Base de dados : LILACS
Pesquisa : E06.761.599 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 63 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 63 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Maia, Lucianne Cople
Texto completo
Id: biblio-1021147
Autor: Soares, Thais Rodrigues Campos; Santos, Jeane Batista dos; Rodrigues, Gabriella Fernandes; Santos, Stella Rodrigues dos; Risso, Patrícia de Andrade; Maia, Lucianne Cople.
Título: Knowledge of paediatric patients and their guardians about mouth guards
Fonte: Rev. Cient. CRO-RJ (Online);3(1):23-28, Jan.-Apr. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Mouth guards are devices used to prevent injuries during sports activities. Objective: The aim of this study is to evaluate the knowledge of paediatric patients and their guardians about mouth guards. Methods: Paediatric patients from 9 to 15 years old and their guardians who sought care in the Paediatric Clinic of the Dentistry School were invited to participate. Their knowledge about mouth guards was collected through a two-part questionnaire with open and closed ended questions. The first part of the questionnaire contained sociodemographic questions and a main question about what a mouth guard is. The second part was solely about mouth guards and was applied immediately after an explanation about mouth guards at the end of the first part. All data collected were tabulated and analysed descriptively. Results: A total of 122 guardians were interviewed; 39.3% had children who practised some type of sports activity and 32% reported a trauma episode. Most (54.9%) did not know what a mouth guard was but, after explanation, 57.4% had seen someone using one. A total of 33 paediatric patients were interviewed, 60.6% of whom practised some sport; 27.3% of these had already suffered some type of dental trauma during the activity. None of the interviewees used a mouth guard during their sports activity, although 97% believed that using a mouth guard was important and 78.8% believed that the protector did not interfere with the activity. Conclusion: Guardians and paediatric patients have little knowledge about mouth guards.

Introdução: Os protetores bucais são usados para prevenir lesões durante atividades esportivas. Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar o conhecimento sobre os protetores bucais dos pacientes pediátricos e seus responsáveis. Métodos: Pacientes pediátricos de 9 a 15 anos, que procuraram atendimento na Clínica Pediátrica da Faculdade de Odontologia e seus responsáveis foram convidados a participar. Seu conhecimento sobre protetores bucais foi coletado através de um questionário em duas partes com perguntas abertas e fechadas. A primeira parte do questionário continha algumas questões sociodemográficas e uma questão principal sobre o que é um protetores bucais. A segunda parte era apenas sobre protetores bucais e foi aplicada imediatamente após uma explicação sobre os protetores bucais no final da primeira parte. Todos os dados coletados foram tabulados e analisados de forma descritiva. Resultado: Um total de 122 guardiões foram entrevistados, 39.3% tiveram crianças que praticavam algum tipo de atividade esportiva e 32% relataram um episódio de trauma. A maioria (54.9%) não sabia o que é um protetor bucal, mas após a explicação, 57.4% tinham visto alguém usando um. Um total de 33 pacientes pediátricos foram entrevistados, 60.6% praticaram algum esporte e 27.3% deles já sofreram algum tipo de trauma dental durante a atividade. Nenhum dos entrevistados usa um protetor bucal durante a atividade esportiva, embora 97% acreditem que usar um protetor bucal é importante e 78.8% acreditam que o protetor não interfere com a atividade. Conclusão: Em conclusão, os guardiões e pacientes pediátricos têm pouco conhecimento sobre os protetores bucais.
Descritores: Protetores Bucais
-Traumatismos em Atletas/prevenção & controle
Adolescente
Traumatismos Dentários/prevenção & controle
Prevenção de Doenças
Responsável: BR1356.1 - Biblioteca Prof Antonio F Ribeiro da Silva Filho


  2 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-900302
Autor: Corral, Camila; Mercado, Montserrat; Latapiat, André; Veliz, Andrea; Garrido, Mauricio; de Oliveira Jr, Osmir Batista.
Título: Protector bucal por laminado a presión en paciente deportista / Pressure lamination technique mouthguard for athlete patient
Fonte: Rev. clín. periodoncia implantol. rehabil. oral (Impr.);10(3):166-168, dic. 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN: El traumatismo dentoalveolar incluye un conjunto de lesiones que afectan a los dientes y/o estructuras de soporte a consecuencia de un impacto violento directo o indirecto. Debido a que por lo general comprometen el sector anterior generan cambios físicos, fonéticos, psicológicos y dietarios, que pueden afectar significativamente la calidad de vida de pacientes afectados por este traumatismo. Los protectores bucales son considerados la principal medida para minimizar y/o evitar estos traumatismos. El presente artículo describe el tratamiento y procedimientos para realizar un protector bucal por laminado a presión en un paciente deportista con historia previa de traumatismo dentoalveolar en incisivos centrales superiores.

ABSTRACT: Traumatic dental injuries involve lesions that affect teeth and/or adjacent supporting structures as a consequence of direct or indirect violent impact. Due to As it affects the anterior teeth, in most of the cases, it provokes changes in the physical appearance, altering phonetics, psychology and the diet of the affected subject. These changes may significantly alter the quality of life of patients affected by this type of trauma. Mouthguards are considered the primary appliance for minimizing and/or avoiding dental trauma. The present article describes the treatment and procedures to perform a mouthguard by pressure lamination technique in a patient that who practices sports and with a history of trauma affecting the upper central incisors.
Descritores: Traumatismos em Atletas/prevenção & controle
Traumatismos Dentários/prevenção & controle
Protetores Bucais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL58.1 - Biblioteca


  3 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906594
Autor: Romero Pérez, Adriana; Galán López, Alexandra; Gutiérrez Valdez, Dulce Haydeé; Díaz Romero, Rosa María; Canseco López, Joaquín.
Título: Comparación del confort de dos protectores bucales en jugadores de fútbol americano / Comparing the comfort of two mouth protectors in football players
Fonte: Rev. ADM = ADM;75(2):80-87, mar.-abr. 2018. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Los deportes de contacto aumentan el riesgo de traumatismo causando alteraciones funcionales, estéticas y psicológicas. Los protectores bucales son parte del equipo de seguridad que protegen al deportista de estos accidentes, es importante que brinde confort para lograr el mejor rendimiento físico. Objetivo: Comparar el confort de los jugadores de fútbol americano con el uso de protectores prefabricados y protectores personalizados. Metodología: Se realizó un estudio cuasiexperimental, analítico y prospectivo donde se incluyeron 15 jugadores de futbol americano de la Facultad de Estudios Superiores Acatlán, UNAM, que firmaron consentimiento informado. La autora principal de este proyecto fabricó los protectores bucales superiores con hoja de copolímero de etilvinilacetato (EVA) #35. El protector prefabricado fue de silicón. Los jugadores realizaron dos prácticas de entrenamientos donde hicieron 30 minutos de carrera, 15 de estiramiento, 60 de fuerza y destreza en donde requerían de estar en constante comunicación verbal y 30 de cardiovascular en gimnasio (usaron un protector en cada entrenamiento). Se aplicó un cuestionario ­previamente validado por consenso de expertos­ para evaluar el confort en la respiración, lenguaje, náuseas, adaptación, comodidad e hidratación bucal con cada tipo de protector. La información se analizó en el programa SPSS v19.0; se usaron proporciones para las variables cualitativas y medidas de tendencia central y dispersión para las cuantitativas. Para comparar el confort con el uso de ambos protectores se empleó la prueba χ2, con un nivel de significancia p < 0.05. Resultados: La media de edad fue de 20 ± 2 años. Con el protector personalizado 11 jugadores (0.73) refirieron que respiraron y hablaron mejor, sintieron menos náusea 12 (0.80), mejor adaptación 11 (0.73) y mayor comodidad 12 (0.80) que, con el uso de protector bucal prefabricado, encontrando diferencias estadísticamente significativas (p < 0.05) y ocho (0.53) refirió menos hidratación bucal (p > 0.05). Doce (0.80) de los jugadores mencionaron tener mayor confort con el protector personalizado. Conclusiones: Con la metodología empleada y en la muestra estudiada, el uso de un protector bucal personalizado fabricado con hoja de copolímero de etilvinilacetato (EVA) #35 ofrece una mejor adaptación y comodidad, después de dos prácticas de entrenamiento (AU)

The contact sports, increase the risk of trauma causing functional, aesthetic and psychological alterations, mouth guards are part of the safety equipment that protects the athlete from this kind of accidents, it is also important that the mouth guard had to provides comfort, for achieve a best physical performance. Objective: Make the comparison with the comfort of American football players with the use of prefabricated protectors and customized protectors. Method: A quasi-experimental, analytical and prospective study was carried out, including 15 American football players from the Facultad de Estudios Superiores Acatlán, UNAM, who signed an informed consent. The lead author of this project manufactured the upper mouth guards with ethylvinylacetate (EVA) #35 copolymer foil. The prefabricated protector was made of silicone. The players performed two practice sessions where they did 30 minutes of running, 15 of stretching, 60 of strength and skill where they required being in constant verbal communication and 30 of cardiovascular in a gymnasium (they used a protector in each training). A questionnaire ­previously validated by expert consensus­ was applied to evaluate comfort in breathing, language, nausea, adaptation, comfort and oral hydration with each type of protector. The information was analyzed in the program SPSS v19.0; proportions were used for the qualitative variables and measures of central tendency and dispersion for the quantitative ones. To compare the comfort with the use of both protectors the test χ2 was used, with a level of signifi cance p < 0.05. Results: The mean age was 20 ± 2 years. With the personalized protector, 11 players (0.73) reported that they breathed and spoke better, feeling less nausea 12 (0.80), better adaptation 11 (0.73) and greater comfort 12 (0.80) than with the use of prefabricated mouth guards, fi nding statistically signifi cant diff erences (p < 0.05) and 8 (0.53) reported less oral hydration (p > 0.05). 12 (0.80) of players mentioned having more comfort with the custom protector. Conclusions: The use of a personalized mouth guard off ers better fi t and comfort made with sheet copolymer of ethylvinylacetate, after two training practices (AU)
Descritores: Desempenho Atlético
Futebol Americano
Protetores Bucais
Silicones
Compostos de Vinila
-México
Polietilenos
Estudos Prospectivos
Análise Qualitativa
Análise Quantitativa
Análise Estatística
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  4 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874795
Autor: Silveira, Eliane Garcia da(edt); Araújo, Silvana Marchiori de(edt); Schmitt, Beatriz Helena Eger(edt); Farias, Maria Mercês Aquino Gouveia(edt); Campos, Luciane(edt); Caregnato, Morgana(edt).
Título: Conhecimento e atitudes dos odontopediatras do Estado de Santa Catarina acerca de mecanismos de prevenção de traumatismos bucais relacionados a esportes / Knowledge and attitude of pediatric dentists in the State of Santa Catarina, about prevention devices against sport-related mouth trauma
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);38(6):341-346, nov.-dez. 2009. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi analisar o conhecimento e as atitudes dos Odontopediatras do Estado de Santa Catarina acerca de mecanismos de prevenção de traumatismos bucais relacionados a esportes. Material e método: Realizou-se um estudo descritivo, transversal, mediante levantamento de dados primários, por meio de um questionário composto por 14 perguntas, do tipo fechado. Resultado: Dos 256 questionários enviados, apenas 95 (37,1%) retornaram devidamente respondidos. A maioria dos profissionais (80%) realiza alguma orientação aos seus pacientes e repectivos pais/responsáveis, visando à prevenção de traumas. Durante a anamnese, a maioria questiona acerca de traumatismos ocorridos (94,7%) e práticas desportivas (63,2%). Em relação ao conhecimento dos profissionais acerca de protetores bucais, 96,8% relataram ter tal conhecimento; dentre estes, 79,3% já fizeram alguma indicação e 60,9% sabem confeccionar um protetor bucal individualizado. Dos 79,3% que já fizeram indicações, 71,2% indicam o protetor bucal do tipo individualizado. Em relação ao conhecimento a respeito das funções dos protetores bucais, 96,8% conhecem a função de proteção contra golpes diretos e indiretos, mas apenas 9,5% conhecem todas as suas funções. Os danos psicoemocional, estético e funcional, causados por um trauma na região orofacial, foram todos reconhecidos pela maioria dos profissionais (91,6%). Conclusão: Constata-se que os Odontopediatras de Santa Catarina apresentam conhecimentos e atitudes positivas em relação a mecanismos de prevenção de traumatismos bucais relacionados a esportes; porém, mais informações a respeito deste tema precisam ser reforçadas.

Objective: The objective of this research was to analyze the knowledge and attitude of Pediatric dentists in the state of Santa Catarina, about prevention devices against sport-related mouth trauma. Material and method: It is a cross-sectional descriptive study through the raising of primary data based on a 14 close-ended (multiple choice) questionnaire. Result: Of the 256 questionnaire sent out, only 95 (37.1%) were returned. Most professionals (80%) instruct patients and their parents about trauma prevention. During anamnesis, most of them questioned their patients about trauma suffered during sport-related activities (94.7%) and about the practice of sports (63.2%). Regarding the knowledge professionals have about mouthguards, 96.8% reported to know about them, of which 79.3% have already recommended mouthguards, and 60.9% knew how to manufacture a custom-made mouthguard. Among the 79.3% of the professionals who have already recommended mouthguards, 71.2% recommended the custom-made type. In relation of the knowledge about the role of mouthguards, 96.8% were aware about the protection function against direct and indirect impact, but only 9.5% knew all their functions. Psychological, emotional, aesthetic and functional damages caused by trauma to the oro-facial region are recognized by most professionals (91.6%). Conclusion: It is concluded that Pediatric dentists in the state of Santa Catarina have knowledge and a positive attitude about prevention devices against sport-related mouth trauma, then more information about it needs to be reinforced.
Descritores: Prevenção de Acidentes
Traumatismos em Atletas
Protetores Bucais
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  5 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cavalcanti, Alessandro Leite
Texto completo
Id: biblio-874600
Autor: Cavalcanti, Alessandro Leite; Santos, Fábio Gomes dos; Peixoto, Larissa Rangel; Gonzaga, Amanda Katarinny Goes; Dias, Clara Hermínia Silva; Xavier, Alidianne Fábia Cabral.
Título: Ocorrência de injúrias orofaciais em praticantes de esportes de luta / Orofacial injuries in combat sports practitioners
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;12(2):223-228, jul. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a ocorrência de lesões orofaciais em praticantes de esportes de luta. Método: Realizou-se um estudo transversal, descritivo-analítico, com abordagem indutiva e técnica de pesquisa a observação direta extensiva. A amostra do tipo não probabilística foi composta por 85 praticantes de esportes de luta matriculados em academias de Campina Grande-PB. Os dados foram coletados mediante a aplicação de um questionário composto por perguntas abertas e fechadas, dicotômicas e de múltipla escolha. As variáveis analisadas foram: sexo, idade, número e tipo de esporte praticado, importância e uso do protetor bucal, tipo de protetor bucal (pré-fabricado, termoplástico ou confeccionado pelo cirurgião-dentista), ocorrência de lesão associada à prática esportiva, região acometida e injúria na cavidade bucal. Os dados foram apresentados por meio da estatística descritiva. Para a análise bivariada utilizou-se os testes Exato de Fisher e Qui-quadrado (p menor que 0,05%). Resultados: A maioria dos atletas eram homens (76,5%), sendo a média de idade de 27,4 anos (±8,7). Quanto ao número de esportes, observou-se que a maioria fazia um único esporte de luta (90,6%). No que concerne ao tipo de esporte, verificou-se um predomínio do boxe (46,2%), seguido do Jiu-Jitsu (25,8%). A quase totalidade dos indivíduos (95,3%) afirmou conhecer a importância dos protetores bucais, porém apenas 41,7% relataram utilizá-lo, durante a prática esportiva existindo diferença estatisticamente significante entre o uso e o sexo do atleta (P=0,023). O tipo de protetor bucal mais utilizado foi o termoplástico (51,4%). Com relação à ocorrência de lesões nas distintas regiões do corpo, 43,5% afirmaram ter sofrido injúrias, existindo associação entre o sexo e a presença de lesão (P=0,002). Lesões na cavidade bucal foram reportadas por 16,5% dos praticantes, sendo todos do sexo masculino, existindo, portanto, associação estatisticamente significante entre o sexo e a presença de lesões na cavidade bucal (P=0,016). Conclusão: Há um predomínio do sexo masculino entre os atletas de esportes de luta, porém nem todos fazem uso dos protetores bucais durante a prática esportiva, apesar da alta ocorrência de injúrias nas regiões da cabeça e face. As lesões na cavidade bucal apresentaram uma baixa frequência nesses desportistas.

Objective: The purpose of this study was to evaluate the occurrence of orofacial injuries among combat sports practitioners. Method: A cross-sectional descriptive-analytical study was conducted in a sample of 85 combat sports practitioners from fitness gyms in the city of Campina Grande, PB, Brazil. The data were collected using a questionnaire applied to the participants and referred to gender, age, type and number of the practiced sports, importance and use of mouthguard, type of mouthguard, occurrence of injuries related to sports practice, affected region, and oral injury. The data were processed by Epi Info 3.5.1 software and presented by descriptive statistics. Fisher's exact and chi-square tests were employed for bivariate analysis (p less than 0.05). Results: Most athletes were men (76.5%) and the mean age was 27.4 ± 8.7 years. The prevailing sports practices were boxing (46.2%) and jiu-jitsu (25.8%). Only 41.7% of the interviewers used a mouthguard during sports practice and there was a statistically significant difference for its use between the genders (p=0.023). Thermoplastic mouthguard was the most frequently used type (51.4%). Occurrence of diverse injuries in different regions of the body was reported by 43.5% of the subjects, with a statistically significant association between gender and presence of injury (p=0.002). Oral injuries were reported by 16.5% of the practitioners, all of them male, with a statistically significant association between gender and presence of oral injuries (p=0.016). Conclusion: Mouthguard is not properly used by combat sports practitioners, in spite of the high rate of injuries in the head and face region. There was a low frequency of oral injuries among these athletes.
Descritores: Artes Marciais/lesões
Distribuição de Qui-Quadrado
Protetores Bucais
Traumatismos Dentários/diagnóstico
Traumatismos Dentários/prevenção & controle
Traumatismos Maxilofaciais/diagnóstico
Traumatismos Maxilofaciais/etiologia
Traumatismos em Atletas/diagnóstico
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  6 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-873986
Autor: Coto, Neide Pena; Dias, Reinaldo Brito e; Costa, Ricardo Aurélio; Geraldini, Cleusa Aparecida Campanini.
Título: Estudo de ação da saliva nas propriedades mecânicas de protetores bucais para esporte* / Study on the effect of saliva on the effect of saliva on the mechanical properties of mouth protectors for sports
Fonte: J. Health Sci. Inst = Rev. Inst. Ciênc. Saúde;27(1):48-51, jan.-mar. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução - A eficiência e a durabilidade de protetores bucais para esporte dependem diretamente da forma com que são usados, pois sempre se apresentam em condições básicas de presença ou ausência de saliva. Para observar se essa condição de uso interfere em suas propriedades mecânicas este trabalho observa através de modelo experimental de arcos dentais obtidos em epóxi, acoplados a uma máquina universal de ensaios Kratos programada para movimento de compressão, o comportamento mecânico de protetores bucais para esporte, confeccionados em copolímero de etileno e acetato de vinila - EVA, posicionados no arco superior. Material e Métodos - Foram formados dois grupos de estudo: protetores bucais secos e protetores bucais saturados em saliva artificial, sendo estes últimos obtidos através de análise de saturação com o auxílio de balança analítica para observação de ganho de massa. As propriedades mecânicas observadas foram força máxima e energia absorvida. Resultados - Os resultados foram submetidos a análise estatística t-student (p < 0,05). Observou-se que no grupo dos protetores bucais saturados com saliva houve redução da força máxima (p = 0,00) devido a plastificação do material, responsável pela redução das forças intermoleculares ocasionando maior deformabilidade do protetor atestado pelo aumento da energia absorvida (p = 0,05) quando comparado ao grupo dos protetores secos. Conclusão - Conclui-se que a presença da saliva altera o comportamento mecânico do protetor bucal confeccionado em EVA tornando-o mais dúctil, portanto diminuindo a probabilidade de fraturas dentais e/ou lesões em tecidos circunvizinhos
Descritores: Protetores Bucais
Saliva Artificial/química
Teste de Materiais/métodos
-Técnicas In Vitro
Polietilenos
Polivinil/química
Análise Estatística
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  7 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-872242
Autor: Cormack, Elson Fontes; Cardoso, Lucienne de Carvalho; Sales, Júlio César Vilela de; Araújo, Carlos Sérgio de.
Título: Impacto radical / Radical impact
Fonte: Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent;52(4):265-71, jul.-ago. 1998. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A cada ano vêm aumentando os traumatismos bucais durante a prática de esportes, com fratura ou mesmo perda dos dentes, ensejando o surgimento do cirurgião-dentista especialista em Odontologia Desportiva. No Brasil, muitos sequer conhecem os atributos desse especialista
Descritores: Traumatismos em Atletas
Protetores Bucais
Esportes
Traumatismos Dentários
-Fraturas dos Dentes
Perda de Dente
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  8 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cardoso, Antonio Carlos
Cardoso, Antonio Carlos
Id: biblio-871925
Autor: Cardoso, Antônio Carlos; Cardoso, Mariane.
Título: Placas oclusais e protetores bucais / Occlusal splints and mouth protectors
Fonte: In: Cardoso, Antonio Carlos. Oclusäo: para você e para mim. Säo Paulo, antos, 2003. p.188-212, ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Protetores Bucais/normas
Placas Oclusais/normas
-Protetores Bucais/classificação
Protetores Bucais
Protetores Bucais/história
Protetores Bucais/provisão & distribuição
Protetores Bucais/tendências
Placas Oclusais/classificação
Placas Oclusais
Placas Oclusais/história
Placas Oclusais/provisão & distribuição
Placas Oclusais/tendências
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta
BR28.1; D131, C179o


  9 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-869376
Autor: Ruarte, Rafael.
Título: Odontología en el deporte: ¿sólo un protector bucal?: [Editorial] / Sports dentistry: just a mouthguard deal?: [Editorial]
Fonte: Rev. Asoc. Odontol. Argent;104(4):133-135, oct.-dic. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: Muchas veces se interpreta que entre los odontólogos y los deportistas media sólo un protector bucal. Hoy se considera que la odontología es tan importante como la nutrición y la psicología, las cuales integran el equipo médico de entidades deportivas, sobre todo en los ámbitos de alto rendimiento y profesionalismo. La odontología que se practica a los deportistas no difiere de la que se presta a cualquier otro paciente. Las prácticas odontológicas dependen, en todo caso, de las características propias de esa población, las que determinan una atención diferenciada o adaptada. Nuestra tarea abarca la prevención, el diagnóstico y el tratamiento de las distintas patologías y lesiones. La actuación en el área de la atención primaria de la salud nos conecta con deportistas, lo cual aporta experiencias que guían nuestras acciones. En cuanto a los protectores bucales, necesarios en los deportes de contacto, existen diferentes tipos, espesores y características que se adaptan al deporte en cuestión y a la edad de quien lo practica; y también existen diferentes procedimientos para su confección. Por todo esto, debemos apuntar a que los pacientes acudan a nosotros, en lugar de adquirir directamente en los comercios los dispositivos que pueden no ser apropiados.

Many times, it is believed that a mouthguard is all thatseparates athletes from dentists. Dentistry is nowadays consideredto play an important role in medical support of high performance sport teams as well as nutrition or psychologyand more so in professional practice. Dental care providedto athletes is obviously not different from that performed inregular patients.The difference is given by the distinctive features presentedby them, which will require treatment adapted to their specialneeds. As dentists, we also know that our work includesprevention, diagnosis and subsequent treatment of differentlesions and pathologies. Since our field of action is withinprimary health care, an initial consultation with the athletewill provide the information that will guide our counseling, treatment, and regular controls. Regarding physical contact sports where a mouthguard might be indicated, differenttypes, thicknesses and materials are available as well as different processing techniques. All of these possibilities can beused to motivate athletes for dental consultation leading themto avoid standard devices that are sold in sport stores.
Descritores: Protetores Bucais/normas
Traumatismos em Atletas/etiologia
Traumatismos em Atletas/prevenção & controle
-Fraturas dos Dentes/prevenção & controle
Fraturas Maxilomandibulares/prevenção & controle
Fatores de Risco
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  10 / 63 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-867894
Autor: Gialain, Ivan Onone.
Título: Estudo da eficácia de protetores bucais para esporte quanto à espessura por meio de análise em elementos finitos / Finite element analysis of the efficacy of sports mouthguards regarding thickness.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 59 p. ilus, tab. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Símbolo: BR.
Resumo: Atletas de diversas modalidades esportivas estão sujeitos a sofrer lesões no complexo dento-maxilo-facial por diversos impactos mecânicos, como choques contra o solo, outros atletas, bolas, etc. As principais preocupações dos cirurgiões-dentistas em relação a esses choques são as lesões irreversíveis em elementos dentais e/ou bases ósseas. A melhor estratégia para controlar a ocorrência e gravidade dessas lesões é a utilização de protetores bucais invidualizados, que além da proteção, não diminuem o desempenho dos atletas. Para avaliar a eficiência dos protetores bucais a análise por elementos finitos foi empregada, e o objetivo do presente trabalho foi avaliar o comportamento mecânico do protetor em EVA de diversas espessuras diferentes. A análise por elementos finitos foi conduzida utilizando a geometria de um incisivo central obtida por meio de tomografia computadorizada. A simulação foi constituída pelo esmalte e dentina do elemento dental, protetor bucal em EVA e uma esfera de borracha que era o objeto impactante. As geometrias foram transformadas em elementos sólidos e apenas os nós do terço apical da dentina radicular foram fixados. O pré-processamento foi realizado no Hypermesh® e no LS-PrePost®,o processamento foi feito pelo software LS-DYNA®.O estudo foi observado em 3D.

Foram observadas a máxima e a tensão mínima principal no esmalte e na dentina em cinco variáveis: com protetor bucal de 1mm, 2mm, 3mm e 4mm, e como grupo controle foi utilizada uma geometria simples sem EVA. A tensão mínima principal no esmalte ocorreu no centro da face vestibular e seu valor foi maior sem o protetor bucal e diminuiu com o aumento da espessura do protetor, a tensão máxima no esmalte ocorreu na união entre esmalte e dentina na face vestibular. Na dentina a tensão máxima principal ocorreu na face vestibular da raiz e a tensão mínima ocorreu na face palatina. Os resultados mostraram que o protetor bucal foi benéfico, diminuindo as tensões compressivas e de tração no esmalte, porém não mostrou significante melhoria quando as tensões na dentina foram comparadas.

In different sports, the athletes are likely to experience injuries on teeth, soft tissue and bone, usually by mechanic trauma, such as falling on the ground, shocking against other player, balls, etc. The dentist main concerns are the permanent injuries on teeth and bone complex. The best strategy to fight these impairments still is the prevention, using individualized sports mouthguards. To evaluate the efficacy of the mouthguards, the finite element analysis was used, and the purpose of the present study was to evaluate the mechanical behavior to the EVA mouthguard on different thickness. The finite element analysis was made using geometry of a superior central incisor, which was acquired by computerized tomography. The simulation was made with enamel and dentin from the tooth, an EVA mouthguard and a rubber sphere that was the impacting object. All geometries was transformed into solid elements and the knots on the apical third of the root dentin were fixed. The pre-process was made using Hypermesh® and LS-PrePost® e and processing of data was made on LS-DYNA® software. The results were the maximum and minimum main stress on the enamel and dentin solids in five different situations: no mouthguard and mouthguard with thickness of 1mm, 2mm, 3mm and 4mm.

The minimum main stress on the enamel was measured at the center of the vestibular surface and the higher value was observed with no mouthguard and the values decreased as the thickness of the mouthguard increased, the maximum main stress on enamel occurred near the amelodentin junction on the vestibular surface, but no significant changes were observed among the situations. As for the dentin the maximum main stress occurred on the buccal surface of the root, and the minimum main stress on the lingual surface. The results show that the mouthguard was efficient decreasing the compressive and tensile stress on enamel, but did not make significant improvement as on both stresses on dentin.
Descritores: Equipamento de Proteção Individual/estatística & dados numéricos
Equipamento de Proteção Individual
Odontologia Preventiva/métodos
Protetores Bucais/estatística & dados numéricos
Protetores Bucais
Traumatismos em Atletas/diagnóstico
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; T5.067



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde