Base de dados : LILACS
Pesquisa : E06.170.152 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 538 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 538 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1102468
Autor: Arrebola, G; Giardini, A; Kirchbaum, A. M; Aredes, J.
Título: Rehabilitación inicial de un niño con anodoncia: presentación de una situación clínica / Initial rehabilitation of a child with anodontia: report of a clinical situation
Fonte: Rev. Fac. Odontol. (B.Aires);34(76):25-30, 2019. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo de este trabajo es describir la rehabilitación inicial de un niño preescolar con displasia ectodérmica (DE) y anodoncia. Realizó la primera consulta a los 30 meses con ambos rebordes desdentados y requerimientos familiares de estética y función acorde a su edad. Requirió un amplio abordaje interdisciplinario (odontopediatra, psicóloga, fonoaudióloga y especialista en prótesis). Se instalaron prótesis totales removibles (PTR) en ambos maxilares rebasadas con material resiliente de larga duración, que cumplieron los requisitos de retención, soporte, estabilidad y confort para el niño.Conclusión: los pacientes con anodoncia requieren rehabilitación a edades tempranas, siendo necesaria la participación de equipos interdisciplinarios que aportan diferentes recursos para mejorar la estética, favorecer la función y la inserción en el contexto psicosocial acompañando el crecimiento y desarrollo (AU)
Descritores: Displasia Ectodérmica/complicações
Displasia Ectodérmica/reabilitação
Anodontia/reabilitação
-Equipe de Assistência ao Paciente
Argentina
Faculdades de Odontologia
Fonoterapia
Assistência Odontológica para Doentes Crônicos
Assistência Odontológica para Crianças/métodos
Prótese Total
Limites: Humanos
Masculino
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  2 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873329
Autor: Cericato, Graziela Oro; Siviero, Daniela; Woitchunas, Fábio Eduardo; Damian, Melissa Feres.
Título: As vértebras cervicais como instrumento para determinação da idade óssea / Cervical vertebrae as an instrument for establishment of bone age
Fonte: RFO UPF;12(1):42-46, 30/04/2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A avaliação da região de mão e punho em radiografias carpais (RC) é a metodologia mais utilizada para determinar a idade ósea (IO). Contudo , a fim de diminuir a dose de radiação e o custo dos exames, sugere-se a sua substituição pela análise das vértebras cervicais (VC) em telerradiografias laterais (TRL). Assim, objetivou-se avaliar a validade de um método que estima a IO utilizando as VC, correlacionando-o à idade cronológica (IC) do paciente. A hipótese nula (Ho) testada foi a de que não há diferença entre a IO estimada por este método e a IC. Para tanto, utilizou-se uma amostra de 170 TRL de arquivo de pacientes de ambos os sexos, com IC entre 60 e 124 meses. A IO foi estimada por meio de uma fórmula matemática, na qual as variáveis são mensurações realizadas no corpo da VC 3 e 4, de acordo com o método testado. Adicionalmente, avaliaram-se a confiabilidade e a reprodutibilidade deste método de estimativa da IO. A aplicação do teste de Pearson revelou ausência de correlação entre IO estimada e IC para a amostra total e, principalmente, para os indivíduos do sexo masculino. No entanto, na amostra feminina, a correlação, mesmo que muito fraca, foi significativa. Além disso, os testes inter e intra-avaliadores revelaram correlações positivas e de valores altos, indicando que o método é fidedigno e possibilita reprodução. Diante destes resultados, conclui-se que o método de estimativa da IO testado foi reproduzível e confiável, contudo não mostrou correlação consistente com a IC, especialmente em pacientes do sexo masculino, rejeitando parcialmente Ho. Por isso, sugere-se a realização de estudos adicionais, que modifiquem os padrões da fórmula original, antes de invalidar o método em questão
Descritores: Assistência Odontológica para Crianças
Estatura-Idade
Ossos da Mão
Punho
Radiologia
Vértebras Cervicais
Limites: Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR337.1 - Biblioteca


  3 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873686
Autor: Bengtson, Camilla Regina Galvão; Bengtson, Nadya Galvão; Bengtson, Antonio Lucindo; Pinheiro, Sergio Luiz; Mendes, Fausto Medeiros.
Título: O uso da anestesia geral em Odontopediatria / The use of general anesthesia in pedodontics
Fonte: J. Health Sci. Inst = Rev. Inst. Ciênc. Saúde;24(4):319-325, out.-dez. 2006. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Para realizar o tratamento odontológico infantil, o odontopediatra pode contar com grande variedade de técnicas de controle no condicionamento. Essas estratégias muitas vezes têm se mostrado insuficientes para a conclusão da terapêutica em crianças muito medrosas, ansiosas e pouco colaboradoras. A anestesia geral é mais um recurso para o controle de comportamento de pacientes difíceis com resultado imediato, contudo seu uso é bastante limitado como oferta de serviços odontológicos. O objetivo do trabalho é, através de uma revisão da literatura apresentar e discutir as principais normas técnicas a serem respeitadas nas instituições descrevendo um tratamento odontológico infantil realizado em ambiente hospitalar sob anestesia geral
Descritores: Anestesia Geral
Assistência Odontológica para Crianças/métodos
Comportamento Infantil
-Competência Clínica
Odontopediatria
Planejamento de Assistência ao Paciente
Ética Odontológica
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  4 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095346
Autor: Chumpitaz-Cerrate, Victor; Bellido-Meza, José A; Chávez-Rimache, Lesly; Rodríguez-Vargas, Cecilia.
Título: Influencia del uso de inhaladores sobre la caries dental en pacientes pediátricos asmáticos: Estudio de casos y controles / Impact of inhaler use on dental caries in asthma pediatrics patients: A case-control study
Fonte: Arch. argent. pediatr;118(1):38-43, 2020-02-00. tab.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción. El asma es una enfermedad inflamatoria crónica con alta prevalencia en pacientes pediátricos. Existen resultados contradictorios respecto al efecto de esta enfermedad en los índices de caries dental. El objetivo del estudio fue determinar la prevalencia de caries dental en pacientes pediátricos asmáticos con medicación inhalatoria. Población y métodos. Estudio de casos y controles cuya muestra estuvo conformada por pacientes pediátricos que acudieron al Centro Médico Naval "Cirujano Mayor Santiago Távara" de diciembre de 2014 a marzo de 2015. Se dividieron en dos grupos: el primero (casos), integrado por pacientes asmáticos que utilizaban inhaladores en su tratamiento; el segundo (controles), por pacientes sanos del mismo nosocomio. Se realizó una evaluación médica para determinar tipo, tiempo y frecuencia del tratamiento y un examen oral para determinar la prevalencia de caries dental y el índice de dientes cariados, perdidos y obturados (CPOD). Resultados. Se encontró que la prevalencia de caries dental en el grupo control fue del 34,2 %, mientras, en el grupo casos, fue del 28,3 % (p = 0,094). Con respecto al índice de caries dental, el grupo control presentó CPOD de 4,73 ± 0,32, y el grupo casos, de 3,98 ± 0,31 (p = 0,08). Sin embargo, se evidenció que, a mayor tiempo de tratamiento con los inhaladores, el índice CPOD aumentaba significativamente (p = 0,04).Conclusiones. La medicación inhalatoria no incrementa la prevalencia de caries dental en pacientes pediátricos asmáticos. Sin embargo, existe una relación directa entre la duración del tratamiento y la prevalencia de caries dental

Introduction. Asthma is a chronic inflammatory disease that is highly prevalent among pediatric patients. The results about the effect of asthma on the rate of dental caries are contradictory. The objective of this study was to determine the prevalence of dental caries in asthma pediatric patients using inhaled drugs. Population and methods. Case-control study in a sample made up of pediatric patients who attended Centro Médico Naval "Cirujano Mayor Santiago Távara" between December 2014 and March 2015. Patients were divided into two groups: group A (cases) included asthma patients using inhalers as part of their treatment; group B (controls), healthy subjects who attended the same facility. A medical examination was done to determine the type, time, and frequency of treatment and an oral exam, to establish the prevalence of dental caries and the decayed, missing, and filled teeth (DMFT) index. Results. The prevalence of dental caries was 34.2 % in the control group and 28.3 % in the case group (p = 0.094). In relation to the rate of dental caries, the DMFT index in the control group was 4.73 ± 0.32, and 3.98 ± 0.31 in the case group (p = 0.08). However, it was evidenced that a longer duration of inhaler use led to a significantly higher DMFT index (p = 0.04).Conclusions. Inhaled drugs do not increase the prevalence of dental caries in asthma pediatric patients. However, there is a direct relationship between treatment duration and the prevalence of dental caries.
Descritores: Asma/tratamento farmacológico
Suscetibilidade à Cárie Dentária
Inaladores Dosimetrados
Inaladores de Pó Seco
-Broncodilatadores/administração & dosagem
Estudos de Casos e Controles
Epidemiologia Descritiva
Prevalência
Perda de Dente
Corticosteroides/administração & dosagem
Assistência Odontológica para Crianças
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  5 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049252
Autor: Penha, Elizandra Silva; Rolim, Ana Karina Almeida; Santos, Carlus Alberto Oliveira dos; Guênes, Gymenna Maria Tenório; Medeiros, Luanna Abílio Diniz Melquíades de; Costa, Camila Helena Machado da.
Título: Pediatric dentistry content in civil service examinations in the state of paraíba: how is this specialty being addressed? / Conteúdo de odontopediatria em concursos públicos na paraíba: de que forma essa especialidade está sendo abordada?
Fonte: Biosci. j. (Online);36(1):304-309, jan./feb. 2020. ilus.
Idioma: en.
Resumo: This research study aimed at evaluating the content related to pediatric dentistry addressed in civil service examinations in the state of Paraíba through the analysis and classification of questions. Questions related to pediatric dentistry addressed in civil service examinations for the dentist position in the Family Health Program, held in the state of Paraíba, between the years 2001 and 2017 were evaluated. Across the state, 107 civil service examinations were identified and, when applying the exclusion criteria, 9 identical tests were found, consequently, being removed, totaling 98 examinations. After the analysis, 3,949 questions were obtained and only 54 questions were related to pediatric dentistry, representing 1.36% of total questions. The questions were classified according to the topic and the cognitive level according to the BLOOM's revised taxonomy. Results showed that topics related to oral rehabilitation and surgical management, including questions regarding anesthesia, surgery, pulp therapy, endodontic treatment, operative and restorative dentistry, dental materials, traumatic injuries and prosthesis/rehabilitation corresponded to 42% of the questions. The most prevalent cognitive domains were recall and analyze, corresponding to 45% and 29%, respectively. Thus, questions concerning oral rehabilitation and surgical management were the most addressed in civil service examinations, in which the domains remember and analyze were predominant. There were no questions requiring complex cognitive domain such as assessing and creating.

Esse trabalho teve como objetivo verificar o conteúdo de Odontopediatria abordado em concursos públicos da Paraíba através da análise e classificação de questões. Foram extraídas questões que versavam sobre os assuntos da área de Odontopediatria de certames disponíveis realizados e encerrados, de todas as cidades do estado da Paraíba para o cargo de cirurgião-dentista do Programa Saúde da Família entre os anos de 2001 e 2017. De todo o estado foram coletados 107 certames e ao aplicar os critérios de exclusão, foram removidas 9 provas idênticas, totalizando 98. Após análise destas, obteve-se 3949 questões e dessas apenas 54; 1,36% do total, versavam sobre Odontopediatria. As questões foram classificadas de acordo com o tópico genérico de que se tratavam e o nível cognitivo que exigiam de acordo com a Taxonomia Revisada de BLOOM. Os resultados mostraram que o tópico referente à reabilitação bucal e manejo cirúrgico, foi o de maior prevalência correspondendo a 42% das questões e as dimensões cognitivas mais prevalentes foram lembrar e analisar que corresponderam a 45% e 29%, respectivamente. Foi possível concluir que questões referentes à reabilitação bucal e manejo cirúrgico foram as mais abordadas em concursos públicos no contexto da Odontopediatria e que as dimensões lembrar e analisar foram as de maior prevalência. Não houve ocorrência de questões que exigiam dimensões cognitivas mais complexas, como avaliar e criar.
Descritores: Seleção de Pessoal/métodos
Odontopediatria
Assistência Odontológica para Crianças
Estratégia Saúde da Família
Odontólogos
-Brasil
Estudos Retrospectivos
Procedimentos Cirúrgicos Bucais
Reabilitação Bucal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850187
Autor: Costa, Michael Medeiros; Barbosa, Arthur Diego Leite; Fernandes, Jocianelle Maria Félix de Alencar; Fonseca, Fátima Roneiva Alves; Paredes, Suyene de Oliveira.
Título: Conhecimento e práticas em saúde bucal nas escolas de ensino fundamental de um município de pequeno porte do sertão paraibano / Knowledge and practices in oral health of elementary school teachers from a small city in the savanna region of the state of Paraíba, Brazil
Fonte: Arq. odontol;50(04):193-202, 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Este estudo objetivou avaliar o conhecimento dos professores e práticas de saúde bucal nas escolas de ensino fundamental em um município de pequeno porte pertencente ao Sertão Paraibano. Materiais e Métodos: Utilizou-se um questionário composto por questões relativas às condições sociodemográficas, ao conhecimento das principais medidas preventivas e agravos de saúde bucal, como também questões relacionadas à existência de atividades educativas em saúde bucal nas unidades públicas de ensino. A amostra correspondeu ao censo de professores cadastrados na rede de ensino fundamental de Desterro-PB, totalizando 61 educadores. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva. Resultados: Comprovou-sepercentual considerado de professores graduados ou pós-graduados (81,9%). Quando avaliados a respeito dosprincipais agravos de saúde bucal; 54,3% dos entrevistados mencionaram cárie dentária como uma patologiae apresentam conhecimento satisfatório em relação à etiologia da doença. Ao serem questionados em relaçãoàs medidas preventivas em saúde bucal; 95,1% dos educadores afirmaram que a técnica utilizada é o fatormais importante durante a escovação dentária, porém, apenas 16,4% relataram inserir a quantidade correta de dentifrício na escova. Um percentual expressivo da amostra já recebeu informações a respeito dos cuidadosem saúde bucal (95,1%). Porém, do total de pesquisados, um pouco mais da metade afirmou transmitir essasinformações aos alunos. Entre aqueles que relataram não realizar tal tarefa, 41% mencionaram a falta de materialde apoio como maior obstáculo para abordar os conteúdos dentro das instituições de ensino. A existência deatividades educativas em saúde bucal, realizada por odontólogos, foi presenciada por 85,2 % dos educadores.Conclusão: Embora existam práticas preventivas nas escolas pesquisadas, há necessidade da implementaçãode programas de educação continuada sobre saúde bucal...
Descritores: Assistência Odontológica para Crianças
Saúde Bucal/educação
-Fatores Socioeconômicos
Gerenciamento da Prática Profissional/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  7 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015144
Autor: Biondi, Ana María; Cortese, Silvina Gabriela; Babino, Lucía; Toscano, Marina Andrea.
Título: Molar incisor hypomineralization: analysis of asymmetry of lesions
Fonte: Acta odontol. latinoam;32(1):44-49, 2019. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Clinically, MolarIncisor Hypomineralization (MIH) lesions are not distributed symmetrically, and their severity varies even within the same arcade. Aim: To estimate the frequency of asymmetries in hypomineralized lesions on permanent molars and incisors of children with MIH. Methods: Three pediatric dentists, calibrated following the diagnostic criteria of MathuMuju and Wright (2006) (Kappa 0.87) identified presence and severity of opacities on molars and incisors of patients with MIH. Six pairs of teeth (permanent maxillary and mandibular first molars, central and lateral incisors) were evaluated in each patient. Degree of lesion severity (0­none, 1­mild, 2­moderate, 3­severe) was recorded for each tooth. For each pair containing any affected teeth, asymmetry of presence (one tooth in the pair with lesion and the other intact), asymmetry of severity (both teeth with lesions but with different degrees of severity) or symmetry of severity (both affected teeth with the same degree of severity) were evaluated. The recorded values were entered into a database to calculate percentages, 95% confidence intervals and ChiSquare test for comparisons. Results: The sample consisted of 475 of the 1032 pairs of teeth evaluated in the 172 patients included in the study, mean age 11± 2.2 years, and 50% female. Asymmetry was found for 67.5% (63.1 71.7) of the pairs of the studied teeth. There was a significant relationship between asymmetries and symmetries (p=0.038). A total 50.1% of the pairs were asymmetrical for presence of opacities. Of these, 62.2% scored severity 1 (mild). Symmetry of severity was found for 32.5% of the lesions. Among the pairs of affected teeth, the most frequently observed degrees of lesion severity were mild and moderate, with the exception of lower molars, in which 49% had severe lesions. Conclusions: In this study, MIH lesions were asymmetrical both in presence and severity for all tooth types (AU)

Clínicamente las lesiones de Hipomineralización Molar Incisiva (HMI) no tienen una distribución simétrica variando su severidad inclusive en la misma arcada. Objetivo: Estimar la frecuencia de asimetrías en lesiones de hipomineralización en molares e incisivos permanentes de niños afectados con HMI. Métodos: Tres odontopediatras calibrados (Kappa 0,87) según los criterios de diagnóstico de MathuMuju y Wright (2006), registraron presencia y severidad de opacidades en molares e incisivos de pacientes con HMI. En cada paciente se evaluaron 6 pares de piezas dentarias permanentes: primeros molares, incisivos centrales y laterales de ambos maxilares. Para cada una de las piezas se registró el grado de severidad de la lesión (0­intacto, 1­leve, 2­moderado, 3­severo). Para cada par con alguna de sus piezas afectadas, se analizó si presentaba asimetría de presencia (una pieza del par con lesión y la otra intacta), asimetría de severidad (ambas piezas con lesión pero con distinto grado de severidad) o simetría (ambas piezas afectadas con el mismo grado de severidad en la lesión). Se calcularon porcentajes, I.C. del 95% y CHI2 para las comparaciones. Resultados: La muestra quedó conformada por los 475 pares de piezas dentarias que presentaron lesión entre un total de 1032 pares de piezas analizadas en los 172 pacientes incluidos en el estudio (edad media 11 ± 2,2 años, 50% género femenino). El 67,5% (63,171,7) de los pares de piezas dentarias estudiados presentaron relación de asimetría. La relación entre frecuencia de asimetrías y simetrías fue significativa (p= 0,038). Del 50,1% de los pares que presentó asimetrías en presencia, un 62,2% mostró grado de severidad 1(leve) en una de sus piezas. Entre los pares afectados, las lesiones leves y moderadas fueron las más observadas en todos los grupos dentarios, a excepción de los molares inferiores que revelaron un 49% de lesiones severas. Conclusiones: En este estudio las lesiones de HMI presentaron, en su mayoría, algún tipo de asimetría (de presencia o de severidad) en todos los grupos dentarios (AU)
Descritores: Anormalidades Dentárias
Desmineralização do Dente
Esmalte Dentário/anormalidades
Incisivo
Dente Molar
-Argentina
Estudos Transversais
Análise Estatística
Estudos Prospectivos
Assistência Odontológica para Crianças
Dentição Permanente
Estudo Observacional
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  8 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771363
Autor: Lopes, Tatiana Roriz; Almeida, Anderson Barbosa de; Moreira, Renata de Oliveira; Carvalho, Andréia Aparecida Henriques; Garcia, Felipe de Melo; Rocha, Carina Máximo da; Siqueira, Luisa Pereira de; Fajardo, Ednea Aparecida; Pereira, Emiliani Reis; Paula, Natália Cristina Sales de; Alagoano, Verônica Medeiros; Guimarães, Thiago Souza Duque; Oliveira, Lais Marques de.
Título: Determinantes sociais e biológicos da cárie dentária na infância: uma experiência interdisciplinar no PET saúde - UFJF / Social and biological determinants of dental caries in infancy: an interdisciplinary experience in the health care work education program - UFJF
Fonte: Rev. APS;18(1), jan. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: A cárie dental é uma patologia multifatorial, transmissível,que possui como característica etiológica a interação defatores biológicos e sociais. Apresenta-se como a doen-ça crônica mais comum na infância, sendo, portanto, umgrande desafio para a saúde pública em nível mundial. Oobjetivo do presente estudo foi, através de uma abordagemquantitativa e qualitativa, avaliar os determinantes sociais ebiológicos da cárie dental em crianças de 0 a 2 anos de idade,assim como promover ações que venham proporcionaruma maior integração interdisciplinar na assistência àsaúde bucal. Os resultados obtidos demonstram a falta deconhecimento dos responsáveis quanto aos principais fatoresde risco para a cárie dentária, na faixa etária pesquisada,assim como evidencia o quanto os mesmos subestimama importância da assistência à saúde bucal dessascrianças. Diante disso, fica evidente a necessidade de esforçosinterdisciplinares constantes para o enfrentamentodo problema, com a participação ativa de todos os profissionaisde saúde envolvidos na atenção primária à saúde.

The dental caries condition is a multifactorial disease,transmissible, whose etiology is characterized by theinteraction of biological and social factors. It is the mostcommon chronic childhood disease and is thereforea major challenge to public health worldwide. Theobjective of this study was, through a quantitative andqualitative approach, to evaluate the social and biologicaldeterminants of dental caries in children from 0 to 2 yearsof age, and to promote actions that would provide greaterinterdisciplinary integration in oral health care. The resultsfound demonstrate the lack of knowledge of the adultsresponsible, regarding the main risk factors for dentalcaries in the age group studied, as well as highlight howthose adults underestimate the importance of oral healthcare for these children. Thus there is an obvious need forongoing interdisciplinary efforts to address the problem,with the active participation of all health professionalsinvolved in primary health care.
Descritores: Higiene Bucal
Assistência Odontológica para Crianças
Cárie Dentária
-Serviços de Saúde Bucal
Profilaxia Dentária
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 538 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1009720
Autor: Torres, Henrique Cavalli(org); Galante, Antônio Carlos Cardoso(org).
Título: Programa de Assistência Integral em Saúde Bucal entre Escolares no Município de Ilhabela: histórico de 2005 aos dias atuais / Program of Comprehensive Oral Health Care among Schoolchildren in the Municipality of Ilhabela: historical from 2005 to the present day
Fonte: BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.);19(supl):76-79, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho descreve o Programa de Saúde Bucal com crianças de 0 a 16 anos implementado pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação de Ilhabela ­ SP, a partir de 2005, baseado no Programa Brasil Sorridente lançado em 20041. O programa consiste na intervenção de quatro Agentes de Saúde Bucais que visitam mensalmente todas as escolas municipais realizando orientações de higiene oral, evidenciação de placa bacteriana e escovação supervisionada durante o ano letivo. Concomitantemente, os cirurgiões dentistas e suas auxiliares visitam as escolas semestralmente para avaliação de risco, orientações e aplicação tópica de flúor, encaminhando para a Unidade de Saúde todas as crianças com necessidade de tratamento. Como resultado do Programa, observou-se uma diminuição acentuada de cáries. Em 2006, as crianças sem cáries aos 12 anos representavam 47,75% e CPOD de 5,80; em 2017, a porcentagem aumentou para 80,88% e CPOD 0,99.
Descritores: Educação em Saúde Bucal
Assistência Odontológica para Crianças
Planejamento em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação


  10 / 538 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1070478
Autor: Segre, Conceição A. M.
Título: Roteiro para a prevenção em saúde bucal / Oral health prevention regulation.
Fonte: São Paulo; s.n; jul. 1989. 65 p. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A criança é um ser humano em crescimento e desenvolvimento dinâmico no aspecto físico, mental e social, cuja variação nessa interação provoca uma complexa diferença em sua formação. Um dos aspectos importantes, nesse conjunto, está a odontologia que tem por finalidade promover, preservar e recuperar a integridade morfo-funcional do aparelho mastigador, isto é, a articulação têmporo-mandibular, o maxilar superior, mandíbula, músculos e dentes. Pensando dessa forma, o Programa da Criança propõe este roteiro para prevenção em saúde bucal.
Descritores: Assistência Odontológica para Crianças
Bem-Estar da Criança
Criança
Odontopediatria
Promoção da Saúde
Saúde Bucal
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WU113, S455r, 1989



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde