Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.614 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 159 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 159 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019804
Autor: Kukreja, Promil; MacBeth, Lisa; Potter, William; Buddemeyer, Katherine; DeBell, Henry; Elsharkawy, Hesham; Kalagara, Hari; Wajnsztejn, Andre; Pires, Eduardo Araujo; Godoy-Santos, Alexandre Leme; Shah, Ashish.
Título: Posterior quadratus lumborum block for primary total hip arthroplasty analgesia: a comparative study / Bloqueio anestésico do quadrado lombar posterior para analgesia na artroplastia total do quadril primária: estudo comparativo
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(4):eAO4905, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To compare analgesia and opioid consumption for patients undergoing primary total hip arthroplasty with preoperative posterior quadratus lumborum block with patients who did not receive quadratus lumborum block. Methods The medical records of patients undergoing unilateral total hip arthroplasty between January 1st, 2017 and March 31, 2018 were reviewed, and 238 patients were included in the study. The primary outcome was postoperative opioid consumption in the first 24 postoperative hours. Secondary outcomes were intraoperative, post anesthesia care unit, and 48-hour opioid consumption, postoperative pain Visual Analog Scale scores, and post-anesthesia care unit length of stay. Primary and secondary endpoint data were compared between patients undergoing primary total hip arthroplasty with preoperative posterior quadratus lumborum block with patients who did not receive quadratus lumborum block. Results For the patients who received quadratus lumborum block, the 24-hour total oral morphine equivalent (milligram) requirements were lower (53.82mg±37.41), compared to the patients who did not receive quadratus lumborum block (77.59mL±58.42), with p=0.0011. Opioid requirements were consistently lower for the patients who received quadratus lumborum block at each additional assessment time point up to 48 hours. Pain Visual Analog Scale scores were lower up to 12 hours after surgery for the patients who received a posterior quadratus lumborum block, and the post-anesthesia care unit length of stay was shorter for the patients who received quadratus lumborum block. Conclusion Preoperative posterior quadratus lumborum block for primary total hip arthroplasty is associated with decreased opioid requirements up to 48 hours, decreased Visual Analog Scale pain scores up to 12 hours, and shorter post-anesthesia care unit length of stay. Level of evidence: III

RESUMO Objetivo Comparar a analgesia e o uso de opioides em pacientes submetidos à artroplastia total do quadril primária com bloqueio pré-operatório do quadrado lombar posterior e pacientes que não receberam o bloqueio do quadrado lombar. Métodos Revisamos os prontuários de pacientes submetidos à artroplastia total do quadril unilateral entre 1º de janeiro de 2017 e 31 de março de 2018, e 238 pacientes foram incluídos no estudo. O desfecho primário foi o consumo de opioides no pós-operatório nas primeiras 24 horas. Os desfechos secundários foram consumo de opioide no intraoperatório, na sala de recuperação pós-anestésica e nas primeiras 48 horas, escores de Escala Visual Analógica de dor pós-operatória, e tempo de permanência na recuperação pós-anestésica. Os desfechos primário e secundários foram comparados entre os pacientes submetidos à artroplastia total do quadril primária com bloqueio pré-operatório do quadrado lombar posterior e aqueles que não receberam o bloqueio do quadrado lombar. Resultados Para o grupo que recebeu o bloqueio, as doses totais de morfina por via oral em 24 horas foram menores (53,82mg±37,41) em comparação ao grupo sem bloqueio (77,59mg±58,42), com p=0,0011. A utilização de opioides foi consistentemente menor para o grupo que recebeu o bloqueio em cada tempo adicional de avaliação até 48 horas. Os escores da Escala Visual Analógica até 12 horas após a cirurgia para os pacientes que receberam o bloqueio do quadrado lombar posterior e o tempo de permanência na sala de recuperação pós-anestésica foram menores para o grupo que recebeu o bloqueio. Conclusão O bloqueio anestésico do quadrado lombar posterior para artroplastia total do quadril primária está associado à diminuição do uso de opioides nas primeiras 48 horas, diminuição do escore de dor da Escala Visual Analógica em até 12 horas, e menor tempo de permanência na sala de recuperação pós-anestésica. Nível de evidência: III
Descritores: Dor Pós-Operatória/tratamento farmacológico
Artroplastia de Quadril/efeitos adversos
Analgésicos/uso terapêutico
Anestésicos Locais/uso terapêutico
-Dor Pós-Operatória/etiologia
Fatores de Tempo
Período de Recuperação da Anestesia
Estudos Retrospectivos
Músculos Abdominais/inervação
Relação Dose-Resposta a Droga
Período Perioperatório/métodos
Manejo da Dor
Analgésicos/administração & dosagem
Analgésicos Opioides/administração & dosagem
Analgésicos Opioides/uso terapêutico
Anestesia Geral
Raquianestesia
Anestésicos Locais/administração & dosagem
Bloqueio Nervoso/métodos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973378
Autor: Norero, Enrique; Vargas, Catalina; Achurra, Pablo; Ceroni, Marco; Mejia, Ricardo; Martinez, Cristian; Munõz, Rodrigo; Gonzalez, Paulina; Calvo, Alfonso; Díaz, Alfonso.
Título: Survival and perioperative morbidity of totally laparoscopic versus open gastrectomy for early gastric cancer: analysis from a single latin american centre / Comparação da sobrevida e morbidade perioperatória da gastrectomia totalmente laparoscópica vs. laparotômica para tratamento do câncer gástrico precoce em um centro latino-americano
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(1):e1413, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Laparoscopic gastrectomy has numerous perioperative advantages, but the long-term survival of patients after this procedure has been less studied. Aim: To compare survival, oncologic and perioperative outcomes between completely laparoscopic vs. open gastrectomy for early gastric cancer. Methods: This study was retrospective, and our main outcomes were the overall and disease-specific 5-year survival, lymph node count and R0 resection rate. Our secondary outcome was postoperative morbidity. Results: Were included 116 patients (59% men, age 68 years, comorbidities 73%, BMI 25) who underwent 50 laparoscopic gastrectomies and 66 open gastrectomies. The demographic characteristics, tumour location, type of surgery, extent of lymph node dissection and stage did not significantly differ between groups. The overall complication rate was similar in both groups (40% vs. 28%, p=ns), and complications graded at least Clavien 2 (36% vs. 18%, p=0.03), respiratory (9% vs. 0%, p=0.03) and wound-abdominal wall complications (12% vs. 0%, p=0.009) were significantly lower after laparoscopic gastrectomy. The lymph node count (21 vs. 23 nodes; p=ns) and R0 resection rate (100% vs. 96%; p=ns) did not significantly differ between groups. The 5-year overall survival (84% vs. 87%, p=0.31) and disease-specific survival (93% vs. 98%, p=0.20) did not significantly differ between the laparoscopic and open gastrectomy groups. Conclusion: The results of this study support similar oncologic outcome and long-term survival for patients with early gastric cancer after laparoscopic gastrectomy and open gastrectomy. In addition, the laparoscopic approach is associated with less severe morbidity and a lower occurrence of respiratory and wound-abdominal wall complications.

RESUMO Racional: A gastrectomia laparoscópica tem numerosas vantagens perioperatórias, mas a sobrevivência em longo prazo após este procedimento tem sido menos estudada. Objetivo: Comparar resultados de sobrevivência, oncológica e perioperatória entre a gastrectomia completamente laparoscópica vs. aberta para câncer gástrico precoce. Método: Este estudo foi retrospectivo e os principais resultados foram a sobrevivência global e específica de cinco anos, contagem de linfonodos e taxa de ressecção R0. Resultado secundário foi a morbidade pós-operatória. Resultados: Foram incluídos 116 pacientes (59% homens, idade 68 anos, comorbidades 73%, IMC 25) que foram submetidos a 50 gastrectomias laparoscópicas e 66 gastrectomias abertas. As características demográficas, a localização do tumor, o tipo de operação, a extensão da dissecção dos linfonodos e do estágio não diferiram significativamente entre os grupos. A taxa geral de complicações foi semelhante em ambos os grupos (40% vs. 28%, p=ns) e complicações classificadas Clavien 2 (36% vs. 18%, p=0,03), respiratórias (9% vs. 0%, p=0,03) e as da parede abdominal (12% vs. 0%, p=0,009) foram significativamente menores após a gastrectomia laparoscópica. A contagem de linfonodos (21 contra 23, p=ns) e a taxa de ressecção R0 (100% vs. 96%; p=ns) não diferiram significativamente entre os grupos. A sobrevida global de cinco anos (84% vs. 87%, p=0,31) e a sobrevida específica (93% vs. 98%, p=0,20) não diferiram significativamente entre os grupos de gastrectomia laparoscópica e aberta. Conclusão: Estes resultados suportam resultados oncológicos similares e sobrevida em longo prazo para pacientes com câncer gástrico precoce após gastrectomia laparoscópica e gastrectomia aberta. Além disso, a abordagem laparoscópica está associada com morbidade menos grave e menor ocorrência de complicações respiratórias e da parede abdominal.
Descritores: Neoplasias Gástricas/cirurgia
Neoplasias Gástricas/mortalidade
Laparoscopia/métodos
Laparoscopia/mortalidade
Gastrectomia/métodos
Gastrectomia/mortalidade
-Complicações Pós-Operatórias
Neoplasias Gástricas/patologia
Fatores de Tempo
Chile
Taxa de Sobrevida
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Laparoscopia/efeitos adversos
Estatísticas não Paramétricas
Estimativa de Kaplan-Meier
Detecção Precoce de Câncer
Período Perioperatório
Gastrectomia/efeitos adversos
Excisão de Linfonodo/mortalidade
Estadiamento de Neoplasias
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Crema, Eduardo
Texto completo
Id: biblio-973382
Autor: Perales, Simone Reges; Souza, Luiz Ronan Marquez Ferreira; Crema, Eduardo.
Título: Comparative evaluation of magnetic resonance cholangiopancreatography and perioperative cholangiography in patients with suspect choledocholithiasis / Avaliação comparativa da colangiopancreatografia por ressonância magnética e da colangiografia peroperatória na suspeita de coledocolitíase
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(1):e1416, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Cholelithiasis is a highly prevalent condition, and choledocholitiasis is a high morbidity complication and requires accurate methods for its diagnosis. Aim: To evaluate the population of patients with suspected choledocholitiasis and check the statistical value of magnetic resonance cholangiopancreatography, ultrasonography, the laboratory and the clinic of these patients comparing them to the results obtained by perioperative cholangiography. Methods: This is a retrospective cohort study, which were evaluated 76 patients with cholelithiasis and suspected choledocholithiasis. Results: It was observed that the presence of dilatation of the biliary tract or choledocholithiasis in the ultrasonography was four and eight times increased risk of perioperative cholangiography for positive choledocholithiasis, respectively. For each unit increased in serum alkaline phosphatase was 0.3% increased the risk of perioperative cholangiography for positive choledocholithiasis. In the presence of dilatation of the bile ducts in the ultrasonography was four times greater risk of positive magnetic resonance cholangiopancreatography for choledocholithiasis. In the presence of pancreatitis these patients had five times higher risk of positive magnetic resonance cholangiopancreatography for choledocholithiasis. On the positive magnetic resonance cholangiopancreatography presence to choledocholithiasis was 104 times greater of positive perioperative cholangiography for choledocholithiasis. Conclusions: The magnetic resonance cholangiopancreatography is a method with good accuracy for propedeutic follow-up for the diagnosis of choledocholithiasis, consistent with the results obtained from the perioperative cholangiography; however, it is less invasive, with less risk to the patient and promote decreased surgical time when compared with perioperative cholangiography.

RESUMO Racional: A colelitíase é afecção de alta prevalência, sendo a coledocolitíase complicação de elevada morbidade e que necessita de métodos acurados para seu diagnóstico. Objetivo: Avaliar o perfil populacional de pacientes com suspeita de coledocolitíase e verificar o valor estatístico da colangiopancreatografia por ressonância magnética, da ultrassonografia, dos exames laboratoriais e da clínica desses pacientes e compará-los aos resultados obtidos pela colangiografia peroperatória. Métodos: Trata-se de estudo longitudinal, de coorte, retrospectivo, no qual foram avaliados 76 pacientes com diagnóstico de colelitíase e suspeita de coledocolitíase. Resultados: Observou-se que na presença de dilatação das vias biliares ou coledocolitíase na ultrassonografia havia risco quatro e oito vezes maior, respectivamente, de colangiografia peroperatória positiva para coledocolitíase. Para cada unidade de aumento na fosfatase alcalina sérica houve aumento em 0,3% no risco de colangiografia peroperatória positiva para coledocolitíase. Na presença de dilatação das vias biliares na ultrassonografia ou clínica de pancreatite havia risco quatro e cinco vezes maior, respectivamente, de colangiopancreatografia por ressonância magnética positiva para coledocolitíase. Na presença de colangiopancreatografia por ressonância magnética positiva para coledocolitíase o risco foi 104 vezes maior de colangiografia peroperatória positiva para coledocolitíase. Conclusão: A colangiopancreatografia por ressonância magnética para seguimento propedêutico tem boa acurácia para o diagnóstico de coledocolitíase, e concordante com os resultados obtidos na colangiografia peroperatória. O método é menos invasivo, com menores riscos ao paciente e com diminuição do tempo cirúrgico dispendido para realização da colangiografia peroperatória.
Descritores: Colangiografia/métodos
Coledocolitíase/diagnóstico por imagem
Colangiopancreatografia por Ressonância Magnética/métodos
-Pancreatite/diagnóstico por imagem
Sistema Biliar/diagnóstico por imagem
Colecistectomia/métodos
Modelos Logísticos
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Estudos Longitudinais
Ultrassonografia/métodos
Sensibilidade e Especificidade
Estatísticas não Paramétricas
Medição de Risco
Coledocolitíase/cirurgia
Dilatação Patológica/diagnóstico por imagem
Período Perioperatório
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983677
Autor: Davrieux, Carlos Federico; Palermo, Mariano; Serra, Edgardo; Houghton, Eduardo Javier; Acquafresca, Pablo Agustín; Finger, Caetano; Giménez, Mariano Eduardo.
Título: Stages and factors of the "perioperative process": points in common with the aeronautical industry / Etapas e fatores do "processo perioperatório": pontos em comum com a indústria aeronáutica
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(1):e1423, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: The aeronautical industry is one of the disciplines that most use control systems. Its purpose is to avoid accidents and return safer flights. The flight of an airplane, from its takeoff to its landing is a process divided into stages under strict control. A surgical procedure has the same characteristics. We try to identify and develop the stages of the surgical process using the experience of the aviation industry in order to optimize the results and reduce surgical complications. Aim: To identify and develop the stages of the surgical process so that they could be applied to surgery departments. Methods: A search, review and bibliographic analysis of the application of aeronautical control and safety to medical practice in general and to surgery, in particular, were carried out. Results: Surgical process comprises the perioperative period. It is composed of Preoperative Stage (it is divided into 2 "sub-steps": hospital admission and control of preoperative studies) Operative Stage (it is divided into 3 "sub-steps": anesthetic induction, surgery, and anesthetic recovery) and Postoperative Stage (it is divided into 2 "sub-steps": control during hospitalization and ambulatory control). Two checkpoints must be developed. Checkpoint #1 would be located between the preoperative and operative stages, and checkpoint #2 would be located between the operative and postoperative stages. Surgical factors are surgeons, instrumental and technology, anesthesiology and operating room environment. Conclusion: It is possible and necessary to develop a systematic surgical procedure. Its application in the department of surgery could optimize the results and reduce the complications and errors related to daily practice.

RESUMO Racional: A indústria aeronáutica é uma das disciplinas que mais utiliza sistemas de controle. Sua finalidade é evitar acidentes e retornar voos mais seguros. O voo de um avião, desde a decolagem até a aterrissagem, é processo dividido em etapas com estrito controle. Um procedimento cirúrgico tem as mesmas características. Tentar identificar e desenvolver etapas no processo cirúrgico, utilizando a experiência da indústria aeronáutica, poderá otimizar os resultados e reduzir as complicações cirúrgicas. Objetivo: Identificar e desenvolver etapas no processo cirúrgico para que possam ser aplicadas nos serviços de cirurgia. Métodos: Foram realizadas pesquisas, revisão e análise bibliográfica sobre o controle e segurança aeronáutica e aplicando-as na prática médica em geral e à cirurgia em particular. Resultados: O processo cirúrgico compreende o período perioperatório. É composto de pré-operatório (dividido em duas sub-etapas: admissão hospitalar e controle de estudos pré-operatórios); fase operatória (dividida em três sub-etapas: indução anestésica, operação e recuperação anestésica) e fase pós-operatória (dividida em duas "sub-etapas": controle durante a hospitalização e controle ambulatorial). Dois pontos de verificação devem ser desenvolvidos. O ponto de checagem nº 1 estaria localizado entre os estágios pré-operatório e operatório, e o ponto de checagem nº 2 entre os estágios operatório e pós-operatório. Fatores cirúrgicos são cirurgiões, instrumental e tecnologia, anestesiologia e ambiente de sala de cirurgia. Conclusão: É possível e necessário desenvolver um procedimento cirúrgico sistemático. Sua aplicação no departamento de cirurgia poderia otimizar os resultados e reduzir as complicações e erros relacionados à prática diária.
Descritores: Segurança
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/normas
Lista de Checagem
Período Perioperatório/normas
-Período Perioperatório/métodos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130514
Autor: Assis, Bruno Silva de; Coelho, Fabricio Ferreira; Jeismann, Vagner Birk; Kruger, Jaime Arthur Pirola; Fonseca, Gilton Marques; Cecconello, Ivan; Hernan, Paulo.
Título: Total laparoscopic vs. open liver resection: comparative study with propensity score matching analysis / Ressecções hepáticas totalmente laparoscópicas vs. abertas: estudo comparativo com pareamento por pontuação de propensão
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(1):e1494, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: There have been an increasing number of articles that demonstrate the potential benefits of minimally invasive liver surgery in recent years. Most of the available evidence, however, comes from retrospective observational studies susceptible to bias, especially selection bias. In addition, in many series, several modalities of minimally invasive surgery are included in the same comparison group. Aim: To compare the perioperative results (up to 90 days) of patients submitted to total laparoscopic liver resection with those submitted to open liver resection, matched by propensity score matching (PSM). Method: Consecutive adult patients submitted to liver resection were included. PSM model was constructed using the following variables: age, gender, diagnosis (benign vs. malignant), type of hepatectomy (minor vs. major), and presence of cirrhosis. After matching, the groups were redefined on a 1:1 ratio, by the nearest method. Results: After matching, 120 patients were included in each group. Those undergoing total laparoscopic surgery had shorter operative time (286.8±133.4 vs. 352.4±141.5 minutes, p<0.001), shorter ICU stay (1.9±1.2 vs. 2.5±2.2days, p=0.031), shorter hospital stay (5.8±3.9 vs. 9.9±9.3 days, p<0.001) and a 45% reduction in perioperative complications (19.2 vs. 35%, p=0.008). Conclusion: Total laparoscopic liver resections are safe, feasible and associated with shorter operative time, shorter ICU and hospital stay, and lower rate of perioperative complications.

RESUMO Racional: Com a disseminação da cirurgia hepática minimamente invasiva tem-se observado nos últimos anos número crescente de trabalhos que demonstram seus potencias benefícios. No entanto, a maior parte da evidência disponível provém de estudos observacionais retrospectivos sujeitos a vieses, em especial, os de seleção. Além disso, em muitas casuísticas são incluídas no mesmo grupo diversas modalidades de operações minimamente invasivas. Objetivo: Comparar os resultados perioperatórios (até 90 dias) de pacientes submetidos a ressecções hepáticas totalmente laparoscópicas com pacientes contemporâneos por cirurgias abertas, pareados por pontuação de propensão (propensity score matching PSM), submetidos a ressecções hepáticas convencionais. Método: Foram estudados pacientes adultos consecutivos submetidos à ressecção hepática. Para homogeneização dos grupos foi utilizado pareamento por pontuação de propensão, utilizando a variável idade, gênero, tipo de doença (benigna vs. maligna), tipo de hepatectomia (maior vs. menor) e presença de cirrose. A partir disto, os grupos foram redefinidos com proporção 1:1, pelo método nearest. Resultado: Após o pareamento foram incluídos 120 pacientes em cada grupo. Os submetidos à operação totalmente laparoscópica apresentaram menor tempo cirúrgico (286,8±133,4 vs. 352,4±141,5 min, p<0,001), menor tempo de internação em unidade de terapia intensiva (1,9±1,2 vs. 2,5±2,2dias, p=0,031), menor tempo de internação hospitalar (5,8±3,9 vs. 9,9±9,3dias, p<0,001) e redução de 45% nas complicações perioperatórias (19,2 vs. 35%, p=0,008). Conclusão: As ressecções hepáticas totalmente laparoscópicas são exequíveis, seguras e associadas à menor tempo operatório, menor tempo de internação em unidade de terapia intensiva e internação hospitalar, além de diminuição nas complicações perioperatórias.
Descritores: Laparoscopia/métodos
Hepatectomia/métodos
Neoplasias Hepáticas/cirurgia
-Colangiocarcinoma/cirurgia
Pontuação de Propensão
Período Perioperatório
Unidades de Terapia Intensiva
Tempo de Internação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-740491
Autor: Brito Junior, Fábio Sandoli de; Nunes Filho, Antônio Carlos Bacelar.
Título: Resultados e perspectivas do implante valvar transaórtico (TAVI) / Transcatheter aortic valve implantation: current status and future perspectives
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(2):64-69, abr.-jun. 2014. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A estenose aórtica é a doença vaI var cardíaca mais comum. Sua prevalência aumenta com a idade, afetando aproximadamente 3% da população com idade superior a 75 anos. Há décadas, a substituição cirúrgica da valva aórtica é o tratamento de eleição para pacientes com estenose aórtica importante sintomática, propiciando alívio dos sintomas e aumento da sobrevida. Entretanto, o risco cirúrgico aumenta com o avançar da idade e com a associação de comorbidades, o que faz com que mais de 1/3 dos idosos com estenose aórtica sintomática sejam recusados para a cirurgia. Frente a essa necessidade, Alan Cribier, em 2002, realizou o primeiro implante percutâneo de uma bioprótese valvar aórtica em seres humanos. No Brasil, a experiência com o implante valvar aórtico por cateter iniciou- se em janeiro de 2008, com a aprovação e disponibilidade do sistema CoreValve. Para avaliar os resultados desta nova modalidade de tratamento em nosso meio, a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista criou o Registro Brasileiro de Implante de Bioprótese Valvar Aórtica por Cateter. As evidências clínicas, empregando as próteses expansível por balão Sapien (Edwards Lifesciences) e autoexpansível CoreValve (Medtronic), indicam tratar-se de um procedimento seguro e altamente eficaz em pacientes selecionados. Atualmente, o implante de bioprótese aórtica por cateter é considerado a terapia de escolha para pacientes com estenose aórtica importante considerados inoperáveis e uma alternativa menos invasiva à cirurgia para pacientes com alto risco cirúrgico.

Aortic stenosis is the most common heart valve disease. Its prevalence increases with age, affecting approximately 3% of the population aged over 75 years. For decades, surgical aortic valve replacement has been the treatment of choice for patients with symptomatic severe aortic stenosis, providing relief of symptoms and increased survival. However, surgi cal risk increases with advancing age and with the association of comorbidities, which means that more than one third of elderly patients with symptomatic aortic stenosis are deemed inoperable. Given this unmet clinical need, Alan Cribier, in 2002, performed the first transcatheter aortic valve implantation in humans. In Brazil, the experience with transcatheter aortic valve implantation began in January 2008, with the approval and availability of the CoreValve system. To evaluate the results of this new treatment modality in Brazil, the Brazilian Society of Interventional Cardiology created the Brazilian Registry ofTranscatheter Aortic Valve Implantation. Clinical evidence, employing the balloon-expandable Sapien prosthesis (Edwards Lifesciences) and self-expanding CoreValve (Medtronic), indicate that it is a safe and highly effective procedure in selected patients. Currently, the transcatheter aortic valve implantation is considered the "gold standard" treatment for patients with severe symptomatic aortic stenosis deemed inoperable and an attractive alternative to surgical aortic valve replacement for patients at high surgical risk.
Descritores: Estenose da Valva Aórtica/cirurgia
Estenose da Valva Aórtica/terapia
Implante de Prótese de Valva Cardíaca/métodos
Tratamento Farmacológico
Valva Aórtica/cirurgia
Valvuloplastia com Balão/métodos
-Bioprótese
Equipe de Assistência ao Paciente
Idoso
Mortalidade
Período Perioperatório
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Caramelli, Bruno
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875314
Autor: Caramelli, Bruno; Fornari, Luciana Savoy.
Título: Manejo perioperatório dos novos anticoagulantes orais / Perioperative management of new oral anticoagulants
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(3):f:195-l:200, jul.-set. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os novos anticoagulantes orais revolucionaram a terapia de anticoagulação ao propiciar maior comodidade posológica e utilizar doses fixas, sem necessidade de acompanhamento do efeito com séries de exames laboratoriais e com menor risco de interações medicamentosas e alimentares. Porém, por serem medicamentos relativamente novos na prática clínica e, até recentemente, não existirem antídotos específicos para a reversão do seu efeito, o manejo no contexto perioperatório sempre gerou certo receio e questionamentos. O manejo adequado dos novos anticoagulantes no perioperatório envolve a avaliação cuidadosa do risco de tromboembolismo a que o paciente está sujeito na eventualidade da suspensão desses agentes em comparação com o risco de sangramento associado à manutenção; essa avaliação precisa abordar a susceptibilidade tanto de fatores relacionados com o paciente quanto do próprio tipo da cirurgia. Publicações recentes conseguiram reunir as evidências mais atuais que norteiam as estratégias de manejo desses medicamentos na eventualidade de um procedimento cirúrgico

The new oral anticoagulants have revolutionized anticoagulant therapy by providing greater dosage convenience, using fixed doses, without the need to monitor the effect with series of laboratory tests, and with a lower risk of drug and food interactions. However, because they are relatively new medications in clinical practice, and because until recently they did not have specific antidotes to reverse their effect, their handling in the perioperative context has always generated a certain fear and questioning. The proper management of the new anticoagulants in the perioperative period involves a careful evaluation of the thromboembolic risk to which the patient is subject in the event of suspension of these agents, compared with the risk of bleeding associated with their maintenance; this evaluation must address the susceptibility of both patient-related factors and the type of surgery. Recent publications have been able to gather the most recent evidence, which guides the strategies for handling these drugs in the event of a surgical procedure
Descritores: Tromboembolia/terapia
Período Perioperatório/métodos
Anticoagulantes/uso terapêutico
-Fibrilação Atrial/diagnóstico
Fibrilação Atrial/terapia
Rivaroxabana/uso terapêutico
Dabigatrana/uso terapêutico
Hemorragia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1283861
Autor: Gonzaga, Maria José Dias; Gomes, Diógenes Farias; Marques, Mikaelle Fernandes; Menezes, Raila Souto Pinto.
Título: Aplicação da escala em avaliação de risco para o desenvolvimento de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico do paciente / Application of the risk assessment scale for the development of injuries due to surgical positioning / Aplicación de la escala en la evaluación de riesgos para el desarrollo de lesiones derivadas del posicionamiento quirúrgico del paciente
Fonte: Rev. SOBECC;26(2):99-106, 30-06-2021.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Identificar se há riscos consecutivos do posicionamento cirúrgico, por meio da aplicação da Escala de Avaliação de Risco para o Desenvolvimento de Lesões Decorrentes do Posicionamento Cirúrgico (ELPO). Método: Estudo observacional, descritivo, transversal, com abordagem quantitativa, executado em um hospital de ensino do norte do estado do Ceará. Foram utilizados dois intrumentos, um de perfil clínico-epidemiológico com base em entrevista estruturada e a ELPO, aplicada no período perioperatório a 31 pacientes cirúrgicos. Resultados: A maioria dos pacientes era do sexo biológico masculino, parda, na faixa etária entre 18 e 39 anos. Os procedimentos mais frequentes foram debridamentos e reduções de fraturas, em conformidade com as internações por acidentes motociclísticos. Quando avaliados quanto ao risco de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico, todos os pacientes apresentaram escore ELPO≤19, isto é, em menor risco para o desenvolvimento de lesões. Conclusão: O estudo oportunizou conhecer o perfil dos pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos na instituição, assim como a caracterização dos participantes quanto ao risco de desenvolver lesões decorrentes da posição cirúrgica, que foi classificado como baixo.

Objective: To identify whether there are consecutive risks of surgical positioning through the application of the Risk Assessment Scale for the Development of Injuries due to Surgical Positioning (ELPO). Method: Observational, descriptive, cross-sectional study with a quantitative approach, carried out in a teaching hospital located in the north of the state of Ceará, Brazil. Two instruments were used, a clinical-epidemiological profile based on a structured interview and the ELPO scale, applied in the perioperative period to 31 surgical patients. Results: Most patients were men, mixed-race, and aged between 18 and 39 years. The most frequent procedures were debridement and fracture reduction, in accordance with hospitalizations due to motorcycle accidents. When evaluating the patients as for the risk of injuries due to surgical positioning, all subjects had ELPO score≤19, that is, they presented a lower risk for the development of injuries. Conclusion: The study allows for the profile of patients undergoing surgical procedures in the institution to be known, as well as the characterization of the participants regarding the risk of developing injuries due to surgical positioning, which was classified as low

Objetivo: Identificar el riesgo, mediante la aplicación de la Escala de Evaluación de Riesgos para el Desarrollo de Lesiones Derivadas del Posicionamiento Quirúrgico (ELPO). Método: Estudio observacional, descriptivo, transversal con abordaje cuantitativo, realizado en un hospital universitario del norte del estado de Ceará. Se utilizaron dos instrumentos, uno con perfil clínico-epidemiológico basado en entrevista estructurada y el ELPO, aplicado en el período perioperatorio a 31 pacientes quirúrgicos. Resultados: La mayoría de los pacientes eran hombres biológicos, pardos, con edades entre 18 y 39 años. La mayor frecuencia de procedimientos fue el desbridamiento y reducción de fracturas, en consenso con las hospitalizaciones por accidentes de motocicleta. Cuando se evaluó el riesgo de lesiones por posicionamiento quirúrgico, todos los pacientes tuvieron un puntaje ELPO≤19, es decir, un menor riesgo de desarrollar lesiones. Conclusión: El estudio permitió conocer el perfil de los pacientes sometidos a procedimientos quirúrgicos en la institución, así como la caracterización de los participantes en cuanto al riesgo de desarrollar lesiones derivadas de la posición quirúrgica, el cual fue clasificado como bajo.
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
Medição de Risco
Período Perioperatório
-Pacientes
Acidentes
Fraturas Ósseas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499


  9 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1283740
Autor: Henao-Castaño, Ángela María; Pachón Cetina, Laura Elizabeth; Monroy Rodríguez, Juan David.
Título: Nursing Delirium Screening Scale, a Tool for Early Detection of Delirium: Integrative Review / Nursing Delirium Screening Scale, una herramienta para la detección temprana del delírium: revisión integrativa / Nursing Delirium Screening Scale, uma ferramenta para detectar precocemente o delírio: revisão integrativa
Fonte: Aquichan;20(4):e2045, Dic. 4, 2020.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To analyze the context and use of the Nursing Delirium Screening Scale (Nu-DESC) for early detection of delirium in adult patients, compiling the available evidence. Method: Searching for relevant articles on databases such as Cinahl, Medline, Ovid, Scopus, and Web of Science. Inclusion criteria: Articles written in English, Spanish, and Portuguese, published between January 2013 and October 2019. Search terms: "nursing delirium screen," "inpatient delirium screening," and "nursing assessment." We identified 23 articles in which the Nu-DESC was used. Two reviewers independently assessed the articles using the CASPe (Critical Appraisal Skills Program in Spanish) tool. Results: The Nu-DESC is employed in different contexts such as the adult intensive care unit (ICU), post-anesthetic care unit (PACU), palliative care unit, and hospitalization unit. It is more frequently used in the PACU with a more sensitive threshold (≥ 1); the test showed greater sensitivity of 54.5 % (95 % CI: 32.2­75.6) and specificity of 97.1 % (95 % CI: 95.3­98.4). Conclusion: The Nu-DESC facilitates the recognition of delirium episodes by the nursing team, makes care quicker and individualized for each patient, avoiding immediate pharmacological interventions, and coordinate interdisciplinary actions for diagnosis, especially in post-anesthetic care units.

Objetivo: compilar la evidencia disponible con el fin de analizar el contexto y uso de la escala de detección del delírium para enfermería (Nu-DESC, por sus siglas en inglés) en la detección temprana del delírium en pacientes adultos. Método: búsqueda de artículos relevantes en bases de datos como Cinahl, Medline, Ovid, Scopus, Web of Science. Criterios de inclusión: artículos escritos en idioma inglés, español y portugués; publicaciones entre enero del 2013 y octubre del 2019. Los términos de búsqueda fueron: "nursing delirium screen", "inpatient delirium screening" y "nursing assessment". Se identificaron 23 artículos en los que se utilizó el instrumento Nu-DESC en diferentes contextos. Dos revisores de manera independiente realizaron la evaluación de los artículos utilizando la herramienta CASPe. Resultados: el uso de la Nu-DESC se presentó en diferentes contextos, tales como la unidad de cuidado intensivo adulto, la unidad de cuidado posanestésica, la unidad de cuidado paliativo y la unidad de hospitalización. En la unidad de cuidado posanestésico su uso es frecuente con un umbral más sensible en ≥ 1; la prueba mostró una mayor sensibilidad del 54,5 % (IC del 95 %: 32,2-75,6) y una especificidad del 97,1 % (IC del 95 %: 95,3-98,4). Conclusión: la Nu-DESC les permite a los enfermeros entrenados realizar el reconocimiento del evento de manera rápida y oportuna, individualizar el cuidado, lo que evita realizar intervenciones farmacológicas de manera inmediata, y coordinar acciones interdisciplinarias para el diagnóstico, en especial en unidades de cuidado postanestésico.

Objetivo: compilar a evidência disponível a fim de analisar o contexto e o uso da escala de detecção do delírio para enfermagem (Nu-Desc, por sua sigla em inglês) na detecção precoce do delírio em pacientes idosos. Método: busca de artigos relevantes em bases de dados como Cinahl, Medline, Ovid, Scopus, Web of Science. Critérios de inclusão: artigos em inglês, espanhol e português; publicações realizadas entre janeiro de 2013 e outubro de 2019. Os termos de busca foram: "nursing delirium screen", "inpatient delirium screening" e "nursing assessment". Foram identificados 23 artigos, nos quais foi utilizado o instrumento Nu-Desc em diferentes contextos. Dois revisores, de maneira independente, realizaram a avaliação dos artigos com o emprego da ferramenta Caspe. Resultados: a Nu-Desc foi utilizada em diferentes contextos, como a unidade de terapia intensiva de adultos, a unidade de recuperação pós-anestésica, a unidade de cuidado paliativo e a unidade de internação. Na de recuperação pós-anestésica, seu uso é frequente com uma faixa mais sensível em ≥ 1; o teste mostrou maior sensibilidade de 54,5 % (IC de 95 %: 32,2-75,6) e especificidade de 97,1 % (IC de 95 %: 95,3-98,4). Conclusões: a Nu-Desc permite aos enfermeiros capacitados realizar o reconhecimento do evento de maneira rápida e oportuna, individualizar o cuidado, o que evita intervenções farmacológicas imediatas, e coordenar ações interdisciplinares para o diagnóstico, em especial em unidades de recuperação pós-anestésica.
Descritores: Programas de Rastreamento
Enfermagem
Cuidados Críticos
Delírio
Período Perioperatório
Hospitalização
Avaliação em Enfermagem
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO243.1 - Biblioteca Octavio Arizmendi Posada


  10 / 159 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cabral, Ivone Evangelista
Texto completo
Id: biblio-1279642
Autor: Pestana-Santos, Márcia; Santos, Margarida da Silva Reis; Cabral, Ivone Evangelista; Sousa, Paula Cristina; Lomba, Maria de Lurdes Lopes de Freitas.
Título: Neuman Systems Model in perioperative nursing care for adolescents with juvenile idiopathic scoliosis / Modelo de Neuman en la atención de enfermería perioperatoria para adolescentes con escoliosis idiopática juvenil / Modelo de Neuman no cuidado de enfermagem perioperatório de adolescente com escoliose idiopática juvenil
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;55:e03711, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To implement the nursing process, based on the Neuman Systems Model and the International Classification of Nursing Practice terminology, in the care of an adolescent who underwent corrective surgery for juvenile idiopathic scoliosis. Method: This is a qualitative study of the type of single case, with triangulation of data collection techniques (formal clinical interview, notes in a field diary and medical record information), developed with a 17-year-old adolescent and indication for corrective surgery. The empirical materials generated with the interviews carried out at admission and at discharge, observation and medical record information were treated with categorical content analysis. Results: The categories of personal condition, anxiety, selfconcept, meaningful people, facilitating health resources, school, free time and leisure were recurrent. Diagnoses were defined with a focus on Anxiety, Knowledge on pain management (control) and Willingness (or readiness) to learn, associating them with the respective nursing interventions. Conclusion: The Model contributed to assess and recognize surgery stressors for the adolescent and to theoretically base the nursing process. The classification allowed systematizing nursing care records, elements of clinical practice, unifying vocabulary and codes.

RESUMEN Objetivo: Implementar el proceso de enfermería, basado en el Modelo de Sistemas Neuman y la terminología de la Clasificación Internacional de la Práctica de Enfermería, en el cuidado de un adolescente que fue sometido a cirugía correctiva por escoliosis idiopática juvenil. Método: Estudio cualitativo del tipo de caso único, con triangulación de técnicas de recolección de datos (entrevista clínica formal, anotaciones en diario de campo e información de historia clínica), desarrollado con una adolescente de 17 años e indicación de cirugía correctiva. Los materiales empíricos generados con las entrevistas realizadas al ingreso y al alta, la observación y la información de la historia clínica fueron tratados con el análisis de contenido categórico. Resultados: Las categorías de condición personal, ansiedad, autoconcepto, personas significativas, recursos facilitadores de salud, escuela, tiempo libre y ocio fueron recurrentes. Los diagnósticos se definieron con un enfoque en los problemas Ansiedad, Conocimiento sobre el Manejo del Dolor (control) y Voluntad (o disposición) para Aprender, asociándolos con las respectivas intervenciones de enfermería. Conclusión: El Modelo contribuyó a evaluar y reconocer los factores estresantes del evento quirúrgico en el adolescente y a fundamentar teóricamente el proceso de enfermería. La clasificación permitió la sistematización de registros de atención de enfermería, elementos de la práctica clínica, unificación de vocabulario y códigos.

RESUMO Objetivo: Implementar o processo de enfermagem, fundamentado no Modelo de Sistemas de Neuman e terminologia da Classificação Internacional da Prática de Enfermagem, no cuidado de uma adolescente submetida a cirurgia corretiva de escoliose idiopática juvenil. Método: Estudo qualitativo do tipo de caso único, com triangulação de técnicas de coleta de dados (entrevista clínica formal, notas em diário de campo e informações de prontuário), desenvolvido com uma adolescente de 17 anos de idade e indicação de cirurgia corretiva. Os materiais empíricos gerados com as entrevistas realizadas na admissão e na alta, a observação e informações de prontuário foram tratados com a análise de conteúdo categorial. Resultados: Foram recorrentes as categorias condição pessoal, ansiedade, autoconceito, pessoas significativas, recursos de saúde facilitadores, escola, tempos livres e lazer. Definiram-se diagnósticos com foco nos problemas Ansiedade, Conhecimento sobre manejo (controle) de dor e Disposição (ou prontidão) para aprender, associando-os às respectivas intervenções de enfermagem. Conclusão: O Modelo contribuiu para avaliar e reconhecer fatores estressores do evento cirúrgico na adolescente e fundamentar teoricamente o processo de enfermagem. A classificação permitiu a sistematização de registos dos cuidados de enfermagem, dos elementos da prática clínica, unificação de vocabulário e de códigos.
Descritores: Escoliose
Adolescente
Período Perioperatório
-Ansiedade
Classificação
Terminologia Padronizada em Enfermagem
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde