Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.210.471 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-590968
Autor: Ferreira-Bicalho, Luciano Andrey; Ribeiro Júnior, Marco Alípio; Azevedo-Bicalho, Paulo Roberto de; Rodrigues-Bicalho, Paulo Roberto.
Título: Laparoscopic gastropexy for the treatment of gastric volvulus / Gastropexia laparoscópica para o tratamento do volvo gástrico
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;29(2):69-72, abr.-jun. 2010. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Context - gastric volvulus is an acquired, life-threatening condition in which the stomach rotates upon itself. Objective - to describe the application of laparoscopic gastropexy in the case of severe gastric volvulus presentedby an elderly female. Method - a 69 year old woman presenting severe abdominal pain with, retching and the incapacity to vomit, small dysphagia and sensation of post-prandial fullness was admitted to Hospital São Lucas de Governador Valadares, Brazil. Following clinical examination, the patient was submitted to plain and contrast x-rays of the abdomen and chest, computed tomography of the abdomen and upper gastrointestinal endoscopy. Laparoscopic gastropexy was performed in which the diaphragmatic hernia was reduced, the hiatus sutured, and anti-adhesive polypropylene mesh applied for fixation of the stomach. Results - the clinical, radiological and imaging features were typical of gastric volvulus. Rotation of the stomach was successfully corrected by laparoscopy and the patient was discharged from hospital three days after surgery. One month later, the patient was totally asymptomatic with respect to the igestive tract. Conclusions - an adult female patient suffering from acute gastric volvulus was successfully treated using a laparoscopic approach applied ten days after admission to hospital. Early diagnosis and the prompt surgical correction of such cases are crucial in reducing mortality in gastric volvulus.

Contexto- volvo gástrico é uma condição adquirida, com risco de vida, na qual o estômago sofre um deslocamento em torno de seu eixo. Objetivo- relatar a aplicação de gastropexia laparoscópica numa paciente idosa, apresentando volvo gástrico grave. Método- uma mulher de 69 anos de idade, apresentando dor abdominal severa, náusea e incapacidade de vomitar, pequena disfagia e sensação de plenitude pós-prandial foi admitida no Hospital São Lucas de Governador Valadares, Brasil. Após o exame clínico, foram realizadas radiografias do abdômen e peito (simples e de contraste), juntamente com tomografia de endoscopia superior. Após o diagnóstico, a paciente foi submetida à laparoscopia. A hérnia do diafragma foi reduzida junto com sutura hiatal, além da aplicação de uma tela de polipropileno anti-aderente para fixação do estômago. Resultados- as características clínicas, radiológicas e de imagem revelaram um volvulus gástrico típico. A rotação do estômago foi corrigida com sucesso através de laparoscopia e a paciente foi liberada do hospital após três dias da operação. Um mês após a cirurgia, a paciente encontrava-se totalmente assintomática no que diz respeito ao trato digestivo. Conclusões- uma paciente adulta, sofrendo de volvo gástrico agudo, foi tratada com sucesso através de procedimento laparoscópico realizado dez dias após a internação hospitalar. O diagnóstico precoce e a correção cirúrgica breve são essenciais para a redução da mortalidade em casos de volvo gástrico.
Descritores: Volvo Gástrico
Laparoscopia
Gastropexia
-Vômito
Dor Abdominal
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-607501
Autor: Martins, Fernanda Prata; Sousa, Maris Celia Batista de; Ferrari, Angelo Paulo.
Título: New "introducer" PEG-gastropexy with T fasteners: a pilot study / Gastrostomia endoscópica percutânea pela técnica de introdução com gastropexia com T-tags: um estudo piloto
Fonte: Arq. gastroenterol;48(4):231-235, Oct.-Dec. 2011. ilus.
Idioma: en.
Resumo: CONTEXT: Enteral feeding is indicated for patients unable to maintain appropriate oral intake, and percutaneous endoscopic gastrostomy (PEG) is the most adequate long-term enteral access. Peristomal infections are the most common complications of PEG, occurring in up to 8 percent of patients, despite the use of prophylactic antibiotics. The "introducer" PEG-gastropexy technique avoids PEG tube passage through the oral cavity, preventing microorganisms' dislodgment to the peristomal site. OBJECTIVES: To compare the incidence of peristomal wound infection at 7-day post-procedure after conventional "pull" technique versus a new "introducer" PEG-gastropexy kit. Secondary outcomes included success rates, procedure time, and other complications. METHODS: Eighteen patients referred for PEG placement between June and December 2010 were randomly assigned to "pull" PEG with antibiotics or "introducer" PEG-gastropexy technique without antibiotics. RESULTS: Overall success rate for both methods was 100 percent, although mean procedure duration was higher in the "introducer" PEG-gastropexy group (12.6 versus 6.4 minutes, P = 0.0166). Infection scores were slightly higher in patients who underwent "pull" PEG with antibiotics compared with "introducer" PEG-gastropexy without antibiotics (1.33 ± 0.83 versus 0.75 ± 0.67, P = 0.29). CONCLUSION: Although procedure duration was longer in the "introducer" PEG-gastropexy, infection scores were marginally higher in the "pull" PEG technique.

CONTEXTO: A nutrição enteral está indicada para pacientes incapazes de manter aporte voluntário adequado e a gastrostomia endoscópica percutânea (GEP) é a via preferencial para acesso enteral de longa duração. As infecções periostomais são as principais complicações da GEP, ocorrendo em até 8 por cento dos pacientes, a despeito do uso de antibiótico profilático. A GEP pela técnica de introdução com gastropexia evita a passagem da sonda de gastrostomia pela cavidade oral, prevenindo contra o deslocamento de microorganismos ali presentes até o sítio da ostomia. OBJETIVO: Comparar a incidência de infecção periostomal no 7º dia após GEP por técnica de tração versus GEP pela técnica de introdução com gastropexia. Objetivos secundários incluíram: taxa de sucesso, tempo de procedimento e outras complicações. MÉTODOS: Dezoito pacientes encaminhados ao setor de endoscopia do Hospital Albert Einstein, São Paulo, SP, para realização de GEP entre junho e dezembro de 2010, foram randomizados para realização de gastrostomia pela técnica de tração com antibioticoterapia profilática ou pela técnica de introdução com gastropexia sem antibiótico profilaxia. RESULTADOS: A taxa de sucesso para ambos os métodos foi de 100 por cento, apesar do tempo do procedimento ter sido mais longo no grupo da técnica de introdução (12,6 versus 6,4 min, P = 0,0166). Os índices de infecção foram discretamente superiores no grupo de GEP por tração, com antibioticoterapia profilática, em comparação ao grupo GEP por introdução com gastropexia (1,33 ± 0,83 versus 0,75 ± 0,67, P = 0,29). CONCLUSÃO: Apesar da duração do procedimento ter sido mais longa no grupo GEP por introdução com gastropexia, a taxa de infecção foi discretamente mais elevada no grupo GEP por tração.
Descritores: Antibioticoprofilaxia
Nutrição Enteral/métodos
Gastropexia/instrumentação
Gastrostomia/instrumentação
Infecção da Ferida Cirúrgica/prevenção & controle
-Gastrostomia/efeitos adversos
Gastrostomia/métodos
Projetos Piloto
Limites: Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde