Base de dados : LILACS
Pesquisa : E03.155 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1843 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 185 ir para página                         

  1 / 1843 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-998872
Autor: Gonzales, Paola Sampaio(edt); Fernandes, Mário Marques(edt); Oliveira, Mara Rosângeles de(edt); Wolffenbuttel, Luciano(edt); Michel-Crosato, Edgard(edt); Oliveira, Rogério Nogueira(edt).
Título: Can dental anesthesia lead to death? Crime investigation report / Anestesia odontológica pode levar à morte? Relato de investigação criminal
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;6(1):67-73, jan-abr 2019.
Idioma: en.
Resumo: Emergency situations that may lead to the death of an individual, even when there is no cause directly related to the treatment, occur with certain frequency in dental offices. The purpose of this study was to report a case that involved an inquiry and police investigation related to the death of a female patient after the injection of two ampoules of 2% lidocaine anesthetic for dental treatment. The patient died despite assistance given by the professional and by SAMU (Urgent Mobile Medical Service). The legal authorities inquired into the possibility that the amount of anesthetic may have caused the patient's death. However, it was proven that the amount of anesthesia was adequate, and the recommendation of the Public Prosecutor's Office was for closure of the case because of lack of evidence justifying occurrence of the crime

Situações de emergência que podem levar à morte de um indivíduo, mesmo quando não há causa diretamente relacionada ao tratamento, ocorrem com certa frequência nos consultórios odontológicos. O objetivo deste estudo foi relatar um caso que envolveu uma investigação e um inquérito policial relacionada à morte de uma paciente do sexo feminino após a injeção de duas ampolas do anestésico lidocaína a 2% para a realização de tratamento odontológico. A paciente faleceu apesar da assistência prestada pelo profissional e pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). As autoridades investigaram a possibilidade de que a quantidade de anestésico poderia ter causado a morte do paciente. No entanto, foi comprovado que a quantidade de anestesia era adequada e a recomendação do Ministério Público foi de encerramento do caso devido à falta de evidências que justificassem a ocorrência do crime
Descritores: Extração Dentária
Morte Súbita
Emergências
Odontologia Legal
Anestesia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  2 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1024452
Autor: Costa, Paulo Ferreira da; Moro, Juliana Vitti; Ortiz, Edna Mireya Gomez; Carneiro, Rodrigo de Lima; Nunes, Newton.
Título: Parâmetros ventilométricos e hemogasométricos em cadelas submetidas à ovário-histerectomia, pré-medicadas com tramadol ou morfina e anestesiadas com isofluorano / Ventilometric parameters and arterial blood gases in bitches undergoing ovariohisterectomy, pre-medicated with morphine or tramadol and anesthetized with isoflurane
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;21(4):167-172, out.-dez.2014. il.
Idioma: pt.
Resumo: We evaluated the effects on blood gas and ventilometric parameters in bitches undergoing ovariohysterectomy (OHE), pre-medicated with morphine or tramadol and anesthetized with isoflurane. We used 12 mongrel dogs, distributed into two groups (n = 6 for each group), all with induction of anesthesia with propofol and maintained with isoflurane in 100% O2, and the difference between groups was given by premedication with tramadol (GT - 4mg/kg IM) or morphine (GM - 0.4 mg / kg IM). The measurement of all variables was performed 30 minutes after propofol bolus (M0), and then, in intervals of 15 minutes, during 60 minutes (M15, M30, M45 and M60). No significant differences were found between groups or times for the gas variables, however pH, PaCO2 and DB were outside the normal range for dogs. Significant differences were found for the variables: tidal volume (GM> GT M0 to M60), peak inspiratory and expiratory flow (GM> GT) and peak inspiratory pressure (GM was higher than GT in M0). It was concluded that both opioids are safe and will not cause major changes in ventilometry when used in premedication in dogs anesthetized with isoflurane and submitted to OHE, however, inhalation anesthesia with isoflurane should be used with caution in animals with a tendency to acidemia.
Descritores: Cães
Analgésicos Opioides
Histerectomia
Anestesia
Limites: Cães
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  3 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961098
Autor: Lemos, Cassiane de Santana; Poveda, Vanessa de Brito; Peniche, Aparecida de Cassia Giane.
Título: Construction and validation of a nursing care protocol in anesthesia / Construção e validação de um protocolo assistencial de enfermagem em anestesia / Construcción y validación de un protocolo de atención de enfermería en anestesia
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2952, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To construct and validate a nursing care protocol in anesthesia. Method: methodological study of face and content validation, judging clarity, relevance, pertinence and comprehensiveness of a care protocol, elaborated from the integrative review of previous literature and based on the conceptual model of assistance perioperative nursing of Castellanos and Jouclas. The protocol was evaluated by five anesthesiologists and nurses from the surgical center. The results were analyzed through the content validity index. Results: among the 119 items assessed by experts, 11 (9.2%) instrument items presented content validity index of <80% and were changed. The items with disagreement were related to the selection and availability of materials and equipment, especially before anesthetic induction. The content validity index, obtained for the different items, proposed after the amendments mentioned, ranged from 80 to 100%, in the three periods of anesthesia, indicating the proper validity of the proposed content. Conclusion: the nursing care protocol in anesthesia was considered valid.

RESUMO Objetivo: Construir e validar um protocolo assistencial de enfermagem em anestesia. Método: Estudo metodológico de validação de face e do conteúdo, julgando clareza, relevância, pertinência e abrangência de um protocolo assistencial, elaborado a partir de revisão integrativa de literatura anterior e fundamentado no modelo conceitual de assistência de enfermagem perioperatória de Castellanos e Jouclas. O protocolo foi submetido à avaliação por cinco especialistas anestesiologistas e enfermeiros de centro cirúrgico. Os resultados foram analisados por meio do índice de validade de conteúdo. Resultados: Dentre os 119 itens avaliados pelos especialistas, 11 (9,2%) itens do instrumento apresentaram índice de validade de conteúdo <80% e sofreram modificações. Os itens com discordância foram relativos à seleção e disponibilidade de materiais e equipamentos, principalmente antes da indução anestésica. O índice de validade de conteúdo obtido para os diferentes itens propostos após as alterações citadas variou de 80 a 100% nos três períodos da anestesia, indicando validade adequada do conteúdo proposto. Conclusão: O protocolo assistencial de enfermagem em anestesia foi considerado válido.

RESUMEN Objetivo: construir y validar un protocolo de atención de enfermería en anestesia. Método: estudio metodológico de validación facial y de contenido, juzgando claridad, relevancia, pertinencia y alcance de un protocolo de atención elaborado a partir de una revisión integrativa de literatura anterior, basado en el modelo conceptual de atención de enfermería perioperatoria de Castellanos y Jouclas. El protocolo fue presentado para evaluación por cinco expertos anestesiólogos y enfermeras del centro quirúrgico. Los resultados se analizaron a través del índice de validez de contenido. Resultados: entre los 119 artículos evaluados por expertos, 11 ítems del instrumento (9,2%) presentaron índice de validez de contenido < 80% y sufrieron modificaciones. Los ítems con discordancia estaban relacionados con la selección y disponibilidad de materiales y equipos, especialmente antes de la inducción anestésica. El índice de validez de contenido, obtenido de los diferentes ítems, propuestos después de las alteraciones mencionadas, osciló entre el 80 y el 100% en los tres periodos de la anestesia, lo que indica que la validez es adecuada al contenido propuesto. Conclusión: el protocolo asistencial de enfermería en anestesia fue considerado válido.
Descritores: Enfermagem Perioperatória
Protocolos Clínicos
Anestesia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  4 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012758
Autor: Botelho, Ana F. M; Joviano-Santos, Julliane V; Santos-Miranda, Artur; Menezes-Filho, José E. R; Soto-Blanco, Benito; Cruz, Jáder S; Guatimosim, Cristina; Melo, Marília M.
Título: Non-invasive ECG recording and QT interval correction assessment in anesthetized rats and mice / Eletrocardiograma não invasivo e avaliação da correção do intervalo QT em roedores anestesiados
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(6):409-415, June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEMIG; . CNPq.
Resumo: Rats and mice are the most common species used in experimental cardiac electrophysiology studies. Electrocardiogram (ECG) recording shows paramount importance for monitoring arrhythmias and cardiac function in several disease models, including QT syndrome. However, the lack of standardized reference values and QT correction formula for different animal species and lineages represent a challenge for ECG interpretation. The aim of this study is to provide an improved method for ECG recording, establishing reference range values and determine the QT formulas with higher correlation to heart rate (HR). A total of 10 Wistar rats, 10 Swiss mice, 10 C57BL/6 mice and 10 FVB/NJ mice were used in the study. Animals were submitted to anesthesia with isoflurane and ECG recording was performed using a six-channel non-invasive electrocardiograph. QT was corrected using the following formulas: Bazzett, Fridericia, Mitchell, Hodges, Van der Water and Framingham. Normal range values for ECG parameters were established in all animals studied. Pearsons' correlation defined Hodges formula as the most suitable for QT correction. This study demonstrated an improved method of ECG recording with reference values for Swiss, FVB/NJ, C57BL/6 mice, and Wistar rats. Hodges' formula was the most effective formula for QT correction in rodents, whereas Bazett's and Friderica formulas were ineffective for such animals. The present work contributes to arrhythmias investigation in experimental cardiology and may reduce misinterpretations in rodents' ECG.(AU)

Ratos e camundongos são as espécies mais comumente utilizadas em estudos experimentais de eletrofisiologia cardíaca. O registro do eletrocardiograma (ECG) é de suma importância para o monitoramento de arritmias e função cardíaca em vários modelos de patologias. No entanto, a falta de valores de referência padronizados e a fórmula de correção do QT para diferentes espécies e linhagens animais representam um desafio para a interpretação do ECG. O objetivo deste estudo é fornecer um método melhorado para o registro de ECG, estabelecendo valores de referência e determinar as fórmulas QT com maior correlação com a freqüência cardíaca (FC). Um total de 10 ratos Wistar, 10 camundongos Swiss, 10 camundongos C57BL/6 e 10 camundongos FVB/NJ foram utilizados no estudo. Os animais foram submetidos à anestesia com isoflurano e o registro de ECG foi realizado com eletrocardiógrafo não invasivo de seis canais. O QT foi corrigido usando as seguintes fórmulas: Bazzett, Fridericia, Mitchell, Hodges, Van der Water e Framingham. Os valores da normalidade para os parâmetros do ECG foram estabelecidos em todos os animais estudados. A correlação de Pearson definiu a fórmula de Hodges como a mais adequada para a correção do QT. Este estudo demonstra um método melhorado de registro de ECG com valores de referência para camundongos Swiss, FVB/NJ, C57BL/6 e Wistar. A fórmula de Hodges foi a mais eficaz para correção de QT em roedores, enquanto as fórmulas de Bazett e Friderica apresentaram valores mais baixos de correlação. O presente trabalho contribui para a investigação de arritmias em cardiologia experimental e pode reduzir interpretações erradas no ECG de roedores.(AU)
Descritores: Roedores/fisiologia
Eletrocardiografia/métodos
-Anestesia/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1015127
Autor: Diógenes, Daniele Holanda; Costa, Cristiano Silva da; Rivanor, Renata Line da Conceição.
Título: Tempo de Jejum no Pré-Operatório de Cirurgias Eletivas em um Hospital de Referência em Trauma no Município de Fortaleza ­ CE / Fasting Time in the Preoperative of Elective Surgeries at a Referral Hospital in Trauma in the Municipality of Fortaleza - CE
Fonte: Rev. bras. ciênc. saúde;23(2):191-196, 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: cirurgias eletivas mantêm o paciente em jejum noturno prolongado, potencializando a diminuição na qualidade imunológica do indivíduo, alterando o processo de cicatrização e predispondo-o a infecções. Objetivo: analisar o tempo de jejum no pré-operatório de cirurgias eletivas em um hospital de referência do Município de Fortaleza. Material e Métodos: utilizou-se um questionário contendo informações sobre a identificação e ao processo cirúrgico: o horário da última refeição e último alimento oferecido pelo hospital. Resultados: Foram avaliados 159 pacientes com idade média de 35 ± 18,2 anos, em que 74,2% eram adultos e 71,8% eram do sexo masculino. O tempo médio de jejum pré-operatório encontrado foi de 11 horas para os pacientes com cirurgia agendada pela manhã e de 18 horas para aqueles com agendamento no período da tarde. Ao analisar as últimas refeições, pode-se perceber que o tempo de jejum foi superior ao que é preconizado em todos os grupos de alimentos. Os pacientes em que a sua última refeição era composta por carnes e frituras permaneceram por um maior tempo médio em dieta zero (21 horas). Conclusão: os pacientes foram submetidos a um tempo médio de jejum pré-operatório superior às recomendações da American Society of Anesthesiologists. Esse período foi igualmente extenso para a ingestão prévia de sólidos e líquidos.(AU)

Introduction: Elective surguries keep the patient in prolonged nocturnal fasting, potentiating the decrease in the immunological quality of the individual, altering the healing process and even predisposing it to infections. Objective: to analyze the fasting time in the preoperative period of elective surgeries in a reference hospital in the city of Fortaleza. Material and Methods: a questionnaire containing information about identification and referring to the surgical process was used to collect data, such as: the last meal time and the last food offered by the hospital. Results: A total of 159 patients with a mean age of 35 ± 18,2 years were evaluated, in which 74,2% were adults and 71,8% were male. The mean preoperative fasting time was 11 hours for patients scheduled for surgery in the morning and 18 hours for those scheduled in the afternoon. By analyzing the last meals, it was noticed that the fasting time was superior to what is recommended in all food groups. Patients whose last meal was composed of meats and fries showed a longer average time in diet zero (21 hours). Conclusion: patients underwent an average preoperative fasting time higher than the recommendations of the American Society of Anesthesiologists. This period was also extensive for previous ingestion of solids and liquids. (AU)
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Eletivos
-Anestesia
Limites: Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central


  6 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-311167
Autor: Horta, Márcio Leal; Lemonica, Ione Pellegatti.
Título: Passagem transplacentária e efeitos embriofetais de drogas usadas em anestesia / Placental transfer and embryo-fetal effects of drugs used in anesthesia / Pasaje transplacentária y efectos embriofetales de drogas usadas en anestesia
Fonte: Rev. bras. anestesiol;52(1):101-113, fev. 2002.
Idioma: en; pt.
Resumo: Justificativa e Objetivos - A anestesia da paciente grávida engloba situações diversas e que devem ser analisadas com muita propriedade. Além da exposição do feto e de uma possível ação tóxica dos agentes a serem utilizados na anestesia, devem ser considerados o período gestacional, as características de cada droga e as doses a serem utilizadas. A falta de informações adequadas sobre o risco do uso de drogas na gestação torna difícil ao anestesiologista uma opção segura quando se vê diante da necessidade de anestesiar uma paciente grávida, tanto para cirurgia não obstétrica, como em cirurgia obstétrica. No primeiro caso, é importante evitar o parto prematuro (ou o aborto) e o aparecimento de alterações permanentes no feto. No segundo caso, não deve haver interferência na contratilidade uterina nem depressão significativa no feto. A finalidade desta revisão é atualizar os conhecimentos sobre a passagem transplacentária e os efeitos maternofetais das drogas usadas em anestesia. Conteúdo - São revisados os mecanismos de passagem transplacentária de drogas, os princípios fundamentais de embriofetotoxicidade e analisados alguns aspectos importantes sobre efeitos embriofetais das drogas utilizadas na anestesia. Também é apresentada a classificação de risco teratogênico, de acordo com o FDA, das drogas que o anestesiologista mais utiliza durante o ato anestésico. Conclusões - Embora ainda persistam muitas dúvidas em relação à escolha de drogas para a anestesia de pacientes grávidas, o anestesiologista dispõe hoje de novas drogas e de informações que lhe permitem oferecer maior segurança para o binômio mãe-feto
Descritores: Placenta
Gravidez
Anestesia
Troca Materno-Fetal
Anestésicos/efeitos adversos
Anestésicos/farmacocinética
Teratogênios
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  7 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-311166
Autor: Garcia, João Batista Santos; Issy, Adriana Machado; Sakata, Rioko Kimiko.
Título: Citocinas e anestesia / Cytokines and anesthesia / Citocinas y anestesia
Fonte: Rev. bras. anestesiol;52(1):86-100, fev. 2002.
Idioma: en; pt.
Resumo: Justificativa e Objetivos - Vários trabalhos têm abordado as citocinas que podem ser estimuladas e liberadas por lesão cirúrgica, trauma, infecção, inflamação e câncer. Níveis elevados circulantes das citocinas parece ter implicações no aparecimento de complicações e retardo da recuperação pós-operatória de pacientes. O objetivo da presente revisão é resumir as informações hoje disponíveis sobre citocinas. Conteúdo - As citocinas são moléculas polipeptídicas produzidas por uma grande variedade de células e parecem não ter função na homeostase, sob condições normais. Esses mediadores são responsáveis por respostas locais ou sistêmicas, gerando alterações imunológicas, metabólicas, hemodinâmicas, endócrinas e neurais. Podem ativar respostas biológicas benéficas, como estimulação da função antimicrobiana, cicatrização de feridas, mieloestimulação e mobilização de substratos. No entanto, a secreção abundante de citocinas está associada a efeitos deletérios como hipotensão arterial, falência de órgãos e morte. Conclusões - Ao concluir esta revisão, fica evidente que as citocinas desempenham um papel de fundamental importância como mediadores de respostas metabólicas, hormonais, imunológicas e hematológicas, que há potencial terapêutico com o bloqueio de sua expressão e que a anestesia pode interferir de alguma forma na sua ativação. No entanto, muitas perguntas não estão ainda respondidas e estudos devem ser realizados nos próximos anos buscando esclarecer as ações das citocinas não só para a experimentação mas também para a prática clínica
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
Citocinas
Interleucina-6
Interleucina-1
Interleucina-10
Sepse
Hiperalgesia
Imunidade Celular
Anestesia
Sistema Nervoso
Complicações Pós-Operatórias/imunologia
Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos/imunologia
Reação de Fase Aguda/imunologia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  8 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-311164
Autor: Nociti, José Roberto; Zuccolotto, Sérgio Neves; Cagnolati, Carlos André; Bastos, Maurício Mahalem.
Título: Sedação com propofol e alfentanil para litotripsia extracorpórea por ondas de choque / Propofol and alfentanil sedation for extracorporeal shock wave lithotripsy / Sedación con propofol y alfentanil para litotripsia extracorpórea por ondas de choque
Fonte: Rev. bras. anestesiol;52(1):74-78, fev. 2002. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Justificativa e Objetivos - Este estudo não-comparativo tem por objetivo pesquisar as doses adequadas de propofol e alfentanil em sedação para litotripsia extracorpórea por ondas de choque (LEOC) bem como o tempo necessário para a alta hospitalar. Método - Foram observados 24 pacientes consecutivos de ambos os sexos submetidos a LEOC em regime ambulatorial, com estado físico ASA I ou II, sob sedação por via venosa com propofol na dose inicial de 1 mg.kgðû, seguida de infusão contínua com velocidade variável, e alfentanil na dose inicial de 15 µg.kgðû, seguida de bolus adicionais de 5 µg.kgðû conforme as necessidades clínicas. Monitoração de SpO2, PAS, PAD e FC por método nãoðinvasivo e alta hospitalar conforme critérios propostos por Kortilla para pacientes ambulatoriais. Resultados - A duração média dos procedimentos foi de 46,8 ñ 12,8 minutos. As doses totais médias de propofol e de alfentanil foram respectivamente de 59,0 ñ 17,9 µg.kgðû.minðû e 0,38 ñ 0,14 µg.kgðû.minðû. Alta hospitalar em até 60 minutos em 58,3 por cento dos casos; de 61 a 90 minutos em 20,9 por cento; de 91 a 120 minutos em 12,5 por cento; e acima de 120 minutos em 8,3 por cento. Ocorreu dessaturação do sangue arterial (SpO2 < ou = 85 por cento) em pelo menos uma ocasião em 45,8 por cento dos pacientes, com rápida recuperação após fornecimento de oxigênio a 100 por cento. Conclusões - A sedação com propofol e alfentanil nas doses relatadas para LEOC constitui método prático, efetivo e seguro desde qie adotadas medidas para monitorização e atendimento a complicações cardiorrespiratórias que podem ocorrer no curso do procedimento
Descritores: Litotripsia
Alfentanil
Propofol
Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios
Anestesia
Hemodinâmica
Período de Recuperação da Anestesia
-Anestesia Epidural
Sedação Consciente/métodos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  9 / 1843 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1008295
Autor: Parra Salcedo, Natalia; Ortiz Santos, Diego; Uriza Carrasco, Felipe.
Título: Atelectasias en pacientes pediátricos asociadas a la anestesia. Presentación de casos / Atelectasis in Pediatric Patients During Anesthesia. A Case Reports
Fonte: Rev. colomb. radiol;30(1):5102-5104, 2019. ilus, graf.
Idioma: es.
Resumo: Las atelectasias, como consecuencia del proceso anestésico, son un hallazgo frecuente en los estudios imaginológicos obtenidos en la población pediátrica. La correcta identificación de las atelectasias y su asociación causal con la anestesia evita el sobrediagnóstico y la exposición innecesaria a radiación en estos pacientes. Se presentan dos casos de atelectasias asociadas a anestesia con intubación orotraqueal en imágenes de pacientes pediátricos del Hospital Universitario San Ignacio durante el último año, comparadas con imágenes de tórax de los mismos pacientes bajo sedación o despiertos.

Atelectasis, as a consequence of the anaesthetic process, is a frequent finding in imaging studies obtained in the paediatric population. The correct identification of atelectasis and its causal association with anesthesia avoids overdiagnosis and unnecessary exposure to radiation in these patients. We present two cases of atelectasis associated with anesthesia with endotracheal intubation, found in chest images of pediatric patients at the Hospital Universitario San Ignacio during the last year, and compare them with their images obtained under sedation or awake.
Descritores: Atelectasia Pulmonar
-Tomografia Computadorizada por Raios X
Anestesia
Limites: Seres Humanos
Responsável: CO371.9


  10 / 1843 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-196405
Autor: Saad-Hossne, Rogério.
Título: Anestesia pelas vias intrapleural e intraperitoneal na cobaia / Intrapleural and intraperitoneal anesthesia in guinea-pigs
Fonte: Acta cir. bras;12(2):118-120, Apr.-Jun. 1997. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Em estudo experimental randomizado foi realizada análise comparativa, quanto ao efeito anestésico, das vias de administraçäo intrapleural e intraperitoneal, na cobaia. Foram utilizados 24 animais; empregou-se como droga anestésica, o pentobarbital sódico (0,33 mg/Kg peso, soluçäo 100mg em 3ml da soluçäo fisiológica), injetado com seringa de insulina, agulha 13x4. Os efeitos de sedaçäo, anestesia e de recuperaçäo foram mais rápidos no caso da via intrapleural. Conclui-se que a via intrapleural pode ser útil em trabalhos de pesquisa experimental, quando se utiliza a cobaia como animal de experimentaçäo.
Descritores: Pentobarbital/administração & dosagem
Pleura
Anestesia
Peritônio
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Cobaias
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 185 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde