Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.058.144 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 38 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 38 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1024318
Autor: Fernández, Abigail(edt).
Título: Determinación de riesgos de salud relacionada a estilos de vida en población joven / Determining health risks related to lifestyles in young people
Fonte: Rev. enferm. neurol;15(1):26-35, ene-abr 2016.
Idioma: es.
Resumo: Diversos son los factores que generan diferencias en el acceso al sistema de salud y su utilización, lo que produce desigualdades tanto en la promoción de la salud como en las posibilidades de la recuperación posterior una enfermedad.
Descritores: Risco
-Ajustamento Emocional
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: MX380.1 - Coordianción de Investigación en Enfermería


  2 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095358
Autor: Blanco, Gisela.
Título: aproximación a una visión positiva de la salud en el trabajo a través del sentido de coherencia / Approach to a positive vision of health in the workplace through the sense of coherence
Fonte: Revista Digital de Postgrado;7(2):35-39, 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La teoría salutogénica tiene múltiples aplicaciones, tantas como campos de acción tiene el ser humano en los diferentes ambientes en los cuales vive y se desarrolla, uno de estos campos de acción es el trabajo. El desarrollo de la salud en general, así como dentro del lugar de trabajo en particular, es un complejo fenómeno que podría explorarse desde la perspectiva salutogénica. En contraposición los factores de riesgo y la enfermedad son el centro de atención desde la perspectiva patogénica. Este articulo tiene como objetivo realizar un breve recuento teórico sobre algunos de los conceptos desarrollados por la teoría de la salutogénesis y específicamente del concepto de sentido de coherencia y sus implicaciones en la contribución a lograr espacios de trabajo orientados a la salud positiva como una de las estrategias de la promoción de la salud en los ambientes laborales. Esta revisión está basada principalmente en el capítulo 20 sobre aplicaciones de la salutogénesis en el trabajo publicado en el Manual sobre Salutogénesis en el cual los editores realizan una revisión y actualización de los diferentes campos de aplicación de esta teoría(AU)

The salutogenic theory has multiple applications, as fields of action has the human being in the different environments in which lives and develops, one of these fields of action is the work. The development of health in general, as well as within the workplace in particular, is a complex phenomenon that could be explored the salutogenic perspective. In contrast risk factors and disease are the center of attention from a pathogenetic perspective. This article aims to conduct a brief theoretical recount on some of the concepts developed by the salutogenesis theory and specifically of the concept of sense of coherence and its implications in the contribution to spaces of work focused on the positive health as one of the strategies for the promotion of the health in the work environment. This review is mainly based on Chapter 20 about the salutogenesis applications in the work published in the Handbook on Salutogenesis (1) in which the editors performed a review and update of the different fields of application(AU)
Descritores: Comportamento
Ambiente de Trabalho
Senso de Coerência
Ajustamento Emocional
-Condições de Trabalho
Saúde do Trabalhador
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  3 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960855
Autor: Nery, Bruno Leonardo Soares; Cruz, Keila Cristianne Trindade da; Faustino, Andréa Mathes; Santos, Carla Targino Bruno dos.
Título: Vulnerabilidades, depressão e religiosidade em idosos internados em uma unidade de emergência / Vulnerabilidades, depresión y religiosidad en ancianos internados en una unidad de emergencia / Vulnerabilities, depression, and religiosity in the elderly hospitalised in an emergency unit
Fonte: Rev. gaúch. enferm;39:e20170184, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVOS Identificar vulnerabilidades e a associação entre religiosidade e a presença de sinais depressivos presentes em idosos internados em uma unidade de urgência e emergência. MÉTODOS Estudo transversal, realizado com 140 idosos internados em um hospital público do Distrito Federal, entre o mês de maio a outubro 2016, realizado por meio de questionário semiestruturado sobre dados de saúde, escala de religiosidade de DUREL e de depressão geriátrica. RESULTADOS Os idosos estudados são vulneráveis em relação a escolaridade, local de residência, a hábitos de vida, 37,3% dos idosos apresentavam sinais depressivos, e que existe uma associação fraca de proteção entre religiosidade e desenvolvimento de sinais depressivos (p ≤ 0,00 r = 0.12) e (p =0,02 e r = 0,06). CONCLUSÃO Observou-se a religiosidade isolada não apresenta fator protetor eficaz, mas apresenta papel importante no desenvolvimento de resiliência diante da enfermidade e uma fonte construtora de rede de apoio ao idoso.

Resumen OBJETIVOS Identificar vulnerabilidades y la asociación entre religiosidad y la presencia de signos depresivos presentes en ancianos internados en una unidad de urgencia y emergencia. MÉTODOS Estudio transversal, realizado con 140 ancianos internados en un hospital público del Distrito Federal, entre el mes de mayo a octubre de 2016, realizado por medio de un cuestionario semiestructurado sobre datos de salud, escala de religiosidad de DUREL y de depresión geriátrica. RESULTADOS Los ancianos estudiados son vulnerables en relación a la escolaridad, lugar de residencia, a hábitos de vida, el 37,3% de los ancianos presentaban signos depresivos, y que existe una asociación débil de protección entre religiosidad y desarrollo de signos depresivos (p ≤ 0 , 00 r = 0.12) y (p = 0,02 er = 0,06). CONCLUSIÓN Se observó la religiosidad aislada no presenta un factor protector eficaz, pero presenta un papel importante en el desarrollo de resiliencia ante la enfermedad y una fuente constructora de red de apoyo al anciano.

Abstract OBJECTIVES To identify vulnerabilities and the association between religiosity and depressive signs in the elderly hospitalised in an emergency unit. METHODS This cross-sectional study was conducted with 140 elderly patients admitted to a public hospital in the Federal District, Brazil, between May and October 2016. Data were collected using a semi-structured health questionnaire, the Duke University Religion Scale (DUREL), and the Geriatric Depression Scale (GDS). RESULTS The elderly patients were vulnerable in terms of schooling, place of residence, and life habits, and 37.3% exhibited signs of depression. A weak association was found between religiosity and the development of depressive signs (p ≤ 0, R = 0.12; p = 0.02 and r = 0.06). CONCLUSION The results showed isolated religiosity is not an effective protective factor, but it strengthens resilience in the face of disease and serves as a support network for the elderly.
Descritores: Religião
Idoso/psicologia
Populações Vulneráveis
Depressão/etiologia
Serviço Hospitalar de Emergência
Pacientes Internados/psicologia
-Escalas de Graduação Psiquiátrica
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Adaptação Psicológica
Atitude Frente a Saúde
Estudos Transversais
Idoso Fragilizado/psicologia
Depressão/psicologia
Depressão/epidemiologia
Ajustamento Emocional
Hospitais Públicos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049391
Autor: Tovani Palone, Marcos R.
Título: Aspectos psicológicos en niños con labio leporino y/o paladar hendido: un breve comentario sobre algunos hallazgos relevantes para los equipos de salud / Aspectos Psicológicos em crianças com Lábio liporino e / ou fenda Palatina: um breve comentário Sobre alguns resultados Relevantes para equipes de saúde / Psychological Aspects in children With cleft lip and/ Or palate: a brief Commentary onsome Relevant findings for Health teams
Fonte: Rev. salud pública (Córdoba);23(2):107-109, 2019.
Idioma: en; es.
Resumo: El labio leporino con o sin paladar hendido se encuentra entre los principales defectos congénitos y afecta aproximadamente 1:700 de los recién nacidos vivos (1). Se considera que la etiología de esta patología es multifactorial, incluyendo una interacción entre factores genéticos y ambientales (2,3)

Cleft lip and/or palate (CL/P) are among the most prevalent of all birth defects in human, affecting approximately 1:700 live births(1). The etiology of CL/P is thought to be multifactorial, involving an interaction between genetic and environmental factors (2,3).

A fissura labial e / ou palatina (FL / P) está entre as mais prevalentes de todos os defeitos congênitos em humanos, afetando aproximadamente 1: 700 nascidos vivos (1). A etiologia da CL / P é considerada multifatorial, envolvendo uma interação entre fatores genéticos e ambientais (2,3)
Descritores: Fenda Labial/psicologia
-Patologia Bucal
Adaptação Psicológica
Causalidade
Fissura Palatina/psicologia
Ajustamento Emocional
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR304.4 - Centro de Documentacíon


  5 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ciasca, Sylvia Maria
Texto completo
Id: biblio-976306
Autor: Alves, Rauni Jandé Roama; Nakano, Tatiana de Cássia; Lima, Ricardo Franco de; Ciasca, Sylvia Maria.
Título: Identifying Signs of Dyslexia Test: Evidence of Criterion Validity / Teste para Identificação de Sinais de Dislexia: Evidências de Validade de Critério / Test para la identificación de Señales de Dislexia: Evidencia de la Validez de Criterio
Fonte: Paidéia (Ribeirão Preto, Online);28:e2833, 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development (CNPq).
Resumo: Abstract In Brazil, there is a lack of valid instruments for screening for Developmental Dyslexia (DD) and so the aim of this study was an in-depth investigation of evidence of validity based on the relations with external variables for the Identifying Signs of Dyslexia Test (TISD). More specifically, it seeks to investigate the validity of the criterion, i.e. whether such instruments would be capable of identifying this diagnosis. The research involved comparing two samples: (a) children with DD diagnosis (n = 15) and (b) children without complaints of reading and writing difficulties (n = 146). It was found that in all the subtests of which the instrument is made up (reading, writing, visual attention, calculation, motor skills, phonological awareness, rapid naming, short term memory) there were significant differences between the groups, and in the test total. The results suggest that the TISD was able to identify the group with DD, evidencing the validity of the criterion for this instrument.

Resumo No Brasil há escassez de instrumentos validados para triagem da Dislexia do Desenvolvimento (DD), dessa forma, o presente estudo objetivou investigar mais profundamente evidências de validade baseadas nas relações com variáveis externas para o Teste para Identificação de Sinais de Dislexia (TISD). Especificamente, buscou-se investigar a validade de critério, ou seja, se tal instrumento seria capaz de identificar esse diagnóstico. A pesquisa envolveu a comparação de duas amostras: (a) crianças com diagnóstico de DD (n = 15) e (b) crianças sem queixas de dificuldades em leitura e escrita (n = 146). Verificou-se que em todos os subtestes que compõem o instrumento (leitura, escrita, atenção visual, cálculo, habilidades motoras, consciência fonológica, nomeação rápida, memória de curto prazo) houve diferenças significativas entre os grupos, bem como no total do teste. Os resultados sugeriram que o TISD foi capaz de indicar o grupo com DD, o que evidencia validade de critério para tal instrumento.

Resumen En Brasil hay escasez de instrumentos validados para clasificar la Dislexia del Desarrollo (DD), de esta forma, el presente estudio objetivó investigar más profundamente evidencias de validez basadas en las relaciones con variables externas para la Prueba para Identificación de Señales de Dislexia (PISD). Específicamente, se buscó investigar la validez de criterio, o sea, si tal instrumento fuera capaz de identificar ese diagnóstico. La investigación incluyó la comparación de dos muestras: (a) niños con diagnóstico de DD (n = 15) y (b) niños sin quejas de dificultades en lectura y escritura (n = 146). Se verificó que en todas las subpruebas que componen el instrumento (lectura, escrita, atención visual, cálculo, habilidades motoras, conciencia fonológica, nombramiento rápido, memoria de corto plazo) hubo diferencias significativas entre los grupos, así como en el total de la prueba. Los resultados sugirieron que la PISD fue capaz de indicar el grupo con DD, que evidencia validez de criterio para tal instrumento.
Descritores: Psicometria
Ajustamento Emocional
Aprendizagem
Neuropsicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895874
Autor: Jaureguizar, Joana; Bernaras, Elena; Bully, Paola; Garaigordobil, Maite.
Título: Perceived parenting and adolescents' adjustment
Fonte: Psicol. reflex. crit;31:8, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: University of the Basque Country (Spain).
Resumo: Abstract Adolescence is an important developmental period that is characterised by heightened problems of adjustment. The aim of this study is to analyse adolescents' adjustment, and to explore the typologies and dimensions of parenting, and thus to determine the relationships between these factors. The sample comprised 1285 adolescent students aged 12 to 16 from the Basque Country (Spain). The students filled out the self-report of the Behavior Assessment System for Children (BASC) and the Parental Acceptance-Rejection/Control Questionnaire, (PARQ/Control). Differences by age were found in the adolescents' school maladjustment and parenting style perception. Moreover, perceptions of little parental warmth were related to higher levels of clinical and school maladjustment, and the lower the parental control, the greater the clinical maladjustment. Finally, the results obtained revealed that the interaction between the mothers' and fathers' parenting styles was significant only for clinical maladjustment; those students with neglectful mothers and authoritative fathers presented the highest level of clinical maladjustment, followed by other combinations of neglectful mothers. Furthermore, the students from neglectful and authoritarian families presented the highest levels of school maladjustment, without differences between neglectful and authoritarian or between indulgent and authoritative families.
Descritores: Poder Familiar/psicologia
Ajustamento Emocional
-Espanha
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  7 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999695
Autor: Matos, Denise Regina; Naves, Juliana Fákir; Araujo, Tereza Cristina Cavalcanti Ferreira de.
Título: Adaptação transcultural da Trinity Amputation and Prosthesis Experience Scales: revised (TAPES-R): avaliação dos processos psicossociais envolvidos no ajuste à amputação e à prótese / Transcultural adaptation of the Trinity Amputation and Prosthesis Experience Scales: revised (TAPES-R): evaluation of psychosocial processes involved in adjustment to amputation and prosthesis
Fonte: Acta fisiátrica;25(3), set. 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: A literatura aponta ausência de instrumentos específicos para avaliação clínica e pesquisa direcionada a pessoas com amputação, sendo a escala TAPES-R relevante para análise dos aspectos psicossociais nessa população. Esta escala foi desenvolvida para avaliar os processos envolvidos na adaptação à amputação de membros inferiores e à prótese. Este instrumento abrange 33 itens organizados em três domínios - ajustamento psicossocial, restrição de atividade e satisfação com prótese, além de questões relacionadas com a dor do membro fantasma e do membro residual. Objetivo: Realizar adaptação transcultural da escala TAPES-R para aplicação na população brasileira. Método: A adaptação transcultural foi realizada em cinco etapas: tradução, tradução reversa, síntese das avaliações, avaliação por comitê de especialistas e teste final na população. Foi realizada a comparação entre as versões original e traduzida em relação às equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. A versão final foi aplicada em 116 sujeitos amputados de membros inferiores. Resultados: Houve clareza quanto à compreensão do instrumento pelos participantes, indicando que o mesmo esteja apropriado à realidade do público-alvo na população brasileira. Amputação acima de joelho e tempo de uso da prótese abaixo de 10 horas/dia estão associados a pior ajustamento e menor satisfação com a prótese. Conclusão: O uso da escala TAPES-R permitiu avaliar a percepção dos indivíduos acerca da experiência com a amputação e prótese, possibilitando o uso clínico para avaliação de resultados voltados para a reabilitação de pacientes com amputação de membro inferiores. Serão desenvolvidos novos estudos para a continuidade de validação do instrumento.

The literature indicates the absence of specific instruments for clinical evaluation and research directed at people with amputation, with the TAPES-R scale being relevant for the analysis of psychosocial aspects in this population. This scale was developed to evaluate the processes involved in adapting to lower limb amputation and to the prosthesis. This instrument covers 33 items organized in three domains - psychosocial adjustment, activity restriction and prosthesis satisfaction, as well as issues related to phantom limb and residual limb pain. Objective: To perform transcultural adaptation of the TAPES-R scale for application in the Brazilian population. Method: Transcultural adaptation was carried out in five stages: translation, reverse translation, synthesis of the evaluations, evaluation by expert committee and final test in the population. The comparison between the original and translated versions was performed in relation to the semantic, idiomatic, cultural and conceptual equivalences. The final version was applied to 116 amputees of the lower limbs. Results: There was clarity regarding participants' understanding of the instrument, indicating that it is appropriate to the reality of the target audience in the Brazilian population. Amputation above the knee and time of use of the prosthesis below 10 hours / day are associated with worse fit and less satisfaction with the prosthesis. Conclusion: The use of the TAPES-R scale allowed the evaluation of the individuals' perception about the experience with the amputation and prosthesis, allowing the clinical use to evaluate the results for the rehabilitation of patients with lower limb amputation. Further studies will be developed for the continued validation of the instrument.
Descritores: Membros Artificiais
Qualidade de Vida
Ajustamento Emocional
Amputação/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024859
Autor: Guimarães, Marcela Ferreira Lima.
Título: Atitudes psicológicas em pessoas com diabetes mellitus tipo 2: associação com características sociodemográficas e controle glicêmico / Psychological attitudes in people with type 2 diabetes mellitus; Association with sociodemographic chacteristics and glycemic control.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2019. 87 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: As atitudes psicológicas das pessoas acometidas por diabetes tipo 2, como tristeza e raiva ou confiança e satisfação em conviver com a condição crônica podem estar relacionadas às características sociodemográficas e ao controle glicêmico. Objetivo: Associar as atitudes psicológicas de pessoas com diabetes tipo 2 com as características sociodemográficas e o controle glicêmico. Método: O estudo utilizou o banco de dados da pesquisa intitulada: "Avaliação da efetividade de um programa educativo em diabetes mellitus tipo 2 na Atenção Primária à Saúde", que avaliou as atitudes psicológicas das pessoas com diabetes tipo 2. Trata-se de ensaio randomizado com cluster, realizado com 278 pessoas com diabetes tipo 2, em 10 Unidades Básicas de Saúde, do município de Divinópolis, Minas Gerais, entre os anos de 2013 e 2016. Cada unidade constituiu um cluster, sendo 5 delas aleatorizadas no grupo intervenção (GI=160) e as restantes, no grupo controle (GC=118). Todos os participantes continuaram recebendo o atendimento convencional oferecido nas unidades e apenas o GI participou do programa educativo, durante 12 meses. Os dados foram coletados por meio de questionário sociodemográfico no tempo inicial e do instrumento de atitudes psicológicas (ATT-19) e exame de hemoglobina glicada (Hb1Ac), nos tempos inicial e final do programa educativo. O programa Statistical Package for the Social Sciences® (SPSS), versão 20.0 foi utilizado para a realização dos testes estatísticos. As médias do escore de atitudes psicológicas e HbA1c entre GC e GI foram comparadas após término do programa educativo, utilizando o Generalized Estimating Equations Model (GEE). Os coeficientes não padronizados (ß) e seus respectivos intervalos de confiança (IC = 95%) foram calculados e apresentados. Para verificar as associações, foi calculado o valor p dos efeitos intragrupos, da interação entre tempo e grupo e da interação entre tempo, grupo e características sociodemográficas/tempo de diabetes. Foi realizada estatística descritiva com tabelas de distribuição de frequência, cálculos de medidas de tendência central e de dispersão. Considerou-se o nível de significância de 5% (p<0,05) para as análises. Resultados: Os participantes do GI terminaram a intervenção com valores maiores de atitudes psicológicas (ß=11,21; IC=95%: 7,4-15,0), quando comparados ao GC. Observou-se valor de p significativo para a interação entre tempo, grupo e escolaridade (p=0,025), o que indica que ter maior escolaridade potencializou o efeito da intervenção, uma vez que a diferença das médias de GC e GI no tempo final foram maiores entre aqueles de maior escolaridade, comparado àqueles de menor escolaridade. Considerando somente os participantes que tiveram evolução positiva dos escores de atitudes psicológicas, verifica-se que houve redução da HbA1c no GI (7,9±0,2 vs. 7,4±0,2, p<0,001) e aumento da HbA1c no GC (7,5±0,2 vs, 7,8±0,2, p=0,044) e participantes do GI apresentaram menores valores de HbA1c no tempo final em relação ao GC (ß=-0,9; IC 85%: -1,4; -0,5). Conclusão: Observou-se que a evolução positiva das atitudes psicológicas entre os participantes do programa educativo esteve associada aos maiores níveis de escolaridade e ao melhor controle glicêmico.(AU)
Descritores: Atitude Frente a Saúde
Diabetes Mellitus Tipo 2/psicologia
Ajustamento Emocional
-Fatores Socioeconômicos
Inquéritos e Questionários
Dissertação Acadêmica
Indicadores Demográficos
Índice Glicêmico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-W85, GUAT


  9 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Wagner, Adriana
Texto completo
Id: lil-778185
Autor: Rosado, Juliana Szpoganicz; Wagner, Adriana.
Título: Qualidade, ajustamento e satisfação conjugal: revisão sistemática da literatura / Marital quality, marital adjustment and marital satisfaction: systematic review of literature
Fonte: Pensando fam;19(2):21-33, dez. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: No cenário atual coexistem diversas formas de ser casal. Frente à complexidade dos elementos que circunscrevem a conjugalidade, torna-se importante investigar o que está associado ao ‘ser feliz a dois’. A fim de mapear o que vem sendo estudado como relevante na compreensão desse fenômeno, realizamos uma revisão sistemática da literatura científica sobre satisfação, ajustamento e qualidade conjugal. As bases de dados PsycINFO e BVS-Psi filtraram 99 artigos, entre 2008 a 2013. A revisão permitiu mapear uma pluralidade de temáticas pertinentes ao tema. O panorama revelou, principalmente, estudos dedicados a compreender as disfuncionalidades e conflitos da conjugalidade. Observou-se uma lacuna em pesquisas dedicadas a estudar possibilidades de otimização e potencialização da qualidade e da saúde conjugal, assim como estudos sobre a prática clínica que subsidiem as possibilidades de intervenções na conjugalidade. Estudos com a população brasileira são escassos, comparados à produção internacional.(AU)

In the present scenario coexist several ways to be couple. Front complexity of elements that circumscribe conjugality, it’s important to investigate what is associated with ‘be happy in a couple’. In order to map what is being studied as relevant to an understanding of this phenomenon, it was realized a systematic review of the scientific literature about satisfaction, adjustment and marital quality. The PsycINFO and BVS-Psi database filtered 99 articles between 2008 and 2013. The revision allowed mapping a plurality of themes associated with the topic. The landscape is mainly characterized by studies devoted to understanding the dysfunctions and marital conflicts. A gapin studies about possibilities of optimization and enhancement of the quality and marital health was observe and also was revealed the lack of empirical research on clinical practice in order to subsidize the possibilities of marital interventions. Studies of the brazilian population are scarce, compared to international production.(AU)
Descritores: Satisfação Pessoal
Casamento/psicologia
Ajustamento Emocional
-Relações Familiares/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 38 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728840
Autor: Pacheco, Janaína Thais Barbosa; Irigaray, Tatiana Quarti; Werlang, Blanca (in memorian); Nunes, Maria Lucia Tiellet; Argimon, Irani Iracema de Lima.
Título: Childhood maltreatment and psychological adjustment: a systematic review / Maus-tratos na infância e ajustamento psicológico: uma revisão sistemática
Fonte: Psicol. reflex. crit;27(4):815-824, Oct-Dec/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to investigate the effects of exposure to child maltreatment on self-esteem, social competence, peer relationships and school performance through a systematic literature review. For this purpose, a search of articles indexed in Medline, PsycINFO, Embase and Amed databases between 1984 and 2012 was done. In this review, 19 empirical articles in English were analyzed based on inclusion/exclusion criteria. These studies highlight that, overall, both adults and children/teenagers who were exposed to maltreatment during childhood showed impairments on self-esteem, social competence, peer relationships, and school performance. The analysis of the articles has also allowed the identification of the instruments used to assess the variables of interest and the description of the profile of those who participated of the studies included in this review. (AU)

Este estudo teve por objetivo investigar os efeitos da exposição a maus-tratos sobre a autoestima, a competência social, a relação com pares e o desempenho acadêmico por meio de revisão sistemática da literatura. Para isso foi realizada uma busca de artigos indexados nos bancos de dados Medline, PsycINFO, Embase e Amed, publicados entre 1984 e 2012. Nesta revisão, 19 artigos empíricos e no idioma inglês foram analisados a partir de critérios de inclusão/exclusão. Os estudos destacam que, de maneira geral, adultos ou crianças/adolescentes que sofreram maus tratos na infância apresentaram prejuízos na autoestima, na competência social, na relação com pares e no desempenho acadêmico. A análise dos artigos permitiu, ainda, a identificação dos instrumentos utilizados para a avaliação das variáveis de interesse e a descrição do perfil dos participantes dos estudos incluídos nessa revisão. (AU)
Descritores: Autoimagem
Maus-Tratos Infantis/psicologia
Habilidades Sociais
Desempenho Acadêmico
Relações Interpessoais
-Ajustamento Emocional
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR574.2 - Biblioteca



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde