Base de dados : LILACS
Pesquisa : E05.478.566.350.170 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3582 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 359 ir para página                         

  1 / 3582 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039736
Autor: Guedes, Janesca Mansur; Pieri, Bruno Luiz da Silva; Luciano, Thaís Fernandes; Marques, Schérolin de Oliveira; Guglielmo, Luiz Guilherme Antonacci; Souza, Claudio Teodoro de.
Título: Muscular resistance, hypertrophy and strength training equally reduce adiposity, inflammation and insulin resistance in mice with diet-induced obesity / Exercícios físicos de resistência, hipertrofia e força muscular reduzem igualmente adiposidade, inflamação e resistência à insulina em camundongos obesos por dieta hiperlipídica
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO4784, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To evaluate the effect of three types of muscular resistance training on adiposity, inflammation levels and insulin activity in Swiss mice with fat-rich diet-induced obesity. Methods Lean and obese male Swiss mice were selected and allocated to one of eight groups comprising eight mice each, as follows: standard diet + no training; standard diet + muscular resistance training; standard diet + hypertrophy training; standard diet + strength training; high-fat diet + no training; high-fat diet + muscular resistance training; high-fat diet + hypertrophy training; high-fat diet + strength training. The training protocol consisted of stair climbing for a 10-week period. Blood samples were collected for lactate analysis, glucose level measurement and insulin tolerance test. After euthanasia, adipose tissues were removed and weighed for adiposity index determination. Fragments of epididymal adipose tissue were then embedded for histological analysis or homogenized for tumor necrosis factor alpha level determination using the ELISA method. Results Ausency of differences in total training volume and blood lactate levels overall emphasize the similarity between the different resistance training protocols. Body weight loss, reduced adipocyte area and lower adiposity index were observed in trained obese mice, regardless of training modality. Different training protocols also improved insulin sensitivity and reduced inflammation levels. Conclusion Resistance training protocols were equally effective in reducing body fat, inflammation levels and insulin resistance in obese mice.

RESUMO Objetivo Avaliar os efeitos de três tipos de treinamentos de resistência na adiposidade, na inflamação e na ação da insulina em camundongos Swiss obesos por dieta hiperlipídica. Métodos Camundongos Swiss machos magros e obesos foram selecionados e posteriormente separados em oito grupos com oito animais em cada: dieta padrão + não treinado; dieta padrão + treinamento de resistência muscular; dieta padrão + treinamento de hipertrofia; dieta padrão + treinamento de força; dieta hiperlipídica + não treinado; dieta hiperlipídica + treinamento de resistência muscular; dieta hiperlipídica + treinamento de hipertrofia; e dieta hiperlipídica + treinamento de força. O protocolo de treinamento consistiu em escaladas, por um período de 10 semanas. Amostras de sangue foram coletadas para análises de lactato, glicemia e teste de tolerância à insulina. Após eutanásia, os tecidos adiposos foram retirados e pesados para determinar o índice de adiposidade. Em seguida, parte do tecido adiposo epididimal foi emblocado para análises histológicas, e outra parte foi homogeneizada para análises de fator de necrose tumoral alfa por ELISA. Resultados O volume total de treinamento e a concentração sanguínea de lactato não diferiram entre os três treinos resistidos, sugerindo similaridade entre eles. Nos animais obesos, as três modalidades de treinamento reduziram o peso corporal, a área adipocitária e o índice de adiposidade. Os três tipos de treinamentos ainda melhoraram a tolerância à insulina e reduziram a inflamação. Conclusão Os protocolos de treinamento resistido foram igualmente efetivos em reduzir a adiposidade, a inflamação e a resistência à ação da insulina em camundongos obesos.
Descritores: Condicionamento Físico Animal/fisiologia
Resistência à Insulina/fisiologia
Adiposidade/fisiologia
Exercícios de Alongamento Muscular/métodos
Hipertrofia/fisiopatologia
Inflamação/fisiopatologia
Obesidade/fisiopatologia
-Fatores de Tempo
Glicemia/análise
Peso Corporal/fisiologia
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Reprodutibilidade dos Testes
Fator de Necrose Tumoral alfa/análise
Tecido Adiposo Branco/fisiopatologia
Treinamento de Força/métodos
Dieta Hiperlipídica
Camundongos
Camundongos Obesos
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056050
Autor: Silva, Stefany Martins; Rodrigues, Izabella Caroline Gebrim; Santos, Rodrigo da Silva; Ternes, Yves Mauro Fernandes.
Título: The direct and indirect effects of the pneumococcal conjugated vaccine on carriage rates in children aged younger than 5 years in Latin America and the Caribbean: a systematic review / Efeitos diretos e indiretos da vacina pneumocócica conjugada no estado de portador em crianças menores de 5 anos, na América Latina e no Caribe: uma revisão sistemática
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eRW4890, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To demonstrate the impact of pneumococcal conjugate vaccine in Streptococcus pneumoniae carriage status in children younger than 5 years in Latin America and the Caribbean. Methods A systematic literature review was carried out on the direct and indirect effects of pneumococcal vaccine in the carriage status, after implementation in childhood immunization programs. Studies carried out in children younger than 5 years were selected from the PubMed® and Virtual Health Library databases, and data collected after implementation of pneumococcal vaccine in Latin America and the Caribbean, between 2008 and 2018. Results From 1,396 articles identified, 738 were selected based on titles and abstracts. After duplicate removal, 31 studies were eligible for full-text reading, resulting in 6 publications for analysis. All selected publications were observational studies and indicated a decrease in the carriage and vaccine types, and an increase in the circulation of non-vaccine serotypes, such as 6A, 19A, 35B, 21 and 38. We did not identify changes in the antimicrobial resistance after vaccine implementation. Conclusion A decrease in the carriage status of vaccine types and non-vaccine types was detected. The continuous monitoring of pneumococcal vaccine effect is fundamental to demonstrate the impact of the carriage status and, consequently, of invasive pneumococcal disease, allowing better targeting approaches in countries that included pneumococcal vaccine in their immunization programs. Our study protocol was registered in PROSPERO (www.crd.york.ac.uk/prospero) under number CRD42018096719.

RESUMO Objetivo Demonstrar o impacto das vacinas pneumocócicas conjugadas no estado de portador de Streptococcus pneumoniae em crianças menores de 5 anos na América Latina e no Caribe. Métodos Foi realizada revisão sistemática da literatura sobre os efeitos diretos e indiretos da vacina pneumocócica no estado de portador em crianças menores de 5 anos, após a implantação da vacina nos calendários de imunização infantil. A partir de dados da PubMed®e da Biblioteca Virtual da Saúde, foram selecionados estudos de portador em crianças menores de 5 anos, com dados coletados após implementação da vacina de 2008 a 2018, na América Latina e no Caribe. Resultados Dos 1.396 artigos identificados, 738 foram selecionados mediante leitura de títulos e resumos. Após a extração dos duplicados, 31 foram elegíveis para leitura do texto completo, restando 6 artigos para análise. Todos os estudos selecionados eram observacionais e indicavam diminuição do portador e tipos vacinais, e aumento da circulação de sorotipos não vacinais, como 6A, 19A, 35B, 21 e 38. Não foi observada alteração na resistência antimicrobiana após a introdução da vacina. Conclusão Detectou-se redução no estado de portador, dos tipos vacinais e não vacinais. O monitoramento contínuo do efeito das vacinas pneumocócicas é fundamental, para demonstrar o impacto do estado de portador e, consequentemente, da doença pneumocócica invasiva, permitindo o melhor direcionamento nas ações em saúde para os países que incluíram a vacina no calendário de imunização. Nosso protocolo de estudo foi registrado no PROSPERO (www.crd.york.ac.uk/prospero) sob o número CRD42018096719.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/métodos
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/métodos
Dengue/diagnóstico
-Arbovírus/isolamento & purificação
Padrões de Referência
Brasil
Imunoglobulina G/imunologia
Imunoglobulina M/imunologia
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/normas
Testes Sorológicos/métodos
Testes Sorológicos/normas
Reação em Cadeia da Polimerase
Sensibilidade e Especificidade
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/normas
Dengue/imunologia
Vírus da Dengue/isolamento & purificação
Anticorpos Antivirais/imunologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056051
Autor: Arai, Karina Emy; Bo, Carolina Rodrigues Dal; Silva, Ana Paula Marques Aguirra da; Rodrigues, Silvia Sanches; Mangueira, Cristóvão Luis Pitangueira.
Título: Performance evaluation of an indirect immunofluorescence kit for the serological diagnosis of dengue / Avaliação do desempenho de kit de imunofluorescência indireta para o diagnóstico sorológico de dengue
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5078, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate the performance of indirect immunofluorescence for serological diagnosis of dengue virus in a population with high prevalence of arboviruses. Methods: Two-hundred serum samples from patients with clinical suspicion of dengue fever were tested by immunoenzymatic and indirect immunofluorescence assay BIOCHIP® mosaic. Specificity, sensitivity and Kappa coefficient were calculated. Discordant samples were tested by polymerase chain reaction for confirmation. Results: Of the 200 samples, 20% were positive and 80% negative for anti-dengue virus IgM antibodies in the immunoenzymatic test. Of the 40 positives, 25% were negative in indirect immunofluorescence. Of these ten discordant results, only 20% were also negative in the polymerase chain reaction (PCR). Of the 160 negatives in the immunoenzymatic test, 5% were positive in indirect immunofluorescence. Of these nine discordant results, 33% were positive in the PCR. The Kappa coefficient was 0.7 (0.572-0.829). Sensitivity and specificity of indirect immunofluorescence were respectively 75% and 94%. For anti-dengue virus IgG antibodies, of the 200 samples, 15.5% were positive and 84.5% were negative in the immunoenzymatic test. Of the 31 positives, 12.9% were negative in indirect immunofluorescence. Of these four discordant results, 25% were negative in the PCR. Of the 169 negatives, 8% were positive in indirect immunofluorescence. Of these 14 discordant results, 64% were also positive in the PCR. The Kappa coefficient was 0.695 (0.563-0.83). Sensitivity and specificity of indirect immunofluorescence were 87.1% and 91.7%, respectively. Conclusion: For diagnosis of acute infection, the immunoenzymatic test is enough, and the use of additional methods is not warranted. Replacing the immunoenzymatic test by indirect immunofluorescence would compromise the sensitivity for IgM. However, indirect immunofluorescence can distinguish three arboviruses simultaneously, an advantage during concomitant epidemics.

RESUMO Objetivo: Avaliar o desempenho da imunofluorescência indireta no diagnóstico sorológico de dengue em uma população com alta prevalência de arboviroses. Métodos: Duzentas amostras de soro de pacientes com suspeita clínica de dengue foram testadas por ensaio imunoenzimático e imunofluorescência indireta mosaico BIOCHIP®. Foram calculados especificidade, sensibilidade e coeficiente Kappa. Nas amostras discordantes, realizou-se reação em cadeia da polimerase como método confirmatório. Resultados: Das 200 amostras, 20% foram positivas e 80% negativas para IgM antivírus da dengue no ensaio imunoenzimático. Das 40 positivas, 25% foram negativas na imunofluorescência indireta. Destas dez negativas, apenas 20% eram também negativas na reação em cadeia da polimerase. Das 160 negativas no ensaio imunoenzimático, 5% foram positivas na imunofluorescência indireta. Por fim, dentre as nove discordantes, 33% tiveram vírus da dengue detectado na reação em cadeia da polimerase. O coeficiente Kappa foi 0,70 (0,57-0,82). Sensibilidade e especificidade por imunofluorescência indireta foram, respectivamente, 75% e 94%. Para IgG antivírus da dengue, de 200 amostras, 15,5% foram positivas e 84,5% negativas no ensaio imunoenzimático. Das 31 positivas, 12,9% foram negativas na imunofluorescência indireta. Destas quatro discordantes, 25% apresentaram vírus da dengue não detectado na reação em cadeia da polimerase. Das 169 negativas, 8% foram positivas na imunofluorescência indireta. Destas, 64% foram positivas também na reação em cadeia da polimerase. O coeficiente Kappa foi 0,695 (0,56-0,83). Sensibilidade e a especificidade por imunofluorescência indireta foram, respectivamente, 87,1% e 91,7%. Conclusão: Ensaio imunoenzimático seria suficiente para diagnóstico sorológico de infecção aguda, não justificando a incorporação da imunofluorescência indireta. Substituir ensaio imunoenzimático pela imunofluorescência indireta poderia comprometer a sensibilidade para IgM. Contudo, a imunofluorescência indireta auxilia diferenciar três arboviroses simultaneamente, sendo vantajoso em epidemias concomitantes.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/métodos
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/métodos
Dengue/diagnóstico
-Arbovírus/isolamento & purificação
Padrões de Referência
Brasil
Imunoglobulina G/imunologia
Imunoglobulina M/imunologia
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/normas
Testes Sorológicos/métodos
Testes Sorológicos/normas
Reação em Cadeia da Polimerase
Sensibilidade e Especificidade
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/normas
Dengue/imunologia
Vírus da Dengue/isolamento & purificação
Anticorpos Antivirais/imunologia
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056070
Autor: Menezes, Julia Miranda; Rossener, Raissa; Silva, Ana Paula Marques Aguirra da; Rodrigues, Silvia Sanches; Mangueira, Cristóvão Luis Pitangueira.
Título: Comparison between enzyme-linked immunosorbent assay and indirect immunofluorescence for detection of antineutrophil cytoplasmic antibodies / Comparação entre os métodos de ensaio imunoenzimático e imunoflurescência indireta para a pesquisa de anticorpos anticitoplasma de neutrófilos
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5132, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To evaluate the performance of enzyme-linked immunosorbent assay and indirect immunofluorescence methods for the detection of antineutrophil cytoplasmic antibodies in a routine clinical laboratory setting. Methods A total of 227 samples were tested by indirect immunofluorescence and enzyme-linked immunosorbent assay with antigen specificity for antiproteinase 3 and antimyeloperoxidase. The proportions of positive samples were compared by McNemar hypotheses and agreement was described by Cohen's Kappa coefficient. Results The agreement of the tests was 96.5%, and the Kappa coefficient obtained was 0.70 (95%CI: 0.50-0.90; p<0.001). Considering indirect immunofluorescence as the gold standard, the sensitivity of the enzyme-linked immunosorbent assay was 0.62 and the specificity was 0.99, with diagnostic accuracy in 96% of cases. Some samples were negative in enzyme-linked immunosorbent assay and positive in indirect immunofluorescence. This situation occurred in all immunofluorescence patterns, but particularly in atypical patterns. Two samples with antiproteinase 3 positivity were considered negative in indirect immunofluorescence. Conclusion The enzyme-linked immunosorbent assay had high specificity but lower sensitivity. The performance of indirect immunofluorescence increases diagnostic sensitivity, while the search for antiproteinase 3 by enzyme-linked immunosorbent assay may also add diagnostic power.

RESUMO Objetivo Avaliar o desempenho das metodologias de ensaio imunoenzimático e imunofluorescência indireta para a detecção de anticorpos anticitoplasma de neutrófilos em um contexto de laboratório clínico de rotina. Métodos Foram testadas 227 amostras pelas metodologias de imunofluorescência indireta e ensaio imunoenzimático com especificidades para anticorpos antiproteinase-3 e antimieloperoxidase. As proporções de amostras positivas foram comparadas por hipóteses de McNemar, e a concordância foi descrita pelo coeficiente Kappa de Cohen. Resultados A concordância dos testes foi 96,5%, e o coeficiente Kappa obtido foi 0,70 (IC95%: 0,50-0,90; p<0,001). Utilizando a imunofluorescência indireta como padrão-ouro, a sensibilidade do ensaio imunoenzimático foi de 0,62 e a especificidade, 0,99, com acurácia diagnóstica em 96% dos casos. Algumas amostras apresentaram resultados negativos por ensaio imunoenzimático e positivos por imunofluorescência. Isso ocorreu em amostras com vários padrões de fluorescência, mas particularmente nos casos com padrões atípicos. Duas amostras com positividade antiproteinase 3 foram consideradas negativas por imunofluorescência. Conclusão Os métodos de ensaio imunoenzimático tiveram alta especificidade, mas sensibilidade inferior. A realização da imunofluorescência indireta aumenta a sensibilidade diagnóstica, ao mesmo tempo que a pesquisa de antiproteinase 3 por ensaio imunoenzimático também pode agregar poder diagnóstico.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/métodos
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/métodos
Anticorpos Anticitoplasma de Neutrófilos/sangue
-Padrões de Referência
Valores de Referência
Doenças Autoimunes/diagnóstico
Doenças Autoimunes/imunologia
Doenças Autoimunes/sangue
Valor Preditivo dos Testes
Reprodutibilidade dos Testes
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-844442
Autor: Cardona-Arias, Jaiberth Antonio; Carrasquilla-Agudelo, Yoneida Elena; Restrepo-Posada, Deisy Cristina.
Título: Validez de tres métodos de inmuno-diagnóstico de neurocisticercosis: revisión sistemática de la literatura con meta-análisis 1960-2014 / Validity of three methods for inmuno-diagnostic of neurocysticercosis: systematic review of the literature with meta-analysis 1960-2014
Fonte: Rev. chil. infectol;34(1):33-44, feb. 2017. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introduction: The screening of neurocysticercosis is complex and immunological methods have varying validity. Objective: To evaluate the validity of ELISA for antigen and antibody, and EITB for antibody in the screening of neurocysticercosis. Methods: Meta-analysis of diagnostic tests with an ex-ante protocol implemented in five databases with 15 search strategies, ensuring reproducibility in the selection and extraction of information. Sensitivity, specificity, likelihood ratios (LR), diagnostic odds ratio and ROC curve were estimated in MetaDiSc, and predictive values, and Youden index were estimated in Epidat. Results: EITB presented sensitivity of 85.7% (95% CI 83.5-87.7), specificity 93.9% (95% CI = 92.7-95.0), PLR 19.6 (95% CI = 8,6-44.6), NLR 0.16 (95% CI = 0.12-0.21), OR diagnostic 136.2 (95% CI = 54.7-342.6) and area under the curve 0.926. In ELISA for antibody sensitivity was 87.5% (95% CI = 86.1-88.8), specificity 92.2% (95% CI = 91.4-93.0), PLR 11.3 (95% CI = 8.45-15.11), NLR 0.15 (95% CI = 0.13-0.18), diagnostic OR 87.4 (95% CI = 60.1-127.1) and area under the curve 0.950. ELISA for antigen showed low diagnostic validity. No differences were found in these parameters by sample, antigen or antibody type. Conclusion: ELISA for antibodies and EITB have a similar diagnostic value, detection of serum and CSF showed a similar validity.

Introducción: La tamización de neurocisticercosis es compleja y los métodos inmunológicos presentan validez variable y generalmente bajos tamaños de muestra. Objetivo: Evaluar la validez de ELISA para detección de antígeno y anticuerpo, y EITB para detección de anticuerpo en la tamización de neurocisticercosis. Métodos: Meta-análisis de pruebas diagnósticas con un protocolo ex-ante aplicado en cinco bases de datos con 15 estrategias de búsqueda, garantizando reproducibilidad en la selección y extracción de la información. Se estimó sensibilidad, especificidad, cocientes de probabilidad (CP), razón de odds diagnósticas y curva ROC en MetaDiSC, y valores predictores, índice de Youden y exactitud en Epidat. Resultados: EITB presentó sensibilidad de 85,7% (IC 95% = 83,5-87,7), especificidad 93,9% (IC9 5% = 92,7-95,0), CPP 19,6 (IC 95% = 8,6-44,6), CPN 0,16 (IC 95% = 0,12-0,21), OR diagnóstica 136,2 (IC 95% = 54,7-342,6) y área bajo la curva 0,926. En ELISA para anticuerpos la sensibilidad fue 87,5% (IC 95% = 86,1-88,8), especificidad 92,2% (IC 95% = 91,4-93,0), CPP 11,3 (IC 95% = 8,45-15,11), CPN 0,15 (IC 95% = 0,13-0,18), OR diagnóstica 87,4 (IC 95% = 60,1-127,1) y área bajo la curva 0,950. ELISA para antígeno presentó baja validez diagnóstica. No se hallaron diferencias en estos parámetros según tipo de muestra, antígeno o anticuerpo. Conclusión: ELISA para anticuerpos y EITB presentan una utilidad diagnóstica similar, la detección de suero presentó una validez similar al líquido cefalorraquídeo.
Descritores: Taenia/imunologia
Anticorpos Anti-Helmínticos/sangue
Técnicas Imunoenzimáticas/métodos
Neurocisticercose/diagnóstico
Antígenos de Helmintos/imunologia
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Reprodutibilidade dos Testes
Curva ROC
Sensibilidade e Especificidade
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Metanálise
Estudo de Validação
Revisão Sistemática
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Vicente, Vânia Aparecida
Soccol, Carlos Ricardo
Texto completo
Id: biblio-1285565
Autor: Vedova-Costa, Jean Michel Dela; Ramos, Eliézer Lucas Pires; Boschero, Raphael Aparecido; Ferreira, Gabriela Nascimento; Soccol, Vanete Thomaz; Santiani, Manuel Hospinal; Pacce, Violetta Dias; Lustosa, Bruno Paulo Rodrigues; Vicente, Vânia Aparecida; Soccol, Carlos Ricardo.
Título: A Review on COVID-19 Diagnosis Tests Approved for Use in Brazil and the Impact on Pandemic Control
Fonte: Braz. arch. biol. technol;64(spe):e21200147, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CAPES; . CAPES.
Resumo: Abstract With the COVID-19 pandemic, many diagnostic tests (molecular or immunological) were rapidly standardised, given the urgency of the situation, many are still in the process of being validated. The main objective of this study was to review the aspects of the diagnostic kits approved in Brazil and their application in the different federative units to gather epidemiological information. In order to achieve these objectives, a survey was carried out on the data available at the regulatory agency (ANVISA) and in the literature. The main countries that have registered products in Brazil are China (51.4%), Brazil (16.6%), South Korea (9.2%), USA (8.8%) and Germany (3.6%). The methodologies of these products are based on the detection of nucleic-acid (15.8%), antigen (13%) and antibody (71.2%). In the immunological tests, it was verified that the sensitivity ranged from 55 to 100% and the specificity from 80 to 100%. The percentage of cases in the samples tested in Brazil is elevated in almost all federative units since eight states showed 40% of positive cases in tested samples, while 18 states displayed between 20 and 40%. In conclusion, this review showed that Brazil is dependent on external technology to respond to pandemics, epidemics and endemics disease and needs to improve its biotechnological scheme to solve further diseases outbreaks.
Descritores: Vírus da SARS/isolamento & purificação
COVID-19/diagnóstico
-Testes Imunológicos/instrumentação
Brasil/epidemiologia
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/instrumentação
Cromatografia de Afinidade/instrumentação
Teste para COVID-19/instrumentação
Teste de Ácido Nucleico para COVID-19/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1283487
Autor: Kyeong Kang, Min; Park, Jin-Won.
Título: Amplification of urea detection based on pH-sensitive liposomes
Fonte: Electron. j. biotechnol;52:30-34, July. 2021. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: This study aimed to develop an amplification method of urea detection based on pHsensitive liposomes. RESULTS: The urease covalently immobilized on the magnetic particles and the pH-sensitive liposomes encapsulating ferricyanide were added to the cyclic-voltammeter cell solution where urea was distributed. The conversion of urea into carbonic acid seemed to induce a pH decrease that caused a reduction in the electrostatic repulsion between the headgroups of weakly acidic 1,2-dipalmitoyl-sn-glycero3-succinate. The reduction induced the liposomes to release potassium ferricyanide that was encapsulated inside. The effects of urea concentration and pH value were investigated. A specific concentration (0.5 mg/mL) of the urea solution was set to observe the response. The activity of urease was reversible with respect to the pH change between 7 and 5. The sensitivity of this detection was almost identical to the comparable techniques such as an enzyme-linked immunosorbent assay and a field-effect transistor. CONCLUSIONS: In summary, the methodology developed in this study was feasible as a portable, rapid, and sensitive method.
Descritores: Ureia/análise
Lipossomos/química
-Urease/química
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Enzimas Imobilizadas
Concentração de Íons de Hidrogênio
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1253006
Autor: Wang, Meng-jie; Abbas Raza, Sayed Haidar; Wu, Qiang; Xue, Cai-hua; Liu, Jia-hua; Zhang, Long-fei; Zhang, Wen-ying; Wang, Ai-chao; Wu, Hua.
Título: Cichoric acid from extracted Echinacea purpurea induces the proliferation and apoptosis of peripheral blood mononuclear cells from yaks
Fonte: Electron. j. biotechnol;47:17-28, sept. 2020. ilus, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China; . Applied Basic Research of Foundation of Qinghai Province.
Resumo: BACKGROUND: Cichoric acid (CA) is extracted from Echinacea purpurea. It is well known and widely used for its immunological function. However, the effect of CA on peripheral blood mononuclear cells (PBMCs) from yaks is still unclear. This study investigated the potential influences of CA on the proliferation, cytokine induction, and apoptosis of PBMCs from Datong yak in vivo, and aimed to provide a basis for exploring the pharmacological activities of CA on yaks. RESULTS: In this study, CA promoted PBMCs proliferation by combining concanavalin A (Con A) and exhibited a dose-dependent effect as demonstrated by a Cell Counting Kit-8. The concentration of 60 µg/ml CA was the best and promoted the transformation from the G0/G1 phase to the S and G2/M phases with Con A. Furthermore, 60 µg/ml CA significantly increased IL-2, IL-6, and IFN-γ levels and PCNA, CDK4 and Bcl-2 expression levels, but it significantly inhibited the TP53, Bax, and Caspase-3 expression levels. Transcriptome analysis revealed a total of 6807 differentially expressed genes (DEGs) between the CA treatment and control groups. Of these genes, 3788 were significantly upregulated and 3019 were downregulated. Gene Ontology and pathway analysis revealed that DEGs were enriched in cell proliferation and immune function signaling pathways. The expression level of some transcription factors (BTB, Ras, RRM_1, and zf-C2H2) and genes (CCNF, CCND1, and CDK4) related to PBMCs proliferation in yaks were significantly promoted after CA treatment. By contrast, anti-proliferation-associated genes (TP53 and CDKN1A) were inhibited. CONCLUSIONS: In summary, CA could regulate the immune function of yaks by promoting proliferation and inhibiting inflammation and apoptosis of PBMCs.
Descritores: Succinatos/farmacologia
Ácidos Cafeicos/farmacologia
Leucócitos Mononucleares/efeitos dos fármacos
Echinacea/química
Proliferação de Células/efeitos dos fármacos
-Fatores de Transcrição
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Leucócitos Mononucleares/citologia
Western Blotting
Citocinas
Apoptose/efeitos dos fármacos
Concanavalina A/farmacologia
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
RNA-Seq
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 3582 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1284389
Autor: Lima, Maura Antonia.
Título: Circulação de anticorpos contra o vírus amarílico em população simiana da região da Usina Hidrelétrica de Porto Primavera, São Paulo, Brasil / Circulation of yellow fever virus antibodies in a simian population in the Porto Primavera Hydroelectric Plant region, in São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 72 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução - A febre amarela (FA) é uma doença infecciosa de origem viral transmitida por mosquitos. O vírus da FA mantém-se em dois ciclos básicos: um ciclo urbano do tipo homem-mosquito e um ciclo silvestre onde o vírus é mantido por meio da infecção de macacos e da transmissão transovariana nos mosquitos. Assim, é necessária uma vigilância ativa sobre as populações de primatas não humanos, a fim de detectar a circulação do vírus amarilico, quando ainda está restrito a uma epizootia, bem como determinar, pela presença de anticorpos, uma possível circulação de vírus em regiões consideradas indenes ou de transição para a doença. Objetivo - padronizar o teste imunoenzimático ELISA (Enzyme Linked Immunosorbent Assay) para verificar a prevalência de anticorpos da classe IgG para o vírus da FA em soros de bugios (Alouatta caraya) que habitam a região do reservatório da Usina Hidrelétrica de Porto Primavera, SP. Resultados - O teste ELISA foi padronizado utilizando-se conjugado comercial anti-macacos e foi utilizado para testar amostras de 570 macacos. Nenhuma amostra testada foi reativa para a presença de anticorpos contra o vírus da FA. Conclusões - Os resultados são coerentes com a epidemiologia da FA na região. Mesmo sendo considerada área de transição não se conhece, até o momento, ocorrência de epizootia ou surto de FA na população humana da área e investigações entomológicas não tem apontado a presença de vetores de FA. O teste mostrou-se sensível, rápido e útil para a vigilância epidemiológica da doença. Além da observação da circulação viral nos macacos é necessária a vigilância entomológica de vetores da doença para a tomada de medidas de prevenção, como vacinação.

transmitted by mosquitoes. The YF virus maintains itself in two basic cycles: an urban, man-mosquito-type cycle and a wild cycle, in which the virus is maintained through the infection of monkeys and transovarian transmission in mosquitoes. Thus, active surveillance of non-human primate populations is required to detect yellow fever virus circulation while it is still epizootic and to determine, through the presence of antibodies, possible virus circulation in regions that are considered either exempt of or transitional for the disease. Objective - standardize the ELISA (Enzyme Linked Immunosorbent Assay) to check the prevalence of IgG-class antibodies against the YF virus in the sera of monkeys (Alouatta caraya) that inhabit the Porto Primavera Hydroelectric Plant reservoir region, in São Paulo. Results - The ELISA test was standardized using a commercial anti-monkey conjugate to test samples collected from 570 monkeys. None of the tested samples were reactive to the presence of YF virus antibodies. Conclusions - The results are coherent with the YF epidemiology in the region. Even though it is considered a transition area, thus far no YF epizootic occurrence or outbreak among the human population has been reported in the area and entomological investigations have not pointed to the presence of YF vectors there. The test revealed to be very sensitive, fast, and useful for the disease's epidemiological surveillance. Besides the viral circulation in the reservoirs, it is necessary an entomological surveillance on the vectors to take measures of prevention, as vaccination.
Descritores: Arbovírus
Febre Amarela
Reservatórios de Doenças
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Monitoramento Epidemiológico
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 3582 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-874942
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Testes para diagnóstico da Sífilis / Syphilis diagnostic tests.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2015.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: O processo de revisão do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) de atenção integral às pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) identificou a necessidade de atualizar os testes disponíveis para o diagnóstico da sífilis, visando tornar acessíveis opções que demandam menor utilização de infra-estrutura e recursos humanos. AVALIAÇÃO DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO: Os testes diagnósticos a serem incluídos na tabela de procedimentos são opções alternativas às já existentes, ou seja, para uma mesma finalidade opta-se pelo procedimento já existente ou pelo procedimento ora incorporado. Propõe-se que o valor do ressarcimento seja o mesmo da opção já disponível. Dessa forma, não haveria impacto orçamentário adicional para o Sistema de Saúde. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As propostas de incorporação apresentadas visam atualizar o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de atenção integral às pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis a fim de oferecer opções atuais e mais eficientes para o diagnóstico da sífilis, sem com isso acarretar impacto orçamentário para o SUS. DECISÃO: Incorporar os testes RPR (Rapid Test Reagin), TRUST (Toluidine Red Unheated Serum Test), EQl (Ensaio imunológico com revelação eletroquimioluminescente) e ELISA (Enzyme Linked ImmunonoSorbent Assay) para diagnóstico de sífilis, conforme normas técnicas definidas pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS. Portaria nº 60 publicada no DOU nº 190, pág. 693, de 05/10/2015.s eficientes para o diagnóstico da sífilis, sem com isso acarretar impacto orçamentário para o SUS.
Descritores: Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Sorodiagnóstico da Sífilis
Sífilis/diagnóstico
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Análise Custo-Benefício
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 359 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde