Base de dados : LILACS
Pesquisa : E05.318.270 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 110 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 110 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1224203
Autor: Bovolini, Giovana M; Silva, Eliane A; Souza, Vânia Nieto Brito de.
Título: Desempenho dos antígenos PGL-I, LID-1e NDO-LID para diagnóstico sorológico de hanseníase em pacientes e contatos domiciliares: revisão de literatura / Performance of PGL-I, LID-1 and NDO-LID antigens for leprosy serological diagnosis in patients and household contacts: a review of the literature
Fonte: Hansen. int;44(único):1-14, 2019. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A hanseníase afeta os nervos periféri-cos e a pele levando a ocorrência de incapacidades na ausência de tratamento específico oportuno. Portanto, parâmetros sorológicos são necessários para intervenções terapêuticas precoces. A detecção de anticorpos contra o glicolipídio fenólico I (PGL-I) é amplamente empregada no diagnóstico e classificação clínica, enquanto a proteína Leprosy IDRI Diagnostic (LID)-1 foi desenhada com a intenção de melhorar o diagnóstico de pacien-tes paucibacilares. Posteriormente, este antígeno foi conjugado com o na-tural dissacarídeo ligado ao radical oc-til (ND-O) do PGL-I, originando o NDO--LID, para aumentar sua sensibilidade. Nesta revisão, avaliamos 16 estudos, comparando a performance desses três antígenos (PGL-I, LID-1 e NDO--LID) para diagnóstico da hanseníase e avaliação de contatos domiciliares. Verificamos grande variação quanto às populações envolvidas, tamanho das amostras, classificação clínica dos pacientes e metodologia utilizada, dificultando a comparação. Entre os pacientes multibacilares, a positividade anti-PGL-I variou de 54,0 a 96,0%, en-quanto para LID-1 foi de 47,4 a 94,8% e para NDO-LID apresentou níveis de 60,0 a 98,9%. Nos pacientes paucibacilares, a positividade variou de 6,4 a 52,9% quando PGL-I foi utilizado, 4,0 a 60% contra LID-1 e 16,0 a 63,6% frente ao NDO-LID. Para os contatos domiciliares, as respostas anti-PGL-I, LID-1 e NDO-LID foram 13,2%, 21,7% e 22,9%, respectivamente. O antígeno NDO-LID apresentou maior sensibilidade na maioria dos estudos refletindo seu potencial como ferramenta para o diagnóstico da hanseníase, principalmente em pacientes MB, entretanto, o reconhecimento desse antígeno por contatos domiciliares saudáveis reforça o valor da avaliação clínica para o diagnóstico da hanseníase.(au)

Leprosy affects skin and peripheral nerves bringing several disabilities in absence of specific treatment. So that, effective diagnostic tools are required for early therapeutic interventions. Detection of antibodies against phenolic glycolipid I (PGL-I) is widely employed in the diagnosis and clinical classification while the leprosy IDRI diagnostic (LID-1) protein was designed to improve the diagnosis of paucibacillary patients. More recently, this synthetic antigen was conjugated with the natural octyl disaccharide (ND-O) of PGL-I, originating the NDO-LID in order to increase its sensitivity. Here, we evaluate 16 studies, comparing the performance of these three antigens (PGL-I, LID-1 and NDO-LID) for leprosy diagnosis and evaluation of the household contacts. We verified among the different studies high variation regarding to population involved, sample size, clinical classification of patients and methodology used, making difficult the comparison. Among multibacillary patients, anti-PGL-I positivity ranged from 54.0 to 96.0%, while for LID-1 it was between 47.4 to 94.8% and for NDO-LID presented levels from 60 to 98.9%. In paucibacillary patients, responsiveness ranged from 6.4 to 52.9% when PGL-I was used, 4.0 to 60% against LID-1 and 16.0 to 63.6% if NDO-LID was employed. For household contacts, the responseanti-PGL-I, LID-1 and NDO-LID was13.2%, 21.7% and 22.9%, respectively.NDO-LID antigen showed higher sensitivity in most studies reflecting its potential as tool for leprosy diagnosis, mainly of MB patients, however, the recognition of this antigen by healthy household contact reinforces the value of the clinical evaluation to leprosy diagnosis.(au)
Descritores: Hanseníase/diagnóstico
-Testes Sorológicos
Busca de Comunicante
Antígenos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer


  2 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1103124
Autor: Deandreis, Cora; Fassi, Cecilia; Requena Olavarria, Janisse; Savorini, Andrea.
Título: Impacto de la vigilancia epidemiológica activa e intensificada en el control de pacientes con sífilis: Hospital Vélez Sarsfield: 2016-2017 / Impact of active and intensified epidemiological surveillance on the control of patients with Syphilis: Hospital Vélez Sarsfield: 2016-2017.
Fonte: Buenos Aires; GCBA. Gerencia Operativa de Epidemiología; 23 nov. 2018. a) f: 13 l:24 p. graf. (Boletín Epidemiológico Semanal: Ciudad Autónoma de Buenos Aires, 3, 118).
Idioma: es.
Resumo: El objetivo del presente trabajo es demostrar que a través de la Vigilancia Epidemiológica Intensificada con búsqueda activa de casos y la optimización del trabajo interdisciplinario se obtuvieron mejoras en el diagnóstico, tratamiento y evolución del paciente y sus contactos. Se trata de un estudio epidemiológico descriptivo, retrospectivo y longitudinal, cuyos datos fueron obtenidos de las siguientes fuentes: Fichas Epidemiológicas de Sífilis confeccionadas durante los años 2016 y 2017 y notificadas al Equipo de Epidemiología, Planillas de registro de casos en forma agrupada según grupo etario según clasificación del SNVS, Historias Clínicas de Consultorios Externos e Internación, Libro de registro de atención diaria de pacientes en el Departamento de Urgencias, Planillas de entrega de Penicilina G Benzatínica realizadas por Farmacia, Listado con resultados de VDRL y prueba treponémicas de Laboratorio, Libro de Enfermería de aplicación de Penicilina G Benzatínica en Consultorios Externos; de donde se obtuvieron las variables analizadas en este trabajo que incluyeron datos filiatorios, edad, sexo, resultado de pruebas treponémicas y no treponémicas, clasificación de la enfermedad según estadio clínico, número de dosis y fecha de inicio de tratamiento, identificación de la semana de embarazo en el momento del diagnóstico, médico tratante y Servicio al que pertenece. Todos estos datos fueron volcados a una planilla Microsoft Office Excel por el Equipo de Epidemiología lo que permitió el análisis. Como resultados principales se destacan: De los 216 pacientes con diagnóstico de sífilis asistidos desde 01 de enero de 2016 al 31 de diciembre de 2017 en el HVS, (N=216), 93 pacientes (43%) corresponden al año 2016 y 123 pacientes (57%) al año 2017. La media de edad es de 27 años (edad mínima de 1 año y máxima de 75 años). Excluyendo las sífilis congénitas y los mortinatos. En cuanto al sexo, en el año 2016 el 47% corresponden a varones, con una relación de masculinidad de 0,88. En el año 2017 el dato disminuye a 36%, con una relación de masculinidad de 0,56. Excluyendo las sífilis congénitas y los mortinatos. En cuanto a los Servicios notificantes las fuentes fueron: CeSAC 36, Dermatología, Infectología, Laboratorio, Neonatología, Obstetricia, P y P, Pediatría, Clínica Médica, Farmacia, Ginecología y Hemoterapia. (AU)
Descritores: Sífilis Congênita/diagnóstico
Sífilis Congênita/prevenção & controle
Sífilis Congênita/epidemiologia
Sorodiagnóstico da Sífilis
Sífilis/diagnóstico
Sífilis/prevenção & controle
Sífilis/tratamento farmacológico
Sífilis/epidemiologia
Busca de Comunicante
Notificação de Doenças
Monitoramento Epidemiológico
Hospitais Municipais/estatística & dados numéricos
Responsável: AR494.1 - Centro de Documentación en Salud
AR494.1; CEDOS/CD 6, SP5_118


  3 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1253822
Autor: Cavalcante, Elani Graça Ferreira.
Título: Efetividade de estratégias de notificação de parceiros sexuais de pessoas com infecções sexualmente transmissíveis / Effectiveness of sexual partner notification strategies of people with sexually transmitted infections.
Fonte: Fortaleza; s.n; dez. 2018. 70 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Para interrupção do ciclo de transmissão de infecções sexualmente transmissíveis, é essencial o tratamento das pessoas envolvidas nos relacionamentos sexuais. Para tanto, é necessária a notificação de parceiros sexuais, processo pelo qual os contatos sexuais de um paciente-índice são identificados e informados (de forma verbal ou mediante entrega de um cartão de notificação) de sua exposição e convidados a realizar testes, aconselhamento e, se necessário, tratamento. Nesse contexto, objetivou-se comparar a efetividade de estratégias de notificação de parceiros, verbal e de uso de cartão de notificação no comparecimento de parceiros sexuais de pessoas com infecção sexualmente transmissíveis. Realizou-se um estudo de intervenção, com desenho prospectivo, controlado e randomizado. A intervenção consistiu no oferecimento de um cartão de notificação para os pacientes-índices entregarem aos seus parceiros. A pesquisa foi realizada em um Centro de Referência para infecções sexualmente transmissíveis da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará. O estudo foi constituído por dois grupos: a) Grupo 1 (GI) - Grupo intervenção que foi formado por pessoas com IST que levaram o cartão de notificação ao parceiro sexual, como forma de convite para atendimento; b) Grupo 2 (GC) - Grupo controle que foi formado por pessoas com IST, que convidaram verbalmente o parceiro sexual para procurar atendimento de saúde. A coleta de dados ocorreu entre os meses de agosto de 2016 e julho de 2017, totalizando 12 meses, com amostra final composta por 189 participantes, sendo 94 do grupo controle e 95 do grupo intervenção. Para coleta de dados utilizou-se de dois formulários de pesquisa, sendo um destinado a obter informações dos pacientes-índice e outro do parceiro que compareceu à unidade de saúde, com vistas a obter a caracterização sociodemográfica, dos hábitos de saúde e de comportamento sexual de ambos. Os dados quantitativos foram inseridos em planilha do Excel e analisados, por frequência absoluta e relativa. O Software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) foi utilizado para análise estatística bivariada. A associação entre variáveis categóricas foi realizada pelo teste qui-quadrado (χ2) para variáveis independentes, sendo calculado o valor da razão de chances e o intervalo de confiança (IC) de 95%. Foi considerado estatisticamente significante o valor de p<0,05. Observou-se que dentre os pacientes-índices que realizaram a notificação por cartão, o percentual de comparecimento do parceiro ao serviço de saúde foi de 52,6%, enquanto entre aqueles que fizeram a notificação verbal esse percentual foi de 43,6%. Contudo, não houve diferença estatisticamente significativa entre os tipos de notificação verbal ou mediante uso de cartão em relação ao sucesso no comparecimento de parceiros (p=0,215). Diante da ausência de evidência de maior efetividade na notificação por cartão, recomenda-se o uso dessa estratégia como ferramenta a ser combinada a outros métodos, sendo recomendado para isso, que os programas de infecções sexualmente transmissíveis desenvolvam um modelo de cartão com ênfase em mensagens informativas destinadas aos parceiros. Os resultados alcançados negaram a tese de que "O cartão de notificação de parceiros aumenta o comparecimento de parcerias sexuais de pessoas com IST ao serviço de saúde".(AU)
Descritores: Parceiros Sexuais
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Busca de Comunicante
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-776532
Autor: Wambier, Carlos Gustavo; Wambier, Sarah Perillo de Farias; Furini, Renata Bazan; Simão, João Carlos Lopes; Frade, Marco Andrey Cipriani; Foss, Norma Tiraboschi.
Título: Factors associated with seropositivity for APGL-Iamong household contacts of leprosy patients
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;49(1):83-89, Jan.-Feb. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: INTRODUCTION: Leprosy is mainly transmitted among family members who share genetic and ambient factors. The clinical form of leprosy in the index case and kinship could be risk factors for leprosy transmission. High antibody levels in household contacts (HC) in the absence of neural or skin lesions may characterize latent infection. This study aimed to evaluate the association between seropositivity for anti-phenolic glycolipid-I immunoglobulin M antibodies (APGL-I) in HC and the clinical classification of the index case and to analyze the association between APGL-I positivity with other factors such as age, kinship, and gender. METHODS: We performed a survey among 320 HC of 120 leprosy patients who were evaluated and followed-up in a leprosy outpatient clinic of a university hospital. All HC underwent complete skin examination, peripheral nerve palpation, skin sensory tests, and serologic tests for the detection and quantification of APGL-I. RESULTS: The overall seropositivity rate was 20%, and was greatly affected by kinship. APGL-I seropositivity was higher in siblings (41%), followed by parents (28%), spouses (26%), other (19%), and offspring (14%). Independent risk factors for seropositivity were being siblings (OR 3.3) and being a HC of an index case with indeterminate leprosy (OR 5.3). APGL-I seropositivity was associated with index cases with a bacillary index of 4 (88%; p<.001). Seropositivity among HC was not significantly associated with their gender and age. There was no statistical difference in the seropositivity rates of HC of index patients with paucibacillary and multibacillary leprosy. CONCLUSIONS: Strict evaluation and follow-up of HC with positive results for APGL-I is recommended. Special attention should be paid during the screening of siblings of the index cases, HC of patients with a high bacillary index, and HC of patients with indeterminate leprosy.
Descritores: Imunoglobulina M/sangue
Glicolipídeos/sangue
Hanseníase/diagnóstico
Hanseníase/transmissão
Anticorpos Antibacterianos/sangue
Antígenos de Bactérias/sangue
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Características da Família
Fatores de Risco
Busca de Comunicante
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
AMAKU, Marcos
Covas, Dimas Tadeu
Azevedo, Raymundo Soares
Massad, Eduardo
Texto completo
Id: biblio-1153966
Autor: Amaku, Marcos; Covas, Dimas Tadeu; Coutinho, Francisco Antonio Bezerra; Azevedo, Raymundo Soares; Massad, Eduardo.
Título: Modelling the impact of contact tracing of symptomatic individuals on the COVID-19 epidemic
Fonte: Clinics;76:e2639, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES: With the declining numbers of coronavirus disease 2019 (COVID-19) cases in the state of São Paulo, Brazil, social distancing measures have gradually been lifted. However, the risk of a surge in the number of cases cannot be overlooked. Even with the adoption of nonpharmaceutical interventions, such as restrictions on mass gatherings, wearing of masks, and complete or partial closure of schools, other public health measures may help control the epidemic. We aimed to evaluate the impact of the contact tracing of symptomatic individuals on the COVID-19 epidemic regardless of the use of diagnostic testing. METHODS: We developed a mathematical model that includes isolation of symptomatic individuals and tracing of contacts to assess the effects of the contact tracing of symptomatic individuals on the COVID-19 epidemic in the state of São Paulo. RESULTS: For a selection efficacy (proportion of isolated contacts who are infected) of 80%, cases and deaths may be reduced by 80% after 60 days when 5000 symptomatic individuals are isolated per day, each of them together with 10 contacts. On the other hand, for a selection efficacy of 20%, the number of cases and deaths may be reduced by approximately 40% and 50%, respectively, compared with the scenario in which no contact-tracing strategy is implemented. CONCLUSION: Contact tracing of symptomatic individuals may potentially be an alternative strategy when the number of diagnostic tests available is not sufficient for massive testing.
Descritores: Infecções por Coronavirus
Epidemias
-Brasil/epidemiologia
Busca de Comunicante
Betacoronavirus
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1241712
Autor: Pinto Neto, Jose Martins.
Título: A percepçao dos comunicantes intradomiciliares de doentes de hanseniase sobre a doença, o convivio com o doente e o controle realizado pelo serviço de saude / ?.
Fonte: Ribeirao Preto; s.n; 2004. 229 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola de Enfermagem de Ribeirao Preto. Escola de Enfermagem da Universidade de Sao Paulo para obtenção do grau de Doctor.
Resumo: O objetivo desta investigaçao foi identificar, descrever e analisar a percepçao dos comunicantes intradomiciliares de doentes de hanseníase sobre a doença, o convívio com o doente e o controle realizado pelo serviço de saude. Optou-se pela abordagem de natureza qualitativa. A populaçao do estudo constitui-se de 19 comunicantes intradomiciliares cadastrados na unidade de saude onde sao desenvolvidas açoes do Programa de Eliminaçao da Hanseniase no municipio de Fernandopolis/SP. Os instrumentos utilizados para coleta de dados foram: o prontuario do doente, o formulario e a entrevista semi-estruturada, com tres questoes norteadoras. Para a analise dos dados qualitativos utilizou-se a tecnica de Analise de Conteudo, modalidade Tematica. Tres unidades tematicas foram conformadas a partir dos nucleos de sentido: 1ª) A doença hanseniase – a percepçao dos comunicantes intradomiciliares (a relaçao da hanseniase com a lepra e hanseniase: de doença desconhecida ao conhecimento da classificaçao, aspectos clinicos, epidemiologicos e terapeuticos sobre a doença); 2ª) O convivio com o doente – a percepçao dos comunicantes intradomiciliares (a convivencia com o doente: normalidade, dificuldades e contradiçoes; as atitudes dos comunicantes no convivio com o doente; a percepçao dos sofrimentos durante o convivio e o estigma e o preconceito); e 3ª) O controle realizado pelo serviço de saude – a percepçao dos comunicantes intradomiciliares (as açoes do programa de controle de eliminaçao da hanseniase desenvolvidas pela unidade de saude e a atençao recebida pelo serviço de saude). Os resultados apontam que os comunicantes intradomiciliares de doentes de hanseniase participam do processo de adoecimento, incorporando conhecimentos sobre a doença, atribuindo-lhe significados de acordo com seus valores, atitudes e crenças; compartilham dos problemas dos doentes e procuram ajudá-los em suas necessidades e, ainda, percebem o controle que o serviço de saude realiza sobre eles e os doentes dentro de um quadro de referencia pautado pela satisfaçao no atendimento. Constatou-se também a necessidade da valorização da vigilancia dos contatos em outras perspectivas, alem da epidemiologica, de forma a contemplar outras dimensoes da vida desses sujeitos....
Descritores: Busca de Comunicante
Busca de Comunicante/métodos
Busca de Comunicante/tendências
Hanseníase/diagnóstico
Hanseníase/reabilitação
Hanseníase/transmissão
Serviços de Saúde Comunitária
-Enfermagem em Saúde Pública/educação
Enfermagem em Saúde Pública/métodos
Monitoramento Epidemiológico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_a": "WC335.20", "_b": "P658p"}]


  7 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1092191
Autor: Trindade, Luciana Cavalcante; Martins, Lourdes Conceição; Marques, Danielle Medeiros; Mendes, Micheline da Silveira; Fonseca, Fernando Luiz Affonso; Pereira, Luiz Alberto Amador.
Título: Importance of epidemiological surveillance of leprosy: analysis of the occurrence of leprosy in intra-domiciliary contacts in a capital in the Brazilian northeast region
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;53:e20190507, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract INTRODUCTION Intra-domiciliary contacts are a group with the highest risk of developing leprosy. METHODS A cross-sectional study of intra-domiciliary contacts of new leprosy cases was conducted. A descriptive analysis of the variables was performed. RESULTS Among 190 contacts, 63% were invited to visit the health unit, and 54.2% received the BCG vaccine. The prevalence of leprosy among the contacts was 4.7%. CONCLUSIONS The occurrence of leprosy among the contacts was high and similar to that found previously. There were failures in surveillance actions carried out by health units. Never-before treated cases were found.
Descritores: Vacina BCG/administração & dosagem
Busca de Comunicante/estatística & dados numéricos
Hanseníase/epidemiologia
-Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Vigilância da População
Prevalência
Estudos Transversais
Hanseníase/prevenção & controle
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136860
Autor: Jesus, Myrela Conceição Santos de; Lima, Alexandra Giovanna Aragão; Santos, Victor Santana; Storti-Melo, Luciane Moreno; Moura, Tatiana Rodrigues de; Santos, Rafaela Windy Farias dos; Santos, Cliomar Alves dos; Martins-Filho, Paulo Ricardo; Cuevas, Luis Eduardo; Gurgel, Ricardo Queiroz.
Título: Family COVID-19 cluster analysis of an infant without respiratory symptoms
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;53:e20200494, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Diagnosing cases of coronavirus disease (COVID-19) with only non-respiratory symptoms has been challenging. We reported the diagnosis of a child who tested positive for COVID-19 with abdominal pain/diarrhea and tracked his family cluster. One member of the family tested positive for COVID-19 on real-time reverse-transcription polymerase chain reaction assay and three other family members had anti-SARS-CoV-2 antibodies.
Descritores: Pneumonia Viral/diagnóstico
Infecções por Coronavirus/diagnóstico
Coronavirus/isolamento & purificação
Diarreia/diagnóstico
Pandemias
-Faringite/etiologia
Dor Abdominal/etiologia
Análise por Conglomerados
Busca de Comunicante
Infecções por Coronavirus
Técnicas de Laboratório Clínico
Diarreia/etiologia
Febre/etiologia
Betacoronavirus
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 110 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1115771
Autor: Balcells, María Elvira; Carvajal, Camila; Fernández, Paula; Ruiz-Tagle, Cinthya; Pizarro, Alejandra; García, Patricia; Peña, Carlos; Cuevas, Gerardo; Naves, Rodrigo.
Título: Estrategia de pesquisa sistemática y seguimiento prolongado revela alto número de nuevas infecciones tuberculosas en contactos adultos en la Región Metropolitana, Chile / Systematic screening of adult household contacts of patients with active pulmonary tuberculosis reveals high rates of new infections during follow-up
Fonte: Rev. méd. Chile;148(2):151-159, feb. 2020. tab, graf.
Idioma: es.
Projeto: CONICYT; . FONDECYT.
Resumo: Background: Contact investigation is cardinal in the control of tuberculosis (TB) since it helps to stop its transmission. In Chile, the National TB Program strategy does not include latent TB infection testing, regular chemoprophylaxis or follow-up in adults. Active TB was found in only 1.2% of contacts at country-level during 2018. Aim: To evaluate the performance of a systematic screening of adult household contacts with targeted chemoprophylaxis and prolonged active follow-up. Material and Methods: Prospective cohort of household contacts in Santiago. Two face-to-face visits (at 0 and 12 weeks) that included QuantiFERON TB-Gold plus tests (QFT), chest radiography (CXR) at 0 and 24 weeks and, periodic text messaging or phone call follow-up for up to 48 weeks were implemented. Contacts with positive QFT were referred for TB chemoprophylaxis. Results: A total of 200 contacts were enrolled, 69% were migrants. At baseline evaluation, 45% had a positive QFT result and 1.6% had co-prevalent active TB. At follow-up, 13% contacts further converted to QFT (+), and 5.1% more were diagnosed with active TB (mean follow-up time 32 weeks). Of these 10 further active TB cases, 6 (60%) had a negative QFT and all (100%) had normal CXR at baseline; while three cases occurred in QFT converters. Conclusions: In this cohort of household contacts, 6.7 % were diagnosed with active TB (more than 2/3 at follow-up) and 13% had a late QFT (+) conversion. Active and prolonged contacts' follow-up are essential to detect new infections and tackle the TB epidemic in Chile.
Descritores: Escarro/microbiologia
Tuberculose Pulmonar/diagnóstico
Tuberculose Pulmonar/epidemiologia
Programas de Rastreamento/métodos
Busca de Comunicante
-Tuberculose Pulmonar/microbiologia
Teste Tuberculínico
Características da Família
Saúde da Família
Prevalência
Seguimentos
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 110 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101070
Autor: Almeida, Bethania de Araujo; Doneda, Danilo; Ichihara, Maria Yury; Barral-Netto, Manoel; Matta, Gustavo Correa; Rabello, Elaine Teixeira; Gouveia, Fabio Castro; Barreto, Mauricio.
Título: Preservação da privacidade no enfrentamento da COVID-19: dados pessoais e a pandemia global / Personal data usage and privacy considerations in the COVID-19 global pandemic
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(supl.1):2487-2492, Mar. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Dados ganham cada vez mais importância e valor na busca de respostas para enfrentar a COVID-19 tanto para a ciência quanto para as autoridades sanitárias. Em virtude da dificuldade de realizar diagnóstico da infecção na população em geral, iniciativas apoiadas em tecnologias digitais vêm sendo desenvolvidas por governos ou empresas privadas para possibilitar rastreamentos de sintomas, contatos e deslocamentos de modo a apoiar estratégias de acompanhamento e avaliação na vigilância de contágios. A despeito da importância e necessidade dessas iniciativas, questionamentos acerca da quantidade e tipos de dados pessoais coletados, processados, compartilhados e utilizados em nome da saúde pública, bem como os concomitantes ou posteriores usos desses dados, suscitam questionamentos éticos, legais e técnicos. Desafios que apontam para a necessidade de novos modelos de governança de dados e de tecnologias, responsáveis e transparentes, para controlar o Sars-Cov2 e as futuras emergências de saúde pública.

Abstract Data has become increasingly important and valuable for both scientists and health authorities searching for answers to the COVID-19 crisis. Due to difficulties in diagnosing this infection in populations around the world, initiatives supported by digital technologies are being developed by governments and private companies to enable the tracking of the public's symptoms, contacts and movements. Considering the current scenario, initiatives designed to support infection surveillance and monitoring are essential and necessary. Nonetheless, ethical, legal and technical questions abound regarding the amount and types of personal data being collected, processed, shared and used in the name of public health, as well as the concomitant or posterior use of this data. These challenges demonstrate the need for new models of responsible and transparent data and technology governance in efforts to control SARS-COV2, as well as in future public health emergencies.
Descritores: Pneumonia Viral/epidemiologia
Vigilância da População/métodos
Saúde Global
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Privacidade
Registros de Saúde Pessoal
Pandemias
Betacoronavirus
-Busca de Comunicante/métodos
Infecções por Coronavirus
Confidencialidade
Mídias Sociais
Anonimização de Dados
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde