Base de dados : LILACS
Pesquisa : E05.820.150.760 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-768163
Autor: Bianchi, G; Carvalho, S; Rivero, J.
Título: Matrizes ovinas cruzadas são sempre mais eficientes do que as matrizes puras? / Are sheep crosses always more efficient than pure sheep?
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(6):1646-1652, nov.-dez. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foi estudado o desempenho reprodutivo de 482 ovelhas multíparas (3/4 Texel x 1/4 Corriedale: TXC, 1/2 Romney Marsh x 1/2 Corriedale: RMC, 3/4 Poll Dorset x 1/4 Corriedale: PDC, 1/2 Finnish Landrace x 1/2 Merino Australiano: FLMA e Merino Australiano puras: MA), as características do crescimento de 585 cordeiros provenientes de carneiros Dorper e ovelhas: TXC (n = 68); RMC (n = 64); PDC (n = 68); FLMA (n = 183) e MA (n = 202) e os quilogramas de carne de cordeiros produzidos/kg de ovelha colocadas em cobertura (como indicador de eficiência), pastoreando campo natural e pastagens cultivadas. As ovelhas FLMA e TXC apresentaram as maiores taxas de parição (167,89 e 174,36%, respectivamente) em relação às demais cruzas, as quais não diferiram entre si (121,43 e 125,49%, PDC e RMC, respectivamente; P>0,05), porém foram superiores as MA (88,99%), sendo esse resultado uma consequência da maior quantidade de cordeiros nascidos/ovelha parida, que influenciou mais do que sua maior taxa de fertilidade. O genótipo da ovelha também afetou (P<0,0001) o crescimento dos cordeiros até o momento da sua venda com 41,6 ±6,7kg aos 206±7,25 dias de idade. Os cordeiros filhos das ovelhas TXC, PDC e RMC apresentaram maiores ganhos de peso diário que os filhos de FLMA, e esses maiores do que os MA. No entanto, de todas as cruzas avaliadas, somente a FLMA foi mais eficiente que a MA.

The reproductive performance of 482 multiparous ewes, with growth characteristics of 585 lambs from Dorper rams and ewes: 3/4 Texel x 1/4 Corriedale (TXC, n = 68); 1/2 Romney Marsh x 1/2 Corriedale (RMC, n = 64); 3/4 Poll Dorset x 1/4 Corriedale (PDC, n = 68); 1/2 Finnish Landrace x Australian Merino (FLAM, n = 183) and Australian Merino pure ewes (AM, n = 202) and kg of lamb produced/kg of sheep used in the service (as an indicator of efficiency), grazing natural and sown pastures, were studied. The TXC and FLAM sheep had the highest lambing percentage (167.89 and 174.36%, respectively) compared to the rest of the other crosses, and did not differ from each other (121.43 and 125.49%, PDC and RMC respectively, P>0.05), but were higher than AM (88.99%), due to the greater number of lambs born / ewe calving rather than their higher fertility. The type of ewe also affected (P<0.0001) lamb growth until its sale at 41.6±6.7 kg to 206±7.25 days of age, showing mothers of TXC lambs, PDC and RMC had higher daily gains than the FLAM and these more than those of MA. However, in all crosses tested, only FLAM was more efficient than MA.
Descritores: Cruzamentos Genéticos
Vigor Híbrido
Ovinos/genética
-Seleção Artificial
Técnicas Reprodutivas/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde