Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.113 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 738 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 74 ir para página                         

  1 / 738 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915191
Autor: Barrera, Gabriela; Bentosela, Mariana.
Título: Interspecific social skills in a highly socialized Aguará Guazú (maned wolf, Chrysocyon brachyurus). A pilot-subject study
Fonte: Curr. Ethol;15(1):55-63, 2016.
Idioma: en.
Resumo: Some beliefs seem to be more resilient to change and extinction than others. This paper argues that some of the strong beliefs held by humans have deep biological roots in our evolutionary past, and the neuronal pathways and structures that support them can be found in other species. This paper describes four basic universal criteria present in persistent beliefs: intuitibility, predictability, reliability and utility (IPRU). The paper argues that the study of belief as a modern scientific discipline will require consideration of the evolutionary context through which the neural pathways associated with belief formation, maintenance and endorsement have emerged. We also suggest that the study of religious belief has discouraged the adoption of an overarching framework for understanding our belief system in all its breadth. Our approach incorporates evolution-driven cognitive and affective biases, attachment mechanisms and reward expectation. Rather than operating as genuinely adaptive phenomena associated with evolutionary advantage, we suggest that belief systems emerge as a by-product of evolutionary pressures

Há crenças que parecem ser mais resilientes a mudanças e extinção do que outras. Este artigo argumenta que algumas das crenças humanas mais fortes têm raízes biológicas profundas em nosso passado evolutivo, e que vias e estruturas nervosas que as suportam podem ser encontradas em outra espécie. Este trabalho descreve quatro critérios universais básicos nas crenças persistentes: ser intuitiva, ser previsível, ser confiável e ser utilizável (IPRU). O trabalho argumenta que o estudo de crença como uma disciplina moderna demandará considerações sobre o contexto evolutivo, através do qual emergiram vias neurais associadas à formação, manutenção e apoio à crença. Também é sugerido que o estudo da crença religiosa tem desencorajado a adoção de um contexto abrangente para a compreensão de nosso sistema de crença em toda a sua profundidade. Abordagem aqui utilizada incorpora viés cognitivo movido pela evolução assim como viés afetivo, mecanismos de fixação e expectativas de recompensa. Sugerimos que os sistemas de crença emergiram como subproduto de pressões evolutivas, ao invés de operar como um processo genuinamente adaptativo associado a vantagens evolutivas
Descritores: Comportamento Animal
Lobos
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  2 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1118535
Autor: Montes-Angeles, Claudia Daniela; Gutierrez-Castañeda, Nadia; Sosa, Christian; Jiménez, Juan; Miranda, Florencio; Pérez-Martinez, Isaac Obed.
Título: Multidimensional study of orofacial chronic neuropathic pain: an experimental study in rats
Fonte: J. oral res. (Impresa);6(10):270-275, oct. 31, 2017. graf.
Idioma: en.
Projeto: UNAM.
Resumo: Orofacial neuropathic chronic pain (NCP) is frequently attributed to lesions caused by orofacial surgeries and dental treatments. there are many experimental models available to study orofacial NCP, however, many are extremely painful for the animal due to the amplitude of the innervated region. a previously proposed mental nerve constriction model, mNC, was used in this project. forty wistar rats were randomly divided into two groups: one group included rats with mNC (n=20), and another rats with sham lesions (n=20). through the use of the fixed ratio program and the progressive program, a decrease of motivation for a sweet substance, caused by the lesion, was evaluated. the possibility of alterations in cognitive learning and adaptation abilities was also assessed using the go/no-go behavioral task. the mNC group showed low induced and spontaneously evoked pain responses, as well as a decrease in the motivation for sucrose, a sign of anhedonia. this decrease does not depend on taste processing. finally, although no alterations in the learning-memory process were observed, the mNC group did show alterations when adapting to a new rule.
Descritores: Comportamento Animal/fisiologia
Dor Facial/etiologia
Traumatismos do Nervo Trigêmeo/complicações
Dor Crônica/etiologia
-Sacarose
Ratos Wistar
Modelos Animais de Doenças
Comportamento Exploratório/fisiologia
Neuralgia
Limites: Animais
Ratos
Responsável: CL30.1 - Biblioteca


  3 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1008268
Autor: Nobakht-Haghighi, Navid; Motaghinejad, Majid; Motevalian, Manijeh; Safari, Sepideh.
Título: Preventive effects of Topiramate on methylphenidate induced behavioral disorders / Efectos preventivos de topiramato en los trastornos del comportamiento inducidos por metilfenidato
Fonte: Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát;18(5):459-479, sept. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Neuronal cell damage is often caused by prolonged misuse of Methylphenidate (MPH). Topiramate (TPM) carries neuroprotective properties but its assumed mechanism remains unclear. The present study evaluates in vivo role of various doses of TPM and its mechanism against MPH-induced motor activity and related behavior disorder. Thus, we used domoic acid (DOM), bicuculline (BIC), Ketamine (KET), Yohimibine (YOH) and Haloperidole (HAL) as AMPA/kainite, GABAA, NMDA, É'2 adrenergic and D2 of dopamine receptor antagonists respectively. Open Field Test (OFT), Elevated Plus Maze (EPM) and Forced Swim Test (FST) were used to study motor activity, anxiety and depression level. TPM (100 and 120 mg/kg) reduced MPH-induced rise and inhibited MPH-induced promotion in motor activity disturbance, anxiety and depression. Pretreatment of animals with KET, HAL, YOH and BIC inhibited TPM- improves anxiety and depression through the interacting with Dopaminergic, GABAA, NMDA and É'2-adrenergic receptors.

El daño a las células neuronales a menudo es causado por el uso prolongado de metilfenidato (MPH). El topiramato (TPM) tiene propiedades neuroprotectoras, pero su mecanismo de acción no es claro. El presente estudio evalúa el papel in vivo de varias dosis de TPM y su mecanismo contra la actividad motora inducida por MPH y el trastorno de comportamiento relacionado. Utilizamos ácido domoico (DOM), bicuculina (BIC), ketamina (KET), yohimbina (YOH) y haloperidol (HAL), así como antagonistas AMPA/kainato, GABAA, NMDA, É'2-adrenérgico y D2 dopaminérgicos, respectivamente. Se utilizaron las pruebas de campo abierto (OFT), elevación de laberinto (EPM) y natación forzada (FST) para estudiar la actividad motora, la ansiedad y el nivel de depresión. El TPM (100 y 120 mg/kg) redujo el aumento inducido por MPH e inhibió la promoción inducida por MPH en la alteración de la actividad motora, la ansiedad y la depresión. El tratamiento previo de animales con KET, HAL, YOH y BIC inhibió el TPM, mejora la ansiedad y la depresión a través de la interacción con los receptores dopaminérgicos, GABAA, NMDA y É'2-adrenérgico.
Descritores: Comportamento Animal/efeitos dos fármacos
Fármacos Neuroprotetores/farmacologia
Topiramato/farmacologia
Transtornos Mentais/prevenção & controle
Metilfenidato/efeitos adversos
-Ratos Wistar
Neurotransmissores/metabolismo
Transtornos Mentais/induzido quimicamente
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Merighi, Miriam Aparecida Barbosa
Texto completo
Id: lil-731286
Autor: Silva, Marcelo Henrique da; Jesus, Maria Cristina Pinto de; Merighi, Miriam Aparecida Barbosa; Oliveira, Deíse Moura de.
Título: Limits and possibilities experienced by nurses in the treatment of women with chronic venous ulcers / Límites y posibilidades vividas por enfermeras en el tratamiento de mujeres con úlcera venosa crónica / Limites e possibilidades vivenciados por enfermeiras no tratamento de mulheres 
com úlcera venosa crônica
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;48(spe):53-58, 08/2014.
Idioma: en.
Resumo: Objective To understand the experiences and expectations of nurses in the treatment of women with chronic venous ulcers. Method Phenomenological research was based on Alfred Schütz, whose statements were obtained in January, 2012, through semi-structured interviews with seven nurses. Results The nurse reveals the difficulties presented by the woman in performing self-care, the perceived limitations in the treatment anchored in motivation, and the values and beliefs of women. It showed professional frustration because venous leg ulcer recurrence, lack of inputs, interdisciplinary work and training of nursing staff. There was an expected adherence to the treatment of women, and it emphasized the need for ongoing care, supported self-care and standard practices in treatment. Conclusion That treatment of chronic venous leg ulcers constitutes a challenge that requires collective investment, involving women, professionals, managers and health institutions. .

Objetivo Comprender las experiencias y expectativas de enfermeras en el tratamiento de mujeres con úlcera venosa crónica. Método Investigación fenomenológica fundamentada en Alfred Schutz, que buscó Se realizó entrevista semiestructurada con siete enfermeras, en enero del 2012. Resultados La enfermera revela dificultades presentadas por la mujer para realizar el autocuidado, percibe limitaciones en el tratamiento relacionadas con la desmotivación, los valores y las creencias de las mujeres. Refiere frustración profesional debido a la recidiva de la lesión, a la falta de insumos, al deficiente trabajo interdisciplinar y a la limitada capacitación del equipo de enfermeras. Espera la adhesión de la mujer al tratamiento y resalta la necesidad del cuidado continuo, del autocuidado apoyado y de estandarizar conductas de tratamiento. Conclusión El tratamiento de la úlcera venosa crónica es un desafío que requiere contribución colectiva, involucrando a las mujeres, a los profesionales, a los gestores y a las instituciones de salud. .

Objetivo Compreender as experiências e expectativas de enfermeiras no tratamento de mulheres com úlcera venosa crônica na Atenção Primária à Saúde. Método Pesquisa fundamentada na fenomenologia social de Alfred Schütz, com depoimentos obtidos em janeiro de 2012, por meio de entrevista semiestruturada com sete enfermeiras. Resultados As enfermeiras revelam dificuldades apresentadas pelas mulheres com úlcera venosa crônica para realizar o autocuidado, percebem limitações na terapêutica ancoradas na desmotivação e nos valores e crenças das mulheres. Referem frustração profissional em razão da recidiva da lesão, falta de insumos e tecnologia, de trabalho interdisciplinar e da capacitação da equipe de enfermagem. Esperam a adesão das mulheres ao tratamento e ressaltam a necessidade do cuidado contínuo, do autocuidado apoiado e da padronização de condutas no tratamento. Conclusão O tratamento da úlcera venosa crônica constitui-se em um desafio que requer investimento coletivo, envolvendo a mulher, os profissionais, os gestores e as instituições de saúde. .
Descritores: Proteínas de Caenorhabditis elegans/isolamento & purificação
Caenorhabditis elegans/metabolismo
Membrana Celular/metabolismo
Canais Iônicos/isolamento & purificação
Canais Iônicos/metabolismo
Proteínas do Tecido Nervoso/isolamento & purificação
Proteínas do Tecido Nervoso/metabolismo
Sistema Nervoso/metabolismo
Neurônios Aferentes/metabolismo
Sensação/genética
-Sequência de Aminoácidos/genética
Sequência de Bases/genética
Comportamento Animal/efeitos dos fármacos
Comportamento Animal/fisiologia
Proteínas de Caenorhabditis elegans/genética
Proteínas de Caenorhabditis elegans/metabolismo
Caenorhabditis elegans/citologia
Capsaicina/farmacologia
Compartimento Celular/genética
Membrana Celular/efeitos dos fármacos
Membrana Celular/ultraestrutura
Regulação da Expressão Gênica/fisiologia
Canais Iônicos/genética
Canais Iônicos/ultraestrutura
Dados de Sequência Molecular
Mutação/genética
Proteínas do Tecido Nervoso/genética
Proteínas do Tecido Nervoso/ultraestrutura
Sistema Nervoso/citologia
Sistema Nervoso/efeitos dos fármacos
Neurônios Aferentes/citologia
Neurônios Aferentes/efeitos dos fármacos
Dor/genética
Dor/metabolismo
Dor/fisiopatologia
Filogenia
Receptores de Droga/efeitos dos fármacos
Receptores de Droga/metabolismo
Receptores de Droga/ultraestrutura
Sensação/efeitos dos fármacos
Transdução de Sinais/genética
Canais de Cátion TRPV
Canais de Receptores Transientes de Potencial
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, U.S. Gov't, Non-P.H.S.
Research Support, U.S. Gov't, P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-488419
Autor: Pedicino, Cintia de Almeida.
Título: Avaliação dos efeitos do tratamento pós-natal com dantrolene no desenvolvimento físico, reflexológico e comportamental de ratos / Evaluation of the effects of the postnatal treatment with dantrolene on physical, reflexologic and behavioral development of rats.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. [106] p. ilus, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O dantrolene é um inibidor da liberação de cálcio intracelular, utilizado no tratamento da hipertermia maligna do recém nascido e no adulto e na síndrome neuroléptica maligna. Estudos anteriores mostraram que o dantrolene pode atenuar danos causados ao hipocampo de ratos, devido a estímulos excitotóxicos, mas pode também levar a morte celular nesta área. Baseando-se nestes dados, buscamos investigar se a administração de dantrolene a ratos recém nascidos pode acarretar alterações no desenvolvimento físico, reflexológico, comportamental e na integridade celular do sistema nervoso central na fase pós-natal e na idade adulta. Foram utilizados um grupo controle (salina 0,9%) e três experimentais tratados com dantrolene nas doses de 5,0; 10,0 ou 15,0 mg/Kg, injetados no 2º dia de vida por via intraperitonial. Os filhotes foram avaliados quanto ao desenvolvimento físico, refexológico e comportamental. Alguns ratos foram sacrificados no PN 7 e no PN 90 e seus cérebros foram processados para análise histológica. Na fase pós-natal foi observado no desenvolvimento físico: aumento de peso em machos e fêmeas no PN 14 e PN 20; adiantamento da abertura de olhos; adiantamento ou atraso no desdobramento de orelhas de machos e fêmeas dependendo da dose; adiantamento ou atraso na abertura do canal vaginal de fêmeas dependendo da dose. No desenvolvimento reflexológico foi observado: diminuição no tempo de preensão palmar no PN 4 (fêmeas); aumento do tempo de reflexo postural no PN 4 e PN 6 (machos); diminuição do tempo de geotaxia negativa no PN 8 (machos e fêmeas); e no comportamento: aumento das atividades locomotora e geral total de fêmeas no PN 22 e de machos no PN 18. Na fase adulta foi observado: diminuição do tempo para parar de nadar na natação forçada de machos; aumento do número de entradas nos braços não aversivo e abertos, na seção de treino em machos; aumento do número de entradas e do tempo de permanência nos braços abertos, na seção de teste de machos. Podemos co...
Descritores: Comportamento Animal
Dantroleno/toxicidade
Hipertermia Maligna
Pesquisa Comportamental
Síndrome Maligna Neuroléptica
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, P371a, 2007


  6 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-473687
Autor: Dorce, Ana Leticia Coronado.
Título: Exposição pré-natal ao veneno do escorpião Tityus bahiensis: efeitos na prole de ratos / Prenatal exposure to the Tityus bahiensis venom: effects on the offspring of rats.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 117 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: No Brasil, os escorpiões Tityus serrulatus e o Tityus bahiensis são os mais perigosos e desenvolveram hábitos domiciliares podendo ser encontrados dentro das construções humanas. A peçonha do escorpião é conhecida por sua alta toxicidade, mas não existem estudos sobre seu efeito na prole de mães que o recebem. O objetivo do trabalho foi verificar possíveis efeitos tóxicos da peçonha do T. bahiensis na prole quando administrada às ratas prenhes. A dose utilizada do veneno foi 2,5 mg/Kg. As fêmeas prenhes foram separadas em 3 grupos: controle (C) e experimentais injetadas com veneno no 10°dia (E10) ou no 16°dia (E16) gestacional. Na fase pós-natal, os animais foram avaliados quanto ao seu desenvolvimento físico e reflexológico. Na idade adulta foram avaliados quanto ao seu desenvolvimento comportamental. Nos filhotes de E10 houve adiantamento do desdobramento das orelhas, da erupção dos dentes e da abertura vaginal; diminuição do tempo de ocorrência do reflexo de preensão palmar no 8º dia de vida e do reflexo postural no 4º dia de vida dos machos. Na idade adulta os animais de E10 apresentaram diminuição da atividade total e da locomoção dos machos na caixa de atividade e no ambiente enriquecido; diminuição da latência para parar de nadar em fêmeas; aumento no número de entradas no braço não-aversivo e dos braços abertos do labirinto em cruz, na sessão de treinamento; diminuição do tempo de permanência no braço não-aversivo e aumento do tempo de permanência nos braços abertos do labirinto em cruz elevado, na sessão de teste. Na contagem celular feita nas áreas hipocampais de filhotes adultos de E10 foi observada perda neuronal significante nas áreas de CA1 e CA3. Nos filhotes de E16 houve adiantamento do desdobramento das orelhas e erupção dos dentes; atraso da abertura dos olhos e descida dos testículos; diminuição do tempo de ocorrência do reflexo de preensão palmar no 6º e no 8º dia de vida das fêmeas e no 8º dia de vida dos machos; ocorrência em maior tempo.
Descritores: Animais Recém-Nascidos
Comportamento Animal
Pesquisa Comportamental
Prenhez
Venenos de Escorpião/toxicidade
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, D694e, 2007


  7 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933279
Autor: Dorce, Ana Leticia Coronado.
Título: Exposição pré-natal ao veneno do escorpião Tityus bahiensis: efeitos na prole de ratos.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 117 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: No Brasil, os escorpiões Tityus serrulatus e o Tityus bahiensis são os mais perigosos e desenvolveram hábitos domiciliares podendo ser encontrados dentro das construções humanas. A peçonha do escorpião é conhecida por sua alta toxicidade, mas não existem estudos sobre seu efeito na prole de mães que o recebem. O objetivo do trabalho foi verificar possíveis efeitos tóxicos da peçonha do T. bahiensis na prole quando administrada às ratas prenhes. A dose utilizada do veneno foi 2,5 mg/Kg. As fêmeas prenhes foram separadas em 3 grupos: controle (C) e experimentais injetadas com veneno no 10°dia (E10) ou no 16°dia (E16) gestacional. Na fase pós-natal, os animais foram avaliados quanto ao seu desenvolvimento físico e reflexológico. Na idade adulta foram avaliados quanto ao seu desenvolvimento comportamental. Nos filhotes de E10 houve adiantamento do desdobramento das orelhas, da erupção dos dentes e da abertura vaginal; diminuição do tempo de ocorrência do reflexo de preensão palmar no 8º dia de vida e do reflexo postural no 4º dia de vida dos machos. Na idade adulta os animais de E10 apresentaram diminuição da atividade total e da locomoção dos machos na caixa de atividade e no ambiente enriquecido; diminuição da latência para parar de nadar em fêmeas; aumento no número de entradas no braço não-aversivo e dos braços abertos do labirinto em cruz, na sessão de treinamento; diminuição do tempo de permanência no braço não-aversivo e aumento do tempo de permanência nos braços abertos do labirinto em cruz elevado, na sessão de teste. Na contagem celular feita nas áreas hipocampais de filhotes adultos de E10 foi observada perda neuronal significante nas áreas de CA1 e CA3. Nos filhotes de E16 houve adiantamento do desdobramento das orelhas e erupção dos dentes; atraso da abertura dos olhos e descida dos testículos; diminuição do tempo de ocorrência do reflexo de preensão palmar no 6º e no 8º dia de vida...
Descritores: Animais Recém-Nascidos
Comportamento Animal
Pesquisa Comportamental
Prenhez
Venenos de Escorpião/toxicidade
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, D694e, 2007


  8 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-933223
Autor: Pedicino, Cintia de Almeida.
Título: Avaliação dos efeitos do tratamento pós-natal com dantrolene no desenvolvimento físico, reflexológico e comportamental de ratos.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. [106] p. ilus, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O dantrolene é um inibidor da liberação de cálcio intracelular, utilizado no tratamento da hipertermia maligna do recém nascido e no adulto e na síndrome neuroléptica maligna. Estudos anteriores mostraram que o dantrolene pode atenuar danos causados ao hipocampo de ratos, devido a estímulos excitotóxicos, mas pode também levar a morte celular nesta área. Baseando-se nestes dados, buscamos investigar se a administração de dantrolene a ratos recém nascidos pode acarretar alterações no desenvolvimento físico, reflexológico, comportamental e na integridade celular do sistema nervoso central na fase pós-natal e na idade adulta. Foram utilizados um grupo controle (salina 0,9%) e três experimentais tratados com dantrolene nas doses de 5,0; 10,0 ou 15,0 mg/Kg, injetados no 2º dia de vida por via intraperitonial. Os filhotes foram avaliados quanto ao desenvolvimento físico, refexológico e comportamental. Alguns ratos foram sacrificados no PN 7 e no PN 90 e seus cérebros foram processados para análise histológica. Na fase pós-natal foi observado no desenvolvimento físico: aumento de peso em machos e fêmeas no PN 14 e PN 20; adiantamento da abertura de olhos; adiantamento ou atraso no desdobramento de orelhas de machos e fêmeas dependendo da dose; adiantamento ou atraso na abertura do canal vaginal de fêmeas dependendo da dose. No desenvolvimento reflexológico foi observado: diminuição no tempo de preensão palmar no PN 4 (fêmeas); aumento do tempo de reflexo postural no PN 4 e PN 6 (machos); diminuição do tempo de geotaxia negativa no PN 8 (machos e fêmeas); e no comportamento: aumento das atividades locomotora e geral total de fêmeas no PN 22 e de machos no PN 18. Na fase adulta foi observado: diminuição do tempo para parar de nadar na natação forçada de machos; aumento do número de entradas nos braços não aversivo e abertos, na seção de treino em machos; aumento do número de entradas e do tempo de permanência nos braços abertos, na seção de teste ...
Descritores: Comportamento Animal
Pesquisa Comportamental
Dantroleno/toxicidade
Hipertermia Maligna
Síndrome Maligna Neuroléptica
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, P371a, 2007


  9 / 738 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1119182
Autor: CARVALHO, William Douglas de; SILVESTRE, Saulo Meneses; MUSTIN, Karen; HILÁRIO, Renato Richard; TOLEDO, José Júlio de.
Título: Predation of an American fruit-eating bat (Artibeus sp. ) by an Amazon tree boa (Corallus hortulanus) in the northern Brazilian Amazon
Fonte: Acta amaz;49(1):24-27, jan. - mar. 2019.
Idioma: en.
Resumo: We report an observation of predation by an Amazon tree boa, Corallus hortulanus, on an American fruit-eating bat, Artibeus sp., in an area of seasonal forest close to a small stream in the northern Brazilian Amazon. While bats appear to be one of the main food items of C. hortulanus, our observation is only the fourth such event to be recorded in the Brazilian Amazon. The Artibeus sp. individual was observed making distress (agony) calls continuously over a period of three hours, much longer than recorded on previous observations. Records of this type are important to further our knowledge on bat predators, and the defensive behavior of bats. (AU)
Descritores: Serpentes
Comportamento Animal
Quirópteros
Ecossistema Amazônico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 738 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886724
Autor: NEVES, GILDA; BORSOI, MILENE; ANTONIO, CAMILA B; PRANKE, MARIANA A; BETTI, ANDRESA H; RATES, STELA M K.
Título: Is Forced Swimming Immobility a Good Endpoint for Modeling Negative Symptoms of Schizophrenia? - Study of Sub-Anesthetic Ketamine Repeated Administration Effects
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3):1655-1669, July-Sept. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Immobility time in the forced swimming has been described as analogous to emotional blunting or apathy and has been used for characterizing schizophrenia animal models. Several clinical studies support the use of NMDA receptor antagonists to model schizophrenia in rodents. Some works describe the effects of ketamine on immobility behavior but there is variability in the experimental design used leading to controversial results. In this study, we evaluated the effects of repeated administration of ketamine sub-anesthetic doses in forced swimming, locomotion in response to novelty and novel object recognition, aiming a broader evaluation of the usefulness of this experimental approach for modeling schizophrenia in mice. Ketamine (30 mg/kg/day i.p. for 14 days) induced a not persistent decrease in immobility time, detected 24h but not 72h after treatment. This same administration protocol induced a deficit in novel object recognition. No change was observed in mice locomotion. Our results confirm that repeated administration of sub-anesthetic doses of ketamine is useful in modeling schizophrenia-related behavioral changes in mice. However, the immobility time during forced swimming does not seem to be a good endpoint to evaluate the modeling of negative symptoms in NMDAR antagonist animal models of schizophrenia.
Descritores: Esquizofrenia/fisiopatologia
Natação/fisiologia
Comportamento Animal/efeitos dos fármacos
Modelos Animais de Doenças
Ketamina/farmacologia
Anestésicos Dissociativos/farmacologia
-Esquizofrenia/induzido quimicamente
Comportamento Animal/fisiologia
Imobilização/fisiologia
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Atividade Motora/fisiologia
Limites: Animais
Masculino
Coelhos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 74 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde