felinos domésticos.(AU)
Descritores: Sêmen
Preservação do Sêmen/veterinária
Espermatozoides
Criopreservação
Técnicas de Reprodução Assistida
-Técnicas de Reprodução Assistida/veterinária
Epididimo
Limites: Animais
Masculino
Gatos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1007939
Autor: Borges Junior, Edson(edt); Cortezzi, Sylvia Sanches(edt); Farah, Leila Montenegro Silveira(edt).
Título: Reprodução humana assistida / Assisted human reproduction.
Fonte: São Paulo; Atheneu; 20110000. 326 p p. il, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Técnicas de Reprodução Assistida
-Síndrome do Ovário Policístico
Fertilização In Vitro
Medicina Reprodutiva
Transferência Embrionária
Limites: Humanos
Responsável: BR45.1 - Biblioteca
BR45.1; WQ205, R425


  9 / 214 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1049799
Autor: Lugo, Elena.
Título: Na - Pro Tecnología: esperanza auténtica ante la infertilidad / Na - Pro Technology: authentic hope of infertility
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);4(2):71-74, 2015.
Idioma: es.
Resumo: La incidencia de la infertilidad ronda el 9% en el mundo occidental y parece estar en crecimiento.Resulta bienvenida toda acción que mejore las tasas de embarazos deseados. Diversas posturas confesionales recomiendan confiar el logro de la deseada descendencia a la Providencia, en la figura de la naturaleza. Invitan a pueden explorar esta opción a quienes enfrentan cuestiones de fertilidad
Descritores: Bioética
Técnicas de Reprodução Assistida
Fertilidade
Infertilidade
-Tecnologia
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  10 / 214 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023942
Autor: Quintana, Eduardo Martín.
Título: Persona y filiación en la legislación actual y en Código Civil y Comercial Unificado / Person and affiliation in current legislation and in Unified Civil and Commercial Code
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);6(1):176-179, 2017.
Idioma: es.
Resumo: El Código de Comercio de nuestro país, fue instituido en 1862. Sus autores fueron Dalmacio Vélez Sarsfield y Eduardo Acevedo.Vélez Sarsfield escribió "en solitario" el Código Civil que se sancionó en 1871. La ley 17711/68 le aplicó modificaciones parciales.Transcurrido algo más de un siglo y medio,la evolución de usos, costumbres y saberes exigió modificar las normas para adecuarlas a la situación actual. Ricardo L. Lorenzetti, Elena Highton de Nolasco y Aída Kemelmajer de Carlucci, destacados legistas, revisaron, actualizaron y unificaron ambos códigos. Los expertos aseguran que la propuesta introdujo criterios novedosos en los derechos relacionados con la integridad física y espiritual, la vida, la salud, la expresión de las ideas, la preservación de la intimidad, la vida privada, la imagen y la identidad.Muchos observadores, entre ellos el Consejo Académico de Ética en Medicina (CAEEM), plantearon su preocupación ante aspectos tales como el doble inicio de la personalidad, la gestación post mortem y la maternidad por sustitución,que comprometen e importan a la dignidad del ser humano. Cuestionaban los beneficios de unificar los códigos civil y comercial para la dignidad humana. Luego de algunas reformas, se instituyó el Código Civil y Comercial Unificado que rige desde el 1 de agosto de 2015. Un experto legista comparte la opinión que expuso en una ponencia presentada en la Academia Nacional de Ciencias Morales y Políticas.
Descritores:
Direitos Civis
Técnicas de Reprodução Assistida/legislação & jurisprudência
Limites: Humanos
Responsável: AR392.1 - Biblioteca



página 1 de 22 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde