Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.936 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 540 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 540 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999935
Autor: Baca Moreno, Carolina; Vargas D, Emma Rosa; Galicia R, Liliana; Villarreal R, Enrique; Martínez G, Lidia.
Título: Factores asociados a la aceptación de donar órganos entre la población de Querétaro / Factors associated with organ donation acceptance by the population in Queretaro / Fatores associados à aceitação da população à doação de órgãos em Querétaro
Fonte: Rev. colomb. enferm;12(1):33-40, Abril de 2016.
Idioma: es.
Resumo: La presente investigación busca determinar los factores asociados a la aceptación de donar órganos entre la población de Queré\r\n-\r\ntaro. Se realizó un estudio transversal comparativo en población ubicada en iglesias, parques recreativos, lugares de trabajo, zona \r\ncomercial y agrupaciones sociales de la ciudad de Querétaro, México. Se integraron dos grupos: con y sin aceptación de donar \r\nórganos, conformados por personas de 18 años o mayores, previo consentimiento informado. El tamaño de la muestra (n=117 \r\npersonas por grupo) se calculó mediante la fórmula de porcentajes para dos poblaciones con un nivel de confianza del 95%; se \r\nseleccionó a la población con la técnica muestral no aleatoria por cuota. Para analizar el fenómeno, se establecieron las siguientes \r\nvariables: características sociodemográficas, y factores económicos, sociales, culturales y psicológicos. El análisis estadístico incluyó \r\npromedios, desviación estándar, porcentajes, prueba de chi cuadrado, razón de momios, IC 95%, modelo y proyección. De acuerdo \r\ncon los resultados, los factores psicológicos asociados a la aceptación de donar de órganos fueron servir a una persona (RM=13,94; IC 95%; 1,86-104,19), satisfacción de ayudar (RM=7,39; IC 95%; 2,95-18,55) y alegría de que otra persona viva con algo mío (RM=4,61; \r\nIC 95%; 1,36-15,62). Se concluye que los factores psicosociales se asocian a la aceptación de donar órganos. El miedo en general y \r\nel miedo a una muerte prematura se asocian a la no aceptación de donar órganos.

Objective: to determine the factors associated with organ \r\ndonor status in the population of Queretaro. Method: a \r\ncross-sectional study was conducted in the general popu\r\n-\r\nlation found in churches, recreational parks, workplaces, \r\nshopping centers, and social gatherings in the city of Quere\r\n-\r\ntaro, Mexico. Two groups were created: organ donors, and \r\nnon-organ donors, both made up of people over 18 years old, \r\nwith informed consent. Data sample size (n = 117 people per \r\ngroup) was calculated using the percent formula for two popu\r\n-\r\nlations with a confidence level of 95%, and the population was \r\nselected with the nonrandom sampling technique by quota. \r\nTo analyze the phenomenon, the following variables were \r\nestablished: socio-demographic characteristics; economic, \r\nsocial, cultural and psychological factors. The statistical analysis \r\nincluded mean, standard deviation, percentages, chi square \r\ntest, odds ratio, 95% confidence interval, and projection model. \r\nResults: psychological factors associated with organ donor \r\nstatus are: helping a person (OR = 13.94; 95% CI 1.86 to 104.19), \r\nthe satisfaction of helping a person (OR = 7.39; 95% CI 2.95 to \r\n18.55) and the joy of another person living due to my organ \r\ndonation (OR = 4.61 person; 95% CI 1.36 to 15.62). Conclusions: \r\npsychosocial factors are associated with organ donor status. \r\nFears in general, and fear of premature death, are associated \r\nwith non-organ donors.

Objetivo: determinar fatores associados à aceitação da popu\r\n-\r\nlação à doação de órgãos em Querétaro. Método: um estudo \r\ntransversal comparativo foi realizado em população localizada \r\nem igrejas, parques recreativos, locais de trabalho, lojas e grupos \r\nsociais na cidade de Querétaro, México. Foram formados dois \r\ngrupos: com e sem a aceitação à doação de órgãos feita por \r\npessoas acima de 18, com consentimento prévio informado. O \r\ntamanho da amostra (n=117 pessoas por grupo) foi calculada \r\nutilizando a fórmula de percentagens para duas populações \r\ncom um nível de confiança de 95%, a população foi selecio\r\n-\r\nnada com a técnica de amostragem não aleatória por quota. \r\nPara analisar o fenômeno, estabeleceram-se as seguintes \r\nvariáveis: características sociodemográficas; factor econômico, \r\nsocial, cultural e psicológico. A análise estatística incluiu média, \r\ndesvio padrão, percentagens, teste do qui quadrado, razão \r\nde possibilidades, IC de 95%, modelo e projeção. Resultados: \r\nos fatores psicológicos associados com a aceitação à doação \r\nde órgãos são: servir uma pessoa (OR = 13,94; IC de 95%; 1,86-\r\n104,19), satisfação de ajudar (OR = 7,39; IC de 95%; 2,95-18,55) e \r\nalegria de que outra pessoa viva com algo meu (OR = 4,61; IC \r\nde 95%; 1,36-15,62). Conclusões: os fatores psicossociais asso\r\n-\r\nciados com a aceitação da doação de órgãos. O medo em \r\ngeral e o medo de uma morte prematura se associam à não \r\naceitação de doação de órgãos.
Descritores: Doadores de Tecidos
Transplante
Obtenção de Tecidos e Órgãos
Cultura
Doações
Emoções
Altruísmo
Responsável: CO120.1 - Biblioteca Juan Roa Vásquez


  2 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1123016
Autor: Wainstein, Esteban Javier.
Título: Trasplante pulmonar en los tiempos del COVID 19 / Lung transplant during the COVID-19
Fonte: Rev. am. med. respir;20(3):195-196, sept. 2020.
Idioma: es.
Resumo: El trasplante pulmonar es una alternativa válida para el tratamiento de pacientes adecuadamente seleccionados con enfermedades pulmonares en etapa terminal. El proceso quirúrgico del trasplante, si bien es complejo, puede resumirse mencionando que comienza con la obtención de un órgano adecuado para implantar y finaliza con el implante en sí mismo. El concepto de qué es un órgano adecuado fue y es objeto de numerosos estudios y sus respectivas publicaciones. La escasez de órganos adecuados para trasplante es el principal determinante que limita el trasplante pulmonar en todo el mundo. Numerosos criterios han sido postulados y se utilizan para evaluar un potencial injerto: uno de los criterios aceptados universalmente es que el mismo no se encuentre infectado.
Descritores: Pneumopatias
-Transplante
Infecções por Coronavirus
Síndrome Respiratória Aguda Grave
Pulmão
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR423.1 - Biblioteca


  3 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1101979
Autor: Nunes, Simone dos Santos; Montesinos, Maria José Lopez; Pedroso, Vanessa Soares Mendes; Tolfo, Fernando; Bick, Miguel Armando; Siqueira, Hedi Crecencia Heckler de.
Título: Adherence to nursing guidelines in relation to home care of bone marrow transplantees in the ecosystem perscpective / Adherencia a las directrices de la enfermera para el cuidado en el hogar de la transplantación de médula ósea desde la perspectiva del ecosistema / Adesão às orientações do enfermeiro para cuidado domiciliar do transplantado de medula óssea na perspectiva ecossistêmica
Fonte: Texto & contexto enferm;29:e20180310, Jan.-Dec. 2020.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to analyze adherence to the nursing guidelines for home care of bone marrow transplant recipients from an ecosystem perspective. Method: descriptive, exploratory study with a qualitative approach, using Content Analysis for data analysis, with theoretical and philosophical ecosystem support. The interviews, carried out in bone marrow transplant services, in Brazil and Spain, were guided by an instrument developed by the researchers which contained 25 closed and ten open questions. 40 users participated who met the inclusion criteria. Data collection was carried out from July 2016 to October 2017. Results: the Orientations category emerged from the data which then gave rise to the subcategories: Interactive relational actions; and, actions and behaviors that interfered in the success of the transplant. Some users, due to excessive information at the time of discharge, were unable to assimilate or carry out the guidelines received; others, during the hospitalization phase, apprehended them and absorbed them in order to use them in the home ecosystem space after transplantation. Conclusion: part of the users followed only the guidelines that best adapted to their daily lives and, for others, after hospital discharge, they caused doubts and insecurities regarding the care to be performed at home. It is necessary for the user to identify the constituent elements of their home ecosystem and learn, through communication and information, how they interfere in post-hospital discharge care. Therefore, it is necessary to create communication and information mechanisms that enable the dynamic process between the constituent elements of the ecosystem, biotic and abiotic, so that they have interaction and sustainability and can be practiced by the user.

RESUMEN Objetivo: analizar el cumplimiento de las directrices de la enfermera para el cuidado domiciliario de los receptores de trasplante de médula ósea en una perspectiva ecosistémica. Método: descriptivo, exploratorio, con un enfoque cualitativo, utilizando el análisis de contenido para el análisis de datos, con soporte teórico y filosófico del ecosistema. Las entrevistas, realizadas en los servicios de trasplante de médula ósea, en Brasil y España, fueron guiadas por un instrumento desarrollado por los investigadores, que contenía 25 preguntas cerradas y diez abiertas. Participaron 40 usuarios que cumplieron con los criterios de inclusión. La recolección de datos se realizó entre julio de 2016 y octubre de 2017. Resultados: la categoría Orientaciones surgió de los datos y originó las subcategorías: acciones relacionales interactivas, acciones y comportamientos que interfirieron en el éxito del trasplante. Algunos usuarios, debido a la información excesiva al momento del alta, no pudieron asimilar y llevar a cabo las pautas recibidas, otros, en el curso de la fase de hospitalización, los detuvieron para absorberlos para su atención en el espacio del ecosistema del hogar en el pos trasplante. Conclusión: parte de lós usuários siguió solo las pautas que mejor se adaptaron a su vida diaria y para otros, después del alta hospitalaria, causaron dudas e inseguridades com respecto a La atención que se practica em elhogar. Es necesario que el usuario identifique los elementos constitutivos del ecosistema de su hogar y aprenda, a través de la comunicación y la información, cómo interfieren en la atención hospitalaria posterior al alta. Por lo tanto, es necesario crear mecanismos de comunicación e información que permitan el proceso dinámico entre los elementos constitutivos del ecosistema, bióticos y abióticos, para que tengan interacción y sostenibilidad y puedan ser practicados por el usuario.

RESUMO Objetivo: analisar a adesão às orientações do enfermeiro para o cuidado domiciliar do transplantado de medula óssea na perspectiva ecossistêmica. Método: descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa, utilizando-se para a análise dos dados a Análise de Conteúdo, com apoio teórico-filosófico ecossistêmico. As entrevistas, realizadas em serviços de transplante de medula óssea, no Brasil e Espanha, foram norteadas por um instrumento elaborado pelas pesquisadoras, contendo 25 questões fechadas e dez abertas. Participaram 40 usuários que cumpriram os critérios de inclusão. A coleta de dados foi realizada de julho de 2016 a outubro de 2017. Resultados: a categoria Orientações emergiu dos dados e originou as subcategorias: Ações relacionais interativas; e, ações e comportamentos que interferiram no sucesso do transplante. Alguns usuários, por excesso de informações no momento da alta, não conseguiram assimilar e desempenhar as orientações recebidas; outros, no transcorrer da fase de internação, as apreenderam absorvê-las para o cuidado no espaço ecossistêmico domiciliar no pós-transplante. Conclusão: parte dos usuários seguiu somente as orientações que melhor se adaptaram ao seu cotidiano e, para outros, no pós-alta hospitalar, ocasionaram dúvidas e inseguranças em relação ao cuidado a ser praticado no domicílio. Faz-se necessário que o usuário identifique os elementos constituintes do seu ecossistema domiciliar e conheça, por meio da comunicação e informação, como interferem no cuidado pós alta hospitalar. Portanto, é preciso criar mecanismos de comunicação e informação que possibilitem o processo dinâmico entre os elementos constituintes do ecossistema, bióticos e abióticos, para que tenham interação e sustentabilidade e possam ser praticados pelo usuário.
Descritores: Transplante
Medula Óssea
Transplante de Medula Óssea
Transplantes
Cuidados de Enfermagem
-Enfermagem
Ecossistema
Transplantados
Cooperação e Adesão ao Tratamento
Habitação
Limites: Humanos
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  4 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Torres, Gilson de Vasconcelos
Texto completo
Id: lil-693863
Autor: Freire, Izaura Luzia Silvério; Mendonça, Ana Elza Oliveira de; Pontes, Vamilson Oliveira de; Vasconcelos, Quinídia Lúcia Duarte de Almeida Quithé; Torres, Gilson de Vasconcelos.
Título: Morte encefálica e cuidados na manutenção do potencial doador de órgãos e tecidos para transplante / Brain death and care in maintaining the potential of organ and tissue transplant donors / Muerte encefálica y cuidados en el mantenimiento del potencial donante de órganos y tejidos para transplante
Fonte: Rev. eletrônica enferm;14(4):903-912, dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho trata-se de estudo exploratório-descritivo com abordagem quantitativa e dados prospectivos que objetivou verificar o conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre a Morte Encefálica (ME) e a manutenção do Potencial Doador (PD). A população constou de 55 profissionais de enfermagem. Destes, a maioria eram técnicos em enfermagem (74,5%); 78,2% informaram já ter trabalhado com PDs e 50,9% afirmaram estar preparados para cuidar desses pacientes. Das condições indispensáveis para a abertura do protocolo de ME, 49,1% afirmaram erroneamente a temperatura superior a 36ºC. No manejo dos distúrbios hidroeletrolíticos, 50,9% optaram incorretamente sobre a reposição de sódio, potássio e magnésio. Nos cuidados com córneas, 58,2% optaram erradamente sobre a proteção com gaze. E 52,7% afirmaram corretamente que o PD pode ser reanimado. O conhecimento sobre o diagnóstico de ME e manutenção ao PD era insuficiente entre os pesquisados, necessitando de educação sobre o tema a fim de aumentar a oferta de órgãos/tecidos para transplantes...

This is an exploratory-descriptive study performed using a quantitative approach and prospective data, with the objective to identify the knowledge of nursing professionals regarding brain death (BD) and maintaining the Potential Donor (PD). The study population consisted of 55 nursing professionals, mostly nursing technicians (74.5%); 78.2% reported having worked with PDs and 50.9% stated being prepared to take care of those patients. Among the conditions considered indispensible to open a BD protocol, 49.1% made a wrong statement of body temperature above 36ºC. Regarding the management of hydroelectrolytic disorders, 50.9% made a wrong choice concerning the reposition of sodium, potassium and magnesium. Regarding cornea care, 58.2% made a wrong decision about the protection using gauzes. Furthermore, 52.7% made the correct statement that the PD can be reanimated. It was observed that the subjects had insufficient knowledge regarding the diagnosis of BD and PD maintenance, thus requiring education on the topic in order to increase the offer of organs/tissue for transplants...

Estudio exploratorio, descriptivo, cuantitativo, con datos prospectivos, objetivando verificar el conocimiento de los profesionales de enfermería sobre Muerte Encefálica (ME) y el mantenimiento del Potencial Donante (PD). Población constituida por 55 profesionales de Enfermería. La mayoría (74,5%), técnicos de Enfermería; 72,8% refirió haber trabajado con PDs y 50,9% afirmó estar preparado para cuidar de tales pacientes. De las condiciones indispensables para apertura de protocolo de ME, 49,1% mencionó erróneamente temperatura superior a 36°C. En el manejo de disturbios hidroelectrolíticos, 50,9% optó incorrectamente sobre la reposición de sodio, potasio y magnesio. En el cuidado de córneas, 58,2% sugirió erróneamente sobre protección con gasas. Finalmente, 52,7% afirmó correctamente que el PD puede ser reanimado. El conocimiento sobre diagnóstico de ME y mantenimiento del PD fue insuficiente entre los investigados, necesitando ellos de educación sobre el punto, a efectos de aumentar la oferta de órganos y tejidos para transplantes...
Descritores: Morte Encefálica
Transplante/educação
Transplante/enfermagem
Unidades de Terapia Intensiva
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  5 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: lil-797659
Autor: Ferreira Silva, Cristiane; Ribeiro Santos, Thalita; de Andrade-Barbosa, Thiago Luis; de Oliveira e Silva, Carla Silvana; Xavier-Gomes, Ludmila Mourão.
Título: Vivenciando o tratamento hemodialítico pelo portador de insuficiência renal crônica / Viviendo la hemodiálisis por el portador de la insuficiencia renal crónica / Experiencing the hemodialysis by the bearer of chronic renal failure
Fonte: Rev. cuba. enferm;30(3):0-0, jul.-set. 2014. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: compreender como o portador de Insuficiência Renal Crônica (IRC) percebe a doença e o tratamento hemodialítico. Métodos: estudo descritivo, com abordagem qualitativa com a utilização da Teoria Fundamentada nos Dados como referencial teórico-metodológico. O cenário do estudo foi uma unidade hemodialítica terceirizada que presta serviço ao Sistema Único de Saúde localizada no município de Montes Claros, Minas Gerais. Os dados foram coletados com 14 portadores de IRC através de entrevistas semiestruturadas. Resultados: identificaram-se três categorias: "Enfrentamento à hemodiálise: uma questão não resolvida"; "Espiritualidade e família" e "Expectativa em relação ao tratamento". Por meio das categorias, foi possível chegar ao fenômeno "Vivenciando o tratamento hemodialítico". Os discursos dos entrevistados evidenciaram formas diversificadas de enfrentamento à doença renal crônica e à hemodiálise. Alguns percebem a vida com grandes limitações. Outros enxergam no tratamento uma forma de manutenção da sobrevivência. Conclusões: o portador percebe as diversas modificações após a doença e que o tratamento dele é enfrentado positivamente quando o vê como uma forma de manutenção da vida; porém ele vê de forma negativa quando há sentimentos de dependência da máquina de hemodiálise e limitações. As expectativas acerca do transplante renal foram ambivalentes, uma vez que alguns manifestavam interesse em transplantar, enquanto que outros, por causas específicas, não vislumbram sua realização(AU)

Objetivo: comprender como la persona con insuficiencia renal crónica (IRC) en hemodiálisis percibe la enfermedad. Métodos: estudio descriptivo con enfoque cualitativo, con el uso de la Teoria Fundamentada en los Datos. El escenario del estudio fue una unidad de hemodialisis que brinda servicios de outsourcing para el Sistema de Salud en el município de Montes Claros, Minas Gerais. Los datos fueron recolectados con 14 personas con IRC a través de entrevistas semi-estructuradas. Resultados: la codificación y análisis de datos permitió la identificación de tres categorias. "Frente a la hemodiálisis: un problema no resuelto", "La espiritualidad y la familia" y "La esperanza en relación al tratamiento". Se puede llegar entonce s al fenómeno "Viviendo la hemodiálisis". Los discursos de los encuestados revelaron diversas maneras de hacer frente a la enfermedad renal crónica y hemodiálisis. Algun os ven la vida con grandes limitaciones. Otros ven una forma de tratamiento en el mantenimiento de la supervivencia. Conclusiones: el usuario percibe varios cambios después de la enfermedad y su tratamento; se enfrenta positivamente cuando lo ve como una forma de mantener la vida; sin embargo, es negativo cuando hay sentimientos de dependencia de la máquina de hemodiálisis y limitaciones. Las expectativas sobre el trasplante renal eran ambivalentes, porque algunos manifiestan cierto interés en el trasplante, mientras que otros, debido a causas específicas, no prevén su realización(AU)

Objetivo: comprender como la persona con insuficiencia renal crónica (IRC) en hemodiálisis percibe la enfermedad. Métodos: estudio descriptivo con enfoque cualitativo, con el uso de la Teoria Fundamentada en los Datos. El escenario del estudio fue una unidad de hemodialisis que brinda servicios de outsourcing para el Sistema de Salud en el município de Montes Claros, Minas Gerais. Los datos fueron recolectados con 14 personas con IRC a través de entrevistas semi-estructuradas. Resultados: la codificación y análisis de datos permitió la identificación de tres categorias. "Frente a la hemodiálisis: un problema no resuelto", "La espiritualidad y la familia" y "La esperanza en relación al tratamiento". Se puede llegar entonce s al fenómeno "Viviendo la hemodiálisis". Los discursos de los encuestados revelaron diversas maneras de hacer frente a la enfermedad renal crónica y hemodiálisis. Algun os ven la vida con grandes limitaciones. Otros ven una forma de tratamiento en el mantenimiento de la supervivencia. Conclusiones: el usuario percibe varios cambios después de la enfermedad y su tratamento; se enfrenta positivamente cuando lo ve como una forma de mantener la vida; sin embargo, es negativo cuando hay sentimientos de dependencia de la máquina de hemodiálisis y limitaciones. Las expectativas sobre el trasplante renal eran ambivalentes, porque algunos manifiestan cierto interés en el trasplante, mientras que otros, debido a causas específicas, no prevén su realización(AU)

Objective: To understand how the person with chronic renal failure (CRF) and realize the disease hemodialysis. Methods: It is a descriptive study with a qualitative approach with the use of Grounded Theory as theoretical and methodological reference. The study setting was a hemodialysis unit that provides outsourced services to the Health System in the municipality of Montes Claros, Minas Gerais. Data were collected with 14 CRF through semi-structured interviews. Results: The coding and data analysis allowed the identification of three categories. "Facing hemodialysis: an unresolved issue", "Spirituality and family" and "Expectancy in relation to treatment", being possible to reach the phenomenon "Experiencing the hemodialysis". The speeches of the respondents revealed diverse ways of coping with chronic kidney disease and hemodialysis. Some see life with great limitations. Others see a form of treatment in the maintenance of survival. Conclusion: It is concluded that the wearer perceives several changes after the disease and his treatment is positive when faced sees it as a way of maintaining life, but they see it as negative when there are feelings of dependence on hemodialysis machine and limitations. The expectations on renal transplantation were ambivalent, because some manifested interest in transplanting, while others, due to specific causes, not envisage its realization(AU)
Descritores: Insuficiência Renal Crônica/epidemiologia
Sobrevivência
Unidades Hospitalares de Hemodiálise/ética
-Transplante/métodos
Epidemiologia Descritiva
Esperança
Análise de Dados
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  6 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bachion, Maria Márcia
Medeiros, Marcelo
Texto completo
Id: lil-494077
Autor: Almeida, Kely Cristina de; Tipple, Anaclara F. V; Bachion, Maria Márcia; Leite, Giulena Rosa; Medeiros, Marcelo.
Título: Doação de órgãos e bioética: construindo uma interface / Organ donation and bioethics: building an interface
Fonte: Rev. bras. enferm;56(1):18-23, jan.-fev. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetivou identificar a atitude de graduandos de Enfermagem acerca da doação de órgãos e o conhecimento dos mesmos sobre a legislação específica em vigor. Acadêmicos do último ano de Enfermagem de duas universidades de Goiânia (GO) participaram do estudo, 45 alunos responderam um questionário. Para análise foram utilizados um modelo de análise de conteúdo e os princípios da bioética. "Manutenção da vida" indica disposição dos sujeitos para doar órgãos e ajudar o próximo a manter-se vivo. A "Não confiabilidade" nos profissionais de saúde responsáveis pela retirada de órgãos está associada ao sentimento de grande vulnerabilidade. Há "Desinformação" acerca da legislação em vigor. Concluímos que a doação de órgãos entre os sujeitos não pode ser configurada como uma ação autônoma.
Descritores: Estudantes de Enfermagem
Bioética
Obtenção de Tecidos e Órgãos
-Doadores de Tecidos
Transplante
Obtenção de Tecidos e Órgãos
Limites: Humanos
Responsável: BR905.1 - Biblioteca


  7 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-229233
Autor: Pinto Lara, Carmen.
Título: Reflexiones: perfil del coodinador de trasplante / Thoughts: profile of the transplantation coordinator
Fonte: Horiz. enferm;8(2):53-6, 1997.
Idioma: es.
Descritores: Descrição de Cargo
Transplante/enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: CL116.1 - Biblioteca San Joaquín


  8 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120966
Autor: Santa Catarina. Secretaria de Estado da Saúde. Superintendência de Serviços Especializados e Regulação. Gerência da SC Transplantes. Central Estadual de Transplantes de Santa Catarina.
Título: Dados de Doação e Transplantes em Santa Catarina 2008 / Donation and Transplant Data in Santa Catarina 2008.
Fonte: Florianópolis; SES; 31/12/2008. 8 p.
Idioma: pt.
Descritores: Doadores de Tecidos/provisão & distribução
-Transplante/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: BR518.2 - Divisão de Arquivo e Biblioteca da Escola de Saúde Pública


  9 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1103247
Autor: Silva, Vanessa Souza; Souza, Cinthia Umbelino Ferreira de; Silva, Maria Regina Bernardo da; Chicharo, Sandra Conceição Ribeiro; Tostes, Priscilla Passarelli; Souza, Daniel Ribeiro Soares de.
Título: A efetividade do processo de doação de órgãos frente a nova legislação / The effectiveness of the organ donation process fronts new legislation / La eficacia del proceso de donación de órganos frente a nueva legislaciónl
Fonte: Nursing (Säo Paulo);23(264):4018-4026, maio.2020.
Idioma: pt.
Resumo: O decreto Nº 9.175, de 18 de outubro de 2017 trouxe consideráveis e necessárias mudanças ao texto da Lei de Doação de Órgãos, visando dar maior rapidez e garantia para que os procedimentos sejam realizados com pleno êxito, levando-se em consideração que o Brasil figura em posição privilegiada na lista dos países que mais realizam transplantes no mundo. Por este motivo, este estudo tem por objetivo verificar a efetividade da agilização da doação de órgãos frente a nova legislação brasileira. Utilizou-se como metodologia a revisão integrativa, com busca nos bancos de dados BVS, SciELO e LILACS, que levou a seleção de 10 artigos que analisados levaram a criação de três categorias temáticas: A Conduta da enfermagem frente ao Provável Doador; Fatores que levam a doação ou não de órgãos e A Efetividade da Nova Legislação na Agilização da Doação de Órgãos. Concluiu-se que fica nítida a necessidade de verificação mais aprofundada junto aos órgãos competentes, que forneçam dados a respeito da efetivação da doação de órgãos e que aumentem o número de publicações informando e auxiliando o profissional da saúde na minimização de filas e na melhoria de qualidade de vida daquele que tanto almeja uma chance de transplante.(AU)

Decree No. 9,175 of October 18, 2017 brought considerable and necessary changes to the text of the Organ Donation Law, with a view to speeding up and ensuring that procedures are carried out with full success, taking into account that the Brazil is in a privileged position in the list of countries that perform the most transplants in the world. For this reason, this study aims to verify the effectiveness of the agility of organ donation in front of the new Brazilian legislation. The integrative review was used as a methodology, with a search in the VHL, SciELO and LILACS databases, which led to the selection of 10 articles that analyzed led to the creation of three thematic categories: Nursing Conduct versus Probable Donor; Factors that lead to donation or not of organs and The Effectiveness of New Legislation in Streamlining Organ Donation. It was concluded that there is a clear need for more detailed verification to the competent organs, to provide data regarding the effectiveness of organ donation and to increase the number of publications informing and assisting the health professional in minimizing queues and improving quality of life of those who long for a chance of transplantation.(AU)

El Decreto No. 9.175, de 18 de octubre de 2017, trajo cambios considerables y necesarios al texto de la Ley de Donación de Órganos, con el objetivo de proporcionar mayor velocidad y garantía para que los procedimientos se lleven a cabo con pleno éxito, teniendo en cuenta que Brasil se encuentra en una posición privilegiada en la lista de países que realizan más trasplantes en el mundo. Por esta razón, este estudio tiene como objetivo verificar la efectividad de la donación racionalizada de órganos en virtud de la nueva legislación brasileña. La revisión integradora se utilizó como metodología, con una búsqueda en las bases de datos de BVS, SciELO y LILACS, lo que condujo a la selección de 10 artículos que analizados condujeron a la creación de tres categorías temáticas: la conducta de enfermería hacia el donante probable; Factores que conducen a la donación de órganos o no y La efectividad de la nueva legislación en la racionalización de la donación de órganos. Se concluyó que existe una clara necesidad de una verificación más profunda con los organismos competentes, para proporcionar datos sobre la efectividad de la donación de órganos y para aumentar el número de publicaciones que informan y ayudan al profesional de la salud a minimizar las colas y mejorar calidad de vida de quienes anhelan una posibilidad de trasplante.(AU)
Descritores: Transplante/legislação & jurisprudência
Obtenção de Tecidos e Órgãos
Obtenção de Tecidos e Órgãos/legislação & jurisprudência
-Pessoal de Saúde
Ética em Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  10 / 540 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-648171
Autor: Nunes, Sergio Ibañez; Silva, Adriana Cristina Pinto; Pereira, Amanda Henriques; Souza, Saulo Ganem de; Santo, Thatiana Duarte; Rettore, Thiago Miranda.
Título: Viabilidade do transplante autógeno de baço pós-criopreservação / Viability of the autogenous transplantation of post-cryopreservation spleen: mice experiments
Fonte: HU rev;37(3):273-280, set. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: A criopreservação do baço é uma nova forma de preservação deste tecido que poderá ser aplicada em pacientes que foram submetidos à técnica de controle de dano e se tornaram asplênicos. O presente estudo tenta reproduzir essa técnica em experimentos com ratos. Utilizou-se 58 ratas alocadas em quatro grupos de animais submetidos: Grupo 1, reimplante descongelado; Grupo 2, reimplante congelado; Grupo 3, reimplante imediato e Grupo 4, controle. Decorridos 30 dias da cirurgia de reimplante, foi realizada necropsia para avaliação dos parâmetros bioquímicos, macro e microscópicos que pudessem sugerir preservação da estrutura esplênica e suas funções. Observou-se que nos Grupos 1 e 2 não foram visualizadas com frequência arteríola central, polpa vermelha e branca, sugerindo ausência de tecido esplênico no sítio de transplante, compatível com a alta incidência de Corpúsculo de Howell Jolly (CHJ). No Grupo 3 as características polpa branca e vermelha estiveram presentes em cerca de 50% dos animais, sendo a arteríola central inexpressiva, indicando alguma porcentagem de enxerto não funcional devido a presença do CHJ. No Grupo 4 todos esses caracteres foram encontrados, demonstrando que tanto o tecido como sua função se mantiveram intactos, o que é reforçado pela baixa prevalência de CHJ. Essas diferenças apresentaram p<0,05. Os resultados encontrados reforçam os achados da literatura, sendo assim, torna-se necessário que novas técnicas sejam desenvolvidas. Espera-se que a técnica seja aprimorada por novas pesquisas, objetivando desta forma, em um futuro próximo, maiores benefícios para os seres humanos.
Descritores: Baço
Transplante
-Reimplante
Sobrevivência de Tecidos
Criopreservação
Morbidade
Doações
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde