Base de dados : LILACS
Pesquisa : E06.780.346.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 525 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 53 ir para página                         

  1 / 525 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147496
Autor: Roman, Jeremias; Miguelez, Sebastian; Mosca, Christian Oscar.
Título: Diente fusionado por concrescencia en un paciente pediátrico: reporte de caso / Dente fusionado por concrescência em paciente pediátrico: relato de caso / Tooth fused by concrescence in a pediatric patient: case report
Fonte: Rev. odontopediatr. latinoam;10(1):93-101, 2020. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Las anomalías dentales se definen como malformaciones congénitas por falta o aumento en el desarrollo de los tejidos dentarios, clasificadas según forma, número, tamaño y posición. La concrescencia es un término utilizado para referirse a un tipo de fusión que ocurre después de que la corona está completamente formada y los dientes se unen solo por el cemento. En el presente artículo se presenta el caso de un paciente masculino de 14 años que concurre al servicio de odontología del "Hospital Interzonal General de Agudos Presidente Perón de Avellaneda", con una fusión dentaria por concrescencia de los dientes 47 y 48. En este caso ante la inclusión del diente 47 y su fusión con el diente 48, se decidió la remoción quirúrgica teniendo en cuenta las patologías asociadas a un diente retenido y las molestias ocasionadas en el paciente

As anomalias dentárias são definidas como malformações congênitas devido à falta ou aumento do desenvolvimento de tecidos dentários, classificadas de acordo com a forma, número, tamanho e posição. A concrescência é um termo usado para se referir a um tipo de fusão que ocorre depois que a coroa é completamente formada e os dentes são unidos apenas pelo cimento. Neste artigo, apresentamos o caso de um paciente do sexo masculino de 14 anos de idade, que freqüenta o serviço odontológico do Hospital Interzonal Presidente Perón de Avellaneda, com fusão dentária para a união dos dentes 47 e 48, com a inclusão da peça de dente 4.7 e sua fusão com a peça de dente 4.8, a remoção cirúrgica foi decidida levando-se em consideração as patologias associadas a uma peça dentária retida e o desconforto causado no paciente.

Dental anomalies are defined as congenital malformations due to lack or increase in the development of dental tissues, classified according to shape, number, size and position. The concrescence is a term used to report a type of fusion that occurs after the crown is completely formed and adjacent teeth are joined only through cement. In this case report, we present the case of a 14-year-old male patient who attends the dentistry service of the "Interzonal Hospital of Agudos President Perón", with teeth fusion of 4.7 and 4.8. In this case, due to the fusion of 4.7 and 48 surgical removal was decided taking into account the associated pathologies of a retained tooth and the likely discomfort that may be caused for the patient
Descritores: Anormalidades Dentárias
-Anormalidades Congênitas
Dente Impactado
Coroas
Cemento Dentário
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO5.1 - Centro de Información y Conocimiento


  2 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007021
Autor: Ramírez Peña, Héctor Alejandro; Rangel Padilla, Eyra Elvyra; Martínez-Menchaca, Héctor R; Rivera Silva, Gerardo; Arredondo Campo, Gabriela; Barba Borrego, Natalia; Martínez, Gustavo Israel; Valencia Hitte, Roberto.
Título: Evaluación estética de seis tipos de coronas para dientes primarios / Avaliação estética de seis tipos de coroas para dentes decíduos / Aesthetic evaluation of six types of crowns for primary teeth
Fonte: Rev. odontopediatr. latinoam;7(1):6-15, 2017. ilus, tab.
Idioma: es; pt.
Resumo: Objetivo: Evaluar las preferencias estéticas en relación con el color y la forma de coronas primarias utilizadas para dientes incisivos superiores primarios, mediante la realización de una encuesta a miembros de la Academia Mexicana de Odontología Pediatrica (AMOP). Material y Métodos: Se establecieron seis grupos de estudio con seis coronas diferentes: grupo 1, coronas de zirconia EZ-Pedo; grupo 2, coronas de zirconia NuSmile Zr; grupo 3, coronas estéticas hechas en el consultorio; grupo 4, coronas de fundas de celuloide; grupo 5, coronas estéticas prefabricadas NuSmile signature; y grupo 6, coronas estéticas fenestradas. Se llevaron a cabo encuestas con la finalidad de conocer las preferencias estéticas de estas diferentes coronas, con la finalidad de conocer cuál es la mejor opción para su uso en el consultorio dental. Resultados: Noventa miembros de la AMOP realizaron una encuesta válida, y se determinó que el grupo 4 fue el mejor evaluado, seguido de los grupos 2, 5, 1, 6 y 3. Se identificaron diferencias significativas entre los diferentes grupos. Conclusiones: Las coronas de fundas de celuloide fueron seleccionadas como mejor alternativa de uso en los dientes primarios anteriores, por parte de los miembros de la AMOP; asimismo, se consideró a las coronas de zirconia como una buena opción terapéutica. Es recomendable que se implemente el tratamiento estético en dientes primarios, para realizar un tratamiento integral.

Objectivo: Avaliar as preferências estéticas sobre cor e forma das coroas primários utilizados para a incisivos superiores primários, através da realização de uma pesquisa com membros da Academia Mexicana de Odontopediatria (Amop). Material e Métodos: Seis grupos de estudo com seis coroas diferentes foram estabelecidas: Grupo 1, coroas de zircônia EZ-Pedo; Grupo 2, coroas de zircônia NuSmile Zr; Grupo 3, coroas estéticas feitas no escritório; Grupo 4 casos coroas celulóide; Grupo 5, coroas estéticas prefabricados assinatura NuSmile; e Grupo 6, fenestrado coroas estéticas. Eles realizaram pesquisas, a fim de satisfazer as preferências estéticas destas coroas estéticas diferentes, a fim de saber qual é a melhor escolha para uso no consultório odontológico. Resultados: Noventa membros AMOP fez um levantamento válido, e determinou-se que o Grupo 4 foi o melhor avaliado, seguido pelos grupos foram identificados 2, 5, 1, 6 e 3. As diferenças significativas entre os grupos. Conclusões. As coroas de tampas de celulóide foram selecionados como o melhor uso alternativo nos dentes primários acima, por membros da Amop; Também as coroas de zircônia foi considerado como uma boa opção terapêutica. Recomenda-se que o tratamento cosmético é implementado em dentes primários, para um tratamento abrangente.

Objective: Evaluate the aesthetic preferences regarding color and shape of primary crowns used for primary upper incisors, by conducting a survey of members of the Mexican Academy of Pediatric Dentistry (AMOP). Material and Methods: Six study groups with six different crowns were established: Group 1, zirconia crowns EZ-PEDO; Group 2, zirconia crowns NuSmile Zr; Group 3 aesthetic crowns made in the office; Group 4 cases strip crowns; Group 5, aesthetic crowns prefabricated NuSmile signature; and Group 6, fenestrated esthetic crowns. They conducted surveys in order to meet the esthetic preferences of six different aesthetic crowns, in order to know the best choice for use in the dental office. Results: Ninety AMOP members made a valid survey, and it was determined that Group 4 was the best evaluated, followed by the groups 2, 5, 1, 6 and 3. Significant differences between groups were identified. Conclusions: Members of the AMOP selected strip crowns as the best alternative use in the above primary teeth; furthermore zirconium crowns were considered as a good alternative. It is recommended that the cosmetic treatment should be implemented in primary teeth, for a comprehensive treatment.
Descritores: Coroas
-Coroas/tendências
Facetas Dentárias
Incisivo
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Responsável: CO5.1 - Centro de Información y Conocimiento


  3 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999782
Autor: Gutiérrez Marín, Natalia; López Soto, Andrea.
Título: Evaluación in vitro de la dureza superficial en amalgamas y coronas de acero cromado / Avaliação in vitro da dureza superficial em amálgamas e coroas de aço / In vitro evaluation of micro-hardness of amalgam and stainless-steel crowns
Fonte: Rev. odontopediatr. latinoam;8(2):123-130, 2018. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: la elección del material restaurador es uno de los puntos críticos cuando se va a restaurar un diente temporal. Tradicionalmente, la corona de acero cromado ha sido empleada en dientes con extensa destrucción coronal o posterior a un tratamiento pulpar; no obstante, la amalgama también ha sido muy utilizada. Existen estudios que miden el porcentaje de éxito a nivel clínico de dichos materiales, sin embargo, no hay investigaciones que midan y comparen las propiedades físicas. Objetivo: evaluar la dureza superficial en amalgamas y coronas de acero cromado. Materiales y método: se confeccionaron 15 cuerpos de prueba de amalgama SDI tipo GS80, y 15 cuerpos de prueba con un trozo de corona de acero cromado marca 3M. Los cuerpos de prueba se elaboraron en dos tiempos diferentes, unos fueron alma-1. DDS, Especialista en Odontopediatría. Profesora de Odontopediatría, Facultad de Odontología, Universidad de Costa Rica, San José, Costa Rica. 2. DDS, MSc. Profesora, Facultada de Odontología, ULACIT Universidad Latinoamericana de Ciencia y Tecnología, San José, Costa Rica. cenados por 4 años y los otros por 3 días al 100% de humedad relativa. A cada cuerpo de prueba se le hicieron 2 indentaciones con el microdurómetro Micromet 2001 para determinar la dureza superficial. Los resultados obtenidos fueron evaluados por el test ANOVA (p≤0,05) Resultados: se comprobó que la media de la dureza superficial de la corona de acero cromado es significativamente mayor que la media de la amalgama (p=0,000). La dureza superficial de la amalgama aumenta de forma significativa con el tiempo de almacenamiento (p=0,000). Conclusiones: el material que presentó mayor dureza superficial fue la corona de acero cromado. Los valores de microdureza de la amalgama son tiempo-dependientes, no así los valores registrados con las coronas de acero cromado.

Introdução: a seleção do material restaurador é um ponto crítico no momento da restauração de dentes decíduos.Tradicionalmente, a coroa de aço tem sido utilizada em dentes com muita destruição coronária ou após tratamento endodôntico, porém o amálgama pode também ser utilizado nesses casos. Existem estudos que determinam a porcentagem de sucesso a nível clínico desses materiais, no entanto, poucas pesquisas medem e comparam as propriedades físicas. Objetivo: avaliar a dureza superficial em amálgamas dentais e coroas de aço. Materiais e método: foram elaborados 15 corpos de prova de amálgama SDI tipo GS80, e 15 corpos de prova com um fragmento de coroa de aço marca 3M. A fabricação dos corpos de prova ocorreu em dois tempos distintos, sendo alguns armazenados por 4 anos e outros por 3 dias a 100% de umidade relativa. A dureza superficial foi determinada a partir de duas endentações feitas com o microdurômetro Micromet 2001 em cada corpo de prova. Os resultados foram avaliados com o teste de ANOVA (p≤0,05). Resultados: a média da dureza superficial da coroa de aço foi significativamente maior que a média da dureza do amálgama (p=0,000). A dureza superficial do amálgama aumenta significativamente conforme o tempo de armazenamento (p=0,000). Conclusões: a coroa de aço foi o material que apresentou maior dureza superficial. Os valores da microdureza do amálgama são tempo-dependentes, diferentemente dos valores da coroa de aço.

Introduction: the choice of the restorative material is critical for the restoration of primary teeth. Traditionally, stainless-steel crowns have been used in teeth with extensive crown destruction or after pulp treatment; however amalgam can be used too. There are studies that have measured the clinical success of these materials; however, there are no reports that have measured and compared the physical properties between them. Aim: evaluate the micro-hardness of dental amalgam and stainless steel crown. Method and materials: test objects of SDI amalgam type GS80 (15) and 3M stainless-steel crown (15) were made in two different times, some were stored for 4 years and the others for 3 days at 100% relative humidity. Two indentations were made to each test object with the Micromet 2001 microdurometer to determine the micro-hardness. The results obtained were evaluated by the ANOVA test (p≤0.05). Results: the average of the microhardness stainless steel crown was significantly higher than the average of the amalgam (p=0.000). The micro-hardness of the amalgam increases significantly with the storage time (p=0.000). Conclusions: the stainless-steel crown was the material with the highest micro-hardness. The micro-hardness values of the amalgam are time-dependent.
Descritores: Coroas
Amálgama Dentário
-Análise de Variância
Restauração Dentária Temporária
Restauração Dentária Temporária
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Responsável: CO5.1 - Centro de Información y Conocimiento


  4 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121977
Autor: Foad, Ahmed; Hamdy, Amina; Fatah, Ghada Abd el; Aboelfadl, Ahmad.
Título: Influence of CAD/CAM Material and Preparation Design on the Long-term Fracture Resistance of Endocrowns Restoring Maxillary Premolars / Influência do material de CAD / CAM e tipo de preparo na resistência à fratura a longo prazo de coroas endodônticas adesivas na restauração de pré-molares superiores
Fonte: Braz. dent. sci;23(4):1-9, 2020. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To evaluate the effect of different occlusal preparation designs and CAD/CAM materials on the fracture resistance of maxillary premolars end crowns. Materials and Methods: sixty-four endodontically treated upper first premolars were randomly divided into four groups according to ceramic materials (Vita Enamic and IPS emax CAD) and occlusal preparation designs (Anatomical and horizontal butt joint). After teeth preparation, the restorations were all made by CAD/CAM system (Cerec MCXL). Half of each group had undergone cyclic fatigue testing of 105 cycles with 50N loading force at a frequency of 0.5Hz in a mechatronic chewing simulator machine, and then all samples were loaded to fracture using a universal testing machine with a cross head speed of 0.5 mm/min recording the fracture resistance values in N . The specimens were measured and statistically analyzed using using three-way analyses of variance (ANOVA), followed by serial two-way and one-way ANOVAs at each level of the study. P-values were adjusted for multiple comparisons using BENFORRONI correction and the significance level was set at P ≤ 0.05 for all tests. Results: Vita Enamic endocrowns showed higher fracture resistance values than IPS e max specimens. Conclusions: Vita Enamic endocrowns with anatomical preparations were found to be more favourable restoring endodontically treated maxillary premolars (AU)

Objetivo: Avaliar o efeito de diferentes tipos de preparo oclusal e materiais CAD/CAM na resistência à fratura de coroas endodônticas adesivas em pré-molares. Materiais e Métodos: Sessenta e quatro primeiros pré-molares superiores tratados endodonticamente foram divididos randomicamente em quatro grupos de acordo com os materiais cerâmicos (Vita Enamic e IPS emax CAD) e tipos de preparo oclusal (Recobrimento Incisal Anatômico e Horizontal). Após o preparo dental, as restaurações foram confeccionadas pelo sistema CAD/CAM (Cerec MCXL). Metade de cada grupo foi submetido a testes de fadiga cíclica de 105 ciclos com força de carga de 50N a uma frequência de 0,5Hz em uma máquina simuladora de mastigação mecatrônica, e então todas as amostras foram submetidas a fratura por uma máquina de teste universal com uma velocidade de 0,5 mm / min registrando os valores de resistência à fratura em N. As amostras foram medidas e analisadas estatisticamente usando análises de variância de três fatores (ANOVA), seguidas por ANOVAs de dois fatores e de um fator em cada nível do estudo. Os valores de p foram ajustados para comparações múltiplas usando a correção BENFORRONI e o nível de significância estabelecido foi de P ≤ 0,05 para todos os testes. Resultados: Coroas endodônticas adesivas da Vita Enamic mostraram maiores valores de resistência à fratura do que as amostras de IPS emax. Conclusões: Verificou-se que as coroas endodônticas adesivas da Vita Enamic com preparos com recobrimento incisal anatômico foram mais favoráveis para restaurar os pré-molares superiores tratados endodonticamente (AU)
Descritores: Dente Pré-Molar
Desenho Assistido por Computador
Coroas
Restaurações Intracoronárias
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  5 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-362608
Autor: Thompson, Van P; Rekow, Dianne E.
Título: Dental ceramics and the molar crown testing ground
Fonte: J. appl. oral sci;12(n.esp):26-36, 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: All ceramic crowns are highly esthetic restorations and their popularity has risen with the demand for life-like and cosmetic dentistry. Recent ceramic research has concentrated on developing a fundamental understanding of ceramic damage modes as influenced by microstructure. Dental investigations have elucidated three damage modes for ceramic layers in the 0.5-2 mm thickness using point contacts that duplicate tooth cuspal radii; classic Hertzian cone cracking, yield (pseudo-plastic behavior), and flexural cracking. Constitutive equations based upon materials properties have been developed that predict the damage modes operational for a given ceramic and thickness. Ceramic thickness or thickness of the stiff supporting core in layer crowns is critical in flexural cracking as well as the flaw state of the inner aspect of the crown. The elastic module of the supporting structure and of the luting cement and its thickness play a role in flexural fracture. Clinical studies of ceramics extending over 16 years are compared to the above relationships and predictions. Recommendations for clinical practice are made based upon the above.
Descritores: Coroas
Cerâmica
-Fadiga
Dente Molar
Prótese Dentária
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  6 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alves Júnior, Clodomiro
Texto completo
Id: lil-524131
Autor: Sá, Juliana Carvalho; Galvão, Nierlly Karinni de Almeida Maribondo; Alves, Manuella Bessa de Magalhães; Mendes, Márcio Williams Duarte; Alves Júnior, Clodomiro.
Título: Efeito de consecutivas refusões de ligas de ni-cr utilizadas em prótese fixa / Effect of recasting Ni-Cr alloys used in prosthetic procedures
Fonte: Ciênc. odontol. bras;11(2):49-57, abr.-jun. 2008. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Para a confecção de coroas metalocerâmicas, uma série de etapas devem ser realizadas. A mudança nesses passos pode ocasionar alterações tanto na liga metálica como na porcelana e como conseqüência, na adesão entre elas. Um fator que deve ser levado em consideração, consiste em analisar o efeito das refusões, uma vez que nos laboratórios protéticos torna-se comum a prática do seu reaproveitamento. Tal fato pode ocasionar perda qualitativa e quantitativa dos elementos de liga e como conseqüência, diferença em suas propriedades, sendo um grande indicativo de falhas em certas coroas. O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito do número de refusões sobre a microestrutura, porosidade e dureza dessa liga, contribuindo, desta forma, para uma melhoria dos trabalhos protéticos na realização das coroas metalocerâmicas. Deste modo, coroas de ligas refundidas em 1 e 2 vezes, foram comparadas com aquelas apenas fundidas em dois laboratórios de prótese de Natal-RN. As microestruturas foram observadas por microscopia óptica. Utilizando-se o programa de análise de imagem, Image Pro-Plus, avaliou-se a porosidade existente nessas amostras. A amostra fundida apresentou regiões com porosidade máxima de 9% no laboratório 1 e 11% no laboratório 2, enquanto que as amostras das ligas refundidas e refundidas 2 vezes apresentaram porosidades até 14% e 86% respectivamente no laboratório 1 e 12% e 70% no laboratório 2. Com relação à microdureza, os resultados indicaram que, na medida em que se aumenta o número de refusões, a dureza diminui para ambos os laboratórios.
Descritores: Coroas
Ligas Dentárias
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  7 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119591
Autor: Araújo, Mariana Pinheiro de.
Título: A Hall Technique (HT) como estratégia de manejo de lesões de cárie em molares decíduos: um estudo de coorte relacionado à esfoliação precoce e 36 meses de um ECR comparado com o Tratamento Restaurador Atr / The Hall Technique as caries management approach for primary molars: a cohort study related to early exfoliation and 36 months RCT compared to Atraumatic Restorative Treatment.
Fonte: São Paulo; s.n; 20200000. 155 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo desta tese foi avaliar e comparar evidências científicas quanto à eficácia da Hall Technique (HT) comparada ao Tratamento Restaurador Atraumático (ART) para manejo de lesões de cárie de molares decíduos aplicados em campo (ambiente escolar). Este volume apresenta um compilado de um estudo de coorte retrospectivo, onde é avaliada a associação entre a HT e a esfoliação de molares decíduos, e um ensaio clínico randomizado, que compara a eficácia de dois tratamentos restauradores (ART e HT), desfechos reportados pelo paciente e a custo-eficácia do tratamento experimental (HT) quando aplicado em campo, seguindo as recomendações STROBE, CONSORT, CONSORT-PRO e CHEERS respectivamente. O estudo de coorte retrospectivo investigou a associação da utilização da HT para restaurar molares decíduos com possível esfoliação precoce. Crianças que apresentavam molares decíduos restaurados com coroas de aço através da HT e possuíam o dente contralateral presente em boca estando este hígido, restaurado com outro material/técnica que não fosse a HT, cariado ou selado foram incluídas e tiveram radiografias e registros clínicos acessados para avaliar o tempo de esfoliação. Um ensaio clínico randomizado (ECR) de superioridade foi delineado e conduzido, apresentando como desfecho primário a sobrevida de restaurações ocluso-proximais de molares decíduos tratados pelo ART e pela HT em ambiente escolar, sem nenhum tipo de facilidade odontológica após 3 anos de acompanhamento. Este ensaio clínico teve como desfechos secundários a resolução da dimensão vertical de oclusão (DVO) após a cimentação das coroas de aço pela HT; a esfoliação dos dentes tratados no estudo; o desconforto relatado pelo paciente no momento em que as restaurações foram realizadas; a aceitabilidade dos tratamentos pelos pacientes e seus responsáveis; percepção das crianças em relação à qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) e a custo-eficácia dos tratamentos. Os pacientes incluídos no ECR foram tratados por 3 diferentes operadores, sendo eles dois estudantes de graduação em Odontologia e um especialista em Odontopediatria, dentro das escolas municipais da cidade de Tietê, São Paulo. Os tratamentos foram avaliados em 1, 2, 3 semanas e 1, 6, 12, 18, 24, 30 e 36 meses. Foram classificadas em "sucesso", "falhas menores" e "falhas maiores". Imediatamente após os tratamentos terem sido realizados, o desconforto das crianças foi acessado por meio da escala facial de dor de Wong-Baker (WBFS). A aceitabilidade dos tratamentos foi avaliada através de questionários para as crianças e seus pais/responsáveis após a realização dos tratamentos. Em relação à QVRSB, questionários foram aplicados para as crianças previamente e seis meses após os tratamentos. O custo dos tratamentos (profissional e material) foram calculados para estimar o custo incremental dos tratamentos. Para análise estatística, foram utilizados os seguintes testes estatísticos: análise de sobrevida de Kaplan-Meier, Regressão de Cox, Regressão Linear de Multinível, Regressão Logística Ordinal, testes de Wilcoxon e Mann-Whitney, Regressão linear de Bootstrap e análises descritivas. Os níveis de significância foram ajustados em 5%. Nenhuma associação foi encontrada entre a utilização da HT em molares decíduos e a esfoliação precoce desses dentes quando comparados com seus contralaterais. A HT apresenta maior sobrevida quando comparada ao ART para manejo de lesões ocluso-proximais (HT=93,4%; ART 32,7%) e, embora tenha apresentado um maior desconforto quando comparado com o ART, esse não parece ser clinicamente relevante. A aceitação em relação aos tratamentos pelos pacientes e seus responsáveis é alta, com exceção da aparência da HT para os responsáveis. A HT se apresenta como tratamento custo-eficaz após 3 anos de acompanhamento.
Descritores: Odontopediatria
Coroas
Cárie Dentária
Materiais Dentários
Restauração Dentária Permanente
Tratamento Dentário Restaurador sem Trauma
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  8 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ambrosano, Gláucia Maria Bovi
Aguiar, Flavio Henrique Baggio
Texto completo
Id: biblio-1117327
Autor: Ferretti, Marcela Alvarez; Theobaldo, Jéssica Dias; Pereira, Renata; Vieira-Junior, Waldemir Francisco; Ambrosano, Gláucia Maria Bovi; Lima, Débora Alves Nunes Leite; Aguiar, Flávio Henrique Baggio.
Título: Effect of erosive challenge and cigarette smoke on dentin microhardness, surface morphology and bond strength / Efeito de desafios erosivos e fumaça de cigarro na microdureza, morfologia de superfície e resistência de união à dentina
Fonte: Braz. dent. sci;23(3):1-8, 2020. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: This study aimed to evaluate the surface microhardness and morphology, as well as the microshear bond strength of a self-etching adhesive (Clearfil SE, Kuraray) to eroded dentin, exposed or not to cigarette smoke. Forty dental crowns were divided into 4 groups (n = 10): no treatment (control) (C); erosion (E); erosion + cigarette smoke exposure (ES); cigarette smoke exposure (S). Samples were prepared through third molars polishing until dentin exposure, followed by crown section. Erosive cycles were performed 5 times/day for 30 s at 60 min intervals. Cigarette smoke was produced with twenty cigarettes/day, during 5 days. Microhardness was evaluated initially and after the treatments. Microshear bond strength was tested after the treatments and dentin restoration with flow composite. Failure patterns and dentin morphology was evaluated by Scanning Electron Microscopy. Microshear bond strength data was submitted to two-way ANOVA, microharness test was adjusted by gamma distribution to be a non-parametric analyses (p=0.05), and surface morphology as qualitative analyses. Loss percentage of microhardness was observed only in groups submitted to erosion. Bond strength was statistically similar between all groups. The most prevalent failure pattern was of adhesive type. Morphological analysis of dentin showed obliterated tubules in groups submitted to cigarette smoke exposure. Cigarette smoke exposure did not promote any effect in the percentage of microhardness loss, as in sound dentin as in eroded dentin. Cigarette smoke, erosion, and association of both, did not alter the bond strength of self-etching adhesives to dentin. (AU)

Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar a microdureza (% perda de dureza) e morfologia de superfície (MS), assim como a resistência de união (RU) de um adesivo autocondicionante (Clearfil SE, Kuraray) à uma dentina erodida, exposta ou não à fumaça de cigarro. Material e Métodos: Quarenta coroas dentais de terceiros molares foram seccionadas da raiz e polidas até a exposição dentinária, sendo aleatoriamente divididas em 4 grupos (n=10): sem tratamento (controle), erosão (E), erosão+ exposição a fumaça de cigarro (ES); exposição a fumaça de cigarro (S).O ciclo erosivo foi realizado 5 vezes/dia por 30s, com 60 minutos de intervalo entre eles. Os grupos ES e S foram exposto à fumaça de cigarro produzida por 20 cigarros/dia, durante 5 dias. A avaliação da microdureza foi realizada antes e após os tratamentos, enquanto a resistência da união por microcisalhamento foi realizada após os tratamentos Os padrões de fratura representativos e a MS dentinária foram avaliados por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os dados de RU foram analisados por ANOVA dois fatores, enquanto a análise de microdureza foi ajustada por distribuição gama por ser uma análise não-paramétrica (p=0.05). A MS foi analisada qualitativamente. Resultados: Os grupos expostos aos ciclos erosivos (E e ES) apresentaram % de perda de dureza significativamente menor que os grupos não expostos (Controle e S. aos ciclos erosivos (E e ES). Para RU, não houve diferença estatística significativa entre os grupos. O padrão de fratura mais observado foi do tipo adesivo, e através das imagens obtidas por MEV, observou-se a obliteração de túbulos dentinários no grupo exposto à fumaça de cigarro, enquanto os grupos submetidos aos ciclos erosivos (E e ES) apresentaram maior exposição e diâmetro de túbulos dentinários. Conclusão: A exposição à fumaça de cigarro não promove nenhum efeito quanto a perda de porcentagem de dureza dentinária, assim como em dentina erodida e saudável. A fumaça de cigarro, o processo erosivo, e a associação de ambos, não altera a resistência da união de adesivos autocondicionantes à dentina. (AU)
Descritores: Resistência à Tração
Erosão Dentária
Coroas
Cimentos Dentários
Produtos do Tabaco
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  9 / 525 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-781766
Autor: Torres Herbozo, Melissa; Quintana del Solar, Martin; Castillo Andamayo, Diana.
Título: Adaptación de una corona metal cerámica como pilar de una prótesis parcial removible preexistente / Adaptation of a metal ceramic crown as an abutment for a pre-existing removable partial denture
Fonte: Rev. estomatol. Hered;25(4):288-294, oct.-dic.2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El presente artículo muestra el reporte de un caso clínico donde se confeccionó una corona metal cerámica que fue adaptada a una prótesis parcial removible pre existente. Por lo general el tratamiento para estos casos es la confección de una nueva prótesis parcial removible adaptada a la nueva corona, lo cual implica mayor tiempo de trabajo y costo para el paciente. Diversos materiales y técnicas pueden ser utilizados para la realización de la corona como por ejemplo coronas de aleaciones metálicas completas, coronas metálicas con revestimiento cerámico y coronas libres de metal incluso con técnica CAD/CAM. A continuación se detalla paso a paso la elaboración de una corona metal cerámica con su respectiva preparación biostática adaptada de acuerdo a la forma preexistente de la base metálica de la PPR utilizada por el paciente...

The paper presents the report of a clinical case where a metal ceramic crown was adapted to a pre existing removable partial denture. Usually treatment for these cases is the preparation of a new removable partial denture adapted to the new crown, which means more clinical time and cost raise of the final procedure for the patient. Several materials and techniques could be used to fabricate the crown, for example complete crowns with metal alloys, metal ceramic crowns and metal free crowns even with CAD/CAM technique. We detail a step by step technique to fabricate a metal ceramic crown with its own biostatic preparations according to the pre existing metal framework of the patientÆs removable partial denture...
Descritores: Cerâmica
Coroas
Prótese Parcial Removível
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  10 / 525 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-781729
Autor: Castro-Aguilar, Enrique Gabriel; Matta-Morales, Carlos Octavio; Orellana-Valdivieso, Oscar.
Título: Consideraciones actuales en la utilización de coronas unitarias libres de metal en el sector posterior / Current considerations in the use of free metal single crowns in the posterior area
Fonte: Rev. estomatol. Hered;24(4):278-286, oct. 2014. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Actualmente se están desarrollando sistemas libres de metal para la confección de restauraciones protésicas que cumplan con altas expectativas funcionales, biocompatibilidad y estética. Sin embargo, a pesar de la introducción de nuevos materiales y avances tecnológicos en el proceso de elaboración, se ha cuestionado el comportamiento mecánico de las coronas unitarias en el sector posterior relacionado con fracturas de la cerámica feldespática de recubrimiento, para mejorar estas deficiencias, actualmente se están planteando soluciones como la confección de coronas de diseño anatómico y coronas monolíticas de adecuada translucidez con vitrocerámica de disilicato de litio y zirconia. El objetivo del presente artículo fue realizar una revisión exhaustiva sobre las consideraciones actuales en la utilización de coronas unitarias libres de metal en el sector posterior...

Currently developing new metal-free systems for the fabrication of prosthetic restorations that meet high functional expectations, biocompatibility and a esthetics. However despite the innovation of new materials and technological advances in the development process, it has been questioned the mechanical behavior of single crowns in the posterior area related fractures of the veneering ceramic, to improve these defects, are currently proposing solutions such as making anatomical crowns and translucency monolithic crowns with ceramic lithium disilicate and zirconia This article aims to conduct a review of current considerations in the use of metal free single crowns in the posterior area...
Descritores: Cerâmica
Coroas
Estética Dentária
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca



página 1 de 53 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde