Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.210 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 416 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 416 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-885745
Autor: Araújo, Sérgio Eduardo Alonso; Marcante, Marcelli Tainah; Mendes, Carlos Ramon Siveira; Bertoncini, Alexandre Bruno; Seid, Victor Edmond; Horcel, Lucas Araujo; Perez, Rodrigo Oliva; Klajner, Sidney.
Título: Interesfincterial ligation of fistula tract (lift) for patients with anal fistulas: a brazilian bi-institutional experience / Ligadura interesfincteriana do trato fistuloso (lift) para fístulas anais: uma experiência brasileira bi-institucional
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;30(4):235-238, Oct.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background : The best treatment for anal fistula should extirpate infection and promote healing of the tract, whilst preserving the anal sphincter complex and full continence. Aim: To analyze the success rate after a modified technique for ligation of the intersphincteric fistula tract (LIFT) for patients with anal fistulas. Methods: A prospective (observational cohort study) Brazilian bi-institutional experience with a modified (ligation of the intersphincteric fistula tract without excision) LIFT technique was undertaken. A clinical database was settled for the following variables: age, gender, BMI, comorbidities, distance between external orifice and the anus, previous fistula surgery, type of fistula, operative time, intra- and postoperative complications, duration of follow-up, and success rate. Results: Between November 2015 and January 2017, 38 patients with transsphincteric fistulas were operated on using the modified LIFT procedure. Seventeen (44.7%) were men. Median age was 41 (18-67) years. Median BMI was 26.4 (22-38) kg/m2. Five (13.2%) had undergone previous surgery. The fistula was transsphincteric in all cases. Median follow-up was 32 (range, 14-56) weeks. Success was observed in 30 (79%) patients. Conclusions: The LIFT technique without excision of the fistula tract proved to be safe and effective for transsphincteric anal fistulas.

RESUMO Racional : O melhor tratamento para a fístula anal deve eliminar a infecção e promover a cicatrização do trato, preservando o esfíncter anal e a continência completa. Objetivo: Determinar a taxa de sucesso após o uso da técnica modificada de ligadura interesfincteriana do trato fistuloso (LIFT) para pacientes com fístulas anais. Métodos: Estudo de coorte observacional brasileiro bi-institucional com o procedimento LIFT modificado (ligadura interesfincteriana do trato fistuloso sem excisão). Foi estabelecida base de dados clínica para as seguintes variáveis: idade, gênero, IMC, comorbidades, distância entre o orifício externo e o ânus, operação anterior para fístula, tipo de fístula, tempo cirúrgico, complicações intra e pós-operatórias, duração do seguimento e taxa de sucesso. Resultados: Entre novembro de 2015 e janeiro de 2017, 38 pacientes com fístulas transesfincterianas foram operados com o procedimento LIFT modificado. Dezessete (44,7%) eram homens. A idade média foi de 41 (18-67) anos. O IMC médio foi de 26,4 (22-38) kg/m2. Cinco (13,2%) tinham sido submetidos à operação anterior. A fístula era transesfincteriana em todos os casos. O acompanhamento médio foi de 32 (14-56) semanas. Sucesso foi observado em 30 (79%) pacientes. Conclusões: A técnica LIFT sem excisão do trato da fístula provou ser segura e eficaz para fístulas anais transesfincterianas.
Descritores: Fístula Retal/cirurgia
-Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/métodos
Brasil
Estudos Prospectivos
Estudos de Coortes
Ligadura
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Malafaia, Osvaldo
Texto completo
Id: biblio-949217
Autor: Zilberstein, Bruno; Malafaia, Osvaldo; Czecko, Nicolau Gregori.
Título: The cost of being a doctor / O custo de ser médico
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;31(2):e1368, 2018.
Idioma: en.
Descritores: Prática Profissional/tendências
Cirurgiões/tendências
-Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/tendências
Brasil
Limites: História do Século XXI
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983670
Autor: Askarpour, Shahnam; Peyvasteh, Mehran; Imanipour, Mohammad Hossein; Javaherizadeh, Hazhir; Hesam, Saeed.
Título: Complications after transabdominal soave's procedure in children with hirschsprung's disease / Complicações após o procedimento de soave transabdominal em crianças com doença de hirschsprung
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(1):e1421, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Mohmmad Hossein Imanipour.
Resumo: ABSTRACT Background: Hirschsprung's disease is a congenital disorder that causes functional obstruction of large bowel. Aim: To evaluate complication and bowel function score of children with Hirschsprung's disease who underwent transabdominal Soave's procedure. Methods: In this study all the children with Hirschsprung's disease who underwent transabdominal Soave procedure were evaluated regarding bowel function and complication of trans-abdominal Soave's procedure. Results: Were enrolled 160 children. Enterocolitis and constipation were seen in 15% of the cases. Fecal incontinency was the least frequent study which was seen in 1% of the children. Conclusion: Constipation and enterocolitis was the most frequent complication following transabdominal Soave technique.

RESUMO Racional: A doença de Hirschsprung é um distúrbio congênito que causa obstrução funcional do intestino grosso. Objetivo: Avaliar as complicações e o escore de função intestinal de crianças com a doença submetidas ao procedimento transabdominal de Soave. Métodos: Neste estudo, todas as crianças com doença de Hirschsprung submetidas ao procedimento transabdominal de Soave foram avaliadas quanto à função intestinal e complicação do procedimento. Resultados: Foram incluídas 160 crianças. Enterocolite e constipação foram observadas em 15% dos casos. A incontinência fecal foi menos frequente e observada em 1% das crianças. Conclusão: Obstipação e enterocolite foram as complicações mais frequentes após a técnica de Soave transabdominal em crianças.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/efeitos adversos
Doença de Hirschsprung/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Malafaia, Osvaldo
Texto completo
Id: biblio-1019236
Autor: Kalil-Filho, Faruk Abrão; Campos, Antônio Carlos Ligocki; Tambara, Elizabeth Milla; Tomé, Bruna Karoline Alves; Treml, Cleiton José; Kuretzki, Carlos Henrique; Furlan, Fernanda Luiza Schumacher; Albuquerque, Jocilene Pedroso; Malafaia, Osvaldo.
Título: Physiotherapeutic approaches and the effects on inspiratory muscle force in patients with chronic obstructive pulmonary disease in the pre-operative preparation for abdominal surgical procedures / Abordagens fisioterapêuticas e os efeitos na força muscular inspiratória em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica no preparo para procedimentos cirúrgicos abdominais
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(2):e1439, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Abdominal disorders can alter respiratory function and increase the morbidity and mortality of patients with chronic obstructive pulmonary disease. Aim: To improve the physiotherapeutic and muscular capacity in chronic obstructive pulmonary muscular inspiration in the preoperative preparation in abdominal surgeries. Method: Retrospective and documentary study using SINPE © , clinical database software of patients with chronic obstructive pulmonary disease and candidates to abdominal operation. The sample consisted of 100 men aged 55-70 years, all with chronic obstructive pulmonary disease who underwent preoperative physiotherapeutic treatment. They were divided into two groups of 50 individuals (group A and group B). In group A the patients were treated with modern mobility techniques for bronchial clearance and the strengthening of the respiratory muscles was performed with IMT ® Threshold. In group B the treatment performed for bronchial obstruction was with classic maneuvers and for the strengthening of the respiratory muscles for flow incentive was used Respiron ® . Results: Both groups obtained improvement in the values ​​of the PiMáx after the different treatments. Group A obtained greater change in the intervals and a more significant increase of the values of the PiMax in relation to the average pre and post-treatment. However, when analyzing the variance and the standard deviation of the samples, group B presented the best results showing more homogeneity. Conclusions: The modern and traditional bronchial clearance techniques associated with inspiratory muscle training were equally effective in gaining inspiratory muscle strength with increased Pmax. In this way, the two can be used in the preoperative preparation of patients with chronic obstructive pulmonary disease and referred to abdominal operations.

RESUMO Racional: As operações abdominais podem alterar a função respiratória e aumentar a morbimortalidade dos operados com doença pulmonar obstrutiva crônica. Objetivo: Avaliar que técnica fisioterapêutica apresenta melhor efeito na força muscular inspiratória dos pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica no preparo pré-operatório em operações abdominais. Método: Estudo retrospectivo e documental usando o SINPE©, software de banco de dados clínicos de pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica e candidatos a operações abdominais. A amostra foi composta de 100 homens com idade entre 55-70 anos, todos com DPOC com indicação para operação abdominal e que realizaram tratamento fisioterapêutico pré-operatório. Foram divididos em dois grupos de 50 indivíduos (grupo A e grupo B). No grupo A o tratamento realizado para a desobstrução brônquica foi com técnicas modernas e para fortalecimento dos músculos respiratórios foi realizado o Threshold IMT®. No grupo B o tratamento realizado para desobstrução brônquica foi com técnicas tradicionais e para fortalecimento dos músculos respiratórios foi realizado incentivador a fluxo Respiron®. Resultados: Ambos os grupos obtiveram melhora dos valores da PiMáx (Pressão inspiratória Máxima) após o tratamento com abordagens diferentes com melhora também nos intervalos da PiMáx. O grupo A obteve maior mudança nos intervalos e aumento mais significativo dos valores da PiMáx em relação à média pré e pós tratamento. Porém, ao analisar a variância e o desvio-padrão das amostras, o grupo B apresentou melhor distribuição que o grupo A mostrando que seus resultados na amostra foram mais homogêneos. Conclusões: As técnicas modernas e tradicionais de desobstrução brônquica associadas ao treinamento muscular inspiratório mostraram-se igualmente eficazes no ganho de força dos músculos inspiratórios com aumento da PiMáx. Dessa forma as duas podem ser utilizadas no preparo pré-operatório de pacientes com DPOC e encaminhados para operações abdominais.
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório
Músculos Respiratórios/fisiopatologia
Exercícios Respiratórios/métodos
Cuidados Pré-Operatórios/métodos
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/fisiopatologia
-Testes de Função Respiratória
Espirometria
Software
Estudos Retrospectivos
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/reabilitação
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130521
Autor: Sobrado, Carlos Walter; Klajner, Sidney; Hora, José Américo Bacchi; Mello, Anderson; Silva, Fabricio Marcondes Luciano da; Frugis, Marcos Onofre; Sobrado, Lucas Faraco.
Título: Transanal haemorrhoidal dearterialization with mucopexy (thd-m) for treatment of hemorrhoids: is it applicable in all grades? brazilian multicenter study / A técnica de desarterialização hemorroidária transanal associada à mucopexia (thd-m) é aplicável em todos os graus? estudo multicêntrico brasileiro
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(2):e1504, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Transanal haemorrhoidal dearterialization with mucopexy (THD-M) is a valuable option for treating patients with haemorrhoidal disease. However, there is still controversy with regard to its efficacy for more advanced grades. Aim: To evaluate the effectiveness of THD-M technique for treating hemorrhoidal disease and to compare the immediate and late results in different grades. Method: Seven hundred and five consecutive patients with Goligher's grade II, III or IV symptomatic haemorrhoids underwent surgical treatment using the THD-M method in five participating centres. Six well-trained and experienced surgeons operated on the patients. Average follow-up was 21 months (12-48). Results: Intraoperative complications were observed in 1.1% of cases, including four cases of haematoma, two of laceration of the mucosa, and two of bleeding. All of these were controlled by means of haemostatic suturing. In relation to postoperative complications, the most common of these were as follows: transitory tenesmus (21.4%); pain (7.2%); mucosal or haemorrhoidal prolapse (6.4%); residual skin tag (5.6%); faecal impaction (3.2%); haemorrhoidal thrombosis (2.8%); bleeding (2.1%); anal fissure (0.7%); and anal abscess (0.3%). Most of the complications were treated conservatively, and only 7.5% (53/705) required some type of surgical approach. There was no mortality or any severe complications. The recurrence of prolapse and bleeding was greater in patients with grade IV haemorrhoidal disease than in those with grade III and II (26.54% and 7.96% vs. 2.31% and 0.92% vs. 2.5% and 1.25%), respectively. Conclusion: The THD-M method is safe and effective for haemorrhoidal disease grades II and III with low rates of surgical complications. However, for grade IV hemorrhoids, it is associated with higher recurrence of prolapse and bleeding. So, THD-M method should not be considered as an effective option for the treatment of grade IV hemorrhoids.

RESUMO Racional: A desarterialização hemorroidária transanal associada à mucopexia (THD-M) tem sido indicada como alternativa à hemorroidectomia convencional para o tratamento da doença hemorroidária nos seus variados graus. No entanto, ainda hoje existe controvérsia com relação a sua eficácia para os graus mais avançados. Objetivo: Avaliar a eficácia da técnica THD-M para tratamento doença hemorroidária e comparar os resultados imediatos e tardios nos diferentes graus. Método: Entre julho de 2010 e setembro de 2015, 705 pacientes consecutivos com hemorroidas sintomáticas de graus II, III e IV foram submetidos ao tratamento cirúrgico pelo método THD-M e acompanhados por um período médio de 21 meses (12-48). As operações foram realizadas por seis cirurgiões com experiência em cirurgia colorretal, em três estados brasileiros. Resultados: Complicações intraoperatórias foram observadas em 1,1% dos casos, incluindo quatro casos de hematoma, dois de laceração da mucosa e dois de sangramento. Todos foram controlados com sutura hemostática. As complicações pós-operatórias mais comuns foram: tenesmo transitório (21,4%); dor (7,2%); prolapso mucoso ou hemorroidário (6,4%); plicoma residual (5,6%); impactação fecal (3,2%); trombose hemorroidária (2,8%); sangramento (2,1%); fissura anal (0,7%) e abscesso anal (0,3%). Não houve casos de complicações severas ou mortalidade perioperatória. A recorrência do prolapso e sangramento foi maior na doença hemorroidária grau IV do que nos graus III e II (26.54% e 7.96% vs. 2.31% e 0.92% vs. 2.5% e 1.25%; p<0,001), respectivamente. Conclusão: O método THD-M é seguro e efetivo no tratamento da doença hemorroidária nos graus II e III com baixo índice de complicações. No entanto, para a doença hemorroidária de grau IV essa técnica está relacionada com maior índice de recorrência e complicações tardias, não devendo ser considerada opção eficiente neste estágio de doença.
Descritores: Canal Anal/irrigação sanguínea
Reto/irrigação sanguínea
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/métodos
Hemorroidas/cirurgia
-Canal Anal/cirurgia
Artérias
Reto/cirurgia
Índice de Gravidade de Doença
Brasil
Resultado do Tratamento
Hemorroidectomia
Hemorroidas/classificação
Ligadura/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130538
Autor: Scopel, Andréia Sopran; Tabushi, Fernando Issamu; Kubrusly, Luis Fernando; Poletti, Paula Bechara; Parada, Artur Adolfo; Moreira, Milena Perez; Secchi, Thiago Festa.
Título: Predictive factors for complete and incomplete evaluation of small intestine by endoscopic capsule / Fatores preditivos para avaliação completa e incompleta do intestino delgado pela cápsula endoscópica
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(2):e1532, 2020. graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT Background: The small-bowel is the most difficult segment to be visualized by traditional endoscopic methods. The need for its exploration led to the development of capsule endoscopy. The percentage of the complete examination varies and still remains uncertain the factors that influence the complete and incomplete examination. Aim: Evaluate the factors that interfere with the completeness of the endoscopic evaluation by the capsule. Methods: A prospective study in which were included 939 patients divided into two groups: complete group (CG) and incomplete group (IG). The studied variables that could interfere were: age, gender, comorbidities, diagnosis of Crohn's disease, previous abdominal surgery, inadequate preparation to compare the groups reached and did not reach the cecum. Results: Of the 939 patients included 879 (93.3%) reached the cecum (CG) and 63 (6.7%) IG no. The IG was composed of 29 (46.0%) men and 34 (54.0%) women with a mean age of 49.7 years; comorbidities this group accounted for 46% of which 15.9% was Crohn's disease, previous abdominal surgery 22.2% and 17.5% inadequate preparation. Conclusion: Factors associated with complete or incomplete outcome of the examination with capsule endoscopy were: associated comorbidities, Crohn's disease, previous abdominal surgery and inadequate preparation.

RESUMO Racional: O intestino delgado é segmento de maior dificuldade na visualização pelos métodos endoscópicos tradicionais. A necessidade de explorá-lo levou ao desenvolvimento da cápsula endoscópica. A porcentagem do exame completo por ela varia e falta identificar fatores que influenciam o exame completo e incompleto. Objetivo: Avaliar os fatores que interfiram na completude do estudo endoscópico pela cápsula. Método: Estudo prospectivo onde foram incluídos 939 pacientes divididos em dois grupos: grupo completo (GC) e grupo incompleto (GI). As variáveis analisadas que pudessem interferir foram: idade, gênero, comorbidades associadas, diagnóstico de doença de Crohn, operações abdominais prévias, preparo inadequado para comparar os grupos que atingiram e não atingiram o ceco. Resultados: Dos 939 pacientes incluídos 879 (93,3%) atingiram o ceco (GC) e 63 (6,7%) GI não. O GI era composto por 29 (46,0%) homens e 34 (54,0%) mulheres com idade média de 49,7 anos; as comorbidades deste grupo corresponderam a 46%, das quais 15,9% era doença de Crohn, 22,2% operação abdominal prévia e 17,5% preparo inadequado. Conclusão: Os fatores associados ao desfecho completo ou incompleto do exame com a cápsula endoscópica foram: comorbidades associadas, doença de Crohn, operação abdominal prévia e preparo inadequado.
Descritores: Endoscopia por Cápsula
Intestino Delgado/diagnóstico por imagem
-Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório
Doença de Crohn
Comorbidade
Estudos Prospectivos
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1141905
Autor: Rós, Adriana de Souza; Santos, Carlos Henrique Marques dos; Dourado, Doroty Mesquita; Silva-Neto, Moisés Soares da; Caldeira, Isabela; Furtado, Leandro de Oliveira.
Título: Can stryphnodendron adstringens extract improve the results of fistulotomy followed by primary sphincteroplasty in the treatment of transsphincteric fistulae? / Extrato de stryphnodendron adstringens pode melhorar os resultados da fistulotomia seguida por esfincteroplastia primária no tratamento de fístulas transesfincterianas?
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(3):e1540, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: There is still a need for progress in the treatment of transsphincteric anal fistulae and the use of herbal medicines seems promising. Aim: To evaluate the efficacy of Stryphnodendron adstringens associated with fistulotomy and primary sphincteroplasty in the treatment of transsphincteric fistulae in rats. Methods: Thirty Wistar rats were used, which were submitted to transsphincteric fistulas with steel wire 0; after 30 days a treatment was performed according to the group. Group A (n=10) was submitted to fistulotomy; group B (n=10), fistulotomy followed by primary sphincteroplasty with "U" stitch with polyglactin 911 4-0; group C(n=10) , similar to group B, but with the interposition between the muscular stumps of hemostatic sponge soaked in Stryphnodendron adstringens extract. Euthanasia was performed after 14 days, resecting a segment of the anal canal for histological analysis, which aimed to evaluate the closure of the fistula, the area of separation of the muscle cables, the inflammatory process and the degree of fibrosis. Results: No animal had a remaining fistulous tract. About the spacing between the muscle cables, an average of 106.3 µm2 was observed in group A, 82.8 µm2 in group B and 51.8 µm2 in group C (p<0.05). There was no difference between the groups regarding the inflammatory process and, in relation to fibrosis, in group A there was a mean of 0.6, in group B 0.7 and in group C 0.2 (p<0.05). Conclusions: Stryphnodendron adstringens extract was able to allow less spacing between muscle cables in rats submitted to fistulotomy followed by primary sphincteroplasty, in addition to providing less local fibrosis.

RESUMO Racional: Há ainda necessidade de avanço no tratamento das fístulas transesfincterianas e o uso de fitoterápicos parece promissor. Objetivo: Avaliar a eficácia da Stryphnodendron adstringens associada à fistulotomia e esfincteroplastia primária no tratamento de fístulas transesfincterianas em ratos. Métodos: Utilizou-se 30 ratos Wistar submetidos à confecção de fístulas transesfincterianas com fio de aço 0; após 30 dias realizou-se tratamento de acordo com o grupo. O grupo A (n=10) foi submetido à fistulotomia; o grupo B (n=10) fistulotomia seguida de esfincteroplastia primária com ponto em "U" com poliglactina 911 4-0; o grupo C (n=10), semelhante ao grupo B, porém com a interposição entre os cotos musculares de esponja hemostática embebida em extrato de Stryphnodendron adstringens. Realizou-se eutanásia após 14 dias, ressecando-se segmento do canal anal para análise histológica, que objetivou avaliar o fechamento da fístula, a área de afastamento dos cabos musculares, o processo inflamatório e o grau de fibrose. Resultados: Nenhum animal apresentou trajeto fistuloso remanescente. Quanto ao afastamento entre os cabos musculares observou-se média 106,3 µm2 no grupo A, 82,8 µm2 no grupo B e 51,8 µm2 no grupo C (p<0,05). Não houve diferença entre os grupos quanto ao processo inflamatório e, em relação à fibrose; no grupo A observou-se média 0,6, no grupo B 0,7 e no grupo C 0,2 (p<0,05). Conclusões: O extrato de Stryphnodendron adstringens foi capaz de permitir menor afastamento entre os cabos musculares em ratos submetidos à fistulotomia seguida por esfincteroplastia primária, além de proporcionar menor fibrose local.
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório
Extratos Vegetais/uso terapêutico
Fístula Retal/cirurgia
Fabaceae/química
-Canal Anal/cirurgia
Resultado do Tratamento
Ratos Wistar
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1152618
Autor: Bezerra, Rogério Perônico; Costa, Adriano Carneiro da; Santa-Cruz, Fernando; Ferraz, Álvaro A B.
Título: Hartmann procedure or resection with primary anastomosis for treatment of perforated diverticulitis? systematic review and meta-analysis / Procedimento de hartmann ou ressecção com anastomose primária para tratamento da diverticulite perfurada? revisão sistematizada e metanálise
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(3):e1546, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: The Hartmann procedure remains the treatment of choice for most surgeons for the urgent surgical treatment of perforated diverticulitis; however, it is associated with high rates of ostomy non-reversion and postoperative morbidity. Aim: To study the results after the Hartmann vs. resection with primary anastomosis, with or without ileostomy, for the treatment of perforated diverticulitis with purulent or fecal peritonitis (Hinchey grade III or IV), and to compare the advantages between the two forms of treatment. Method: Systematic search in the literature of observational and randomized articles comparing resection with primary anastomosis vs. Hartmann's procedure in the emergency treatment of perforated diverticulitis. Analyze as primary outcomes the mortality after the emergency operation and the general morbidity after it. As secondary outcomes, severe morbidity after emergency surgery, rates of non-reversion of the ostomy, general and severe morbidity after reversion. Results: There were no significant differences between surgical procedures for mortality, general morbidity and severe morbidity. However, the differences were statistically significant, favoring primary anastomosis in comparison with the Hartmann procedure in the outcome rates of stoma non-reversion, general morbidity and severe morbidity after reversion. Conclusion: Primary anastomosis is a good alternative to the Hartmann procedure, with no increase in mortality and morbidity, and with better results in the operation for intestinal transit reconstruction.

RESUMO Racional: O procedimento a Hartmann permanece sendo o tratamento de escolha da maioria dos cirurgiões para o tratamento cirúrgico de urgência da diverticulite perfurada, entretanto está associado com altas taxas de não reversão da ostomia e de morbidade pós-operatória. Objetivo: Estudar os resultados após o procedimento de Hartmann vs. ressecção com anastomose primária, com ou sem ileostomia, para o tratamento da diverticulite perfurada com peritonite purulenta ou fecal (grau de Hinchey III ou IV), e comparar as vantagens entre as duas formas de tratamento. Método: Busca sistemática na literatura de artigos observacionais e randomizados comparando ressecção com anastomose primária vs. procedimento de Hartmann no tratamento de urgência da diverticulite perfurada. Analisar como desfechos primários a mortalidade após a operação de urgência e a morbidade geral após ela; como desfechos secundários, a morbidade severa após a operação de urgência, as taxas de não reversão da ostomia, a morbidade geral e severa após a reversão. Resultados: Não houve diferenças significativas entre os procedimentos cirúrgicos para mortalidade, morbidade geral e morbidade severa. Contudo, as diferenças foram significativas estatisticamente favorecendo anastomose primária na comparação com procedimento de Hartmann nos desfechos taxas de não reversão do estoma, morbidade geral e morbidade severa após reversão. Conclusão: A anastomose primária apresenta-se como boa alternativa ao procedimento de Hartmann, sem aumento de mortalidade e morbidade, e com melhores resultados na operação de reconstrução do trânsito intestinal.
Descritores: Peritonite/etiologia
Colo Sigmoide/cirurgia
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/efeitos adversos
Diverticulite/cirurgia
Diverticulite/complicações
Perfuração Intestinal/cirurgia
-Peritonite/cirurgia
Complicações Pós-Operatórias
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/métodos
Anastomose Cirúrgica/métodos
Colostomia/efeitos adversos
Ileostomia/efeitos adversos
Resultado do Tratamento
Diverticulite/patologia
Perfuração Intestinal/patologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 416 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1152621
Autor: Askarpour, Shahnam; Peyvasteh, Mehran; Droodchi, Gholamreza; Javaherizadeh, Hazhir.
Título: Oblique vs. circular anastomosis in the children underwent soave's pull-through surgery for the treatment of hirschsprung's disease: which is the best? / Anastomose oblíqua vs. circular em crianças submetidas à soave pull-through para o tratamento da doença de hirschsprung: qual é a melhor?
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(3):e1545, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Several types of complications including constipation, fecal soiling, perianal excoriation, were reported among different types of surgery for Hirschsprung's disease. Aim: To compare circular and oblique anastomoses following Soave's procedure for the treatment of Hirschsprung's disease. Methods: Children who underwent Saove's pull through procedure with oblique and circular anastomoses were included. Duration of the follow up was two years after surgery. Postoperative complications, such as wound infection, wound dehiscence, peritonitis, fecal soiling, perianal excoriation, were recorded for each patient. Results: Thirty-eight children underwent oblique anastomoses. Circular ones were done for 32 children. Perianal excoriation was seen in 57.89% and 46.87% of children in oblique and circular group, respectively. Enterocolitis was more frequent in circular (40.62%) than oblique (28.94%) group. Anastomotic stricture was more frequent in circular (15.62%) than oblique (7.89%). Conclusion: Perianal excoriation was the most common complication among patient in both groups. Oblique anastomoses had fewer complications than circular, and may be appropriate option for patient who underwent Soave's procedure.

RESUMO Racional: Vários tipos de complicações, incluindo constipação, secreção fecal, escoriação perianal foram relatadas entre diferentes tipos de operações para a doença de Hirschsprung. Objetivo: Comparar as anastomoses circulares e oblíquas realizadas no procedimento de Soave para o tratamento da doença de Hirschsprung. Métodos: Neste estudo, foram incluídas crianças submetidas ao procedimento pull-through de Saove com anastomoses oblíquas e circulares. A duração do acompanhamento foi de dois anos no pós-operatório. Complicações, como infecção da ferida, deiscência da ferida, peritonite, secreção fecal, escoriação perianal foram registradas para cada paciente. Resultados: Trinta e oito crianças foram submetidas à anastomoses oblíquas. As circulares foram realizadas em 32. Escoriação perianal foi observada em 57,89% e 46,87% das crianças nos grupos oblíquo e circular, respectivamente. Enterocolite foi mais frequente no grupo circular (40,62%) do que oblíquo (28,94%). A estenose anastomótica foi mais frequente na circular (15,62%) do que na oblíqua (7,89%). Conclusão: A escoriação perianal foi a complicação mais comum entre os pacientes nos dois grupos. A anastomose oblíqua teve menos complicações do que a anastomose circular e pode ser a opção adequada para o paciente submetido ao procedimento de Soave.
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/métodos
Anastomose Cirúrgica/métodos
Constipação Intestinal/etiologia
Incontinência Fecal/etiologia
Doença de Hirschsprung/cirurgia
-Complicações Pós-Operatórias/epidemiologia
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/instrumentação
Seguimentos
Resultado do Tratamento
Proctocolectomia Restauradora/métodos
Doença de Hirschsprung/diagnóstico
Limites: Humanos
Lactente
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 416 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096173
Autor: Rossi, Gustavo; Campana, Juan Pablo; Mentz, Ricardo; Vaccarezza, Hernán.
Título: Capítulo 8. Proctectomía transanal: origen y racionalidad / Chapter 8. Transanal proctectomy: origin and rationality
Fonte: Rev. argent. coloproctología;30(3):45-50, sept. 2019. ilus, graf.
Idioma: es.
Conferência: Apresentado em: Congreso Argentino de Coloproctología, 44, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, 14-17 oct. 2019.
Descritores: Neoplasias Retais/cirurgia
Procedimentos Cirúrgicos Robóticos/métodos
Cirurgia Endoscópica Transanal/métodos
Microcirurgia Endoscópica Transanal/métodos
Protectomia/métodos
-Neoplasias Retais/classificação
Neoplasias Retais/patologia
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/métodos
Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório/tendências
Resultado do Tratamento
Margens de Excisão
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Congresso
Responsável: AR1.1 - Biblioteca Rafael Herrera Vegas



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde