Base de dados : LILACS
Pesquisa : E07.305.906.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 284 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 29 ir para página                         

  1 / 284 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131796
Autor: Estácio, Jaqueline Cardoso; Pinheiro, Maria Madalena Canina; Ghirardi, Ana Carolina de Assis Moura.
Título: Parâmetros acústicos e perceptivoauditivos da voz de usuários de dispositivos auditivos / Acoustic and auditory-perceptual parameters of the voice of hearing device users
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2345, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Analisar e comparar os parâmetros vocais de usuários de dois tipos de dispositivos auditivos, IC e AASI, com perda auditiva pré e pós-lingual, a fim de verificar a influência desses dispositivos auditivos no feedback auditivo e na qualidade vocal. Métodos participaram dez adultos usuários de IC e oito adultos usuários de AASI, sendo nove com perda auditiva pré-lingual e nove com pós-lingual. Realizou-se avaliação perceptivoauditiva por meio do protocolo Consenso da Avaliação Perceptivoauditiva da Voz e análise acústica da voz pelo software PRAAT. A análise estatística utilizou testes não paramétricos, como Mann Whitney U e correlação de Spearman, com nível de significância de p<0,05. Resultados Observou-se diferença nas características sociodemográficas entre os grupos. Apesar de resultados semelhantes nos achados vocais, observou-se significância ao comparar os grupos de IC e AASI, em relação às frequências dos três primeiros formantes de algumas vogais e tensão vocal. Os sujeitos com perda auditiva pré-lingual apresentaram maior grau geral de desvio vocal e hipernasalidade. Conclusão Houve semelhança nos parâmetros vocais de ambos os grupos, não sendo possível inferir o impacto dos diferentes tipos de dispositivos auditivos analisados nos parâmetros acústicos da voz.

ABSTRACT Purpose To analyze and compare the voice parameters of users of two types of hearing devices (CI and HA) with prelingual and postlingual hearing loss, and verify the influence these hearing devices have on the auditory feedback and voice quality. Methods The sample comprised 10 CI-using adults and eight HA-using adults - nine with prelingual and nine with postlingual hearing loss. The auditory-perceptual assessment was conducted with the Consensus Auditory-Perceptual Evaluation of Voice protocol, as well as acoustic analysis of the voice, with the PRAAT software. The statistical analysis used nonparametric tests, such as the Mann-Whitney U and the Spearman correlation, with a p ≤ 0.05 significance level. Results A difference was observed in the sociodemographic characteristics between the groups. Despite the similar results in the voice findings, a significance was observed when comparing the CI and HA groups, regarding the frequencies of the first three formants of some vowels and voice strain. The subjects with prelingual hearing loss had a higher general degree of deviation in the voice and hypernasality. Conclusion There was a similarity in the voice parameters of both groups. Hence, it was not possible to infer the impact of the different types of hearing devices analyzed in the acoustic parameters of the voice.
Descritores: Acústica da Fala
Percepção da Fala
Medida da Produção da Fala
Qualidade da Voz
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva/diagnóstico
Perda Auditiva/reabilitação
-Estudos Transversais
Estatísticas não Paramétricas
Implante Coclear
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  2 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bento, Ricardo Ferreira
Texto completo
Id: biblio-890764
Autor: Leite, Renata Aparecida; Magliaro, Fernanda Cristina Leite; Raimundo, Jeziela Cristina; Bento, Ricardo Ferreira; Matas, Carla Gentile.
Título: Monitoring auditory cortical plasticity in hearing aid users with long latency auditory evoked potentials: a longitudinal study
Fonte: Clinics;73:e51, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The objective of this study was to compare long-latency auditory evoked potentials before and after hearing aid fittings in children with sensorineural hearing loss compared with age-matched children with normal hearing. METHODS: Thirty-two subjects of both genders aged 7 to 12 years participated in this study and were divided into two groups as follows: 14 children with normal hearing were assigned to the control group (mean age 9 years and 8 months), and 18 children with mild to moderate symmetrical bilateral sensorineural hearing loss were assigned to the study group (mean age 9 years and 2 months). The children underwent tympanometry, pure tone and speech audiometry and long-latency auditory evoked potential testing with speech and tone burst stimuli. The groups were assessed at three time points. RESULTS: The study group had a lower percentage of positive responses, lower P1-N1 and P2-N2 amplitudes (speech and tone burst), and increased latencies for the P1 and P300 components following the tone burst stimuli. They also showed improvements in long-latency auditory evoked potentials (with regard to both the amplitude and presence of responses) after hearing aid use. CONCLUSIONS: Alterations in the central auditory pathways can be identified using P1-N1 and P2-N2 amplitude components, and the presence of these components increases after a short period of auditory stimulation (hearing aid use). These findings emphasize the importance of using these amplitude components to monitor the neuroplasticity of the central auditory nervous system in hearing aid users.
Descritores: Potenciais Evocados Auditivos/fisiologia
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva Neurossensorial/fisiopatologia
Perda Auditiva Neurossensorial/reabilitação
Plasticidade Neuronal/fisiologia
-Valores de Referência
Audiometria de Tons Puros
Audiometria da Fala
Vias Auditivas/fisiopatologia
Fatores de Tempo
Testes de Impedância Acústica
Estudos de Casos e Controles
Estudos Prospectivos
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Potencial Evocado P300/fisiologia
Limites: Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131786
Autor: Neves, Camila Zander; Rosito, Leticia Petersen Schmidt; Santos, João Paulo Nogueira Araújo; Teixeira, Adriane Ribeiro.
Título: Autopercepção do zumbido: estudo pré e pós-adaptação de próteses auditivas / Self-perception of tinnitus: study before and after adaptation of hearing aids
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2325, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Verificar benefícios do uso de próteses auditivas na autopercepção do zumbido em adultos e idosos sem experiência prévia de amplificação. Métodos O estudo incluiu indivíduos de ambos os sexos, com queixa de zumbido, acompanhados em hospital público. Aplicaram-se os seguintes exames e instrumentos para mensurar o zumbido e determinar o seu incômodo: pesquisa do pitch e loudness, Escala Visual Analógica (EVA), pesquisa do nível mínimo de mascaramento, inibição residual e Tinnitus Handicap Inventory (THI). As avaliações foram realizadas em duas etapas: antes da adaptação das próteses auditivas e após um mês de uso dos aparelhos. Resultados Dos 20 indivíduos participantes, 60% eram idosos. Verificou-se diferença na autopercepção do zumbido pré e pós-protetização, medido pelas escalas THI e EVA. Também se observaram diferenças nas medidas psicoacústicas, com exceção do pitch, antes e após a amplificação. Além disso, houve correlação entre o tempo de zumbido e a idade com os escores finais do THI. Conclusão O uso de próteses auditivas reduziu o incômodo provocado pelo zumbido, com alteração nas medidas psicoaústicas e no impacto na qualidade de vida.

ABSTRACT Purpose To verify the benefits of using hearing aids in self-perception of tinnitus in adults and elderly without previous experience of amplification. Methods The study included individuals of both gender, with tinnitus complaint, accompanied in public hospital. The following tests and instruments were used to measure tinnitus and determine its discomfort: pitch and loudness, Visual Analogue Scale (VAS), minimum masking level, residual inhibition and Tinnitus Handicap Inventory (THI). The evaluations were performed in two stages: before the adaptation of the hearing aids and after one month of use of the devices. Results Of the 20 participants, 60% were elderly. There was a difference in self-perception of tinnitus before and after hearing aid fitting, as measured by THI and VAS. Differences in psychoacoustic measures were also observed, with the exception of pitch, before and after amplification. In addition, there was a correlation between tinnitus time and age with final THI scores. Conclusion The use of hearing aids was determined to reduce the annoyance caused by tinnitus, with changes in psycho-acoustic measures and impact on quality of life.
Descritores: Autoimagem
Zumbido/diagnóstico
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva/reabilitação
-Percepção da Altura Sonora
Qualidade de Vida
Zumbido/complicações
Estimulação Acústica
Escala Visual Analógica
Perda Auditiva/complicações
Limites: Humanos
Adulto
Idoso
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131774
Autor: Fonsêca, Rodrigo Oliveira da; Dutra, Monique Ramos Paschoal; Ferreira, Maria Ângela Fernandes.
Título: Satisfação de usuários com aparelhos de amplificação sonora individual concedidos pelo Sistema Único de Saúde: revisão integrativa / Satisfaction of users with hearing aids provided by the Unified Health System: an integrative review
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2296, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: RESUMO Objetivo Identificar a satisfação de usuários com os aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) concedidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Estratégia de pesquisa Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, realizada nas bases de dados LILACS, SciELO, PubMed e Scopus, empregando os descritores hearing loss, public health policy, Unified Health System, public health, patient satisfaction e hearing aids. Critérios de seleção Foram selecionados artigos publicados a partir de 2004, sem restrição quanto ao idioma, envolvendo usuários adaptados pelo SUS. Excluíram-se publicações repetidas, resenhas, artigos de opinião, editoriais, teses e dissertações. Resultados Foram localizados 1011 estudos, dos quais, 24 foram incluídos. As pesquisas veicularam-se a partir de 2007, com predomínio na região Sudeste, por meio de abordagens quantitativas e, em grande parte, com amostras limitadas, compreendendo adultos e idosos. Os questionários de autoavaliação foram os recursos utilizados para avaliar a satisfação. Conclusão A maioria dos usuários revelou elevada satisfação com os AASI concedidos pelo SUS.

ABSTRACT Purpose Identify user satisfaction with hearing aids (HAs) provided by the Unified Health System (UHS). Research strategy This is an integrative literature review, carried out in the LILACS, SciELO, PubMed and Scopus databases, using the following keywords: "hearing loss", "public health policy", "Unified Health System", "public health", "patient satisfaction" and "hearing aids". Selection criteria Articles published from 2004 onwards, without language restrictions, involving users treated by the UHS were selected. Duplicate publications, reviews, opinion articles, editorials, theses and dissertations were excluded. Results A total of 1011 studies were found, 24 of which were included. The studies were published from 2007 onwards, with a predominance in the Southeast region, using quantitative approaches with limited samples comprising adults and older people. Self-assessment questionnaires were used to evaluate satisfaction. Conclusion Most users showed a high level of satisfaction with the HAs provided by the UHS.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Satisfação do Paciente
Auxiliares de Audição
-Atenção Primária à Saúde
Brasil
Promoção da Saúde
Perda Auditiva
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  5 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1148476
Autor: Tomicic, Pamela; García del Solar, Gloria; Matute, Isabel; Drápela, Javiera; Marína, Fabiola; Castro, Patricia.
Título: Evaluación de un programa piloto para trabajar habilidades narrativas en niños con hipoacusia usuarios de ayudas auditivas / Evaluation of a pilot program: developing narrative skills in children with hearing aids or cochlear implant
Fonte: Rev. chil. fonoaudiol. (En línea);19:1-9, nov. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: El Discurso Narrativo (DN) es una unidad lingüística compleja utilizada en ciertos contextos y que refleja la organización del pensamiento. La evidencia científica muestra que la población sorda, usuaria de ayudas auditivas, presenta dificultades en los diferentes niveles del lenguaje, tanto expresivos como comprensivos, incluida la habilidad para narrar. Además, existe evidencia de que la intervención terapéutica ayudaría a mejorar su rendimiento. Sin embargo, los datos disponibles sobre las características y abordaje del DN en esta población son escasos. El objetivo del estudio es evaluar un programa piloto para trabajar habilidades narrativas en niños chilenos usuarios de ayudas auditivas. Se estudiaron 22 niños con un promedio de edad de 6,5 años, adaptados con audífonos y/o implante coclear. Se aplicó a este grupo de niños una evaluación inicial del DN utilizando el instrumento Evaluación del Discurso Narrativo (EDNA), obteniéndose la Etapa y Desempeño narrativo de cada niño. Luego, se creó y aplicó individualmente un programa de estimulación del discurso narrativo de 12 sesiones una vez por semana. Finalmente, se repitió la evaluación al final del programa. Se encontraron diferencias significativas entre los resultados obtenidos previo y posterior a la implementación del programa de estimulación. En relación con la Etapa del DN, antes de la intervención el 45,5% de los niños no estructuraba, lo cual se redujo a un 9.1% en la evaluación final. En cuanto al Desempeño, previo a la intervención el 72,7% de los niños presentaba un "déficit narrativo", lo cual se redujo a un 18,2% posterior a la aplicación del programa.

Narrative discourse is considered a linguistic unit that is used in a specific communicative context, being an indicator of thinking organization. Previous evidence shows how hearing aid users, have difficulties with different language skills, both expressive and comprehensive, including the ability to narrate. Additionally, there is evidence showing how therapeutic intervention would help to improve their narrative performance. However, the information available about the discursive skilland the effect ofstimulation programs on it in hearing impaired children is scarce. Accordingly, the present study aims to explore narrative performance in hearing impaired children users of hearing aids/cochlear implants, before and after a narrative speech stimulation program. Twenty-two children diagnosed with bilateral hearing loss users of hearing aids/cochlear implants with a mean age of 6.5 years were included. An initial assessment of the narrative skills was performed using Narrative Discourse Assessment (EDNA), which provided a narrative Stage and a Total score. A twelve-session stimulation program was developed and individually administered to children once a week. Finally, an assessment was performed after the program ended. In the initial assessment, 45.5% of children did not have a structured narrative speech, a percentage that was reduced to a 9.1% in the final evaluation. Statistically significant differences were observed on the EDNA scores when comparing initial and final assessments. The results obtained in the present investigation show how children who use hearing aids/cochlear implants improved significantly their narrative abilities after participating in a pilot narrative speech stimulation program.
Descritores: Linguagem Infantil
Implante Coclear
Narração
Perda Auditiva/fisiopatologia
Perda Auditiva/terapia
-Aptidão
Projetos Piloto
Auxiliares de Audição
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-785822
Autor: Araujo, Tiago de Melo; Iório, Maria Cecília Martinelli.
Título: Effects of sound amplification in self-perception of tinnitus and hearing loss in the elderly / Efeitos da amplificação sonora na autopercepção do zumbido e da perda auditiva em idosos
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);82(3):289-296tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To determine the effect of the use of hearing aids in self-perception of tinnitus and hearing loss in the elderly. METHODS: A total of 24 elderly patients between 60 and 70 years of age with moderate-grade sensorineural hearing loss were evaluated and divided into two groups according to the presence or absence of tinnitus. All volunteers were fitted with binaural micro-channel hearing aids of the same brand and model and submitted to tests, scales, and questionnaires relevant to this topic. The evaluations were performed before and after one and three months of effective use of these hearing aids. RESULTS: Acoustic stimulation through the effective use of hearing aids caused a reduction in the perception of tinnitus sound intensity (especially in evaluations with the prosthesis on) and in nuisance associated with this symptom and with hearing loss. In addition, all participants were satisfied with the use of hearing aids. CONCLUSION: The continuous use of hearing aids is beneficial for the treatment of tinnitus and hearing loss, bringing satisfaction to users.

Resumo Objetivo: Verificar o efeito do uso de próteses auditivas na autopercepção do zumbido e da perda auditiva em idosos. Método: Foram avaliados 24 idosos com perda auditiva neurossensorial de grau moderado e idades entre 60 e 70 anos divididos em dois grupos conforme a presença ou não de zumbido. Todos os voluntários foram adaptados binauralmente com próteses auditivas micro canais de mesmo fabricante e modelo e submetidos a testes, escalas e questionários pertinentes ao tema. As avaliações ocorreram pré, e após um e três meses de uso efetivo das próteses auditivas. Resultados: A estimulação acústica por meio do uso efetivo de próteses auditivas propiciou redução na autopercepção da intensidade sonora do zumbido (principalmente nas avaliações com as próteses) e no desconforto com este sintoma e com a perda auditiva. Além disso, todos os participantes mostraram-se satisfeitos com o uso dos dispositivos de amplificação. Conclusão: O uso contínuo das próteses auditivas é benéfico ao tratamento do zumbido e da perda auditiva, além de implicar na satisfação dos usuários.
Descritores: Zumbido/diagnóstico
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva Neurossensorial/reabilitação
-Autoimagem
Percepção da Fala
Zumbido/complicações
Estimulação Acústica
Estudos Prospectivos
Inquéritos e Questionários
Perda Auditiva Neurossensorial/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-794976
Autor: Mondelli, Maria Fernanda Capoani Garcia; Santos, Marina de Marchi dos; José, Maria Renata.
Título: Speech perception in noise in unilateral hearing loss / Percepção da fala no ruído em perda auditiva unilateral
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);82(4):427-432, July-Aug. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: Unilateral hearing loss is characterized by a decrease of hearing in one ear only. In the presence of ambient noise, individuals with unilateral hearing loss are faced with greater difficulties understanding speech than normal listeners. OBJECTIVE: To evaluate the speech perception of individuals with unilateral hearing loss in speech perception with and without competitive noise, before and after the hearing aid fitting process. METHODS: The study included 30 adults of both genders diagnosed with moderate or severe sensorineural unilateral hearing loss using the Hearing In Noise Test - Hearing In Noise Test-Brazil, in the following scenarios: silence, frontal noise, noise to the right, and noise to the left, before and after the hearing aid fitting process. RESULTS: The study participants had a mean age of 41.9 years and most of them presented right unilateral hearing loss. In all cases evaluated with Hearing In Noise Test, a better performance in speech perception was observed with the use of hearing aids. CONCLUSION: Using the Hearing In Noise Test-Brazil test evaluation, individuals with unilateral hearing loss demonstrated better performance in speech perception when using hearing aids, both in silence and in situations with a competing noise, with use of hearing aids.

Resumo Introdução: A perda auditiva unilateral (PAUn) é caracterizada pela diminuição da audição em apenas uma orelha. Em presença de ruído ambiental, indivíduos com PAUn encontram maiores dificuldades que os ouvintes normais para compreender a fala. Objetivo: Avaliar o desempenho de indivíduos com perda auditiva unilateral, na percepção da fala sem e com ruído competidor, antes a após adaptação do AASI. Método: Estudo com 30 adultos, e de ambos os sexos, com diagnóstico de perda auditiva unilateral sensorioneural, de graus moderado e severo, utilizando o Hearing In Noise Test - HINT - Brasil, nas seguintes situações: silêncio, ruído à frente, ruído a direita e ruído a esquerda. Antes e após adaptação do AASI. Resultados: Os participantes da pesquisa apresentavam média de idade de 41,9 anos e PAUn predominante à direita. Em todas as situações propostas pelo HINT foi constatado melhor desempenho na percepção da fala com o uso do AASI. Conclusão: No teste HINT - Brasil, indivíduos com PAUn demonstraram melhor desempenho napercepção da fala, em tanto no silêncio quanto nas situações com ruído competidor, com usodo AASI.
Descritores: Localização de Som/fisiologia
Percepção da Fala/fisiologia
Perda Auditiva Unilateral/reabilitação
Ruído/efeitos adversos
-Audiometria
Teste do Limiar de Recepção da Fala
Estimulação Acústica
Índice de Gravidade de Doença
Perda Auditiva Unilateral/fisiopatologia
Auxiliares de Audição
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839427
Autor: Carvalho, Laura Maria Araújo de; Gonsalez, Elisiane Crestani de Miranda; Iorio, Maria Cecília Martineli.
Título: Speech perception in noise in the elderly: interactions between cognitive performance, depressive symptoms, and education / Reconhecimento de fala no ruído de idosos: interações entre desempenho cognitivo, sintomatologia depressiva e escolaridade
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(2):195-200, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: The difficulty the elderly experience in understanding speech may be related to several factors including cognitive and perceptual performance. Objective: To evaluate the influence of cognitive performance, depressive symptoms, and education on speech perception in noise of elderly hearing aids users. Methods: The sample consisted of 25 elderly hearing aids users in bilateral adaptation, both sexes, mean age 69.7 years. Subjects underwent cognitive assessment using the Mini-Mental State Examination and the Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive and depressive symptoms evaluation using the Geriatric Depression Scale. The assessment of speech perception in noise (S/N ratio) was performed in free field using the Portuguese Sentence List test. Statistical analysis included the Spearman correlation calculation and multiple linear regression model, with 95% confidence level and 0.05 significance level. Results: In the study of speech perception in noise (S/N ratio), there was statistically significant correlation between education scores (p = 0.018), as well as with the Mini-Mental State Examination (p = 0.002), Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive (p = 0.003), and Geriatric Depression Scale (p = 0.022) scores. We found that for a one-unit increase in Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive score, the S/N ratio increased on average 0.15 dB, and for an increase of one year in education, the S/N ratio decreased on average 0.40 dB. Conclusion: Level of education, cognitive performance, and depressive symptoms influence the speech perception in noise of elderly hearing aids users. The better the cognitive level and the higher the education, the better is the elderly communicative performance in noise.

Resumo Introdução: A dificuldade na compreensão de fala dos idosos pode estar relacionada a vários fatores, como o desempenho cognitivo e perceptual. Objetivo: Avaliar a influência do desempenho cognitivo, sintomas depressivos e escolaridade no reconhecimento de fala no ruído de idosos usuários de próteses auditivas. Método: A amostra constituiu-se de 25 idosos usuários de próteses auditivas em adaptação bilateral, de ambos os sexos e média de 69,7 anos. Os indivíduos foram submetidos à avaliação cognitiva por meio do miniexame do estado mental (MEEM) e a escala de avaliação da doença de Alzheimer-cognitiva (ADAS-Cog) e avaliação de sintomatologia depressiva por meio da escala de depressão geriátrica (EDG). Já a pesquisa do reconhecimento de fala no ruído (relação S/R) foi feita, em campo livre, por meio do teste lista de sentenças no português (LSP). A análise estatística incluiu o cálculo de correlação de Spearman e modelo de regressão linear múltiplo, foram adotados coeficiente de confiança de 95% e nível de significância de 0,05. Resultados: No estudo do reconhecimento de sentenças no ruído (relação S/R) houve correlação, com significância estatística, entre a escolaridade (p = 0,018); assim como com os escores dos testes MEEM (p = 0,002), o Adas-Cog (p = 0,003) e o EDG (p = 0,022). Observou-se que, para um aumento de uma unidade no escore do Adas-Cog, a relação S/R aumenta, em média, 0,15 dB e para um aumento de um ano na escolaridade, a relação S/R diminui, em média, 0,40 dB. Conclusão: O nível de escolaridade, o desempenho cognitivo e sintomas depressivos influenciam o reconhecimento de fala no ruído de idosos usuários de prótese auditiva. Quanto melhor o nível cognitivo e maior a escolaridade, melhor é o desempenho comunicativo do idoso no ruído.
Descritores: Percepção da Fala/fisiologia
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva/reabilitação
Ruído
-Estimulação Acústica
Avaliação Geriátrica
Transtornos Cognitivos/complicações
Transtornos Cognitivos/diagnóstico
Depressão/complicações
Depressão/diagnóstico
Escolaridade
Perda Auditiva/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 284 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889307
Autor: Shetty, Hemanth Narayan; Puttabasappa, Manjula.
Título: Encoding of speech sounds at auditory brainstem level in good and poor hearing aid performers / Codificação dos sons da fala no nível do tronco encefálico auditivo em bons e maususuários de aparelhos auditivos
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(5):512-522, Sept.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Hearing aids are prescribed to alleviate loss of audibility. It has been reported that about 31% of hearing aid users reject their own hearing aid because of annoyance towards background noise. The reason for dissatisfaction can be located anywhere from the hearing aid microphone till the integrity of neurons along the auditory pathway. Objectives: To measure spectra from the output of hearing aid at the ear canal level and frequency following response recorded at the auditory brainstem from individuals with hearing impairment. Methods: A total of sixty participants having moderate sensorineural hearing impairment with age range from 15 to 65 years were involved. Each participant was classified as either Good or Poor Hearing aid Performers based on acceptable noise level measure. Stimuli /da/ and /si/ were presented through loudspeaker at 65 dB SPL. At the ear canal, the spectra were measured in the unaided and aided conditions. At auditory brainstem, frequency following response were recorded to the same stimuli from the participants. Results: Spectrum measured in each condition at ear canal was same in good hearing aid performers and poor hearing aid performers. At brainstem level, better F0 encoding; F0 and F1 energies were significantly higher in good hearing aid performers than in poor hearing aid performers. Though the hearing aid spectra were almost same between good hearing aid performers and poor hearing aid performers, subtle physiological variations exist at the auditory brainstem. Conclusion: The result of the present study suggests that neural encoding of speech sound at the brainstem level might be mediated distinctly in good hearing aid performers from that of poor hearing aid performers. Thus, it can be inferred that subtle physiological changes are evident at the auditory brainstem in a person who is willing to accept noise from those who are not willing to accept noise.

Resumo Introdução: Os aparelhos auditivos são prescritos para aliviar a perda de audibilidade. Tem sido relatado que 31% dos usuários rejeitam seu aparelho auditivo devido ao desconforto com o ruído de fundo. A razão para a insatisfação pode estar situada em qualquer local desde o microfone do aparelho auditivo até a integridade de neurônios ao longo da via auditiva. Objetivos: Medir espectros desde a saída do aparelho auditivo no nível do meato acústico externo e frequência de resposta (FFR) registrada no tronco encefálico de indivíduos com deficiência auditiva. Método: Foram selecionados 60 participantes com deficiência auditiva neurossensorial moderada, de 15 a 65 anos. Cada participante foi classificado como usuário bom ou mau de prótese auditiva (GHP ou PHP) com base na medida de nível de ruído aceitável (ANL). Estímulos/da/e/si/foram apresentados em alto-falante a 65 dB SPL. No meato acústico externo, os espectros foram medidos nas condições sem aparelho e com aparelho. No tronco encefálico auditivo, FFR foram registradas para os mesmos estímulos dos participantes. Resultados: Os espectros medidos em cada condição no meato acústico externo foram os mesmos em GHP e PHP. No nível do tronco cerebral, melhor codificação F0; energias de F0 e F1 foram significativamente maiores em GHP do que em PHP. Embora os espectros do aparelho auditivo fossem quase os mesmos entre GHP e PHP, existem variações fisiológicas sutis no tronco encefálico auditivo. Conclusão: O resultado do presente estudo sugere que a codificação neural do som da fala no nível do tronco encefálico pode ser mediada distintamente em GHP em comparação com PHP. Assim, pode-se inferir que mudanças fisiológicas sutis são evidentes no tronco encefálico em uma pessoa que está disposta a aceitar o ruído em comparação com aqueles que não estão dispostos a aceitar o ruído.
Descritores: Percepção da Fala/fisiologia
Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Encefálico/fisiologia
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva Neurossensorial/reabilitação
Ruído
-Limiar Auditivo/fisiologia
Localização de Som
Estimulação Acústica
Adaptação Fisiológica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 284 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951843
Autor: Peñaranda, Daniel; Garcia, Juan Manuel; Aparicio, Maria Leonor; Montes, Felipe; Barón, Clemencia; Jiménez, Roberto C; Peñaranda, Augusto.
Título: Retrospective analysis of skin complications related to bone-anchored hearing aid implant: association with surgical technique, quality of life, and audiological benefit / Análise retrospectiva de complicações cutâneas relacionadas ao implante de prótese auditiva óssea: associação com técnica cirúrgica, qualidade de vida e benefício audiológico
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(3):324-331, May-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: The bone-anchored hearing aid is an effective form of auditory rehabilitation. Due to the nature of the implant, the most common complications are skin related. A number of alternative surgical implantation techniques have been used to reduce the frequency and severity of skin complications, including the U-shaped graft and the linear incision. Objective: To assess skin complications and their association with surgical technique, quality of life, and audiological benefit in patients with bone-anchored hearing aids. Methods: This was a retrospective study conducted in a tertiary referral center in Bogotá, Colombia. Patients who had been fitted with a bone-anchored hearing aid implant (unilaterally or bilaterally) for at least 6 months were included in the study. The Holgers classification was used to classify skin complications (Grade 0 = none; Grade 1 = erythema; Grade 2 = erythema and discharge; Grade 3 = granulation tissue; and Grade 4 = inflammation/infection resulting in the removal of the abutment). The Glasgow Benefit Inventory questionnaire was used to determine quality of life, and the Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit questionnaire was used to determine the subjective audiological benefit. Results: A total of 37 patients were included in the study (30 with unilateral implants and 7 with bilateral implant). Of the 44 implants evaluated, 31 (70.3%) were associated with skin complications (7 [15.9%] Grade 1; 4 [9.1%] Grade 2; 15 [34.1%] Grade 3, 5 [11.4%] Grade 4). The U-shaped graft was statistically associated with major complications (Grades 3 and 4) compared with the linear incision technique (p = 0.045). No statistically significant differences were found between Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit scores and severity of complications. Similarly, no differences were found between Glasgow Benefit Inventory physical health questions and skin complications. Conclusion: Despite the high frequency, skin complications did not seem to affect quality of life or subjective audiological benefits of patients with bone-anchored hearing aids.

Resumo Introdução: A prótese auditiva óssea (BAHA, do inglês Bone-Anchored Hearing Aid) é uma forma eficaz de reabilitação auditiva. Devido à natureza do implante, as complicações mais comuns são relacionadas à pele. Várias técnicas opcionais de implantação cirúrgica têm sido usadas para reduzir a frequência e a gravidade das complicações cutâneas, inclusive o enxerto em forma de U e a incisão linear. Objetivo: Avaliar as complicações cutâneas e sua associação com a técnica cirúrgica, qualidade de vida e benefício audiológico em pacientes com BAHAs. Método: Estudo retrospectivo feito em um centro terciário de referência em Bogotá, Colômbia. Os pacientes que receberam um implante de BAHA (unilateral ou bilateralmente) durante pelo menos seis meses foram incluídos no estudo. A classificação de Holgers foi usada para classificar as complicações cutâneas (Grau 0 = nenhuma, Grau 1 = eritema, Grau 2 = eritema e secreção, Grau 3 = tecido de granulação e Grau 4 = inflamação/infecção, resultou na remoção da estrutura de apoio). O questionário Glasgow Benefit Inventory (GBI) foi usado para determinar a qualidade de vida e o questionário Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit (APHAB) foi usado para determinar o benefício audiológico subjetivo. Resultados: Foram incluídos 37 pacientes (30 com implantes unilaterais e sete com implantes bilaterais). Dos 44 implantes avaliados, 31 (70,3%) foram associados às complicações cutâneas (sete [15,9%] Grau 1; quatro [9,1%] Grau 2; 15 [34,1%] Grau 3 e cinco [11,4%] Grau 4). O enxerto em forma de U foi estatisticamente associado a complicações maiores (Graus 3 e 4) em comparação com a técnica de incisão linear (p = 0,045). Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre os escores APHAB e gravidade das complicações. Do mesmo modo, não foram encontradas diferenças entre as questões de saúde física pelo questionário GBI e complicações cutâneas. Conclusão: Apesar da alta frequência, as complicações cutâneas não parecem afetar a qualidade de vida ou os benefícios audiológicos subjetivos de pacientes com BAHAs.
Descritores: Qualidade de Vida
Dermatopatias/etiologia
Implantação de Prótese/efeitos adversos
Âncoras de Sutura
Auxiliares de Audição/efeitos adversos
Perda Auditiva/reabilitação
-Fatores de Tempo
Índice de Gravidade de Doença
Inquéritos e Questionários
Estudos Retrospectivos
Implantação de Prótese/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 29 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde