Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.525.210 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 78 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 78 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-827874
Autor: Villacorta, Aline Sterque; Villacorta Junior, Humberto; Souza, Jenne Serrão de; Teixeira, José Antônio Caldas; Muradas, Maria Clara S S S; Alves, Christiane Rodrigues; Precht, Bernardo Campanário; Porto, Pilar; Ubaldo, Letícia; Mesquita, Cláudio Tinoco; Nóbrega, Antônio Cláudio Lucas da.
Título: Elevated Heart Rate is Associated with Cardiac Denervation in Patients with Heart Failure: A 123-Iodine-MIBG Myocardial Scintigraphy Study / Frequência Cardíaca Elevada está Associada com Desnervação Cardíaca em Pacientes com Insuficiência Cardíaca: Um Estudo com Cintilografia Miocárdica com 123-Iodo-MIBG
Fonte: Arq. bras. cardiol;107(5):455-459, Nov. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: In the Systolic Heart Failure Treatment With the If Inhibitor Ivabradine Trial (SHIFT), heart rate (HR) reduction with ivabradine was associated with improved survival and reduced hospitalizations in patients with heart failure (HF). The mechanisms by which elevated HR increases mortality are not fully understood. Objective: To assess the relationship of baseline HR with clinical, neurohormonal and cardiac sympathetic activity in patients with chronic HF and elevated HR. Method: Patients with chronic HF who were in sinus rhythm and had resting HR>70 bpm despite optimal medical treatment were included in a randomized, double-blind study comparing ivabradine versus pyridostigmine. This report refers to the baseline data of 16 initial patients. Baseline HR (before randomization to one of the drugs) was assessed, and patients were classified into two groups, with HR below or above mean values. Cardiac sympathetic activity was assessed by 123-iodine-metaiodobenzylguanidine myocardial scintigraphy. Results: Mean HR was 83.5±11.5 bpm (range 72 to 104), and seven (43.7%) patients had HR above the mean. These patients had lower 6-min walk distance (292.3±93 vs 465.2±97.1 m, p=0.0029), higher values of N-Terminal-proBNP (median 708.4 vs 76.1, p=0.035) and lower late heart/mediastinum rate, indicating cardiac denervation (1.48±0.12 vs 1.74±0.09, p<0.001). Conclusion: Elevated resting HR in patients with HF under optimal medical treatment was associated with cardiac denervation, worse functional capacity, and neurohormonal activation.

Resumo Fundamento: No SHIFT (Systolic Heart Failure Treatment With the If Inhibitor Ivabradine Trial, ou Estudo do Tratamento da Insuficiência Cardíaca Sistólica com o Inibidor de If Ivabradina), a redução da frequência cardíaca (FC) com ivabradina associou-se com melhor sobrevida e redução das hospitalizações em pacientes com insuficiência cardíaca (IC). Os mecanismos pelos quais a FC elevada aumenta a mortalidade não são totalmente compreendidos. Objetivo: Avaliar a relação da FC basal com atividade clínica, neuro-hormonal e simpática cardíaca em pacientes com IC crônica e FC elevada. Método: Pacientes com IC crônica em ritmo sinusal e FC≥70 apesar de tratamento adequado foram incluídos em um estudo duplo-cego, randomizado, que comparou ivabradina com piridostigmina. Este artigo refere-se a dados basais dos primeiros 16 pacientes. A FC basal (antes da randomização para um dos medicamentos) foi avaliada, e os pacientes classificados em dois grupos, com FC abaixo ou acima dos valores médios. A atividade simpática cardíaca foi avaliada por cintilografia com metaiodobenzilguanidina marcada com iodo 123. Resultados: A FC média foi 83,5±11,5 bpm (intervalo 72 a 104), e sete pacientes (43.7%) tinham FC acima da média. Esses pacientes apresentaram menor distância percorrida no teste de caminhada de 6 minutos (292,3±93 vs 465,2±97,1 m, p=0,0029), valores mais altos de N-terminal do pró-BNP (mediana 708,4 vs 76,1, p=0,035) e menor relação coração/mediastino tardia, indicando desnervação cardíaca (1,48±0,12 vs 1,74±0,09, p<0,001). Conclusão: A FC de repouso elevada em pacientes com IC em tratamento médico adequado associou-se com desnervação cardíaca, pior capacidade funcional e ativação neuro-hormonal.
Descritores: Sistema Nervoso Simpático/diagnóstico por imagem
3-Iodobenzilguanidina
Coração/inervação
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico por imagem
Frequência Cardíaca/fisiologia
-Sistema Nervoso Simpático/fisiologia
Fármacos Cardiovasculares/uso terapêutico
Cintilografia
Doença Crônica
Denervação
Teste de Esforço
Coração/diagnóstico por imagem
Insuficiência Cardíaca/tratamento farmacológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001548
Autor: Açar, Gülay; Çiçekcibaşı, Aynur Emine; Çukurova, İbrahim; Özen, Kemal Emre; Şeker, Muzaffer; Güler, İbrahim.
Título: The anatomic analysis of the vidian canal and the surrounding structures concerning vidian neurectomy using computed tomography scans / Avaliação anatômica do canal vidiano e estruturas adjacentes por tomografia computadorizada para a neurectomia do vidiano
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);85(2):136-143, Mar.-Apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: The type of endoscopic approach chosen for vidian neurectomy can be specified by evaluating the vidian canal and the surrounding sphenoid sinus structures. Objective: The variations and morphometry of the vidian canal were investigated, focusing on the functional correlations between them which are crucial anatomical landmarks for preoperative planning. Methods: This study was performed using paranasal multidetector computed tomography images that were obtained with a section thickening of 0.625 mm of 250 adults. Results: The distributions of 500 vidian canal variants were categorized as follows; Type 1, within the sphenoid corpus (55.6%); Type 2, partially protruding into the sphenoid sinus (34.8%); Type 3, within the sphenoid sinus (9.6%). The pneumatization of the pterygoid process is mostly seen in vidian canal Type 2 (72.4%) and Type 3 (95.8%) (p < 0.001). The mean distances from the vidian canal to the foramen rotundum and the palatovaginal canal were greater in the vidian canal Type 2 and 3 with the pterygoid process pneumatization (p < 0.001). The prevalence of the intrasphenoid septum between the vidian canal and the vomerine crest and lateral attachment which ending on carotid prominence were much higher in vidian canal Type 3 than other types (p < 0.001). The mean angle between the posterior end of the middle turbinate and the lateral margin of the anterior opening of the vidian canal was measured as 33.05 ± 7.71°. Conclusions: Preoperative radiologic analysis of the vidian canal and the surrounding structures will allow surgeons to choose an appropriate endoscopic approach to ensure predictable postoperative outcomes.

Resumo Introdução: O tipo de abordagem endoscópica para a neurectomia do vidiano pode ser definido pela avaliação do canal do vidiano e das estruturas adjacentes aos seios esfenoidais. Objetivo: Investigar as variações e a morfometria do canal vidiano com enfoque nas suas correlações funcionais, pois são parâmetros anatômicos cruciais para o planejamento pré-operatório. Método: Esse estudo foi realizado utilizando-se imagens de tomografia computadorizada multidetectores dos seios paranasais com espessura de corte de 0,625 mm obtidas de 250 indivíduos adultos. Resultados: A distribuição das 500 variantes do canal vidiano foi categorizada da seguinte forma: Tipo 1, dentro do corpo ósseo esfenoidal (55,6%); Tipo 2, protrusão parcial no interior do seio esfenoidal (34,8%); Tipo 3, no interior do seio esfenoidal (9,6%). A pneumatização do processo pterigoide foi observada principalmente no canal vidiano Tipo 2 (72,4%) e Tipo 3 (95,8%) (p < 0,001). As distâncias médias do canal vidiano até o forame redondo e o canal palatovaginal foram maiores no canal vidiano do Tipo 2 e 3, com a pneumatização do processo pterigoide (p < 0,001). A presença do septo intraesfenoidal entre o canal vidiano e a crista vomeriana e a extensão lateral, que termina na proeminência da carótida, foi muito maior no canal vidiano Tipo 3 do que nos outros tipos (p < 0,001). A angulação média entre a cauda da concha média e a margem lateral da abertura anterior do canal vidiano foi de 33,05° ± 7,71°. Conclusões: A análise radiológica pré-operatória do canal do vidiano e das estruturas circunjacentes permitem ao cirurgião escolher uma abordagem endoscópica apropriada e prever resultados pós-operatórios.
Descritores: Seio Esfenoidal/anatomia & histologia
Seio Esfenoidal/diagnóstico por imagem
Denervação/métodos
Fossa Pterigopalatina/anatomia & histologia
Fossa Pterigopalatina/diagnóstico por imagem
Tomografia Computadorizada Multidetectores/métodos
-Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos Retrospectivos
Pontos de Referência Anatômicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1128980
Autor: Prado, Gabriela Machado; Armaganijan, Luciana Vidal; Moreira, Dalmo Antonio Ribeiro; Staico, Rodolfo; Lopes, Renato Delascio.
Título: Denervação renal no tratamento de arritmias ventriculares: revisão sistemática e metanálise / Renal denervation in the treatment of ventricular arrhythmias: systematic review and meta-analysis
Fonte: Arq. bras. cardiol;115(5 supl.1):19-19, nov. 2020.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: XXXVII CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS ­ SOBRAC, Congresso Virtual, 05-08 novembro.
Resumo: FUNDAMENTO: As arritmias ventriculares (AV) constituem importante causa de orbimortalidade em portadores de cardiopatia estrutural. Apesar dos avanços terapêuticos, o tratamento desta condição continua sendo um desafio na prática clínica. Publicações prévias avaliaram o efeito da denervação simpática renal (DR) no manejo das AVs refratárias ao tratamento medicamentoso e por meio da ablação por cateter. Conduzimos uma revisão sistemática e metanálise para avaliar a eficácia e segurança deste tratamento. Métodos: Uma revisão sistemática da literatura foi realizada para identificar estudos que avaliaram o emprego da DR no tratamento de AVs refratárias. Artigos de revisão e estudos em animais foram excluídos. Os desfechos primários foram a redução do número de AVs (taquicardia ventricular e fibrilação ventricular) e redução do número de terapias pelo cardiodesfibrilador implantável (CDI). Alterações da pressão arterial e de função renal constituíram desfechos secundários de segurança. Resultados: Dez estudos (152 pacientes) foram incluídos na metanálise. No grupo de pacientes submetidos à intervenção, observou-se uma redução no número de AV, ATP, choques e terapias apropriadas pelo CDI de 3,53 eventos/paciente/mês (IC95% = -5,48 a -1,57), 2,86 eventos/paciente/mês (IC95% = -4,09 a -1,63), 2,04 eventos/paciente/mês (IC95% = -2,12 a -1,97) e 2,68 eventos/paciente/mês (IC95% = - 3,58 a -1,78), respectivamente. Complicações periprocedimento ocorreram em apenas 1,23% dos pacientes e não houve alterações significativas nas pressões arteriais sistólica e diastólica (redução de 3,3mmHg, IC95% = -7,1 a 0,4, e de 0,2mmHg IC95%= -3,6 a 4,1, respectivamente). Não se observaram variações significativas na função renal (queda de 0,22mg/dL na creatinina sérica, IC95%= -0,48 a 0,05, e aumento de 2,37 mL/min/1.73m2 na taxa de filtração glomerular, IC95%= -9,98 a 14,71). Conclusões: A denervação simpática renal associou-se a uma redução do número de arritmias ventriculares e terapias apropriadas pelo CDI. O procedimento se mostrou seguro, com poucas complicações e eventos adversos.
Descritores: Taquicardia Ventricular
-Denervação
Tipo de Publ: Congresso
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros


  4 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-740487
Autor: Armaganijan, Luciana; Staico, Rodolfo; Borelli, Flávio.
Título: Tratamento farmacológico e intervencionista do sistema nervoso simpático / Pharmacological and interventional treatment of sympathetic system
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(2):34-43, abr.-jun. 2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: o sistema nervoso autônomo contribui diretamente para uma série de atividades biológicas e está envolvido em inúmeras doenças. A hiperatividade simpática é um dos vários mecanismos envolvidos na patogênese da hipertensão arterial sistêmica (HAS) primária. A transmissão da informação nervosa através de sinapses é mediada por agentes químicos específicos conhecidos como neurotransmissores, representados pela acetilcolina e pelas catecolaminas. O bloqueio dos receptores pré e pós-sinapse permite que a ação de fárrnacos alcance sua plenitude no controle dos portadores de hiperati vidade simpática. Um percentual significativo de hipertensos são resistentes ao tratamento farrnacológico. A denervação simpática renal surgiu como estratégia terapêutica adjunta no controle de hipertensos resistentes ao tratamento clínico. Nos últimos cinco anos, diversos estudos demonstraram resultados consistentes na redução da pressão arterial. Diversas outras condições clínicas associam-se à hiperatividade do sistema adrenérgico, tais como a insuficiência cardíaca, o diabetes mellitus, a doença renal crônica, a síndrome da apneia e hipopneia obstrutiva do sono e as arritmias cardíacas. Nestes contextos, a redução da atividade simpática renal também mostrou-se ser benéfica em estudos clínicos iniciais. Uma variedade de dispositivos dedicados foram e estão sendo desenvolvidos com o objetivo de ampliar a segurança e a eficácia do método, além de facilitar o procedimento. Estudos multicêntricos, prospectivos, randomizados e controlados em andamento investigam desfechos como mortalidade cardiovascular, infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral em longo prazo.

The autonomic nervous system contributes directly to a number of biological activities and is involved in numerous diseases. Sympathetic hyperactivity is one of several mechanisms involved in the pathogenesis of primary hypertension. The transmission through the nerve synapses is mediated by specific chemical agents known as neurotransmitters represented by the acetylcholine and catecholarnine. Blockade of specific pre-and post-synapse receptors allows the treatment of patients with sympathetic hyperactivity. A large proportion of hypertensive patients are resistant to pharmacological treatment. Renal sympathetic denervation emerged as adjunctive therapeutic strategy in controlling hypertension resistant to medical treatrnent. ln the last five years, several studies have shown consistent results in lowering blood pressure. Several other clinica! conditions are associated with hyperactivity of the adrenergic system such as heart failure, diabetes mellitus, chronic kidney disease, obstructive sleep apnea, polycystic ovary syndrome and cardiac arrhythrnias. ln these contexts, the reduction in renal sympathetic activity also proved to be beneficial in initial clinical studies. A substantial variety of dedicated devices have been developed in order to reduce variability between operators, reduce renal artery manipulation, improve vessel contact, reduce radiation exposure and procedure time, and therefore improving safety and efficacy. Mu!ticenter, prospective, randomized, controlled trials are ongoing to investigate long term outcomes such as cardiovascular mortality, acute myocardial infarction and stroke.
Descritores: Ablação por Cateter/métodos
Hipertensão/complicações
Hipertensão/fisiopatologia
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia
Tratamento Farmacológico/métodos
Sistema Nervoso Autônomo/fisiopatologia
Sistema Nervoso Simpático/fisiopatologia
-AGONISTAS DE RECEPTORES ADRENERGICOS ALFA TEMEFOS
Antagonistas Adrenérgicos beta
Clonidina/efeitos adversos
Denervação
Estudos Cross-Over
Fibrilação Atrial/fisiopatologia
Guanabenzo
Guanfacina/efeitos adversos
Metildopa/efeitos adversos
Rim
Simpatectomia/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-837356
Autor: Maya, Pedro Henrique Essado; Silva, Ledismar José da; Palmerston, Marina Dumont; Silva, Antonio Márcio Teodoro Cordeiro.
Título: Radiofrequency Denervation for Facet Syndrome: A Meta-Analysis of Treatment Outcomes / Denervação de síndrome facetária por radiofrequência: metanálise de resultados de tratamentos
Fonte: Arq. bras. neurocir;35(2):111-117, jun.2016.
Idioma: en.
Resumo: Objective The aim of this study was to carry out a systematic literature review on the facet syndrome and a meta-analysis of the outcomes of radiofrequency denervation in patients presenting with the syndrome. Methods A systematic literature review was performed based on 52 articles published from 1999 to 2013, available at Bireme, Scielo, PubMed, and MEDLINE databases. The meta-analysis comprises eight case-control studies, found during the literature review, totaling 440 patients. The heterogeneity of the collected data was assessed using the chi-square test (χ2). To estimate the effect of the proposed correlation, we combined the values of each study with the Mantel-Haensze test, which has fixed effects, using the BioEstat 5.0 software. Results The selected studies were statistically relevant when grouped, determining an effect in favor of the use of facet denervation as a technique capable of relieving chronic low back pain in pre-determined periods of follow-up (OR » 1.251; 95% CI: 1.028­1.524). Conclusion The results of the systematic literature review and meta-analysis herein presented may be used for the creation of diagnosis and management protocols for facet syndrome, and can also attract the interest of other researchers to conduct further studies on the theme.

Objetivo Este estudo teve como objetivo elaborar uma revisão sistematizada sobre síndrome facetária e umametanálise sobre os desfechos do tratamento neurocirúrgico com denervação por radiofrequência em pacientes acometidos por esta síndrome. Métodos A revisão sistematizada foi elaborada com base em 52 artigos publicados de 2000 a 2013, disponíveis nas bases de dados eletrônicos Bireme, Scielo, PubMed e MEDLINE. A metanálise foi composta por oito casos-controle, selecionados durante a revisão, totalizando 440 pacientes. Os dados coletados foram avaliados quanto à sua heterogeneidade pelo teste qui-quadrado (χ2). Para estimar o efeito da correlação proposta, os valores de cada estudo foram combinados com o teste de Mantel- Haensze, que tem efeitos fixos, utilizando o software BioEstat 5.0. Resultados Os estudos selecionados são estatisticamente relevantes quando agrupados, determinando um efeito a favor do uso da denervação facetária como técnica capaz de diminuir a lombalgia crônica em seguimentos pré-determinados, mostrando OR de 1,251 e IC95% entre 1,028 e 1,524. Conclusão Os resultados da revisão sistemática de literatura e da metanálise aqui apresentados podem servir de base para a criação de protocolos de diagnóstico e conduta da síndrome facetária, assim como despertar o interesse de outros pesquisadores para a condução de novos estudos sobre o tema.
Descritores: Dor Lombar
Articulação Zigapofisária
-Articulação Zigapofisária/cirurgia
Denervação
Tipo de Publ: Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  6 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038115
Autor: Marques, Isabela Cristina de Souza; Minto, Stefânia Bovo; Marques, Mariane Quaglio; Ribeiro, Juliana; Moraes, Paola Castro; Sbragia Neto, Lourenço; Garcia, Sérgio Britto.
Título: Botulinum toxin as a treatment for short bowel syndrome in rats
Fonte: Acta cir. bras;34(7):e201900705, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose: The denervation of the intestine with benzalkonium chloride (BAC) reduces mortality and improves weight gain in rats with short bowel syndrome (SBS). Nevertheless, translating these promising findings from bench to bedside is not feasible because BAC promotes peritonitis and irreversible denervation which may be followed by an uncontrolled dilatation of the viscera. The use of botulinum toxin (BT) instead of BAC to achieve the denervation of the remaining small intestine in SBS could be an interesting option because it leads to a mild and transient denervation of the intestine. Methods: Here we evaluated the effects of the ileal denervation with BT in rats with SBS by verifying the body weight variation and intestinal morphological parameters. Four groups with 6 animals each were submitted to enterectomy with an ileal injection of saline (group E) or BT (group EBT). Control groups were submitted to simulated surgery with an ileal injection of BT (group BT) or saline (group C - control). Results: We observed that the treatment of the remaining ileum with BT completely reversed the weight loss associated to extensive small bowel resection. Conclusion: This may provide a new promising approach to the surgical treatment of SBS.
Descritores: Síndrome do Intestino Curto/cirurgia
Toxinas Botulínicas/farmacologia
Denervação/métodos
Íleo/inervação
-Síndrome do Intestino Curto/patologia
Compostos de Benzalcônio/farmacologia
Peso Corporal/efeitos dos fármacos
Ratos Wistar
Debilidade Muscular/patologia
Modelos Animais de Doenças
Íleo/patologia
Jejuno/inervação
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-728292
Autor: Boer, Nagib Pezati; Viterbo, Fausto; Faleiros, Humberto Regis; Batigalia, Fernando; Boer, Ana Luísa Ricci; Carvalho Jr, Altair Antonio.
Título: End-to-side loop neurorrhaphy: axonal comparative stereological study / Neurorrafia de blucle termino-lateral: estudio axonal estereológico comparativo
Fonte: Int. j. morphol;32(3):942-949, Sept. 2014. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Accidents or diseases can affect the peripheral part of the nervous system, which raises clinical and surgical therapies, among others. In this context, the technique of end-to-side neurorrhaphy is a treatment option, yet its modification loop needs some additional efficacy studies. The purpose of this study was to compare, among rats, stereological results (axons volume density) after end-to-side neurorrhaphy and after end-to-side loop neurorrhaphy. Thirty Wistar rats were used, divided into six groups (five animals per group), consisting of two control groups (for the fibular and tibial nerves), two study groups for the fibular nerve (one with an end-to-side neurorrhaphy, and the other with an end-to-side loop neurorrhaphy) and two study groups for the tibial nerve (with an end-to-side neurorrhaphy and the other one with an end-to-side loop neurorrhaphy). After 180 days, all groups were sacrificed for axonal stereological analysis (volume density) in distal nerve stumps. There was significant maintenance of neuronal-axonal density in the distal stumps to neurorrhaphy (p<0.005) compared with the normal stumps. The end-to-side loop neurorrhaphy is a therapeutic option as suture technique after complete nerve section, in order to restore most of the axonal functional integrity.

Accidentes o enfermedades pueden afectar a la parte periférica del sistema nervioso, lo que plantea terapias clínicas y quirúrgicas, entre otras. En este contexto, la técnica de neurorrafia término-lateral es una opción terapéutica, sin embargo, su modificación en bucle necesita algunos estudios adicionales de eficacia. El objetivo de este estudio fue comparar, en ratas, resultados estereológicos (densidad de volumen axonal) después de la neurorrafia término-lateral y de la neurorrafia en bucle término-lateral. Fueron utilizadas 30 ratas Wistar, divididas en seis grupos (cinco animales por grupo), siendo dos grupos control (para los nervios fibular y tibial), dos grupos estudio del nervio fibular (uno con neurorrafia término-lateral y otro con neurorrafia en bucle termino-lateral) y dos grupos estudio del nervio tibial (uno con neurorrafia término-lateral y otro con neurorrafia en bucle término-lateral). Después de 180 días, todos los grupos fueron eutanasiados y se realizó el análisis estereológico axonal (densidad de volumen) en muñones nerviosos distales. Hubo un mantenimiento significativo de la densidad neuronal-axonal en los muñones distales a la neurorrafia (p<0,005) en comparación con los muñones normales. La neurorrafia en bucle término-lateral es una opción terapéutica como técnica de sutura después de la sección completa del nervio, con el fin de restaurar la mayoría de la integridad funcional axonal.
Descritores: Nervos Periféricos/cirurgia
Axônios/fisiologia
Transferência de Nervo/métodos
-Nervo Fibular/cirurgia
Nervo Tibial/cirurgia
Técnicas de Sutura
Ratos Wistar
Denervação
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-841470
Autor: Sadigursky, David; Sampaio, Felipe Magalhães; Andrade, Eron Silva; Almeida, Perseu Ribeiro; Pinheiro, Magda Leão; Mendes, Matheus Vasconcelos Goes; Queiroz, Gustavo Castro de.
Título: Patellar denervation for Anterior Knee Pain Management in Knee Arthroplasty / Denervação patelar para tratamento da dor anterior na artroplastia total do joelho
Fonte: MedicalExpress (São Paulo, Online);4(1), Jan.-Feb. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To compare the effectiveness of patellar denervation versus non-patellar denervation in reducing anterior knee pain on a follow-up period of at least one year after total knee arthroplasty. METHOD: Data from 84 patients, who underwent total knee arthroplasty were analyzed. Participants were divided into 2 groups; group A: 42 patients who previously underwent total knee arthroplasty with patellar denervation; and group B: 42 patients who previously underwent total knee arthroplasty without patellar denervation. Results were evaluated using WOMAC and KSS questionnaires, and the VAS pain measurement. Knee ranges of motion were measured. Preoperative clinical conditions of both groups were similar. RESULTS: Postoperatively, the following results were observed. (a), the WOMAC scores for group A were significant better when compared to group B (27.95 ± 5.89 vs. 33,55 ± 6.23; (b) better results were also found in KSS scores for group A vs. group B (86.19 ± 7.10 vs. 83,07 ± 4.88); (c) the range of knee flexion was smaller than in group A vs. group B (119.0 ± 10.7 vs 125.5 ± 11.0 degrees); (d) there was no significant difference between the mean of range of knee extension between the two groups groups; (e) in terms pain referred by the patient, no difference was observed according to VAS pain. CONCLUSION: Patellar denervation does not show better effect in pain reduction compared with TKA with non-patellar denervation. However, it had a better beneficial effect on knee function score, as measured through the KSS and WOMAC questionnaires.

OBJETIVO: Comparar a eficácia de denervação patelar em relação à não-denervação patelar na redução da dor anterior do joelho em um período de acompanhamento de no mínimo um ano após a artroplastia total do joelho (ATJ). MÉTODO: Foram analisados dados de 84 pacientes, submetidos a ATJ e divididos em 2 grupos: grupo A formado por 42 pacientes submetidos à ATJ com denervação patelar (PD) e grupo B formado por 42 pacientes submetidos a ATJ sem a denervação (ND). Os resultados foram avaliados utilizando os questionários WOMAC e KSS, além da escala analógica visual da dor (EVA). Também foi avaliada a amplitude de movimento em graus. As condições clínicas pré-operatórias dos dois grupos foram semelhantes. RESULTADOS: Comparando a pontuação do questionário WOMAC, o grupo A apresentou melhores resultados, com media de 27,95 ± 5,89, enquanto o grupo B apresentou média de 33,55 ± 6,23. Melhores resultados foram também observados no KSS para o grupo A, apresentando média de 86,19 ± 7,10, em comparação ao grupo B, com média de 83,07 ± 4,88. Observou-se menor amplitude de flexão do joelho no grupo A, 119,0 ± 10,68 graus, em comparação com o grupo B, com média de 125,5 ± 11,02 graus. Analisando exclusivamente a dor, não foi observada diferença entre a dor referida pelo paciente, de acordo com a escore da escala EVA. CONCLUSÕES: A DP não demonstrou melhores efeitos na redução da dor em comparação com ND na ATJ. No entanto um melhor efeito da denervação nos escores de função, através dos questionários KSS e WOMAC sugerem que a denervação pode ser benéfica neste cenário.
Descritores: Patela/inervação
Artralgia/terapia
Artroplastia do Joelho/reabilitação
Denervação/métodos
-Medição da Dor/métodos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-844630
Autor: Martínez-Martínez, Alberto; García-Espinosa, J; Ruiz-Santiago, F; Guzmán-Álvarez, L; Castellano-García, M.
Título: Abordaje intervencionista del síndrome facetario lumbar: denervación con radiofrecuencia / Interventional approach for lumbar facet syndrome: radio frequency denervation
Fonte: Rev. chil. radiol;23(1):7-14, 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Lumbar pain is a common and frequent chronic condition. It is estimated that facet joint pain represents 15-31% of all consultations for low back pain. In suspected facet joint pain, it is recommended to perform nerve blocks to establish the diagnosis. Percutaneous continuous radiofrequency is the most effective treatment to date. We describe the current evidence on the minimally invasive treatment of lumbar facet syndrome and our experience with image guidance with CT and fluoroscopy by means of rhizolysis of the medial branch of the dorsal primary ramus of the spinal nerve.

El dolor lumbar es una entidad común y frecuente crónica. Se estima que el dolor de causa articular facetaria representa el 15-31% de todas las consultas por dolor lumbar. En sospecha de dolor articular facetario se recomienda realización de bloqueos nerviosos para establecer el diagnóstico. La radiofrecuencia continua percutánea es el tratamiento más efectivo hasta la fecha. Se describe la evidencia actual en el tratamiento mínimamente invasivo del síndrome facetario lumbar y nuestra experiencia con las guías de imagen con TC y fluoroscopía mediante rizolisis de la rama medial del ramo primario dorsal del nervio espinal.
Descritores: Denervação/métodos
Dor Lombar/cirurgia
Tratamento por Radiofrequência Pulsada/métodos
Articulação Zigapofisária
-Síndrome
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 78 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-783392
Autor: Marcelo, Marconi.
Título: Denervación de cordón espermático asistida con lupas para el tratamiento del dolor testicular crónico idiopático / Spermatic cord denervation assisted with magnifying glasses in the treatment of idiopathic cronic testicular pain
Fonte: Rev. chil. urol;77(2):87-97, 2012. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Presentar una serie clínica de doce pacientes sometidos a denervación de cordón espermático asistida con lupas como tratamiento del Dolor Testicular Crónico ldiopático (DTCI). Pacientes y métodos: Diecisiete pacientes (rango de edad 18 a 70 años) con DTCI no respondedores a analgésicos orales fueron enrolados prospectivamente en la primera etapa del estudio. Se realizó un bloqueo del cordón espermático con Bupivacaína a todos los pacientes. Aquellos pacientes que respondieron al bloqueo (n= 12) fueron sometidos a denervación del cordón espermático asistida con lupas (magnificación 3. 5x) por via subinguinal. El seguimiento incluyó un ecodoppler testicular a los siete días post cirugía y Escala Visual Análoga (EVA) del dolor a los 3 y 6 meses. Resultados: La duración promedio de la cirugía fue de 70 minutos (rango: 50 a 90 minutos). En el control de los siete días los doce pacientes presentaron un ecodoppler normal sin evidencias de isquemia en ninguna de las unidades testiculares sometidas a cirugía (n= 13). Respecto de la EVA a los tres y seis meses, nueve pacientes (75 por ciento) estaban completamente libres de dolor con un EVA igual a O. Tres pacientes persistían con molestias, dos con un EVA de 1 que no requerían analgésicos, y uno con EVA de 2 que requería analgésicos de manera intermitente. Dos pacientes fueron reoperados 6 y 8 semanas después de la cirugía primaria, uno por un hematocele y el segundo por un linfocele, ambos evolucionaron de manera favorable con ecodoppler normal después de la segunda cirugía. Conclusión: La denervación de cordón espermático asistida con lupas es una alternativa eficaz para el tratamiento del DTCI y puede constituirse en una buena alternativa terapéutica para el manejo de estos pacientes...

To present a clinical series of twelve patients that underwent loupe assisted spermatic cord denervation as a treatment for idiopathic Chronic Testicular Pain (ICTP). Patients and methods: Seventeen non responders to oral analgesics patients (age range 18 - 70 years) with ICTP were prospective/y enrolled in the first stage of the study. A spermatic cord block with bupivacaine was performed in all patients. Twelve patients who responded to the bupivacaine cord block underwentloupe assisted (3. 5x magnification) spermatic cord denervation through a subinguinal/ approach. Postoperative follow-up included color doppler ultrasound of the testes seven days after surgery and Visual Analog Scale (VAS) pain questionnaire at 3 and 6 months. Results: The median operation time was 70 minutes (range 50 - 90 min). Seven days after surgery all patients had a normal color Doppler ultrasound without evidence of ischemia in any of the operated testes (n=13). At three and six months after surgery nine patients (75 percent) were absolutely pain free (VAS=O). Three patients remained with pain; two had a VAS 1 that did not interfere with daily activities and required no analgesics, the third patient had a VAS 2 and occasionally required analgesics to manage pain. Two patients needed reoperations, 6 and 8 weeks after primary surgery, one for hematocele and another for lymphocele, both had a favorable outcome and normal color doppler ultrasounds after the second surgery. Conclusion: Loupe assisted spermatic cord denervation is an efficient alternative for the management of ICTP and may become a good therapeutic option for these patients...
Descritores: Cordão Espermático/inervação
Denervação/métodos
Dor/cirurgia
Microcirurgia/métodos
-Cordão Espermático/cirurgia
Duração da Cirurgia
Medição da Dor
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde