Base de dados : LILACS
Pesquisa : E02.906 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-994547
Autor: Manica, Matheus Zamignan.
Título: Refinamentos estéticos na aparência da vulva na cirurgia de adequação genital / Esthetic refinements to the appearance of the vulva in sex reassignment surgery
Fonte: Rev. bras. cir. plást;34(1):65-72, jan.-mar. 2019. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: A cirurgia de adequação genital tem se mostrado uma opção segura e confiável, com redução drástica na disforia e melhora da qualidade de vida das pessoas transgênero. A técnica mais estudada e utilizada é a inversão peniana com suas modificações, com aparência estética e funcionalidade adequadas, porém sem padronização da técnica cirúrgica. Índices de até 38% de satisfação parcial e 15% de insatisfação podem levar até 66% dos casos a realizar procedimentos adicionais. O objetivo é sugerir refinamentos estéticos na aparência da vulva e comparar com algumas das técnicas descritas, buscando aumentar a satisfação estética e funcional pós-operatória. Métodos: Estudo retrospectivo com 7 pacientes submetidas à cirurgia de readequação sexual entre agosto de 2017 e fevereiro de 2018. O clitóris é feito com a glande em formato de tridente, utilizando a coroa para construir os corpos cavernosos do clitóris e aumentar a área de sensação erógena. Faixa de prepúcio é usada para aumentar a cobertura do clitóris e cobrir a face interna dos pequenos lábios, que são definidos com o uso de suturas. Resultados: Sensibilidade adequada e satisfação com o resultado e capacidade de orgasmo em todas as pacientes observadas. Não houve estenose, fístula ou necrose do clitóris com essa técnica. Somente 1 caso precisou de procedimento adicional para melhor definição estética. Conclusão: A técnica apresentada tem alta satisfação das pacientes e sensibilidade erógena, com algumas vantagens em relação a outras técnicas. Porém, estudos prospectivos com número maior de pacientes são necessários para definir a técnica cirúrgica mais efetiva.

Introduction: Sex reassignment surgery is a reliable and safe option, which has drastically reduced dysphoria and improved the quality of life of transgender individuals. The most studied and used technique is penile inversion with modifications, which results in appropriate esthetic appearance and functionality, but the surgical technique has not been standardized. Partial satisfaction rates up to 38% and dissatisfaction rates of 15% may cause up to 66% of cases to undergo additional procedures. The objective is to suggest esthetic refinements to the appearance of the vulva and compare some of the techniques described, seeking to increase the postoperative esthetic and functional satisfaction. Methods: A retrospective study with 7 patients undergoing sex reassignment surgery between August 2017 and February 2018 was conducted. The clitoris is constructed with the glans in the form of a trident, using the corona to build the corpus cavernosa of the clitoris and increase the area of erogenous sensation. A section of the prepuce is used to increase the coverage of the clitoris and cover the inner surface of the labia minora, which are defined with the use of sutures. Results: Adequate sensitivity and satisfaction with the result and capacity of orgasm in all patients were observed. There was no stenosis, fistula, or necrosis of the clitoris with this technique. Only 1 case needed an additional procedure for better esthetic definition. Conclusion: The technique presented leads to high patient satisfaction and erogenous sensitivity, with some advantages compared to other techniques. However, prospective studies with larger numbers of patients are needed to define a more effective surgical technique.
Descritores: Transexualismo/cirurgia
Vulva/cirurgia
Vulva/fisiopatologia
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Estética
Procedimentos de Readequação Sexual/efeitos adversos
Procedimentos de Readequação Sexual/métodos
Cirurgia de Readequação Sexual/efeitos adversos
Cirurgia de Readequação Sexual/métodos
Cirurgia de Readequação Sexual/reabilitação
Pessoas Transgênero
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-984789
Autor: Dellacasa, Maria Alejandra.
Título: Carne única, nueva carne. Cuerpo y democratización de tecnologías biomédicas de transformación corporal para personas trans en el actual escenario argentino / Unique meat, new meat. Body and democratization of biomedical technologies of corporal transformation for trans people in the current Argentine scenario / Carne única, carne nova. Corpo e democratização das tecnologias biomédicas de transformação corporal para pessoas trans no atual cenário argentino
Fonte: Physis (Rio J.);28(4):e280409, 2018.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Este artículo pretende reflexionar acerca del proceso que va desde la producción de conocimiento biomédico en torno a identidades sexo-genéricas diversas, a las transformaciones en los modos de representar a las personas trans como sujetos de derecho, frente al Estado argentino. La intervención en la escena política de colectivos organizados imprimió una serie de particularidades al dispositivo médico-legal de la transexualidad en Argentina. Así, sujetos-pa(de)cientes nacidos en "cuerpos equivocados" pasaron a organizarse colectivamente y a emponderarse desde ese cuerpo como vehículo, para exigir y negociar otras posibilidades de ser y estar en el mundo. La reciente sanción de la Ley de Identidad de Género introdujo cambios en torno a la democratización del acceso a tecnologías biomédicas de transformación corporal, así como en las dinámicas de atención hospitalaria y sus implicancias en la producción de subjetividades mediadas biotecnológicamente. Finalmente, se introduce un debate en torno a nuevas formas de biosociabilidad y producción de conocimiento que configuran particulares relaciones entre ciencia, tecnología, usuarios, profesionales de la salud e instituciones públicas.

Abstract This paper looks to reflect on the process ranging from the production of biomedical knowledge around diverse sex-generic identities, to the transformations in the ways of representing trans people, as subjects of law in the Argentine State. The organizations have broken into the political arena, imprinting some characteristics to the medical and legal transsexuality device in Argentine. Thus, subjects-patients/sufferers that have born in "wrong bodies" became collectively organized and empowered from this body as a vehicle to demand and negotiate other possibilities of being in the world. The recent approval of the Gender Indentity Law introduced changes in the democratization of access to biomedical technologies of body transformation, in the hospital care dynamics and its implications on the production of subjectivities biotechnologically mediated. Finally, we introduce the discussion about new ways of biosociabilty and knowledge production, which configure particular relationships between science, technology, users, health professionals and public institutions.

Resumo Este artigo tem como objetivo refletir sobre o processo que vai desde a produção de conhecimento biomédico sobre diversas identidades sexuais genéricas, até mudanças nos modos de representar as pessoas transexuais como sujeitos de direito frente ao governo argentino. A intervenção dos coletivos organizados no cenário político imprimiu uma série de particularidades ao dispositivo médico-legal da transexualidade na Argentina. Assim, sujeitos-pacientes / que padecem, nascidos em "corpos errados", passaram a se organizar coletivamente e empoderar-se a partir daquele corpo como um veículo para exigir e negociar outras possibilidades de ser e estar no mundo. A recente promulgação da Lei de Identidade de Gênero introduziu mudanças na democratização do acesso a tecnologias biomédicas de transformação corporal e dinâmicas de cuidados hospitalares e suas implicações na produção de subjetividades mediadas biotecnologicamente. Por fim, apresenta-se um debate em torno de novas formas de biossociabilidade e produção de conhecimento que formam relações particulares entre ciência, tecnologia, usuários, profissionais de saúde e instituições públicas.
Descritores: Argentina/etnologia
Desejabilidade Social
Transexualismo
Tecnologia Biomédica
Sociobiologia
Procedimentos de Readequação Sexual/tendências
Medicalização/tendências
Pessoas Transgênero/psicologia
Serviços de Saúde para Pessoas Transgênero
Identidade de Gênero
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-525973
Autor: Arán, Márcia.
Título: Apresentação / Presentation
Fonte: Physis (Rio J.);19(1):11-13, 2009.
Idioma: pt.
Descritores: Transexualismo
Sistema Único de Saúde/tendências
Brasil
Políticas Públicas de Saúde
Procedimentos de Readequação Sexual/tendências
Identidade de Gênero
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-839967
Autor: Popadiuk, Gianna Schreiber; Oliveira, Daniel Canavese; Signorelli, Marcos Claudio.
Título: A Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT) e o acesso ao Processo Transexualizador no Sistema Único de Saúde (SUS): avanços e desafios / The National Policy for Comprehensive Health of Lesbians, Gays, Bisexuals and Transgender (LGBT) and access to the Sex Reassignment Process in the Brazilian Unified Health System (SUS): progress and challenges
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;22(5):1509-1520, maio 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo objetivou analisar como o Ministério da Saúde (MS) vem implementando o Processo Transexualizador (PrTr) no SUS, por meio da pesquisa de documentos oficiais de domínio público, sistematização de dados quantitativos e análise das memórias do Comitê Técnico de Saúde LGBT (CTSLGBT) do MS. A pesquisa exploratória combinou métodos quanti e qualitativos de estudo, tomando como base metodológica a proposta normativa de pesquisa de avaliação de programas e sistemas de saúde. O estudo resultou no cômputo total das cirurgias de redesignação sexual realizadas no SUS (2008-2016), que evidenciam nulidade de óbitos e desigualdades regionais de acesso; e no acompanhamento das ações de implementação da Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (PNSILGBT) por comitê específico designado pelo MS. Mesmo com avanços consideráveis, os desafios persistem, sendo o mais ameaçador, atualmente, a possibilidade de retrocesso imposta por setores conservadores do executivo e legislativo. Portanto, a visibilidade das ações já conquistadas é um passo decisivo para manutenção e potencialização do PrTr no SUS.

Abstract This study aimed to analyze how the Brazilian Ministry of Health (MS) is implementing the Sex Reassignment Process (SRP) in the Unified Health System (SUS), through research of public domain official documents, systematization of surgery’s quantitative data and analysis of meeting reports of the LGBT Health Technical Committee (CTSLGBT) of the MS. We conducted exploratory research combining quantitative and qualitative methods, using as methodological basis the normative proposal of health programs and systems evaluation study. The study resulted in the total data calculation of sex reassignment surgeries performed by the SUS (2008-2016), which highlight no deaths and unequal regional access; and in the monitoring of the implementation of actions of the National LGBT Health Policy by a specific committee appointed by the MS. Despite considerable progress, challenges remain. Currently, the most threatening hurdle is the possibility of a setback imposed by conservative sectors from the Executive and Legislative branches. Therefore, the visibility of achievements is a decisive step toward maintaining and enhancing SRP in the SUS.
Descritores: Assistência à Saúde/organização & administração
Acesso aos Serviços de Saúde
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
Procedimentos de Readequação Sexual/estatística & dados numéricos
-Brasil
Política de Saúde
Política Pública
Minorias Sexuais e de Gênero
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-836913
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Incorporação de novos procedimentos relativos ao processo transexualizador no âmbito do SUS / Incorporation of new procedures related to the transexualization process within SUS.
Fonte: s.l; s.n; [2014]. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Tendo em vista que a revisão da Portaria SAS nº 457 de 19 de agosto de 2008, que regulamenta o processo Transexualizador no âmbito do SUS, encontra-se em fase de finalização, esta Coordenação de Média e Alta Complexidade encaminha para conhecimento e análise desta Comissão, o impacto financeiro dos procedimentos sugeridos para incorporação: a) mastectomia simples bilateral em usuário/a sob o processo transexualizador; b) histerectomia c/ anexectomia bilateral e colpectomia em usuário/a/as sob processo transexualizador; c) cirurgias complementares de redesignação sexual; d) administração hormonal - testosterona (valor mensal); c) cirurgias complementares de redesignação sexual; d) administração hormonal - testosterona (valor mensal); acompanhamento de usuário/a/as no processo transexualizador apenas para tratamento clínico (por atendimento). Ressalta - se que a revisão da referida portaria está sendo trabalhada por técnicos, pesquisadores e especialistas afetos a área, em conjunto com o movimento social e técnicos da Coordenação Geral da Média e da Alta Complexidade/DAE/SAS, apresentamos o produto deste estudo e a solicitação de incorporação de novos procedimentos na Tabela de Procedimentos, Órteses, Próteses e materiais do SUS. Os membros da CONITEC presentes na 11ª reunião ordinária do plenário do dia 07/12/2012 recomendaram a incorporação de novos procedimentos relativos ao processo transexualizador no âmbito do SUS. Portaria nº 11, de 15 de maio de 2014. Portaria nº 11, de 15 de maio de 2014 - Torna pública a decisão de incorporar os procedimentos relativos ao processo transexualizador no Sistema Único de Saúde - SUS: mastectomia simples bilateral; histerectomia com anexectomia bilateral e colpectomia; cirurgias complementares de redesignação sexual; administração hormonal de testosterona e acompanhamento de usuários no processo transexualizador apenas para tratamento clínico.
Descritores: Estrogênios/uso terapêutico
Procedimentos de Readequação Sexual/economia
Cirurgia de Readequação Sexual/economia
Testosterona/uso terapêutico
Transexualismo
-Brasil
Serviços de Saúde para Pessoas Transgênero
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Animais
Masculino
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-752587
Autor: Petry, Analídia Rodolpho.
Título: Transgender women and the Gender Reassignment Process: subjection experiences, suffering and pleasure in body adaptation / Mujeres transgénero y el Proceso Transexualizador: experiências de sometimiento, sufrimiento y placer en la adecuación del cuerpo / Mulheres transexuais e o Processo Transexualizador: experiências de sujeição, padecimento e prazer na adequação do corpo
Fonte: Rev. gaúch. enferm;36(2):70-75, Apr-Jun/2015.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: This article seeks to understand the experiences of transgender women in relation to the hormone therapy and sex reassignment surgery that make up the Gender Reassignment Process. METHOD: It is a qualitative study inserted into the field of cultural and gender studies. Data collection used narrative interviews, conducted in 2010 and 2011, with seven transsexual women who had been undergoing the Gender Reassignment Process for at least two years. The data was submitted to a thematic analysis. RESULTS: The results show that the transformation processes for construction of the female body include behavior adaptation, posture modification, voice modulation, hormone use, vaginal canal dilation and surgical complications. Such processes subject the body to be built as idealized to fit the gender identity, infringing on pleasures and afflictions. CONCLUSION: We concluded that the discussion involving the Gender Reassignment Process brings allowances for nursing regarding body changes experienced by transgender women. .

OBJETIVO: Esta investigación busca entender experiencias de mujeres transexuales con relación a la terapia hormonal y cirugía de reasignación de sexo, que constituyen el Proceso Transexualizador. MÉTODO: Se trata de una investigación cualitativa ubicada en el campo de los Estudios Culturales y de Género. Para la recolección de datos se utilizó la entrevista narrativa, llevada a cabo entre enero de 2010 y diciembre de 2011 con siete mujeres transexuales que se sometieron a la totalidad del Proceso Transexualizador por, un mínimo de dos años. Los datos fueron sometidos a análisis temático. RESULTADOS: Los resultados muestran que la construcción de un cuerpo femenino implica procedimientos para cambiar el comportamiento, postura, el tono de voz, el uso de la terapia hormonal, dilatación del canal vaginal y complicaciones quirúrgicas. Estos procesos someten al cuerpo a construirse como fue diseñado para adaptarse a su identidad de género, causando placeres y sufrimientos. CONCLUSIÓN: Este estudio muestra que la discusión del Proceso Transexualizador trae subsidios para enfermería acerca de los cambios corporales que experimentan las mujeres transexuales. .

OBJETIVO: Neste artigo, busca-se compreender as experiências de mulheres transexuais em relação à hormonioterapia e à cirurgia de redesignação sexual que constituem o Processo Transexualizador. MÉTODO: Trata-se de uma pesquisa qualitativa inserida no campo dos estudos culturais e de gênero. A coleta de dados utilizou entrevistas narrativas, realizadas em 2010 e 2011 com sete mulheres transexuais que se submeteram ao Processo Transexualizador há, pelo menos, dois anos. Os dados foram submetidos à análise temática. RESULTADOS: Os resultados mostram que os processos de transformação para a construção do corpo feminino envolvem adequar o comportamento, postura, empostação da voz, uso de hormônios, dilatação do canal vaginal e complicações cirúrgicas. Tais processos sujeitam o corpo a se construir conforme idealizado para adequar-se a sua identidade de gênero, infringindo-lhe prazeres e padecimentos. CONCLUSÃO: Conclui-se que a discussão que envolve o Processo Transexualizador traz subsídios para a enfermagem acerca das modificações corporais vivenciadas pelas mulheres transexuais. .
Descritores: Prazer
Estresse Psicológico
Procedimentos de Readequação Sexual/psicologia
Pessoas Transgênero/psicologia
-Comportamento
Imagem Corporal
Identidade de Gênero
Hormônios Esteroides Gonadais/efeitos adversos
Hormônios Esteroides Gonadais/uso terapêutico
Entrevistas como Assunto
Satisfação do Paciente
Narrativas Pessoais como Assunto
Complicações Pós-Operatórias/psicologia
Pesquisa Qualitativa
Autoimagem
Procedimentos de Readequação Sexual/enfermagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664971
Autor: Guimarães Oliveira Marques , Marina; Pinto, Rebecca Meireles de Oliveira; Faria, Thais Magalhães; Viana, Ana Carla Teixeira; Silva, Flávia Aguiar; Silva, Soraia Matos Cedraz; Cruz, Murilo Marcos de Senna; Azevedo, Jairo Alves; Silva , Ramon Assis; Neves , Nedy Maria Branco Cerqueira.
Título: Genitoplastia em bebês indianas: encontros e desencontros da medicina, bioética e cultura / Genitoplasty in indian babies: agreements and disagreements of medicine, bioethics and culture / Genitoplastia en bebés de la India: acuerdos y desacuerdos de la medicina, la bioética y la cultura
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);20(3), 21.12.2012.
Idioma: pt; en.
Resumo: O presente artigo visa analisar os aspectos bioéticos relacionados às recentes práticas de genitoplastia em bebês do sexo feminino na Índia, levando em conta os principais aspectos que influenciam essa prática sob os pontos de vista psicológico, fisiológico, sociocultural e histórico. O método baseou-se na revisão bibliográfica de artigos publicados em base de dados como SciELO e Pubmed e na leitura de livros-texto referentes ao tema. Na discussão, foram analisados aspectos históricos e mitológicos que contribuíram para a construção da posição atual da mulher indiana na sociedade, reunindo conceitos de cultura e aspectos sociais associados ao tema. Entre os argumentos contrários à realização de genitoplastia se destacam os prejuízos à saúde da menina e, sobre tudo, o questionamento ético da atitude de pais e médicos. Mediante a análise de todos esses fatores, concluiu-se que o resultado dessa prática é nocivo à bebê e foram sugeridas medidas para a extinção do procedimento.

Este aroculo tiene como objetivo principal el análisis de los aspectos bioéticos relacionados a las recientes prácticas de Genitoplastia realizadas en bebés del sexo femenino en la India, teniendo en cuenta los princpales aspectos que influencian dicha práctica desde un punto de vista psicológico, fisiológico, sociocultural e histórico. El método utilizado se ha basado en el estudio bibliográfico de aroculos cienoficos sacados de páginas web, tal como SciELO y Pubmed, y en la lectura de libros de texto referentes al tema. En la discusión, se analizaron aspectos históricos y mitológicos que contribuyeron a la construcción de la posición de la mujer india en la sociedad, reuniendo conceptos acerca de la cultura y aspectos sociales relacionados al tema en cuestión. Entre los argumentos en contra de la realización de la Genitoplastia se destacan los daños causados a la salud de la niña y, sobre todo, el cuestionamiento ético de la actitud de los padres y de los médicos. Tras analizarse todos los factores concernientes, se llega a la conclusión de que el resultado de esta práctica es nocivo al bebé y fueron sugeridas algunas medidas para la extinción del procedimiento.

The objective of the present article is to discuss the bioethical aspects of recent genitoplasty practices in female babies in India, taking into consideration psychological, physiological, social, cultural and historical issues that influence such practice. The methodology was based on reviews of articles published in the databases of SciELO and Pubmed websites and on the reading of books which could validate our reasoning. In the discussion, historical and mythological aspects that have built the current position of the woman in the Indian society were addressed, by gathering culture concepts and social subjects related to the theme. Among arguments against the performance of genitoplasty, harms to the girl's health were highlighted, and mainly the ethical questioning of parents and doctors attitude. Through the analysis of all these factors, it was concluded that the result is harmful to the infant and some measures for the extinction of the procedure were suggested.
Descritores: Bioética
Criança
Características Culturais
Cultura
Identidade de Gênero
Revisão
Procedimentos de Readequação Sexual
Mulheres
-Fatores Culturais
Impacto Psicossocial
Limites: Seres Humanos
Feminino
Criança
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-609935
Autor: Orozco Calderón, Gabriela; Ostrosky Shejet, Feggy; Salin Pascual, Rafael; Borja Jiménez, Karina.
Título: Perfil neuropsicológico en transexuales: efecto del tratamiento de reasignación de sexo / Neuropsychological profile in transsexuals: effect of sex reassignment treatment
Fonte: Rev. chil. neuropsicol. (En línea);6(1):34-41, jul. 2011. tab.
Idioma: es.
Resumo: Las funciones cognitivas, como el aprendizaje, la memoria y las funciones ejecutivas, son afectadas por las hormonas esteroides sexuales. El objetivo fue evaluar el perfil cognoscitivo en personas transexuales hombre a mujer (TH-M) en presencia y ausencia de tratamiento hormonal con estrógenos. Participaron un total de 54 sujetos. El grupo experimental fue de 22 pacientes TH-M, dividido en dos grupos: con tratamiento hormonal (n=9) y sin tratamiento hormonal (n=13). El grupo control fue conformado por hombres (n=16) y mujeres (n=16), pareados en edad y escolaridad. Evaluados con la batería NEUROPSI: Atención y Memoria (Ostrosky-Solís, Gómez, Matute, Roselli, Ardila & Pineda, 2003). Los grupos transexuales tuvieron mejores puntajes que los controles en atención inmediata y en formación de categorías, pero mostraron menores puntajes que los controles en codificación de material visoespacial y de caras, en memoria verbal inmediata y evocada. Se encontraron correlaciones negativas entre meses de tratamiento y la codificación visoespacial, memoria para caras y memoria verbal. Los resultados sugieren que las hormonas sexuales tienen efectos organizadores y activadores sobre la cognición.

Mental functions, including learning, executive functions and memory, are susceptible to be affected by sexual steroids hormones. The objective was to evaluate the cognitive profile of transsexual's male to female (TM-F) in presence and absence of hormonal treatment with estrogens. A total of 54 subjects participated. The experimental group was conformed by 22 patients in condition transsexual male to female, divided in two groups: with hormonal treatment (n=9) and without hormonal treatment (n=13). The control group was conformed by heterosexual men (n=16) and women (n=16) paired in age and schooling to the experimental group. Subjects were evaluated by a comprehensive neuropsychological battery, NEUROPSI: Attention and Memory (Ostrosky-Solís, Gómez, Matute, Roselli, Ardila & Pineda, 2003). Transsexual's groups performed better than controls in immediate attention, category formation, but worse than controls in visuospatial codification, faces, recall and immediate verbal memory. Negative correlations were founded between treatment months in visuospatial codification, faces, and verbal memory.
Descritores: Cognição
Função Executiva
Estrogênios/administração & dosagem
Transexualismo/psicologia
Transexualismo/tratamento farmacológico
-Aprendizagem
Estudos de Casos e Controles
Estrogênios/efeitos adversos
Feminização
Memória
Testes Neuropsicológicos
Procedimentos de Readequação Sexual
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde