Base de dados : LILACS
Pesquisa : E07.695.550 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 30 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 30 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ribeiro, Fernando de Andrade Quintanilha
Texto completo
Id: biblio-839423
Autor: Ribeiro, Fernando de Andrade Quintanilha; Tamaoki, Yumi; Cabral, Gabriel Wynne.
Título: Feasibility of ossicular chain reconstruction with resin cement / Viabilidade da reconstrução da cadeia ossicular com cimento resinoso
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(2):132-136, Mar.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ethics Committee.
Resumo: Abstract Introduction: Disjunction of ossicular chain is a common finding in middle ear chronic disease. In addition to ossicular interposition, various materials have been used for reconstruction, such as ceramic prostheses, polyethylene, and titanium. Objective: Because of the high cost of the available options, the authors propose to reconstruct the ossicular chain with resin cement, a material typically used in dental reconstruction and fixation. Methods: Two anatomical parts of the temporal bones were used, creating a disjunction of the ossicular chain between the incus and staples and then reconstructing with resin cement. These reconstructions were repeated four times by three different surgeons to ensure the feasibility of the method. Results: A total of 12 reconstructions were carried out, four per surgeon. After applying the cement, it could be verified by touch that the space was filled properly by the used material. Proper articulation with motion transfer to the entire ossicular chain was also observed. Conclusion: Resin cement is a suitable material in the reconstruction of ossicular chain injury, and it is inexpensive and technically simple.

Resumo Introdução: É frequente a disjunção da cadeia ossicular nas doenças crônicas da orelha média. Além de interposições ossiculares, vários materiais já foram usados com a finalidade de reconstruí-la, como próteses de cerâmica, polietileno e titânio. Objetivo: Devido ao alto custo das opções existentes, propomos reconstruir a cadeia com cimento resinoso, material usado normalmente na reconstrução e fixação dentária. Método: Serão usadas duas peças anatômicas de ossos temporais, nas quais será criada uma disjunção da cadeia entre a bigorna e o estribo que, a seguir, será reconstruída com o cimento resinoso. Essas reconstruções serão repetidas quatro vezes por três cirurgiões diferentes, para certificação da viabilidade do método. Resultados: Foram feitas 12 reconstruções, quatro por cada cirurgião. Após aplicação do cimento, conseguimos, ao toque, perceber que o espaço foi preenchido adequadamente pelo material empregado. Notamos ainda adequada articulação com transferência de movimento para toda a cadeia ossicular. Conclusão: O cimento resinoso é um material viável na reconstrução de lesões da cadeia ossicular e proporciona um método tecnicamente simples e de baixo custo.
Descritores: Prótese Ossicular
Cimentos de Resina
Ossículos da Orelha/cirurgia
-Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089363
Autor: Kotzias, Syriaco Atherino; Seerig, Mariana Manzoni; Mello, Maria Fernanda Piccoli Cardoso de; Chueiri, Leticia; Jacques, Janaina; Silva, Martin Batista Coutinho da; Zatt, Daniel Buffon.
Título: Ossicular chain reconstruction in chronic otitis media: hearing results and analysis of prognostic factors / Reconstrução da cadeia ossicular na otite média crônica: resultados auditivos e análise de fatores prognósticos
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);86(1):49-55, Jan.-Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction The goal of ossiculoplasty is to improve hearing and the success of this procedure depends on several factors. Objective Analyze the hearing results in patients with chronic otitis media undergoing ossicular chain reconstruction, as well as predictive factors for successful surgery. Methods Charts of patients undergoing ossiculoplasty between 2006 and 2016 were reviewed. Sixty-eight patients were included, totaling 72 ears. The following data was analyzed: gender, age, smoking status, laterality, pathology, audiometric exams, type of surgery, previous surgery, characteristics of the middle ear, otorrhea and ossicular chain status. Patients were also classified according to two indices: middle ear risk index and ossiculoplasty outcome parameter staging. The results were evaluated by comparing the air-bone gap before and after surgery. The success of reconstruction was defined as air-bone gap ≤20 dB and the improvement of speech reception Thresholds, calculated through the mean frequencies 0.5, 1, 2 and 3 kHz. Results Reconstruction success rate was 61%. The mean preoperative air bone gap was 34.63 dB and decreased to 17.26 dB after surgery. There was a correlation between low risk in middle ear risk index and ossiculoplasty outcome parameter staging indices with postoperative success. The most frequently eroded ossicle was the incus and the type of prosthesis most used was tragal cartilage. In the patients without incus, we achieved success in 74.2% of the surgeries. In the absence of the stapes, the success rate decreased to 63.3%. In the absence of the malleus, 85% of the patients had and air bone gap ≤20 dB. Conclusion We achieved good audiometric outcomes in ossiculoplasty and the results are comparable to other centers. Ossicle status influenced postoperative results, especially in the presence of stapes. We also concluded that the indexes analyzed may help to predict the success of the surgery.

Resumo Introdução A ossiculoplastia tem como objetivo a melhoria da audição e o sucesso desse procedimento depende de diversos fatores. Objetivo Analisar os resultados auditivos em pacientes com otite média crônica submetidos a reconstrução da cadeia ossicular, bem como os fatores preditivos de sucesso cirúrgico. Método Prontuários de pacientes submetidos a ossiculoplastia entre 2006 e 2016 foram revistos. Sessenta e oito pacientes foram incluídos, total de 72 orelhas. Os seguintes dados foram analisados: sexo, idade, tabagismo, lateralidade, doença, exames audiométricos, tipo de cirurgia, cirurgia prévia, características da orelha média, otorreia e estado da cadeia ossicular. Os pacientes também foram classificados de acordo com dois índices: índice de risco da orelha média e estadiamento do parâmetro de desfecho da ossiculoplastia. Os resultados foram avaliados comparando o gap aéreo-ósseo antes e após a cirurgia. O sucesso da reconstrução foi definido como gap aéreo-ósseo ≤ 20 dB e a melhoria dos limiares de recepção de fala, calculados pelas frequências médias de 0,5, 1, 2 e 3 kHz. Resultados A taxa de sucesso da reconstrução foi de 61%. O gap aéreo-ósseo pré-operatório médio foi de 34,63 dB e diminuiu para 17,26 dB após a cirurgia. Houve correlação entre baixo risco no índice de risco para orelha média e os índices de estadiamento do parâmetro de desfecho da ossiculoplastia com sucesso pós-operatório. O ossículo com erosão mais frequente foi a bigorna e o tipo de prótese mais utilizada foi a cartilagem tragal. Nos pacientes sem bigorna o sucesso foi alcançado em 74,2% das cirurgias. Na ausência do estribo, a taxa de sucesso diminuiu para 63,3%. Na ausência do martelo, 85% dos pacientes apresentaram gap aéreo-ósseo ≤ 20 dB. Conclusão Melhora significativa da audição foi observada em pacientes submetidos à ossiculoplastia, os resultados foram comparáveis aos de outros centros. O "status" dos ossículos influenciou os resultados pós-operatórios, principalmente a presença do estribo. Também concluímos que os índices analisados podem ajudar a prever o sucesso da cirurgia.
Descritores: Otite Média/cirurgia
Prótese Ossicular/normas
Ossículos da Orelha/cirurgia
Audição/fisiologia
-Período Pós-Operatório
Prognóstico
Audiometria
Timpanoplastia
Índice de Gravidade de Doença
Doença Crônica
Resultado do Tratamento
Medição de Risco
Recuperação de Função Fisiológica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-683635
Autor: Rivas, José Antonio; Velandia, Román; Rincón, Luz Adriana; Tamayo, César Augusto; Forero, Víctor Hugo; Rivas, Adriana; Rivas, Alejandro.
Título: Estudio comparativo en pacientes usuarios de implantes Vibrant Soundbridge® (VSB) y sistema osteointegrado BAHA® / Comparative study on patients users of Vibrant Soundbridge® and osseointegrated BAHA® implants
Fonte: Acta otorrinolaringol. cir. cabeza cuello;40(3):194-201, jul.-sept. 2012. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: presentar la experiencia de una institución en la rehabilitación de pacientes con pérdida auditiva utilizando el implante de oído medio Vibrant Soundbridge® (VSB). Diseño: estudio retrospectivo. Materiales y métodos: se revisaron registros médicos, quirúrgicos y audiológicos de pacientes a los que se les implantó el sistema Vibrant Soundbridge (VSB), evaluando la ganancia auditiva establecida por la diferencia en los promedios de las frecuencias 0.5 a 3 kHz en la audiometría tonal postimplante con el sistema y sin él. Se evaluó también la satisfacción de uso con el dispositivo mediante la encuesta Escala de Satisfacción de Audición con Dispositivo (HDSS, Hearing Device Satisfaction Scale). Realizamos comparación de desenlaces audiológicos con una población de usuarios de similares características del sistema osteointegrado BAHA®. Resultados: 25 pacientes con pérdida auditiva predominantemente mixta recibieron un implante VSB colocando el Transductor de Masa Flotante (FMT) en ventana redonda en 23 casos (92%). La ganancia auditiva promedio fue de 36 ± 16 decibeles (dB). No se identificaron diferencias significativas en la ganancia auditiva entre los procesadores AP404-36 dB y Amadé-38 dB, p = 0.6. La ganancia auditiva en el grupo de usuarios del sistema BAHA fue de 37 dB y la discriminación de lenguaje a 65 dB fue de 93% y 100% para VSB y BAHA® respectivamente. En ambos sistemas el puntaje global de satisfacción fue de 4/5.

Objective: Present the institutional experience on the auditory rehabilitation of patients implanted with the middle ear prosthesis Vibrant Soundbridge®. Design: Retrospective study of a cases series. Materials and Methods: Medical, surgical and audiological charts review of patients implanted with the middle ear system VSB. Hearing gain was established by the mean differences calculated on 0.5 to 3 kHz in the pure tone audiometries pre and post implantation, with and without the device. Satisfaction with the device was assessed with the Hearing Device Satisfaction Scale tool. In addition, audiological and satisfaction comparison with a population with similar characteristics of BAHA implant users was made. Results: 25 patients with conductive and mixed hearing loss were implanted with the VSB, placing the FMT on the round window in 23cases (92%). Mean auditory gain was 36 ± 16 decibels (dB). There were no significance gains between processors AP404-36 dB and Amadé-38 dB, p = 0.6. Mean auditory gain in the BAHA® users was 37 dB; speech discrimination at 65 dB was 93% and 100% for VSB and BAHA® users respectively. Overall satisfaction score for both systems was 4/5. Conclusion: The middle ear implant system VSB gives a satisfactory hearing gain to patients with moderate mixed hearing loss comparable with the BAHA® as well in satisfaction and quality of life issues.
Descritores: Implantes Auditivos de Tronco Encefálico
Prótese Ossicular
Surdez
Limites: Humanos
Responsável: CO361.9


  4 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-872229
Autor: Carvalho, José Carlos Mesquita; Rode, Rolf; Alfenas, Elizabeth Rodrigues; Oliveira, Joaquim Augusto Piras de; Neves, Ana Christina Claro; Moroni, Plínio; Miracca, Raymundo; Sabóya, Antônio Carlos Lorenz; Dias, Reinaldo Brito e; Seignemartin, Crystianne Pacheco; Cerigatto, Celso Amauri; Rezende, José Roberto Vidulich; Rossa, Romualdo; Sêneda, Luís Marcelo.
Título: Escultores da face / Face scultures
Fonte: Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent;52(1):9-18, jan.-fev. 1998. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A Prótese Bucomaxilofacial ainda é considerada o patinho feio da Odontologia, mas muitos especialistas acreditam que, no futuro, essa especialidade pode se transformar em um cisne raro
Descritores: Implante de Prótese Maxilofacial
Prótese Maxilofacial
Próteses e Implantes
-Palato/anatomia & histologia
Nariz/anatomia & histologia
Orelha Externa/anatomia & histologia
Olho Artificial
Face/anatomia & histologia
Orelha Interna
Prótese Mandibular
Prótese Ossicular
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  5 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Linden, Arnaldo
Texto completo
Id: biblio-1022637
Autor: Linden, Arnaldo; Costa, Sady S. da; Smith, Mariana M.
Título: Timpanoplastia: evolução nas técnicas de reconstrução da cadeia ossicular / Tympanoplasty: Evolution of the Ossicular Reconstruction Techniques
Fonte: Rev. bras. otorrinolaringol;66(2):136-142, Abr. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: A técnicas cirúrgicas da recuperação da audição na otite média crônica continuam em discussão. Os otologistas estão divididos quanto ao uso de material orgânico ou sintético na reconstrução da cadeia ossicular. Técnicas de interposição com material orgânico (ossículos, osso cortical ou cartilagem) e materiais combinados (osso e teflon) são apresentadas aqui. Os bancos de implantes otológicos desempenham a importante função de distribuição desses materiais.

The surgical techniques of hearing restoration in chronic otitis media are still in discussion. The otologists are divided conceming the use of organic or synthetic material. Interposition techniques with organic materials (ossicles, cortical bone or cartilage) and combined materials (bone and teflon) are presented here. An otological implant bank plays an important role in processing and distributing the materials.
Descritores: Timpanoplastia/métodos
Timpanoplastia/reabilitação
Ossículos da Orelha/anatomia & histologia
-Prótese Ossicular
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1000883
Autor: Mansilla, Enrique.
Título: Otorrinolaringología pediátrica / Pediatric otolaryngology.
Fonte: Ciudad Autónoma de Buenos Aires; Edimed; 2014. 552 p. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Nasofaringe/patologia
Otolaringologia
Otorrinolaringopatias
-Anormalidades Congênitas
Ortodontia
Otite Externa
Otite Média
Perda Auditiva
Prótese Ossicular
Rinite
Testes Auditivos
Transtornos da Audição/diagnóstico
Limites: Humanos
Adolescente
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: AR338.1 - Biblioteca
AR338.1; 616.21, M4. 07/5231


  7 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-699536
Autor: Hernández Hernández, Maximiliano.
Título: Protesis de pabellón auricular elaborada en silicona y retenida con implantes de titanio osteointegrados / Auricular prosthesis retained with titanium osteoimplants
Fonte: Rev. fac. cienc. méd. (Impr.);9(1):9-13, ene.-jun. 2012. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los casos de falta de desarrollo congénito de pabellón auricular (microtia), o ausencia congénita total de pabellón auricular (anotia), trae consecuencias estéticas, funcionales y psicológicas, por lo que es importante buscar la forma de reparar estas deformidades. En muchos casos, no es posible lograr resultados por medio de cirugía reconstructiva, que debe ser el primer método de elección. En tales situaciones puede optarse por la rehabilitación a través de prótesis, (restitución de una parte faltante del cuerpo por medios artificiales). Este artículo tiene como objetivo dar a conocer el tratamiento alternativo en la reparación de defectos de la región maxilofacial, además, se describen los procedimientos clínicos y de laboratorio para la fabricación de una prótesis auricular elaborada en silicona grado médico para un paciente que presenta microtia derecha; fue sometido a varias intervenciones quirúrgicas con el fin de reconstruir su deformidad, sin lograr el éxito esperado; también se muestran los resultados estéticos obtenidos. Uno de los principales desafíos en este tipo de procedimiento es la retención de las prótesis, por lo que se decidió colocar implantes de titanio extra orales. La conexión entre prótesis e implantes se logró por medio de una barra y clips insertados en la prótesis; se pudo optar por retención con adhesivos, pues este tipo de prótesis es aceptable para el paciente debido al excelente soporte,capacidad de retención, seguridad y la apariencia del paciente o de la prótesis...
Descritores: Implantes Cocleares
Assimetria Facial
Prótese Ossicular
-Anormalidades Congênitas
Pavilhão Auricular/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  8 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-675687
Autor: Ataide, Andre Luiz de; Bichinho, Gerson Linck; Patruni, Tatiana Mauad.
Título: Avaliação audiométrica após estapedotomia com prótese de titânio do tipo Fisch / Audiometric evaluation after stapedotomy with Fisch titanium prosthesis
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);79(3):325-335, maio-jun. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Otosclerose é uma doença que provoca fixação do estribo, levando à perda auditiva tipicamente condutiva, corrigida com aparelhos auditivos ou cirurgia de estapedotomia, substituindo o estribo doente por uma prótese. O material mais recentemente utilizado é o titânio e no Brasil há apenas duas próteses comercialmente disponíveis. A prótese de pistão tipo Fisch, da Storz, não possui resultados relatados na literatura. OBJETIVO: Estudo retrospectivo avaliando resultado auditivo após estapedotomia com uso desta prótese. MÉTODO: Usando critérios da Academia Americana de Otorrinolaringologia, comparou-se o gap nas audiometrias pré e pós-operatórias, avaliando-se melhora auditiva. RESULTADOS: O gap pós-operatório em baixas frequências teve média de 12,9 dB, em altas frequências de 5,2 dB (média 9,1 dB), mediana 8,8 dB, mínimo 1,3 dB e máximo 21,6 dB, desvio padrão 5,7 e p < 0,001. Dividindo o resultado conforme o gap pós-operatório a cada 10 dB, em 25 pacientes (75,8%) foi < ou igual a 10 dB, em 32 pacientes (96,9%) foi < ou igual a 20 dB, em 100% dos casos foi < ou igual a 30 dB. CONCLUSÃO: Prótese de pistão tipo Fisch apresenta resultados compatíveis com a literatura, podendo ser usada com segurança como mais uma boa opção para estapedotomia.

Otosclerosis causes the fixation of the stapes and conductive hearing loss, usually corrected with the use of hearing aids or through stapedotomy and the replacement of the involved stapes with a prosthesis. Titanium has been the most recently used material of choice in stapedotomy prostheses. Only two prostheses are commercially available in Brazil. There are no reports in the literature on the Fisch-type Storz titanium stapes piston prosthesis. OBJECTIVE: This retrospective study aims to look into the auditory outcomes of patients submitted to stapedotomy and titanium stapes piston prosthesis implantation. METHOD: The criteria described by the American Academy of Otolaryngology were used to compare pre and postoperative air-bone gaps seen in audiometry tests. RESULTS: The mean low-frequency postoperative air-bone gap was 12.9 dB; the mean high-frequency air-bone gap was 5.2 dB (mean 9.1 dB); median gap was 8.8 dB, with a minimum of 1.3 dB and a maximum of 21.6 dB; standard deviation was 5.7 dB, and p < 0.001. Twenty-five (75.8%) patients had air-bone gaps of 10 dB and under; 32 (96.9%) patients had gaps of 20 dB and under; and all patients had gaps of 30 dB and under. CONCLUSION: The Fisch-type titanium stapes piston prosthesis presented outcomes consistent with the literature and can be used safely in stapedotomy procedures.
Descritores: Prótese Ossicular
Otosclerose/cirurgia
Cirurgia do Estribo/métodos
Titânio
-Audiometria
Condução Óssea
Estudos Retrospectivos
Fatores Sexuais
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-616945
Autor: Zernotti, Mario Emilio; Di Gregorio, Maria Fernanda; Sarasty, Andrea C. Bravo.
Título: Prótese implantável do ouvido médio: ganho funcional em perda auditiva mista / Middle ear implants: functional gain in mixed hearing loss
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);78(1):109-112, jan.-fev. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Atresia óssea e otite média crônica são os principais grupos de beneficiários com implantes do ouvido médio. Cirurgia de atresia é tecnicamente complexo, tem muitas complicações e resultados funcionais pobres. Os aparelhos auditivos osseointegrados são uma alternativa. Eles fornecem um ganho funcional muito bom, mas tem muitos problemas de pele e osseointegração. Na otite média crônica, ossiculoplastias resolveram parcialmente o problema de audição. Infelizmente, em alguns casos de otites média e cavidades abertas, equipamentos com aparelhos auditivos convencionais são difíceis e muitas vezes insatisfatórios. OBJETIVO: Determinar a utilidade de um implante do ouvido médio. Desenho de estudo longitudinal. MÉTODOS: Vibrant-Soundbrigde foi implantado em oito pacientes com perda auditiva mista grave. Quatro apresentavam otite média crônica e quatro apresentavam atresia unilateral. A colocação do estimulador (FMT ou Floating Mass Transducer) foi em cinco pacientes na janela redonda, dois no estribo e um na janela oval. RESULTADOS: Ganho funcional foi de 35 dB, 40 dB, 48,7 dB e 50 dB para as frequências de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz, respectivamente. CONCLUSÃO: Vibrant-Soundbrigde é uma excelente opção no restabelecimento da audição em perda auditiva mista grave e profunda. Ele fornece um excelente ganho funcional em doenças de difícil tratamento com equipamentos convencionais.

Osseous atresia and chronic otitis media are diseases benefit with middle ear implants. Surgery for atresia is technically complicated, has significant number of complications and functional results are often poor. The osseointegrated hearing aids are an alternative. They provide a very good functional gain, but have many problems with the skin and osseointegration. In chronic otitis media, the ossiculoplasty solved partially the hearing problem. Unfortunately in some cases of otitis media and in open cavities fitted with conventional hearing aids the gain is unsatisfactory. AIM: To determine the usefulness of an active middle ear implant. MATERIAL AND METHOD: Longitudinal Study. Vibrant- Soundbrigde was implanted in eight patients with severe mixed hearing loss. Four patients had chronic otitis media and four had unilateral atresia. The placement of the stimulator (FMT or Floating Mass Transducer) was in five patients on round window, two in stapes and one in the oval window. RESULTS: Functional gain was 35 dB, 40 dB, 48.7 dB and 50 dB for the frequencies 500, 1000, 2000 and 4000 Hz, respectively. CONCLUSION: Vibrant-Soundbrigde is an excellent option in hearing recovery in severe and profound mixed hearing loss. It also provides an excellent functional gain in diseases difficult to treat with conventional hearing aids.
Descritores: Implantes Cocleares
Perda Auditiva Condutiva-Neurossensorial Mista/cirurgia
Prótese Ossicular
-Audiometria de Tons Puros
Doença Crônica
Perda Auditiva Condutiva-Neurossensorial Mista/etiologia
Estudos Longitudinais
Otite Média/complicações
Índice de Gravidade de Doença
Resultado do Tratamento
Limites: Adolescente
Adulto
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 30 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-615986
Autor: Rangel, Patricia; Bonilla A., Claudia; Usaquén P., Marcela.
Título: Medición del oído real (REM) con audífono hecho a la medida con y sin tubo extendido en pacientes con pérdida auditiva / Real ear measurement (REM) with custom-made hearing aid with and without tube extending in patients with hearing loss
Fonte: Rev. colomb. rehabil;1(1):85-89, oct. 2002. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Este estudio sugiere que existe una variación en la salida del audífono cuando se realiza el acoplamiento del tubo extendido. La investigación se efectuó con el propósito de comparar la diferencia entre los registro obtenidos a través de la medición en oído real con audífonos hechos a la medida, con y sin implementación del tubo extendido. El rango de frecuencias analizado se encuentra entre 500 y 4.000 Hz. Los resultados que se hallaron al utilizar un tubo extendido de 4mm de longitud y 2 mm de diámetro coincide con el incremento de ganancia promedio en la gama de frecuencias a nivel general. Y que dicha ganancia crece a medida que trasciende de frecuencias graves a agudas. El estudio abarca una serie de 30 mediciones con su respectiva corroboración en 17 participantes con adaptación de audífonos unilaterales y bilaterales.
Descritores: Perda Auditiva de Alta Frequência
Medição de Ruído
Prótese Ossicular
Limites: Criança
Adolescente
Adulto
Responsável: CO214.1 - Biblioteca



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde