Base de dados : LILACS
Pesquisa : E07.695.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 366 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 37 ir para página                         

  1 / 366 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-575497
Autor: Villar Inclán, Alejandro.
Título: Válvulas cardíacas protésicas: revisión histórica del tema / Prosthetic cardiac valves: subject historical review
Fonte: Rev. cuba. cir;49(1), ene.-mar. 2010. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se realiza una revisión de la historia de las prótesis cardíacas mecánicas y biológicas. Se conceptualizan los diferentes tipos de prótesis biológicas y se clasifican las diferentes válvulas mecánicas, según su estructura. Se presenta un resumen histórico sobre las diferentes especialidades que han participado en las construcciones de las válvulas cardíacas(AU)

A historical review of mechanical and biological cardiac prosthesis is made, conceptualizing the different mechanical valves according to its structure. This is a historical abstract on different specialties involving in cardiac valves constructions(AU)
Descritores: Transplante Homólogo/métodos
Próteses Valvulares Cardíacas/efeitos adversos
Bioprótese
-Bibliografias como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  2 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1003395
Autor: Zeng, Jun; Wei, Wei.
Título: Anesthetic management for patient with severe cyanosis following bioprosthetic valve stenosis / Manejo anestésico de paciente com cianose grave após estenose de valva bioprotética
Fonte: Rev. bras. anestesiol;69(2):211-213, Mar.-Apr. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract We presented a 39-year-old female patient with life-threatening hypoxemia after tricuspid valve replacement because of Ebstein's anomaly. And the severe cyanosis is due to bioprosthetic valve stenosis and atrial septal defect. Anesthetic management of a patient with severe obstructive prosthetic valve dysfunction can be challenging. Similar considerations should be given to patients with Ebstein's anomaly to maintain the pressure equalized between the right and left atrial. Transesophageal echocardiography and cerebral oxygen saturation provided real time information in perioperative care.

Resumo Apresentamos o caso de uma paciente de 39 anos, com hipoxemia em risco de vida após a substituição da valva tricúspide devido à anomalia de Ebstein e cianose grave devido à estenose de valva bioprotética e comunicação interatrial. O manejo anestésico de um paciente com disfunção obstrutiva grave de prótese valvar pode ser um desafio. Os pacientes com anomalia de Ebstein também precisam de atenção especial para manter a pressão equalizada entre o átrio direito e o esquerdo. A ecocardiografia transesofágica e a saturação cerebral de oxigênio forneceram informações em tempo real nos cuidados perioperatórios.
Descritores: Estenose da Valva Tricúspide/cirurgia
Cianose/etiologia
Anomalia de Ebstein/cirurgia
Anestésicos/administração & dosagem
-Bioprótese/efeitos adversos
Índice de Gravidade de Doença
Próteses Valvulares Cardíacas/efeitos adversos
Ecocardiografia Transesofagiana/métodos
Assistência Perioperatória/métodos
Implante de Prótese de Valva Cardíaca/métodos
Comunicação Interatrial/cirurgia
Hipóxia/etiologia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131327
Autor: Siqueira, Dimytri Alexandre Alvim de; Ramos, Auristela Isabel de Oliveira; Feres, Fausto.
Título: Valve-In-Valve Mitral por Via Transeptal: Um Papel de Destaque no Tratamento da Disfunção de Biopróteses no Brasil? / Transseptal, Transcatheter Mitral Valve-In-Valve Replacement: Ready for Prime Time Treatment of Bioprosthetic Valve Failure in Brazil?
Fonte: Arq. bras. cardiol;115(3):525-527, out. 2020.
Idioma: pt.
Descritores: Valva Mitral/fisiopatologia
-Bioprótese
Idoso
Diagnóstico por Imagem
Substituição da Valva Aórtica Transcateter/tendências
Estenose da Valva Mitral
Limites: Idoso
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros


  4 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-879031
Autor: Ribeiro, Marcelo Silva; Costa, Rodrigo Nieckel da; Rossi, Raul Ivo; Figueira, Hélio Roque; Cascudo, Marcelo Matos; Pedra, Simone Rolim F. Fontes; Guimarães, Isabel Cristina Britto; Paola, Ângelo Amato Vincenzo; Queiroga, Marcelo Antônio Cartaxo; Pedra, Carlos Augusto Cardoso.
Título: Implante transcateter da valva pulmonar. Protocolo clínico de tratamento e requisitos para credenciamento de centros e operadores no Brasil / Transcatheter pulmonary valve implantation. Clinical treatment protocol and accreditation requirements for centers and interventionists in Brazil
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;24(1-4):f:53-l:58, jan.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: O implante transcateter da valva pulmonar (ITVP) evoluiu significativamente desde sua introdução, no início dos anos 2000. Atualmente, esta técnica é uma opção segura e eficaz para o tratamento das disfunções valvares graves (estenose e/ou insuficiência) em biopróteses ou condutos cirúrgicos em posição pulmonar, em vários centros do mundo. No Brasil, os resultados iniciais com este procedimento em centros de referência foram similares àqueles observados na experiência global. O ITVP tem se demonstrado factível, seguro e eficaz em mãos treinadas na nossa realidade. Porém, antes da aplicação disseminada desta técnica em outros centros em nosso país, houve a necessidade de se estabelecerem alguns critérios para a seleção do paciente, a técnica de implante e o seguimento clínico, assim como para o treinamento e o credenciamento de novos operadores e centros. As orientações aqui descritas foram determinadas por um grupo de especialistas com experiência renomada em cardiopatias congênitas e ITVP, tendo sido encaminhadas ao Conselho Federal de Medicina (CFM). Representantes das diferentes sociedades médicas foram envolvidas na preparação deste documento, incluindo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Invasiva (SBHCI) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV). Acreditamos que a rígida aderência às recomendações listadas neste documento oficial seja crucial para a segurança do paciente e para que ótimos resultados sejam alcançados imediatamente e a longo prazo. Uma vez consolidado em nosso meio, o ITVP abrirá caminho para a introdução de novas terapias valvares em cardiopatias congênitas

Transcatheter pulmonary valve implantation (TPVI) has evolved significantly since its introduction in the early 2000s. Currently, this technique is a safe and effective option for the treatment of severe valve dysfunction (stenosis and/or regurgitation) in bioprostheses or surgical conduits in pulmonary position, in several centers worldwide. In Brazil, the initial results with this procedure in reference centers were similar to those observed in the overall experience. TPVI was proven to be feasible, safe, and effective in trained hands in Brazil. However, prior to the widespread application of this technique to other centers in this country, it was necessary to establish some criteria for patient selection, implantation technique, and clinical follow-up, as well as for the training and accreditation of new interventionists and centers. The guidelines described here were determined by a group of experts with well-known experience in congenital heart disease and TPVI, and were referred to the Conselho Federal de Medicina (CFM, portuguese for Federal Council of Medicine). Representatives of the different medical societies were involved in the creation of this document, including the Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC, portuguese for Brazilian Society of Cardiology), the Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Invasiva (SBHCI, portuguese for Brazilian Society of Hemodynamics and Invasive Cardiology), and the Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV, portuguese for Brazilian Society of Cardiovascular Surgery). The authors believe that strict adherence to the recommendations contained in this official document is crucial for patient safety and for optimal results to be achieved in both the short and long term. Once consolidated in Brazil, TPVI will open doors for the introduction of new valve therapies in congenital cardiopathies
Descritores: Próteses e Implantes
Valva Pulmonar
Brasil
Protocolos Clínicos/normas
Acreditação de Instituições de Saúde
Diretrizes para o Planejamento em Saúde
-Artéria Pulmonar
Insuficiência da Valva Pulmonar/terapia
Estenose da Valva Pulmonar/terapia
Bioprótese
Ecocardiografia/métodos
Cateterismo Cardíaco/métodos
Cardiopatias Congênitas
Ventrículos do Coração/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-720331
Autor: Castro-Silva, Igor Iuco; Coutinho, Lawrence Andrade Costa da Rocha.
Título: Uso de enxertos ósseos na Odontologia: perfil de cirurgiões-dentistas de Niterói/RJ / Use of bone grafts in Dentistry: profile of dentists from Niteroi/RJ
Fonte: Rev. bras. odontol;69(2):154-158, Jul.-Dez. 2012. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O uso clínico de biomateriais osseosubstitutos foi avaliado em Niterói/RJ. De 282 dentistas entrevistados, 4,96% tinham cadastro em banco de tecido ósseo, 40,43% conheceram o tema na graduação e 41,84% já realizaram enxertias (16,31% até 10 casos). Os materiais mais usados foram xenógeno (32,98%), autógeno (29,79%) e aloplástico (23,40%), com indicação para preenchimento alveolar (30,85%), boa razão custo-efetividade e procedência importada sendo o dobro da nacional. O atendimento privado foi cinco vezes maior do que o público e com baixa morbidade associada. Os dados confirmam a boa aceitação profissional para terapia com enxertos ósseos.

The clinical use of bone substitute biomaterials was evaluated in Niteroi, RJ. From 282 dentists interviewed, 4.96% had registered in bone tissue bank, 40.43% were introduced to the theme during graduation and 41.84% already performed grafts (16.31% up to 10 cases). The most common materials used were xenografts (32.98%), autografts (29.79%) and alloplastic grafts (23.40%), with indication for filling of extraction sockets (30.85%), good cost-effectiveness ratio and foreign origin is twice the Brazilian. The private service was five times higher than public one and with low morbidity associated. Data confirms a good acceptance among professionals for therapy with bone grafts.
Descritores: Materiais Biocompatíveis
Bioprótese
Transplante Ósseo
Materiais Dentários
Responsável: BR485.1 - Biblioteca Mário Badan


  6 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1115445
Autor: Muñoz, Cecilia; Contreras, Juan; Becker, Pedro; González, Rodrigo; Zalaquett, Ricardo.
Título: Reemplazo valvular tricuspídeo: prótesis mecánica versus prótesis biológica: trabajo observacional-descriptivo / Tricuspide valve replacement: comparison of biological versus mechanical valve: a descriptive observational study
Fonte: Rev. chil. cardiol;39(1):16-23, abr. 2020. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: ANTECEDENTES: El reemplazo protésico de la válvula tricúspide es un procedimiento infrecuente, con elevada mortalidad y morbilidad operatoria, independientemente de la etiología de la insuficiencia tricuspídea. Persiste aún una discusión respecto al tipo de prótesis a utilizar, mecánica o biológica. OBJETIVO: Analizar nuestros resultados perioperatorios y alejados en el reemplazo valvular tricuspídeo, comparando ambos tipos de prótesis. MÉTODO: Revisión de la Base de Datos de nuestro Servicio de Cirugía Cardiovascular para el periodo enero 1991 - diciembre 2017. Identificados los pacientes con reemplazo valvular tricuspídeo (RVT); se revisaron los protocolos operatorios y los ecocardiogramas. La supervivencia se certificó a través del Registro Civil e Identificación de Chile. RESULTADOS: Se identificaron 83 pacientes con RVT (76% mujeres), los que representaron el 0,7% del total de las cirugías con circulación extracorpórea y el 2,1% de las cirugías valvulares para el periodo en estudio. La edad promedio fue 49±16,5 años. Cuarenta y nueve casos (59%) correspondieron a reoperaciones y otros 49 tuvieron un procedimiento asociado. En 40 pacientes (48%) se utilizó una prótesis mecánica y en 43 (52%) una biológica. La mortalidad operatoria global fue 9,6% (8 pacientes, 4 con una prótesis mecánica y 4 con una biológica). El seguimiento se completó en el 100%, con un promedio de 7,1 años. Veintiocho pacientes fallecieron durante el seguimiento; la principal causa fue insuficiencia cardiaca. Así, la supervivencia a 5 años fue 70,3 ± 5,3% y a 10 años 58 ± 6,3%, sin diferencia significativa entre ambos tipos de prótesis. Siete pacientes se reoperaron durante el seguimiento (5 casos con prótesis biológica y 2 mecánica). CONCLUSIÓN: El RVT continúa siendo un procedimiento infrecuente, con mayor incidencia en mujeres, en la quinta década de la vida. La mayoría de los pacientes presentaba comorbilidad y había tenido cirugía cardiovascular previa. La mitad de estos recibió una prótesis mecánica y la otra, biológica. No hubo diferencias significativas entre ambos tipos de prótesis en cuanto a mortalidad operatoria, supervivencia alejada o reoperación.

BACKGROUND: Tricuspid valve replacement (TVR) is an uncommon surgical procedure, associated with high mortality and morbidity. The use of biological or mechanical prostheses in TVR has advantages and disadvantages and, therefore, there persists a debate regarding the choice of one or other type of prostheses. AIM: To analyze our operative and long-term surgical results, comparing both types of prosthetic valves. METHODS: The Data Base of the Cardiovascular Surgery Service was reviewed for the period between January 1991 and December 2017. 83 patients with TVR were identified, the operative notes and echocardiogram reports were analyzed. Survival was obtained from the Chilean Civil Identification Service. RESULTS: 83 patients (76% women) had TVR. They represented 0.7% of the total cases operated on with extracorporeal circulation and 2.1% of all valve disease cases, for the study period. Mean age was 49±16.5 years. 49 cases (59%) were reoperations and another 49 had an associated procedure. In 40 patients (48%) a mechanical prosthesis was used and in 43 (52%) a biological one was implanted. Operative mortality rate was 9.6% (8 patients, had a mechanical valve and the other 8, a biological one). Follow-up was 100% completed, with an average of 7.1 years. 28 patients died during follow-up; the main cause of death was heart failure. Five-year survival rate was 70.3 ± 5.3% and at 10 years it was 58 ± 6.3%, without significant difference the type of prostheses. Seven patients were re-operated during follow-up (5 cases corresponded to a biological prostheses and 2 to a mechanical one). CONCLUSION: TVR is still an infrequent surgical procedure, more commonly performed in women, on the fifth decade of life. Most patients presented comorbidities and had a previous cardiovascular surgical operation. Half of them received a mechanical prosthesis and half a biological one. There was no significant difference between both types of prostheses related to surgical mortality, long-term survival or reoperation.
Descritores: Valva Tricúspide/cirurgia
Insuficiência da Valva Tricúspide/cirurgia
Próteses Valvulares Cardíacas
Implante de Prótese de Valva Cardíaca/métodos
Circulação Extracorpórea
-Reoperação
Insuficiência da Valva Tricúspide/etiologia
Insuficiência da Valva Tricúspide/mortalidade
Bioprótese
Comorbidade
Análise de Sobrevida
Seguimentos
Resultado do Tratamento
Implante de Prótese de Valva Cardíaca/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo Observacional
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  7 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-703797
Autor: Ventura Ponce, Helard; Cabrera Gómez, Edgar; Delgado Azañero, Wilson; Huamaní Parra, Jaime; Ccahuana Vásquez, Vanessa; Lozano Aquije, Walter; Gárate Arias, Arturo.
Título: Reconstrucción mandibular con combinación de injertos autólogos libres e instalación de implantes dentales: Reporte de Caso / Mandibular Reconstruction with autologous grafts combination and installation of dental implants: Case repor
Fonte: Rev. estomatol. Hered;22(4):216-222, oct.-dic. 1012. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Entre los tumores mandibulares, destacamos el ameloblastoma como una patología frecuente en el área maxilofacial, descrito como un crecimiento local persistente, agresivo e invasivo con potencial de recidiva considerable, por lo que la integración clínica, imaginológica e histopatológica histopatológica nos dirige a establecer diagnósticos para definir el tratamiento quirúrgico. Con el conocimiento de técnicas quirúrgicas maxilofaciales, indicadas para la ablación de tumores en el Maxilar inferior empleamos la mandibulectomía parcial o segmentaria con reconstrucción inmediata y posterior rehabilitación con implantes, demostrando efectividad en el tratamiento. La combinación de injertos autólogos ofrece: contención y estabilidad que da la cortical externa de calota craneana hacia el particulado de cresta ilíaca, y el volumen óseo obtenido es brindado por el injerto particulado para facilitar la instalación de implantes.

Among the tumors mandibular ameloblastoma highlighted as a common pathology in the maxillofacial area, described as a persistent local l growth, aggressive and invasive with significant potential for recurrence, so that clinical integration, imagiologic and histopathologic diagnoses directs us to define surgical treatment. With knowledge of maxillofacial surgical techniques, indicated for ablation of tumors in the lower jaw used the partial or segmental mandibulectomy with immediate reconstruction with implants and subsequent rehabilitation, demonstrating effectiveness in treatment. The combination of autologous grafts provides: containment and stability which gives the particulate calvaria into the iliac crest bone volume obtaining suitable for the installation of the implant provided by particulate graft.
Descritores: Ameloblastoma
Bioprótese
Implantes Dentários
Reconstrução Mandibular
Transplante Autólogo
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-409027
Autor: Ramos, Auristela Isabel de Oliveira.
Título: Incidência de trombo intracardíaco e de tromboembolismo nos três primeiros meses, após o implante de bioprótese valvar / Predictors of intracardiac thrombus early after bioprosthetic valve replacement.
Fonte: São Paulo; s.n; 2003. 100 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Departamento de Cardio-Pneumologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Este estudo avaliou a incidência de tromboembolismo e de trombo intracardíaco documentado por ecocardiograma transesofágico no pós-operatório imediato e três meses, após o implante de bioprótese, em 184 pacientes. A incidência de trombo foi 14,1 por cento no pós-operatório imediato e 20,7 por cento no terceiro mês, a qual foi significativamente mais elevada nos pacientes com prótese em posição mitral e mitroaórtica do que em posição aórtica, em ambos os períodos. A probabilidade acumulada livre de eventos em 90 dias foi 70 por cento. A análise de regressão logística multivariada realizada em todos os pacientes identificou a prótese em posição mitral e mitroaórtica como a única variável independente para a formação de trombo.This study assessed the incidence of thromboembolism and intracardiac thrombus by transesophageal echocardiography study at the immediate and at three months after implantation of a bioprosthetic valve in 184 patients. The incidence of thrombus was 14,1 per cent at the immediate period and 20,7 per cent at three-month follow-up, which was significantly higher in aortic patients. The probability of survival free from thrombus and thromboembolic events was 70 per cent at 90 days. The logistic regression multivariate analysis identified the prostheses in the mitral or double position as the only independent risk factor for intracardiac thrombus at both periods...
Descritores: Próteses Valvulares Cardíacas
Bioprótese/efeitos adversos
Tromboembolia/complicações
Trombose/complicações
Valva Aórtica/cirurgia
Valva Mitral/cirurgia
-Anticoagulantes/uso terapêutico
Ecocardiografia Transesofagiana/métodos
Fatores de Risco
Seguimentos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1; W4DB8, R14iti, FM-2


  9 / 366 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-390722
Autor: Ramos, Auristela Isabel de Oliveira; Magalhães, Helio Maximiano de; Maldonado, Mercedes; Togna, Dorival Júlio Della; Meneghelo, Zilda Machado; Arnoni, Antoninho Sanfins; Machado, Lucia; Gomes, Nisia Lyra; Paulista, Paulo Paredes.
Título: Incidência de trombo intracardíaco e de tromboembolismo nos três primeiros meses após o implante de bioprótese valvar / Incidence of intracardiac thrombus and thromboembolism in the first three months after bioprosthetic valve implantation
Fonte: Arq. bras. cardiol;83(n.spe):46-52, dez. 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar a incidência de trombo intracardíaco e de tromboembolismo nos três primeiros meses após a troca valvar por bioprótese e identificar fatores de risco para a formação de trombo. MÉTODO:Incluídos 184 pacientes, entre 15 e 75 anos de idade, submetidos a implante de bioprótese e realizados ecocardiogramas transtorácico e transesofágico (ETE) na fase hospitalar, média 8,4±3 dias, e três meses após, média 97,4±21,7 dias. RESULTADOS: Incidência de trombo foi significativamente mais elevada nos pacientes com prótese em posição mitral ou mitroaórtica (21,0 por cento) do que em posição aórtica (2,8 por cento), p<0,001. A análise de regressão logística multivariada identificou a prótese em posição mitral ou mitroaórtica como a única variável independente para a formação de trombo. No seguimento de três meses o ETE evidenciou trombo em 35 (20,7 por cento) dos 169 pacientes com evolução ecocardiográfica, 31,7 por cento nos mitrais e 3,1 por cento nos aórticos, p<0,001. No 3º mês a análise de regressão logística multivariada também identificou a prótese em posição mitral ou mitroaórtica como a única variável independente para a formação de trombo. Durante os três meses de seguimento, três (1,6 por cento) pacientes faleceram e oito (4,3 por cento) apresentaram fenômeno embólico, todos para território cerebral. CONCLUSÃO: A incidência de trombo nos três primeiros meses, após o implante da bioprótese foi 14,1 por cento nos 10 primeiros dias e 20,7 por cento em três meses; a prótese em posição mitral ou mitroaórtica foi identificada como fator de risco para a formação de trombo; a incidência de fenômenos embólicos diagnosticados clinicamente foi inferior à proporção de trombo atrial documentado pelo ecocardiograma.
Descritores: Bioprótese/efeitos adversos
Cardiopatias/epidemiologia
Doenças das Valvas Cardíacas/cirurgia
Próteses Valvulares Cardíacas/efeitos adversos
Trombose/epidemiologia
-Ecocardiografia/métodos
Métodos Epidemiológicos
Cardiopatias/etiologia
Tromboembolia/epidemiologia
Tromboembolia/etiologia
Trombose/etiologia
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 366 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mansur, Alfredo José
Id: lil-65542
Autor: Albuquerque, Cícero Piva de; Mansur, Alfredo José; Mendes, Caio Marcio Figueiredo; Tavelin, Wagner; Grimberg, Max; Bellotti, Giovanni; Pileggi, Fúlvio.
Título: Endocardite em bioprótese valvar cardíaca causada por actinobacillus actinomycetemcomitans: relato de caso
Fonte: Arq. bras. cardiol;51(6):467-9, dez. 1988. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Paciente do sexo masculino de 27 anos de idade, portador de bioprótese valvar cardíaca porcina em posiçäo aórtica há 2,5 anos, sofreu endocardite por Actinobacillus actinomycetemcomitans. A identificaçäo do agente etiológico nas hemoculturas foi possível no sétimo dia de incubaçäo. Houve boa resposta ao tratamento com ampicilina e gentamicina por 42 dias, e o paciente recebeu alta hospitalar
Descritores: Infecções por Actinobacillus/complicações
Próteses Valvulares Cardíacas/efeitos adversos
Endocardite Bacteriana/etiologia
Bioprótese/efeitos adversos
Limites: Adulto
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros



página 1 de 37 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde