Base de dados : LILACS
Pesquisa : E07.796.980 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 60 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 60 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999777
Autor: Missio, Marciane Montagner; Queiroz, Luise Ferreira de.
Título: Tecnologias assistivas: aspectos que influenciam na assiduidade e no abandono dos recursos / Assistive technologies: aspects influencing assurance and abandonment of resources
Fonte: Acta fisiátrica;25(4), dez. 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: As tecnologias assistivas são recursos utilizados para potencializar habilidades funcionais e proporcionar autonomia e independência. Pessoas com deficiência possuem a garantia de acesso a esses recursos, com prescrição de profissionais dos serviços de reabilitação do Sistema Único de Saúde (SUS). Objetivo: Verificar aspectos envolvidos com a adesão e abandono de órteses, próteses e cadeiras de rodas. Método: Trata-se de um estudo transversal, os dados foram coletados através de uma entrevista estruturada que questiona o processo de prescrição, benefícios e continuidade ou abandono de uso dos equipamentos. A população do estudo foi de indivíduos de 18 a 80 anos que receberam tecnologias assistivas dispensadas no período de janeiro a dezembro de 2017 através de um Centro Especializado em Reabilitação, município de Santa Maria - RS. Resultados: Em 2017 foram dispensadas 400 equipamentos, sendo entrevistadas 31 pessoas desse quantitativo, pois muitos dos beneficiados não residem no município, não consentindo em participar. As 31 pessoas receberam 38 equipamentos, sendo 6 cadeiras motorizadas, 13 manuais, 8 próteses de membro inferior, 1 de membro superior, 7 órteses de membro inferior e 3 de membro superior. Destes equipamentos, 20 continuam sendo utilizados e 18 foram abandonados. Os benefícios mais relatados foram a melhor estabilidade e a facilitação do deslocamento propiciada pelos recursos. Conclusão: A maioria dos beneficiários foram adultos e idosos, sendo que a cadeira manual e a prótese de membro inferior foram os equipamentos mais dispensados. Foi verificado que houve significativo número de abandono sugerindo que ocorreram inadequações no momento da prescrição, resultando no abandono.

Assistive Technologies are resources used to enhance functional abilities and provide autonomy and independence. Persons with disabilities are guaranteed access to these resources, with prescription from professionals in the rehabilitation services of the Unified Health System (SUS). Objective: Check aspects involved with adhesion and abandonment of orthoses, prostheses and wheelchairs. Method: This was a cross-sectional study, the data were collected through a structured interview that questions the prescription process, benefits and continuity or abandonment of use of the equipment's. The study population were individuals aged 18 to 80 years who received assistive technologies dispensed in the period from January to December of 2017 through a Specialized Center in Rehabilitation, of the municipality of Santa Maria - RS. Results: In 2017,400 equipment were dispensed, being interviewed 31 people of this amount, since many of the beneficiaries do not reside in the municipality, not consenting to participate. The 31 people received 38 equipment, 6 motorized chairs, 13 manuals, 8 lower limb prostheses, 1 upper limb, 7 lower limb orthoses and 3 upper limbs. Of these, 20 were still used and 18 were abandoned. The most reported benefits were improved stability and facilitation of resource displacement. Conclusion: The majority of the beneficiaries were adults and the elderly, and the manual chair and the lower limb prosthesis were the most dispensed equipment. It was verified that there was a significant number of abandonment suggesting that inadequacies occurred at the moment of prescription, resulting in the abandonment.
Descritores: Aparelhos Ortopédicos
Membros Artificiais
Cadeiras de Rodas
Terapia Ocupacional
Pessoas com Deficiência
Terapia por Exercício
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-668453
Autor: Silva, Kaitiana Martins; Braga, Douglas Martins; Hengles, Ricardo Cristian; Beas, Allan Rogers Venditi; Rocco, Fernanda Moraes.
Título: Interferência da fisioterapia aquática na agilidade de paciente com distrofia muscular de Duchenne não deambulador / The impact of aquatic therapy on the agility of a non-ambulatory patient with Duchenne muscular dystrophy
Fonte: Acta fisiátrica;19(1), jan. 2012.
Idioma: en; pt.
Resumo: A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma doença progressiva. A incapacidade de andar em geral acontece no início da adolescência, posteriormente ocorre à restrição na cadeira de rodas (CR), nesta fase da doença a cadeira de rodas é a única forma de locomoção. A agilidade na CR é um fator fundamental para a independência funcional desses indivíduos. Objetivo: O objetivo deste trabalho é verificar a interferência da fisioterapia aquática na agilidade de uma criança com DMD não deambuladora. Método: Este estudo é de caráter clínico prospectivo intervencional. O paciente foi submetido a dez sessões de fisioterapia aquática como forma de intervenção, utilizando como instrumentos de avaliação: Escala EgenKlassifikationteste de agilidade em ziguezague, saturação de oxigênio (SatO2), frequência respiratória (FR), capacidade vital forçada (CVF), volume corrente (VC), volume minuto (VM), pico de fluxo de tosse (PFT), pressão inspiratória (PImáx) e pressão expiratória máxima (PEmáx). O protocolo de intervenção da fisioterapia aquática foi definido com enfoque na agilidade com deslocamento com CR. Resultados: Foi possível observar melhora da agilidade no deslocamento com cadeira de rodas, manutenção do escore da escala EK, diminuição do VC, VM e PFT. Conclusão: Os resultados demonstraram que para este paciente a fisioterapia aquática pode interferir de forma positiva na agilidade no deslocamento com a cadeira de rodas.

Duchenne Muscular Dystrophy (DMD) is a progressive disease. The inability to walk is common in early adolescence, and with the restriction to a wheelchair at this stage of the disease, the wheelchair becomes the patient?s only form of locomotion. Their agility in the wheelchair is a key factor for the functional independence of these individuals. Objective: The objective of this study was to verify the impact of aquatic therapy on non-ambulatory children with DMD. Method: This study has a prospective, interventional, clinical character. The patient underwent ten sessions of aquatic therapy as an intervention, using the following assessment tools: EgenKlassifikation scale, zigzag agility test, oxygen saturation (SatO2), respiratory rate (RR), forced vital capacity (FVC), tidal volume (TV), minute volume (MV), peak cough flow (PCF), and maximal inspiratory (PImax) and maximal expiratory (PEmax) pressures. The intervention protocol of aquatic therapy was defined focusing on the agility in maneuvering the wheelchair. Results: Improvement in agility was observed in moving wheelchair, maintenance of the EK scale score, and a decrease in TV, MV, and PCF. Conclusion: The results showed that for this patient, aquatic therapy may intervene positively in his mobile agility in the wheelchair.
Descritores: Distrofia Muscular de Duchenne/reabilitação
Hidroterapia/instrumentação
-Cadeiras de Rodas
Estudos Prospectivos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Clínico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chung, Tae Mo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-663379
Autor: Nunes, Lucas Martins de Exel; Raimundo, Verônica Magalhães; Cordeiro, Quirino; Guerrini, Karen Fraga Moreira; Ramos, Arquimedes de Moura; Chung, Tae Mo; Riberto, Marcelo.
Título: Prevalência da Síndrome do Túnel do Carpo em usuários de cadeira de rodas devido à lesão medular / Prevalence of Carpal Tunnel Syndrome in wheel-chair users due to medullary lesion
Fonte: Acta fisiátrica;18(4), dez. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: A lesão medular acarreta inúmeras limitações funcionais diretamente relacionadas a perda das funções nervosas. Todavia, a mecânica associada ao uso de cadeiras de rodas impõe uma sobrecarga aos membros superiores que parece estar associada ao aparecimento de lesões secundárias em estruturas tendíneas e nervosas. Objetivo: Avaliar o surgimento de sinais eletromiográficos de comprometimento do nervo mediano na altura do túnel do carpo em indivíduos usuários de cadeiras de rodas devido a lesão medular. Método: Seguindo um desenho transversal, todos os indivíduos com lesão medular sob programa de reabilitação no Instituto de Medicina Física e Reabilitação do HC-FMUSP no ano 2010 foram submetidos a estudo de condução nervosa e eletromiografia. Esses achados foram correlacionados com variáveis biodemográficas e clínicas, bem como características do uso de cadeiras de rodas. Resultados: Foram avaliados 28 indivíduos, com média de idade de 41,4 anos (60,7% homens). A maioria dos pacientes tocava a cadeira de rodas por um tempo inferior a quatro horas e percorria uma distância tocando a cadeira de rodas inferior a 500 metros por dia. A ausência de sintomas dolorosos ocorreu em 67,9%, enquanto apenas 7,1% apresentavam o teste de Phalen e/ou Tinel positivos. Metade da amostra apresentava o diagnóstico neurofisiológico de síndrome do túnel do carpo (STC), que foi apresentou associação estatisticamente significante com a idade (p = 0,024), mas não com tempo e distância percorrida tocando a cadeira de rodas diariamente, uso de proteção ou adaptação na cadeira de rodas, sintomatologia dolorosa em membros superiores ou presença de sinais positivos para STC ao exame físico. Conclusão: Os sinais eletromiográficos de STC são muito prevalentes nesses indivíduos o que sugere maiores situações de risco para a integridade dos membros superiores e exige o desenvolvimento de estratégia biomecanicamente mais eficazes para a prevenção.

Medullary lesions create numerous functional limitations directly related to the loss of nervous functions. However, the mechanics associated with the use of a wheelchair impose a load on the upper limbs that seems to be linked to secondary lesions in the tendinous and nervous structures. Objective: This study seeks to evaluate the appearance of signs of electromyographic impairments of the median nerve around the carpal tunnel in individuals who use wheelchairs due to medullary lesion. Method: Following a transversal design, all the individuals with medullary lesion in the rehabilitation program at the HC-FMUSP Institute of Physical Medicine and Rehabilitation in the year 2010 were submitted to a study of nervous conduction and electromyography. Those findings were correlated with biodemographic and clinical variables, as well as to characteristics of the use of wheelchairs. Results: Twenty-eight (28) individuals were evaluated, with an average age of 41.4 years (60.7% males). Most patients moved the wheelchair for less than four hours and would move it less than 500 meters a day. An absence of painful symptoms was found in 67.9%, while only 7.1% presenting positive Phalen and/or Tinel test. Half of the sample presented the neurophysiological diagnostic of carpal tunnel syndrome (CTS), which had a statistically significant association with age (p=0.024), but not with the time and distance moving the wheelchair daily, the use of protection or adaptation of the wheelchair, of pain in upper limbs, or the presence of positive signs of CTS in the physical exam. Conclusion: We concluded that the electromyographic signs of CTS are very prevalent in these individuals, which suggests more situations of risk for the integrity of their upper limbs and demands the development of a more efficient biomechanical strategy for prevention.
Descritores: Traumatismos da Medula Espinal/fisiopatologia
Cadeiras de Rodas
Síndrome do Túnel Carpal/epidemiologia
Neurofisiologia
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771301
Autor: Ossada, Vinícius Aparecido Yoshio; Garanhani, Márcia Regina; Souza, Roger Burgo; Costa, Viviane de Souza Pinho.
Título: A cadeira de rodas e seus componentes essenciais para a locomoção de pessoas com tetraplegia por lesão da medula espinhal / The wheelchair and its essential components for the mobility of quadriplegic persons with spinal cord injury
Fonte: Acta fisiátrica;21(4), dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Compreender quais itens são essenciais à cadeira de rodas (CR) na perspectiva dapessoa tetraplégica por lesão da medula espinhal (LME). Método: O estudo qualitativo foi comentrevista semi-estruturada e análise de discurso, bem como, checklist da CR em uso e do SistemaÚnico de Saúde (SUS). Resultados: No total foram dez entrevistados: nove homens e uma mulher,média de idade de 42,3 anos (± 9,23), dois advogados, um economista e demais aposentados.As causas da LME foram acidente automobilístico (60%), mergulho em águas rasas (30%) eatropelamento (10%), respectivamente. O tempo de lesão foi em média 16,3 anos (± 7,14) e todosrealizavam fisioterapia. Os números de CR, até a adequada, foram duas a cinco e todos praticavamesporte adaptado ou lazer com CR. O checklist apontou itens insuficientes na CR do SUS e daanálise dos discursos resultaram em quatro categorias: Itens, materiais e condições necessárias;A conquista da funcionalidade; Vantagens e desvantagens da CR; e Sentimentos vivenciados. A CRé essencial para a locomoção das pessoas com tetraplegia e conhecer modelos, experimentar eter orientações sobre os itens adequados são importantes para a aquisição. Os itens adequadosfacilitam a aceitação, melhor adaptação, locomoção e autonomia. Conclusão: A cadeira do SUSmostrou-se insuficiente, o que leva ao abandono. A adquirida por funcionalidade, com itensessenciais, o que responde a individualidade e ao gosto do usuário, mostrou-se útil e adequadaapesar de seu elevado custo.

Objective: This study sought to understand which items are essential to the wheelchair from the perspective of a person with quadriplegic spinal cord injury (SCI). Method: The study was qualitative with semi-structured interviews and discourse analysis, as well as a checklist of the wheelchair being used and the wheelchair provided by the government's Unified Health System (SUS). Results: The causes of SCI were motor vehicle accidents (60%), diving into shallow waters (30%) and being struck by a vehicle (10%), respectively and the injury time averaged 16.3 years (± 7.14). All of the subjects were in physiotherapy. The number of wheelchairs tested before finding the proper one were two to five and some participants practiced adapted sports with the wheelchair. The checklist showed that the government wheelchair had insufficient items and the discourse analysis resulted in four categories: Items, materials, and conditions; Learning functionality; Advantages and disadvantages of the wheelchair; and Feelings experienced. The wheelchair is essential to acquiring mobility for people with quadriplegia and trying out different models and getting orientation on the items are important for their acquisition. Suitable items facilitate acceptance, better adaptation, mobility and enable autonomy. Conclusion: The wheelchair from the government's health system was insufficient, leading to its being abandoned, and wheelchairs acquired for their functionality, with essential items, responsive to the user's individuality and taste proved to be useful and appropriate, despite their high cost.
Descritores: Quadriplegia
Traumatismos da Medula Espinal/fisiopatologia
Cadeiras de Rodas
Autonomia Pessoal
Locomoção
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-843441
Autor: Borges, Mariane; Silva, Anselmo de Athayde Costa e; Faria, Fernando Rosch de; Godoy, Priscila Samora; Melo, Ellen Rodrigues Barbosa; Calegari, Décio Roberto; Gorla, José Irineu.
Título: Body composition and motor performance in wheelchair handball / Composição corporal e desempenho motor no handebol em cadeira de rodas
Fonte: Rev. bras. cineantropom. desempenho hum;19(2):204-213, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study was to verify the relationship between body composition and motor performance in Wheelchair Handball players (WH). Overall, 21 athletes composed the sample (13 males and 8 females). To analyze motor performance, the following tests were used: ball driving, block performance, 20 m velocity and zigzag agility for individuals on wheelchair. Body mass, height, body perimeter and skinfold thickness (tricipital, subescapular, bicipital and supra-iliac) were used to establish body composition profile. Data was presented through descriptive statistics and inference was performed by Spearmans’ and Kruskal-Wallis correlation coefficient (non-parametric). Therefore, strong and significant correlations between body composition and motor performance were detected within different functional class and also according to sex, whereas male athletes showed significant correlation between body fat percentage and agility (r=0.70, p≤0.01) and, in the case of female athletes, body fat percentage is strongly related with speed (r=0.81, p≤0.01) and agility (r=0.74, p≤0.05). As conclusion, it was verified that apparently, increased body fat in body composition profile negatively influences motor performance in wheelchair handball players

Resumo O objetivo deste estudo foi verificar as relações entre composição corporal e desempenho motor em atletas de Handebol em Cadeira de Rodas (HCR). A amostra foi composta por 21 atletas, sendo 13 atletas do sexo masculino e oito do sexo feminino. Para análise do desempenho motor foram utilizados os testes de condução de bola, desempenho de bloqueio, velocidade 20m e agilidade em ziguezague para indivíduos em cadeira de rodas. As variáveis massa corporal, estatura, perímetro corporal e espessuras de pregas cutâneas (tricipital, subescapular, bicipital e supra-ilíaca) foram coletadas para estabelecer o perfil da composição corporal. Os dados foram apresentados mediante estatística descritiva e a inferência foi realizada por meio do coeficiente de correlação de postos de Spearman e Kruskal-Wallis (não paramétricos). Observamos correlações entre composição corporal e desempenho motor nas diferentes classes funcionais e também de acordo com o sexo, sendo que atletas homens apresentaram correlações significativas entre percentual de gordura corporal e agilidade (r= 0,70, p≤0,01) e em mulheres o percentual de gordura corporal está fortemente relacionado às variáveis velocidade (r=0,81, p≤0,01) e agilidade (r=0,74, p≤0,05). Concluímos que o aumento de gordura corporal em atletas de HCR aparentemente influencia negativamente o desempenho motor.
Descritores: Cadeiras de Rodas
Composição Corporal
Esportes para Pessoas com Deficiência/fisiologia
Atividade Motora
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  6 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-775882
Autor: Fréz, Andersom Ricardo; Souza, Andrezza Thimoteo; Quartiero, Cíntia Raquel Bim.
Título: Desempenho funcional de jogadores de basquete em cadeira de rodas com traumatismo da medula espinal / Functional performance of wheelchair basketball players with spinal cord injury
Fonte: Acta fisiátrica;22(3), set. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Os traumatismos da medula espinal comprometem as atividades diárias e limitam a mobilidade e a participação na comunidade. A prática do esporte adaptado melhora a funcionalidade, pois ela complementa o processo de reabilitação de pessoas que precisam de cadeira de rodas para locomoção. Objetivo: Avaliar o desempenho funcional de atletas praticantes de basquetebol em cadeira de rodas com disfunções por traumatismo da medula espinal. Método: Foi realizado um estudo transversal com 12 atletas. Para avaliar o desempenho funcional foi aplicado o Índice de Barthel Modificado, o teste Zigue-zague adaptado e o teste de arremesso de medicineball. A correlação do grau de dependência funcional com os demais testes de desempenho funcional foi realizada pelo teste de correlação não paramétrica de Spearman. Resultados: Seis atletas apresentavam dependência moderada e seis dependência leve. O tempo médio para percorre o teste de agilidade em zigue-zague foi de 27,3 ± 3,8 segundos. A distância média para arremesso de medicineball foi de 5,2 ± 0,9 metros. Observou-se correlação negativa e forte entre o Índice de Barthel e o teste de agilidade (r = -0,9193, p < 0,0001). Conclusão: A amostra estudada apresentou-se como dependente moderada e leve para a realização das atividades de vida diária, com potência de membro superior e cintura escapula semelhante aos descritos na literatura e agilidade abaixo dos valores citados na literatura.

Spinal cord injuries affect people's daily activities and limit their mobility and participation in the community. Adapted sports improve functioning because they supplement the rehabilitation of people who need a wheelchair for mobility. Objective: The aim of this study was to evaluate the functional performance of wheelchair basketball players with spinal cord injury. Method: This cross-sectional study was conducted with 12 athletes. To evaluate their functional performance the Modified Barthel Index, the adapted version of Texas Fitness test, and the medicine ball test were applied. The correlation of functional dependence with other functional performance tests was performed by the nonparametric Spearman test. Results: Six athletes were classified as moderately dependent and six as mildly dependent. The average time for the adapted version of Texas Fitness test was 27.3 ± 3.8 seconds. The average distance for the medicine ball test was 5.2 ± 0.9 meters. We observed a strong negative correlation between the Modified Barthel Index and the adapted version of Texas Fitness test (r = -0.9193, p < 0.0001). Conclusion: The sample group presented as mildly to moderately dependent in carrying out the activities of daily living, with upper limb strength similar to what is described in the literature, but with less agility.
Descritores: Traumatismos da Medula Espinal/fisiopatologia
Cadeiras de Rodas
Avaliação em Saúde/métodos
Basquetebol
Esportes para Pessoas com Deficiência
Atividade Motora
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Queiroga, Marcos Roberto
Texto completo
Id: biblio-897841
Autor: Ferreira, Sandra Aires; Souza, William Cordeiro de; Nascimento, Matheus Amarante do; Tartaruga, Marcus Peikriszwili; Portela, Bruno Sergio; Mascarenhas, Luis Paulo Gomes; Queiroga, Marcos Roberto.
Título: Morphological characteristics, muscle strength, and anaerobic power performance of wheelchair basketball players / Características morfológicas, desempenho de força e de potência anaeróbia em jogadores de basquetebol em cadeira de rodas
Fonte: Rev. bras. cineantropom. desempenho hum;19(3):343-353, May-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study was to provide a descriptive analysis of the morphological structure, muscle strength, and anaerobic power performance of the upper limbs of wheelchair basketball athletes. Eleven male players (33.2 ± 10.6 years, 71.8 ± 15.8 kg) were submitted to anthropometric measurements and dynamometry (kg), medicine ball throwing (m) and wingate arm tests (W). The results showed sitting height (79.7 ± 4.6 cm), relative body fat (20.7 ± 7.6%), handgrip strength and explosive muscle strength (50.1 ± 10.6 kg and 3.9 ± 1.1 m, respectively), as well as peak power (316.8 ± 126.2 W), mean power (160.5 ± 76.5 W) and fatigue index (50.4%) lower than the performance of other wheelchair basketball athletes. The morphological characteristics and performance of athletes in the present study suggest disadvantages when compared to other wheelchair basketball athletes.

Resumo O objetivo do estudo foi o de fornecer uma análise descritiva da estrutura morfológica, do desempenho de força e de potência anaeróbica de membros superiores de atletas de basquetebol em cadeira de rodas. Onze jogadores do sexo masculino (33,2 ± 10,6 anos; 71,8 ± 15,8 kg) foram submetidos a medidas antropométricas e a testes de dinamometria (kg), lançamento de medicine ball (m) e de wingate de braços (W). Os resultados revelaram altura tronco-cefálica (79,7 ± 4,6 cm), percentual de gordura (20,7 ± 7,6%), força de preensão manual e de lançamento (50,1 ± 10,6 kg e 3,9 ± 1,1 m, respectivamente), além de potência pico (316,8 ± 126,2 W), potência média (160,5 ± 76,5 W) e índice de fadiga (50,4%) inferiores ao desempenho de outros atletas de basquetebol em cadeira de rodas. As características morfológicas e desempenho dos atletas do presente estudo sugerem desvantagens quando são comparados a outros atletas de basquetebol em cadeira de rodas.
Descritores: Cadeiras de Rodas
Basquetebol/fisiologia
Limiar Anaeróbio
Força Muscular
-Pessoas com Deficiência
Teste de Esforço/métodos
Desempenho Atlético/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  8 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-677865
Autor: Lopes, Keyla Ferrari; Araújo, Paulo Ferreira de.
Título: The wheelchair dancer within the context of spectacles / Os dançarinos em cadeira de rodas no contexto dos espetáculos
Fonte: Rev. bras. ativ. fís. saúde;17(5):440-448, out. 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: The purpose of this article is to reflect about wheelchair dancer participation and social inclusion within the context of presentations and spectacles open to the public. We adopt qualitative research to enhance and complement investigation concerning study subject, analyzing interview applied to a group of twelve wheelchair dancers. We utilized analysis proposals to make discussion and reflexion about the dancers ansewers. The result of the worked out in details discussions about the dancers speech in wheelchairs detach the dance as artistic product and don?t put in focus the deficiency of the dancer but fortfy in the stage context and in one who has spectations relationship, a new social identify, the artistic identify.

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre a participação e inclusão social dos dançarinos em cadeira de rodas no contexto de apresentações e espetáculos abertos ao público. Utilizamos a pesquisa qualitativa, com entrevista aplicada a um grupo de doze dançarinos de cadeira de rodas que participaram regularmente de apresentações e espetáculos. Recorremos aos procedimentos de análise de conteúdo a fim de classificar indicadores para uma discussão e reflexão acima das respostas dos dançarinos. Os resultados acerca dos discursos dos dançarinos em cadeira de rodas destacam a dança como produto artístico não enfocando a deficiência, fortalecendo no contexto do palco e na relação estabelecida entre dançarino/ expectador uma nova identidade social, a identidade artística.
Descritores: Cadeiras de Rodas
Pessoas com Deficiência
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  9 / 60 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-677864
Autor: Lopes, Keyla Ferrari; Araújo, Paulo Ferreira de.
Título: Os dançarinos em cadeira de rodas no contexto dos espetáculos / The wheelchair dancer within the context of spectacles
Fonte: Rev. bras. ativ. fís. saúde;17(5):440-448, out. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo tem como objetivo refletir sobre a participação e inclusão social dos dançarinos em cadeira de rodas no contexto de apresentações e espetáculos abertos ao público. Utilizamos a pesquisa qualitativa, com entrevista aplicada a um grupo de doze dançarinos de cadeira de rodas que participaram regularmente de apresentações e espetáculos. Recorremos aos procedimentos de análise de conteúdo a fim de classificar indicadores para uma discussão e reflexão acima das respostas dos dançarinos. Os resultados acerca dos discursos dos dançarinos em cadeira de rodas destacam a dança como produto artístico não enfocando a deficiência, fortalecendo no contexto do palco e na relação estabelecida entre dançarino/ expectador uma nova identidade social, a identidade artística.

The purpose of this article is to reflect about wheelchair dancer participation and social inclusion within the context of presentations and spectacles open to the public. We adopt qualitative research to enhance and complement investigation concerning study subject, analyzing interview applied to a group of twelve wheelchair dancers. We utilized analysis proposals to make discussion and reflexion about the dancers ansewers. The result of the worked out in details discussions about the dancers speech in wheelchairs detach the dance as artistic product and don?t put in focus the deficiency of the dancer but fortfy in the stage context and in one who has spectations relationship, a new social identify, the artistic identify.
Descritores: Cadeiras de Rodas
Pessoas com Deficiência
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  10 / 60 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789100
Autor: Pereira, Raphael N; Abreu, Marcos Fabio R; Gonçalves, Camila B; Corrêa, Wilson Flávio S; Mizuhira, Daniel R; Moreno, Marlene A.
Título: Respiratory muscle strength and aerobic performance of wheelchair basketball players
Fonte: Motriz rev. educ. fís. (Impr.);22(3):124-132, July-Sept. 2016. tab, Ilus.
Idioma: en.
Resumo: The respiratory system has been described as a limiting factor in the performance of athletes. Therefore, the objective of this study was to evaluate the relationship between the respiratory muscle strength (RMS) and aerobic performance of wheelchair basketball players (WCBPs). We evaluated 19 male WCBPs who were divided into two groups: trunk control group (TCG) and without trunk control group (WTCG). All participants underwent a pulmonary function test, evaluation of maximal inspiratory (MIP) and expiratory (MEP) pressures, and an aerobic performance test. The MIP of both groups and the MEP values of TCG exceeded the predicted values for age and gender. No differences were observed in the MIP and aerobic performance between the groups although a difference was observed in the MEP values. Positive correlations were observed between MIP/MEP and the aerobic performance for both groups. These results suggested that the overall RMS of this group of WCBPs fell within or above the predicted values. Hence, the study concluded that RMS can positively influence the aerobic performance of WCBP
Descritores: Cadeiras de Rodas/estatística & dados numéricos
Basquetebol
Músculos Respiratórios
Pessoas com Deficiência
Desempenho Atlético
Esportes para Pessoas com Deficiência
-Testes Respiratórios/métodos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde