Base de dados : LILACS
Pesquisa : E04.950.599.900 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 118 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 118 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-353927
Autor: Alves, Leonardo de Souza; Alves, Gilberto de Carvalho.
Título: Contracepçäo masculina - vasectomia: experiência em clínica privada / Men's contraception - vasectomy: a private clinic survey
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;13(1):14-17, jan.-mar. 2003. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar o perfil dos indivíduos que se submetem à vasectomia em clínica particular, foram avaliados no pré e no pós-operatório por meio de questionário padronizado da instituiçäo. Foi observado que os casais que decidem pela vasectomia geralmente têm 7 anos de uniäo estável, 2 a 3 filhos, nível superior de instruçäo. A renda familiar é formada pelo trabalho do casal. Dentre os motivos que levaram o casal por decidir pela vasectomia foram enumerados: a condiçäo socioeconômica, a saúde da parceira e o desconforto dos outros métodos anticoncepcionais. A vasectomia foi considerada uma forma eficaz e definitiva de controle da natalidade, com altos índices de satisfaçäo, segundo os casais participantes deste estudo.
Descritores: Vasectomia
Anticoncepcionais Masculinos
Planejamento Familiar
Fatores Socioeconômicos
-Estudos Retrospectivos
Instituições Privadas de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1099843
Autor: Barcellos, Ana Luiza Rimoli Hormain; Acosta, Daniele Ferreira; Abreu, Daiane Porto Gautério; Oliveira, Suelen Gonçalves de.
Título: Contracepção masculina: a visão de candidatos à vasectomia / Male contraception: the view of vasectomy candidates / Anticoncepción masculina: la visión de candidatos para la vasectomia
Fonte: Rev. enferm. UERJ;27::e45298, jan.-dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar a percepção de homens, candidatos à esterilização, sobre a vasectomia e identificar os motivos que os levaram a escolher tal procedimento. Método: pesquisa qualitativa descritiva, realizada com 14 homens em um hospital universitário, do município do Rio Grande/RS, em 2019. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas, submetidas à análise de conteúdo. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a idade média foi de 31,8 anos, e a maioria tinha filhos com a atual e com ex-parceiras. O conhecimento vago sobre vasectomia foi reforçado após encontro com assistente social. A influência de conhecidos foi positiva na tomada de decisão. A proteção da saúde da esposa foi um dos motivos para a realização do procedimento. O histórico de vida cercado por violência na infância também serviu como motivação. Conclusão: é preciso um olhar ampliado, dos profissionais da saúde sobre o tema; considerando o contexto e o projeto de vida do cliente nas situações de planejamento familiar.

Objective: to analyze the perception of men, candidates for sterilization, about vasectomy and to identify the reasons that led them to choose the method. Method: qualitative descriptive research, carried out with 14 men in a university hospital, in the municipality of Rio Grande/RS, in 2019. Semi-structured interviews were carried out, submitted to content analysis. Study approved by the Research Ethics Committee. Results: the average age was 31.8 years, and most had children with the current and former partners. Knowledge about vasectomy was reformed after meeting with a social worker. A known influence was positive in decision making. The protection of the wife's health was one of the reasons for carrying out the procedure. The life history surrounded by childhood violence also serves as an individual motivation. Conclusion: an expanded look is needed by health professionals, taking into account the context and the life project in family planning situations.

Objetivo: analizar la percepción de los hombres, candidatos a la esterilización, sobre la vasectomía e identificar las razones que los llevaron a elegir el método. Método: investigación descriptiva cualitativa, realizada con 14 hombres en un hospital universitario, en el municipio de Rio Grande/RS, en 2019. Se realizaron entrevistas semiestructuradas, sometidas a análisis de contenido. Estudio aprobado por el Comité de Ética en Investigación. Resultados: la edad promedio fue de 31.8 años, y la mayoría tenía hijos con las parejas actuales y anteriores. El conocimiento sobre la vasectomía se reformó después de reunirse con un trabajador social. Una influencia conocida fue positiva en la toma de decisiones. La protección de la salud de la esposa fue una de las razones para llevar a cabo el procedimiento. La historia de la vida rodeada de violencia infantil también sirve como una motivación individual. Conclusión: los profesionales de la salud necesitan una mirada más amplia, teniendo en cuenta el contexto y el proyecto de vida en situaciones de planificación familiar
Descritores: Vasectomia
Vasectomia/psicologia
Aconselhamento Diretivo
Planejamento Familiar
Saúde do Homem
-Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  3 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-409498
Autor: Untiveros Mayorga, Charlton Fernando; Mauricio Pachas, Juan.
Título: Consecuencias a largo plazo de la vasectomía, en varones operados en el Hospital Nacional Cayetano Heredia / Long term consequences of the vasectomy in men operated at the Hospital Nacional Cayetano Heredia
Fonte: Rev. méd. hered;15(3):131-135, jul.-sept. 2004. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar las consecuencias y complicaciones a largo plazo de la vasectomía y la aceptación de la población de usuarios. Material y métodos: Se realizó un estudio descriptivo en el que se incluyó 50 usuarios de vasectomía atendidos entre febrero de 1997 y setiembre de 1998 en el Hospital Nacional Cayetano Heredia. Resultados: las complicaciones se presentaron en el 8 por ciento de los usuarios de este método, el 6 por ciento presentó infección e inflamación de la herida operatoria y un 2 por ciento un dolor leve en alguno de los testículos. La aceptación de 94 por ciento de los usuarios. En el 6 por ciento de usuarios, donde la vasectomía no tuvo una buena aceptación, 2 (4 por ciento) presentaron el inicio de una nueva gestación por parte de su pareja a los 8 y 14 meses respectivamente luego del procedimiento. Un usuario (2 por ciento) manifestó haber tenido un post-operatorio muy mal llevado. Conclusiones: La vasectomía como procedimiento de planificación familiar, debido a que presenta pocas complicaciones es de gran aceptación.
Descritores: Vasectomia
Anticoncepção
Serviços de Planejamento Familiar
-Epidemiologia Descritiva
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  4 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-332588
Autor: Manhoso, Flávio Ribeiro.
Título: A experiência de homens que se submeteram a vasectomia em um serviço público de saúde / The experience of men submitted to vasectomy in a public healthcare service.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 2002. 96 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo objetivou descrever a experiência de homens que se submeteram à vasectomia em um serviço público de saúde vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de Säo Paulo. Foi desenvolvido por meio da abordagem qualitativa, tendo sido usado o recurso da história oral na temática da experiência da vasectomia, para coleta de dados. Foram constituídas categorias para descrever o conjunto das experiências em relaçäo à vasectomia, conforme os pressupostos de Janesick. Os resultados demonstraram que os homens tinham receios em relaçäo à vasectomia que forma sendo superados pelo conhecimento das experiências positivas relatadas por outros clientes; a vasectomia foi a soluçäo encontrada pelos casais para a superaçäo dos inúmeros problemas enfrentados no âmbito da anticoncepçäo e saúde da mulher. Os homens receberam respaldo profissional durante o processo de decisäo e realizaçäo da vasectomia; o comportamento deles em relaçäo aos cuidados anticoncepcionais e controle pós-vasectomia foi divergente, no entanto os clientes vasectomizados encontram-se satisfeitos com sua condiçäo e incentiva outros a realizarem o procedimento. Apresentaram comportamento de fidelidade conjugal e näo demonstraram preocupaçäo em relaçäo à DST/AIDS
Descritores: Vasectomia
Planejamento Familiar
Ambulatório Hospitalar
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1; T2187


  5 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marcon, Sônia Silva
Texto completo
Id: lil-733480
Autor: Cícero, Anna Carmen Vicente Fernandes Peres Pereira; Mandadori, Franciele; Marcon, Sonia Silva; Barreto, Mayckel da Silva.
Título: Da decisão aos resultados: narrativa de homens adultos acerca da vasectomia / De la decisión a los resultados: narrativa de hombres adultos sobre la vasectomía / From the decision to the results: narrative of adult men about vasectomy
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);6(4):1372-1383, out.-nov. 2014.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To describe the role of the family in opting for vasectomy, the period of professional counseling and outcomes before the procedure from the perspective of adult men. Method: Descriptive and exploratory qualitative research approach. Data were collected in August 2013, through interviews, along with 13 men who had undergone surgical sterilization for at least six months in a city in the Paraná. Results: family represented the deciding factor for the choice men before the surgery because it was described as emotional support. Although the nurse did not attend the counseling process for performing vasectomy, surgical procedure and its results were described as satisfactory. Conclusion: nurses need to participate more actively in counseling to men who seek health services to perform the vasectomy and the family should be included in this process to provide support for male decision.

Objetivo: descrever o papel da família na opção pela vasectomia, o período de aconselhamento profissional e os resultados diante do procedimento na perspectiva de homens adultos. Método:investigação descritiva e exploratória de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados em agosto de 2013, por meio de entrevista, com 13 homens que haviam sido submetidos à esterilização cirúrgica há, no mínimo, seis meses, em um município paranaense. Resultados: a família representou para os homens fator decisório na escolha pela cirurgia, pois foi descrita como suporte emocional. Apesar de o enfermeiro não ter participado do processo de aconselhamento para a realização da vasectomia, o procedimento cirúrgico e seus resultados foram descritos como satisfatórios. Conclusão: os enfermeiros necessitam participar mais ativamente do aconselhamento aos homens que buscam os serviços de saúde para a realização da vasectomia, e a família deve ser incluída nesse processo por constituir suporte para a decisão masculina.

Objetivo: Describir el papel de la familia en la opción de la vasectomía, el período de asesoramiento profesional y los resultados sobre el procedimiento en la perspectiva de los hombres adultos. Método: Investigación descriptiva y exploratoria del enfoque cualitativo. Los datos fueron recogidos en agosto del 2013, a través de la entrevista, junto con 13 hombres que habían sometido a la esterilización quirúrgica por al menos seis meses, en un municipio en Paraná. Resultados: La familia representó el factor de la toma de decisiones de los hombres antes de optar por la cirugía porque fue descrito como apoyo emocional. Aunque la enfermera no pudo haber participado en el proceso de asesoramiento para realizar la vasectomía, el procedimiento quirúrgico y sus resultados fue descrita como satisfactorio. Conclusión:Enfermeras deben participar más activamente en el Consejo a los hombres que buscan los servicios de salud para la realización de la vasectomía, y la familia debe ser incluida en este proceso por constituir el apoyo a la decisión.
Descritores: Planejamento Familiar
Saúde do Homem
Vasectomia/psicologia
Vasectomia
-Anticoncepção
Brasil
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  6 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Maura Maria Guimaräes de
Id: lil-100059
Autor: Almeida, Maura Maria Guimaräes de.
Título: Status social e metódos anticoncepcionais / Social status and anticonceptional methods
Fonte: Rev. baiana enferm;4(2):9-62, dez. 1988. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A relaçäo entre o status social, o conhecimento e uso de métodos anticoncepcionais foi estudada através de uma amostra estratificada de trezentos e dez profissionais de enfermagem de Salvador, Bahia
Descritores: Classe Social
Anticoncepcionais Orais Hormonais
Planejamento Familiar/tendências
Anticoncepção/métodos
Doenças Vasculares/etiologia
-Vasectomia
Dispositivos Anticoncepcionais Femininos
Dispositivos Anticoncepcionais Masculinos
Dispositivos Intrauterinos
Esterilização Tubária
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  7 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-520980
Autor: Moreira, Karla de Abreu Peixoto; Costa, Aurélio Antônio Ribeiro da; Araújo, Michell Ângelo Marques; Queiroz, Maria Veraci Oliveira.
Título: Causas e características da resistência à vasectomia em homens / Causes and characteristics of men's resistance to vasectomy
Fonte: Rev. RENE;9(2):82-89, abr.-jun. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: A vasectomia consiste em um método cirúrgico eficiente e seguro, entretanto, há a rejeição do homem quanto ao procedimento. No estudo foram pesquisadas as causas de resistência do homem à vasectomia, seu conhecimento sobre efeitos colaterais, características sociais, biológicas e tocoginecológicas da companheira e do sujeito pesquisado em relação ao uso dos métodos anticoncepcionais (MAC). Foi realizado um estudo descritivo-exploratório, de prevalência do tipo corte transversal, no Ambulatório de uma Instituição hospitalar no Recife, com homens acompanhantes de suas companheiras à consulta, no mês de outubro de 2003, totalizando 100 homens. A coleta de dados ocorreu com formulário próprio e os dados analisados por meio do EPI-INFO. A resistência à possível realização do procedimento de vasectomia foi de 55 por cento e devido ao desejo futuro de procriação por parte dos homens (45,5 por cento). Conclui-se que a maioria dos que se negaram a realizar a vasectomia o fizeram por pretenderem ter mais filhos (45,5 por cento).
Descritores: Anticoncepção
Planejamento Familiar
Vasectomia
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1037621
Autor: Carneiro, Lucilla Vieira.
Título: Decidindo pela vasectomia: a fala dos homens / Family Planning and Reproductive: experience of men as compared to vasectomy.
Fonte: João Pessoa; s.n; 2012. 75 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Paraíba. Centro de Ciências da Saúde para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O presente estudo tem como tema central a vivência de homens frente à vasectomia. Trata-se de um estudo do tipo exploratório-descritivo, desenvolvido em um serviço de saúde considerado de referência na realização da vasectomia, localizado em João Pessoa PB/Brasil. Apresentou como objetivo analisar a vivência masculina na busca pela vasectomia, no contexto do planejamento familiar. Os dados foram obtidos por meio de entrevista realizada com 11 homens atendidos no programa de vasectomia do referido local de estudo, no período de junho à agosto/2011, que obedecendo a Lei No 9.263/96, os mesmos apresentaram idade cronológica não inferior a 25 anos e/ou possuíam 02 (dois) filhos vivos. Para a realização da pesquisa foi considerado o que preceitua a Resolução No 196/96 do Conselho Nacional de Saúde sobre pesquisa envolvendo os seres humanos e a Resolução No 311/2007 do Conselho Federal de Enfermagem. Foi utilizada, como técnica de análise para as entrevistas, a análise de conteúdo proposta por Bardin. Os resultados obtidos constataram a necessidade de uma atuação mais efetiva das Unidades Básicas de Saúde em relação ao planejamento familiar, além de incremento na oferta de ações educativas em grupo para a população, de forma contínua, incluindo homens e todos os profissionais da equipe de saúde nessas ações. No âmbito da Enfermagem, as contribuições deste estudo emergem para a formação profissional, cujos reflexos possibilitam alcançar a melhor qualidade do cuidado. Destaca-se que a possibilidade do homem realizar a vasectomia foi observada pelos entrevistados como uma conquista dos seus direitos. É oportuno lembrar que, no marco dos direitos sexuais e reprodutivos, no que se refere à contracepção, a meta deve ser sempre a de avançar no sentido de prover às pessoas informação e acesso ao mais amplo leque de métodos contraceptivos, o que inclui a esterilização cirúrgica masculina.

The present study is focused on the experience of men as compared to vasectomy. This is a study of an exploratory-descriptive, developed in a health service considered the reference implementation of the vasectomy, located in João Pessoa - PB / Brazil. Presented to analyze the experience in the quest for male vasectomy, in the context of family planning. Data were obtained through interviews with 11 men attended the vasectomy program from that place of study, from June to agosto/2011 that obeying the Law No 9.263/96, showed the same chronological age less than 25 years and / or had two (02) living children. For the research was considered the precepts Resolution No 196/96 of the National Health Council on research involving humans and Resolution No. 311/2007 of the Federal Council of Nursing. Was used as a technique for analyzing the interviews, content analysis proposed by Bardin. The results verified the need for more effective performance of the Basic Health Units in relation to family planning, and increase in share offering educational group for the population, continuously, including men and all professionals in the health care team these actions. Within nursing, the contributions of this study emerge for training, whose reflections reach the best possible quality of care. It is noteworthy that the possibility of man perform vasectomy was seen by them as a conquest of their rights. It is worth recalling that, in the context of sexual and reproductive rights, with regard to contraception, the goal should always be to move towards providing people information and access to wider range of contraceptive methods, including sterilization male surgical.
Descritores: Enfermagem em Saúde Pública
Planejamento Familiar
Vasectomia
Limites: Masculino
Humanos
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central
BR8.1; 314.336(043), C289d


  9 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-986363
Autor: Figueroa Martínez Gavier, Nicolás; Caprini, Juan P; Maza, Belén.
Título: Vasectomía: nuestra experiencia / Vasectomy: our experience
Fonte: Rev. argent. urol. (1990);83(3):109-114, 2018. ilus..
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Describir la experiencia de 6 años en la realización de vasectomías en el sector de Cirugía Menor Ambulatoria del Hospital Público Materno Infantil de Salta. Materiales y métodos: Estudio retrospectivo, descriptivo y cualitativo. Se analizaron las estadísticas de vasectomía desde julio de 2010 a abril de 2016, considerándose datos socioeconómicos. Resultados: Se efectuaron 187 vasectomías con técnica tradicional. El promedio de edad de hombres que se sometieron a vasectomía fue de 34,6 años. El preservativo fue el método anticonceptivo más utilizado previo a la realización de la vasectomía. La edad promedio de inicio de las relaciones sexuales fue de 16,4 años. La mayoría tenía hijos al momento de la vasectomía y se sintió muy satisfecho con los resultados. Conclusión: Consideramos la vasectomía un procedimiento seguro, efectivo y de baja morbilidad, pero que requiere seguir un protocolo(AU)

Objective: To describe the experience achieved after 6 years performing vasectomies in the Minor Ambulatory Surgery sector of the Hospital Público Materno Infantil de Salta. Materials and methods: Retrospective, descriptive and qualitative study. Vasectomy statistics were analyzed from July 2010 to April 2016 considering socioeconomic data. Results: 187 traditional vasectomies were performed. The average age of men who had vasectomy was 34.6. The condom was the most used contraceptive method before they had a vasectomy. The average age of onset of sexual intercourse was 16.4 years. Most had children at the time of vasectomy and felt very satisfied with the results. Conclusion: We consider vasectomy a safe, effective and of low morbidity procedure, though it requires to follow a protocol(AU)
Descritores: Vasectomia/métodos
-Fatores Socioeconômicos
Vasectomia/estatística & dados numéricos
Entrevistas como Assunto
Estudos Retrospectivos
Anticoncepção/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  10 / 118 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013054
Autor: Borges, Ana Luiza Vilela; Santos, Osmara Alves dos; Araújo, Karina Simão; Gonçalves, Renata Ferreira Sena; Rosa, Patricia Lima Ferreira Santa; Nascimento, Natália Castro de.
Título: Satisfaction with the use of contraceptive methods among women from primary health care services in the city of São Paulo, Brazil / Satisfação com o uso de métodos contraceptivos entre usuárias de unidades básicas de saúde da cidade de São Paulo
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);17(4):749-756, Oct.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to assess satisfaction with the use of contraceptive methods among women attending primary health care services in São Paulo, Brazil. Methods: crosssectional study conducted with a sample of 668 women aged 1849 years, who were enrolled in 38 primary health care facilities in São Paulo city, Brazil, in 2015. Exclusion criteria were no sexual initiation, use of irreversible contraceptive methods for more than five years, pregnancy and no contraceptive method use. Data were analyzed using chisquare and multivariate logistic regression. Results: in general, women were satisfied with current contraceptive method (78.7%). The higher percentage of satisfaction was observed among IUD users (94.7%), and female and male sterilization users (93.5% and 91.7%, respectively). Withdrawal users were less satisfied (52.9%). Contraceptive method itself was the only factor associated with satisfaction. Barrier or traditional method users were less likely to be satisfied with their contraceptive methods than irreversible method users. Conclusions: long acting contraceptive method and irreversible method users were more satisfied with their contraceptive methods. Efforts should be undertaken in order to make these contraceptives available and accessible in primary health care facilities in Brazil.

Resumo Objetivos: avaliar a satisfação com o método contraceptivo em uso entre usuárias de unidades básicas de saúde da cidade de São Paulo/SP. Métodos: estudo transversal conduzido com 668 mulheres com idade entre 18 e 49 anos, usuárias de 38 unidades básicas de saúde da cidade de São Paulo, Brasil, em 2015. Foram excluídas mulheres que não haviam iniciado a vida sexual, tinham feito laqueadura/parceiro foi vasectomizado há mais de cinco anos, estavam grávidas e não usavam métodos contraceptivos. Dados foram analisados usando teste de diferença entre proporções pelo quiquadrado e regressão logística múltipla. Resultados: a maior parte das mulheres estava satisfeita com o método contraceptivo utilizado (78,7%). A maior satisfação foi observada entre usuárias do DIU (94,7%), da laqueadura (93,5%) e vasectomia (91,7%). A menor satisfação foi entre usuárias de coito interrompido (52,9%). O tipo de método foi o único aspecto associado à satisfação com o método contraceptivo. Mulheres que usavam métodos de barreira ou tradicionais tiveram menos chance de estar satisfeitas com o método usado, quando comparadas às mulheres queusavam métodos irreversíveis. Conclusões: usuárias de métodos contraceptivos de longa duração ou irreversíveis relataram estar mais satisfeitas. Esforços devem ser empreendidos para que esses métodos estejam disponíveis nas unidades básicas de saúde e o acesso a eles seja facilitado.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Satisfação do Paciente
Anticoncepção
-Esterilização Tubária
Vasectomia
Brasil
Centros de Saúde
Distribuição de Qui-Quadrado
Modelos Logísticos
Coito Interrompido
Serviços de Planejamento Familiar
Acesso aos Serviços de Saúde
Dispositivos Intrauterinos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde